Resolver o Simulado Biomédico

0 / 60

Biomedicina - Análises Clínicas

1

O principal indicador de poluição fecal direta recente em águas é a(o)

  • A Vibrio cholerae.
  • B Escherichia coli.
  • C Salmonella typhi.
  • D Pseudomonas aeruginosa.
2

Após tratamento em estações convencionais, água para o consumo humano pode apresentar trihalometanos, que são subprodutos perigosos e, nas estações de tratamento, originam-se basicamente devido aos processos de

  • A redução.
  • B desinfeção.
  • C troca iônica.
  • D ajuste de pH.
3

Para a realização de uma análise de DBO5, o número mínimo de amostras que obrigatoriamente devem ser colhidas simultaneamente são

  • A 2 amostras.
  • B 3 amostras.
  • C 4 amostras.
  • D 5 amostras.

Biologia

4
A tecnologia da biorremediação é baseada em processos nos quais ocorrem reações bioquímicas mediadas por microrganismos. Em geral, um composto orgânico, quando é oxidado, perde elétrons para um aceptor fnal de elétrons, que é reduzido. O oxigênio comumente atua como aceptor fnal de elétrons quando presente e a oxidação de compostos orgânicos com a redução do oxigênio molecular é chamado de respiração aeróbia heterotrófca. No entanto, quando o oxigênio não está presente, microrganismos podem usar compostos orgânicos ou íons inorgânicos como aceptores fnais de elétrons alternativos, condições estas chamadas de anaeróbias. Com base no exposto, assinale a alternativa correta.
  • A A biodegradação anaeróbia pode ocorrer, por exemplo, pela desnitrifcação, pela redução do ferro ou pela redução do sulfato
  • B Hidrocarbonetos com baixo a médio peso molecular e álcoois são exemplos de compostos de baixíssima biodegradabilidade
  • C Biorremediação “ex situ” é realizada no próprio local, sem que haja remoção de material contaminado. Isso evita custos e distúrbios ambientais associados com o movimento de solos e águas que estão contaminados para outros locais destinados ao tratamento
  • D A biodegradação de hidrocarbonetos é essencialmente um processo hidrolítico, no qual o hidrocarboneto é reduzido pelo oxigênio, quando em condições aeróbias
  • E A biodegradação aeróbia pode ocorrer, por exemplo, pela desnitrificação, pela redução do ferro ou pela redução do sulfato

Biomedicina - Análises Clínicas

5
Sobre as características dos principais grupos de microorganismos, assinale a alternativa incorreta.
  • A As bactérias são procariontes; não possuem membrana nuclear (carioteca) e estruturas membranosas intracelulares
  • B As algas são eucariontes; contêm clorofla; podem ser uni ou pluricelulares; apresentam parede celular rígida; crescem em diversos ambientes, mas a maioria é aquática
  • C Os vírus são acelulares; menores e mais simples, em estrutura do que as bactérias; contêm geralmente apenas um tipo de ácido nucleico (DNA ou RNA), protegido por uma capa proteica, podendo multiplicar-se apenas dentro das células vivas
  • D Os protozoários são procariontes; unicelulares, não apresentam parede celular rígida, não contêm clorofila; alimentam-se por absorção, alguns se movem por meio de flagelos ou cílios e são amplamente distribuídos na natureza
  • E Os fungos são eucariontes, com parede celular rígida uni ou pluricelulares e desprovidos de cloroflla alimentam-se por absorção, são conhecidos como bolores, leveduras e cogumelos

Técnicas em Laboratório

6

Segundo o Manual de Saúde e Segurança do Trabalho, o tipo de luvas que deve ser adotado para manuseio de documentos armazenados em arquivos, para manuseio de alimentos, em trabalhos leves, manutenções e laboratórios são as de

  • A látex.
  • B PVC.
  • C raspas de couro.
  • D vaqueta de couro.
  • E Kevlar.

Biomedicina - Análises Clínicas

7
A análise microbiológica de alimentos é parte do sistema de controle de qualidade e de vigilância e inspeção de alimentos. A ação de microrganismos deteriorantes e patogênicos é dependente de diferentes fatores para sua multiplicação e atividade. Fazem parte desses fatores, com suas características, os citados abaixo, EXCETO:
  • A Em relação ao pH são considerados alimentos muito ácidos aqueles cujo pH seja maior que 4,5.
  • B Quando a umidade relativa do ar em torno do alimento for inferior a atividade de água do alimento, este perderá umidade na sua superfície.
  • C A maioria dos patógenos em alimentos são facultativos quanto à necessidade de oxigênio para sua multiplicação.
  • D A refrigeração dos alimentos deve ser feita em porções pequenas, não compactadas, com circulação de ar em refrigerador com espaço adequado e bem regulado.
  • E O binômio tempo x temperatura é um fator determinante para o controle, eliminação ou diminuição do número de microrganismos nos alimentos durante o seu processamento.

Biologia

8
As estruturas das proteínas são designadas como primária, secundária, terciária e quaternária. Na formação da estrutura primária de uma determinada proteína, foram liberadas 170 moléculas de água. Quantos resíduos de aminoácidos compõem esta proteína?
  • A 170 resíduos de aminoácidos.
  • B 85 resíduos de aminoácidos.
  • C 169 resíduos de aminoácidos.
  • D 340 resíduos de aminoácidos.
  • E 171 resíduos de aminoácidos.
9

Quais são as enzimas envolvidas na glicólise?

  • A Fosfofrutoquinase e piruvato-quinase.
  • B Piruvato-desidrogenase e citrato-sintase.
  • C Piruvato-carboxilase e frutose-1,6- bifosfatase.
  • D Isocitratodesidrogenase e α-cetoglutaratodesidrogenase.

Biomedicina - Análises Clínicas

10

Suponha que a probabilidade de um embrião ser fixado na parede do útero seja de 5%. Se forem implantados três embriões, qual seria a probabilidade de que todos tenham êxito?

  • A 1,15 em mil.
  • B 1,15 em 10 mil.
  • C 1,25 em mil.
  • D 1,25 em 10 mil.

Técnicas em Laboratório

11
Os produtos a base de Fenóis Sintéticos são utilizados principalmente para desinfecção de:
  • A Bancadas e pisos em laboratórios, hospitais e biotérios.
  • B Agulhas e bisturis em centros cirúrgicos.
  • C Luvas e campos cirúrgicos.
  • D Pipetas e vidrarias.
  • E Porta-agulhas e amalgamadores em consultórios odontológicos.

Biomedicina - Análises Clínicas

12
Analise as proposições abaixo e assinale a alternativa CORRETA: I . Tem-se registro de limite de exposição, em nível mundial, de cerca de 50.000 produtos, vários aceitos somente por alguns países. II . Há pouca informação sobre os efeitos combinados dos agentes químicos e destes com fatores como calor, ruído, umidade, trabalho em turnos, fumo, consumo de álcool, etc. III . Há diversas metodologias validadas para avaliações ambientais de agentes químicos isolados e, principalmente, combinados (misturas de diferentes substâncias). IV . Poucas são as empresas e serviços públicos que possuem aparelhos específicos e pessoal tecnicamente habilitado para efetuar avaliações ambientais.
  • A I, II e IV são corretas.
  • B I e III são corretas.
  • C II e IV são corretas.
  • D III e IV são corretas.
  • E I e IV são corretas.

Biologia

13

São principais fatores de risco potencial ao meio ambiente, EXCETO:

  • A A criação de novas pragas e um aumento do efeito deletério daquelas já existentes.
  • B A produção de substâncias que reconhecidamente sejam ou poderiam ser tóxicas.
  • C O efeito disruptivo em comunidades bióticas e o desperdício de valiosos recursos biológicos, seguido de contaminação de espécies nativas com características originadas de parentes distantes ou de espécies não relacionadas.
  • D Efeitos adversos em processos dos ecossistemas e origem de substâncias secundárias tóxicas após a degradação incompleta de químicos perigosos.
  • E As plantas daninhas são restritas a áreas agronômicas.

Biomedicina - Análises Clínicas

14
Quanto à engenharia genética as plantas devem ser avaliadas sob diversos aspectos que incluem:
  • A A toxicidade do próprio DNA inserido.
  • B A toxicidade ou alergenicidade do produto do gene.
  • C Possíveis efeitos secundários e pleiotrópicos consequentes à inserção.
  • D A transferência de genes de plantas usadas como alimentos para microorganismos da flora intestinal.
  • E Todas as respostas acima.

Biologia

15
Em relação ao manejo de risco, marque a alternativa INCORRETA:
  • A O manejo de risco integra os resultados da avaliação de riscos com a opinião pública e com considerações técnicas, sociais, econômicas e políticas.
  • B O manejo de risco é desenvolvido de forma sistemática, mas não estabelece ações apropriadas para a pesquisa em laboratórios, testes de campo, etc.
  • C O manejo de risco deve prevenir ou aliviar os riscos, particularmente no caso de introdução no meio ambiente de organismos que não podem ser recuperados com facilidade.
  • D Os tipos e o rigor do manejo de riscos a serem aplicados dependem dos riscos avaliados.
  • E Feito por órgãos reguladores sob mandatos legislativos, o manejo de risco é um processo de tomada de decisão que requer julgamento de valores que comparam riscos e benefícios potenciais.

Medicina

16
Entende-se por doenças emergentes:
  • A Doenças descobertas recentemente pela ciência e que ainda não foram prontamente estudadas, embora já existam há anos.
  • B Doenças já existentes em uma determinada região e que, por algum motivo, começam a se disseminar para outros locais, como está ocorrendo em nosso país com a febre amarela.
  • C Doenças causadas por novos agentes patogênicos, ou ainda por antigos agentes que ganharam novas capacidades destrutivas.
  • D Doenças novas, que nunca foram relatadas em artigos científicos, mas que seus sintomas já haviam sido relatados.
  • E Doenças já existentes e que quando se disseminam para outros locais ficam mais ou menos patogênicas.
17
O termo genérico de encefalopatia subaguda espongiforme reúne várias doenças neurodegenerativas e fatais, EXCETO:
  • A O Scrapie.
  • B A Encefalopatia Espongiforme Bovina.
  • C A Encefalopatia Espongiforme de outras espécies.
  • D A Doença de Creutzfeldt-Jakob.
  • E A Síndrome da insônia familiar fatal.
18
Em se tratando de Scrapie, como e quando ocorreu sua introdução no Brasil?
  • A Através de navios ancorados no Rio de Janeiro, em 1890 e 1900.
  • B Através da importação de ovinos da Inglaterra, em 1977 e 1995.
  • C Através de produtos contaminados importados da Itália, em 1970 e 1990.
  • D Através da importação de equinos importados da Inglaterra, em 1971 e 1980.
  • E Através da doação de sangue, em 1955 e 1990.

Biomedicina - Análises Clínicas

19
Entre as alternativas abaixo, qual a alternativa CORRETA em relação ao procedimento para uso da cabine de segurança biológica?
  • A Usar incinerador elétrico ou microqueimador automático.
  • B Manter-se dentro da cabine quando equipamentos como centrífugas e outros estiverem ligados.
  • C Introduzir a cabeça na zona estéril.
  • D Manter a luz UV ligada enquanto a cabine estiver sendo utilizada.
  • E Usar bico de Bunsen.
20
As cabines de segurança biológica são classificadas em 3 classes, sendo I, II e III. Analise as proposições abaixo: I . As cabines de Classe I e II são consideradas como barreiras de proteção parcial, enquanto a cabine de classe III é uma barreira de proteção total. II . A da classe III é a forma mais simples de cabine, podendo ser construída com o painel frontal aberto. III . Na classe I não há proteção para o experimento, somente para o operador e o meio ambiente. IV . A cabine de classe II tem como princípio fundamental a proteção do trabalhador (operador), meio ambiente e do experimento ou produto. As proposições CORRETAS são:
  • A I, II e IV
  • B I e II
  • C I, III e IV
  • D II e IV
  • E Todas as proposições estão corretas.

Saúde Pública

21

No que diz respeito à assistência, o Plano Diretor de Regionalização deverá ser elaborado na perspectiva de garantir o acesso aos cidadãos, o mais próximo possível de sua residência, a um conjunto de ações e serviços vinculados às seguintes responsabilidades mínimas:


I. Assistência pré-natal, parto e puerpério.

II. Atendimento de afecções agudas de maior incidência.

III. Acompanhamento de pessoas com doenças crônicas de alta prevalência.

IV. Suprimento / dispensação dos medicamentos da Farmácia Básica.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

  • A Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.
  • B As assertivas I, II, III e IV estão corretas.
  • C Apenas as assertivas I e III estão corretas.
  • D Apenas as assertivas I e II estão corretas.
22

Os recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS) serão alocados como:


I. Despesas de custeio e de capital do Ministério da Saúde, seus órgãos e entidades, da administração direta e indireta.

II. Investimentos previstos em lei orçamentária, de iniciativa do Poder Legislativo e aprovados pelo Congresso Nacional.

III. Investimentos previstos no Plano Trienal do Ministério do Trabalho.

IV. Cobertura das ações e serviços de educação a serem implementados pelos Municípios, Estados e Governo Federal.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

  • A Apenas as assertivas II e III estão corretas.
  • B Apenas as assertivas I e II estão corretas.
  • C Apenas as assertivas I, II e IV estão corretas.
  • D As assertivas I, II, III e IV estão corretas.
23

De acordo com a Lei Federal n° 8080 de 19/09/90 a saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, entre outros:


I. Alimentação.

II. Moradia.

III. Saneamento básico.

IV. Educação.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

  • A Apenas a assertiva I está correta.
  • B Apenas as assertivas I e II estão corretas.
  • C Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.
  • D As assertivas I, II, III e IV estão corretas.
24

As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único, organizado de acordo com as seguintes diretrizes EXCETO:

  • A Exclusão da participação da comunidade para garantia da qualidade dos serviços prestados.
  • B Descentralização, com direção única em cada esfera de governo.
  • C Participação da comunidade.
  • D Atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais.
25

A vigilância da saúde se apoia na ação de diferentes setores do governo em um determinado território e procura reorganizar as práticas de saúde no nível local. Essa proposta tem como característica:

  • A o foco na redução de danos.
  • B a ênfase nas ações curativas.
  • C a garantia de terapias de alto custo.
  • D a notificação compulsória de certas doenças.
  • E a articulação entre ações promocionais, preventivas e curativas.
26

Como resposta ao desafio das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), o Ministério da Saúde (2011) tem implementado importantes políticas de enfrentamento dessas doenças, com destaque para a Organização da Vigilância de DCNT, cujo objetivo é conhecer a distribuição, a magnitude e a tendência das doenças crônicas e agravos e seus fatores de risco, além de apoiar as políticas públicas de promoção à saúde. Os três componentes essenciais da vigilância de DCNT são:

  • A monitoramento dos fatores econômicos e sociais inseridos no contexto das doenças; monitoramento dos indicadores de estatísticas vitais; e respostas oportunas da rede de atenção à saúde.
  • B monitoramento dos determinantes causais; monitoramento dos indicadores gerais de morbidade e mortalidade; e integração entre os sistemas de saúde, com gestão autocrática, normatizações, insumos e recursos disponíveis de acordo com a demanda.
  • C monitoramento dos fatores de risco; monitoramento da morbidade e mortalidade específica das doenças; e respostas dos sistemas de saúde, que também incluem gestão, políticas, planos, infraestrutura, recursos humanos e acesso a serviços de saúde essenciais, inclusive a medicamentos.
  • D monitoramento dos indicadores sociais onde se insere a doença; monitoramento das principais doenças; e respostas efetivas e oportunas dos sistemas de informação em saúde.
27
Sobre a Política Nacional de Humanização (PNH), é correto afirmar que
  • A busca pôr em prática os princípios do SUS no cotidiano dos serviços de saúde, produzindo mudanças nos modos de gerir e cuidar.
  • B estimula a comunicação entre gestores, evitando trabalhadores e usuários, para construir processos coletivos de enfrentamento de relações de poder.
  • C conta com equipes municipais de apoiadores que se articulam às secretarias municipais de saúde.
  • D a partir de articulações entre os gestores se constroem, de forma individual, planos de ação para promover inovações nos modos de fazer saúde.
  • E a partir da análise dos problemas e dificuldades em cada serviço de saúde e tomando por referência experiências mal sucedidas de humanização, a PNH tem sido experimentada em quase todo o estado.
28
As ações e serviços públicos de saúde e os serviços privados contratados ou conveniados que integram o SUS são desenvolvidos obedecendo alguns princípios. Dentre eles, é correto citar a
  • A centralização político-administrativa, com direção única em cada esfera de governo.
  • B utilização da epidemiologia para o estabelecimento de exclusões de recursos e a orientação programática.
  • C igualdade da assistência à saúde, com privilégios de cargos superiores.
  • D universalidade de acesso aos serviços de saúde em todos os níveis de assistência.
  • E organização dos serviços públicos para promover a duplicidade de meios para fins idênticos.
29
O que é vigilância epidemiológica?
  • A Um conjunto de ações capaz de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde.
  • B Um conjunto de atividades que se destina à promoção e proteção da saúde, assim como visa à recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho.
  • C Um conjunto de ações que proporciona a detecção ou prevenção de qualquer mudança da saúde individual ou coletiva, com a finalidade de avaliar o impacto que as tecnologias provocam à saúde.
  • D Um conjunto de atividades que se destina ao controle de bens de consumo que, direta ou indiretamente, se relacionem com a saúde.
  • E Um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes de saúde individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças ou agravos.
30
Estão incluídos no campo de atuação do Sistema Único de Saúde (SUS), EXCETO
  • A a participação na formulação da política reduzindo a execução de ações de saneamento básico.
  • B a formulação e execução da política de sangue e seus derivados.
  • C a fiscalização e a inspeção de alimentos, água e bebidas para consumo humano.
  • D a formulação da política de medicamentos, equipamentos, imunobiológicos e outros insumos de interesse para a saúde e a participação na sua produção.
  • E o incremento, em sua área de atuação, do desenvolvimento científico e tecnológico.

Hemoterapia

31

Para realizar a contagem do número de leucócitos para o controle da qualidade dos concentrados de plaquetas, deve-se utilizar a câmara de:

  • A Neubauer.
  • B Babinski.
  • C plasmaferese.
  • D hemocitômetro.
  • E Swirling.
32

No controle de qualidade de concentrados de hemácias leucocitado, o critério de aceitação referente aos leucócitos residuais, em um número de amostras de 1% ou 10 amostras (o que for maior), é de:

  • A menor de 1,0 x 106 / unidade.
  • B maior de 2,0 x 106 / unidade.
  • C menor de 3,0 x 106 / unidade.
  • D maior de 4,0 x 106 / unidade.
  • E maior de 5,0 x 106 / unidade.
33

No controle de qualidade de concentrados de hemácias lavado, o critério de aceitação referente à hemoglobina, em um número de amostras de 1% ou 10 amostras (o que for maior), é o menor de:

  • A 20 g/unidade.
  • B 30 g/unidade.
  • C 40 g/unidade
  • D 50 g/unidade.
  • E 80 g/unidade.
34

No controle de qualidade de concentrados de hemácias, o critério de aceitação referente ao hematócrito, considerando-se a solução anticoagulante preservadora/aditiva do produto, em um número de amostras de 1% ou 10 amostras (o que for maior), é de:

  • A 40 a 90 %.
  • B 40 a 80 %.
  • C 45 a 70 %.
  • D 50 a 80 %
  • E 60 a 90 %.
35

De acordo com a Portaria MS/GM n° 1.353, de 13 de junho de 2011, para o controle de qualidade, o critério de aceitação referente à medida do volume coletado tem o parâmetro, em todas as amostras, de:

  • A 300 a 400 mI.
  • B 350 a 450 mI.
  • C 405 a 495 mI.
  • D 400 a 450 mI.
  • E 500 a 550 mI.
36

Após serem liberados e até distribuídos, os hemocomponentes podem passar por processos de modificação, de acordo com a necessidade do paciente. Aquele que tem a finalidade de redução do risco de transmissão do citomegalovírus e de redução de reações transfusionais febris NÃO hemolíticas é a:

  • A irradiação.
  • B desleucocitação.
  • C aliquotagem.
  • D lavação.
  • E esterilização.
37

Um teste que deve ser feito nos concentrados de plaquetas é o Swirling, que consiste em:

  • A fazer recentrifugação para avaliar a formação de agregados sobrenadantes.
  • B submeter o hemoderivado à imersão em banho-maria para verificar a presença de plasma sobrenadante.
  • C congelar a -5 ºC e verificar se persiste a forma liquefeita.
  • D posicionar a bolsa contra a luz e efetuar movimentos de forma que seja possível visualizar a formação de nuvens ou ondas no plasma sobrenadante.
  • E verificar a formação de agregação para liberar o hemoconcetrado para o uso.
38

Dependendo do tempo gasto para efetuar a separação do plasma e seu congelamento, o plasma poderá ser classificado em plasma fresco congelado, que é aquele cuja separação e congelamento ocorreram, respectivamente, em até:

  • A 1 hora após a coleta e 2 horas após o processamento.
  • B 6 horas após a coleta e 2 horas após o processamento.
  • C 3 horas após a coleta e 3 horas após o processamento.
  • D 5 horas após a coleta e 1 hora após o processamento.
  • E 2 horas após a coleta e 1 horas após o processamento.
39

Para a extração de CH, plasma e plaquetas, a metodologia do buffy coat consiste em centrifugação:

  • A “leve” de 2000 X g por 3 minutos.
  • B “leve” de 3000 X g por 1 minuto.
  • C “pesada” 5000 X g por 15 minutos.
  • D “alta”, de 2800 X g por cerca de 11 minutos
  • E “alta” de 3000 X g por 20 minutos.
40

Caso não se pretenda preparar concentrado de plaquetas, a unidade de ST poderá ser centrifugada em uma “centrifugação pesada” no regime de:

  • A 5000 X g por 7 minutos.
  • B 5000 X g por 10 minutos.
  • C 6000 X g por 8 minutos.
  • D 6000 X g por 10 minutos.
  • E 7500 X g por 5 minutos.

Biologia

41

As reações de reconhecimento entre antígeno e anticorpo são a base dos imunoensaios. Com relação aos imunoensaios, avalie se é correto afirmar que:

I. Nos ensaios de imunodifusão, o antígeno ou o anticorpo se difunde em um meio gelificado e, quando se encontram, formam precipitados com cristais.

II. Os imunoensaios utilizam marcadores específicos para a emissão do sinal que será detectado pelos equipamentos de leitura. Nos ensaios fluorimétricos e quimioluminescentes, a detecção do sinal é realizada pela contagem de fótons de luz.

III. No ensaio de nefelometria, as reações de precipitação entre antígeno e anticorpo produzem um aumento da absorção da luz incidente, enquanto que na turbidimetria produzem um aumento da intensidade de luz dispersa. Ambas as técnicas podem ser aplicadas nas determinações de proteínas de significado clínico em qualquer fluido corporal, desde que essas proteínas apresentem tamanho molecular suficientemente grande para a formação dos imunocomplexos de precipitação.

IV. A técnica de imunofluorescência indireta é caracterizada pela detecção de um antígeno em células ou tecidos que foram preparados em blocos de parafina e reagido com anticorpo específico marcado com fluorocromo.

Assinale a alternativa correta.

  • A apenas a afirmativa I está correta.
  • B apenas a afirmativa II está correta.
  • C apenas as afirmativas I e II estão corretas.
  • D apenas as afirmativas III e IV estão corretas.
  • E as afirmativas I, II, III e IV estão corretas.

Biomedicina - Análises Clínicas

42

Sobre as técnicas de identificação de fungos, é INCORRETO afirmar que:

  • A o teste da uréase é utilizado para a detecção de fungos do gênero histoplasma.
  • B o microcultivo em lâmina contendo ágar fubá-Tween 80 é utilizado para identificar fungos filamentosos.
  • C as leveduras são identificadas micromorfologicamente pela técnica do microcultivo em lâmina contendo ágar fubá-Tween 80.
  • D a fermentação de carboidratos é uma técnica utilizada para a identificação bioquímica de leveduras.
  • E o exame microscópio direto com tinta nanquim é utilizado em amostras de urina, secreções ou exsudatos para a visualizaçãoo de leveduras capsuladas do gênero Cryptococcus.
43

Testes para avaliar os níveis séricos da enzima transaminase glutâmico-pirúvica (TGP), também chamada de alanina aminotransferase (ALT), têm vários objetivos. O seguinte objetivo está INCORRETO:

  • A detectar e avaliar o tratamento de doença hepática aguda, especialmente hepatite crônica ou cirrose sem icterícia.
  • B distinguir entre comprometimento tecidual miocárdio e hepático (usado com aspartato aminotransferase).
  • C avaliar a hepatotoxicidade de algumas drogas.
  • D sugerir a infecção pelo vírus da hepatite.
  • E prevenir o aneurisma de artéria hepática.
44

O sedimento urinário é considerado anormal quando na presença do(s) seguinte(s) constituinte(s):

  • A muco.
  • B raras células epiteliais.
  • C dez leucócitos por campo.
  • D uma hemácia por campo.
  • E um piócito por campo.
45

Com relação às bactérias Gram-positivas e Gram-negativas, é INCORRETO afirmar que:

  • A as Gram-positivas obtêm coloração violeta ou azul escura através da técnica de Gram.
  • B as Gram-positivas obtêm coloração violeta ou azul através do uso de Coomassie Blue.
  • C a parede celular de Gram-negativas apresenta lipopolissacarídeos.
  • D as Gram-positivas apresentam peptidoglicano na sua parede celular.
  • E as Gram-negativas são coradas com a safranina.
46

Com relação aos métodos de Hoffmann e Ziehl-Neelsen, está correto afirmar que:

  • A ambos podem detectar nematoides nas fezes.
  • B ambos são utilizados na identificação do helminto Schistosoma mansoni.
  • C são métodos eficazes em exames de urina.
  • D identificam mutações no DNA.
  • E estão relacionados a detecção de tuberculose ou parasitas nas fezes.
47

Os resíduos de saúde são classificados entre os grupos A, B, C, D e E. São exemplos de resíduos dos grupos A, B e E, respectivamente:

  • A bactérias, azida sódica e bisturis.
  • B vírus, bactérias e fungos.
  • C isótopos, pilhas e baterias.
  • D vidros, bisturis e agulhas.
  • E fraldas, absorventes e papel higiênico já usados.
48

A anemia drepanocítica ou anemia falciforme é uma doença hematológica hereditária, caracterizada pela produção anormal da hemoglobina, gerando hemácias deformadas. A doença é causada por uma mutação pontual, que leva à substituição de um ácido glutâmico para uma valina na cadeia beta da globina. Nessa mutação, há troca de:

  • A um aminoácido alifático para um aminoácido negativo.
  • B um aminoácido alifático para um aminoácido positivo.
  • C um aminoácido aromático para um aminoácido alifático.
  • D um aminoácido positivo para um aminoácido negativo.
  • E um aminoácido não carregado para um aminoácido aromático.
49

Os anticoagulantes utilizados na coleta de tempo de hemoglobina glicosilada, glicose e tromboplastina parcial são respectivamente:

  • A EDTA, fluoreto e citrato.
  • B EDTA, citrato e fluoreto.
  • C Heparina, EDTA e fluoreto.
  • D Fluoreto, citrato e EDTA.
  • E Heparina, fluoreto e EDTA.
50

O termo poiquilocitose é empregado para definir alterações morfológicas no seguinte tipo celular:

  • A Macrófago.
  • B Hepatócito.
  • C Eritrócito.
  • D Adipócito.
  • E Células tronco.

Técnicas em Laboratório

51
As espectrometrias de massas atômica e molecular são métodos amplamente utilizados por suas vantagens em relação à espectrometria óptica. Sobre esse tema, assinale a alternativa correta.
  • A A espectrometria de massa é um método analítico não quantitativo.
  • B Os métodos espectrofotométricos são pouco aplicáveis a sistemas orgânicos e inorgânicos.
  • C A espectrometria no ultravioleta é visível e tem uma ampla aplicação em análises qualitativas.
  • D Moléculas orgânicas, inorgânicas e biológicas podem ser estudadas por espectrometria de massa.
  • E A água é sempre o solvente de escolha para análises de espectrofotometria no UV e visível.
52
A cromatografia engloba um grupo de métodos que possibilita separar substâncias muito semelhantes de misturas complexas. Sobre esse tema, assinale a alternativa correta.
  • A A fase estacionária deve ser miscível à fase móvel.
  • B Na cromatografia gasosa, a fase fixa é sempre sólida.
  • C Em todas as separações cromatográficas, a amostra é transportada por uma fase móvel.
  • D Na cromatografia de fase reversa, a fase estacionária é polar e a fase móvel apolar.
  • E Em cromatografia de fase normal, o composto mais polar é eluído primeiro.
53

O pH da solução obtida pela mistura de 0,10 mol de ácido acético (Ka = 1,8x10-5) e 0,20 mol de acetato de sódio, sendo dissolvidos em água até obter o volume de 500 mL de solução, é igual a

Dados: Kw = 1,0x10-14; log 1,8 = 0,26; log 3,6 = 0,56; log 5,6 = 0,75; log 9,0 = 0,95.

  • A 4,44.
  • B 5,05.
  • C 4,05.
  • D 5,25.
  • E 4,74.
54
Os métodos espectroscópicos de análise têm sido amplamente empregados para a elucidação de estruturas moleculares, bem como na determinação qualitativa e quantitativa de compostos orgânicos e inorgânicos. Sobre os conceitos teóricos e aplicações dos métodos espectroscópicos, assinale a alternativa correta.
  • A O material óptico de uma cubeta composto por vidro silicato comum é completamente adequado para o uso na região do Ultravioleta (UV).
  • B Uma molécula em solução consegue absorver diferentes comprimentos de onda da região do UV-Vis, sendo que todos esses comprimentos de onda são absorvidos com a mesma intensidade.
  • C Nos espectrômetros infravermelhos com transformada de Fourier (FTIR), não é possível a detecção simultânea de todos os comprimentos de onda.
  • D Na espectroscopia de absorção atômica com ionização em chama, o espectro de um átomo é sempre igual ao do seu íon.
  • E O Ferro (II) reage com a 1,10 fenantrolina (o-fenantrolina) formando um complexo colorido, o qual possibilita sua detecção na região do UV-Vis.
55
A respeito da titulação, técnica de análise clássica comumente utilizada em laboratórios de pesquisa, indústrias e análises forenses, assinale a alternativa correta.
  • A O método volumétrico de oxirredução (iodimetria) pode ser utilizado para quantificação de ácido ascórbico.
  • B O carbonato de sódio anidro é empregado para a padronização de solução de hidróxido de sódio.
  • C O ponto final da titulação corresponde ao momento em que a quantidade (em mol) de reagente-padrão adicionado é estequiometricamente equivalente à quantidade (em mol) de analito presente.
  • D Na titulação simultânea de íons cloreto e iodeto com solução de AgNO3 (Kps AgCl = 1,8x10-10; Kps AgI =8,3x10-17), o primeiro ponto de equivalência corresponde à precipitação dos íons Cl-.
  • E As titulações envolvendo o quelante EDTA ocorrem na proporção 1:1 apenas com cátions de metais alcalinos.
56
Métodos cromatográficos são extremamente úteis na identificação e quantificação de moléculas simples e complexas. Em relação aos aspectos teóricos e práticos da Cromatografia Gasosa (CG) e da Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE), assinale a alternativa correta.
  • A Para a separação efetiva entre isômeros cis/trans de ésteres de ácidos graxos por CG, faz-se necessária uma coluna com fase estacionária completamente apolar.
  • B Espectrometria de massas com ionização por electrospray (ESI-MS) é preferencialmente acoplável à cromatografia gasosa.
  • C A eluição isocrática é feita com um único solvente ou com uma mistura de solventes de composição constante.
  • D Quanto maior o diâmetro das partículas em colunas empacotadas, maior será a resolução cromatográfica, pelo fato de promoverem uma vazão mais uniforme através da coluna.
  • E Pesticidas organoclorados apresentam melhor detectabilidade com um Detector de Ionização de Chama (DIC) do que um Detector de Captura de Elétrons (DCE).
57

Para a purificação de proteínas em amostras biológicas complexas podem ser utilizados detergentes iônicos e não-iônicos, assim como soluções de sais em altas concentrações. Os detergentes têm como referência a concentração crítica de micela na qual eles podem formar micelas para auxiliar no isolamento de proteínas. O uso de detergentes não-iônicos em concentrações abaixo da concentração crítica de micela apresenta qual característica para o isolamento de proteínas?

  • A Permite o isolamento de proteínas completamente desnaturadas.
  • B Permite o isolamento de estruturas grandes insolúveis em água.
  • C Permite o isolamento de proteínas quebrando pontes de hidrogênio.
  • D Permite o isolamento de proteínas mantendo sua estrutura nativa.
58

Para separação de uma glicoproteína específica em um homogeneizado tecidual pode ser utilizada uma coluna contendo uma lecitina que reage com o carboidrato presente na molécula de interesse. Essa descrição refere-se à qual técnica de purificação de proteínas?

  • A Cromatografia por troca iônica.
  • B Eletroforese em gel de poliacrilamida.
  • C Cromatografia por afinidade.
  • D Eletroforese por focalização isoelétrica.
59

Proteínas oligoméricas podem ser detectadas por eletroforese, porém, para facilitar esse processo, ligações dissulfeto precisam ser quebradas. Qual reagente listado abaixo é utilizado para esse fim?

  • A β-mercaptoetanol.
  • B Sodecil sulfato de sódio.
  • C Álcool isopropílico.
  • D Triton X-100.
60

Comparado com a detecção de analitos por ELISA (ensaio de imunoabsorção enzimática), os ensaios de detecção simultânea de múltiplos analitos usando microesferas fluorescentes apresentam as seguintes vantagens:

  • A Utilizam maior quantidade de amostra para detecção de menor quantidade de analitos.
  • B Utilizam grande variedade de anticorpos policlonais para detecção de cada analito.
  • C Utilizam menor quantidade de amostra para detecção da mesma quantidade de analitos.
  • D Utilizam sistemas de detecção baseados em enzimas e fluorocromos e não usam curva padrão.
Voltar para lista