Resolver o Simulado Professor - Planejar - Nível Superior

0 / 30

Biologia

1
O parasito Trichinella spiralis, causador da triquinose, é um organismo pertencente ao grupo
  • A das bactérias.
  • B dos vírus.
  • C dos protozoários.
  • D dos cestoides.
  • E dos nematoides.
2
Em uma reação de PCR polymerase chain reaction, na etapa de anelamento, ocorre
  • A o aumento de temperatura em relação à etapa de desnaturação.
  • B a perda da estrutura dupla hélice do DNA, transformando-se em fita simples.
  • C o pareamento dos primers na região alvo de amplificação.
  • D a formação de novas fitas de DNA dupla hélice.
  • E a utilização dos dNTP’s para a síntese de novas fitas de DNA.
3
A respeito dos mecanismos de transporte através das membranas celulares, assinale a alternativa correta.
  • A A maioria dos canais presentes na membrana plasmática permite somente a passagem de íons inorgânicos, por isso são chamados de canais iônicos.
  • B Moléculas polares, como a glicose, são capazes de atravessar a bicamada lipídica sem o auxílio de proteínas transportadoras de membrana.
  • C O2 , CO2 , N2 e H+ são moléculas apolares pequenas e seu transporte através da bicamada lipídica envolve gasto energético.
  • D A velocidade do processo de difusão não é influenciada por características como tamanho e solubilidade das moléculas.
  • E O transporte passivo permite que moléculas se movam contra um gradiente de concentração. 
4
Sobre a teoria de Biogeografia de ilhas MacArthur e Wilson (1963, 1967) e suas aplicações ecológicas, assinale a alternativa correta. 
  • A É aplicável em ambientes aquáticos, mas não em terrestres.
  • B Pode ser aplicada na construção de reservas naturais. Assim, várias manchas pequenas de vegetação são melhores que um fragmento de área maior.
  • C A distância entre as ilhas e as taxas de extinção não interferem no equilíbrio das populações.
  • D O número de espécies presente em uma ilha representa o equilíbrio entre a taxa de imigração de espécies colonizadoras e a taxa de natalidade.
  • E O conceito de Biogeografia de ilhas fornece base para o planejamento de Unidades de Conservação (UC´s).
5
A extração do DNA é uma etapa importante dos processos que utilizam essa molécula como prova. Atualmente, de acordo com o material a ser extraído, podem ser utilizados kits comerciais e também a combinação de reagentes em protocolos manuais. Considerando a extração que emprega o Fenol/ Clorofórmio, referente às características desse método, assinale a alternativa correta.
  • A Tem níveis baixos de toxicidade dos reagentes e alto custo por reação, comparado a outras técnicas de extração.
  • B Lise celular e remoção de resíduos de proteínas por precipitação são etapas dessa extração. 
  • C Utiliza o etanol para promover a lise celular e desnaturação das proteínas.
  • D Utiliza a proteinase K para a precipitação do DNA.
  • E Ocorre obtenção rápida do DNA, mas com baixo grau de pureza.
6
Preencha as lacunas e assinale a alternativa correta.
As duas técnicas mais importantes para o sequenciamento de DNA são o método ____________________ desenvolvido por Allan Maxam e Walter Gilbert, em 1977, e o método ____________________ de Fred Sanger e colaboradores, de 1978. Os dois métodos são baseados na produção de um conjunto de fitas simples de DNA que são separadas pelo princípio de eletroforese.
  • A físico de degradação / desoxi ou terminação de cadeia
  • B químico de degradação de bases / didesoxi ou terminação de cadeia
  • C químico de depleção de bases / didesoxi ou terminação de cadeia
  • D físico de depleção de bases / desoxi ou terminação de cadeia
  • E físico de depleção de bases / didesoxi de iniciação de cadeia
7
Quando estuda-se os ácidos nucleicos (RNA e DNA), é necessário conhecer os três processos que ocorrem com eles. Assinale a alternativa que corresponde a esses três processos.
  • A Transfiguração, replicação e transcrição.
  • B Tradução, transcrição e redução.
  • C Redução, tradução e transfiguração.
  • D Transcrição, replicação e tradução.
  • E Transcrição, tradução e duplicação.
8

A ciência forense consiste na aplicação de procedimentos científicos para ajudar a resolver assuntos de cunho legal. Assim como os indivíduos têm características únicas que os difere dos demais, como estatura, cor dos olhos e cabelo, o DNA também possui uma característica única e permite distinguir um indivíduo de outros com muito mais precisão e menores chances de erro. Uma das técnicas que nos permite fazer essa identificação é a Reação em cadeia da polimerase PCR. Sobre esse assunto, informe verdadeiro (V) ou falso (F) para o que se afirma a seguir e assinale a alternativa com a sequência correta.


(   ) Na PCR, a reação é repetida ciclicamente através de uma série de alterações de temperatura, o que possibilita a produção de muitas cópias da região de interesse.

(   ) Reação em Cadeia da Polimerase é uma técnica utilizada diariamente nos laboratórios e possibilita a amplificação de um dado fragmento da amostra de DNA inicial, de forma exponencial.

(   ) O ciclo de PCR consiste em três etapas principais: desnaturação (separação da dupla fita de DNA), emparelhamento (iniciadores determinam a região a ser copiada) e extensão (conhecida como alongamento, em que a enzima taq polimerase complementa a fita, formando novamente uma dupla fita).

  • A F – F – F.
  • B V – F – V.
  • C F – V – F.
  • D V – V – V.
  • E V – V – F.
9
Preencha as lacunas e assinale a alternativa correta.
Os alcanos são _________________ caracterizados por possuírem apenas átomos de_____________ e ________________ em suas moléculas e terem cadeia saturada, ou seja, apenas ligações covalentes simples entre carbonos. A principal fonte de alcanos é o petróleo e o gás natural.
  • A hidrocarbonetos / carbono / oxigênio
  • B hidrocarbonetos / carbono / nitrogênio
  • C hidrocarbonetos / carbono / hidrogênio
  • D hidrogênios / carbono / oxigênio
  • E oxigênios / carbono / hidrogênio
10
A contaminação por agentes tóxicos nos alimentos pode ocorrer de forma direta ou indireta. A contaminação indireta decorre dos processos empregados para a obtenção de matéria prima, tais como: promotores de crescimento, quimioterapêuticos veterinários e praguicidas. Além destas, pode também ocorrer a contaminação do alimento devido à absorção de componentes da embalagem. Com relação à contaminação indireta devido à absorção de componentes da embalagem, assinale a alternativa correta.
  • A Ocorre em função de mudanças físicoquímicas ocasionadas pela presença de microrganismos que liberam toxinas específicas com potencial de reagir com o alimento e com a embalagem do produto.
  • B Os alimentos podem apresentar, por exemplo, resíduos de herbicidas, fungicidas, inseticidas ou raticidas. E, a depender dos princípios ativos desses defensivos e a ocasião da aplicação, podem ocorrer níveis residuais que afetem a saúde do consumidor. 
  • C Pode ocorrer que em função das características físico-químicas dos alimentos, tais como: pH, presença de óleo, teor alcoólico, teor de lipídios, tempo de estocagem e temperatura, o alimento acondicionado venha a reagir quimicamente com a embalagem, absorvendo alguma substância que atinja grau de toxidade ao ser ingerido. 
  • D Pode ocorrer que em função das características biológicas e estruturais dos alimentos, tais como: estrutura da parede celular, presença de organelas e alterações nucleares, o alimento acondicionado venha a reagir quimicamente com a embalagem, absorvendo alguma substância que atinja grau de toxidade ao ser ingerida.
  • E É passível de ocorrer nos casos em que os alimentos liberarem substâncias químicas utilizadas no seu processamentos em decorrência da interação farmacológica dessas substâncias com a embalagem.

Português

11

Envelhecer

            Vá um homem envelhecendo, e caia na tolice de pensar que envelhece por inteiro - famosa tolice. Alguém já notou: envelhecemos nisto, não naquilo; este trecho ainda é verde, aquele outro já quase apodrece; aqui há seiva estuando, além é coisa murcha. 

            A infância não volta, mas não vai - fica recolhida, como se diz de certas doenças. Pode dar um acesso. Outro dia sofri um ataque não de infância, mas de adolescência: precipitei-me célere, árdego*, confuso. Meus olhos estavam úmidos e ardiam; mãos trêmulas; os demônios me apertavam a garganta; eu me sentia inibido, mas agia com estranha velocidade por fora. Exatamente o contrário do que convém a um senhor de minha idade e condição. 

            Pior é o ataque de infância: o respeitável cavalheiro de repente começa a agir como um menino bobo. Será que só eu sou assim, ou os outros disfarçam melhor?

            *árdego: impetuoso. 


(BRAGA, Rubem. Recado de primavera. Rio de Janeiro: Record, 1984, p. 71) 

O emprego da pontuação e a observância do sinal de crase estão adequados na frase:

  • A Quando se está à envelhecer, as nossas sensações boas ou más, parecem confundir-se em nosso espírito.
  • B Não se tribute as nossas experiências desafortunadas, a responsabilidade maior de um penoso envelhecimento.
  • C Em meio aquelas boas horas da infância, sempre havia alguma suspeita, de que tudo logo acabaria.
  • D Quem diria, que a proporção que o tempo passa, mais retornos imaginários experimentamos à outras idades?
  • E Corresse o tempo de modo uniforme, como alguns acreditam, não voltaríamos às mais antigas sensações.
12

Sobre a amizade

O clássico pensador romano Cícero dizia que nada é mais difícil do que conservar intacta uma amizade até o último dia da vida. Para ele, os interesses e mesmo o caráter dos homens costumam variar com o tempo, por conta dos reveses ou dos sucessos por que passamos. As mais vivas amizades da infância podem não resistir aos anos da adolescência, quando grandes transformações nos atingem.

Mesmo para aqueles cuja amizade resiste por muito tempo, há a possibilidade de desavenças políticas porem tudo a perder. Outras violentas dissensões surgem quando se exige de um amigo algo de inconveniente, como se tornar cúmplice de uma fraqueza nossa, ou quando se lhe pede uma providência que esteja acima de suas forças. Mas essas ameaças à amizade não devem enfraquecer a potência desse sentimento; devem nos lembrar o quanto um amigo é precioso, e quão preciosa será a conservação de sua leal companhia.


(Cláudio Augusto Catilino, inédito)

Há correta flexão das formas verbais e plena observância das normas para emprego do sinal de crase em:

  • A É a muito custo que preservaremos uma amizade, sobretudo se não contivermos nossos primeiros impulsos.
  • B Ele acabará se desfazendo dos amigos a medida que eles virem a contrariar seus ímpetos caprichosos.
  • C Uma amizade resiste à toda prova quando, em qualquer das ocasiões da vida, se manter leal e verdadeira.
  • D Se aprouviesse a alguém construir uma sólida amizade, teria de renunciar as fraquezas mais comuns.
  • E Nada poderei fazer em reparo a fragilidade de uma amizade que não advir de uma leal construção.
13
Assinale a alternativa em que a substituição do trecho sublinhado por pronome está correta. 
  • A Cabe a vocês acatar as decisões tomadas na assembleia geral – ...acatá-las.
  • B Denunciaram o mau uso dos espaços públicos – Denunciaram-nos
  • C Informei os enfermeiros sobre o estado da paciente – Informei-lhes.
  • D Falta responder o ofício pendente no sistema eletrônico – ...responder-lhe.
  • E Venho solicitar a esse departamento que providencie a atualização do sistema - ...solicitá-lo. 
14

Texto III


Infeliz iniciativa do senador Cyro Miranda (PSDB- GO), presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, ao criar um grupo de trabalho com Ernani Pimentel e Pasquale Cipro Neto, propondo uma simplificação do sistema ortográfico brasileiro. [...] O mais importante é que a grande motivação alegada por seus autores - a facilitação da alfabetização e do domínio da escrita - revela uma concepção bem equivocada da questão, pois a ortografia é um problema de somenos na formação de leitores e produtores de bons textos. Por exemplo, a norma gramatical brasileira, desatualizada e adventícia, coloca problemas muito mais sérios para quem quer escrever hoje um texto na norma-padrão do que o atual sistema ortográfico.”

LUCCHESI, Dante. Um erro crasso de ortografia. Disponível em: <www1 .folha.uol.com.br/opiniao/2014/09/1512848-dante- lucchesi-um-erro-crasso-de-ortografia.shtml>. Acesso em: 11 dez. 2018

O Texto III aborda a “simplificação do sistema ortográfico brasileiro". Entre as alternativas abaixo, assinale aquela cujas palavras NÃO tiveram sua escrita modificada pelo Novo Acordo Ortográfico:
  • A enjoo-veem-perdoo.
  • B papéis-cartéis - rouxinóis.
  • C frequente - aguentar - sequência.
  • D geleia - paranoia - heroico.
  • E micro-ondas - autoescola - antissocial.
15

                             [Vocação de professor]


      Escritor nas horas vagas, sou professor por vocação e destino. “A quem os deuses odeiam, fazem-no pedagogo”, diz o antigo provérbio; assim, pois, dando minhas aulas há tantos anos, talvez esteja expiando algum crime que ignoro, cometido porventura nalguma existência anterior. Apesar disso, não tenho maiores queixas de um ofício que, mantendo-me sempre no meio dos moços, me dá a ilusão de envelhecer menos rapidamente do que aqueles que passam a vida inteira entre adultos solenes e estereotipados.

      Outra vantagem da minha profissão principal é fornecer material copioso para a profissão acessória. Se fosse ficcionista, que mina não teria à mão no mundo da adolescência, mina ainda insuficientemente explorada e cheia de tesouros! Mas, como não sou ficcionista, utilizo-me desse cabedal apenas para observação e reflexão; às vezes o aproveito nalgum monólogo inócuo, como este.

(Adaptado de: RÓNAI, Paulo. Como aprendi o Português e outras aventuras. Rio de Janeiro: Edições de Janeiro, 2014, p. 109)

Para integrar adequadamente a frase dada, o verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se numa forma 
  • A do plural em Bem (poder) caber ao professor o exercício dos dotes de um talentoso escritor.
  • B do plural em Não (chegar) aos seus ouvidos de professor qualquer recriminação por parte dos jovens alunos.
  • C do singular em De todos os castigos que lhe (ocorrer) nenhum poderia ser o da carreira de pedagogo.
  • D do singular em Dos talentos que lhe (caber) desenvolver, o de professor foi o mais bem-sucedido.
  • E do singular ou do plural, indiferentemente, em O fato de (haver) tantas profissões permite boas escolhas.
16

                       Surdos: os bilíngues bimodais


Em 26 de setembro foi comemorado o Dia Nacional do Surdo (Lei nº 11.796/2008). Esse dia foi escolhido como homenagem à data de criação, no Rio de Janeiro, da primeira Escola de Surdos do Brasil, hoje conhecida como Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines).

A história de criação do INES se confunde com a história de criação da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Aliás aproveitamos para explicar que Libras é uma língua e não uma linguagem. Porque é um idioma oficial, reconhecido por lei federal (Lei nº 10.436/2002) e contém estrutura e regras próprias - tendo sido regulamentada desde 2010 a profissão de tradutor e intérprete de Libras.

As crianças surdas adquirem a língua de sinais de forma natural e espontânea. Enquanto o acesso à língua portuguesa acontece formalmente. Esses fatos tornam a língua de sinais imprescindível ao desenvolvimento de uma linguagem para a criança surda. Porque línguas de sinais e línguas faladas são línguas em modalidades diferentes, assim, pode-se dizer que os surdos são bilíngues bimodais.

O termo 'bilíngue bimodal' foi usado mais recentemente por pesquisadores que lidaram com crianças e adultos ouvintes com uma língua de sinais e uma língua falada. Não obstante o reconhecimento da condição bilíngue dos surdos ter existido na educação das pessoas com perdas auditivas há muito mais tempo.

É importante que as crianças surdas, além do aprendizado da língua de sinais, sejam também alfabetizadas na língua portuguesa, pois que é justamente essa última, sua segunda língua, que vai ser usada com função social interativa, como elemento de comunicação escrita através das redes sociais por exemplo.

A língua portuguesa será usada ainda para ler notícias, fazer consultas, escrever para alguém ou ler as mensagens que receber, ao mesmo tempo em que usam a língua de sinais para conversar e, em algumas situações, até ler textos em sinais. Assim, os surdos podem ser considerados bilíngues bimodais, pois a modalidade da escrita, apesar de também ser visual, é gráfica, o que a diferencia da modalidade gestualvisual.

Ser bilíngue bimodal apresenta uma série de vantagens, pois além das pessoas estarem diante de duas identidades linguísticas diferentes que propicia vantagens de ordem sociocultural, tem-se ainda vantagens como: você pode falar à distância; enquanto mastiga; através de portas de vidro; em ambientes com muito barulho, como em discotecas e pode falar até debaixo d'água, além de valorizar o seu currículo e tornar a sociedade mais inclusiva, ou seja, vale a pena ser bilíngue bimodal.

Geraldo Nogueira. Subsecretário da Pessoa com Deficiência do Município do Rio de Janeiro Agência O Dia. Texto disponível em: https://odia.ig.com.br/opiniao/2018/11/5589537- surdos-os-bilingues-bimodais.html. Acesso em: 01 de novembro de 2018.


Considerando a sintaxe de concordância e regência, qual dos períodos abaixo NÃO está de acordo com a norma culta da Língua Portuguesa.

  • A Em 26 de setembro foi comemorado o Dia Nacional do Surdo (Lei nº11.796/2008). Esse dia foi escolhido como homenagem à data de criação, no Rio de Janeiro, da primeira Escola de Surdos do Brasil, hoje conhecida como Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines).
  • B A história de criação do INES se confunde com a história de criação da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Aliás aproveitamos para explicar que Libras é uma língua e não uma linguagem. Porque é um idioma oficial, reconhecido por lei federal (Lei nº 10.436/2002) e contém estrutura e regras próprias - tendo sido regulamentada desde 2010 a profissão de tradutor e intérprete de Libras.
  • C Ser bilíngue bimodal apresenta uma série de vantagens, pois além das pessoas estarem diante de duas identidades linguísticas diferentes que propicia vantagens de ordem sociocultural, tem-se ainda vantagens como: você pode falar à distância; enquanto mastiga; através de portas de vidro; em ambientes com muito barulho, como em discotecas e pode falar até debaixo d'água, além de valorizar o seu currículo e tornar a sociedade mais inclusiva, ou seja, vale a pena ser bilíngue bimodal.
  • D As crianças surdas adquirem a língua de sinais de forma natural e espontânea. Enquanto o acesso à língua portuguesa acontece formalmente. Esses fatos tornam a língua de sinais imprescindível ao desenvolvimento de uma linguagem para a criança surda. Porque línguas de sinais e línguas faladas são línguas em modalidades diferentes, assim, pode-se dizer que os surdos são bilíngues bimodais.
  • E Assim, os surdos podem ser considerados bilíngues bimodais, pois a modalidade da escrita, apesar de também ser visual, é gráfica, o que a diferencia da modalidade gestual-visual.
17

        Um estudo realizado por pesquisadores do Porto concluiu que a intervenção de enfermeiros especialistas em saúde mental, aliada _____ medicação, é significativamente mais eficaz _____ reduzir os níveis de ansiedade quando comparada com o tratamento apenas com medicamentos.

        A pesquisa, _____ que o jornal teve acesso, foi realizada por um grupo de pesquisadores do CINTESIS – Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde e da Escola Superior de Enfermagem do Porto e publicada no Journal of Advanced Nursing.

        Os resultados indicam um “efeito positivo da intervenção psicoterapêutica da enfermagem”, realizada por um enfermeiro especialista em saúde mental, registrando-se uma clara diminuição dos níveis de ansiedade e um aumento do autocontrole da ansiedade no final das cinco sessões (45 a 60 minutos/semana) realizadas em cinco semanas consecutivas.

(Expresso. https://expresso.sapo.pt. Adaptado)

A exemplo de “intervenção” – grafada com “ç” – e de “autocontrole” – grafado sem hífen –, estão correta e respectivamente grafados, em conformidade com a ortografia oficial, os termos:
  • A pretenção e autohemoterapia.
  • B intenção e autoobservação.
  • C compreenção e autoterapia.
  • D propenção e autofecundação.
  • E isenção e autodefesa.
18

Após avanços tecnológicos, medicina deve mirar empatia


Médicos sempre ocuparam uma posição de prestígio na sociedade. Afinal, cuidar do maior bem do indivíduo – a vida – não é algo trivial. Embora a finalidade do ofício seja a mesma, o modus operandi mudou drasticamente com o tempo.

O que se pode afirmar é que o foco da atuação médica deve ser cada vez menos o controle sobre o destino do paciente e mais a mediação e a interpretação de tecnologias, incluindo a famigerada inteligência artificial. Já o lado humanístico, que perdeu espaço para os exames e as máquinas, tende a recuperar cada vez mais sua importância.

De meados do século 20 até agora, concomitantemente às novas especialidades, houve avanço tecnológico e a proliferação de modalidades de exames. Cresceu o catálogo dos laboratórios e também a dependência do médico em relação a exames. A impressão dos pacientes passou a ser a de que o cuidado é ruim, caso o médico não os solicite.

O tema é caro a Jayme Murahovschi, referência em pediatria no país. “Tem que haver progressão tecnológica, claro, mas mais importante que isso é a ligação emocional com o paciente. Hoje médicos pedem muitos exames e os pacientes também.”

Murahovschi está entre os que acreditam que a profissão está sofrendo uma nova reviravolta, quase que voltando às origens clássicas, hipocráticas: “Os médicos do futuro, os que sobrarem, vão ter que conhecer o paciente a fundo, dar toda a atenção que ele precisa, usando muita tecnologia, mas com foco no paciente.”

Alguns profissionais poderão migrar para uma medicina mais técnica, preveem analistas.

Esses doutores teriam uma função diferente, atuando na interface entre o conhecimento biomédico e a tecnologia por trás de plataformas de diagnóstico e reabilitação. Ou ainda atuariam alimentando com dados uma plataforma de inteligência artificial, tornando-a mais esperta.

Outra tecnologia já presente é a telemedicina, que descentraliza a realização de consultas e exames. Clínicas e médicos generalistas podem, rapidamente e pela internet, contar com laudos de especialistas situados em diferentes localidades; uma junta médica pode discutir casos de pacientes e seria possível até a realização, a distância, de consultas propriamente ditas, se não existissem restrições do CFM nesse sentido.

Até cirurgias podem ser feitas a distância, com o advento da robótica. O tema continua fascinando médicos e pacientes, mas, por enquanto, nada de droides médicos à la Star Wars – quem controla o robô ainda é o ser humano.

(Gabriela Alves. Folha de S.Paulo, 19.10.2018. Adaptado)

No trecho do último parágrafo – quem controla o robô ainda é o ser humano –, o termo destacado apresenta circunstância adverbial de
  • A afirmação, como em: “tende a recuperar cada vez mais sua importância”.
  • B tempo, como em: “pode discutir, remotamente, diversos casos”.
  • C tempo, como em: “Hoje médicos pedem muitos exames”.
  • D afirmação, com em: “progressão tecnológica, claro, mas mais importante”. 
  • E intensidade, como em: “tornando-a mais esperta”.
19

Após avanços tecnológicos, medicina deve mirar empatia


Médicos sempre ocuparam uma posição de prestígio na sociedade. Afinal, cuidar do maior bem do indivíduo – a vida – não é algo trivial. Embora a finalidade do ofício seja a mesma, o modus operandi mudou drasticamente com o tempo.

O que se pode afirmar é que o foco da atuação médica deve ser cada vez menos o controle sobre o destino do paciente e mais a mediação e a interpretação de tecnologias, incluindo a famigerada inteligência artificial. Já o lado humanístico, que perdeu espaço para os exames e as máquinas, tende a recuperar cada vez mais sua importância.

De meados do século 20 até agora, concomitantemente às novas especialidades, houve avanço tecnológico e a proliferação de modalidades de exames. Cresceu o catálogo dos laboratórios e também a dependência do médico em relação a exames. A impressão dos pacientes passou a ser a de que o cuidado é ruim, caso o médico não os solicite.

O tema é caro a Jayme Murahovschi, referência em pediatria no país. “Tem que haver progressão tecnológica, claro, mas mais importante que isso é a ligação emocional com o paciente. Hoje médicos pedem muitos exames e os pacientes também.”

Murahovschi está entre os que acreditam que a profissão está sofrendo uma nova reviravolta, quase que voltando às origens clássicas, hipocráticas: “Os médicos do futuro, os que sobrarem, vão ter que conhecer o paciente a fundo, dar toda a atenção que ele precisa, usando muita tecnologia, mas com foco no paciente.”

Alguns profissionais poderão migrar para uma medicina mais técnica, preveem analistas.

Esses doutores teriam uma função diferente, atuando na interface entre o conhecimento biomédico e a tecnologia por trás de plataformas de diagnóstico e reabilitação. Ou ainda atuariam alimentando com dados uma plataforma de inteligência artificial, tornando-a mais esperta.

Outra tecnologia já presente é a telemedicina, que descentraliza a realização de consultas e exames. Clínicas e médicos generalistas podem, rapidamente e pela internet, contar com laudos de especialistas situados em diferentes localidades; uma junta médica pode discutir casos de pacientes e seria possível até a realização, a distância, de consultas propriamente ditas, se não existissem restrições do CFM nesse sentido.

Até cirurgias podem ser feitas a distância, com o advento da robótica. O tema continua fascinando médicos e pacientes, mas, por enquanto, nada de droides médicos à la Star Wars – quem controla o robô ainda é o ser humano.

(Gabriela Alves. Folha de S.Paulo, 19.10.2018. Adaptado)

Considere os trechos do texto.


•  Médicos sempre ocuparam uma posição de prestígio na sociedade. (1° parágrafo)

•  Já o lado humanístico, que perdeu espaço para os exames e as máquinas... (2° parágrafo)

•  Esses doutores teriam uma função diferente, atuando na interface... (7° parágrafo)


De acordo com a norma-padrão de emprego e colocação de pronomes, as expressões destacadas podem ser substituídas por:

  • A a ocuparam; o perdeu; a teriam.
  • B ocuparam-na; perdeu-o; teriam-na.
  • C ocuparam-lhe; o perdeu; a teriam.
  • D a ocuparam; o perdeu; teriam-na.
  • E ocuparam-na; perdeu-lhe; a teriam.
20

                                       Mundo arriscado


      O próximo governo não encontrará um ambiente econômico internacional sereno. Dúvidas sobre a continuidade do crescimento do Produto Interno Bruto global, juros em alta nos EUA, riscos de conflitos comerciais e de queda do fluxo de capitais para países emergentes são apenas alguns dos itens de um cardápio de problemas potenciais.

      Tudo indica, assim, que o governo brasileiro terá de lidar de pronto com as fragilidades domésticas, em especial o rombo das contas públicas. Não tardará até que investidores hoje aparentemente otimistas comecem a cobrar resultados concretos.

      As projeções para o avanço do PIB mundial têm sido reduzidas nos últimos meses. O Fundo Monetário Internacional cortou sua previsão para 2018 e 2019 em 0,2 ponto percentual – 3,7% em ambos os anos – e apontou um cenário de menor sincronia entre os principais motores regionais.

      Se até o início deste ano EUA, Europa e China davam sinais de vigor, agora acumulam-se decepções nos dois últimos casos.

      Mesmo com juros ainda perto de zero, a zona do euro não deverá crescer mais que 1,5% neste ano. Há crescente insegurança no âmbito político, neste momento centrada na Itália e seu governo de direita populista, que propõe expansão do déficit de um setor público já endividado em excesso.

      Não é animador que a Comissão Europeia tenha tomado a decisão inédita de rejeitar a proposta orçamentária da administração italiana. Embora o país ainda conserve o selo de bom pagador, os juros cobrados no mercado para financiar sua dívida dispararam.

      Quanto à China, sua economia mostra menos vigor, e as autoridades precisam tomar decisões difíceis entre conter as dívidas já exageradas e estimular o crescimento.

      O risco de escalada nos conflitos comerciais também é concreto, dado que o governo americano ameaça impor uma terceira rodada de tarifas, desta vez sobre os US$ 270 bilhões em vendas anuais chinesas que ainda não foram taxadas.

      Nos EUA, a alta dos juros, num contexto de emprego elevado e inflação perto da meta, já leva parte do mercado a temer uma desaceleração abrupta do PIB em 2019.

      A vantagem do Brasil, hoje, é que há ampla ociosidade nas empresas, baixa inflação e, portanto, espaço para uma retomada mais forte.

                                            (Editorial. Folha de S.Paulo, 01.11.2018. Adaptado)

A exemplo de “sincronia” (sem acento, 3° parágrafo), “decepções” (grafado com “ç”, 4° parágrafo) e “excesso” (grafado com “ex”, 5° parágrafo), estão corretamente escritos, em conformidade com a ortografia oficial, os termos:
  • A insonia; invenções; extemporâneo.
  • B saxonia; erupções; exdrúxulo.
  • C agonia; exceções; extraditar.
  • D eufonia; obceções; exponencial.
  • E amonia; perverções; expetacular.

Noções de Informática

21

 Considerando uma apresentação com 10 slides no Microsoft PowerPoint 201 0, em sua configuração padrão, sendo que o slide ativo é o slide 10 e ele está oculto, assim como o slide 1 também está oculto, assinale a alternativa correta.

  • A Ao pressionar as teclas SHIFT+F5 para iniciar o modo de apresentação, a apresentação inicia-se pelo slide 11.

  • B Ao pressionar as teclas SHIFT+F5 para iniciar o modo de apresentação, a apresentação inicia-se pelo slide 1.

  • C Ao pressionar a tecla F5 para iniciar o modo de apresentação, a apresentação inicia-se pelo slide 1.

  • D Ao pressionar a tecla F5 para iniciar o modo de apresentação, a apresentação inicia-se pelo slide 10.
  • E Ao pressionar a tecla F5 para iniciar o modo de apresentação, a apresentação inicia-se pelo slide 2.

22

Têm-se os seguintes recursos para aplicar na edição de um texto.


I - Formatação em negrito

II - Localizar e substituir

III - Alterar a fonte de letra


Considerando os aplicativos Bloco de Notas e WordPad, em um computador com Microsoft Windows 7, em sua configuração original, assinale a alternativa que indica corretamente onde cada recurso, de I a III, pode ser aplicado.

  • A I - Ambos; II - ambos; III - ambos.
  • B I - Wordpad, apenas; II - ambos; III - ambos.
  • C I - Ambos; II - ambos; III - Bloco de Notas, apenas.
  • D I - Bloco de Notas, apenas; II - WordPad, apenas; III - ambos.
  • E I - Wordpad, apenas; II - Wordpad, apenas; III - Wordpad, apenas.
23

Analise as seguintes afirmativas abaixo sobre as formas de salvar um documento no Writer pertencente ao pacote LibreOffice.


I - Pressione Control + S

II - Clique no botão Salvar na barra de ferramenta principal.

III- Escolha Editar → Salvar


Estão CORRETAS as afirmativas:

  • A I e II apenas.
  • B I e III, apenas.
  • C I apenas.
  • D II e III apenas.
  • E I, II e III.
24
Um spyware é um programa desenvolvido para monitorar as atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros. Com relação a esse assunto, assinale a alternativa correspondente a um programa que pode ser classificado como um spyware
  • A Rootkit 
  • B Backdoor 
  • C Adware 
  • D Vírus
  • E Worms
25

“É responsável pela configuração dinâmica de endereços IP em uma rede de computadores, ou seja, atribui automaticamente um endereço IP quando um computador é inicializado ou conectado a uma rede de computadores”.


O trecho textual acima se refere ao protocolo:

  • A SMTP.
  • B IMAP.
  • C HTTP.
  • D SNMP.
  • E DHCP.
26
A conexão entre a unidade de disco rígido e o sistema de computação acontece por meio da interface controladora. As primeiras unidades de disco apresentavam problemas com essa conexão, pois quando havia necessidade de aumentar a taxa de transferência, ocorria aumento de ruído na conexão. Para solucionar essa problemática, uma determinada empresa incorporou a interface controladora à própria unidade de disco rígido. Essa tecnologia ficou conhecida como: 
  • A Serial Interface Device Control, implantada pela empresa Seagate.
  • B Integrated Drive Electronic, implantada pela empresa Western Digital.
  • C Hard Disk Interface Control, implantada pela empresa Fujitsu.
  • D Serial Drive Control Interface, implantada pela empresa Samsung.
  • E Interface Hard Disk Control, implantada pela empresa Maxtor.
27

Para responder a questão, considere que todos os programas mencionados foram instalados e configurados no modo padrão e podem estar na versão de 32 ou 64 bits. Nenhum recurso extra foi adicionado, tais como plug-ins, complementos, etc. Considere que o teclado, quando mencionado, encontra-se no padrão ABNT2 - PT-BR e também que o mouse está no modo padrão.
Durante a operação de computadores, dados são armazenados e trocados entre diversos componentes de hardware, tais como CPU, memória RAM, disco rígido (HDD) e/ou SSD (Solid-State Drive). Assinale a alternativa correta a respeito desses componentes.
  • A A principal função da CPU é armazenar dados.
  • B O HDD é uma memória não volátil, ou seja, mantém os dados armazenados mesmo após o desligamento do computador.
  • C O SSD é uma memória volátil, ou seja, não mantém os dados armazenados após o desligamento do computador.
  • D A memória RAM é não volátil, ou seja, mantém os dados armazenados mesmo após o desligamento do computador.
  • E O componente de hardware responsável pelo processamento dos dados é a memória RAM.
28
Por padrão, as extensões .ODS e .ODT, respectivamente, pertencem a que programas do Pacote LibreOffice 5.0?
  • A Impress e Writer.
  • B Calc e Writer.
  • C Writer e Impress.
  • D Impress e Calc.
  • E Calc e Impress.
29
Sobre os componentes de um sistema computacional, é INCORRETO afirmar que:
  • A Hardware são componentes físicos que fazem parte da máquina, tais como fios, discos rígidos, teclado, mouse e outros.
  • B Softwares são os programas que fazem a máquina funcionar, incluindo o sistema operacional e os aplicativos.
  • C O hard drive armazena as informações contidas no computador a longo prazo.
  • D A memória RAM é conhecida como memória não volátil.
  • E Uma memória volátil perde o conteúdo armazenado quando a energia de alimentação é retirada.
30
Sobre os dados de uma planilha criada no LibreOffice Calc, foi aplicada a função =SOMASE(A1:A5;”M”;B1:B5). Essa função permitirá: 
  • A somar os valores contidos no intervalo B1 a B5, cujo conteúdo da célula da coluna A da linha correspondente seja igual a M.
  • B somar o número de vezes que o valor M aparece no intervalo de células A1 a B5.
  • C somar os valores contidos no intervalo de A1 a A5.
  • D somar os valores contidos no intervalo de A1 a A5, cujo conteúdo da célula da coluna B da linha correspondente seja igual a M.
  • E somar os valores contidos no intervalo B1 a B5.
Voltar para lista