Resolver o Simulado CEFET-MG - Nível Superior

0 / 50

Administração de Recursos Materiais

1

Considere que se pretenda aperfeiçoar a gestão dos estoques de insumos de informática de um determinado órgão da Administração estadual, tendo o responsável por tal tarefa proposto a aplicação do método conhecido como Kanban. O diretor da área, contudo, considerou tal aplicação incompatível com o regime legal aplicável às aquisições de material no âmbito da Administração pública. Tal conclusão tomou por base

  • A as dificuldades decorrentes da aplicação do conceito just in time, normalmente atrelado a tal método, dadas as etapas e os prazos previstos no processo licitatório aplicável às aquisições públicas.
  • B premissas equivocadas, visto que o referido método pressupõe a manutenção de estoques em nível máximo, o que não se compatibiliza com os prazos e as etapas inafastáveis para as aquisições por órgãos públicos.
  • C a inviabilidade de adotar a principal premissa do referido método, que é a utilização de insumos importados, selecionados de acordo com critérios de excelência, o que encontra empecilhos na legislação pátria.
  • D a obrigatoriedade de compras fracionadas, que é o cerne da referida metodologia para assegurar a não perecibilidade dos insumos, o que não faz sentido para a aquisição de itens não perecíveis como a maioria dos insumos de informática.
  • E a obrigatoriedade da adoção da modalidade pregão eletrônico para aquisições e contratação de serviços de informática, o que não se compatibiliza com o referido método de gestão de estoques que pressupõe a aquisição pelo menor preço.
2

Uma organização adota sistema de reposição contínua para o estoque de resmas de papel. O montante anual despendido com o material permite que as aquisições sejam efetuadas por compra direta, e o custo de pedido é de R$ 80,00. O consumo mensal de resmas é, em média, de 100 unidades, o estoque de segurança é de 40 unidades e o tempo de ressuprimento é de nove dias corridos.

Na situação descrita, o ponto de pedido é (considere que um mês tem 30 dias):

  • A 40 unidades;
  • B 60 unidades;
  • C 65 unidades;
  • D 70 unidades.
  • E 72 unidades.
3

O principal objetivo da organização logística/cadeia de suprimento é estabelecer a coordenação entre as atividades logísticas para o seu planejamento e controle. Há uma modalidade de estrutura organizacional tal que, numa configuração matricial, o gerente de logística/cadeia de suprimentos é responsável pelo conjunto do sistema logístico, mas não tem autoridade direta sobre as atividades componentes. Trata-se da seguinte categoria de estrutura organizacional logística:

  • A organização semiformal.
  • B orientação por informações.
  • C processos dinâmicos.
  • D orientação pelo mercado.
  • E orientação por processos.

Direito Financeiro

4

Determina a Constituição Federal que os projetos de lei relativos ao plano plurianual, às diretrizes orçamentárias, ao orçamento anual e aos créditos adicionais serão apreciados pelas duas Casas do Congresso Nacional, na forma do regimento comum. Acerca do tema, é correto afirmar:

  • A os recursos que, em decorrência de veto, emenda ou rejeição do projeto de lei orçamentária anual, ficarem sem despesas correspondentes poderão ser utilizados, conforme o caso, mediante créditos especiais ou suplementares, com prévia e específica autorização legislativa.
  • B caberá ao Tribunal de Contas examinar e emitir parecer sobre referidos projetos e sobre as contas apresentadas anualmente pelo Presidente da República.
  • C as emendas individuais ao projeto de lei orçamentária serão aprovadas no limite de 1,5% (um inteiro e cinco décimos por cento) da receita corrente líquida prevista no projeto encaminhado pelo Poder Executivo, sendo que 1/3 (um terço) desse percentual será destinado a ações e serviços públicos de saúde.
  • D as emendas individuais ao projeto de lei orçamentária serão aprovadas no limite de 1,5% (um inteiro e cinco décimos por cento) da receita corrente líquida prevista no projeto encaminhado pelo Poder Executivo, sendo que a metade deste percentual será destinada a ações e serviços públicos educacionais.
  • E os restos a pagar poderão ser considerados para fins de cumprimento da execução financeira prevista, conforme a disposição constitucional, até o limite de 60% (sessenta por cento) da receita corrente líquida realizada no exercício anterior.

Administração Financeira e Orçamentária

5
“Os Princípios Orçamentários visam estabelecer diretrizes norteadoras básicas, a fim de conferir racionalidade, eficiência e transparência para os processos de elaboração, execução e controle do orçamento público. Válidos para os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário de todos os entes federativos – União, Estados, Distrito Federal e Municípios – são estabelecidos e disciplinados por normas constitucionais, infraconstitucionais e pela doutrina” (MCASP, 2019, p. 28). Considerando o seguinte enunciado “[...] cabe ao Poder Público fazer ou deixar de fazer somente aquilo que a lei expressamente autorizar, ou seja, subordina-se aos ditames da Lei”. Para o cumprimento desse princípio, o Poder Executivo deverá estabelecer o plano plurianual, as diretrizes orçamentárias e os orçamentos anuais. O enunciado refere-se ao Princípio
  • A da Unidade.
  • B da Legalidade.
  • C da Exclusividade.
  • D da Universalidade

Direito Constitucional

6

Segundo o que dispõe a Constituição Federal de 1988 acerca das Finanças Públicas e do Orçamento,

  • A os recursos que, em decorrência de veto, emenda ou rejeição do projeto de lei orçamentária anual, ficarem sem despesas correspondentes poderão ser utilizados, conforme o caso, mediante créditos especiais ou suplementares, independentemente de autorização legislativa.
  • B o plano plurianual, as diretrizes orçamentárias e os orçamentos anuais são leis de iniciativa conjunta dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.
  • C os projetos de lei relativos ao plano plurianual, às diretrizes orçamentárias, ao orçamento anual e aos créditos adicionais serão apreciados de forma privativa pelo Senado Federal, na forma de seu regimento interno.
  • D a lei de diretrizes orçamentárias compreenderá as metas e prioridades da Administração pública federal para período coincidente com o do mandato do Presidente da República.
  • E cabe à lei complementar dispor sobre o exercício financeiro, a vigência, os prazos, a elaboração e a organização do plano plurianual, da lei de diretrizes orçamentárias e da lei orçamentária anual.

Administração Financeira e Orçamentária

7

De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, é vedada a aplicação da receita de capital derivada da alienação de bens e direitos que integram o patrimônio público para o financiamento de despesa corrente, salvo se destinada, por lei, ao (à)

  • A pagamento dos salários de servidores públicos.
  • B auxílio alimentação de servidores públicos.
  • C regime de previdência social de servidores públicos.
  • D manutenção de patrimônio público.
  • E amortização da dívida pública.

Administração Geral

8

Suponha que um Auditor Fiscal tenha participado da elaboração do mapa estratégico da SEFAZ-BA, de acordo com o BSC. Como resultado do trabalho, foram listados os objetivos a seguir:


I. Garantir a melhor realização da receita pública; incrementar a realização de créditos tributários; estimular o cumprimento voluntário da obrigação tributária, e promover a sustentabilidade econômico-financeira do gasto público.

II. Elevar a eficácia na gestão de riscos; fornecer soluções de alta qualidade que atendam às necessidades dos cidadãos/usuários, e desenvolver serviços e produtos inovadores com alto valor agregado.


Os objetivos agrupados em

  • A I e em II se referem à perspectiva dos Processos Internos e podem utilizar indicadores como Percentual de ocorrência de riscos não mitigados, Percentual de evolução na pontuação no Relatório de Avaliação da Gestão Pública e Índice de prontidão de habilidades estratégicas e de liderança.
  • B I e em II envolvem três das quatro perspectivas do BSC, não contemplando a perspectiva Financeira, uma vez que se trata de uma organização pública e sem fins lucrativos.
  • C II correspondem à perspectiva dos Processos Internos e podem utilizar indicadores como Percentual de ocorrência de riscos não mitigados e Índice de cumprimento dos requisitos de qualidade.
  • D I correspondem à perspectiva do Aprendizado e Crescimento e podem utilizar indicadores como Índice de investimentos, Índice de liquidez do tesouro, Índice de evolução da base tributária e Índice de endividamento.
  • E I correspondem à perspectiva dos Clientes e em II correspondem à perspectiva do Aprendizado e Crescimento. Os indicadores Índice de cumprimento dos requisitos de qualidade e Índice de liquidez do tesouro podem ser utilizados em ambas as dimensões.

Arquivologia

9

Analisar e denominar o documento utilizando fórmula padronizada para caracterizar a estrutura e o conteúdo do tipo documental, a partir da fundamentação dos princípios tanto da Diplomática, quanto da Arquivística, é o procedimento denominado:

  • A destinação.
  • B classificação.
  • C identificação.
  • D organização.
  • E descrição.
10

Ações relacionadas à formação do profissional que traduzem seu perfil na atualidade demonstram que o arquivista precisa ter uma atitude proativa. O verbo que NÃO condiz com esta assertiva cada vez mais debatida na literatura da área é:

  • A interagir.
  • B recriar.
  • C inventar.
  • D escamotear.
  • E sentir.
11

A dimensão do tempo presente, e não o passado ou o futuro, onde estão sendo produzidos, preservados, acessados e utilizados, é essencial para os arquivos, diz SILVA (2017), ao concordar com Menne-Haritz, em seu “Acces – the reformulation of the new paradigma”, de 2001. E é essa dimensão que, em lugar de simplesmente alimentar o poder da burocracia, coloca os arquivos voltados para a:

  • A atualidade.
  • B tecnologia.
  • C cidadania.
  • D descentralização.
  • E história.
12

JARDIM (1995) argumenta que o conceito ou noção teórica que aparece como um dos pilares da Arquivologia contemporânea, especialmente no processo de avaliação e seleção dos documentos permanentes, é de:

  • A diplomática.
  • B informação.
  • C história.
  • D política.
  • E memória.
13

Para a preservação do documento arquivístico digital, além de respeitar as condições ambientais especificadas pelo fabricante, é preciso realizar a troca dos suportes antes do fim de sua vida útil, técnica conhecida como refreshing, ou:

  • A substituição.
  • B renovação.
  • C restauração.
  • D atualização.
  • E prevenção.

Contabilidade Pública

14

O método das partidas dobradas, utilizado universalmente, tem suas características, na escrituração contábil da administração pública, pode-se dizer que:

  • A não é obrigatória sua utilização.
  • B dependendo da atividade, ele será utilizado ou não.
  • C a administração pública está liberada de escrituração.
  • D de acordo com a Lei nº 4.320/64, a escrituração sintética das operações financeiras e patrimoniais efetuar-se-à pelo método das partidas dobradas.
  • E de acordo com a Lei nº 4.320/64, somente a escrituração das operações financeiras está obrigada a utilizar o método das partidas dobradas.
15

De acordo com a NBC TSP - Estrutura Conceitual, a característica qualitativa da informação denominada

  • A consistência é sinônimo de uniformidade e possibilita aos usuários da informação contábil identificar semelhanças e diferenças entre dois conjuntos de fenômenos.
  • B verificabilidade indica que para ser verificável a informação não precisa ser um ponto único estimado, uma vez que um intervalo de possíveis valores e suas probabilidades relacionadas também pode ser utilizado.
  • C relevância é alcançada quando a representação da transação é livre de vieses e possui exatidão completa em todos os aspectos relacionadas a tal transação.
  • D materialidade determina que a omissão de 5% da despesa total reportada nos Relatórios Contábeis de Propósito Geral das Entidades do Setor Público torna a informação omitida imaterial.
  • E comparabilidade é sinônimo de uniformidade e esta implica na utilização das mesmas políticas contábeis, seja de período a período em uma entidade pública ou de um único período entre duas ou mais entidades.
16

Em um ente público, a conta “Ganhos com Incorporação de Ativos Apreendidos”, quanto à natureza da informação

  • A de resultado, pertence ao grupo 4 do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público.
  • B orçamentária, pertence à classe 7 do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público.
  • C patrimonial, pertence à classe 4 do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público.
  • D patrimonial, pertence à classe 3 do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público.
  • E de resultado, pertence ao grupo 3 do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público.
17

No que se refere às demonstrações contábeis de um ente público, o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público determina que

  • A o valor de R$ 8.000,00 referente à despesa empenhada com juros e encargos da dívida deve ser evidenciado como desembolso dos fluxos de caixa das atividades de investimento na Demonstração dos Fluxos de Caixa do referido ente.
  • B o valor do recebimento de caução depositada como garantia de um contrato firmado deve ser evidenciado como receita orçamentária corrente realizada no Balanço Orçamentário do referido ente.
  • C as perdas involuntárias com estoques devem ser evidenciadas como despesas liquidadas no Balanço Orçamentário do referido ente.
  • D as dívidas fundadas que dependam de autorização legislativa para amortização do seu valor são passivos financeiros que devem ser evidenciados no Quadro do Superávit/Déficit Financeiro que acompanha o Balanço Financeiro do referido ente.
  • E os ativos não circulantes cuja recuperação esperada do seu valor contábil venha a ocorrer por meio de uma transação de venda em vez do uso contínuo, segundo um plano de venda com prazo inferior a 12 meses, devem ser evidenciados como ativo circulante no Balanço Patrimonial do referido ente.
18

Em 03/12/2018, o ordenador de despesas de um determinado ente público municipal empenhou despesa no valor de R$ 8.900,00 referente à aquisição de 500 cadeiras de plástico. Em 20/12/2018, 250 cadeiras foram entregues pelo fornecedor e, nessa mesma data, a despesa foi liquidada pelo valor de R$ 4.450,00. O restante das cadeiras adquiridas foi entregue pelo fornecedor em 25/01/2019, atendendo às cláusulas contratuais, data em que o restante da despesa empenhada em 03/12/2018 foi liquidada. Em 29/01/2019, foi pago o valor de R$ 8.900,00 referente ao empenho emitido em 03/12/2018. Assim, uma despesa orçamentária foi realizada, de acordo com a Lei nº 4.320/1964, em

  • A 25/01/2019 pelo valor de R$ 8.900,00.
  • B 03/12/2018 pelo valor de R$ 8.900,00.
  • C 20/12/2018 pelo valor de R$ 4.450,00.
  • D 25/01/2019 pelo valor de R$ 4.450,00.
  • E 29/01/2019 pelo valor de R$ 8.900,00.

Direito Administrativo

19

Ricardo, Prefeito Municipal do município “X”, juntamente com Rodolfo, o Secretário Municipal da Cultura, contrataram a empresa “YY” para uma obra na cidade, sem realizar o procedimento licitatório, fora das hipóteses de dispensa ou inexigibilidade de licitação previstas pela Lei n° 8.666/1993. A empresa “YY”, através de seu diretor presidente Caio, atuou juntamente com o Prefeito Ricardo e o Secretário Rodolfo, seus amigos, para a assinatura do contrato, independentemente do certame licitatório, beneficiando-se evidentemente da contratação. Após regular investigação, Ricardo e Rodolfo foram indiciados pela polícia por infração ao artigo 89, da Lei n° 8.666/1993 (Art. 89. Dispensar ou inexigir licitação fora das hipóteses previstas em lei, ou deixar de observar as formalidades pertinentes à dispensa ou à inexigibilidade: Pena − detenção, de 3 (três) a 5 (cinco) anos, e multa).


No caso hipotético apresentado, Caio, Diretor Presidente da empresa “YY”, beneficiária do contrato administrativo celebrado com o Poder Público, cometeu

  • A apenas infração administrativa e estará sujeito, assim como a empresa, à rescisão imediata do contrato e às sanções administrativas de advertência e declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição.
  • B apenas infração administrativa e estará sujeito, assim como a empresa, à rescisão imediata do contrato e às sanções administrativas de multa e suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo não superior a 1 (um) ano.
  • C crime e estará sujeito às penas previstas para o crime descrito no artigo 89, da Lei n° 8.666/1993, com redução de 1/3 (um terço) a 2/3 (dois terços), pelo fato de ser a empresa beneficiária, e não ter responsabilidade pela realização do procedimento licitatório.
  • D crime e também estará sujeito às penas previstas para o crime descrito no artigo 89, da Lei n° 8.666/1993.
  • E apenas infração administrativa e estará sujeito, assim como a empresa, à rescisão imediata do contrato e às sanções administrativas de advertência e suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo não superior a 3 (três) anos.
20

Em uma licitação na modalidade tomada de preços, verificou-se que todas as propostas apresentadas estavam incompatíveis com as exigências do edital de licitação e, por essa razão, foram desclassificadas. Em vista do ocorrido, a Comissão de licitação deve

  • A propor à autoridade que autorizou o certame a contratação direta, por se tratar de licitação deserta.
  • B fixar aos licitantes o prazo de oito dias úteis para a apresentação de novas propostas, devidamente saneadas das incompatibilidades que justificaram a desclassificação.
  • C propor à autoridade que autorizou o certame a contratação do licitante que ofereceu a proposta mais vantajosa, relevando as incompatibilidades, em vista do princípio da economicidade.
  • D anular a licitação e propor à autoridade que autorizou o certame a republicação do edital, para coleta de novas propostas.
  • E revogar a licitação e propor à autoridade que autorizou o certame a contratação direta, por inexigibilidade de licitação.
21

Paulo da Silva é servidor federal e foi designado para compor Comissão Processante destinada a apurar a responsabilidade de outro servidor público. Ao tomar ciência da designação, Paulo verifica que o servidor investigado é seu parente de quarto grau, por intermédio de uma irmã adotiva de sua mãe. Diante da situação relatada e à luz do que dispõem a Lei n° 8.112/90 e a Lei n° 9.784/99, Paulo

  • A é obrigado a comunicar o impedimento à autoridade que o designou, abstendo-se de atuar, sob pena de responsabilidade funcional.
  • B é obrigado a comunicar a suspeição à autoridade que o designou, abstendo-se de atuar, sob pena de responsabilidade funcional.
  • C deve prosseguir na Comissão, pois as leis em questão determinam expressamente que parentescos baseados em adoção são incapazes de gerar incompatibilidade para atuação em processo administrativo.
  • D não está obrigado a comunicar impedimento, mas pode declarar-se em situação de suspeição, solicitando o afastamento à autoridade que o designou.
  • E não está obrigado a comunicar suspeição, mas pode declarar-se em situação de impedimento, solicitando o afastamento à autoridade que o designou.
22

Manuel dos Santos foi servidor público federal estável e aposentou-se voluntariamente aos sessenta e dois anos de idade. Após dez anos de gozo da aposentadoria, requereu sua reversão ao cargo público que antes ocupava. Diante dessa hipótese, à luz do que dispõe a legislação federal aplicável,

  • A é impossível a reversão, pois o requerente já atingiu a idade da aposentadoria compulsória.
  • B é impossível a reversão, pois a lei federal apenas contempla a hipótese de reversão ex officio, pela insubsistência dos motivos que levaram à aposentadoria por invalidez.
  • C é possível, desde que haja cargo vago e interesse da administração no retorno do requerente à atividade.
  • D é possível, independentemente do interesse da administração, pois se trata de hipótese de ato vinculado e o requerente preencheu todos os requisitos legais.
  • E é impossível, em razão do lapso temporal transcorrido desde a aposentadoria do requerente.
23

Sobre os assim chamados “poderes da Administração Pública”, afirma-se corretamente que o

  • A poder de autotutela é ilimitado, visto que pode ser realizado a qualquer tempo.
  • B poder disciplinar, no sistema brasileiro, é exercido exclusivamente pelo superior hierárquico.
  • C poder regulamentar autônomo consiste na produção de normas que visam à fiel execução da lei.
  • D exercício do poder de polícia é privativo das corporações policiais.
  • E dever de obediência, característico do poder hierárquico, não se aplica no exercício da função legislativa.

Direito Constitucional

24

Considere que determinada mulher, filha de mãe brasileira e pai estrangeiro, nascida em país cuja lei lhe reconhece nacionalidade originária e durante período em que sua mãe lá estava a serviço da República Federativa do Brasil, venha a residir no Brasil, depois de atingida a maioridade. Nessa hipótese, referida mulher

  • A é considerada brasileira nata, não podendo vir a ser extraditada, quaisquer que sejam as circunstâncias e a natureza do delito pelo qual o requeira Estado estrangeiro.
  • B não faz jus à nacionalidade originária brasileira, embora possa vir a ser naturalizada, após residir por quinze anos ininterruptos no Brasil e desde que não sofra condenação penal.
  • C será considerada brasileira naturalizada, podendo vir a ser autorizada sua extradição, mediante processo de competência originária do Supremo Tribunal Federal, em caso de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes.
  • D é considerada estrangeira, condição em virtude da qual não será concedida sua extradição apenas por crime político ou de opinião.
  • E será considerada brasileira nata, desde que opte pela nacionalidade brasileira, mediante processo de competência da Justiça Federal.
25

Será compatível com a Constituição Federal e a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal a lei federal que

  • A autorize os Estados a legislar sobre questões específicas em matéria de proteção à infância e à juventude, desde que se trate de lei complementar.
  • B determine a realização de novas eleições para cargos majoritários simples, em casos de vacância por causas eleitorais de extinção do mandato.
  • C fixe tempo máximo de espera em fila para os usuários de serviços prestados por instituições financeiras e cartórios de registros públicos.
  • D fixe, para o valor das aposentadorias a serem concedidas pelos regimes próprios de previdência dos servidores de União, Estados, Distrito Federal e Municípios, o limite máximo estabelecido para os benefícios do regime geral de previdência social.
  • E regule a ocupação e a utilização da faixa de fronteira, assim considerada a faixa de até duzentos quilômetros de largura, fundamental para a defesa do território nacional.
26

Considere as seguintes situações hipotéticas:


I. Servidora pública, ocupante de cargo efetivo na Administração direta estadual, elege-se para exercer mandato de Deputada Estadual;

II. Professor de ensino fundamental da rede pública municipal é aprovado em concurso público para exercer cargo de suporte administrativo em autarquia estadual.


Nessas hipóteses, considerada a disciplina da matéria na Constituição Federal,

  • A ambos estarão impedidos de cumular o exercício dos cargos que ocupam atualmente com as novas ocupações respectivas, devendo pedir exoneração caso pretendam assumi-las.
  • B a servidora ficará afastada de seu cargo, durante o exercício do mandato, e o professor estará impedido de cumular o cargo atual com aquele para o qual foi aprovado em concurso.
  • C a servidora ficará afastada de seu cargo, durante o exercício do mandato, e o professor estará autorizado a cumular o cargo atual com aquele para o qual foi aprovado em concurso, se houver compatibilidade de horários.
  • D a servidora estará autorizada a cumular o exercício do cargo atual com o do mandato, se houver compatibilidade de horários, mas o professor estará impedido de cumular o cargo atual com aquele para o qual foi aprovado em concurso.
  • E ambos estarão autorizados a cumular o exercício dos cargos que ocupam atualmente com o das novas ocupações respectivas, desde que haja compatibilidade de horários.
27

À luz da disciplina constitucional do processo de elaboração de leis orçamentárias,

  • A as emendas ao projeto de lei do orçamento anual serão apresentadas e apreciadas perante a Comissão mista permanente de Deputados e Senadores responsável por exercer o acompanhamento e a fiscalização da execução orçamentária.
  • B o projeto de lei de diretrizes orçamentárias será acompanhado de demonstrativo regionalizado do efeito, sobre as receitas e despesas, decorrente de isenções, anistias, remissões, subsídios e benefícios de natureza financeira, tributária e creditícia.
  • C o Presidente da República poderá propor modificação nos projetos de lei relativos ao plano plurianual, às diretrizes orçamentárias e ao orçamento anual, desde que não iniciada a votação do projeto respectivo, na Comissão mista parlamentar permanente.
  • D as emendas individuais ao projeto de lei orçamentária serão aprovadas no limite de 1,2% da receita corrente líquida prevista no projeto encaminhado pelo Poder Executivo, sendo que metade deste percentual será destinada a ações de desenvolvimento e manutenção do ensino.
  • E os recursos que, em decorrência de veto ao projeto de lei orçamentária anual, ficarem sem despesas correspondentes poderão ser utilizados, conforme o caso, mediante créditos especiais ou suplementares, com prévia e específica autorização legislativa.
28

Em consonância com o sistema de controle de constitucionalidade albergado pelo ordenamento brasileiro, caberá

  • A arguição de descumprimento de preceito fundamental, perante o Supremo Tribunal Federal, em face de lei estadual promulgada com teor idêntico ao de outra anteriormente declarada inconstitucional em sede de controle concentrado.
  • B reclamação, perante o Supremo Tribunal Federal, em face de lei federal promulgada com teor contrário ao de súmula vinculante vigente.
  • C concessão de medida cautelar, em sede de ação direta de inconstitucionalidade, com produção, salvo entendimento contrário do Tribunal, de eficácia retroativa e aplicação da legislação anterior acaso existente.
  • D decisão de órgão fracionário de Tribunal que, sem prévia submissão ao respectivo Plenário ou Órgão Especial, afaste a incidência de lei com fundamento em jurisprudência consolidada em súmula do Supremo Tribunal Federal.
  • E recurso extraordinário, presumida a existência de repercussão geral, em face de acórdão que tenha reconhecido a constitucionalidade de tratado ou lei federal.

Economia

29
A curva IS possui normalmente inclinação negativa, por causa da:
  • A Relação direta entre o investimento e a taxa de juros.
  • B Relação inversa entre a renda e a demanda de moeda.
  • C Relação direta entre a renda e a demanda de moeda.
  • D Relação inversa entre o investimento e a taxa de juros.
  • E As opções c e d estão corretas.
30
Admita que em determinado período a inflação tenha atingido 10,6%. Determine a redução percentual do poder aquisitivo do assalariado, supondo que os seus vencimentos não sofreram reajuste no período:
  • A 10,6%
  • B 8%
  • C 11%
  • D 12%
  • E 9,58%
31
O salário médio de determinada classe operária, em 1994, foi de R$ 1.280,00. O IP (Índice de Preço), nesse mesmo ano, era igual a R$ 1.575,7 e o de 1991 era igual a R$ 387,2, referidos ao período-base de 1982. Tomando o ano de 1991 como base, determine o salário real dessa classe operária em 1994.
  • A R$ 1.280,00
  • B R$ 892,80
  • C R$ 1.188,50
  • D R$ 1.200,00
  • E R$ 314,55

Estatística

32

Considere três urnas, U1, U2 e U3. Extraindo uma bola ao acaso de uma urna também escolhida ao acaso, verificou-se que a bola é vermelha. Qual é a probabilidade de a bola vermelha ter vindo da U1,U2 e U3, respectivamente? Dados:
U1 =4 bolas pretas, 2 bolas brancas e 3 bolas vermelhas; U2 = 3 bolas pretas, 4 bolas brancas e 2 bolas vermelhas; e U3 = 2 bolas pretas, 3 bolas brancas e 4 bolas vermelhas.

  • A 1/3, 2/9, 4/9
  • B 1/9, 2/3, 2/9
  • C 1/3, 1/3, 1/3
  • D 4/9, 1/3, 2/9
  • E 2/9, 3/9, 2/9
33

Considerando os modelos de regressão linear, coloque F (falso) ou V (verdadeiro) nas afirmativas abaixo e assinale a opção correta.
( ) Se duas variáveis são correlacionadas, pode-se concluir que há uma relação de causalidade entre elas. ( ) Ao verificar que uma variável dependente e uma independente estão estritamente relacionadas, pode-se concluir que o ajuste do modelo de regressão é bom. ( ) Os valores de y são preditos com base em valores dados ou conhecidos de x. A variável y é chamada variável independente, e a variável x variável dependente.

  • A (V)(V)(F)
  • B (V)(F)(V)
  • C (F)(F)(F)
  • D (F)(V)(F)
  • E (V)(V)(V)
34

Seja a equação de regressão y= 2,93 — 38,56x, o coeficiente de determinação associado a essa reta é dado por 0,81. Qual é o coeficiente de correlação entre as variáveis x e y?

  • A - 0,9
  • B -0,66
  • C 0,66
  • D 0,81
  • E 0,9

Gerência de Projetos

35

Suponha que o TRF4 esteja migrando, em relação aos projetos, de uma organização do tipo 1 para do tipo 2. No tipo 1, atual, há apenas uma coordenação geral, cada funcionário possui um superior bem definido e cada departamento realiza o seu trabalho do projeto de modo independente dos outros departamentos. No tipo 2, haverá um chefe dos gerentes de projeto, com autoridade considerável, que coordenará outros gerentes de projeto de tempo integral, além de haver pessoal administrativo de tempo integral trabalhando nos projetos. De acordo com o PMBOK 5ª edição, os tipos 1 e 2 são, correta e respectivamente, estrutura organizacional

  • A matricial fraca e projetizada balanceada.
  • B funcional fraca e funcional projetizada.
  • C funcional clássica e matricial forte.
  • D matricial balanceada e matricial forte.
  • E matricial funcional e matricial projetizada.
36

gestão de mudanças em projetos é importante para seu êxito. No contexto de gestão de mudanças em projetos, uma macroatividade é a gestão

  • A das justificativas.
  • B das premissas.
  • C dos benefícios.
  • D dos stakeholders.
37

O gerenciamento da integração é uma área de conhecimento primordial para a gestão de projetos. De acordo com o PMBOK, são escolhas desse gerenciamento

  • A o business case e a matriz de engajamento dos stakeholders.
  • B o desenvolvimento do mapa de riscos e da matriz RACI.
  • C a matriz de rastreabilidade de requisitos e os indicadores dos projetos.
  • D a alocação de recursos e o balanceamento de demandas concorrentes.
38

O PRINCE2 é uma metodologia de gestão de projetos desenvolvida pelo Governo do Reino Unido na década de 1970. Com relação ao PRINCE2, considere as afirmações abaixo.

I O PRINCE2 é formado por quatro elementos básicos: princípios, temas, processos e estratégia.

II O business case trata dos conhecimentos relativos às aquisições do projeto.

III O processo Managing a Stage Boundary (SB) é responsável pelo gerenciamento das fronteiras entre os estágios.

IV O processo Starting Up a Project (SU) tem como função avaliar o projeto.

Das afirmações, estão corretas

  • A I e II
  • B I e III.
  • C II e IV.
  • D III e IV.
39

As técnicas ágeis foram utilizadas, inicialmente, no desenvolvimento de projetos de software e, atualmente, estão sendo empregadas em vários contextos da gestão de projetos de outros segmentos. As técnicas ágeis têm como princípio

  • A refletir sobre a efetividade do projeto em intervalos regulares.
  • B desenvolver todos os requisitos detalhados no início do projeto.
  • C colocar, de forma cíclica, pessoas de negócios no projeto.
  • D satisfazer todas as necessidades das partes interessadas no projeto.

Gestão de Pessoas

40

A gestão de pessoas de uma organização pode atuar em níveis distintos e assumir diferentes papéis e responsabilidades. No nível operacional, essa gestão

  • A se torna burocrática, rotineira e executora de práticas e atividades especializadas ao lidar direta e exclusivamente com pessoas.
  • B se transforma em consultoria interna para apoiar e ajudar executivos e gerentes como gestores de pessoas.
  • C se torna facilitadora e apoiadora dos negócios da organização.
  • D se torna parceira dos negócios da organização com foco em resultados.
41

Um órgão da Prefeitura de Salvador pretende aplicar uma política de valorização de pessoal, utilizando, como base, resultados de avaliações de desempenho.

Para isso, será utilizado um método democrático em que o chefe e o subordinado decidem, em conjunto, quais serão os resultados visados e os recursos necessários.

Esse método é conhecido como

  • A Avaliação 360 graus.
  • B Avaliação Participativa por Objetivos.
  • C Avaliação por Escala Gráfica.
  • D Avaliação por Listas de Verificação.
  • E Avaliação por escolha forçada.
42

Entre os diferentes modelos de planejamento de recursos humanos utilizados pelas organizações, no âmbito da atividade de gestão de pessoas, insere-se o de substituição de postos-chaves. Esse modelo

  • A apresenta um organograma de encarreiramento, classificando os funcionários em: aqueles com possibilidade de promoção imediata, os que ainda precisam permanecer no cargo atual para aquisição de experiência e os que já contam com substituto preparado.
  • B mapeia o fluxo das pessoas para dentro e para fora da organização, permitindo uma predição quantitativa das substituições que devem ocorrer no médio e longo prazos a partir de cenários identificados.
  • C pressupõe a escolha de um fator estratégico pela organização, cuja variação afeta proporcionalmente as necessidades de pessoal, e projeta as necessidades futuras com base em níveis históricos de desligamentos.
  • D é amplo e abrangente, atrelado ao planejamento estratégico da organização, com ênfase nas mudanças tecnológicas que afetam o processo produtivo ou de disponibilização de serviços.
  • E não é aplicável nos níveis operacionais da organização, mas apenas para substituição de posições de comando ou de gerenciamento, mantendo um banco de talentos disponível para tais alocações.
43

No processo de aprendizagem organizacional, ocorre a institucionalização do conhecimento, o que é estudado sob diferentes óticas e explicado a partir de algumas teorias, entre as quais a espiral do conhecimento, apresentada por Nonaka e Takeuchi, cujo foco é

  • A o modelo cognitivista, que procura explicar o impacto de aspectos comportamentais na aquisição de conhecimento.
  • B o processo de conversão do conhecimento, iniciando-se com a socialização mediante o compartilhamento de conhecimento tácito.
  • C o modelo behavorista, que prioriza o conhecimento formal, normatizado e internalizado na organização.
  • D a aquisição de conhecimento tácito a partir da utilização de benchmarkings (referenciais de excelência).
  • E o crescimento individual a partir de um processo do treinamento e capacitação constantes.
44

Suponha que determinada consultoria de gestão organizacional, ao avaliar o processo decisório e o perfil das decisões tomadas pelos gestores de uma determinada organização pública, identificou um número maior de decisões classificadas pela literatura como programadas e um número reduzido de outras classificadas como não programadas, o que indica

  • A baixa qualidade do processo decisório, que prioriza soluções intuitivas em detrimento de ferramentas técnicas.
  • B supremacia de problemas rotineiros, os quais demandam decisões que tomam por base o acervo de soluções disponível na organização.
  • C prevalência de decisões tomadas antes mesmo da instalação do problema, prevenindo riscos e desvios.
  • D existência de um sistema robusto de compliance, com verificação de conformidade, o que se mostra ausente quando há grande quantidade de decisões não programadas.
  • E grande ocorrência de situações inesperadas e desafiadoras, nas quais é necessário aplicar fórmulas sofisticadas para obter uma solução adequada.

Logística

45

Atualmente, o relacionamento cliente-fornecedor é do tipo parceria, com elevada confiança, em que cliente e fornecedor se ajudam sempre com o objetivo de encontrar soluções eficazes e que possam trazer mais benefícios aos consumidores finais. Segundo Ronald H. Bailou (2011), em sistemas logísticos, são motivos pelos quais se mantêm os inventários, EXCETO:

  • A melhoria do serviço ao cliente: dando suporte á área de marketing, que, ao criar demanda, precisa de material disponível para concretizar vendas.
  • B economia de escala: os custos são tipicamente menores quando o produto é fabricado continuamente e em quantidades constantes.
  • C proteção contra mudanças de preços em tempos de inflação alta: um baixo volume de compras minimiza o impacto do aumento de preços pelos fornecedores.
  • D proteção contra incertezas na demanda e no tempo de entrega: considera o problema que advém dos sistemas logísticos quando tanto o comportamento da demanda dos clientes quanto o tempo de entrega não são perfeitamente conhecidos.
  • E proteção contra contingências: proteger a empresa contra greves, incêndios, inundações, instabilidades políticas e outras exógenas que podem criar problemas.
46

Segundo Martins e Campos (2011), existe um fluxo de informações e de materiais ou serviços pelas interfaces do sistema logístico. Assinale a opção que apresenta uma das atividades de interface entre o marketing e a logística.

  • A Controle da qualidade.
  • B Localização de depósitos.
  • C Localização industrial.
  • D Manuseio de materiais.
  • E Processamento de pedidos.
47

Com relação a logística, assinale a opção correta.

  • A O custo total de transporte é integralizado por apenas duas parcelas: o frete principal e o frete dos transportes complementares.
  • B Para limitar estoques, organizando entregas quando necessário, prática denominada just-in-time, é preferível a utilização de trens, em face da grande variedade de cargas que podem transportar e do baixo custo.
  • C Transporte segmentado é aquele em que a unidade de carga é transportada em todo o percurso, utilizando duas ou mais modalidades de transporte, abrangidas por um único contrato.
  • D O transporte aéreo, por apresentar custos comparativamente mais altos em relação aos demais, não é utilizado no gerenciamento da cadeia de suprimentos.
  • E A ferrovia possui disponibilidade linear, ao longo de seus eixos viários, formando linhas-tronco, ligações e ramais, que, por razões técnico-operacionais e econômicas, são de acessibilidade pontual em terminais, estações, pátios e desvios particulares.

Marketing

48

A segmentação de públicos é uma estratégia mercadológica com a intenção de dar mensagens corretas aos diferentes públicos. A maioria dos especialistas concorda que a segmentação pode ser feita nas seguintes bases de conhecimento:

  • A de renda, psicográfica, de gênero e comportamental.
  • B de gênero, psicográfica, geográfica e comportamental.
  • C demográfica, psicográfica, geográfica e de renda.
  • D demográfica, psicográfica, geográfica e comportamental.
  • E demográfica, psicográfica, de gênero e comportamental.
49

Assinale a opção correta sobre os estabelecimentos dos objetivos da propaganda, de acordo com Kotler (2015).

  • A A propaganda persuasiva é importante para produtos maduros.
  • B Os objetivos da propaganda são somente informar ou persuadir.
  • C Após estabelecer o orçamento, a empresa deve determinar os objetivos da propaganda.
  • D Sugerir novos usos para um produto e corrigir falsas impressões são objetivos possíveis para a propaganda persuasiva.
  • E Os anunciantes devem ser cautelosos ao utilizar a propaganda comparativa, mas é possível vê-la em quase todas as categorias de produtos.
50

Assinale a opção correta sobre a Pesquisa de Marketing de acordo com Kotler (2015).

  • A A pesquisa experimental testa hipóteses sobre relação de causa e efeito.
  • B A pesquisa de levantamento é a abordagem que melhor se encaixa à coleta de informações descritivas.
  • C A pesquisa causal coleta dados primários por meio da observação de pessoas, ações e situações relevantes.
  • D A pesquisa exploratória coleta dados primários que envolve fazer perguntas às pessoas sobre seu conhecimento, atitudes, preferências e comportamento de compra.
  • E A pesquisa etnográfica descreve melhor os problemas de marketing, situações ou mercados, como o potencial de mercado para um produto ou os dados demográficos e as atitudes dos consumidores.
Voltar para lista