Resolver o Simulado CEFET-MG - Nível Superior

0 / 34

Modelagem de Processos de Negócio (BPM)

1

O Business Process Management (BPM)


I. possibilita a representação gráfica dos fluxos dos processos.

II . permite redesenhar e otimizar processos já padronizados.

III . utiliza o modelo vertical de gestão, centralizado no gestor do projeto.

IV. é um método de planejamento de recursos humanos.


Está correto o que se afirma APENAS em

  • A I e II .
  • B II e III .
  • C I e IV.
  • D III e IV.
  • E I, II e IV.
2

Com vistas ao aumento da confiabilidade de sistemas e processos, os gestores buscam antecipar-se à ocorrência de falhas, intervindo. Existem situações nas quais a intervenção é realizada conforme a necessidade e é muito dispendiosa, seja em razão dos custos dos procedimentos realizados, seja devido às paradas dos recursos, que não ficam disponíveis para a operação. Trata-se do seguinte procedimento de prevenção de falhas e aumento de confiabilidade:

  • A análise de registros.
  • B manutenção preditiva.
  • C análise crítica.
  • D manutenção corretiva.
  • E manutenção preventiva.
3

A empresa Fusão e Incorporação-F&I está implantando uma ferramenta de gestão, por indicadores, e começou por uma das dimensões dessa ferramenta. O diagnóstico dessa dimensão iniciou-se na F&I avaliando as reclamações nos sites de proteção dos direitos dos consumidores, bem como nas redes sociais. A ferramenta de gestão por indicadores, bem como a dimensão escolhida, são, respectivamente:

  • A Business Process Management-BPM; dos Clientes.
  • B Balanced Scorecard-BSC; dos Processos Internos.
  • C 5Ws 1H; dos Clientes.
  • D Balanced Scorecard-BSC; Financeira.
  • E Prêmio Nacional da Qualidade-PNQ; dos Processos Internos.
4

O processo de implantação de sistemas envolve um conjunto de etapas objetivando atender as necessidades operacionais do cliente e concluir a implantação no menor prazo e com a maior economia de recursos materiais e humanos possível. Na etapa de

  • A Diagnóstico objetiva-se obter uma estimativa de implantação realística, de acordo com o nível gerencial e organizacional da empresa, porém, ainda sem nenhuma preocupação com os processos operacionais.
  • B Planejamento e Cronograma elabora-se plano de trabalho detalhado da implantação etapa por etapa, definindo-se ainda deveres e obrigação de todas as pessoas envolvidas: consultor de implantação, diretoria, gerência e usuários.
  • C Customizações do Sistema, apesar de realizado o detalhamento e especificação das customizações necessárias para atender uma demanda específica da atividade empresarial, não é considerada a regulamentação do setor em que a organização atua.
  • D Mapeamento de Dados e Processos faz-se o levantamento de informações de negócio, de processos gerenciais e necessidades da alta gestão, sem preocupação com os níveis operacionais ou departamentais.
  • E Homologação e Treinamento faz-se a configuração dos sistemas de acordo com as características operacionais da empresa e o treinamento de seus usuários, não incluindo, porém, nenhuma atividade envolvendo testes.

Segurança da Informação

5

Um Analista de Planejamento, Orçamento e Gestão sentia dificuldades na gestão de documentos em papel, pois passava horas tentando localizar documentos mal arquivados e/ou extraviados, o que muitas vezes exigia deslocamentos demorados a uma instalação de armazenagem exterior à organização. Para evitar essa situação, a organização adotou o gerenciamento eletrônico de documentos. Para fins de recuperação após desastre, uma alternativa adequada é replicar os registros dos documentos em

  • A um servidor na nuvem (cloud).
  • B outro servidor no mesmo Data Center.
  • C um disk array no mesmo servidor.
  • D um servidor localizado em outra sala do edifício.
  • E um armored disk do servidor de backup local do Data Center.

Noções de Informática

6

Os comandos nos navegadores de internet em sua maioria são utilizados para dar agilidade nas atividades cotidianas executadas, o comando CTRL + D executado no navegador abre:

  • A Histórico
  • B Reabre a última aba fechada
  • C Favoritos
  • D Fechar aba do navegador
  • E Abre a página inicial
7

No Microsoft Office Word para inserção de um hyperlink qual tecla de atalho poderá ser utilizada:

  • A ALT +K
  • B CTRL+Q
  • C CTRL+B
  • D CTRL+K
  • E CTRL+F
8

Relacionado à estrutura de diretórios no sistema operacional Linux, qual diretório que apresenta o conceito de forma correta:

  • A /opt contém arquivos de biblioteca que suportam os binários localizados em /bin /sbin.
  • B /home contém arquivos variáveis, como por exemplo, arquivos de log no diretório /varlog.
  • C /mnt diretório temporário de montagem de sistema de arquivos.
  • D /lib contém os diretórios de todos os usuários e seus arquivos pessoais.
  • E /usr contém dados específicos de alguns serviços.
9

A segurança da informação compreende a proteção das informações, sistemas, recursos e demais ativos contra desastres, erros (intencionais ou não) e manipulação não autorizada, objetivando a redução da probabilidade e do impacto de incidentes de segurança.


A respeito dos conceitos e controles que estão ligados à segurança da informação qual conceito correto:

  • A Ataque - Qualquer omissão que comprometa a segurança de uma organização.
  • B Impacto - Consequência não avaliada de um evento em particular.
  • C Risco - Qualquer fraqueza que possa ser explorada e comprometer a segurança de sistemas ou informações.
  • D Vulnerabilidade - Combinação de probabilidade (chance da ameaça se concretizar) de um evento ocorrer e de suas consequências para organização.
  • E Ameaça - Qualquer evento que explore vulnerabilidades. Causa potencial de um incidente indesejado, que pode resultar em dano para um sistema ou organização.
10

A respeito dos navegadores de internet qual comando utilizado para limpar o histórico do navegador?

  • A Delete +Ctrl+X
  • B Delete + X
  • C Alt+ Delete
  • D Ctrl+Shift+Delete
  • E F11+ Delete

Português

11

[Pai e filho]


No romance Paradiso o grande escritor cubano José Lezama Lima diz que um ser humano só começa a envelhecer depois da morte do pai. Freud atribui a essa morte um dos grandes traumas de um filho.

A amizade e a cumplicidade quase sempre prevalecem sobre as discussões, discórdias e outras asperezas de uma relação às vezes complicada, mas sempre profunda. Às vezes você lamenta não ter conversado mais com o seu pai, não ter convivido mais tempo com ele. Mas há também pais terríveis, opressores e tirânicos.

Exemplo desse caso está na literatura, na Carta ao pai, de Franz Kafka. É esse um dos exemplos notáveis do pai castrador, que interfere nas relações amorosas e na profissão do filho. Um pai que não se conforma com um grão de felicidade do jovem Franz. A Carta é o inventário de uma vida infernal. É difícil saber até que ponto o pai de Kafka na Carta é totalmente verdadeiro. Pode se tratar de uma construção ficcional ou um pai figurado, mais ou menos próximo do verdadeiro. Mas isso atenua o sofrimento do narrador? O leitor acredita na figuração desse pai. Em cada página, o que prevalece é uma alternância de sofrimento e humilhação, imposta por um homem prepotente e autoritário.

(Adaptado de: HATOUM, Milton. Um solitário à espreita. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, p. 204-205)

É plenamente adequado o emprego de pronomes e do sinal indicativo de crase em:

  • A Diante da morte do pai, o filho não apenas lhe lamenta como se vê submetido à culpas inconsoláveis e a profundos remorsos.
  • B Kafka escreveu uma Carta ao pai, carregando-lhe de sentimentos duros, que o leitor à muito custo acompanhará.
  • C Ninguém se sentirá alheio às provações que Kafka nos conta em sua carta, a propósito das dores que o pai lhe infligiu.
  • D As emoções que provoca no leitor à leitura da carta de Kafka ao pai devem-se ao poder da ficção que lhe captura.
  • E As palavras da Carta conduzem o leitor, passo à passo, pelas dores e humilhações que o pai de Kafka fez-lhe passar.
12

                              [Valores da propaganda]


      Na sociedade moderna, a mesma voz que prega sobre as coisas superiores da vida, tais como a arte, a amizade ou a religião, exorta o ouvinte a escolher uma determinada marca de sabão. Os panfletos sobre como melhorar a linguagem, como compreender a música, como ajudar-se etc. são escritos no mesmo estilo de propaganda que exalta as vantagens de um laxativo. Na verdade, um redator hábil pode ter escrito qualquer um deles.

      Na altamente desenvolvida divisão de trabalho, a expressão tornou-se um instrumento utilizado pelos técnicos a serviço do mercado. Um romance é escrito tendo-se em mente as suas possibilidades de filmagem, uma sinfonia ou poema são compostos com um olho no seu valor de propaganda. Outrora pensava-se que cada expressão, palavra, grito ou gesto tivesse um significado intrínseco; hoje é apenas um incidente em busca de visibilidade.

(Adaptado de: HORKHEIMER, Max. Eclipse da razão. Trad. Sebastião Uchoa Leite. Rio de Janeiro: Editorial Labor do Brasil, 1976, p. 112) 

No centro da argumentação desenvolvida no texto, está suposto que

  • A é o aprendizado de técnicas de propaganda que melhor serve à compreensão das artes.
  • B para a linguagem da propaganda é indiferente o produto que se disponha a vender.
  • C na venda de um produto de excelência a propaganda torna-se dispensável.
  • D a eventual ineficácia de um produto é compensada pela eficácia da propaganda.
  • E o trabalho dos publicitários modernos deve tudo ao que as grandes artes lhe legaram.
13

                              [Valores da propaganda]


      Na sociedade moderna, a mesma voz que prega sobre as coisas superiores da vida, tais como a arte, a amizade ou a religião, exorta o ouvinte a escolher uma determinada marca de sabão. Os panfletos sobre como melhorar a linguagem, como compreender a música, como ajudar-se etc. são escritos no mesmo estilo de propaganda que exalta as vantagens de um laxativo. Na verdade, um redator hábil pode ter escrito qualquer um deles.

      Na altamente desenvolvida divisão de trabalho, a expressão tornou-se um instrumento utilizado pelos técnicos a serviço do mercado. Um romance é escrito tendo-se em mente as suas possibilidades de filmagem, uma sinfonia ou poema são compostos com um olho no seu valor de propaganda. Outrora pensava-se que cada expressão, palavra, grito ou gesto tivesse um significado intrínseco; hoje é apenas um incidente em busca de visibilidade.

(Adaptado de: HORKHEIMER, Max. Eclipse da razão. Trad. Sebastião Uchoa Leite. Rio de Janeiro: Editorial Labor do Brasil, 1976, p. 112) 

No contexto, relacionam-se numa oposição de sentido os segmentos:

  • A exorta o ouvinte / exalta as vantagens (1° parágrafo).
  • B as coisas superiores da vida / como melhorar a linguagem (1° parágrafo).
  • C Um romance é escrito / uma sinfonia ou poema são compostos (2° parágrafo).
  • D instrumento utilizado pelos técnicos / valor de propaganda (2° parágrafo).
  • E um significado intrínseco / um incidente em busca de visibilidade (2° parágrafo).
14

                              [Valores da propaganda]


      Na sociedade moderna, a mesma voz que prega sobre as coisas superiores da vida, tais como a arte, a amizade ou a religião, exorta o ouvinte a escolher uma determinada marca de sabão. Os panfletos sobre como melhorar a linguagem, como compreender a música, como ajudar-se etc. são escritos no mesmo estilo de propaganda que exalta as vantagens de um laxativo. Na verdade, um redator hábil pode ter escrito qualquer um deles.

      Na altamente desenvolvida divisão de trabalho, a expressão tornou-se um instrumento utilizado pelos técnicos a serviço do mercado. Um romance é escrito tendo-se em mente as suas possibilidades de filmagem, uma sinfonia ou poema são compostos com um olho no seu valor de propaganda. Outrora pensava-se que cada expressão, palavra, grito ou gesto tivesse um significado intrínseco; hoje é apenas um incidente em busca de visibilidade.

(Adaptado de: HORKHEIMER, Max. Eclipse da razão. Trad. Sebastião Uchoa Leite. Rio de Janeiro: Editorial Labor do Brasil, 1976, p. 112) 

Na frase Na altamente desenvolvida divisão de trabalho, a expressão tornou-se um instrumento utilizado pelos técnicos a serviço do mercado (2° parágrafo), o segmento sublinhado pode ser substituído, sem prejuízo para o sentido básico do contexto, por:

  • A uma ferramenta do uso de especialistas em operações comerciais.
  • B um utensílio desenvolvido por trabalhadores servis do sistema de negócios.
  • C um atributo próprio de quem gerencia as operações do mercado.
  • D uma operação que beneficia os especialistas empresariais.
  • E um fator decisivo para que os acionistas de uma empresa façam-na lucrativa.
15

                              [Valores da propaganda]


      Na sociedade moderna, a mesma voz que prega sobre as coisas superiores da vida, tais como a arte, a amizade ou a religião, exorta o ouvinte a escolher uma determinada marca de sabão. Os panfletos sobre como melhorar a linguagem, como compreender a música, como ajudar-se etc. são escritos no mesmo estilo de propaganda que exalta as vantagens de um laxativo. Na verdade, um redator hábil pode ter escrito qualquer um deles.

      Na altamente desenvolvida divisão de trabalho, a expressão tornou-se um instrumento utilizado pelos técnicos a serviço do mercado. Um romance é escrito tendo-se em mente as suas possibilidades de filmagem, uma sinfonia ou poema são compostos com um olho no seu valor de propaganda. Outrora pensava-se que cada expressão, palavra, grito ou gesto tivesse um significado intrínseco; hoje é apenas um incidente em busca de visibilidade.

(Adaptado de: HORKHEIMER, Max. Eclipse da razão. Trad. Sebastião Uchoa Leite. Rio de Janeiro: Editorial Labor do Brasil, 1976, p. 112) 

No primeiro parágrafo do texto, o autor

  • A valoriza a arte dos grandes redatores, a partir da qual se torna possível distinguir um texto comercial de um texto convincente.
  • B acusa a discriminação que atinge os publicitários, em vez de criticar mais duramente os maus profissionais de outras áreas.
  • C afirma que aqueles que dominam a linguagem da propaganda comercial estão aptos a propagar matérias de maior relevância.
  • D defende a ideia de que marcas de sabão ou laxativos não podem vender tão bem quanto produtos sobre os quais pesa menos preconceito.
  • E atesta que os panfletos redigidos com maior arte são aqueles cujos autores também dominam a linguagem das artes ou da religião.
16

[Pai e filho]


No romance Paradiso o grande escritor cubano José Lezama Lima diz que um ser humano só começa a envelhecer depois da morte do pai. Freud atribui a essa morte um dos grandes traumas de um filho.

A amizade e a cumplicidade quase sempre prevalecem sobre as discussões, discórdias e outras asperezas de uma relação às vezes complicada, mas sempre profunda. Às vezes você lamenta não ter conversado mais com o seu pai, não ter convivido mais tempo com ele. Mas há também pais terríveis, opressores e tirânicos.

Exemplo desse caso está na literatura, na Carta ao pai, de Franz Kafka. É esse um dos exemplos notáveis do pai castrador, que interfere nas relações amorosas e na profissão do filho. Um pai que não se conforma com um grão de felicidade do jovem Franz. A Carta é o inventário de uma vida infernal. É difícil saber até que ponto o pai de Kafka na Carta é totalmente verdadeiro. Pode se tratar de uma construção ficcional ou um pai figurado, mais ou menos próximo do verdadeiro. Mas isso atenua o sofrimento do narrador? O leitor acredita na figuração desse pai. Em cada página, o que prevalece é uma alternância de sofrimento e humilhação, imposta por um homem prepotente e autoritário.

(Adaptado de: HATOUM, Milton. Um solitário à espreita. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, p. 204-205)

Está plenamente adequada a pontuação da seguinte frase:

  • A O grande escritor cubano José Lezama Lima no romance Paradiso, tece uma consideração, a respeito da morte do pai.
  • B Freud ao tratar da morte do pai, considera-a um dos grandes traumas, que podem acometer a um filho.
  • C Embora haja asperezas, na relação de um pai e um filho, há também, por outro lado muita amizade e cumplicidade.
  • D Ao escrever a Carta ao pai em que faz uma espécie de inventário infernal, Kafka não deixa de mostrar-se alternadamente, sofrido e humilhado.
  • E Ainda que afastada da figura do pai real, sua construção ficcional, promovida por Kafka, expressa em alto grau o sofrimento de um filho.
17

[Pai e filho]


No romance Paradiso o grande escritor cubano José Lezama Lima diz que um ser humano só começa a envelhecer depois da morte do pai. Freud atribui a essa morte um dos grandes traumas de um filho.

A amizade e a cumplicidade quase sempre prevalecem sobre as discussões, discórdias e outras asperezas de uma relação às vezes complicada, mas sempre profunda. Às vezes você lamenta não ter conversado mais com o seu pai, não ter convivido mais tempo com ele. Mas há também pais terríveis, opressores e tirânicos.

Exemplo desse caso está na literatura, na Carta ao pai, de Franz Kafka. É esse um dos exemplos notáveis do pai castrador, que interfere nas relações amorosas e na profissão do filho. Um pai que não se conforma com um grão de felicidade do jovem Franz. A Carta é o inventário de uma vida infernal. É difícil saber até que ponto o pai de Kafka na Carta é totalmente verdadeiro. Pode se tratar de uma construção ficcional ou um pai figurado, mais ou menos próximo do verdadeiro. Mas isso atenua o sofrimento do narrador? O leitor acredita na figuração desse pai. Em cada página, o que prevalece é uma alternância de sofrimento e humilhação, imposta por um homem prepotente e autoritário.

(Adaptado de: HATOUM, Milton. Um solitário à espreita. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, p. 204-205)

A frase Pode se tratar de uma construção ficcional ou um pai figurado, mais ou menos próximo do verdadeiro ganha nova redação, na qual mantém seu sentido básico, em:

  • A Tratando-se provavelmente de uma construção de ficção, ou mesmo de um pai figurante, pode ainda estar próximo da verdade.
  • B É possível que se trate de uma operação ficcional ou da figuração de um pai que lembre aproximadamente o pai real.
  • C Tratando-se de uma ficção, pela qual se reproduz a figura do pai, pode ainda assim estar perto de ser convincente.
  • D Considerando como construção ficcional tal figura do pai, trata-se de se aproximar um tanto da verdadeira.
  • E Pode-se considerar que tal construção, sendo fictícia, venha a preservar a imagem verdadeira do pai assim figurado.
18

[Pai e filho]


No romance Paradiso o grande escritor cubano José Lezama Lima diz que um ser humano só começa a envelhecer depois da morte do pai. Freud atribui a essa morte um dos grandes traumas de um filho.

A amizade e a cumplicidade quase sempre prevalecem sobre as discussões, discórdias e outras asperezas de uma relação às vezes complicada, mas sempre profunda. Às vezes você lamenta não ter conversado mais com o seu pai, não ter convivido mais tempo com ele. Mas há também pais terríveis, opressores e tirânicos.

Exemplo desse caso está na literatura, na Carta ao pai, de Franz Kafka. É esse um dos exemplos notáveis do pai castrador, que interfere nas relações amorosas e na profissão do filho. Um pai que não se conforma com um grão de felicidade do jovem Franz. A Carta é o inventário de uma vida infernal. É difícil saber até que ponto o pai de Kafka na Carta é totalmente verdadeiro. Pode se tratar de uma construção ficcional ou um pai figurado, mais ou menos próximo do verdadeiro. Mas isso atenua o sofrimento do narrador? O leitor acredita na figuração desse pai. Em cada página, o que prevalece é uma alternância de sofrimento e humilhação, imposta por um homem prepotente e autoritário.

(Adaptado de: HATOUM, Milton. Um solitário à espreita. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, p. 204-205)

Ao supor que a Carta seja uma construção ficcional, o autor

  • A nem por isso esvazia a possibilidade de que o sofrimento e a humilhação nela expostos atinjam o leitor.
  • B desse modo acentua o evidente exagero das páginas cruéis em que o filho atormentado acusa a malignidade do pai.
  • C ressalva assim o fato de que o narrador forjou inteiramente seus sofrimentos para ganhar a adesão emocional do leitor.
  • D lembra por isso que a literatura vive de invenções que pouco têm a ver com situações que se possam comprovar na vida real.
  • E mostra com isso que nessa suposta carta, provinda de um impostor literário, não há mais que a projeção de um filho e de um pai hipotéticos.
19

[Pai e filho]


No romance Paradiso o grande escritor cubano José Lezama Lima diz que um ser humano só começa a envelhecer depois da morte do pai. Freud atribui a essa morte um dos grandes traumas de um filho.

A amizade e a cumplicidade quase sempre prevalecem sobre as discussões, discórdias e outras asperezas de uma relação às vezes complicada, mas sempre profunda. Às vezes você lamenta não ter conversado mais com o seu pai, não ter convivido mais tempo com ele. Mas há também pais terríveis, opressores e tirânicos.

Exemplo desse caso está na literatura, na Carta ao pai, de Franz Kafka. É esse um dos exemplos notáveis do pai castrador, que interfere nas relações amorosas e na profissão do filho. Um pai que não se conforma com um grão de felicidade do jovem Franz. A Carta é o inventário de uma vida infernal. É difícil saber até que ponto o pai de Kafka na Carta é totalmente verdadeiro. Pode se tratar de uma construção ficcional ou um pai figurado, mais ou menos próximo do verdadeiro. Mas isso atenua o sofrimento do narrador? O leitor acredita na figuração desse pai. Em cada página, o que prevalece é uma alternância de sofrimento e humilhação, imposta por um homem prepotente e autoritário.

(Adaptado de: HATOUM, Milton. Um solitário à espreita. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, p. 204-205)

O autor relativiza uma percepção positiva da relação entre pai e filho para dar início a uma percepção inteiramente contrária com esta frase:

  • A um ser humano só começa a envelhecer depois da morte do pai (1° parágrafo).
  • B Às vezes você lamenta não ter conversado mais com o seu pai (2° parágrafo).
  • C A Carta é o inventário de uma vida infernal (3° parágrafo).
  • D Mas há também pais terríveis, opressores e tirânicos (2° parágrafo).
  • E A amizade e a cumplicidade quase sempre prevalecem (2° parágrafo).
20

[Pai e filho]


No romance Paradiso o grande escritor cubano José Lezama Lima diz que um ser humano só começa a envelhecer depois da morte do pai. Freud atribui a essa morte um dos grandes traumas de um filho.

A amizade e a cumplicidade quase sempre prevalecem sobre as discussões, discórdias e outras asperezas de uma relação às vezes complicada, mas sempre profunda. Às vezes você lamenta não ter conversado mais com o seu pai, não ter convivido mais tempo com ele. Mas há também pais terríveis, opressores e tirânicos.

Exemplo desse caso está na literatura, na Carta ao pai, de Franz Kafka. É esse um dos exemplos notáveis do pai castrador, que interfere nas relações amorosas e na profissão do filho. Um pai que não se conforma com um grão de felicidade do jovem Franz. A Carta é o inventário de uma vida infernal. É difícil saber até que ponto o pai de Kafka na Carta é totalmente verdadeiro. Pode se tratar de uma construção ficcional ou um pai figurado, mais ou menos próximo do verdadeiro. Mas isso atenua o sofrimento do narrador? O leitor acredita na figuração desse pai. Em cada página, o que prevalece é uma alternância de sofrimento e humilhação, imposta por um homem prepotente e autoritário.

(Adaptado de: HATOUM, Milton. Um solitário à espreita. São Paulo: Companhia das Letras, 2013, p. 204-205)

Se bem observados na sequência do texto, os três parágrafos constituem

  • A uma progressão lógica para a tese defendida por Freud, segundo a qual a morte de um pai é um grande trauma para o filho.
  • B a defesa da tese geral do escritor José Lezama Lima, a partir da qual se considera a existência opressiva de pais tirânicos.
  • C uma trajetória que parte da constatação e da afirmação do valor de um pai para culminar num caso de paternidade cruel e prepotente.
  • D o desenvolvimento de um raciocínio que apresenta uma tese no primeiro parágrafo, contradita-a no segundo e a retoma no terceiro.
  • E diferentes posições que, ao enfocarem o fenômeno da paternidade, não estabelecem relação entre si.

Redação Oficial

21

Consideradas as diretrizes do Manual de Redação da Presidência da República (3ª ed.), assinale a afirmativa correta.

  • A Na introdução do ofício, é recomendável o emprego da fórmula “Tenho a honra de”, por denotar respeito ao destinatário da comunicação oficial.
  • B “Respeitosamente” é o fecho adequado a ser utilizado em expediente do reitor do IFTO endereçado à diretora de Gestão de Pessoas do órgão.
  • C O ofício é o expediente adequado para comunicação oficial dirigida pelo reitor do Instituto Federal do Tocantins – IFTO à diretora de Gestão de Pessoas do órgão.
  • D No ofício, é dispensada a síntese do assunto, visto que este é detalhado no desenvolvimento do texto.
  • E Ainda que o texto do ofício conte com apenas um parágrafo, este deve ser numerado.
22

Tendo como referência as disposições do Manual de Redação da Presidência da República quanto à finalidade e à linguagem da comunicação oficial, assinale a alternativa correta.

  • A O vocativo Excelentíssimo Senhor ou Excelentíssima Senhora, seguido do cargo respectivo, deve ser utilizado em todas as comunicações oficiais.
  • B O texto Conforme dito anteriormente, observou-se, com inacreditável clareza e nitidez que, no ano de 2018, as populações dos estados do Mato Grosso do Sul e de São Paulo, em sua esmagadora maioria, aprovaram, por meio de consulta pública, os serviços prestados pelo Conselho Regional de Nutricionistas (3ª Região). está totalmente adequado ao contexto da correspondência oficial.
  • C Apenas nas situações em que prevalecem assuntos de interesse particular, a correspondência oficial pode adotar uma linguagem pessoal, subjetiva.
  • D No fecho das comunicações oficiais, deve-se empregar Respeitosamente, seguido de vírgula, para autoridades de hierarquia superior à do remetente, inclusive o presidente da República, ou Atenciosamente, seguido de vírgula, para autoridades de mesma hierarquia, de hierarquia inferior ou demais casos.
  • E Embora amplamente utilizado entre os mais variados órgãos públicos, o correio eletrônico (e-mail) não pode ser considerado um expediente oficial, pois a finalidade desse tipo de expediente está sempre relacionada a assuntos de interesse particular.
23

O administrador da central de materiais de um hospital universitário está elaborando um documento para enviar aos gestores das demais unidades da organização, informando que os pedidos de materiais e medicamentos deverão ser enviados por meio de pedido el etrônico. Para tanto, de acordo com o Manual de Redação da Presidência da República, deverá utilizar o documento oficial denominado

  • A ofício circular.
  • B ofício.
  • C ofício conjunto.
  • D ofício conjunto circular.
24

Considere as seguintes informações:


• ... modalidade de comunicação entre unidades administrativas de um mesmo órgão, que podem estar hierarquicamente em mesmo nível ou em níveis diferentes.

• Pode ter caráter meramente administrativo, ou ser empregado para a exposição de projetos, ideias, diretrizes, etc. a serem adotados por determinado setor do serviço público.

• Sua característica principal é a agilidade. A sua tramitação em qualquer órgão deve pautar-se pela rapidez e pela simplicidade de procedimentos burocráticos.

• Quanto a sua forma, segue o modelo do padrão ofício, com a diferença de que o seu destinatário deve ser mencionado pelo cargo que ocupa.

(Manual de Redação da Presidência da República http://www4.planalto.gov.br.

Adaptado)


As informações apresentadas referem-se

  • A à carta pessoal.
  • B ao requerimento.
  • C ao ofício.
  • D à carta comercial.
  • E ao memorando.
25

De acordo com o Manual de Redação da Presidência da República, os textos oficiais “por seu caráter impessoal, por sua finalidade de informar com o máximo de clareza e concisão, requerem o uso do padrão culto da língua”. Tal preceito está corretamente preservado em:

  • A Encaminhamos a Vossa Senhoria todos os documentos relativos ao processo, para vossa análise das principais questões ali presente.
  • B A maioria dos documentos encaminhado já foram protocoladas na semana passada, mas ainda existem alguns que fogem a essa condição.
  • C Em relação às cópias anexas, cumpre frisar que se trata de uma amostra representativa, adequada para esse primeiro momento de análise.
  • D Todos os documentos solicitados foram encaminhados, embora tenha faltado dois que seriam básicos para consolidar o relatório do departamento.
  • E Por haverem questões ainda controversas quanto aos documentos, deixamos eles sob os cuidados dos advogados do setor para que sejam melhor analisados.

Administração de Recursos Materiais

26

Considere que se pretenda aperfeiçoar a gestão dos estoques de insumos de informática de um determinado órgão da Administração estadual, tendo o responsável por tal tarefa proposto a aplicação do método conhecido como Kanban. O diretor da área, contudo, considerou tal aplicação incompatível com o regime legal aplicável às aquisições de material no âmbito da Administração pública. Tal conclusão tomou por base

  • A as dificuldades decorrentes da aplicação do conceito just in time, normalmente atrelado a tal método, dadas as etapas e os prazos previstos no processo licitatório aplicável às aquisições públicas.
  • B premissas equivocadas, visto que o referido método pressupõe a manutenção de estoques em nível máximo, o que não se compatibiliza com os prazos e as etapas inafastáveis para as aquisições por órgãos públicos.
  • C a inviabilidade de adotar a principal premissa do referido método, que é a utilização de insumos importados, selecionados de acordo com critérios de excelência, o que encontra empecilhos na legislação pátria.
  • D a obrigatoriedade de compras fracionadas, que é o cerne da referida metodologia para assegurar a não perecibilidade dos insumos, o que não faz sentido para a aquisição de itens não perecíveis como a maioria dos insumos de informática.
  • E a obrigatoriedade da adoção da modalidade pregão eletrônico para aquisições e contratação de serviços de informática, o que não se compatibiliza com o referido método de gestão de estoques que pressupõe a aquisição pelo menor preço.
27

O principal objetivo da organização logística/cadeia de suprimento é estabelecer a coordenação entre as atividades logísticas para o seu planejamento e controle. Há uma modalidade de estrutura organizacional tal que, numa configuração matricial, o gerente de logística/cadeia de suprimentos é responsável pelo conjunto do sistema logístico, mas não tem autoridade direta sobre as atividades componentes. Trata-se da seguinte categoria de estrutura organizacional logística:

  • A organização semiformal.
  • B orientação por informações.
  • C processos dinâmicos.
  • D orientação pelo mercado.
  • E orientação por processos.
28

Na logística, quando se discutem métodos de localização, é útil classificar os problemas de localização em um número limitado de categorias. Por exemplo, nos casos de localização do varejo, são as receitas a serem geradas que determinam a localização. Nas operações de serviços, como hospitais, a facilidade de acesso pode revelar-se o principal fator de localização. Em ambos os exemplos apresentados, a opção correta com relação à categoria de problema de localização enfocada é:

  • A horizonte de tempo.
  • B grau de agregação de dados.
  • C descontinuidade das escolhas.
  • D número de instalações.
  • E força direcionadora.
29

A previsão dos níveis de demanda é vital para a empresa como um todo, à medida que proporciona a entrada básica para o planejamento e controle de todas as áreas funcionais. Com relação à previsão de demanda, é correto afirmar que:

  • A com relação à demanda, a logística deve se preocupar com a dimensão tempo e não com a dimensão espaço.
  • B quando existe demanda independente, os procedimentos de previsão estatística dão bons resultados.
  • C toda demanda intermitente pode ser considerada regular para efeito de previsão.
  • D se a demanda deriva de exigências especificadas em um programa de produção, ela é dita independente.
  • E quando a demanda é gerada a partir de muitos clientes, com baixos volumes de compras individuais, ela é denominada dependente.

Administração Pública

30

Suponha que um Auditor Fiscal tenha participado da elaboração do mapa estratégico da SEFAZ-BA, de acordo com o BSC. Como resultado do trabalho, foram listados os objetivos a seguir:


I. Garantir a melhor realização da receita pública; incrementar a realização de créditos tributários; estimular o cumprimento voluntário da obrigação tributária, e promover a sustentabilidade econômico-financeira do gasto público.

II. Elevar a eficácia na gestão de riscos; fornecer soluções de alta qualidade que atendam às necessidades dos cidadãos/usuários, e desenvolver serviços e produtos inovadores com alto valor agregado.


Os objetivos agrupados em

  • A I e em II se referem à perspectiva dos Processos Internos e podem utilizar indicadores como Percentual de ocorrência de riscos não mitigados, Percentual de evolução na pontuação no Relatório de Avaliação da Gestão Pública e Índice de prontidão de habilidades estratégicas e de liderança.
  • B I e em II envolvem três das quatro perspectivas do BSC, não contemplando a perspectiva Financeira, uma vez que se trata de uma organização pública e sem fins lucrativos.
  • C II correspondem à perspectiva dos Processos Internos e podem utilizar indicadores como Percentual de ocorrência de riscos não mitigados e Índice de cumprimento dos requisitos de qualidade.
  • D I correspondem à perspectiva do Aprendizado e Crescimento e podem utilizar indicadores como Índice de investimentos, Índice de liquidez do tesouro, Índice de evolução da base tributária e Índice de endividamento.
  • E I correspondem à perspectiva dos Clientes e em II correspondem à perspectiva do Aprendizado e Crescimento. Os indicadores Índice de cumprimento dos requisitos de qualidade e Índice de liquidez do tesouro podem ser utilizados em ambas as dimensões.
31

Leia o texto abaixo.


Qualidade na administração pública

Maria do Socorro Macedo Vieira de Carvalho

Helena Correa Tonet

A crise em que se encontra a administração pública brasileira, com o sucateamento dos serviços essenciais, evidencia a necessidade de um esforço sistemático de melhoria desses serviços, através da implantação de uma nova filosofia de trabalho em que o compromisso com a qualidade seja um dos pilares básicos. A adoção dessa nova filosofia pressupõe um esforço significativo de mudança nos padrões culturais vigentes na administração pública, de forma a viabiIizar a introdução de práticas de trabalho mais eficientes e de modelos de gestão mais democráticos no serviço público.

(Disponível em: ˂http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rap/article/download/8481/7224˃ Acesso em 25 fev. 2019.)


A administração pública poderia sanar algumas de suas principais problemáticas relacionadas com a eficiência se adotasse medidas relacionadas com a Constituição Federal.

Dessa forma, é correto afirmar que

  • A o norte dos resultados a serem alcançados, dentro da esfera governamental de ação, seja tema de absoluto sigilo e confidencialidade.
  • B o enfoque das ações de governo esteja restrito apenas a determinadas faixas de população com efetivo controle pessoal de prioridades.
  • C os estatutos e normas possam ser articulados de forma mais ágil para benefício amplo e geral do cidadão, mesmo que não possuam um devido arcabouço legal.
  • D as decisões de ordem orçamentária ou de execução podem estar alinhadas com uma diretriz de otimização e de qualidade, tornando precisa e célere a atuação estatal.
32

A respeito do setor público e da participação da sociedade civil na gestão de políticas públicas, assinale a opção correta.

  • A A constituição de canais de participação é condição suficiente para que haja a participação efetiva da sociedade civil no processo de decisão sobre políticas públicas.
  • B Os conselhos gestores são apresentados como espaços fecundos para desenvolvimento, elaboração, controle, fiscalização e continuidade de políticas públicas.
  • C Os conselhos gestores são órgãos públicos de composição paritária entre a sociedade e o governo, não sendo exigida lei para sua criação, por serem regidos por regulamento próprio.
  • D Quanto ao orçamento participativo, a população é convidada para deliberar acerca de prioridades, participando ativamente da própria execução e do controle do orçamento público, independentemente de sua capacitação.
  • E As conferências nacionais são espaços não oficiais de deliberação das diretrizes gerais de determinada política pública cujos resultados serão incorporados às agendas institucionais.

Direito Administrativo

33

No Brasil, as agências reguladoras desenvolvem, entre outras, a atividade de impor limitações administrativas previstas em lei, além de fiscalizar e, se necessário, repreender atividades que sejam consideradas incompatíveis com o bem-estar social. Tais atribuições das agências reguladoras são exemplos de

  • A fomento a atividades privadas.
  • B uso do poder de polícia.
  • C fiscalização de atividades econômicas.
  • D normatização para exercício de atividade.
  • E concessão de serviços públicos.

Administração Pública

34

Para alcançar a excelência na prestação de serviços públicos, deve-se almejar o maior nível de qualidade possível para a organização. Isso envolve planejar elementos associados a duas dimensões: o atendimento ao cidadão e a configuração do próprio serviço. Quanto à dimensão atendimento, um gestor público que planeje elevar o nível de qualidade de um serviço público sob sua responsabilidade deve promover

  • A a adoção de indicadores de qualidade.
  • B o foco na resposta à sociedade, em vez de ao indivíduo.
  • C a rapidez na prestação do serviço.
  • D a definição de objetivos estratégicos.
  • E a capacitação das lideranças organizacionais.
Voltar para lista