Resolver o Simulado Nível Superior

0 / 30

Serviço Social

1

Sobre ao conceito de Cidadania, assinale a alternativa INCORRETA.

  • A A cidadania também pode ser definida como a condição do cidadão, indivíduo que vive de acordo com um conjunto de estatutos pertencentes a uma comunidade politicamente e socialmente articulada. B. Cidadania é o exercício dos direitos sociais, culturais
  • B Cidadania é o exercício dos direitos sociais, culturais e econômicos estabelecidos na Constituição de um país, por parte dos seus respectivos cidadãos.
  • C Uma boa cidadania implica que os direitos e deveres estão interligados, e o respeito e cumprimento de ambos contribuem para uma sociedade mais equilibrada e justa.
  • D Teoricamente, a aplicação do conceito de cidadania é imprescindível para que haja uma melhor organização social. Exercer a cidadania é ter consciência de seus direitos e obrigações, garantindo que estes sejam colocados em prática.
  • E Exercer a cidadania é estar em pleno gozo das disposições constitucionais. Preparar o cidadão para o exercício da cidadania é um dos objetivos da educação de um país.
2

Como se chama medida excepcional e irrevogável, à qual se deve recorrer apenas quando esgotados os recursos de manutenção da criança ou adolescente na família natural ou extensa?

  • A Guarda.
  • B Tutela.
  • C Curatela.
  • D Adoção.
3

A atuação do Assistente Social requer estabelecimento de uma relação profissional com os usuários dos serviços em que atua ou venha a atuar. Nesta relação, é um dever do Assistente Social:

  • A definir os momentos e espaços nos quais devem contar com a participação efetiva da população usuária nas decisões institucionais.
  • B devolver as informações colhidas nos estudos e pesquisas aos usuários, quando julgar necessário, no sentido de que estes possam usá-los para o fortalecimento dos seus interesses.
  • C fornecer à população usuária, quando desejar e não for lhe causar prejuízo, informações concernentes ao trabalho desenvolvido pelo Serviço Social e as suas conclusões, resguardando o sigilo profissional.
  • D selecionar as informações que serão transmitidas aos usuários dos serviços sociais, bem como em quais programas, disponíveis no espaço institucional, eles poderão ter acesso, contribuindo assim para que participem, mais efetivamente, nas decisões institucionais.
  • E garantir a plena informação e discussão sobre as possibilidades e consequências das situações apresentadas, respeitando democraticamente as decisões dos usuários, mesmo que sejam contrárias aos valores e às crenças individuais dos profissionais, resguardados os princípios do Código de Ética da Profissão.
4

Os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos serão objeto de notificação compulsória pelos serviços de saúde públicos e privados à autoridade sanitária, bem como serão obrigatoriamente comunicados por eles aos órgãos definidos no Estatuto do Idoso, um desses é:

  • A A Defensoria Pública.
  • B O Conselho de Assistência Social.
  • C O Conselho de Direitos Humanos.
  • D O Ministério Público.
5

A Lei nº 8.662, de 07 de junho de 1993, dispõe sobre a profissão de Assistente Social e dá outras providências. Em conformidade com esta Lei, é correto afirmar que

  • A todo agente público que receba denúncia, a despeito de ter ou não formação em Serviço Social, poderá fiscalizar o exercício profissional do Assistente Social.
  • B é atribuição privativa do Assistente Social coordenar, elaborar, executar, supervisionar e avaliar estudos, pesquisas, planos, programas e projetos na área de Serviço Social.
  • C é competência do Assistente Social elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos que sejam do âmbito de atuação do Serviço Social, independente da participação da sociedade civil.
  • D estudantes de graduação, que não sejam de Serviço Social, mas que desenvolvem atividades próprias da profissão em estágios, só poderão assim permanecer se estiverem sob supervisão direta de um Assistente Social.
  • E pode exercer a profissão de Assistente Social qualquer pessoa que possua diploma em curso de graduação da área das ciências humanas, contanto que apresente registro nos Conselhos Regionais de Serviço Social que tenham jurisdição sobre a área de atuação do interessado, nos termos da Lei nº 8.662/1993.
6

No que diz respeito às relações que devem ser estabelecidas entre serviços ofertados no âmbito da Política de Assistência Social, o trânsito do nível de maior complexidade para o de menor complexidade – por exemplo, os encaminhamentos feitos pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) ou por outro serviço setorial ao CRAS, chama-se?

  • A Referência.
  • B Busca ativa.
  • C Contrarreferência.
  • D Fluxo de atendimento.
7

Segundo a Lei nº 8.742, de 07 de dezembro de 1993, “a assistência social, direito do cidadão e dever do Estado, é Política de Seguridade Social não contributiva, que provê os mínimos sociais, realizada através de um conjunto integrado de ações de iniciativa pública e da sociedade, para garantir o atendimento às necessidades básicas” (BRASIL, 1993, p. 1). Considerando esta definição, um dos princípios que rege a assistência social é:

  • A a supremacia do atendimento às necessidades sociais sobre as exigências de rentabilidade econômica.
  • B a escolha e a priorização de alguns direitos sociais, a fim de tornar o destinatário da ação assistencial alcançável pelas demais políticas públicas.
  • C a garantia de direitos no acesso ao atendimento às populações, com prioridade, pelo volume de pessoas concentradas em um mesmo território, para as populações urbanas, seguidas das populações rurais.
  • D o respeito à dignidade do cidadão, à sua autonomia e ao seu direito a benefícios e serviços de qualidade, bem como à convivência familiar e comunitária, mediante comprovação de necessidade, de qualquer natureza.
  • E a divulgação dos benefícios, serviços, programas e projetos assistenciais, bem como dos recursos oferecidos pelo Poder Público e dos critérios para sua concessão, exclusivamente, a quem procure os órgãos responsáveis pela implementação da Política de Seguridade Social.
8

No âmbito da saúde pública, com o objetivo de atender o usuário que chega aos serviços de saúde, em sua integralidade, é imprescindível que a interdisciplinaridade se torne uma realidade no cotidiano de trabalho. A realidade social demanda um conjunto de leituras que possam atendê-la em sua permanente mudança, exigindo que diversas categoriais profissionais somem esforços, em nome de uma ação coletiva e, portanto, mais abrangente e satisfatória. Sendo um integrante das equipes de saúde, o assistente social em sua atuação nas práticas interdisciplinares precisará

  • A reconhecer que a prática interdisciplinar depende da postura individual assumida pelo profissional no cotidiano do trabalho, não sofrendo, deste modo, influência decorrente das fragilidades institucionais e pouco conhecimento teórico acerca da interdisciplinaridade.
  • B estar atento ao surgimento de possibilidades de atuação interdisciplinar, contribuindo com reciprocidade nos diálogos e vivências, com vistas à modificação de práticas que já não apresentam a mesma efetividade diante das constantes mudanças do cenário social e de saúde, sem que, para isso, seja indispensável observar a necessidade e demanda concreta do usuário do serviço.
  • C compreender que a centralidade da interdisciplinaridade está na articulação de distintos saberes e campos do conhecimento, construção de possibilidades de tratamento de forma conjunta e que considere as especificidades dos usuários e a dinâmica da realidade em que este esteja inserido, evitando o estabelecimento de relações de poder e atribuições de maior importância a uma categoria profissional em detrimento de outra.
  • D exemplificar, quando estiver na condição de supervisor de estágios de graduação em Serviço Social nos serviços públicos de saúde, a prática interdisciplinar, mesmo não sendo necessário ao Sistema Único de Saúde (SUS) estabelecer vinculações entre a formação profissional e suas diretrizes, bem como com a integração entre as categorias profissionais que possibilite efetivar a integralidade no cuidado.
  • E posicionar-se de modo independente da equipe que compõe já que, possui como prerrogativa, sua formação generalista que o possibilita realizar um apanhado em diversos campos do saber, tais como, a Antropologia, Psicologia e Sociologia, recorrendo aos demais profissionais somente quando lhe falte algum aprofundamento ou precise respeitar limites impostos pelo fazer privativo de outras categoriais profissionais.
9

Há uma conexão entre família, proteção social e política social. Outra variável, que é o trabalho, no contexto capitalista, precisa ser considerada para uma leitura crítica e mais efetiva, principalmente, quando a intervenção pretendida ocorrer no cotidiano das famílias e na vida de seus membros, podendo, muitas vezes, influenciar e até tensionar as relações entre eles. Nesse contexto, é correto afirmar que

  • A as denominadas políticas de conciliação entre família e trabalho, que visam implementar ações e políticas que minorem a tensão entre as demandas do trabalho e as responsabilidades familiares enfrentadas, principalmente, pelas mulheres, se constituem em necessidade crescente, ao ser considerada a inclusão da mulher no mercado de trabalho.
  • B não há possibilidade de relacionar ou estabelecer vínculos entre as políticas de seguridade social (saúde, assistência e previdência), trabalho familiar, políticas de conciliação entre trabalho e responsabilidades familiares e a condição da mulher na família e na sociedade, principalmente, em condições de pobreza, quando o objetivo é formular e implementar políticas públicas, voltadas para a família.
  • C o assistente social deve se deter ao atendimento da família de modo a satisfazer suas necessidades imediatas, não se fazendo necessário entender de que modo, caso tais ocorrências existam, a falta de empregabilidade dos jovens da família, a idade avançada dos idosos de um dado núcleo familiar e a flexibilização das relações de trabalho poderão impactar no cotidiano familiar e nas relações estabelecidas entre seus membros.
  • D o Estado, quanto mais se retrai no atendimento às necessidades da população e garantia de direitos, cria, paradoxalmente, maiores possibilidades de proteção à população e suas famílias ao favorecer novas relações entre os beneficiários dos programas ou serviços sociais e o que estes oferecem, a exemplo do Bolsa Família e do Melhor em Casa, reduzindo assim as ocorrências em que surgem o desamparo social, a exclusão e falta de renda, decorrente do alto índice de desemprego.
  • E a inserção dos membros da família em postos de trabalho, principalmente os homens, deve se constituir como principal estratégia de valorização, aumento da renda, emancipação e autonomia dos membros de um mesmo grupo familiar, já que se pode contar com a mulher como aquela que, natural e culturalmente, poderá ficar em casa cuidando das crianças, dos idosos e demais afazeres domésticos, garantidores da manutenção da força de trabalho masculina, provedora de recursos e necessidades do lar.
10

O planejamento, para a categoria profissional de Serviço Social, não deve estar circunscrito a uma mera análise técnica da necessidade de uma área, setor ou política pública, operacionalizado por meio de planos, programas e projetos. A perspectiva deve ir além do conhecimento próprio para utilização do planejamento e vincular-se, principalmente, ao projeto ético-político da profissão. A partir dessa premissa, o planejamento se constitui em atribuição do Serviço Social. Desse modo, ao assistente social cabe

  • A conhecer a Lei que regulamenta a sua profissão e determina que o planejamento é uma de suas atribuições, não sendo contudo privativa a ação de planejar, organizar e administrar programas e projetos em Unidade de Serviço Social.
  • B decidir se participará, conforme o Código de Ética Profissional que lhe confere o direito de atuar em programas de socorro à população, em situações de calamidade pública, com vistas ao atendimento e defesa dos interesses e necessidades das vítimas de situação dessa natureza.
  • C planejar ações, pertinentes ao seu espaço de trabalho e inserção, considerando ainda o público alvo e suas particularidades, sem a obrigatoriedade de atender, primeiramente, o seu Código de Ética Profissional, em detrimento das determinações e interesses de seu empregador.
  • D saber que é seu direito ter acesso a informações institucionais que se relacionem aos programas e políticas sociais e sejam necessárias ao pleno exercício das atribuições profissionais, e dever empenhar-se na viabilização dos direitos sociais dos usuários através dos programas e políticas sociais.
  • E atuar, quando chamado, em instituições privadas que buscam a responsabilidade social empresarial, levantando informações sobre os sujeitos que serão alcançados pelas ações e conhecer a finalidade de cada uma delas, tendo ciência de que mais importante do que ouvir e inserir os futuros beneficiados no processo de planejamento, bem como em investir em avaliação, é assegurar-se da existência de recursos que garantam a plena operacionalização do que for planejado.

Atualidades

11

Considere o texto a seguir.


A globalização existe, é um fato, ou melhor, um processo histórico. Ao longo dos anos 1990, quando o debate era mais acirrado, os que acreditavam na existência da globalização podiam ser divididos em dois grupos. Embora não houvesse homogeneidade dentro deles, uns viam o fenômeno como algo positivo, tendendo à sua celebração, outros o viam como algo negativo.

(SENE, Eustáquio de. Globalização e espaço geográfico. São Paulo: Contexto, 2003, p. 32-33)


Dentre os aspectos positivos e negativos da globalização que pontuaram o debate acima, mencionam-se, respectivamente, argumentos como

  • A os benefícios da internet para a democratização da informação, e a gradativa dificuldade de acesso à tecnologia computacional, dada a diversidade de sistemas vigentes.
  • B o aumento da facilidade de comunicação e deslocamento entre as diversas regiões do globo, e a intensificação das desigualdades econômicas e assimetrias entre os países.
  • C a acolhida humanitária e incondicional, pelos países desenvolvidos, dos grupos de refugiados e imigrantes vindos de países pobres, e a disseminação do inglês como língua franca.
  • D a possibilidade de intercâmbio cultural entre países e populações distantes, e a gradativa falência das empresas do setor de turismo, dada a queda no interesse pela experiência in loco.
  • E a universalização da ciência resultando no fim de epidemias e na exploração democrática do espaço, e o desenvolvimento tecnológico de países essencialmente agrários como ameaça para um grande desequilíbrio na economia global.
12

Em agosto de 2019 aconteceu a reunião do G7 (Grupo dos Sete), grupo dos países economicamente mais desenvolvidos do mundo. A reunião foi pautada com assuntos diversos, como a floresta Amazônica e a crise nuclear iraniana, o encontro foi realizado na França tendo como anfitrião o Presidente. Assinale a alternativa correspondente ao nome do atual Presidente da França.

  • A Jacques Chirac.
  • B Nicolas Sarkozy.
  • C Emmanuel Macron.
  • D Édouard Philippe.
13

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento é o órgão responsável pela regularização da produção orgânica no Brasil. Sendo assim assinale a alternativa correta sobre produtos orgânicos:

  • A Restaurantes, lanchonetes e hotéis que servem pratos orgânicos devem manter a disposição dos consumidores somete a lista dos ingredientes orgânicos.
  • B Os produtos orgânicos não podem ser vendidos a granel.
  • C Produtos certificados podem ser vendidos em feiras, supermercados, lojas, restaurantes, hotéis, indústrias e internet etc.
  • D Todo produtor precisa de certificação junto de um órgão credenciado ao ministério da agricultura, pecuária e abastecimento para venda de produtos orgânicos.

História e Geografia de Estados e Municípios

14

A bacia hidrográfica do rio Mearim, com aproximadamente 99.000 km2, está totalmente inserida no território do Estado do Maranhão. Sobre ela é correto afirmar que

  • A seu rio principal tem suas nascentes nas encostas setentrionais da Serra da Menina, em altitudes de 400 a 500 m aproximadamente, e seu curso total é de cerca de 930 km.
  • B o rio Mearim nasce nas elevações que formam o divisor entre as bacias hidrográficas dos rios Pindaré e Tocantins e deságua na baía de São Marcos depois de percorrer cerca de 870 km.
  • C abrange 73 municípios, dos quais 30 têm todo o seu território no interior da bacia e os demais municípios têm a sua sede situada no interior de outras bacias.
  • D apresenta as maiores concentrações demográficas na porção sul, onde ocorrem densidades que variam entre 20 e 35 hab/km2, situação diferente do que ocorre na porção norte.
  • E ocupa, no sul e sudeste, extensa área de planaltos e serras cristalinas e nas porções central e setentrional ocupa áreas de depressões e planícies cujas altitudes variam entre 100 e 200 metros.
15

Considere o gráfico e as afirmações a seguir.



I. No período entre 1960 e 2010, o número de municípios no estado cresceu mais de 100%, totalizando 217; no entanto, apenas 10 municípios concentram 1/3 da população maranhense.

II. A criação da região metropolitana de São Luís, no início da década de 1990, deu forte impulso à urbanização do estado e, em 2017, a Grande São Luís tornou-se a terceira região metropolitana do Nordeste.

III. Nas últimas décadas, o êxodo rural e o avanço da tecnologia no campo tiveram forte impacto sobre a redução da população rural e, consequentemente, sobre o total de trabalhadores rurais no estado.


Está correto o que se afirma APENAS em

  • A I e II.
  • B I.
  • C I e III.
  • D II.
  • E II e III.

Atualidades

16

Com relação à aplicação dos recursos oriundos do Fundo Partidário assinale a alternativa correta:

  • A Na manutenção das residências dos membros do partido.
  • B Transferência de recursos para outros partidos.
  • C Não e permitido o pagamento de despesas com alimentação.
  • D Na criação e manutenção de instituto ou fundação de pesquisa e de doutrinação e educação política, sendo esta aplicação de, no mínimo, vinte por cento do total recebido.

História e Geografia de Estados e Municípios

17
IDH significa Índice de Desenvolvimento Humano, uma medida importante concebida pela ONU (Organização das Nações Unidas) para avaliar a qualidade de vida e o desenvolvimento econômico de uma população. Para ajudar a classificar os países como desenvolvidos (desenvolvimento humano muito alto), em desenvolvimento (desenvolvimento humano médio e alto) e subdesenvolvidos (desenvolvimento humano baixo).
Segundo as Categorias do índice de IDH, o Município de Várzea está na seguinte classificação:
Assinale a alternativa CORRETA:
  • A Muito Alto – de 0,800 a 1000.
  • B Alto – de 0,700 a 0,799.
  • C Médio – de 0,600 a 0,699.
  • D Baixo – de 0,500 a 0,599.
  • E Muito Baixo – de 0,000 a 0,499.

Atualidades

18

Dois filmes brasileiros premiados em Cannes, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, que participou da competição, e (de Eurídice Gusmão), de Karim Aïnouz, da mostra Un Certain Regard -, estão entre os 12 inscritos, dez ficções e dois documentários, para concorrer à indicação, pelo Brasil, de seu candidato para o Oscar 2020 de melhor filme internacional, nova designação para o prêmio de melhor produção em língua estrangeira. (G1-PE - 06/07/2019)
Os dois Filmes são:

  • A Los Silêncio e Bacurau.
  • B A Vida Invisível e Bacurau.
  • C A Voz do Silêncio e Bacurau.
  • D Chorar de Rir e Bacurau.
  • E A Última Abolição e Bacurau.

Geografia

19

Possuem por característica principal plantas que são fortemente adaptadas à falta de água e nutrientes e que possuem curtos períodos de vida. Essas características se dão por conta do solo árido e do clima seco das regiões onde se desenvolvem.
O Conceito acima refere-se à:

  • A Vegetações - Estepes ou Pradarias.
  • B Vegetações – Tundra.
  • C Taiga - Floresta de Coníferas ou Floresta Boreal.
  • D Floresta Temperada.
  • E Vegetações Desérticas.

Atualidades

20

Leia o trecho, a seguir, da notícia publicada pelo R7 em 16/08/19.


“Mais quatro universidades portuguesas vão usar Enem

As Universidades de Coimbra e do Algarve, que foram as primeiras a firmar parceria para usar o exame, também renovaram os convênios

Quatro novas instituições de ensino superior de Portugal assinaram acordo para usar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de selecionar estudantes para seus cursos de graduação.

As Universidades de Coimbra e do Algarve, que foram as primeiras a firmar parceria para usar o exame, também renovaram os convênios com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC).

Ao todo são 41 instituições portuguesas que usam o Enem. Entre as quatro novas, três têm sede em Lisboa - Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE), a Universidade Autônoma de Lisboa (UAL) e o Instituto Politécnico da Lusofonia (Ipluso).

A quarta nova instituição conveniada é a Escola Superior de Saúde Norte da Cruz Vermelha Portuguesa, em Oliveira de Azeméis.”

[...]

(Fonte: https://noticias.r7.com/educacao/mais-quatro-universidades-portuguesas-vao-usar-enem16082019, acesso em 18 de agosto de 2019.)


Foi citado apenas um trecho da notícia, porém, acerca das demais informações contidas na íntegra dessa notícia, assinale os itens com C (quando a informação for correta) ou I (quando a informação for incorreta), e assinale a alternativa correta.


( ) O programa de convênio com as instituições portuguesas completou cinco anos em maio de 2019. As duas primeiras instituições a assinar o acordo, em 2014, a Universidade de Coimbra e a Universidade do Algarve, renovaram o convênio.

( ) Ao celebrar o acordo, a instituição passa a ter acesso facilitado, junto ao Inep, aos resultados dos estudantes que buscam vaga em seus cursos. Cada instituição define as regras e os pesos para uso das notas.

( ) À reportagem, Alexandre Lopes, presidente do Inep, diz que, com a renovação dos convênios, o órgão começou também a fazer um levantamento de quantos estudantes brasileiros já se inscreveram e estão estudando nas instituições portuguesas. "Esse levantamento nunca foi feito e nós vamos iniciar esse trabalho", disse.

  • A C – C – C.
  • B I – C – C.
  • C C – I – C.
  • D C – C – I.

Administração de Recursos Materiais

21
Pedro é o Administrador Patrimonial do IBGE e precisa movimentar materiais, trocando a responsabilidade de uma unidade organizacional para outra, dentro do próprio IBGE. Qual é a ocorrência patrimonial que ele precisa realizar?
  • A Passagem
  • B Contrapartida
  • C Transferência
  • D Reincorporação
  • E Transformação física
22
Luiza precisa incorporar e registrar um equipamento fotocopiador recebido pelo IBGE na forma de doação de uma indústria produtora. Para registrar esse bem, qual é o gênero patrimonial em que ele deverá ser classificado?
  • A Bem novo
  • B Bem móvel
  • C Bem cedido
  • D Bem doado
  • E Bem industrial
23
Qual é a atividade realizada nas organizações cujo propósito é prover estoque de materiais do tipo específico, na quantidade certa, para o lugar certo, no tempo certo e pelo mínimo de custo?
  • A Armazenamento de materiais.
  • B Inventário de materiais.
  • C Atendimento de materiais.
  • D Transporte de materiais.
  • E Especificação de materiais.
24
Márcio é o responsável pelo controle dos estoques de materiais do IBGE e procura desempenhar essa atividade registrando as entradas e saídas de materiais com competência e responsabilidade, sabendo que o primeiro passo para ter um bom controle de estoque é ter um bom e confiável sistema que lhe auxilie na administração de todo material, sendo necessário organizar suas principais funções. Assinale a alternativa que apresenta algumas dessas funções que precisam ser organizadas pelo responsável em controlar os estoques.
  • A Determinar os horários de recebimento e de entrega de materiais; acolher com prioridade os pedidos dos principais superiores hierárquicos; questionar os setores de produção e de vendas a respeito da real necessidade de materiais que solicitam e fixar quantitativos e qualitativos com base histórica.
  • B Determinar o número de itens que deve permanecer em estoque; quando se deve reabastecer o estoque; a quantidade de estoque necessária em certo período; acionar o departamento de compras para as aquisições de materiais; manter inventários periódicos e identificar e retirar do estoque os itens danificados.
  • C Determinar os recebimentos, o armazenamento e o atendimento de materiais de acordo com os maiores produtores dos itens; fiscalizar as aplicações de materiais realizadas pelos funcionários de todos os níveis da organização e procurar conhecer o desenvolvimento científico e tecnológico dos materiais.
  • D Determinar a perfeita composição e dimensão de cada embalagem de materiais para adequá-la à melhor forma de armazenamento; compartilhar os sistemas de registros de materiais existentes na organização com os controladores de outras organizações, com o objetivo de conhecer os diversos sistemas.
  • E Determinar os níveis mínimos e máximos de valor dos materiais a serem acondicionados no armazém; verificar as movimentações de materiais realizadas pelos competidores no mercado e assumir todos os desvios e quebras de materiais, seja por roubo, perda ou danos causados nos transportes dos fornecedores.
25
Dentre os princípios básicos da produção de material, há aqueles que fazem parte da administração de materiais e que possuem um subsistema ou setor típico que se preocupa sobremaneira com o estoque de materiais, assegurando que os materiais exigidos pela produção estejam à disposição nas quantidades certas e nos períodos desejados. Qual é esse setor ou subsistema da administração de materiais?
  • A Administração de movimentações de materiais.
  • B Administração de especificações de materiais.
  • C Administração de qualidade de materiais.
  • D Administração de estoques de materiais.
  • E Administração de compras de materiais.
26
No desempenho de sua função de comprador do IBGE, José precisa definir com quantos e com quais fornecedores irá negociar e trabalhar. Se ele necessita adquirir alguns materiais com uma especificação bastante singular e com certas exigências particulares de qualidade e desempenho para o IBGE, ou seja, necessita de fornecedores exclusivos para esses materiais, qual será a forma de gestão de fornecedores que José poderá adotar?
  • A Supplier network.
  • B Multiple sourcing.
  • C Global sourcing.
  • D Single sourcing.
  • E Extra sourcing.
27
Conforme informações do departamento de compras do IBGE, a quantidade adquirida em cada pedido de tablets para serem utilizados na coleta de dados é de 8 unidades. Segundo dados obtidos nesse departamento, a demanda anual é de 400 unidades ao custo unitário de R$ 200,00 cada tablet. Além disso, devido a sua enxuta estrutura de compras, o custo de emissão de cada pedido pelo departamento de compras é de apenas R$ 0,375. Considere um custo de manter de 6% ao ano do valor unitário do tablet e apure o Lote Econômico de Compras de tablets, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a quantidade de compras de tablets por pedido.
  • A 4 unidades por pedido.
  • B 5 unidades por pedido.
  • C 7 unidades por pedido.
  • D 8 unidades por pedido.
  • E 16 unidades por pedido.
28

Na área de estoques de uma organização, de forma geral, realiza-se o controle de fluxo de materiais de forma a equilibrar as necessidades e as disponibilidades de recursos da organização. São atividades relacionadas à manutenção dos estoques e às compras:

  • A definição das melhores rotas e trajetos a partir de cálculos de minimização de distância; conferência do produto separado com ordem do pedido solicitado.
  • B especificação e detalhamento corretos dos pedidos e aval iação; seleção e monitoramento dos fornecedores.
  • C monitoramento e controle dos níveis de estoques bem como inventário físico -financeiro; acompanhamento do comportamento da demanda juntamente com o estoque.
  • D definição das formas e dos prazos de pagamento; cálculo dos custos de frete e do tempo de transporte.
29

A administração de recursos tem sido uma preocupação dos gestores nos diversos setores da economia. Avalie as afirmações abaixo referentes à administração de recursos materiais e patrimoniais.

I Na manutenção preditiva, os equipamentos e as instalações sofrem intervenções da manutenção em função do intervalo médio entre falhas.

II Recursos patrimoniais são instalações utilizadas nas operações do dia-a-dia da empresa.

III A vida econômica de um bem é o período de tempo em que o custo anual equivalente de possuir e de operar um bem é máximo.

IV O sistema da reposição contínua consiste em disparar o processo de compra quando o estoque de um item atinge um nível previamente determinado.

Das afirmações, estão corretas

  • A I e II.
  • B I e III
  • C II e IV.
  • D III e IV
30

O Kanban, método trazido pelo Sistema Toyota de Produção, vem sendo utilizado, de forma efetiva, no contexto organizacional. Essa técnica tem como propriedade

  • A a limitação do trabalho em processo.
  • B a utilização de sistemas de informação.
  • C a centralização das atividades no gestor.
  • D a política implícita do processo.
Voltar para lista