Resolver o Simulado Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IF-SP) - Administração - FUNRIO - Nível Médio

0 / 42

Legislação Federal

1
Acerca do que prevê a Lei nº 11.892/2008 sobre a estrutura organizacional dos Institutos Federais, seguem-se quatro afirmações:
I. A reitoria, como órgão de administração central, poderá ser instalada em espaço físico distinto de qualquer dos campi que integram o Instituto Federal, desde que previsto em seu estatuto e aprovado pelo Ministério da Educação.
II. Os Reitores serão nomeados pelo Presidente da República, para mandato de 4 (quatro) anos, permitida uma recondução, após processo de consulta à comunidade escolar do respectivo Instituto Federal.
III. O Conselho Superior, de caráter consultivo, será composto pelo Reitor, pelos Pró-Reitores e pelo Diretor-Geral de cada um dos campi que integram o Instituto Federal.
IV. A administração dos Institutos Federais terá como órgãos superiores o Colégio de Dirigentes e a Reitoria.

Está correto apenas o que se afirma em :
  • A I e II.
  • B II e IV.
  • C III e IV.
  • D I, III e IV.
  • E II e III.
2

Os Institutos Federais, previstos na Lei nº 11.892/2008, têm como objetivos:

I. Constituir-se em centro de excelência na oferta do ensino de ciências, em geral, e de ciências aplicadas, em particular, estimulando o desenvolvimento de espírito crítico, voltado à investigação empírica;

II. Estimular e apoiar processos educativos que levem à geração de trabalho e renda e à emancipação do cidadão na perspectiva do desenvolvimento socioeconômico local e regional;

III. Ministrar cursos de formação inicial e continuada de trabalhadores, objetivando a capacitação, o aperfeiçoamento, a especialização e a atualização de profissionais, em todos os níveis de escolaridade, nas áreas da educação profissional e tecnológica.

Está correto apenas o que se afirma em

  • A II e III.
  • B I e III.
  • C III.
  • D I e II.
  • E I, II e III.
3

Acerca do que prevê a Lei nº 11.892/2008, seguem-se três disposições:

I. Nos campi em processo de implantação, os cargos de Diretor-Geral serão providos em caráter pro tempore, após processo de consulta à comunidade do respectivo campus, atribuindo-se o peso de 1/3 (um terço) para a manifestação do corpo docente, de 1/3 (um terço) para a manifestação dos servidores técnico-administrativos e de 1/3 (um terço) para a manifestação do corpo discente; II. As unidades escolares que atualmente compõem a estrutura organizacional do Colégio Pedro
II passam de forma automática, independentemente de qualquer formalidade, à condição de campi da instituição.
III. A reitoria, como órgão de administração central, poderá ser instalada em espaço físico distinto de qualquer dos campi que integram o Instituto Federal, desde que previsto em seu estatuto e aprovado pelo Ministério da Educação.

Está correto apenas o que se afirma em

  • A I e II.
  • B II e III.
  • C I e III.
  • D I.
  • E III.
4

Assinale a alternativa que corresponde a atividades que geram direito aos adicionais de insalubridade e periculosidade, de acordo com a Orientação Normativa SRH/MPOG n° 06 de 18/03/2013:

  • A Em que a exposição a circunstâncias ou condições insalubres ou perigosas seja eventual ou esporádica.
  • B Consideradas como atividade-meio ou suporte, em que não há obrigatoriedade e habitualidade do contato.
  • C Que são realizadas em local inadequado, em virtudes de questões gerenciais ou por problemas organizacionais de outra ordem.
  • D Em que o servidor ocupe função de chefia ou direção, com atribuições de comando administrativo, exceto quando respaldado por laudo técnico individual que comprove a exposição em caráter habitual ou permanente.
  • E Realizadas de forma habitual de exumação de corpos em cemitérios.
5

Acerca das finalidades e características dos Institutos Federais, conforme previsto na Lei nº 11.892/2008, pode-se afirmar que são as seguintes:

I. Realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, o empreendedorismo, o cooperativismo e o desenvolvimento científico e tecnológico;

II. Promover a produção, o desenvolvimento e a transferência de novas tecnologias, notadamente as voltadas AA manutenção do crescimento econômico.


III. Promover a integração e a verticalização da educação básica à educação profissional e educação superior, otimizando a infra-estrutura física, os quadros de pessoal e os recursos de gestão.

Está correto apenas o que se afirma em

  • A I
  • B II
  • C III
  • D I, II e III.
  • E I e III.
6

Considerando o que prevê a Lei nº 11.892/2008 com respeito à administração dos Institutos Federais, é correto afirmar que

  • A poderão ser nomeados Pró-Reitores apenas os servidores ocupantes de cargo efetivo da Carreira docente.
  • B os Pró-Reitores são nomeados pelo Ministro da Educação, nos termos da legislação aplicável à nomeação de cargos de direção.
  • C poderão candidatar-se ao cargo de Diretor-Geral do campus apenas os servidores ocupantes de cargo efetivo de nível superior, da carreira dos técnico-administrativos, do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação.
  • D Os Reitores serão nomeados pelo Presidente da República, para mandato de 4 (quatro) anos, permitida uma recondução, após processo de consulta à comunidade escolar do respectivo Instituto Federal.
  • E Os campi serão dirigidos por Pró-Reitores, nomeados para mandato de 4 (quatro) anos, não sendo permitida recondução.
7

Acerca do que prevê a Lei nº 11.892/2008, seguem-se três disposições:

I. Nos campi em processo de implantação, os cargos de Diretor-Geral serão providos em caráter pro tempore, após processo de consulta à comunidade do respectivo campus, atribuindo-se o peso de 1/3 (um terço) para a manifestação do corpo docente, de 1/3 (um terço) para a manifestação dos servidores técnico-administrativos e de 1/3 (um terço) para a manifestação do corpo discente;

II. As unidades escolares que atualmente compõem a estrutura organizacional do Colégio Pedro II passam de forma automática, independentemente de qualquer formalidade, à condição de campi da instituição.

III. A reitoria, como órgão de administração central, poderá ser instalada em espaço físico distinto de qualquer dos campi que integram o Instituto Federal, desde que previsto em seu estatuto e aprovado pelo Ministério da Educação.

Está correto apenas o que se afirma em :

  • A I e II.
  • B II e III.
  • C I e III.
  • D I
  • E III
8

Acerca das finalidades e características dos Institutos Federais, a Lei nº 11.892/2008 prevê as seguintes:

I. Desenvolver a educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais;

II. Constituir-se em centro de excelência na oferta do ensino de ciências, em geral, estimulando o desenvolvimento do corpo discente, voltado à investigação teórica;

III. Ofertar educação profissional e tecnológica, em todos os seus níveis e modalidades, formando e qualificando cidadãos com vistas na atuação profissional nos diversos setores da economia, com ênfase no desenvolvimento socioambiental local;

IV. Orientar sua oferta formativa em benefício da consolidação e fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais, identificados com base no mapeamento das potencialidades de desenvolvimento socioeconômico e cultural no âmbito de atuação do Instituto Federal.

Está correto apenas o que se afirma em :

  • A I e III.
  • B II e IV.
  • C I e IV.
  • D II, III e IV.
  • E I, II e III.
9
Acerca do que prevê o a Lei n 11.892/2008, que institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, seguem-se quatro afirmações:
I. Os Institutos Federais terão autonomia para criar e extinguir cursos, nos limites de sua área de atuação territorial, bem como para registrar diplomas dos cursos por eles oferecidos, mediante autorização do seu Colégio de Dirigentes;
II. Os Institutos Federais são equiparados às universidades federais para efeito da incidência das disposições que regem a regulação, avaliação e supervisão das instituições e dos cursos de educação superior;
III. A unidade de ensino que compõe a estrutura organizacional de instituição transformada ou integrada em Instituto Federal passa de forma automática, independentemente de qualquer formalidade, à condição de campus da nova instituição;
IV. O Colégio Pedro II é equiparado aos institutos federais somente para efeito de incidência das disposições que regem as ações de regulação, avaliação e supervisão das instituições e dos cursos de educação profissional e superior;

Está correto apenas o que se afirma em :
  • A I e II.
  • B II e IV.
  • C III e IV.
  • D I, III e IV.
  • E II e III.
10

A Lei nº 8.270/1991, em seu artigo 12, Incisos I e II e seus parágrafos, estabelece que os servidores civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais perceberão adicionais de insalubridade e periculosidade, nos termos das normas legais e regulamentares pertinentes aos trabalhadores em geral e calculados com base em valores percentuais. Com relação a esse artigo, incisos e respectivos parágrafos, marque a alternativa CORRETA que corresponde aos valores dos adicionais de insalubridade e periculosidade.

  • A Cinco, dez e quinze por cento, no caso de insalubridade nos graus mínimo, médio e máximo, respectivamente.
  • B Vinte por cento, no de periculosidade.
  • C O adicional de irradiação ionizante será concedido nos percentuais de cinco, dez e vinte por cento, conforme se dispuser em regulamento.
  • D A gratificação por trabalho em raios-X ou substâncias radioativas será calculada na base percentual de quinze por cento.
  • E Os percentuais fixados no artigo 12 incidem sobre o vencimento do cargo em comissão.
11

Considerando o que prevê a Lei nº 11.892/2008, que institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, assinale a alternativa correta.

  • A Os Institutos Federais terão como órgão executivo a reitoria, composta por um Reitor e quatro Pró-Reitores.
  • B O Colégio de Dirigentes, de caráter consultivo, será composto por representantes dos docentes, dos estudantes e dos servidores técnico-administrativos, assegurando-se a representação paritária destes segmentos.
  • C O Conselho Superior, de caráter consultivo e deliberativo, será composto pelo Reitor, pelos Pró-Reitores e pelo Diretor- Geral de cada um dos campi que integram o Instituto Federal.
  • D Os Reitores serão nomeados pelo Ministro da Educação, para mandato de 4 (quatro) anos, permitida uma recondução, após processo de consulta à comunidade escolar do respectivo Instituto Federal.
  • E Os Pró-Reitores são nomeados pelo Reitor do Instituto Federal, nos termos da legislação aplicável à nomeação de cargos de direção.
12
Considerando as finalidades e características dos Institutos Federais, conforme previsto na Lei nº 11.892/2008, pode-se afirmar que eles têm como objetivos:
I. Promover a integração e a horizontalização da educação básica à educação profissional e educação superior, otimizando a infraestrutura física, os quadros de pessoal e os recursos de gestão;
II. Estimular e apoiar processos educativos que levem à geração de trabalho e renda e à emancipação do cidadão na perspectiva do desenvolvimento socioeconômico local e regional;
III. Ministrar cursos de formação inicial e continuada de trabalhadores, objetivando a capacitação, o aperfeiçoamento, a especialização e a atualização de profissionais, em todos os níveis de escolaridade, nas áreas da educação profissional e tecnológica;
IV. Ministrar educação profissional técnica de nível médio, prioritariamente na forma de cursos integrados, para os concluintes do ensino fundamental e para o público da educação de jovens e adultos.

Está correto apenas o que se afirma em :
  • A I e II.
  • B I, II e IV.
  • C III e IV.
  • D II, III e IV.
  • E II e III.

Português

13

“Plínio dedicara-se aos estudos e certamente conseguiria a aprovação.” Se substituirmos os verbos simples dessa frase por seus equivalentes compostos, a reescritura será:

  • A Plínio estava a dedicar-se aos estudos e certamente teria de conseguir a aprovação.
  • B Plínio estava se dedicando aos estudos e certamente iria conseguir a aprovação.
  • C Plínio havia se dedicado aos estudos e certamente teria conseguido a aprovação.
  • D Plínio tinha se dedicado aos estudos e certamente poderia conseguir a aprovação.
  • E Plínio vinha se dedicando aos estudos e certamente havia de conseguir a aprovação.
14
TECNOLOGIA EDUCACIONAL E DIGITAL NO CENÁRIO CONTEMPORÂNEO

Elaine Turk Faria

O objetivo deste artigo é apresentar um estudo sobre as possibilidades e necessidade de utilização da tecnologia digital nas instituições de ensino, bem como da introdução da cultura tecnológica entre alunos e professores, onde se inclui a educação à distância e as disciplinas semipresenciais no ambiente acadêmico.
Com frequência, lemos nos jornais, revistas e na literatura científica atual o quanto nossos jovens estão familiarizados com a tecnologia e têm facilidade no seu manuseio. Veem e Vrakking (2009) denominam os jovens desta época de “geração homo zappiens, que cresceu usando múltiplos recursos tecnológicos desde a infância”. Para estes autores, a geração homo zappiens é digital, e a escola é analógica. Reforçando essa posição, Marc Prensky, educador americano, escreveu um artigo em 2001 sobre os imigrantes digitais e os nativos digitais, em que faz uma divisão entre os que veem o computador como uma novidade e os que não imaginam a vida antes dele, pois têm contato com a tecnologia logo após o nascimento.
Esta situação, vivenciada na sociedade contemporânea, tem implicações tanto nas escolas de educação básica quanto nas universidades, já que este é o novo perfil dos estudantes e dos acadêmicos. Consequentemente, os cursos de licenciatura, onde se inclui também o curso de Pedagogia, têm de preparar os futuros professores para atuarem neste contexto.


[Texto adaptado]
Fonte: Aprender e ensinar: diferentes olhares e práticas.
Maria Beatriz Jacques Ramos & Elaine Turk Faria (orgs.).
Porto Alegre: PUCRS, 2011, p. 13.

A autora do texto defende que todas as escolas dos dias de hoje precisam

I – fomentar a cultura tecnológica no corpo discente;

II – fomentar a cultura tecnológica no corpo docente;

III – incluir a educação à distância;

IV – oferecer disciplinas semipresenciais;

V – preparar professores para lidar com a tecnologia.

VI – utilizar tecnologia digital;

Quantas dessas indicações estão coerentes com o que o texto diz explicitamente?

  • A Todas as seis.
  • B Apenas as quatro primeiras.
  • C Apenas as quatro últimas
  • D Cinco delas.
  • E Nenhuma delas.
15

A questão tomou por base o texto de uma nota publicada na coluna de Márcia Peltier no Jornal do Commercio de 01/12/2014.

RECUPERAÇÃO
O mercado de computadores deu um leve sinal de recuperação no terceiro trimestre. As vendas nesse período caíram apenas 0,5%, bem abaixo das previsões. Os analistas esperam que o balanço anual fique um pouco menos vermelho. Antes, a redução estimada era de 3,7%. Agora, deve ficar em 2,7%.

A notícia, embora de pequeno tamanho, foi escrita com cinco períodos objetivos e curtos. Essa é uma prática normal em textos informativos, mas seria possível reconstruí-lo em apenas dois períodos, gerando frases um pouco maiores, de estrutura sintática diferente. Assinale a única reescritura que coloca em risco a manutenção das informações.

  • A O mercado de computadores deu um leve sinal de recuperação no terceiro trimestre, quando as vendas caíram apenas 0,5%, bem abaixo do previsto. Os analistas esperam que o balanço anual fique um pouco menos vermelho, porquanto a redução estimada era de 3,7% e, agora, deve ficar em 2,7%.
  • B O mercado de computadores deu um leve sinal de recuperação no terceiro trimestre, pois as vendas nesse período caíram apenas 0,5%, bem abaixo do que se previa. Os analistas esperam que o balanço anual fique um pouco menos vermelho, já que, antes, a redução estimada era de 3,7% e, agora, deve ficar em 2,7%.
  • C O mercado de computadores deu um leve sinal de recuperação no terceiro trimestre, época em que as vendas caíram apenas 0,5%, bem abaixo das previsões. Os analistas esperam que fique um pouco menos vermelho o balanço anual, cuja redução estimada era de 3,7% e, agora, deve ficar em 2,7%.
  • D O mercado de computadores deu um leve sinal de recuperação no terceiro trimestre, vendendo nesse período apenas 0,5% abaixo do que estava previsto. Esperando que o balanço anual ficasse um pouco menos vermelho, os analistas estimavam uma redução de 3,7%, mas agora devem aceitar algo em torno de 2,7%.
  • E O mercado de computadores deu um leve sinal de recuperação no terceiro trimestre, tendo a queda das vendas ficado bem abaixo das previsões nesse período: apenas 0,5%. Como a redução estimada antes era de 3,7% e, agora, deve ficar em 2,7%, os analistas esperam que o balanço anual fique um pouco menos vermelho.
16

TECNOLOGIA EDUCACIONAL E DIGITAL NO CENÁRIO CONTEMPORÂNEO

Elaine Turk Faria


O objetivo deste artigo é apresentar um estudo sobre as possibilidades e necessidade de utilização da tecnologia digital nas instituições de ensino, bem como da introdução da cultura tecnológica entre alunos e professores, onde se inclui a educação à distância e as disciplinas semipresenciais no ambiente acadêmico.
Com frequência, lemos nos jornais, revistas e na literatura científica atual o quanto nossos jovens estão familiarizados com a tecnologia e têm facilidade no seu manuseio. Veem e Vrakking (2009) denominam os jovens desta época de “geração homo zappiens, que cresceu usando múltiplos recursos tecnológicos desde a infância”. Para estes autores, a geração homo zappiens é digital, e a escola é analógica. Reforçando essa posição, Marc Prensky, educador americano, escreveu um artigo em 2001 sobre os imigrantes digitais e os nativos digitais, em que faz uma divisão entre os que veem o computador como uma novidade e os que não imaginam a vida antes dele, pois têm contato com a tecnologia logo após o nascimento.
Esta situação, vivenciada na sociedade contemporânea, tem implicações tanto nas escolas de educação básica quanto nas universidades, já que este é o novo perfil dos estudantes e dos acadêmicos. Consequentemente, os cursos de licenciatura, onde se inclui também o curso de Pedagogia, têm de preparar os futuros professores para atuarem neste contexto.


[Texto adaptado]

Fonte: Aprender e ensinar: diferentes olhares e práticas.

Maria Beatriz Jacques Ramos & Elaine Turk Faria (orgs.).

Porto Alegre: PUCRS, 2011, p. 13.


Os autores citados no texto dizem que a geração homo zappiens é digital e que a escola é analógica. Isso contrasta, respectivamente, as atitudes de

  • A sentir inquietação & sentir quietude.
  • B ter voluntarismo & ter sedentarismo.
  • C adquirir universalidade e produzir resistência.
  • D mostrar modernidade e estar superado.
  • E preferir acomodação e semear precariedade.
17

Se tivéssemos de atribuir à charge acima um título coerente com a imagem e o texto, poderíamos escolher este:
  • A AQUECIMENTO GLOBAL
  • B ENQUANTO ISSO... NO POLO NORTE
  • C GELADEIRAS EM PROMOÇÃO
  • D CINCO PINGUINS CONTRA UM URSO
  • E CHUVA NÃO É CHUVISCO
18
Jejum de internet, o remédio
para uma dependência crescente


Oito dias de acampamento na floresta sem tocar um computador nem um smartphone - um “jejum de internet" que serve como tratamento pioneiro no Japão para uma dependência que afeta cada vez mais japoneses, especialmente os jovens.
Uma dezena de adolescentes participou de forma voluntária, em agosto de 2014, do primeiro programa desse tipo iniciado no país asiático e que antes só tinha sido testado na vizinha Coreia do Sul, explicou o coordenador do projeto, o psiquiatra Susumu Higuchi. Os jovens se alojaram em cabanas perto do monte Fuji, praticaram atividades ao ar livre e prepararam suas próprias refeições, sempre acompanhados de três psicólogos.
Os participantes apresentavam sintomas de dependência à internet, definida pelo especialista como “um uso excessivo ou compulsivo" de dispositivos como computadores e smartphones, e com consequências psicológicas, sociais ou educativas. Entre esses sintomas se encontram os transtornos de sono ou alimentícios, além do déficit de atenção, a hiperatividade, a ansiedade e a depressão.
Em sua chegada ao acampamento, os adolescentes “tinham dificuldade para interagir entre si e com os psicólogos, mas depois se mostraram extrovertidos e desenvolveram laços íntimos entre si". Além disso, cada participante elaborou seu próprio plano para “conviver com os computadores e a internet de forma saudável", relatou Higuchi, segundo o qual, no entanto, “ainda é cedo" para avaliar os resultados do programa.
O “acampamento sem internet" começou por iniciativa do Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia do Japão, devido a alarmantes estatísticas sobre a dependência à internet entre os jovens.

(Antonio Hermosín, http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/jeju.... Adaptado)

É correto afirmar que o psiquiatra Susumu Higuchi

  • A reconhece que o programa precisa ser alterado para ser bem-sucedido.
  • B lamenta o fato de o programa não ter atingido os resultados esperados.
  • C tem certeza de que o programa obteve sucesso em curar os participantes.
  • D duvida que o programa já tenha alcançado algum resultado positivo.
  • E considera precoce tirar conclusões acerca dos resultados do programa.
19

TECNOLOGIA EDUCACIONAL E DIGITAL NO CENÁRIO CONTEMPORÂNEO

Elaine Turk Faria


O objetivo deste artigo é apresentar um estudo sobre as possibilidades e necessidade de utilização da tecnologia digital nas instituições de ensino, bem como da introdução da cultura tecnológica entre alunos e professores, onde se inclui a educação à distância e as disciplinas semipresenciais no ambiente acadêmico.
Com frequência, lemos nos jornais, revistas e na literatura científica atual o quanto nossos jovens estão familiarizados com a tecnologia e têm facilidade no seu manuseio. Veem e Vrakking (2009) denominam os jovens desta época de “geração homo zappiens, que cresceu usando múltiplos recursos tecnológicos desde a infância”. Para estes autores, a geração homo zappiens é digital, e a escola é analógica. Reforçando essa posição, Marc Prensky, educador americano, escreveu um artigo em 2001 sobre os imigrantes digitais e os nativos digitais, em que faz uma divisão entre os que veem o computador como uma novidade e os que não imaginam a vida antes dele, pois têm contato com a tecnologia logo após o nascimento.
Esta situação, vivenciada na sociedade contemporânea, tem implicações tanto nas escolas de educação básica quanto nas universidades, já que este é o novo perfil dos estudantes e dos acadêmicos. Consequentemente, os cursos de licenciatura, onde se inclui também o curso de Pedagogia, têm de preparar os futuros professores para atuarem neste contexto.


[Texto adaptado]

Fonte: Aprender e ensinar: diferentes olhares e práticas.

Maria Beatriz Jacques Ramos & Elaine Turk Faria (orgs.).

Porto Alegre: PUCRS, 2011, p. 13.


Uma fonte citada no texto denomina os jovens de nossos tempos como “geração homo zappiens, que cresceu usando múltiplos recursos tecnológicos desde a infância”. O neologismo “homo zappiens” combina as formas “homo sapiens” e “zap”, com o intuito de

  • A fazer uma associação entre o hábito de se usar frequentemente o controle remoto e estar em contato com variados recursos eletrônicos.
  • B ironizar o excesso de utilização dos recursos tecnológicos por parte da juventude, que por isso mesmo pode deixar os estudos em segundo plano
  • C mostrar que o homem, desde os tempos mais remotos, sempre avançou em busca de conhecimento, o que justifica a metáfora com a palavra inglesa.
  • D conectar criativamente a língua latina e a língua inglesa na formação de uma palavra que teria vida breve na língua portuguesa.
  • E expressar uma crítica velada aos jovens que passam mais tempo diante dos computadores do que envolvidos nas tarefas propostas pela escola.
20

A brincadeira com a palavra CÚRVA tem uma finalidade humorística, mas se vale de recursos linguísticos que combinam os aspectos

  • A ortográfico e morfossintático.
  • B gráfico e semântico.
  • C fonético e estilístico.
  • D fônico e lexicológico.
  • E lúdico e rodoviário
21

Uma nota do Segundo Caderno do jornal diz: “Marcela, 23 anos, é estilista e, junto com Bárbara, vende suas criações dentro da Comuna, um mix de bar, restaurante, galeria de arte e espaço para shows, em Botafogo. É jovem produzindo roupa para jovem, mas na contramão de marcas que vendem uma carioquice que padroniza o visual da mulherada, com as mesmas flores e estampas vistas por toda a cidade.”

Um leitor envia carta ao jornal criticando a nota: “O texto apresenta um bom nível de linguagem, recorre a estruturas apropriadas para o gênero jornalístico, mas usa uma palavra vulgar, inaceitável num jornal desse nível, que sempre primou pela qualidade linguística.”

A carta do leitor, embora equivocada, está se referindo a que palavra da nota do jornal?

  • A carioquice.
  • B contramão.
  • C mix.
  • D mulherada.
  • E shows.
22
As alternativas abaixo contêm frases extraídas de um jornal de grande circulação. Em cada uma delas, há pelo menos um desvio gramatical, exceto numa. Qual?
  • A E eles sabem porque a vida não é melhor: o dinheiro público é desperdiçado, os governos de maneira geral têm projetos imediatistas de poder.
  • B Isolado e pressionado por líderes do partido, preocupadas com eventuais abalos à imagem do governo, o prefeito combinou com o governador uma “rendição" conjunta.
  • C Além da polêmica que derrubou a proposta de uma Constituinte específica, não há consenso também no Congresso sobre qual o melhor instrumento de consulta popular: plebiscito ou referendo.
  • D Para o jornal francês, os shoppings brasileiros deixam claro a tensão social e racial latente que pode fazer o país derrapar a qualquer momento.
  • E O ganho para compensar o cancelamento do reajuste virá da redução do percentual recolhido, mas podem haver outros benefícios
23

Na construção de frases com mais de um verbo, é preciso observar se o emprego dos tempos e modos é compatível com as noções de clareza e coerência textual. Uma das frases abaixo tem sua estrutura comprometida justamente por não fazer da maneira adequada a combinação dos verbos. Assinale-a.

  • A Ainda estaria por nascer o homem que poderia me ganhar no jogo de sinuca.
  • B Assim que os diretores virem a apresentação dos alunos, hão de aplaudir a iniciativa do grupo.
  • C Caso aqueles atletas fossem os ganhadores, receberiam nossas maiores homenagens.
  • D Desconheço o motivo pelo qual não se permite que ele convida a noiva para a festa.
  • E Falaram muito mal de sua família, embora a ela devessem grande parte do seu sucesso.
24

Assinale a alternativa que contém frase com desvio na flexão da forma verbal.

  • A Caso essa medida seja eficaz ou esteja de acordo com as normas, todos a aplaudiremos.
  • B Depois que sua irmã ver aquelas fotos, nunca mais nos perdoará.
  • C Eu não adiro ao programa enquanto nossos superiores não aderirem.
  • D Muitos esperavam que eu propusesse isso para você.
  • E Para que não bloqueemos o trânsito, vamos caminhar apenas pelas calçadas.
25

O VÕO DA ÁGUIA
A Águia pode viver por 70 anos. Sabe por quê?
A Águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Chega a viver 70 anos, mas, para chegar a essa idade, aos 40 ela tem de tomar um séria decisão.
É nessa fase da vida que ela está com as unhas compridas e flexíveis, não consegue mais agarrar suas presas das quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva. Apontadas contra o peito estão suas asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas e voar já é tão difícil...
A águia então tem duas alternativas: morrer ou enfrentar um dolorido processo de renovação que vai durar 150 dias. Esse
processo de renovação consiste em voar para o alto de uma montanha e recolher-se em ninho próximo a um paredão onde não
necessite voar.
Após encontrar esse lugar, a Águia começa a arrancar suas unhas. Quando começam a nascer as novas unhas, ela passa a arrancar as velhas penas. E, só cinco meses depois, sai para o famoso vôo de renovação e para viver então mais 30 anos.
Em nossa vida, muitas vezes, temos de nos resguardar por algum tempo e começar um processo de renovação.
Para que continuemos a voar um vôo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes e velhos hábitos que nos causam dor.
Somente livres do peso do passado, podemos aproveitar o resultado valioso que a renovação sempre nos traz.

FONTE: Jornal carta, 09.05.2003 www.Tonoticias.jor.br


Em “Apontadas contra o peito estão suas asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas”, o termo sujeito “asas” posiciona-se após o verbo. A alternativa abaixo em que essa inversão também se verifica é:

  • A “A águia pode viver 70 anos.”
  • B “(...) e começar um processo de renovação."
  • C “Esse processo de renovação consiste em voar para o alto (...).”
  • D “Quando começam a nascer as novas unhas (...)”
  • E “(...) a Águia começa a arrancar suas unhas.”
26

O Ghibli, estúdio de animação japonês, enfrenta rumores de que fechará suas portas. Fundado em 1985, foi responsável por algumas das animações de maior bilheteria do Japão, como o vencedor do Oscar “A Viagem de Chihiro” (2001), de Hayao Miyazaki. Representantes do Ghibli não comentam o assunto, mas Miyazaki, que anunciou sua aposentadoria em 2013, disse ao jornal “Los Angeles Times” que o estúdio não faria mais longas para o cinema. Na ocasião, o diretor também se mostrou pouco otimista em relação ao futuro da animação tradicional. “Acho que a era do papel e do lápis está chegando ao fim.”


No segmento “O diretor se mostrou pouco otimista", o termo sublinhado mantém um papel sintático que também está presente na seguinte passagem de uma letra de nosso cancioneiro:

  • A Foi por medo de avião que eu segurei pela primeira vez a tua mão.
  • B Quando você me quiser rever, já vai me encontrar refeita, pode crer.
  • C Não quero lhe falar das coisas que aprendi nos discos.
  • D À noite tenho compromisso e não posso faltar por causa de vocês.
  • E Hoje o samba saiu procurando você, quem te viu, quem te vê.
27

O emprego do pronome oblíquo átono está adequado às regras da língua padrão na seguinte frase:

  • A Alguns dias depois os diretores tornariam-se sócios da empresa.
  • B Falaremo-nos depois do show do grupo argentino de dança.
  • C Muitos professores haviam hospedado-se num hotel perto.
  • D Suas ponderações não nos parecem de todo utópicas
  • E Talvez apareça quem diga-o com mais sinceridade do que eu.
28

A edição do caderno Prosa de amanhã marca uma espécie de abertura oficial da cobertura da 11ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty no GLOBO. Totalmente dedicado à Flip, o Prosa apresentará, além de reportagens e entrevistas, a programação oficial da festa, que inclui diversos eventos promovidos pelo jornal. Serão duas exposições sobre Graciliano Ramos, o autor homenageado do ano, duas mesas de debates e um show em homenagem a Vinicius de Moraes.
Como sempre, a equipe ganhará reforço para mostrar diariamente ao leitor o que acontecerá na cidade histórica. Este ano, a Flip, que também costuma dar repercussão em seus debates ao que acontece fora do mundo literário, estará particularmente atenta às recentes manifestações que tomaram o Brasil de norte a sul. A curadoria da festa anunciou esta semana a inclusão de três mesas extras para discutir os protestos e seus desdobramentos.


Fonte: O Globo, 28/06/2013, p. 2.


A matéria, intitulada “A hora da festa da literatura”, tem o objetivo de

  • A Apresentar para os leitores como se dará a cobertura do grande evento cultural que ocorre na cidade de Paraty-RJ.
  • B Descrever quais os principais eventos que acontecerão no festival de literatura de Paraty-RJ.
  • C Convencer as pessoas da importância de participar dessa festa cultural que já é tradicional em Paraty-RJ.
  • D Narrar os passos administrativos da empresa até organizar como acompanhará o festival de Paraty-RJ.
  • E Insinuar que as mesas sobre as manifestações de rua fogem um pouco da temática literária do festival de Paraty-RJ.
29

A questão tomará por base o seguinte texto, que inicia o romance Palha de Arroz:

Ruas quietas dentro duma tarde cinzenta de janeiro. Quase nada de movimento por aqueles becos estreitos e sujos entre casas pobres. O sol assim como se enferrujado. Quase mesmo que querendo se apagar de todo. Era assim uma coisa como se o próprio tempo estivesse de propósito para abafar o movimento daquelas vivalmas que por ali labutavam e faziam outras coisas. Palha de Arroz não era bairro, nem de longe, propenso a tamanha tranquilidade. Já a tarde ia-se findando. E não aparecia um vivente para fechar o ponto do dia, ou mesmo abrir o programa da noite que já vinha vindo bem perto. Tudo silente. Tudo parado que nem água de poço.

Às portas dos armazéns, estivadores trabalhavam dando os últimos pospontos em sacos de oiticica, cera de carnaúba, babaçu. Já outros batiam e dobravam peles e espichados. Foi quando Parente, terminando sua tarefa, saiu assim rumo à ribanceira do rio. Jogou os panos fora e caiu n'água para derreter, mesmo sem sabão, ao menos a metade do grude. Alguns carroceiros, que davam jantar aos burros, atiraram-lhe pilhérias pesadas. Logo Parente lhes deu notícias das mães. Ninguém, entretanto, ao menos de leve se queimou. Qualquer um já bem sabia quem era aquele safado. Já ia para coisa de dez anos que morava na Barrinha. (...)
Já ia pardejando. Genoveva passou rebolando as ancas dentro duma saia de chita, subindo a rampa do cais. Toda imponente, empinada. Dengosa de faceira! Só que com o pescoço duro e meio torto, para a lata d'água não vomitar golfadas em seu corpo.


(Fontes Ibiapina: Palha de Arroz. Teresina: Corisco, 2002, p. 11-2)








Observe estes dois trechos extraídos do texto: I - Ruas quietas dentro duma tarde cinzenta de janeiro. II - O sol assim como se enferrujado. Essas duas frases valem-se da linguagem figurada, já que trabalham com a expressividade da língua. Afinal, a frase I mostra “ruas quietas", apesar de ruas não poderem ficar literalmente quietas, pois essa qualidade é intrinsecamente humana. Mostra também “tarde cinzenta ", mesmo que as tardes também não possam ser literalmente cinzentas, pois quem fica dessa cor é o céu. Já a frase II mostra “sol enferrujado", embora o sol não possa literalmente enferrujar, podendo apenas ficar com uma cor parecida com a da ferrugem. Por isso, ao analisarmos estilisticamente essas duas frases, reconhecemos haver procedimentos

  • A metafóricos em ambas.
  • B metonímicos em ambas.
  • C metafórico e metonímico, nesta ordem.
  • D metonímico e metafórico, nesta ordem.
  • E metafórico e metonímico em ambas.
30
TECNOLOGIA EDUCACIONAL E DIGITAL NO CENÁRIO CONTEMPORÂNEO

Elaine Turk Faria


O objetivo deste artigo é apresentar um estudo sobre as possibilidades e necessidade de utilização da tecnologia digital nas instituições de ensino, bem como da introdução da cultura tecnológica entre alunos e professores, onde se inclui a educação à distância e as disciplinas semipresenciais no ambiente acadêmico.
Com frequência, lemos nos jornais, revistas e na literatura científica atual o quanto nossos jovens estão familiarizados com a tecnologia e têm facilidade no seu manuseio. Veem e Vrakking (2009) denominam os jovens desta época de “geração homo zappiens, que cresceu usando múltiplos recursos tecnológicos desde a infância”. Para estes autores, a geração homo zappiens é digital, e a escola é analógica. Reforçando essa posição, Marc Prensky, educador americano, escreveu um artigo em 2001 sobre os imigrantes digitais e os nativos digitais, em que faz uma divisão entre os que veem o computador como uma novidade e os que não imaginam a vida antes dele, pois têm contato com a tecnologia logo após o nascimento.
Esta situação, vivenciada na sociedade contemporânea, tem implicações tanto nas escolas de educação básica quanto nas universidades, já que este é o novo perfil dos estudantes e dos acadêmicos. Consequentemente, os cursos de licenciatura, onde se inclui também o curso de Pedagogia, têm de preparar os futuros professores para atuarem neste contexto.

[Texto adaptado]
Fonte: Aprender e ensinar: diferentes olhares e práticas.
Maria Beatriz Jacques Ramos & Elaine Turk Faria (orgs.).
Porto Alegre: PUCRS, 2011, p. 13.

Uma fonte citada no texto denomina os jovens de nossos tempos como “geração homo zappiens, que cresceu usando múltiplos recursos tecnológicos desde a infância”. O neologismo “homo zappiens” combina as formas “homo sapiens” e “zap”, com o intuito de

  • A fazer uma associação entre o hábito de se usar frequentemente o controle remoto e estar em contato com variados recursos eletrônicos.
  • B ironizar o excesso de utilização dos recursos tecnológicos por parte da juventude, que por isso mesmo pode deixar os estudos em segundo plano.
  • C mostrar que o homem, desde os tempos mais remotos, sempre avançou em busca de conhecimento, o que justifica a metáfora com a palavra inglesa.
  • D conectar criativamente a língua latina e a língua inglesa na formação de uma palavra que teria vida breve na língua portuguesa.
  • E expressar uma crítica velada aos jovens que passam mais tempo diante dos computadores do que envolvidos nas tarefas propostas pela escola.
31

A questão tomou por base o seguinte texto, de Ana Paula de Oliveira e Claudia Lima de Albuquerque:

UM PANORAMA DO RECÔNCAVO BAIANO: SOCIEDADE, ECONOMIA E CULTURA

(...) A história do estado da Bahia é antiga. Salvador foi a primeira capital do Brasil e por muitos anos foi o centro administrativo de Portugal na Colônia. Essa importância dada à capital abrangia também o Recôncavo Baiano. Aqui se instituiu um expressivo comércio de açúcar, fumo e outros produtos oriundos de diversas localidades, que foram em direção a Portugal e outros países europeus. A população do Recôncavo em períodos coloniais sofreu muito com a ambição desenfreada dos portugueses, que tinham como único interesse a exploração das riquezas destas terras. Observa-se muito bem no trecho seguinte de Miguel Santos e outros a intenção portuguesa, assim que chegou a estas terras.

Nos primeiros contatos que os portugueses mantiveram com o Recôncavo, perceberam a existência de uma diversidade de plantas, animais e uma sociedade nativa, denominada indígena. O colonizador europeu, quando partiu para África, América e Ásia, sabia que, se necessário, destruiria todas as culturas encontradas, a fim de atingir o seu objetivo: exploração das terras “descobertas". Daí a construção de ideologias para justificar as investidas políticas, socioeconômicas e culturais que lhe trariam grandes lucros a partir da comercialização de produtos que não se identificavam com a realidade dos nativos. (SANTOS, 1996)

A proximidade do Recôncavo com a primeira capital do Brasil facilitava o embarque dos produtos e desembarque dos escravos, tornando Salvador o principal ponto de comunicação, fazendo com que suas adjacências também sofressem inúmeras mudanças. Essa região já demonstrava sua importância desde os primórdios da colonização. Registros desse período ainda permanecem na paisagem de Salvador e de algumas cidades do Recôncavo: são os sobrados em estilo barroco, as igrejas, os pelourinhos.

A paisagem mudou ao longo do tempo. Hoje, Cachoeira comporta uma intensa atividade turística, abriga um dos campi da UFRB, o que faz com que estudantes de variados locais do país se desloquem para esta pequena cidade para estudar, trazendo melhorias, mas também aumentando, e muito, o custo de vida da população cachoeirana. Cachoeira, felizmente, ainda preserva em sua arquitetura um longo período da história brasileira, em parte graças aos investimentos do governo, que através do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) faz reformas em vários prédios, que já estavam prestes a sucumbir. Isto também ocorre em Salvador e São Félix. (...)

FONTE: http://www.narradoresdoreconcavo.com.br/index/reconcavo [adaptado]

O último parágrafo do texto fala, sobretudo, da cidade de Cachoeira. Segundo as autoras, essa cidade apresenta, nos dias de hoje, o seguinte contraste:

  • A modificação paisagística pela passagem do tempo X incremento da atividade turística.
  • B melhorias decorrentes da imigração estudantil X aumento no custo de vida.
  • C preservação de sua arquitetura X investimentos do governo em reformas de prédios.
  • D expansão populacional X deterioração do patrimônio público
  • E construção de instalações universitárias X deslocamento da geração universitária.
32
TV DOMESTICADA
Apesar de tantas opções de canais, muita gente tem a sensação de que há pouca coisa interessante para assistir na TV. Se você se sente assim também, anime-se. Com o início da transmissão digital no Brasil, as mudanças serão tão grandes que a caixa quadrada parecerá um novo aparelho. Aliás, ela não será mais quadrada. “A grande diferença de imagem em alta definição será o de menos", disse Nicholas Negroponte, diretor do Laboratório de Mídia do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos. “A deficiência da TV atual é a programação. O sistema digital trará uma mudança de conteúdo completa", afirma.

Para o especialista em tecnologia, a interatividade será a principal vantagem da TV digital. “Isso significa que expressões como horário nobre perderão o sentido. Cada espectador fará sua própria programação", diz Negroponte. Ou seja, se você chegar em casa depois do jornal das 8 horas, vai poder assisti-lo à meia-noite. Vai escolher se quer mais esporte e menos política no noticiário ou vice-versa. E, se quiser assistir a um conserto, poderá optar por uma visão da primeira fila, na plateia, da frisa lateral ou do fundo das galerias. Tudo isso poderá ser operado por comandos de voz.

Vai ser uma mudança e tanto. “As emissoras vão ter de reaprender a fazer televisão", disse o engenheiro eletrônico Eduardo Bicudo, professor da Universidade Mackenzie, responsável pelos estudos que vão definir qual dos três sistemas em operação no mundo será adotado no Brasil - o japonês, o europeu ou o americano. Para ele, porém, a mudança vale a pena: “Comparada com o potencial da digital, a TV atual é um lixo".

Fonte: Carlos Dias & Renata Mercante, Revista Superinteressante São Paulo: Ed. Abril, abril 2000, p. 76.

O editor da revista procurou imagens na internet para ilustrar o texto, selecionando cinco. Assinale a única que não tem vínculo direto com o conteúdo do texto e, por isso, não serviria para ilustrá-lo.

  • A
  • B
  • C
  • D
  • E

Noções de Informática

33

Sobre tabelas em documentos do Libre Office Writer, versão 4, analise as afirmações abaixo.

I – É possível converter texto para tabela e vice-versa, separando o texto com tabulações.
II – Pode-se proteger o conteúdo de células contra alterações.
III – Existem funções pré-definidas para células numéricas como: soma, raiz quadrada, média, seno e cosseno.

Quais dessas afirmações estão corretas?

  • A Nenhuma delas está correta.
  • B Somente as duas primeiras estão corretas.
  • C Somente a primeira e a terceira estão corretas.
  • D Somente as duas últimas estão corretas.
  • E Todas estão corretas.
34
Instalar ou remover um software de um computador pode, muitas vezes, se tornar uma tarefa difícil. Para realizar a instalação correta é necessário verificar a dependência de bibliotecas, compatibilidade com o sistema operacional, dentre outras tarefas.
No Linux Ubuntu 12.04, através do Ubuntu Software Center, essa tarefa fica mais simples, sendo recomendada para todos os tipos de usuários, desde os iniciantes até os mais experientes. Por padrão o Linux Ubuntu 12.04 apresenta DUAS formas diferentes para a instalação e remoção de softwares. A primeira forma é usando o Ubuntu Software Center, como já foi citado anteriormente. Marque a alternativa que apresenta a ferramenta usada na segunda forma:
  • A apt-get.
  • B dpkg.
  • C install.
  • D rpm.
  • E yum.
35

Qual o efeito, no sistema operacional Microsoft Windows XP, ao pressionar as teclas Ctrl+Esc, isto é, manter a tecla Ctrt pressionada e, a seguir, pressionar a tecla Esc?

  • A Alternar janelas.
  • B Executar o Windows Explorer.
  • C Fechar o programa atualmente aberto
  • D Reiniciar o Windows.
  • E Abrir o menu Iniciar
36

No Microsoft Word 2010, em sua configuração original, qual das tarefas abaixo não pode ser feita a partir da guia “Revisão”?

  • A Comparar versões.
  • B Controlar alterações.
  • C Incluir comentário.
  • D Inserir nota de rodapé.
  • E Traduzir texto.
37

No Microsoft Word 2010, em sua configuração original, qual dos caminhos abaixo permite enviar um documento por e- mail?

  • A Guia Arquivo → Salvar e Enviar.
  • B Guia Página Inicial → Enviar para.
  • C Guia Inserir → Destinatário de e-mail.
  • D Guia Referências → Inserir destinatários.
  • E Guia Correspondência → Selecionar Destinatários
38

A figura apresenta a Página Inicial do Painel de Controle do Windows 7. Qual das tarefas de configuração abaixo pode ser acessada dentro da categoria “Sistema e Segurança"?

  • A Alterar configuração de grupo doméstico.
  • B Liberar espaço em disco.
  • C Configurar o menu Iniciar.
  • D Adicionar um dispositivo.
  • E Gerenciar credenciais do Windows.
39

Comparando as funções disponíveis no Microsoft Excel 2010 e no aplicativo Calc do Libre Office 4, qual categoria de funções existe no Calc e não existe no Excel?

  • A Banco de Dados.
  • B Data e Hora.
  • C Informações.
  • D Matriciais.
  • E Texto.
40


A figura mostra uma planilha Excel do Microsoft Office 2010 com as seguintes células preenchidas: A1=3; A2=6; A3=9; B1=1; B2=2; B3=3. A célula A4 está formatada com caracteres em negrito, e contém a fórmula =SOMA(A1:A3) de modo que o valor armazenado é 18. Suponha que a célula A4 foi copiada para a área de transferência através da função “Copiar" e se deseja colar na célula B4 usando a função “Colar Especial". Qual das opções de colagem abaixo preencherá a célula B4 com a fórmula =SOMA(B1:B3) mantendo as mesmas opções de formatação da célula A4?

  • A Tudo.
  • B Fórmulas.
  • C Valores.
  • D Formatos.
  • E Validação.
41

Selecionando-se um texto editado no aplicativo Word do Microsoft Office 2007 e passando-se o mouse sobre o texto selecionado, aparecem alguns comandos de qual Guia?

  • A Exibição.
  • B Início.
  • C Inserir.
  • D Layout da Página.
  • E Revisão.
42

Num aplicativo de navegação da Internet, como o Microsoft Internet Explorer ou o Mozilla Firefox, a listagem que registra todos os acessos realizados a páginas em um determinado intervalo de tempo é chamada de

  • A Cache.
  • B Extensões.
  • C Favoritos.
  • D Histórico.
  • E Navegação.
Voltar para lista