Resolver o Simulado VUNESP - Nível Médio

0 / 55

Português

1

Considere o diálogo entre as personagens Hermes e Naná para responder às questões de números 10 e 11.

No segundo quadrinho, é correto concluir que Naná emprega o pronome lhes referindo-se

  • A ao Presidente da República
  • B ao Ministro da Fazenda.
  • C aos banqueiros.
  • D aos governantes.
  • E aos jornalistas.
2
Texto

1º/4/1964 – Cena de rua

Minha filha chega da escola dizendo que há revolução na rua. Em companhia de Carlos Drummond de Andrade,
meu vizinho no Posto 6, fui ver o que estava se passando.
Vejo um general comandar alguns rapazes naquilo que mais tarde um repórter chamou de “gloriosa barricada”. Os
rapazes arrancam bancos e árvores impedem o cruzamento da av. Atlântica com a rua Joaquim Nabuco. O general
destina-se a missão mais importante: apanha dois paralelepípedos e concentra-se na façanha de colocar um em cima do
outro. Vendo-o em tarefa tão insignificante, pergunto-lhe para que aqueles paralelepípedos tão sabiamente colocados
um sobre o outro. “Isso é para impedir os tanques do 1º Exército!”
Acreditava, até então, que dificilmente se deteria um exército com dois paralelepípedos ali na esquina da rua onde
moro. Ouço no rádio que a medida do general foi eficaz: o 1º Exército, em sabendo que havia tão sólida resistência,
desistiu do vexame: aderiu aos que se chamavam de rebeldes.
Nessa altura, há confusão na av. N. S. de Copacabana, pois ninguém sabe o que significa “aderir aos rebeldes”. A
confusão é rápida. Não há rebeldes e todos, rebeldes ou não, aderem, que a natural tendência da humana espécie é
aderir. Erguem o general em triunfo. Vejo o bravo general passar em glória sobre minha cabeça.
Olho o chão, os dois paralelepípedos lá estão, intactos, invencidos, um em cima do outro. Vou lá, com a ponta do
sapato tento derrubá-los. É coisa fácil. Das janelas, cai papel picado. Senhoras pias exibem seus pios lençóis e surge uma
bandeira nacional. Cantam o hino e declaram todos que a pátria está salva.
Minha filha, ao meu lado, pede uma explicação para aquilo tudo. “É carnaval, papai?” “Não.” “É Copa do Mundo?”
“Também não.”
Ela fica sem saber o que é. Eu também. Recolho-me ao sossego e sinto na boca um gosto azedo de covardia.

(Carlos Heitor Cony. Cena de rua. Folha de São Paulo. 01/04/2014.
Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/carlosheitorcony/2014/04/1433846-141964---cena-de-rua.shtml.)



De modo geral, os verbos são flexionados no presente do indicativo para exprimirem fatos que ocorrem no mesmo momento em que o falante os observa. Porém, esse tempo verbal também pode ser empregado para fazer referência a fatos passados,
  • A indicando uma ocorrência habitual, costumeira.
  • B que foram totalmente concluídos antes do momento da fala.
  • C que não haviam chegado ao seu final no momento em que outro fato aconteceu.
  • D mostrando-os como se tivessem acontecendo no momento da fala, a fim de aproximá-los do leitor.
3
Cidadania, essa raridade

Todos deveríamos ser cidadãos. Desde o início dos tempos. Mas, ainda hoje, se fosse possível contar individualmente as pessoas deste planeta que vivem na plenitude de seus direitos (civis, sociais, políticos), descobriríamos, estarrecidos, que o ser humano ainda não faz justiça à qualificação de “animal racional”.
Definitivamente, a cidadania não está ao alcance de todos, nem de quase todos. O que é preciso para termos um mundo habitado só por cidadãos? Antes de mais nada, educação, um bem público, um dever do Estado. É a educação que vai libertar o indivíduo da pré-história, tirando-o do atraso e da ignorância. Educado, o ser humano terá pela frente um horizonte de conhecimentos que lhe permitirá adquirir consciência de seus direitos fundamentais (e lutar por eles, para si e para os outros).
É preciso que o ser humano desperte para seus direitos, faça valer o que está nas constituições, porque é nelas que estão expressos esses direitos humanos que não chegam a todos os cidadãos.
Nem tudo está perdido, porém. Bem ou mal, aos trancos ou barrancos, o que se percebe no mundo é que a tal consciência da cidadania se expande por todos os cantos, ampliando o território dos direitos e garantias, seja através de ações isoladas, de ONGs e movimentos sociais e até mesmo de participações governamentais.
Algum dia, cada indivíduo deste planeta terá se tornado um cidadão. Resta saber quando será esse dia no calendário da desigualdade social.

(Carlos Eduardo Novaes. Cidadania para Principiantes. 2012. Adaptado)


No trecho – ... descobriríamos, estarrecidos, que o ser humano ainda não faz justiça à qualificação de “animal racional”. – a palavra destacada pode ser substituída, sem alteração de sentido, por

  • A conformados.
  • B indiferentes.
  • C tranquilos.
  • D entusiasmados.
  • E espantados.
4
Ai que preguiça

O corpo humano é uma máquina desenhada para o movimento. É dotado de dobradiças, músculos que formam alavancas capazes de deslocar o esqueleto em qualquer direção, ossos resistentes, ligamentos elásticos que amortecem choques e sistemas de alta complexidade para mobilizar energia, consumir oxigênio e manter a temperatura interna constante. Em 6 milhões de anos, a seleção natural se encarregou de eliminar os portadores de características genéticas que dificultavam a movimentação necessária para ir atrás de alimentos, construir abrigos e fugir de predadores.
Se o corpo humano fosse projetado para os usos de hoje, para que pernas tão compridas e braços tão longos? Se fossem só para ir de um assento a outro, nossas pernas poderiam ter metade do comprimento. Se os braços servissem apenas para alcançar o teclado do computador, para que antebraços? Seríamos anões de membros atrofiados, mas com um traseiro enorme, acolchoado, para nos dar conforto nas cadeiras.
A possibilidade de ganharmos a vida sem andar é aquisição dos últimos 50 anos. A disponibilidade de alimentos de qualidade acessíveis a grandes massas populacionais, mais recente ainda.
Para quem já morou em cavernas, a adaptação a um meio com alimentação rica em nutrientes e tecnologia para fazer chegar em nossas mãos tudo de que necessitamos foi imediata. Os efeitos adversos desse estilo de vida, no entanto, não demoraram para surgir: sedentarismo, obesidade e seu cortejo nefasto: complicações cardiovasculares, diabetes, câncer, degenerações neurológicas, doenças reumáticas e muitas outras.
Se todos reconhecem que a atividade física faz bem para o organismo, por que ninguém se exercita com regularidade?
Por uma razão simples: descontadas as brincadeiras da infância, fase de aprendizado, os animais nunca desperdiçam energia. Só o fazem atrás de alimento, sexo ou para escapar de predadores. Satisfeitas as três necessidades, permanecem em repouso.
Vá ao zoológico. Você verá uma onça dando um pique para manter a forma? Um chimpanzé - com quem compartilhamos 99% de nossos genes - correndo para perder a barriga?
É tão difícil abandonar a vida sedentária porque desperdiçar energia vai contra a natureza humana. Quando você ouvir alguém dizendo que, todos os dias, pula da cama louco de disposição para o exercício, pode ter certeza: é mentira. Essa vontade pode nos visitar num sítio ou na praia com os amigos, na rotina diária jamais.
Digo por experiência própria. Há 20 anos corro maratonas, provas de 42 quilômetros que me obrigam a levantar às cinco e meia para treinar. Fiz um trato comigo mesmo: ao acordar, só posso desistir de correr depois de vestir calção, camiseta e calçar o tênis. Se me permitir tomar essa decisão deitado na cama, cada manhã terei uma desculpa. Não há limite para as justificativas que a preguiça é capaz de inventar nessa hora.
Ao contrário do que os treinadores preconizam, não faço alongamento antes, já saio correndo, única maneira de resistir ao ímpeto de voltar para a cama. O primeiro quilômetro é dominado por um pensamento recorrente: “Não há o que justifique um homem a passar pelo que estou passando”.
Vencido esse martírio inicial, a corrida se torna suportável. Boa mesmo, só fica quando acaba. Nessa hora, a circulação inundada de endorfinas traz uma sensação de paz celestial.
Por isso, caro leitor, se você está à espera da chegada da disposição física para sair da vadiagem em 2014, tire o cavalo da chuva: ela não virá. Praticar exercícios com regularidade exige disciplina militar, a mesma que você tem na hora de ir para o trabalho.

(Drauzio Varella, Folha de S.Paulo, 11.01.2014, http://zip.net/bgl5Xn~. Adaptado)


Assinale a alternativa que completa, correta e respectivamente, as lacunas da frase, de acordo com as informações do texto e com a norma-padrão da língua portuguesa.
_____________ , hoje, o homem não__________ se locomover muito para ter suas necessidades básicas atendidas, seu corpo ainda conserva características de quando a locomoção era ____________para sua___________ .

  • A Mesmo que ... precise ... prescindível ... sobrevivência
  • B Ainda que ... precisa ... supérflua ... manutenção
  • C Enquanto ... precisa ... crucial ... extinção
  • D Embora ... precise ... essencial ... subsistência
  • E Apesar de ... precisa ... vital ... estabilidade
5

TEXTO 9

“Ao final dos anos 80, a Petrobras se encontrava diante do desafio de produzir petróleo em águas abaixo de 500 metros, feito não conseguido então por nenhuma companhia no mundo. Num gesto de ousadia, decidiu desenvolver no Brasil a tecnologia necessária para produzir em águas até mil metros. O sucesso foi total. Menos de uma década depois, a Petrobras dispõe de tecnologia comprovada para produção de petróleo em águas muito profundas. O último recorde foi obtido em janeiro de 1999 no campo de Roncador, na Bacia de Campos, produzindo a 1.853 metros de profundidade. Mas a escalada não para. Ao encerrar-se a década, a empresa prepara-se para superar, mais uma vez, seus próprios limites. A meta, agora, são os 3 mil metros de profundidade, a serem alcançados mediante projetos que aliam a inovação tecnológica à redução de custos.”

O tipo textual predominante que caracteriza o TEXTO 9 é a:

  • A narração.
  • B predição
  • C instrução
  • D descrição.
  • E argumentação
6

Profissionais da Esmola


     Atrás de dinheiro fácil, vale fazer de tudo nas esquinas de São Paulo. Vale se fantasiar com uma roupa surrada, fazer cara de pelo amor de Deus com criança no colo, cantar no farol ou até usar cadeira de rodas mesmo sendo capaz de andar.

     Uma reportagem constatou o sucesso dessas artimanhas ao acompanhar a rotina de sete pessoas que transformaram mendicância em profissão, ou seja, não se trata de miseráveis que não encontram outra forma de sobreviver. Todos têm residência fixa e declaram receber entre 30 e 100 reais por dia. Às vezes, fazem ponto em mais de um lugar. Sem nem sequer vender uma bala, essas pessoas faturam, em média, 600 reais por mês. Um bom negócio se comparado ao salário mínimo.

     A fonte que alimenta a mendicância é vasta. Quatro em cada dez paulistanos dão esmola nos semáforos. Em vez de ajudar, quem dá esmola faz da mendicância um trabalho rentável.

     Idade avançada ou problemas físicos, usados frequentemente como desculpa para justificar a situação da maioria desses pedintes, não os impedem de viajar horas de ônibus, da periferia até os cruzamentos escolhidos.

     Mendicância deixou de ser contravenção penal. O artigo que previa prisão de quinze dias a três meses para a prática foi revogado em 2009. Entretanto, a questão é delicada. É difícil separar quem está precisando de ajuda por uma circunstância infeliz da vida daqueles que fizeram da mendicância um emprego.

(Veja, ago.2009. Adaptado)

No trecho – Idade avançada ou problemas físicos, usados frequentemente como desculpa para justificar a situação da maioria desses pedintes, não os impedem de viajar horas de ônibus, da periferia até os cruzamentos escolhidos. – o pronome destacado refere-se a

  • A problemas físicos.
  • B pedintes.
  • C ônibus.
  • D cruzamentos.
  • E escolhidos.
7

O Hatha yoga pradipika, sagrada escritura do hatha
yoga, escrita no século 15 da era atual, diz que, antes de nos
aventurarmos na prática de austeridade e códigos morais,
devemos nos preparar. Autocontrole e disciplina sem preparação
adequada__________ criar mais problemas mentais
e de personalidade do que paz de espírito. A beleza dessa
escritura é que ela resolve o grande problema que todo iniciante
enfrenta: dominar a mente.
Devido___________abordagem corporal, o hatha yoga
ficou conhecido – de modo equivocado – como uma categoria
de ioga___________trabalha apenas as valências físicas
(força, flexibilidade, resistência, equilíbrio e outras), quase
como ginástica oriental. Isso não é verdade.
(Ciência Hoje, julho de 2012. Adaptado.)

De acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, as lacunas do texto devem ser preenchidas, respectivamente, com

  • A pode – a essa – aonde.
  • B podem – a essa – que.
  • C pode – à essa – o qual.
  • D podem – essa – com que.
  • E pode – essa – onde.
8

Leia o texto para responder à questão.

Ideologia e saúde

A ideologia é um troço esquisito. Ela não se limita a turvar a visão das pessoas em relação aos assuntos de sempre, como papel do Estado, aborto, legalização das drogas, mas também está sempre em busca de novos temas sobre os quais possa lançar seus feitiços.

Um caso bem documentado desse fenômeno é a atitude dos norte-americanos em relação ao aquecimento global. Mais ou menos até os anos 80, a proteção ambiental em geral e o efeito estufa em particular não constituíam questões ideológicas. A probabilidade de um político norte-americano defender uma plataforma ambientalista era muito baixa, fosse ele democrata ou republicano.

Do final dos anos 90 para cá, porém, o panorama mudou bastante.

Agora, assistimos praticamente ao vivo a um movimento semelhante em relação a um tema improvável: as vacinas. Os EUA vivem hoje um surto de sarampo que pode ser diretamente ligado à queda nas taxas de vacinação. E há dois tipos de pais que deixam deliberadamente de vacinar seus filhos.

Pela direita, temos ultraconservadores religiosos que desconfiam de tudo o que venha de cientistas ou do governo e, pela esquerda, há, principalmente na Califórnia, bolsões de liberais desmiolados que acreditam sem base fática que a vacina tríplice viral está associada a casos de autismo.

Em comum, ambos colocam suas convicções, que têm muito mais de emocional que de racional, à frente de sólidas evidências científicas. Pior, sua obstinação faz com que ponham em risco não só seus próprios filhos como também terceiros. Nunca foi tão verdadeira a máxima segundo a qual a ideologia faz mal à saúde.

(Hélio Schwartsman. Folha de S.Paulo. 08.02.2015. Adaptado)

Assinale a alternativa cujo termo destacado está empregado, no contexto, em sentido figurado.

  • A … está sempre em busca de novos temas sobre os quais possa lançar seus feitiços.
  • B A probabilidade de um político norte-americano defender uma plataforma ambientalista era muito baixa…
  • C E há dois tipos de pais que deixam deliberadamente de vacinar seus filhos.
  • D … acreditam sem base fática que a vacina tríplice viral está associada a casos de autismo.
  • E … colocam suas convicções, que têm muito mais de emocional que de racional, à frente de sólidas evidências científicas.
9

Assinale a alternativa em que a concordância está de acordo com a norma-­padrão da língua portuguesa.

  • A Os pesquisadores apresentam opiniões diversa a respeito da evolução humana.
  • B Apesar das análises estatísticas, o resultado dos estudos ainda é inconclusivo.
  • C Os pesquisadores continuam determinado, em busca de provar suas teorias.
  • D Continuam as pesquisa com a finalidade de se provarem as teorias defendidas.
  • E Os meios dos quais cientistas se valem para corroborar suas teses é muito variado.
10

O Ateneu era o grande colégio da época.
“Vais encontrar o mundo, disse-me meu pai, à porta do Ateneu. Coragem para a luta.” Bastante experimentei depois a verdade deste aviso, que me despia, num gesto, das ilusões de criança educada exoticamente na estufa de carinho que é o regime do amor doméstico, diferente do que se encontra fora, tão diferente ... [...]
Eu tinha 11 anos.

Eu tinha 11 anos. Frequentara como externo, durante alguns meses, uma escola familiar do Caminho Novo, onde algumas senhoras inglesas, sob a direção do pai, distribuíam educação à infância como melhor lhes parecia.

[...]
Apesar deste ensaio da vida escolar a que me sujeitou a família, antes da verdadeira provação, eu estava perfeitamente virgem para as sensações novas da nova fase. O internato! Destacado do conchego placentário da dieta caseira, vinha próximo o momento de se definir a minha individualidade. Amarguei por antecipação o adeus às primeiras alegrias; olhei triste os meus brinquedos, antigos já!

[...]

Um dia, meu pai tomou-me pela mão, minha mãe beijou-me a testa, molhando-me de lágrimas os cabelos e eu parti.

(O Ateneu, Raul Pompeia, Ed. Nova Fronteira, 2011. Excertos. Adaptado)

No trecho inicial do texto, as frases – “Vais encon-trar o mundo, (…). Coragem para a luta.” – são dirigidas _____________ e a forma verbal “Vais” está na ____________

Assinale a alternativa que completa, correta e respectiva- mente, as lacunas do texto.

  • A aos alunos do Ateneu ... 2.ª pessoa do singular (Tu)
  • B ao narrador (aquele que relata os fatos) ... 3.ª pessoa do singular (Você).
  • C aos estudantes do Ateneu ... 2.ª pessoa do plural (Vós).
  • D ao narrador (aquele que relata os fatos) ... 2.ª pessoa do singular (Tu)
  • E a qualquer aluno do Ateneu ... 2.ª pessoa do plural (Vós).
11
O brasileiro sabe da importância da leitura para progredir na vida,................ continua considerando a atividade desinteressante. Este é o principal diagnóstico da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, divulgada nesta semana pelo Instituto Pró­Livro.Foram............ mais de cinco mil pessoas em 315 municípios e os resultados apontam que apenas metade delas ...................... O critério é ter lido pelo menos um livro nos últimos três meses. O estudo também demonstra que o hábito da leitura está conectado com a frequência à escola. Entre os que estudam estão apenas 16% do total da população de não leitores. Mesmo entre aqueles considerados leitores, a média de obras lidas é 1,4 para quem não está estudando ante 3,4 para quem estuda (considerando os últimos três meses).
(http://noticias.uol.com.br. Adaptado.)


As lacunas do texto são preenchidas, correta e respectivamente, por

  • A mas – entrevistadas – pode ser considerada leitora.
  • B ainda assim – entrevistado – pode ser consideradas leitoras.
  • C já que – entrevistada – podem ser considerada leitora.
  • D por isso – entrevistado – podem ser considerada leitoras.
  • E apesar disso – entrevistados – podem ser consideradas leitoras.
12

Leia o texto “Infância na praia”, de Danuza Leão, para responder à questão.


Não se pode dar corda à memória: a gente começa brincando, mas ela não faz cerimônia e vai invadindo nossas mentes e nossos corações. Para mim são, ainda e sempre, as recordações da infância na praia muito mais fortes do que eu podia imaginar.

No terreno das brincadeiras, a mais comum era o caldo: quem não se lembra do terror de levar um? Também se brincava de jogar areia nos outros, aos gritos, para horror dos adultos, e a pior de todas: se deixar ser enterrada ficando só com a cabeça de fora, e todo mundo fingir que ia embora, só de maldade, deixando você sozinha e esquecida.

No terreno mais leve, a grande proeza era mergulhar e passar por baixo das pernas abertas da prima, lembra? Aliás, essa é uma raça em extinção: as primas. Elas eram muitas, e a convivência, intensa. Hoje, nas cidades grandes, existem poucas tias e pouquíssimas primas.

As crianças catavam conchas para colar, e era difícil fazer um buraquinho com um prego e um martelinho, sem quebrar a concha, para passar o barbante. As cor-de-rosa eram as mais lindas, e, quando se encontrava um búzio, era uma verdadeira festa. As conchas acabaram; onde terão ido parar?

No final da tarde, a praia já sem sol, voltavam os barcos de pesca: as pessoas ficavam em volta comprando o peixe nosso de cada dia, que seria feito naquela mesma noite. Naquele tempo não havia nem alface nem tomate nem molho de maracujá, e para dar uma corzinha na comida se usava colorau – já ouviu falar?

Camarão só às vezes, mas, em compensação, havia cações com a carne rija, que davam uma moqueca muito boa. Os peixes eram vendidos por lote, não custavam quase nada, e o que sobrava era distribuído ali mesmo. Mas os fregueses eram honestos, e ninguém deixava de comprar para levar algum de graça, no final das transações.

Às vezes corria um boato assustador: de que o mar estava cheio de águas-vivas, o que era um acontecimento. Água-viva é uma rodela gelatinosa que, segundo diziam, se encostasse no corpo, queimava como fogo. Ia todo mundo para a beira da água tentando ver alguma, mas ninguém entrava no mar, de medo. No dia seguinte, a areia estava cheia delas, e com uma varinha a gente ficava mexendo, sempre com muito cuidado: afinal, era uma gelatina, mas viva – uma coisa mesmo muito estranha.

Para evitar queimaduras, se usava óleo Dagele, e se alguém dissesse que anos depois uma massagem de algas, daquelas mesmas algas verdes e marrons com as quais a gente dançava dentro da água, não custaria menos de US$ 100 em Nova York ou Paris, ninguém acreditaria.

Naquele tempo não havia refrigerantes, não se tomava água gelada, e as crianças rezavam uma ave-maria antes de dormir, sendo que algumas ajoelhadas.

Não havia abajur nas mesas de cabeceira e na hora de dormir se apagava a luz do teto, com sono ou sem sono, e ficávamos com os pensamentos voando, esperando o sono chegar.

E ninguém se queixava de nada, até porque não havia do que se queixar, porque era assim e pronto.

(Folha de S.Paulo, 17.04.2005. Adaptado)

As interrogações em destaque, no segundo e no terceiro parágrafo do texto, indicam que a autora

  • A admite que era uma criança medrosa e se sentia abandonada quando os adultos fingiam ir embora da praia.
  • B pressupõe que os leitores tenham desfrutado, como ela, das mesmas brincadeiras de infância.
  • C lamenta o distanciamento que se criou entre primos e primas agora que todos são adultos.
  • D reconhece que as lembranças da infância são mais significativas do que ela supunha.
  • E procura, mesmo incerta sobre alguns fatos, descrever para os leitores como foi sua infância na praia.
13

Nas questões de números 19 e 20, assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas das frases dadas.

________ que as esmolas não _____  ________, no final do mês ________ chegar a valores consideráveis.

  • A Logo … seja … valiosa … podem
  • B Ainda … sejam … valiosas … pode
  • C Desde … seja … valiosas … pode
  • D Mesmo … sejam … valiosas … podem
  • E À medida … sejam … valiosa … podem
14

Observe as frases do texto:


De fato, o álbum de fotos das crianças e o das férias são os grandes repertórios do sorriso. (quarto parágrafo)


Em suma, estampado na cara das crianças ou na nossa, o sorriso é, hoje, o grande sinal exterior da capacidade de aproveitar a vida. (quinto parágrafo)


Em tese, a valorização ajuda a alcançar o que é valorizado – por exemplo, se valorizo as boas notas, estudo mais etc. (sétimo parágrafo)


Assinale a alternativa cujas palavras estão corretas no que se refere à ortografia e substituem, respectivamente, as expressões destacadas nas frases, preservando a informação do texto.

  • A Enfaticamente – Resumidamente – Teoricamente
  • B Verdadeiramente – Sumáriamente – Teoricamente
  • C Realmente – Resumidamente – Teoricamente
  • D Fatalmente – Sumariamente – Teóricamente
  • E Fatidicamente – Resumidamente – Teóricamente
15

Leia o texto para responder às questões de números 07 a 13.

Conama decide sobre resíduos em adubo

O Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) decidirá se aprova uma resolução que regulariza o uso de resíduos industriais como matéria-prima para a produção de adubos. Essa resolução tem causado protestos de ambientalistas e motivou a realização de um abaixo-assinado, contrário à aprovação, na página de petições on-line Avaaz.
A preocupação está no fato de que tais resíduos - como cinzas, lama e escória de processos de produção de ligas de metais - ao mesmo tempo que trazem micronutrientes essenciais para a produção de fertilizantes (cobre, manganês, molibdênio e zinco), carregam metais pesados com potencial cancerígeno.
O assunto está em discussão no Conama há cerca de oito anos e voltou à pauta neste ano, diante da sensação de que, como a prática acontece de qualquer jeito, seria preciso regulamentá-la. Pela proposta, se fosse feito um tratamento desses resíduos, e dentro de determinados limites de contaminantes, seria possível o uso desse material em adubos. Uma série de pareceres anexados ao processo, até mesmo do Ministério da Saúde, aponta, entretanto, que não há limite mínimo seguro para a presença de metais pesados.
O risco é que metais como chumbo, mercúrio, arsênio, cromo e cádmio se acumulem no solo e na água, contaminando as plantas, os animais e os seres humanos.
Segundo o ambientalista Carlos Bocuhy, membro do Conama que liderou o abaixo-assinado, a resolução se insere no que ele chama de “processo de conformação” sobre procedimentos que já ocorrem.
“Só porque acontecem, não significa que devam ser regulamentados. Se isso for aprovado, vai parar na Justiça, é uma questão de constitucionalidade. Passa a ser um problema de saúde pública”, afirma.
Um outro parecer, feito por pesquisadores da USP e da Federal do ABC, também traz conclusão semelhante e ainda acrescenta que o uso desses resíduos pode criar barreiras à exportação de produtos agrícolas.
O Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam) defende uma proposta alternativa de resolução em que o uso desses resíduos industriais só seja admitido em duas possibilidades. Ou se extraem deles os elementos de interesse para os fertilizantes, ou se eliminam totalmente os metais pesados.
O promotor ambiental de São Paulo, Adriano A. de Souza, lembra que a fragilidade da proposta se deve à inexistência de controle eficiente em torno de contaminações do solo.

(O Estado de S.Paulo, 4 set.2013. Adaptado)

No trecho – O assunto está em discussão no Conama há cerca de oito anos e voltou à pauta neste ano, diante da sensação de que, como a prática acontece de qualquer jeito, seria preciso regulamentá-la. (3.º parágrafo) –, a forma la (l + pronome pessoal oblíquo a = la) refere-se a

  • A prática.
  • B proposta.
  • C discussão.
  • D pauta.
  • E sensação.

Matemática

16

Para a montagem de molduras, três barras de alumí­nio deverão ser cortadas em pedaços de comprimen­to igual, sendo este o maior possível, de modo que não reste nenhum pedaço nas barras. Se as barras medem 1,5 m, 2,4 m e 3 m, então o número máximo de molduras quadradas que podem ser montadas com os pedaços obtidos é

  • A 3
  • B 6
  • C 4
  • D 5
  • E 7
17

No último Natal, do total da população carcerária de certa unidade prisional, 1/5 teve o indulto natalino para sair temeporariamente. Desses que saíram, 15% não retornaram à unidade, o que corresponde a 24 homens. Pode-se dizer que o total da população carcerária dessa unidade é

  • A 600.
  • B 800.
  • C 540.
  • D 480.
  • E 640.
18
Para abrir determinado arquivo, um usuário deve digitar uma sequência de 5 letras (v, x, y, w e z) numa certa ordem, sem repeti-las. Sabe-se que, na ordem correta: z está posicionado à direita de v e à esquerda de y; x está posicionado à esquerda de w, que está à direita de z; x e w não estão posicionados lado a lado; v e z estão posicionados lado a lado, assim como z e w. Desse modo, pode-se afirmar que, na ordem correta dessa sequência, a 2.ª e a 4.ª letras que devem ser corretamente digitadas são, respectivamente,
  • A v e w.
  • B y e x.
  • C x e w.
  • D x e z.
  • E v e y.
19

A altura de um trapézio isósceles é 12 cm e a medida de cada um dos lados não paralelos é 13 cm, conforme mostra a figura, que está fora de escala.



A diferença, em cm, da base maior para a base menor é igual a

  • A 6
  • B 7
  • C 8
  • D 9
  • E 10
20

A prefeitura de uma cidade construiu um jardim, na forma de um círculo, e o dividiu em três setores de tamanhos diferentes, com ângulos centrais de medidas α, ß e y, conforme mostra a figura.



Sabendo que a medida do ângulo α corresponde a 5 vezes a medida do ângulo y, e que a medida do ângulo ß corresponde a 60% da medida do ângulo α, então, a medida, em graus, da soma dos ângulos ß e y é

  • A 175°.
  • B 160°.
  • C 145°.
  • D 130°.
  • E 110°.
21

A figura seguinte, cujas dimensões estão indicadas em metros, mostra as regiões R1 e R2 , ambas com formato de triângulos retângulos, situadas em uma praça e destinadas a atividades de recreação infantil para faixas etárias distintas.

Se a área de R1 é 54 m², então o perímetro de R2 é, em metros, igual a

  • A 54.
  • B 48.
  • C 36.
  • D 40.
  • E 42.
22

Se Júlia é enfermeira, então Mônica não é professora. Se Paulo é professor, então Lorena não é médica. Constata-se que Paulo e Mônica são professores. Logo,

  • A Júlia não é enfermeira e Lorena não é médica.
  • B Júlia não é enfermeira e Lorena é médica.
  • C Júlia é enfermeira e Lorena não é médica.
  • D Júlia é enfermeira e Lorena é médica.
  • E Júlia é enfermeira ou Lorena é médica.

Raciocínio Lógico

23
Maurício viaja a Brasília a cada 6 dias, sempre no mesmo voo. Ele notou que um certo passageiro sempre o acompanha nessa viagem um voo sim e um voo não. Curioso, ele resolveu conversar com esse passageiro sobre essa regularidade e acabou descobrindo que isso se devia ao fato de que ele viajava a Brasília naquele voo a cada
  • A 3 dias.
  • B 4 dias.
  • C 5 dias.
  • D 7 dias.
  • E 8 dias.

Matemática

24

A tabela a seguir mostra as corridas que um taxista fez em uma semana.

Para que a média de corridas de segunda a sexta-feira, nessa semana, seja de 20 corridas, o número de corridas que ele fez na sexta-feira foi

SEMANA (DIAS) CORRIDAS

segunda-feira 16
terça-feira 18
quarta-feira 15
quinta-feira 27
sexta-feira ?
  • A 20.
  • B 21.
  • C 22.
  • D 23.
  • E 24.
25

A distância, em linha reta, entre os pontos A e B de uma avenida é 39,2 m. Pedro parte do ponto A em direção ao ponto B e, após dar 35 passos, chega ao ponto C. João parte do ponto B em direção ao ponto A e, após dar 40 passos, chega ao ponto D, conforme mostra a figura, fora de escala.



Sabendo-se que cada passo de Pedro tem 60 cm e cada passo de João tem 65 cm, então a diferença entre o número de passos dados por Pedro e por João no trecho DC é

  • A 2.
  • B 1.
  • C 3.
  • D 4.
  • E 5.
26

O portal estadão.com.br bateu recorde de visitantes únicos no mês de maio, de acordo com a medição do Google Analytics.

O quadro traz um perfil dos leitores do site.

Se 5,7 milhões de visitantes únicos do portal, em maio, têm menos de 25 ou mais de 49 anos, então o número de visitantes do sexo feminino, nesse mesmo mês, foi, em milhões, igual a

  • A 7,45
  • B 6,90.
  • C 6,50.
  • D 6,15.
  • E 5,85.
27
No início de janeiro de 2015, Antônio começou a trabalhar rascunho no setor de informática de uma empresa. Para acessar o computador nesse setor, é preciso digitar uma senha, que deve ser alterada no primeiro dia de cada mês. Para criar exatamente as doze senhas que serão necessárias ao longo desse ano, Antônio usou o seguinte raciocínio:

I. Vou usar meu mês de aniversário, JULHO, como palavra-chave;
II. As senhas serão anagramas dessa palavra, ou seja, vou utilizar as letras que compõem a palavra JULHO em diferentes ordens;
III. Não vou usar duas consoantes lado a lado nas senhas.

Para ordenar as possíveis senhas, colocou-as na ordem do dicionário. Com isso, sua primeira senha, usada no mês de janeiro, foi HOJUL, sua segunda senha, usada no mês de fevereiro, foi HOLUJ, e assim sucessivamente. A senha utilizada no mês de seu aniversário foi:
  • A LOJUH
  • B LUJOH
  • C JULHO
  • D JULOH
  • E JUHOL
28

A respeito de cinco amigos, sabe-se que Larissa é mais velha que Dimas, que Márcio é mais novo que Anderson e mais velho que Rosana, e que Dimas é mais velho que Anderson. Sendo assim, pode-se afirmar corretamente que a segunda maior idade nesse grupo é a de

  • A Anderson.
  • B Rosana.
  • C Márcio.
  • D Larissa.
  • E Dimas.
29

Todo o medicamento contido em um recipiente, num total de 1 200 mL, foi repartido igualmente em n frascos. Em seguida, o recipiente foi reabastecido com 1 200 mL, e o medicamento foi novamente repartido igualmente em outros frascos. Como cada frasco recebeu 50 mL a menos do que na primeira vez, foram necessários mais 2 frascos. A equação que determina corretamente o valor de n é

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
30

Comprei um bolo redondo e dividi em 10 partes iguais e de mesmo peso. Em seguida reservei uma dessas fatias para o café da manhã. Pesei o restante do bolo e o resultado foi 1 080 gramas. Dado que paguei R$ 24,00 pelo bolo inteiro, o quilo desse bolo custou

  • A R$ 20,00
  • B R$ 16,00.
  • C R$ 18,00.
  • D R$ 15,00.
  • E R$ 12,00.

Raciocínio Lógico

31

A figura a seguir representa a disposição de três armários com cadeados de cores diferentes: um da cor amarela, outro da cor verde e outro da cor vermelha, não necessariamente na ordem da representação.

Sabe­se que o armário 2 é o de Isabel, que o cadeado do armá­rio de Manuela é da cor amarela e que o armário de R osana tem número menor que o armário com cadeado da cor ver­melha. Assim, a ordem correta das cores dos cadeado s dos armários 1, 2 e 3 é, respectivamente,

  • A amarela, verde e vermelha.
  • B amarela, vermelha e verde
  • C verde, amarela e vermelha.
  • D verde, vermelha e amarela.
  • E vermelha, verde e amarela.
32

O valor lógico da afirmação “Se Paulo é formado em sistemas de informação, então ele é um tecnólogo” é falsidade. Sendo assim, é verdade que:

  • A Paulo não é formado em sistemas de informação.
  • B Paulo não é um tecnólogo.
  • C Paulo é formado em sistemas de informação e é um tecnólogo
  • D Paulo não é formado em sistemas de informação ou é um tecnólogo
  • E Paulo não é um tecnólogo e não é formado em sistemas de informação
33

Uma firma foi contratada para fazer a manutenção das esquadrias de um edifício. Inicialmente, foram alocados 4 operários que demorariam 20 dias para concluir o serviço. A partir do sétimo dia de serviço, a firma disponibilizou mais 4 operários, todos com as mesmas condições de trabalho que os iniciais, e a manutenção demorou um total de dias igual a

  • A 12.
  • B 13.
  • C 14.
  • D 15.
  • E 16.
34

Uma pizzaria oferece rodízios ao preço de R$ 17,00 por pessoa. Certa noite, os fregueses ou chegaram em grupos de 4 pessoas ou chegaram em grupos de 6 pessoas, e a pizzaria arrecadou só com o rodízio R$ 5.576,00. Se, nessa noite, todos os fregueses pagaram rodízio, e se para cada 7 grupos de 4 pessoas chegaram 9 grupos de 6 pessoas, o número de pessoas que chegaram em grupos de 4 foi

  • A 96.
  • B 108.
  • C 112.
  • D 124.
  • E 136.
35

Para enfeitar uma parede de seu novo escritório de advocacia, Maria foi comprando quadros com diferentes cenários: uma praia catarinense, as luzes da Avenida Paulista, flores tropicais, crianças brincando num parque e uma cachoeira na montanha. Na hora de pendurar os quadros, porém, ficou em dúvida sobre a ordem em que os colocaria. De quantas maneiras diferentes os quadros podem ser pendurados sequencialmente na parede?

  • A 80.
  • B 120.
  • C 10
  • D 140
  • E 25

Legislação Municipal

36

Pelas regras estabelecidas na legislação municipal, a fiscalização terá acesso imediato a obras particulares mediante apresentação de

  • A identidade funcional.
  • B auto de infração devidamente preenchido.
  • C ordem escrita do executivo municipal.
  • D notificação extrajudicial.
  • E ordem judicial.
37

No que tange à Lei Orgânica do Município de Sorocaba, é correto afirmar que fica garantido a todo e qualquer servidor ou empregado público municipal o percebimento de

  • A licença-prêmio.
  • B adicional de insalubridade.
  • C gratificação por local de exercício.
  • D gratificação extraordinária por superávit fiscal.
  • E adicional de periculosidade.
38

A composição das Comissões Permanentes será feita de comum acordo pelo Presidente da Câmara e os Líderes ou Representantes das Bancadas. Quanto a esse fato, assinale a alternativa correta.

  • A Essas comissões serão eleitas por dois anos de le- gislatura.
  • B O mesmo vereador poderá participar de três comissões.
  • C Somente deliberarão com a presença da maioria de seus membros.
  • D As reuniões extraordinárias serão sempre convocadas com antecedência de 10 dias.
  • E O presidente da comissão, em suas ausências, será substituído por seu suplente, do mesmo partido.
39
Quanto à Lei municipal nº 2.674/2014, que dispõe sobre o orçamento anual do município de Duque de Caxias para o exercício 2015, é correto afirmar que:
  • A a lei fixa as despesas e prevê as receitas municipais.
  • B a norma fixa as receitas e prevê as metas orçamentárias.
  • C é o instrumento para estimar as despesas para o ano de 2015.
  • D é o instrumento que define as diretrizes do gasto público municipal.
40

Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna referente ao seguinte dispositivo extraído do Código de Edificações do Município de São José dos Campos (Lei n° 267/2003): “É obrigatória a instalação de dois elevadores para os edifícios que apresentem mais de ____________ pavimentos, sendo desconsiderados os subsolos destinados exclusivamente a estacionamento de veículos".

  • A 8.
  • B 9.
  • C 10.
  • D 11.
  • E 12.
41
Órgão interno do Poder Legislativo hierarquizado diretamente à Presidência da Câmara Municipal, sob a direção de um Diretor, incumbido de superintender e coordenar a elaboração da Programação Anual, dos Relatórios de Gestão da Câmara Municipal, dos relatórios de gestão fiscal e do sistema AUDESP, é denominado, pela Lei Municipal nº 4.677/15, como
  • A Departamento de Administração.
  • B Departamento Contábil e Financeiro.
  • C Departamento Jurídico
  • D Departamento Legislativo.
  • E Departamento de Pessoal.
42

A Lei Orgânica Municipal de Caieiras poderá ser emendada por proposta

  • A de qualquer cidadão, desde que eleitor do Município.
  • B do governador do Estado, em matéria de interesse estadual.
  • C de, no mínimo, ½ dos membros da Câmara Municipal.
  • D da procuradoria geral do Município.
  • E do Prefeito Municipal.
43

Nos termos do Código Tributário de Arujá, ao imóvel com cobertura vegetal, nativa ou não, significativa para o meio ambiente, situado em área de proteção aos mananciais, será concedido um desconto no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), aplicado de 1% (um por cento) do total do imposto, por metro quadrado preservado. Referido Código faz referência ao imposto, nesse caso, como IPTU

  • A Preservacional.
  • B Vegetal.
  • C Verde.
  • D Manancial.
  • E Ecológico.
44

No tocante à atividade fiscalizatória, determina a Lei Complementar no 7, do Município de Arujá, que, constatada omissão de pagamento ou sonegação de tributos, proceder-se-á ao lançamento, contra o sujeito passivo, através de

  • A Edital.
  • B Nota Especial.
  • C Citação Pessoal.
  • D Aviso de Débito.
  • E Notificação Fiscal.
45

Quanto ao substitutivo a projeto de lei, nos termos do Regimento Interno da Câmara de Caieiras, assinale a alternativa correta.

  • A Somente pode ser apresentado por vereador do mesmo partido que propôs o projeto.
  • B Não é permitido ao vereador apresentar substitutivo parcial ou mais de um substitutivo ao mesmo projeto.
  • C Não é permitido apresentação de substitutivo por comissão.
  • D O substitutivo pode ser parcial, aditivo ou modificativo.
  • E O substitutivo não poderá obedecer a regime de urgência, quando parcial.

Noções de Informática

46

No MS­Access 2010, o botão que possibilita a criação de um relatório em branco é

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E
47

Com relação à preparação de um e-mail, conforme figura, assinale a alternativa correta que informa qual campo apresenta algum erro e a justificativa correta que explique o motivo do erro.


  • A O campo “Assunto" apresenta erro, pois o seu preenchimento é obrigatório.
  • B O campo “Cco" apresenta erro, pois esse campo só poderá ser usado se o outro campo “Cc" estiver vazio.
  • C O campo “Para" apresenta erro, pois só pode conter um endereço eletrônico.
  • D O campo “Cc" apresenta erro, pois esse campo só poderá ser usado se o campo “Para" estiver vazio.
  • E O campo “Cco" apresenta erro, pois o endereço eletrônico contido está errado.
48

Assinale a alternativa que contém um intervalo de impressão de páginas válido no Internet Explorer 11, na sua configuração padrão.

  • A 1;2;3;4;5-12
  • B 1;3-5;12
  • C 1-3;5-12
  • D 1;3
  • E 1-3
49

Assinale a alternativa que apresenta o nome do aplicativo acessório do MS-Windows 7, em sua configuração padrão, cuja função é gerenciar arquivos e pastas, permitindo, entre outras atividades, renomear, mover, copiar e recortar arquivos e pastas.

  • A Painel de Controle.
  • B File Center.
  • C Programas Padrão.
  • D Internet Explorer.
  • E Windows Explorer.
50

No programa Microsoft PowerPoint 2003, em sua configuração padrão, o menu em que está localizada a opção Transição de Slides é

  • A Apresentações.
  • B Editar.
  • C Inserir.
  • D Ferramentas.
  • E Janela.
51

No Microsoft Word 2010, para selecionar todo o texto ao mesmo tempo utiliza-se o comando

  • A Ctrl + Z.
  • B Ctrl + T.
  • C Ctrl + N.
  • D Ctrl + E.
52

O texto a seguir será convertido em tabela pelo MS-Word 2010,
na sua configuração padrão, sem que o usuário altere as opções
apresentadas na janela Converter Texto em Tabela encontrada em
Tabela no menu Inserir.

ITEM; QTDE; VALOR; Livros 1 R$25 Revistas 3 R$30

Assinale a alternativa com a quantidade de colunas e linhas que serão sugeridas, respectivamente.

  • A 4 e 1.
  • B 9 e 1.
  • C 3 e 3.
  • D 9 e 3.
  • E 4 e 3.
53

O MS­Word 2010 permite configurar a forma de exibir, na tela, o documento que está sendo editado. A forma de exibi­ção Duas Páginas, referente a um botão presente no grupo Zoom da guia Exibição, permite que

  • A duas páginas quaisquer do documento sejam escolhidas para serem exibidas na janela aberta.
  • B o zoom do documento seja alterado, de modo que duas páginas caibam na janela exibida.
  • C uma lente de aumento seja disponibilizada para veri­ficar detalhes de edição em duas páginas previamente selecionadas do documento.
  • D todo o conteúdo do documento seja condensado, ou expandido, de modo que ele possa ser apresentado em duas páginas na janela aberta.
  • E todo o conteúdo do documento seja condensado, ou ex­pandido, de modo que ele possa ser impresso em duas páginas.
54

Utilizou-se a seguinte fórmula na célula A1 de uma planilha elaborada no MS-Excel 2010:

=SE(B1<HOJE( );”a”;SE(B2>=HOJE( );”b”;”c”))

Supondo que a data atual seja 08/02/2014, para que a letra c seja apresentada na célula A1, é suficiente que:
();”a”;se(b2>

  • A B1=08/02/2014 e B2=08/02/2014
  • B B1=07/02/2014 e B2=07/02/2014
  • C B1=09/02/2014 e B2=09/02/2014
  • D B1=07/02/2014 e B2=08/02/2014
  • E B1=08/02/2014 e B2=07/02/2014
55

Observe as figuras a seguir, extraídas do MS-Word 2010, em sua configuração padrão, para responder às questões de números 88 e 89. Elas apresentam parte de um documento de texto, em dois momentos: antes e depois da aplicação de um recurso de formatação.



Assinale a alternativa que contém o nome do recurso aplicado, entre os dois momentos das figuras, e que pertence ao grupo Parágrafo da guia Página Inicial.

  • A Classificar.
  • B Espaçamento de Linha e Parágrafo.
  • C Marcadores.
  • D Indicador.
  • E Numeração.
Voltar para lista