Resolver o Simulado MS CONCURSOS - Nível Médio

0 / 50

Português

1
Assinale a alternativa redigida de acordo com a norma padrão:
  • A A recisão do contrato foi agendada para início da semana que vem, portanto o senhor precisará ter paciência para assinar-lhe.
  • B Vossa Excelência se refere a alvará que ele foi sequestrado? Requisitar-lhe-ei um pedido de reconsideração!
  • C Há uma pretensiosa e excessiva erudição no “juridiquês”, além dos brocardos que obstam a compreensão dos discursos orais e escritos.
  • D Eu exordeio em todas as sessões, mas não pude expressar-me a respeito da prevaricação de meu colega.
2

Receita para intolerância e injustiça
Renato Russo

Pegue duas medidas de estupidez
Junte trinta e quatro partes de mentira
Coloque tudo numa forma
Untada previamente

Com promessas não cumpridas
Adicione a seguir o ódio e a inveja
As dez colheres cheias de burrice
Mexa tudo e misture bem
E não se esqueça antes de levar ao forno
Temperar com essência de espírito de porco
Duas xícaras de indiferença
E um tablete e meio de preguiça

(Fonte: http://pensador.uol.com.br/textos_de_renato_russo/. Acesso em 23/03/2016.)

Dependendo de nossa intenção comunicativa, podemos enfatizar um dos seis elementos da comunicação: emissor, referente, mensagem, código, canal ou destinatário. No texto de Renato Russo, prevaleceu 
  • A o referente, pois a informação foi o foco, resultando na função referencial da linguagem.
  • B o remetente, pois revela o estado emocional do falante, resultando na função emotiva da linguagem.
  • C o destinatário, pois o foco é envolver quem recebe a mensagem, resultando na função conativa da linguagem.
  • D o canal, pois o foco é manter o contato com o destinatário, resultando na função fática da linguagem.
3
Analise o seguinte slogan de uma campanha publicitária para responder à próxima questão: “IMPLANTE CONHECIMENTO”.

9. Observe como o slogan destacou o “IM”: “IMPLANTE O CONHECIMENTO”. Assinale a alternativa correta sobre o processo de formação de palavras presente no termo “implante”:
  • A Os publicitários criaram uma palavra por derivação imprópria e o destaque ao prefixo “im-” indica a negação expressa pelo termo.
  • B Os publicitários criaram uma palavra por derivação prefixal e o destaque ao prefixo “im-” indica o duplo sentido que o termo expressa nesse contexto: plante o conhecimento ou o implante.
  • C Os publicitários criaram uma palavra por derivação sufixal e o destaque ao sufixo “im-” indica o duplo sentido que o termo expressa nesse contexto: plante o conhecimento ou o implante.
  • D Os publicitários criaram uma palavra por derivação parassintética, acrescentando o prefixo “im-” e o sufixo “e”, indicando a dupla possibilidade que o cliente tem de plantar ou implantar o conhecimento.
4
Dá-se o nome de encontro consonantal ao agrupamento de consoantes num vocábulo. Sendo assim, marque a alternativa onde as palavras formam encontros consonantais.
  • A Gnomo, rubro, rua.
  • B Pneumático, francês, Europa.
  • C Digno, Acre, psicólogo.
  • D Apto, vidro, apagado.
5
Marque a alternativa onde temos substantivos coletivos.
  • A Exército – rebanho – constelação.
  • B Pai – cavaleiro – frade.
  • C Rei – conde – cônsul.
  • D Padre – marido – cão.
6

Molécula da moralidade

“O nível de confiança dentro de uma sociedade determina se ela está próspera ou se mantém-se na miséria”, afirma o norte-americano Paul Zak, precursor no estudo da Neuroeconomia - ramo da ciência que estabelece relações diretas entre cérebro, comportamento e economia. Apoiado na descoberta do hormônio oxitocina como a “molécula da moralidade”, Zak diz que tantos aspectos pessoais como a generosidade e a compaixão, até a tomada de decisões econômicas, são influenciadas pela química cerebral.
[...]
O professor de Economia, Psicologia e Administração na Universidade de Claremont e de Neurologia na Universidade de Loma Linda, ambas nos Estados Unidos, Paul Zak hoje coordena o primeiro curso de doutorado em Neuroeconomia. Criticado por ser demasiadamente entusiasta de sua própria teoria, o dr. Love, como é popularmente conhecido, costuma ser comparado por alguns de seus pares aos religiosos, por falar da oxitocina como a “Terra Prometida” - enquanto outros cientistas afirmam que as questões sociais são mais relevantes do que as biológicas para se pensar a Economia.
Diante do cenário atual de protestos sociais, a dúvida dos estudiosos é pertinente: seria uma única molécula capaz de mudar um quadro de violência, ou mesmo explicar nossa moralidade? Paul Zak afirma que não. “O que encontramos, em nossos dez anos de experimentação, é uma molécula evolutivamente antiga, responsável por um grande número de comportamentos pró-sociais que nós, geralmente, chamamos de moral ou virtude, porque nos fazem colocar as necessidades de outra pessoa antes das nossas próprias.

VASQUES, Lucas. Revista Filosofia: Ciência & Vida. n° 89, dez 2013.

Por que o hormônio oxitocina pode ser denominado de a “molécula da moralidade”, segundo Paul Zak?
  • A Porque estabelece relações diretas entre cérebro, comportamento e economia.
  • B Porque essa molécula é capaz de mudar um quadro de violência.
  • C Porque é uma molécula evolutivamente antiga.
  • D Porque essa molécula determina o nível de confiança de uma sociedade.
  • E Porque, segundo Paul Zak, é uma molécula responsável por um grande número de comportamentos pró-sociais que nós, geralmente, chamamos de moral ou virtude.
7

Leia o poema para responder à próxima questão.


O texto, um fragmento de “O navio negreiro”, Castro Alves; é a descrição do que se via no interior de um navio negreiro.


“Era um sonho dantesco!... o tombadilho,

Que das luzernas avermelha o brilho,

Em sangue a se banhar.

Tinir de ferros...estalar de açoite...

Legiões de homens negros como a noite,

Horrendos a dançar...


Negras mulheres, suspendendo às tetas

Magras crianças, cujas bocas pretas

Rega o sangue das mães:

Outras, moças, mas nuas e espantadas,

No turbilhão de espectros arrastadas,

Em ânsia e mágoa vãs!


E rir-se a orquestra, irônica, estridente...

E da ronda fantástica a serpente

Faz doudas espirais...

Se o velho arqueja, se no chão resvala,

Ouvem-se gritos...o chicote estala.

E voam mais e mais...


Presa nos elos de uma só cadeia,

A multidão faminta cambaleia,

E chora e dança ali.

Um de raiva delira, outro enlouquece,

Outro, que de martírios embrutece,

Cantando, geme e ri!


No entanto o capitão manda a manobra.

E após fitando o céu que se desdobra

Tão puro sobre o mar,

Diz do fumo entre os densos nevoeiros:

Vibrai rijo o chicote, marinheiros!

Fazei-os mais dançar!...


E rir-se a orquestra irônica, estridente...

E da ronda fantástica a serpente

Faz doudas espirais...

Qual num sonho dantesco as sombras voam!

Gritos, ais, maldições, preces ressoam!

E rir-se Satanás!...”

Analise as informações dadas a seguir e assinale a alternativa correta: I - O texto revela grande força expressiva em razão de sua plasticidade, criada a partir das fortes imagens e das sugestões de cor, som e movimento que envolvem a cena. II - Duas cores são postas em oposição na 1ª e na 2ª estrofes, o vermelho e o preto, que compõem o dramático painel em que o sangue dos escravos contrasta com o negro de sua pele. III - As frases “horrendos a dançar”, “a serpente faz doudas espirais”, “fazei-os mais dançar!” são expressões que indicam imobilidade. IV - As referências “tinir de ferros”, “estalar de açoites”, “ e rir-se a orquestra irônica, estridente”, “ouvem-se gritos”, “o chicote estala” associam sonoridade. V - Acentuando a plasticidade do texto, por duas vezes, Castro Alves aproxima as ideias de som e movimento, empregando as palavras orquestra e dança, como se houvesse uma dança dos escravos ao som da orquestra.
  • A Apenas I, II, IV e V estão corretas.
  • B Apenas I, II, III e IV estão corretas.
  • C Apenas III, IV e V estão corretas.
  • D Apenas II, III, IV e V estão corretas.
8
Assinale a alternativa incorreta quanto à ocorrência ou não da crase:
  • A Chegamos cedo à casa de seus pais.
  • B Fiz o curso à distância.
  • C Ele fez um gol à Pelé.
  • D Refiro-me a ela e não a você.
9

Molécula da moralidade

“O nível de confiança dentro de uma sociedade determina se ela está próspera ou se mantém-se na miséria”, afirma o norte-americano Paul Zak, precursor no estudo da Neuroeconomia - ramo da ciência que estabelece relações diretas entre cérebro, comportamento e economia. Apoiado na descoberta do hormônio oxitocina como a “molécula da moralidade”, Zak diz que tantos aspectos pessoais como a generosidade e a compaixão, até a tomada de decisões econômicas, são influenciadas pela química cerebral.
[...]
O professor de Economia, Psicologia e Administração na Universidade de Claremont e de Neurologia na Universidade de Loma Linda, ambas nos Estados Unidos, Paul Zak hoje coordena o primeiro curso de doutorado em Neuroeconomia. Criticado por ser demasiadamente entusiasta de sua própria teoria, o dr. Love, como é popularmente conhecido, costuma ser comparado por alguns de seus pares aos religiosos, por falar da oxitocina como a “Terra Prometida” - enquanto outros cientistas afirmam que as questões sociais são mais relevantes do que as biológicas para se pensar a Economia.
Diante do cenário atual de protestos sociais, a dúvida dos estudiosos é pertinente: seria uma única molécula capaz de mudar um quadro de violência, ou mesmo explicar nossa moralidade? Paul Zak afirma que não. “O que encontramos, em nossos dez anos de experimentação, é uma molécula evolutivamente antiga, responsável por um grande número de comportamentos pró-sociais que nós, geralmente, chamamos de moral ou virtude, porque nos fazem colocar as necessidades de outra pessoa antes das nossas próprias.

VASQUES, Lucas. Revista Filosofia: Ciência & Vida. n° 89, dez 2013.

Assinale a única alternativa em que se pode notar, no excerto, relação de intertextualidade.
  • A “O nível de confiança dentro de uma sociedade determina se ela está próspera ou se mantém-se na miséria.”
  • B “Apoiado na descoberta do hormônio oxitocina como a ‘molécula da moralidade’, Zak diz que tantos aspectos pessoais como a generosidade e a compaixão, até a tomada de decisões econômicas, são influenciadas pela química cerebral”.
  • C “O professor de Economia, Psicologia e Administração na Universidade de Claremont e de Neurologia na Universidade de Loma Linda, ambas nos Estados Unidos, Paul Zak hoje coordena o primeiro curso de doutorado em Neuroeconomia”.
  • D “[...] o dr. Love, como é popularmente conhecido, costuma ser comparado por alguns de seus pares aos religiosos, por falar da oxitocina como a ‘Terra Prometida’ – [...]”
  • E “[...] seria uma única molécula capaz de mudar um quadro de violência, ou mesmo explicar nossa moralidade?”
10
Assinale a alternativa onde temos um numeral fracionário.
  • A Nessa carteira só há duas notas.
  • B A primeira proposta foi aceita pela maioria dos alunos.
  • C Comprou na feira o dobro de livros que pretendia.
  • D Coube a ela um terço da herança dos avós.
11
Assinale a alternativa que contenha uma frase afirmativa.
  • A A retificação da represa é uma obra inadiável.
  • B Por que faço eu sempre o que não queria?
  • C Como elas são alegres!
  • D Que bicho te mordeu?
12

Leia o poema seguinte para responder à próxima questão.

        “Órion”- (Carlos Drummond de Andrade).

A primeira namorada, tão alta

Que o beijo não alcançava,

O pescoço não alcançava,

Nem mesmo a voz alcançava.

Eram quilômetros de silêncio.

Luzia na janela do sobradão.  

Os quatro primeiros versos do poema têm apenas um verbo, e repetido: “alcançava,”, indicando ação, fato. Ele está conjugado no seguinte tempo e modo verbal:
  • A Pretérito perfeito do indicativo
  • B Pretérito imperfeito do indicativo
  • C Pretérito mais-que-perfeito do indicativo
  • D Pretérito imperfeito do subjuntivo
13
Com referência às palavras “mas” (conjunção), “más” (adjetivo) e “mais” (advérbio), assinale a alternativa incorreta:
  • A A espada vence, mais não convence.
  • B Fiz tudo muito calmamente: devagar se chega mais depressa.
  • C Aquelas mulheres são más.
  • D O Sol, isto é, a mais próxima das estrelas, comanda a vida terrestre.
14
Quanto à regência verbal, assinale a alternativa correta:
  • A Resido na Rua Monte Castelo.
  • B Ele sempre aspirou o cargo de diretor executivo.
  • C A peça não agradou os críticos.
  • D Adoro aspirar ao perfume das flores.
15

Receita para intolerância e injustiça
Renato Russo

Pegue duas medidas de estupidez
Junte trinta e quatro partes de mentira
Coloque tudo numa forma
Untada previamente

Com promessas não cumpridas
Adicione a seguir o ódio e a inveja
As dez colheres cheias de burrice
Mexa tudo e misture bem
E não se esqueça antes de levar ao forno
Temperar com essência de espírito de porco
Duas xícaras de indiferença
E um tablete e meio de preguiça

(Fonte: http://pensador.uol.com.br/textos_de_renato_russo/. Acesso em 23/03/2016.)

Um texto sempre é construído com base na leitura de mundo do autor, ou seja, reportando a outros textos. Então, podemos dizer que em Receita para intolerância e injustiça ocorre: 
  • A Intertextualidade explícita ligada somente ao título, relacionada ao gênero textual receita culinária.
  • B Intertextualidade implícita em grande parte do texto por aludir ao gênero textual receita culinária.
  • C Intertextualidade implícita ligada somente ao título por aludir ao gênero textual receita culinária.
  • D Intertextualidade explícita em todo o texto, pelo uso de palavras do campo de significação do gênero textual receita culinária.
16
Assinale a alternativa onde as opções estão corretas quanto à separação de sílabas.
  • A In-ter-ge-ra-ci-o-nal, drá-gea, fa-guei-ro.
  • B So-brie-da-de, te-ra-pia, au-to-ex-pres-são.
  • C A-pen-di-cec-to-mia, in-coe-ren-te, obs-ti-nar.
  • D Pres-ci-ên-ci-a, chou-pa-na, lan-te-jou-la.
17
Quanto aos recursos de coesão e coerência sobre o uso correto da língua, assinale a alternativa incorreta, após a leitura do texto: “... Muitas pessoas devem ter pensado a mesma coisa. Mas ninguém fala, ninguém diz nada. Por quê, não o sei”.
  • A O uso da conjunção “mas” indica a introdução de ideia de adversidade.
  • B Podemos reescrever a frase usando outra conjunção, sem alterar o sentido original do trecho: “Muitas pessoas devem ter pensado a mesma coisa. Porém, ninguém fala, ninguém diz nada”.
  • C O pronome pessoal oblíquo “o” está substituindo a palavra “por quê,”, ou seja, o motivo de ninguém falar isso.
  • D A diferença entre uma conjunção (mas, porém, porque, quando) e um pronome oblíquo (o, a, lhe) é que a conjunção substitui termos, evitando repetições, ajudando na retomada do que foi dito.
18
Analise com atenção a charge e o texto a seguir para responder a questão.



Hobbes nas ruas, Felipe Pondé
Dias atrás, o Brasil se chocou com cenas de violência nas ruas. Pessoas comuns batendo em supostos (ou comprovados) bandidos. Policiais tendo que protegê-los da fúria da gente comum.
De um lado, uma jornalista faz comentários arriscados na TV, do outro, setores da intelligentsia pedem
providências do Ministério Público contra a jornalista, botando ainda mais lenha na fogueira da atmosfera de ódio e ressentimento que toma conta, lentamente, da alta, média e baixa culturas nacionais.
Não se pode defender o espancamento na rua, mesmo sendo bandido. Só o Estado detém o monopólio legítimo da violência. Mas é esta mesma intelligentsia (tribunais, universidades, mídia, escolas, ONGs) que vem sistematicamente erodindo esse monopólio legítimo da violência que pertence à polícia. Claro que os erros desta precisam ser sanados, mas a sociedade não faz nada para melhorar o tratamento institucional dado à polícia, e sem ela, sim, a gente comum vai espancar supostos (ou comprovados) bandidos na rua. E vai piorar.
O espancamento de supostos (ou comprovados) bandidos na rua é parte do fenômeno de massa que os
inteligentinhos chamam de "jornadas de junho", num esforço de reviver a ejaculação precoce que foi o Maio de 68 na França, aquela revolução de mimados.
Lembremos que quando as manifestações do ano passado atingiram o nível de massa, os inteligentinhos começaram a gritar dizendo que o movimento (deles!) tinha sido sequestrado por setores "conservadores" da sociedade. Para eles, "conservador" é todo mundo que não os obedece e não os teme, mesmo que seja apenas para parar a Paulista.
Se no ano passado vimos uma inesperada crise na representação política, agora assistimos a um crescente rompimento do contrato social. E quem está na rua é o homem descrito pelo intelectual honesto que foi Hobbes, e não o pseudo-homem dos "delírios do caminhante solitário" e vaidoso Rousseau. (...)
Analisando os elementos que conferem coesão e coerência aos textos, está incorreto afirmar que:
  • A Não há elementos de coesão na charge, pois não se observa a presença de pronomes, numerais, advérbios e outras categorias responsáveis pela referenciação.
  • B Na charge, a frase nominal interrogativa “Mãos” é essencial para a compreensão da opinião do cartunista, que compara à atitude dos agressores que fazem justiça com as próprias mãos à ferocidade e irracionalidade dos animais selvagens, indicando que não se comportam como humanos e sim como animais.
  • C No texto “Hobbes nas ruas”, o uso do pronome oblíquo átono (protegê-los) constitui importante elemento de coesão anafórico, pois evita a repetição desnecessária do substantivo “bandidos”, fazendo-lhe adequada remissão.
  • D No trecho de “Hobbes nas ruas”: “Claro que os erros desta precisam ser sanados, mas a sociedade não faz nada para melhorar o tratamento institucional dado à polícia, e sem ela, sim, a gente comum vai espancar supostos (ou comprovados) bandidos na rua.”, os pronomes destacados constituem elementos coesivos anafóricos, pois fazem referência ao termo “polícia”, já expresso anteriormente.
19
Na palavra “anoitecer”, temos três partes com significados próprios, chamados de elementos mórficos ou morfemas: “a”, “noite” e “cer”. Assinale a alternativa em que todos os elementos separados constituem partes significativas da palavra “imoralidades”:
  • A i – moral – idade – s.
  • B imo – rali – dades
  • C i – mo – ra – li – da – des.
  • D imoral – idade – s.
  • E i –morali – dades.
20
Figuras de linguagem, também chamadas figuras de estilo, são recursos especiais de que se vale quem fala ou escreve, para comunicar à expressão mais força e colorido, intensidade e beleza. Sendo assim, assinale a alternativa onde temos uma figura de linguagem chamada metáfora:
  • A O rei dos animais foi generoso.(= leão).
  • B As derrotas e as desilusões são amargas.
  • C Foi o que vi com os meus próprios olhos.
  • D Chorou rios de lágrimas.

Matemática

21

Chamamos de derivada de uma função f(x) no ponto de abscissa , o limite, se existir e for finito, da razão quando Δx tende a zero. Assim:



Nessas condições, dada f(t) = (t2 + 1)(t3 – 2), podemos concluir que a derivada f’(t) é:

  • A – 5t4 + 12t2 – 4t - 3
  • B 4t4 + 3t2 + 4t.
  • C – 4t4 – 3t2 – 4t.
  • D 5t4 + 3t2 – 4t.
22
Aos domingos, Bruno faz um treino com a sua bicicleta. Em um certo domingo, após alguns quilômetros parou para tirar algumas fotos e a seguir percorreu o quádruplo da quantidade de quilômetros que havia percorrido antes de parar. Se ao todo percorreu 20 km, quantos quilômetros percorreu após a parada para as fotos?
  • A 4 km
  • B 5 km
  • C 15 km
  • D 16 km
23
A figura a seguir representa uma barra de chocolate. Esta barra está dividida em pequenos tabletes quadrados cujos lados medem 1cm.



Marta já comeu alguns tabletes de um dos cantos desta barra como se vê na figura. Quantos tabletes ainda tem a barra de chocolate de Marta?
  • A 66.
  • B 64.
  • C 62.
  • D 60.
  • E 58.
24
Dividir um número por 0,025 é equivalente a multiplicá-lo por:
  • A -5
  • B 25
  • C 40
  • D 1000
25
Um retângulo, de comprimento igual a 18,5 cm, tem uma área de 148 cm². Qual é o perímetro desse retângulo?
  • A 26,5 cm
  • B 129,5 cm
  • C 53,0 cm
  • D 37,0 cm
26
Em um loteamento, o valor do metro quadrado é de R$20,00. Cláudio comprou um terreno retangular de 30m por 45m. Qual é o valor que ele pagou pelo terreno?
  • A R$ 540000,00
  • B R$ 180000,00
  • C R$ 90000,00
  • D R$ 27000,00
27
Sabendo que a sigla M.M.C. na matemática significa Mínimo Múltiplo Comum e que M.D.C. significa Máximo Divisor Comum, pergunta-se: qual o valor do M.M.C. de 6 e 8 dividido pelo M.D.C. de 30, 36 e 72?
  • A 8
  • B 6
  • C 4
  • D 2
28
Dois negociantes possuem certa quantia em dinheiro cada um. Se somarem as quantias que possuem, o total será de R$ 47 520. Considerando-se que o primeiro comerciante tem uma quantia 4 vezes maior que o segundo, conclui-se que a quantia, em dinheiro, do segundo comerciante é de:
  • A R$ 11 880
  • B R$ 35 640
  • C R$ 47 520
  • D R$ 47 524
29
Três amigos saíram para lanchar, Azael, Miguel e Elias. Ao pedirem a conta, o valor da nota de Azael foi R$ 29,00, de Miguel R$ 23,00 e de Elias R$ 19,00. Sabendo que Azael tomou 2 sucos, comeu um lanche e tomou um copo de sorvete; Miguel tomou um suco, comeu um lanche e tomou um copo de sorvete; e Elias tomou um suco e comeu um lanche. (obs: os sucos pedidos por Azael, Miguel e Elias têm o mesmo valor, assim como os lanches pedidos por Azael, Miguel e Elias têm o mesmo valor e também os sorvetes pedidos por Azael e Miguel têm o mesmo valor). Pergunta-se: qual o valor de cada produto?
  • A Suco R$ 6,00, lanche R$ 13,00 e sorvete 4,00.
  • B Suco R$ 6,00, lanche R$ 12,00 e sorvete 5,00.
  • C Suco R$ 6,00, lanche R$ 14,00 e sorvete 6,00.
  • D Suco R$ 5,00, lanche R$ 13,00 e sorvete 6,00.
30
Simplificando a expressão (2a – b2)2 , temos:
  • A 4a(1 + b3) + b6.
  • B 4a(1 – b3) + b6.
  • C 4a(1 – b3) - b6.
  • D 4a(1 – b3) + b9.
31
João estuda à noite e sua aula começa às 18h40min. Cada aula tem duração de 45 minutos, e o intervalo dura 15 minutos. Sabendo-se que nessa escola há 5 aulas e 1 intervalo diariamente, pode-se afirmar que o término das aulas de João se dá às:
  • A 22h30min
  • B 22h40min
  • C 22h50min
  • D 23h
32

Observe o sistema linear a seguir:



Ao escalonarmos esse sistema, podemos concluir que:

  • A Trata-se de um sistema incompatível.
  • B Esse sistema é compatível e indeterminado.
  • C Este sistema é compatível e determinado e seu vetor solução é
  • D Este sistema é compatível e determinado e admite como solução a tripla ordenada (1, 2, 3).
33
Um quilômetro pode ser totalmente dividido em:
  • A 100 partes de 1 decímetro.
  • B 10 partes de 10 decâmetros.
  • C 1000 partes de 10 metros.
  • D 1000 partes de 1 centímetros.
34
O volume de um cone circular reto, cuja altura é 39 cm, é 30% maior do que o volume de um cilindro circular reto. Sabendo que o raio da base do cone é o triplo do raio da base do cilindro, a altura do cilindro é:
  • A 9 cm
  • B 30 cm
  • C 60 cm
  • D 90 cm
35
Sabe-se que a taxa de juros praticada por uma operadora de cartão de crédito é de 12,5% ao mês, que em um determinado mês o valor da fatura da Dona Maria foi de R$ 1.100,00 e que, por motivos diversos, ela conseguiu pagar somente R$ 300,00 desse valor e não teve condições de pagar nada a mais nos 3 seguintes meses. Pergunta-se: qual o valor total da dívida desse cartão após esse período, sabendo que o sistema praticado por essa operadora é no regime composto?
  • A R$ 1.100,00
  • B R$ 1.110,00
  • C R$ 1.129,06
  • D R$ 1.139,06

Direito Administrativo

36
Agente público é toda pessoa natural que esteja ligada de alguma forma com a Administração Pública, podendo ser este vínculo permanente ou transitório. Assinale a alternativa que conceitua corretamente a classificação do agente público correspondente.
  • A Agentes honoríficos são os chefes do poder executivo e legislativo.
  • B Agentes políticos são aqueles que recebem a incumbência da Administração para representá-la em determinado ato ou praticar certa atividade específica e mediante a remuneração do poder público credenciado.
  • C Agentes delegados são requisitados para colaborarem com o Estado mediante a prestação de serviços específicos e de forma gratuita.
  • D Agentes Administrativos são aqueles que se vinculam à Administração Pública por relações profissionais e sujeitam-se à hierarquia funcional.

Administração Financeira e Orçamentária

37
Observe as seguintes afirmativas a respeito do orçamento público brasileiro: I- A lei do orçamento conterá a discriminação da receita e despesa de forma a evidenciar a política econômica financeira e o programa de trabalho do governo, obedecidos os princípios de unidade universalidade e anualidade; II- A lei de orçamento poderá conter autorização ao Poder Legislativo para abrir créditos extraordinários até determinada importância; III- São receitas correntes as receitas tributárias, de contribuições, patrimonial, agropecuária, industrial, de serviços e outras e, ainda, as provenientes de recursos financeiros recebidos de outras pessoas de direito público ou privado, quando destinadas a atender despesas classificáveis em despesas correntes; IV- Classificam-se como despesas de custeio as dotações para manutenção de serviços anteriormente criados, inclusive as destinadas a atender a obras de conservação e adaptação de bens imóveis. Com base nas afirmativas supramencionadas, assinale a alternativa que as julga corretamente.
  • A Apenas as afirmativas I e II são verdadeiras.
  • B Apenas as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.
  • C Apenas as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.
  • D Apenas a afirmativa II e III são verdadeiras

Contabilidade Pública

38
Com relação às demonstrações contábeis das entidades definidas no campo da Contabilidade Aplicada ao Setor Público, assinale a alternativa correta.
  • A As demonstrações contábeis das entidades definidas no campo da Contabilidade Aplicada ao Setor Público são: Balanço Patrimonial; Balanço Orçamentário; Balanço Financeiro; Demonstração das Variações Patrimoniais; Demonstração dos Fluxos de Caixa; Demonstração do Resultado Econômico.
  • B As demonstrações contábeis devem ser divulgadas com a apresentação dos valores correspondentes ao período posterior.
  • C As demonstrações contábeis devem conter a identificação da entidade do setor público, do chefe do Poder Executivo e do administrador responsável.
  • D Para fins de publicação, as demonstrações contábeis devem apresentar os valores monetários apenas em unidades de centena ou em unidades de dezena.

Administração Pública

39

Indique a opção que não é uma das características da Administração Pública Burocrática.

  • A Caráter legal das normas: nas organizações burocráticas, o poder decorre da norma legal. As normas e regulamentos escritos de forma exaustiva definem, antecipadamente, o seu funcionamento padronizado.
  • B Caráter formal das comunicações: nas organizações burocráticas, a comunicação é realizada por escrito e de forma exaustiva.
  • C Caráter racional e divisão do trabalho: nas organizações burocráticas, a divisão do trabalho é horizontal e feita de forma racional, com vistas a assegurar a eficiência e o alcance dos objetivos.
  • D Nas organizações burocráticas, a ausência de divisão entre a propriedade pública e a propriedade privada é a característica mais marcante.
  • E Hierarquia da autoridade: nas organizações burocráticas, a estrutura é vertical e com muitos níveis hierárquicos.
40

Marque a alternativa correta:

  • A Na administração pública a qualidade significa, principalmente, a redução de custos.
  • B Qualidade no serviço público significa atendimento satisfatório das necessidades dos cidadãos.
  • C O primeiro programa de qualidade pública foi criado em 1990, pelo Governo Collor.
  • D No contexto da reforma gerencial de 1995 surgiram três novos programas de qualidade pública.
  • E O programa Qualidade e Participação, reestruturado em 1996, visava à redução de custos e aumento da produtividade.

Noções de Informática

41
No Microsoft Office Excel 2016, usando nomes, você pode facilitar muito o entendimento e a manutenção das fórmulas. É possível definir um nome para um intervalo de células, uma função, uma constante ou uma tabela. Depois que você adotar a prática de uso de nomes na pasta de trabalho, poderá atualizar, auditorar e gerenciar facilmente esses nomes. As alternativas abaixo apresentam algumas opções disponíveis para definir um nome, exceto a alternativa:
  • A Usando a lista suspensa de Preenchimento Automático de Fórmula, onde os nomes válidos são automaticamente listados para você.
  • B Digitando o nome, por exemplo, como um argumento para uma fórmula.
  • C Selecionando a lista suspensa de Preenchimento Automático de Nome, onde os nomes válidos são automaticamente listados para você.
  • D Selecionando um nome definido em uma lista disponível no comando Usar em Fórmula, no grupo Nomes Definidos na guia Fórmulas.
42
Cabeçalho e rodapé são áreas importantes que normalmente recebem numerações ou informações que serão repetidas em todas as páginas do documento, exceto:
  • A Quando se é aplicado no documento uma quebra de cabeçalho e rodapé.
  • B Quando se é aplicado no documento uma quebra de seção.
  • C Quando se é aplicado no documento uma quebra de formatação.
  • D Quando se é aplicado no documento uma quebra de numeração.
  • E Quando se é aplicado no documento uma quebra de página.
43
O ______________ é um dos principais meios para se obter dados de saída do computador, tanto textos (como em tabelas ou formulários) e gráficos podem ser apresentados ao usuário através desse dispositivo. Se quisermos que os resultados sejam apresentados em papel, podemos fazer uso de impressoras e/ou plotters (para "plotagem" de desenhos); se quisermos levar esses dados para outros computadores, podemos fazer uso, por exemplo, dos disquetes, ou então conectar os computadores em rede (resumidamente, ligá-los através de cabos).
  • A Monitor de vídeo
  • B Hub
  • C Teclado
  • D Mouse
44
O Excel® 2007 faz parte do pacote de produtividade Microsoft® Office System de 2007, que sucede ao Office 2003. Sobre Excel® 2007 (versão em português), podemos afirmar que:

I – O Excel 2007 inclui um sistema de barras flutuantes, que surgem no texto sempre que necessitamos realizar determinadas funções, nomeadamente no âmbito da formatação.
II – O Excel não pode ser usado exclusivamente para dados não numéricos. Uma das possíveis utilizações para esta capacidade é a criação de bases de dados simples, que facilitam a listagem e ordenação dos dados introduzidos e que podem até ser depois usadas para criar mailings através da importação de dados do Word.
III – Uma das funções mais potentes do Excel desde as suas primeiras versões é a capacidade de gerar gráficos a partir de valores introduzidos numa folha de cálculo.

Das afirmativas apresentadas, está correto o que se afirma em:
  • A I e II, somente.
  • B II e III, somente.
  • C I e III, somente.
  • D II, somente.
  • E I, II e III.
45
No Microsoft Word é possível chamar a caixa de diálogo para impressão de documentos sem necessitar do mouse utilizando apenas uma combinação de teclas utilizada. Selecione alternativa que represente esta combinação de teclas:
  • A ALT + I
  • B ALT + P
  • C CTRL + I
  • D CTRL + P
  • E F5

Conhecimentos Gerais

46

Julgue se são falsas ou verdadeiras as assertivas e a seguir assinale a alternativa correta.

( ) O Vale-Cultura objetiva garantir meios de acesso e participação nas diversas atividades culturais desenvolvidas no Brasil.
( ) O Vale-Cultura pode ser oferecido pelas empresas e entidades com personalidade jurídica que possuem empregados regido pela CLT.
( ) O Governo Federal isentará, as empresas que aderirem ao Programa Cultura do Trabalhador, dos encargos sociais e trabalhistas sobre o valor dos benefícios concedidos, e ainda concederá que as empresas que declaram lucro real deduzam 1% deste valor do Imposto de Renda.
( ) Com o intuito de beneficiar primeiramente os trabalhadores de baixa e média renda, as empresas têm de oferecer o Vale-Cultura prioritariamente aos trabalhadores que recebem até 5 salários mínimos.

  • A V, F, V, V.
  • B V, V, V, V.
  • C V, V, F, V.
  • D V, V, V, F.
47
A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul teve origem na instalação da Assembleia Estadual Constituinte, para elaborar a primeira Constituição do recém-criado Estado de Mato Grosso do Sul pelo então Presidente da República, General Ernesto Geisel, através da Lei Complementar nº 31.

Qual o nome do atual 1º vice-presidente presidente dessa Assembleia?
  • A Professor Rinaldo.
  • B Pedro Kemp.
  • C Onevan de Matos.
  • D Maurício Picarelli.
48
Leia o texto a seguir e assinale a alternativa verdadeira. O IX Plano Setorial para os Recursos do Mar - PSRM, com vigência de 2016 a 2019, assume um compromisso explícito com o desenvolvimento da ciência, da tecnologia e da inovação nesse campo do conhecimento, com o monitoramento sedimentológico e meteoceanográfico e a disponibilização de dados e informações em tempo real para a sociedade, além de um olhar mais apurado para os recursos presentes na Zona Costeira e nas áreas marinhas de interesse nacional. (i) O IX PSRM enfoca, dentre outros, a conservação e o monitoramento ambiental e a importância estratégica das ilhas oceânicas. (ii) Os objetivos do IX PSRM foram estabelecidos de modo a promover o uso compartilhado do ambiente marinho com a adequada utilização dos meios existentes e da capacidade instalada, além da defesa dos interesses político-estratégicos da República Federativa do Brasil no mar, nos âmbitos nacional e internacional, com vistas a ampliar a presença brasileira em águas nacionais e internacionais e nas ilhas oceânicas e com observância do contido na PNRM. (iii) Com base nos princípios básicos da IX PNRM, a abrangência geográfica deste Plano contemplará a Zona Costeira - ZC, o Mar Territorial - MT, a Zona Econômica Exclusiva - ZEE, a Plataforma Continental - PC e as áreas marítimas internacionais de interesse da República Federativa do Brasil. (Fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/Decreto/D8907.htm). São corretos os itens
  • A (i) e (ii), somente.
  • B (i), e (iii), somente.
  • C (ii) e (iii), somente.
  • D (i), (ii) e (iii).
49
Foi inaugurado no dia 17/12/2015, no Rio de Janeiro, um museu que oferece uma visão do que pode ser o nosso futuro. O projeto é do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, um dos arquitetos mais arrojados do mundo.

Esse Museu recebeu o nome de:
  • A Museu do Amanhã.
  • B Museu da Arte Moderna.
  • C Museu do Futuro.
  • D Museu Contemporâneo.

História e Geografia de Estados e Municípios

50
Analise as afirmativas sobre o município de Tanguá e assinale a alternativa verdadeira. 1. Em 17 de março de 1878, chegou o primeiro trem a Tanguá, que se transformou em embarcadouro dos produtos da região. 2. Desde sua origem, a região tanguarina pertenceu sucessivamente às freguesias de Santo Antônio de Sá e São João Batista de Itaboraí. 3. Foi elevado à categoria de município com denominação de Tanguá, pela lei nº 2496, de 28-12-1995. 4. A história de Tanguá está relacionada com os fatos ocorridos no Recôncavo Guanabarino e no Brasil como um todo. É correto o que se afirma nos itens
  • A 1, 2, 3 e 4.
  • B 1, 2 e 3, apenas.
  • C 1, 3 e 4, apenas.
  • D 2, 3 e 4, apenas.
Voltar para lista