Resolver o Simulado IBFC - Nível Médio

0 / 50

Português

1

Wi-fi faz mal para a saúde?

(adaptado)


As ondas wi-fi, utilizadas para transmitir internet para vários aparelhos móveis como o celular ou o notebook, não apresentam qualquer risco para a saúde, mesmo durante a infância ou gravidez.

Isto acontece porque o tipo de ondas utilizadas é de muito baixa intensidade, sendo até 100 mil vezes mais fracas que as ondas de um micro-ondas, que também não prejudicam a saúde. Além disso, a maior parte dos roteadores ficam a mais de um metro do utilizador, o que reduz para mais de metade a intensidade original.

Desta forma, e segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso normal de ondas wi-fi não é capaz de provocar qualquer tipo de alteração no material genético das células e, por isso, também não leva ao desenvolvimento de mutações que possam provocar câncer em adultos ou problemas de desenvolvimento nas crianças.


                        


Tipos de radiação que prejudicam a saúde

As ondas eletromagnéticas capazes de alterar as células e prejudicar a saúde são aquelas que possuem um comprimento de onda inferior ao da luz visível, o que inclui a radiação do sol, conhecida como ondas UV e os raio X, por exemplo. Normalmente a exposição prolongada e sem proteção a este tipo de radiação pode levar ao surgimento de câncer.

No entanto, todos os outros tipos de radiação que possuem comprimento de onda maior, como os infra-vermelhos, as micro-ondas ou as ondas de rádio não conseguem alterar as células e, por isso, são seguros para a saúde.

Dentro desta escala, a ondas de wi-fi possuem um comprimento de onda superior às ondas de raio, o que as torna ainda mais seguras que todas as outras.

                                                                                              (Fonte: Tua Saude) 

De acordo com o texto anterior e com a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa incorreta:
  • A No trecho “as ondas de um micro-ondas, que também não prejudicam a saúde.”, a oração é classificada como Oração Subordinada Adjetiva Explicativa.
  • B No trecho “a maior parte dos roteadores ficam a mais de um metro do utilizador”, o verbo destacado também concordaria corretamente com o sujeito a que se refere caso tivesse sido escrito no singular, “fica”.
  • C No trecho “As ondas eletromagnéticas capazes de alterar as células e prejudicar a saúde são aquelas que possuem um comprimento de onda inferior ao da luz visível”, a expressão destacada é uma Oração Subordinada Adjetiva Restritiva.
  • D No trecho “um comprimento de onda superior às ondas de raio”, a expressão destacada é um objeto indireto.
2

Wi-fi faz mal para a saúde?

(adaptado)


As ondas wi-fi, utilizadas para transmitir internet para vários aparelhos móveis como o celular ou o notebook, não apresentam qualquer risco para a saúde, mesmo durante a infância ou gravidez.

Isto acontece porque o tipo de ondas utilizadas é de muito baixa intensidade, sendo até 100 mil vezes mais fracas que as ondas de um micro-ondas, que também não prejudicam a saúde. Além disso, a maior parte dos roteadores ficam a mais de um metro do utilizador, o que reduz para mais de metade a intensidade original.

Desta forma, e segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso normal de ondas wi-fi não é capaz de provocar qualquer tipo de alteração no material genético das células e, por isso, também não leva ao desenvolvimento de mutações que possam provocar câncer em adultos ou problemas de desenvolvimento nas crianças.


                        


Tipos de radiação que prejudicam a saúde

As ondas eletromagnéticas capazes de alterar as células e prejudicar a saúde são aquelas que possuem um comprimento de onda inferior ao da luz visível, o que inclui a radiação do sol, conhecida como ondas UV e os raio X, por exemplo. Normalmente a exposição prolongada e sem proteção a este tipo de radiação pode levar ao surgimento de câncer.

No entanto, todos os outros tipos de radiação que possuem comprimento de onda maior, como os infra-vermelhos, as micro-ondas ou as ondas de rádio não conseguem alterar as células e, por isso, são seguros para a saúde.

Dentro desta escala, a ondas de wi-fi possuem um comprimento de onda superior às ondas de raio, o que as torna ainda mais seguras que todas as outras.

                                                                                              (Fonte: Tua Saude) 

O termo destacado no trecho a seguir “o que reduz para mais de metade a intensidade original” deve ser classificado morfologicamente como:
  • A Pronome pessoal do caso oblíquo
  • B Artigo definido
  • C Pronome demonstrativo
  • D Preposição
3
Sobre a interpretação do trecho acima, assinale a alternativa correta.
  • A A narradora relaciona o ato de narrar histórias a uma necessidade ficcional falaciosa, visto que as pessoas sentem necessidade de narrativas mentirosas e de embusteiros de fala hábil.
  • B Ao comparar-se com os judeus que eram transportados em vagões de gado, a narradora busca evidenciar como ela se sente amarrada a uma profissão opressora, quase como uma sentença de morte.
  • C O trecho destacado marca um momento de descoberta da narradora sobre a necessidade que as pessoas têm de ouvirem histórias, e de como sua atuação como narradora de filmes proporcionava a quem a ouvia momentos de prazer e liberdade imaginativa.
  • D Segundo a narradora, os narradores judeus preferiam negar completamente a realidade e criar, sem acesso à paisagem de fora do vagão, mundos ficcionais maravilhosos.
4

Leia com atenção o trecho do livro A contadora de filmes do escritor chileno Hernán Rivera Letelier, traduzido para o português por Eric Nepomuceno e responda à questão.


Naquele tempo descobri que todo mundo gosta que alguém conte histórias. Todos querem sair da realidade um momento e viver esses mundos de ficção dos filmes, das radionovelas, dos romances. Gostam até que alguém lhes conte mentiras, se essas mentiras forem bem contadas. Essa é a razão do êxito dos embusteiros de fala hábil.

Sem nem ter pensado nisso, para eles eu tinha me transformado numa fazedora de ilusões. Numa espécie de fada, como dizia a vizinha. Minhas narrações de filme os tiravam daquele amargo nada que era o deserto, e mesmo que fosse por um instante os transportava a mundos maravilhosos, cheios de amores, sonhos e aventuras. Em vez de vê-los projetados numa tela, em minhas narrações cada um podia imaginar esses mundos ao seu bel prazer.

Certa vez li por aí, ou vi num filme, que quando os judeus eram levados pelos alemães naqueles vagões fechados, de transportar gado – com apenas uma ranhura na parte alta para que entrasse um pouco de ar –, enquanto iam atravessando campos com cheiro de capim úmido, escolhiam o melhor narrador entre eles e, subindo-o em seus ombros, o elevavam até a ranhura para que fosse descrevendo a paisagem e contando o que via conforme o trem avançava.

Eu agora estou convencida de que entre eles deve ter havido muitos que preferiam imaginar as maravilhas contadas pelos companheiro a ter o privilégio de olhar pela ranhura.

Partindo da compreensão do trecho acima e da Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa incorreta:
  • A No trecho “o elevavam até a ranhura para que fosse descrevendo a paisagem e contando o que via” é uma Oração Subordinada Substantiva Objetiva Indireta.
  • B No trecho “Gostam até que alguém lhes conte mentiras”, a palavra destacada é um objeto indireto.
  • C No trecho “Em vez de vê-los projetados numa tela”, o termo destacado é um objeto direto.
  • D No período “Naquele tempo descobri que todo mundo gosta que alguém conte histórias.”, o trecho destacado é uma Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta.
5

Carta ao Leitor

Nunca te vi, sempre te amei


(...)

De todas as tarefas que fazem parte da rotina de redação de Galileu, a mais prazerosa certamente é ler as cartas dos leitores. Os fãs da revista são de fato especiais e suas cartas traduzem isso. São criativos, curiosos, observadores e não deixam passar nada. Fazem perguntas tão difíceis quanto imprevisíveis. Querem saber de tudo: do monstro do Lago Ness ao Projeto Genoma Humano. E não se contentam com respostas pela metade. Ler as dúvidas que aparecem nas cartas, os comentários sobre as reportagens passadas e as sugestões de futuras é gratificante para qualquer jornalista. Ainda mais para nós, jornalistas de Galileu, que adoramos um bom desafio.

Felizmente, a revista conta com uma arma secreta para satisfazer tantas pessoas exigentes. Vou apresentá-la agora: Luiz Francisco Senne, nosso secretário de produção, professor de português, roqueiro, colecionador de discos de vinil e livros usados, e responsável pelo atendimento aos leitores. Kiko, como é muito mais conhecido, sabe também driblar as angústias dos nossos jovens amigos em apuros.

Muitos pedem ajuda a Galileu quando recebem dos professores uma tarefa complicada e não sabem a quem recorrer. Kiko responde delicada mas firmemente: não dá para fazer o trabalho escolar no lugar do aluno (é festa agora?). Mas simpatiza com o drama de leitores como este cuja mensagem é reproduzida acima: “Vocês não poderiam dar uma dica de como ir bem numa prova de física porque o meu cérebro está cansado?” Atendendo ao apelo levado aos repórteres por Kiko, Galileu oferece a seus leitores a matéria “Os cientistas alertam: não deveríamos existir”, do editor Marcelo Ferroni. Ela mostra que a física pode ser criativa em vez de uma aula chata. Quer ver?

                                                  Martha San Juan França, Diretora de Redação 

Leia atentamente ao texto “Nunca te vi, mas sempre te amei” publicado na seção “Carta ao leitor” da revista Galileu e assinale a alternativa correta.
  • A Simpático aos dramas dos leitores, Kiko se recusa a fazer as tarefas dos alunos, principalmente quando se trata de tarefas com questões delicadas e complexas.
  • B No título “nunca te vi, mas sempre te amei”, a palavra “te” faz referência a Martha San Juan França, Diretora de Redação da revista Galileu.
  • C Luiz Francisco Senne é apontado como “professor de português, roqueiro, colecionador de discos de vinil e livros usados”, o que o ajuda a efetivamente ser um excelente responsável pelo atendimento dos leitores.
  • D O trecho “Querem saber de tudo: do monstro do Lago Ness ao Projeto Genoma Humano.” exemplifica a imprevisibilidade temática das perguntas feitas pelos leitores, que abordam assuntos de natureza mítica-fantástica a temas de concreta relevância científica.
6

Carta ao Leitor

Nunca te vi, sempre te amei


(...)

De todas as tarefas que fazem parte da rotina de redação de Galileu, a mais prazerosa certamente é ler as cartas dos leitores. Os fãs da revista são de fato especiais e suas cartas traduzem isso. São criativos, curiosos, observadores e não deixam passar nada. Fazem perguntas tão difíceis quanto imprevisíveis. Querem saber de tudo: do monstro do Lago Ness ao Projeto Genoma Humano. E não se contentam com respostas pela metade. Ler as dúvidas que aparecem nas cartas, os comentários sobre as reportagens passadas e as sugestões de futuras é gratificante para qualquer jornalista. Ainda mais para nós, jornalistas de Galileu, que adoramos um bom desafio.

Felizmente, a revista conta com uma arma secreta para satisfazer tantas pessoas exigentes. Vou apresentá-la agora: Luiz Francisco Senne, nosso secretário de produção, professor de português, roqueiro, colecionador de discos de vinil e livros usados, e responsável pelo atendimento aos leitores. Kiko, como é muito mais conhecido, sabe também driblar as angústias dos nossos jovens amigos em apuros.

Muitos pedem ajuda a Galileu quando recebem dos professores uma tarefa complicada e não sabem a quem recorrer. Kiko responde delicada mas firmemente: não dá para fazer o trabalho escolar no lugar do aluno (é festa agora?). Mas simpatiza com o drama de leitores como este cuja mensagem é reproduzida acima: “Vocês não poderiam dar uma dica de como ir bem numa prova de física porque o meu cérebro está cansado?” Atendendo ao apelo levado aos repórteres por Kiko, Galileu oferece a seus leitores a matéria “Os cientistas alertam: não deveríamos existir”, do editor Marcelo Ferroni. Ela mostra que a física pode ser criativa em vez de uma aula chata. Quer ver?

                                                  Martha San Juan França, Diretora de Redação 

De acordo com o texto acima e com a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa incorreta:
  • A No trecho “Kiko, como é muito mais conhecido, sabe também driblar as angústias dos nossos jovens amigos em apuros.”, o termo destacado é classificado como Verbo Transitivo Direto e Indireto.
  • B No trecho “Muitos pedem ajuda a Galileu quando recebem dos professores uma tarefa complicada”, a oração destacada é classificada como Oração Subordinada Adverbial Temporal.
  • C No trecho “Ainda mais para nós, jornalistas de Galileu, que adoramos um bom desafio.” a expressão destacada é classificada como Aposto.
  • D No trecho “Ela mostra que a física pode ser criativa em vez de uma aula chata.”, o termo destacado é classificado como conjunção integrante.
7

Leia a tirinha de “Hagar”, criada pelos cartunistas Dik Browne e Chris Browne, e responda à questão.



Considerando a tirinha acima e a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, analise as afirmativas abaixo e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) A possibilidade de existir um espião na tripulação é confirmada pelo texto não-verbal da tira.

( ) A palavra “Psst”, no primeiro quadrinho, é um advérbio de negação.

( ) No trecho “sobre nosso ataque a Inglaterra” a palavra destacada deveria, obrigatoriamente, receber o acento grave, indicativo de crase.

( ) A expressão “Por que”, no primeiro quadrinho”, deveria receber acento circunflexo, sendo reescrita como “Por quê”.

( ) A oração “que o rei tenha implantando um espião entre nós!!” é uma Oração Subordinada Substantiva Subjetiva.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A F, F, V, F, V.
  • B V, V, F, V, F.
  • C V, F, V, F, V.
  • D V, V, F, F, F.
8

Leia com atenção o poema “Guardar” do poeta brasileiro Antonio Cícero e responda à questão.


Guardar

Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la.

Em cofre não se guarda coisa alguma.

Em cofre perde-se a coisa à vista.

Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por admirá-la, isto

é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.

Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por ela, isto

é, velar por ela, isto é, estar acordado por ela, isto é,

estar por ela ou ser por ela.

Por isso, melhor se guarda o voo de um pássaro

Do que de um pássaro sem voos.

Por isso se escreve, por isso se diz, por isso se publica, por

isso se declara e declama um poema:

Para guardá-lo:

Para que ele, por sua vez, guarde o que guarda:

Guarde o que quer que guarda um poema:

Por isso o lance do poema:

Por guardar-se o que se quer guardar.

                                                                                                   (Fonte: Pensador)

Com base na leitura e interpretação do poema acima, assinale a alternativa incorreta.
  • A A centralidade temática do poema consiste na tentativa do eu-lírico compreender e ressignificar de forma profunda e particular o sentido da palavra “guardar”.
  • B Nos versos “Por isso, melhor se guarda o voo de um pássaro/ Do que um pássaro sem voos”, o eu-lírico busca, de forma poética, parafrasear a imagem do ditado popular “mais vale um pássaro na mão do que dois voando”, preservando o seu sentido original.
  • C Nos versos “Em cofre não se guarda coisa alguma/ Em cofre perde-se a coisa à vista”, o poema cria um paradoxo ao desconstruir a utilidade, por definição, atribuída ao objeto cofre afirmando que uma coisa em um cofre se perde de algum modo.
  • D O eu-lírico compreende que escrever, publicar, declarar e declamar um poema é uma forma de guardar o assunto que este poema contém.
9

Leia com atenção um trecho da matéria “A leitura em cada fase da primeira infância” e responda à questão.


A leitura deve ser uma atividade da escola e da família, começando quando o bebê ainda está no útero. Para você, que atua na Primeira Infância (período da gestação aos seis anos), cabe a tarefa de mostrar aos pais como ler faz bem às crianças, ajudando seus filhos a se tornarem bons leitores.

Quanto mais palavras a criança conhecer, aos dois anos de idade, mais ela estará preparada para vivenciar suas relações sociais e aproveitar a pré-escola, obtendo melhores resultados em leitura e matemática, com mais autocontrole e menos ansiedade. Estas foram as principais conclusões de pesquisadores das universidades do Estado da Pensilvânia, Califórnia Irvine e Columbia (EUA).

Por isso, o papel dos pais é essencial, já que esse contato com a leitura deve começar durante a gestação e se intensificar no dia a dia da família. 

Mas como contar histórias para o feto? Qual o texto mais adequado para um recém-nascido? Poesia também é bom? Dúvidas pertinentes que você pode ajudar a sanar, dando algumas orientações. No caso de pais “grávidos”, vale a leitura, em voz alta, de livros que eles curtam, assim como cantar, recitar poemas e conversar com o bebê, acariciando a barriga da mãe.

Para crianças maiores, dos três aos cinco anos, as histórias podem ser mais complexas, como os contos de fadas. A diversidade também é legal. Ler notícias de jornais, revistas, tirinhas de histórias em quadrinhos, tudo é novidade. Estimular a criança a ler para os pais é outra atividade importante e desafiadora.

O importante é que, em qualquer idade, o hábito de ler faça parte do cotidiano da escola e da família, assim como comer, brincar e dormir.

                                                                   (Fonte: Blog Desenvolvimento Infantil)

Com base na interpretação do texto anterior, assinale a alternativa incorreta:
  • A No trecho “Para você, que atua na Primeira Infância (período da gestação aos seis anos), cabe a tarefa de mostrar aos pais como ler faz bem às crianças, ajudando seus filhos a se tornarem bons leitores.”, a palavra destacada é um pronome de tratamento utilizado, nesse contexto, para se referir a certa categoria profissional.
  • B A primeira infância é definida no texto como o período compreendido dos 0 aos 6 anos, tendo, como marco do encerramento desta etapa, a entrada da criança na pré-escola.
  • C No trecho “No caso de pais ‘grávidos’, vale a leitura, em voz alta, de livros que eles curtam”, a utilização de aspas, no termo destacado, ressalta a intencionalidade do autor em usar uma expressão coloquial.
  • D É possível afirmar que brincar, comer e dormir estão no mesmo patamar de importância que a leitura para o desenvolvimento infantil, podendo ser compreendido, então, como um hábito cotidiano necessário.
10

Leia com atenção o poema “Guardar” do poeta brasileiro Antonio Cícero e responda à questão.


Guardar

Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la.

Em cofre não se guarda coisa alguma.

Em cofre perde-se a coisa à vista.

Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por admirá-la, isto

é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.

Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por ela, isto

é, velar por ela, isto é, estar acordado por ela, isto é,

estar por ela ou ser por ela.

Por isso, melhor se guarda o voo de um pássaro

Do que de um pássaro sem voos.

Por isso se escreve, por isso se diz, por isso se publica, por

isso se declara e declama um poema:

Para guardá-lo:

Para que ele, por sua vez, guarde o que guarda:

Guarde o que quer que guarda um poema:

Por isso o lance do poema:

Por guardar-se o que se quer guardar.

                                                                                                   (Fonte: Pensador)

Considerando o poema acima e a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, analise as afirmativas abaixo e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) No trecho “Guardar uma coisa não é escondê-la”, o termo destacado corresponde ao Pronome Pessoal do caso oblíquo “a” corretamente grafado quando colocado após um verbo no infinitivo.

( ) No trecho “Em cofre não se guarda coisa alguma.”, o termo destacado é uma Locução Adverbial.

( ) No trecho “mirá-la por admirá-la, isto é, iluminá-la” a expressão destacada pode ser substituída, sem alteração de sentido, pelo termo “ou seja”.

( ) No trecho “Por isso, melhor se guarda o voo de um pássaro”, o termo destacado é uma Conjunção Coordenativa Adversativa.

( ) No trecho “Guarde o que quer que guarda um poema”, o termo destacado é um artigo definido.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A V, V, V, F, V.
  • B V, V, V, F, F.
  • C F, F, V, V, F.
  • D F, V, F, F, F.

Matemática

11

Maria trabalha em um supermercado e no final do dia contou o dinheiro que havia no caixa, conforme quadro:



Nessas condições, ¾ do valor total que havia no caixa corresponde a:

  • A R$ 776,00
  • B R$ 194,00
  • C R$ 582,00
  • D R$ 291,00
12
Paulo recebeu seu 13º salário no valor de R$ 1.800,00 e dividiu aos seus 3 filhos de forma diretamente proporcional às suas idades. Se as idades dos filhos de Paulo são 8, 12 e 20 anos, então é correto afirmar que:
  • A o filho mais novo recebeu R$ 540,00
  • B o filho mais velho recebeu R$ 1080,00
  • C o filho mais velho recebeu o mesmo valor que a soma dos valores recebidos pelos outros dois filhos mais novos
  • D a soma dos valores recebidos pelos dois filhos menores é maior que o valor recebido pelo filho mais velho
13
Sabendo que 40% do preço de um televisor custa R$ 960,00, então o valor do televisor com 10% de desconto é igual a:
  • A R$ 2.160,00
  • B R$ 2.560,00
  • C R$ 1.440,00
  • D R$ 1.920,00
14
O número 33 está descrito na base decimal. Assinale a alternativa que apresenta esse mesmo número descrito na base 8 (octal):
  • A 14
  • B 37
  • C 55
  • D 41
15
Um número é composto por 3 algarismos sendo que o algarismo da centena é o 7 e o da unidade é o 4. A soma dos possíveis algarismos da dezena desse número de modo que ele seja divisível por 3 é:
  • A 15
  • B 18
  • C 12
  • D 9

Raciocínio Lógico

16
Um comerciante vende balas em pacotinhos, sempre com a mesma quantidade. Ao fazer isso, percebeu que dentre as balas que possuía poderia colocar 8, 12 ou 20 balas em cada pacote. Nessas condições, assinale a alternativa que apresenta o número mínimo de balas que o comerciante dispunha:
  • A 120
  • B 240
  • C 360
  • D 60

Matemática

17
Um azulejista deve cobrir uma parede de forma retangular de dimensões 3 metros por 4,5 metros, ele dispõe de azulejos de forma quadrada com lado medindo 15 cm. Nessas circunstâncias, o número mínimo de peças de azulejo que o azulejista vai precisar para cobrir totalmente a parede é:
  • A 6000
  • B 3000
  • C 900
  • D 600
18
A razão entre o número de candidatos aprovados e do número de candidatos reprovados num concurso é de 3 para 14. Se 840 candidatos foram reprovados no concurso, então o total de candidatos que fizeram o concurso foi:
  • A menos que 900
  • B entre 920 e 980
  • C entre 990 e 1030
  • D mais que 1040
19
José perguntou ao seu avô Pedro, que é professor de matemática, com que idade ele se formou na faculdade. Pedro disse ao neto que sua idade era o produto entre as raízes da equação x2 -10x + 21 = 0. Nessas condições, assinale a alternativa que apresenta a idade que Pedro se formou na faculdade:
  • A 18
  • B 21
  • C 24
  • D 27
20
Dois triângulos retângulos são semelhantes na razão 2/ 3. Se as medidas dos catetos do menor triângulo são 6 cm e 8 cm, então a medida da hipotenusa do maior triângulo, em cm, é:
  • A 12
  • B 15
  • C 10
  • D 18

Raciocínio Lógico

21
Dentre as alternativas, a única incorreta é:
  • A o elemento neutro da multiplicação de números inteiros é o número 1
  • B o elemento simétrico da adição de números inteiros é o número 0
  • C o conjunto {-4, -2, -1, +1, +2, +4} representa o conjunto de todos os divisores inteiros do número 4
  • D o conjunto de todos os múltiplos inteiros do número 4 é infinito
22
Considere os conjuntos finitos A = {0,1,3,5,6}, B = {-1,0,2,4,5,6,7} e C = {1,2,3,4,7,8} e as afirmações:
I. O total de elementos do conjunto que representa a união entre os conjuntos A e B é igual a 8. II. O total de elementos do conjunto que representa a intersecção entre os conjuntos A e C é igual a 3. III. O total de elementos do conjunto que representa a diferença entre os conjuntos A e B, nessa ordem, é igual a 2. IV. O total de elementos do conjunto que representa a diferença entre os conjuntos B e C, nessa ordem, é igual a 4.
Assinale a alternativa que apresenta o total exato de afirmações corretas:
  • A 1
  • B 2
  • C 3
  • D 4
23
Sejam os conjuntos A = {-2,-1,0,1,2,3} , B = {0,2,3,5,6} e C = {-1,0,2,3,7} é correto afirmar que:
  • A (A U B) U C = {-2,-1,0,1,2,3,5,7}
  • B B ∩ C = {0,3}
  • C C - B = {-1,5,6,7}
  • D A - C = {-2,1}
24
Um diretor deve escolher exatamente um professor e dois alunos para representar a escola num evento. Se na escola há 6 professores e 10 alunos, então o total de escolhas possíveis para esse diretor é:
  • A 270
  • B 180
  • C 360
  • D 540
25

Considere verdadeiras as seguintes afirmações:


• Todo professor é formado.

• Nenhum formado é estrangeiro.


Assinale a alternativa correta:

  • A algum professor é estrangeiro
  • B todo formado é professor
  • C nenhum professor é estrangeiro
  • D todo professor é estrangeiro
26
Considerando o conjunto verdade dos conectivos lógicos proposicionais e sabendo que o valor lógico de uma proposição “p” é falso e o valor lógico de uma proposição “q” é verdade, é correto afirmar que o valor lógico:
  • A da conjunção entre “p” e “q” é verdade
  • B da disjunção entre “p” e “q” é falso
  • C do bicondicional entre “p” e “q” é falso
  • D do condicional entre “p” e “q”, nessa ordem, é falso
27
Os números estão dispostos em sequência lógica 0,5,50,5,10,45,10,15,40,15,...Nessas condições a soma entre os dois próximos números dessa sequência é:
  • A 60
  • B 50
  • C 45
  • D 55
28
A negação da frase “Marcos é jogador de futebol e Ana é ciclista” é:
  • A Marcos não é jogador de futebol ou Ana não é ciclista
  • B Marcos não é jogador de futebol e Ana não é ciclista
  • C Marcos não é jogador de futebol ou Ana é ciclista
  • D Marcos não é jogador de futebol se, e somente se, Ana não é ciclista
29
Cinco carros de corrida estão enfileirados aguardando a largada. Sabe-se que atrás do vermelho só há um carro e que na frente do azul só há um carro. O total de carros na frente e atrás do carro marrom são iguais. Se o carro amarelo está na frente do carro azul, então o carro laranja é o:
  • A último da fila
  • B terceiro da fila
  • C o quarto da fila
  • D o segundo da fila
30
Sabe-se que dois quadrados têm o mesmo peso que três triângulos. Sabe-se também que dois triângulos têm o mesmo peso de três círculos. Se os objetos de formatos iguais têm o mesmo peso, então é correto afirmar que:
  • A um triângulo pesa mais que um quadrado
  • B três quadrados têm o mesmo peso que 7 círculos
  • C um quadrado têm o mesmo peso de 2 círculos
  • D quatro quadrados têm o mesmo peso que 9 círculos

Direito Penal

31
Assinale a alternativa correta. No crime de tortura, a pena aumenta de um sexto até um terço se o crime é cometido:
  • A contra pessoa maior de 50 (cinquenta) anos
  • B mediante rapto
  • C por agente público
  • D mediante extorsão
  • E mediante violência ou grave ameaça
32
No que diz respeito ao crime de tortura, assinale a alternativa correta.
  • A o crime de tortura é afiançável
  • B o crime de tortura é suscetível de anistia
  • C a condenação deve acarretar a perda do cargo público e a interdição para seu exercício pelo triplo do prazo da pena aplicada
  • D constitui crime de tortura submeter alguém, sob sua guarda, com emprego de grave ameaça, a intenso sofrimento mental, como forma de aplicar castigo pessoal
  • E o crime de tortura é suscetível de graça
33
Assinale a alternativa correta quanto ao que configura o crime de abuso de autoridade a conduta que importe em qualquer atentado:
  • A à liberdade de transposição
  • B ao direito de moradia
  • C ao sigilo da correspondência
  • D à liberdade de gênero
  • E ao direito ao trabalho
34
Assinale a alternativa correta quanto ao cometimento do crime de abuso de autoridade sujeita o agente público à imposição das seguintes sanções administrativas:
  • A advertência e repreensão
  • B destituição de função e inabilitação para o exercício de qualquer outro cargo público por prazo até cinco anos
  • C suspensão do cargo e exoneração
  • D demissão e readaptação
  • E exoneração e transferência forçada
35
Conforme dispõe o Estatuto do Desarmamento, relativamente às armas de fogo, assinale a alternativa correta:
  • A a classificação técnica, bem como a definição das armas de fogo deve ser disciplinada em ato do Comando do Exército, mediante proposta do Chefe do Poder Executivo
  • B são vedadas a fabricação, a venda, a comercialização e a importação de brinquedos, réplicas e simulacros de armas de fogo, que com estas se possam confundir
  • C todas as armas de fogo comercializadas no exterior devem estar acondicionadas em embalagens com sistema de código de barras, gravado na caixa, visando possibilitar a identificação do alienante
  • D cabe ao Comando da Polícia Militar autorizar, excepcionalmente, nos estados, a aquisição de armas de fogo de uso restrito
  • E armas de fogo apreendidas devem ser, após elaboração do laudo, encaminhadas pelo juiz, quando não mais interessarem à persecução penal, à Superintendência da Polícia Federal, para destruição, no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas
36
Assinale a alternativa correta quanto ao comportamento visto como crime de conduta omissiva presente no Estatuto do Desarmamento:
  • A vender, entregar ou fornecer, ainda que gratuitamente, arma de fogo, acessório, munição ou explosivo a criança ou adolescente
  • B disparar arma de fogo ou acionar munição em lugar habitado ou em suas adjacências, em via pública ou em direção a ela, desde que essa conduta não tenha como finalidade a prática de outro crime
  • C portar, possuir, adquirir, transportar ou fornecer arma de fogo com numeração, marca ou qualquer outro sinal de identificação raspado, suprimido ou adulterado
  • D deixar de observar as cautelas necessárias para impedir que menor de 18 (dezoito) anos ou pessoa portadora de deficiência mental se apodere de arma de fogo que esteja sob sua posse ou que seja de sua propriedade
  • E produzir, recarregar ou reciclar, sem autorização legal, ou adulterar, de qualquer forma, munição ou explosivo

Legislação Estadual

37
Relativamente à classificação das unidades prisionais, assinale a alternativa correta:
  • A médio porte especial: unidades prisionais existentes, ou as que vierem a ser criadas, com a finalidade de realizar perícia
  • B pequeno porte I: unidades prisionais existentes, ou as que vierem a ser criadas, com capacidade para receber entre sessenta e um e cento e noventa e nove indivíduos privados de liberdade
  • C centro de remanejamento provisório do Sistema Prisional: unidades prisionais existentes ou que vierem a ser criadas, com a finalidade de realizar remanejamento provisório
  • D pequeno porte II: unidades prisionais existentes, ou as que vierem a ser criadas, com capacidade para até sessenta indivíduos privados de liberdade
  • E grande porte especial: unidades prisionais existentes, ou as que vierem a ser criadas, com a finalidade de realizar atendimento médico

Direito Penal

38
As penas privativas de liberdade devem ser executadas em forma progressiva, segundo o mérito do condenado, observados determinados critérios e ressalvadas as hipóteses de transferência a regime mais rigoroso. Nesse sentido, assinale a alternativa correta:
  • A o condenado a pena superior a 8 (oito) anos deve começar a cumpri-la em regime semi-aberto
  • B o condenado não reincidente, cuja pena seja superior a 4 (quatro) anos e não exceda a 8 (oito), deve cumpri-la em regime fechado
  • C o condenado não reincidente, cuja pena seja igual ou inferior a 4 (quatro) anos, poderá, desde o início, cumpri-la em regime semi-aberto
  • D o condenado por crime contra a administração pública deve ter a progressão de regime do cumprimento da pena condicionada à reparação do dano que causou, ou à devolução do produto do ilícito praticado, com os acréscimos legais
  • E ao condenado transferido para o regime disciplinar diferenciado é vedada a realização de exame criminológico de classificação para individualização da execução
39
As penas previstas no Direito Penal são:
  • A medidas de proteção e de perda de bens
  • B prestacionais e restritivas de liberdade
  • C privativas de liberdade, restritivas de direito e multa
  • D medidas socioeducativas e pecuniárias
  • E ressocializadoras e pedagógicas
40
Em conformidade com o previsto na Lei de Execuções Penais, cumpre ao condenado, além das obrigações legais inerentes ao seu estado, submeter-se às normas de execução da pena. Dentre estas obrigações, assinale a alternativa correta quanto ao que pode ser citado como dever do condenado:
  • A exercício das atividades profissionais, intelectuais, artísticas e desportivas, desde que compatíveis com a execução da pena
  • B urbanidade e respeito no trato com os demais condenados
  • C audiência especial com o diretor do estabelecimento
  • D entrevista pessoal e reservada com o advogado
  • E proteção contra qualquer forma de sensacionalismo

Direito Administrativo

41
A administração pública pode revogar ato próprio discricionário, ainda que perfeitamente legal, simplesmente pelo fato de não mais o considerar conveniente ou oportuno. A respeito da teoria dos atos administrativos, assinale a alternativa correta.
  • A A competência é elemento do ato administrativo e advém diretamente da lei, sendo intransferível e improrrogável, salvo a previsão legal de delegação ou avocação
  • B A anulação de ato administrativo fundamenta-se na ilegalidade do ato, enquanto a revogação funciona como uma espécie de sanção para aqueles que deixaram de cumprir as condições determinadas pelo ato
  • C Motivo e motivação são sinônimos em matéria de atos administrativos, referindo-se ambos aos elementos fáticos que justificam a existência do ato administrativo, os quais, nos atos discricionários, não estão sujeitos ao controle judicial
  • D Ato administrativo praticado fora dos padrões de legalidade e que exorbite os limites definidos e previstos em lei é denominado ato discricionário
42
Os poderes da Administração Pública consistem em prerrogativas especiais e instrumentos que o ordenamento jurídico confere ao Estado para que este cumpra suas finalidades institucionais para a busca do interesse público. Sobre esse tema, assinale a alternativa correta.
  • A O disciplinar é aplicável a todos os entes da Administração indireta, que se sujeitam à Administração central para fins de processamento dos processos disciplinares instaurados contra seus servidores
  • B A faculdade que tem o Estado de limitar e/ou condicionar o exercício dos direitos individuais, a liberdade e a propriedade, tendo como objetivo o interesse público, denomina-se poder hierárquico
  • C O poder regulamentar consiste na possibilidade dos chefes do Executivo de explicarem e detalharem as leis para a sua correta execução ou de expedirem os decretos autônomos sobre matéria ainda não disciplinada em lei
  • D O poder hierárquico impõe hierarquia entre a administração direta e as entidades que integram a administração indireta
43
Sobre as normas aplicáveis à Administração Pública e sua organização, assinale a alternativa correta.
  • A As autarquias, as empresas públicas, as sociedades de economia mista e as fundações serão criadas por lei específica, cabendo à lei complementar, nestes casos, definir as áreas de sua atuação
  • B Agências Executivas são empresas públicas ou sociedades de economia mista que, por iniciativa da Administração Direta, recebem status de agência, e, por estarem sempre ineficientes, celebram contrato de programa com o Ministério supervisor
  • C Apesar de terem o tipo societário de sociedade anônima, as sociedades de economia mista são pessoas jurídicas de direito público
  • D As pessoas de direito privado, sem fins lucrativos, de promoção da assistência social são passíveis de qualificação como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, desde que atendam aos demais requisitos legais
44
A respeito da Lei de Licitações, das hipóteses em que é obrigatória sua aplicação e de suas modalidades, assinale a alternativa correta.
  • A As obras e os serviços somente poderão ser licitados quando houver previsão de recursos orçamentários que assegurem o pagamento das obrigações decorrentes de obras ou serviços a serem executados no exercício financeiro em curso, de acordo com o respectivo cronograma.
  • B Nos processos licitatórios de materiais de escritório para órgãos públicos, é possível a exigência de que o fornecedor entregue produtos de determinadas marcas e modelos, desde que estejam especificados no edital
  • C A concorrência é a modalidade de licitação entre interessados devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condições exigidas para cadastramento até o terceiro dia anterior à data do recebimento das propostas, observada a necessária qualificação
  • D Para os fins dessa Lei, os órgãos e entidades da Administração Pública que realizem frequentemente licitações manterão registros cadastrais para efeito de habilitação, na forma regulamentar, válidos por, no máximo, três anos
45
No processo licitatório é garantido aos licitantes o direito de petição e o direito de recurso. Nesse sentido, assinale a alternativa correta.
  • A O direito de recorrer é garantido a cada término de fase nos procedimentos de licitação, vedada concessão de efeito suspensivo como forma de tutelar o princípio licitatório
  • B O recurso apresentado pelo licitante nas hipóteses de inabilitação, desclassificação da proposta e indeferimento do pedido de inscrição em registro cadastral, terá efeito suspensivo, podendo a autoridade competente, motivadamente e presentes razões de interesse público, atribuir ao recurso interposto eficácia suspensiva aos demais recursos
  • C Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar edital de licitação por irregularidade, de acordo com a lei, devendo protocolar o pedido até cinco dias úteis antes da data fixada para a abertura dos envelopes de habilitação
  • D O recurso administrativo interposto da decisão que julga as propostas não tem efeito suspensivo
46
Sobre o regime jurídico dos Contratos Administrativos, assinale a alternativa correta.
  • A A rescisão dos contratos administrativos é prerrogativa da Administração Pública podendo fazê-lo, inclusive, de forma unilateral, por exemplo, no caso da contratada paralisar a obra sem justo motivo e sem prévia comunicação à Administração Pública. A rescisão também pode ser judicial ou amigável na forma do art. 79 da Lei de Licitações
  • B A Administração Pública, nos casos de serviços prestados de forma continuada, poderá firmar contratos pela forma verbal
  • C O contrato administrativo, dado o princípio da supremacia do interesse público, configura espécie de relação jurídica em que assistem vantagens e poderes apenas para uma das partes
  • D A garantia do equilíbrio econômico-financeiro do contrato, presente nas relações obrigacionais de Direito Privado, não se aplica aos contratos administrativos, posto que, nestes últimos, deve prevalecer apenas o interesse público, independentemente dos interesses do contratado
47
Dentro de sua organização, a Administração Pública pode atuar de forma desconcentrada e descentralizada. A respeito desses institutos, e suas particularidades, é correto afirmar que:
  • A Tanto a descentralização como a desconcentração são modelos de delegação de competências para pessoas jurídicas que exercerão funções executivas
  • B A desconcentração se dá com a criação de órgãos desprovidos de personalidade jurídica, que integram a Administração Direta. A descentralização se dá pela criação de pessoas jurídicas, que passam a integrar a Administração indireta
  • C No caso da descentralização são constituídas pessoas jurídicas e estas possuem uma subordinação total da Administração direta em razão de uma relação hierárquica entre elas
  • D A desconcentração é admitida apenas no âmbito da Administração Pública Federal e Estadual, não sendo garantida aos Municípios
48
Sobre os atos administrativos, assinale a alternativa correta.
  • A Em função do princípio da publicidade previsto no caput do art. 37 da Constituição Federal, é vedada, em qualquer hipótese, a prática de ato administrativo sigiloso
  • B É indispensável que seja feita a prova da validade do ato administrativo por parte de quem o editou
  • C A Administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-los por motivo de conveniência ou oportunidade
  • D Objeto é aquilo sobre o que o ato dispõe. Sendo inexistente o objeto, ainda caberá a convalidação do ato
49
Integram a administração indireta, na qualidade de pessoas jurídicas de direito privado:
  • A as sociedades de economia mista e as empresas públicas
  • B as autarquias e as fundações de direito privado
  • C as agências reguladoras e as agências executivas
  • D os órgãos do terceiro setor e os consórcios públicos
50
Assinale a alternativa que apresenta características inerentes aos contratos administrativos:
  • A prazo indeterminado e comutatividade
  • B caráter personalíssimo e presença de cláusulas exorbitantes
  • C imutabilidade e equilíbrio negocial
  • D informalidade e onerosidade
Voltar para lista