Resolver o Simulado Soldado Bombeiro Militar - Nível Médio

0 / 54

História

1

No estado do Paraná, as disputas por limites territoriais e os conflitos pela posse de terra acarretaram alguns episódios sangrentos que exigiram a atuação da Polícia Militar do Paraná. Sobre o tema, assinale a alternativa INCORRETA.

  • A A Conflagração do Sudoeste foi a luta de colonos contra companhias de terras que queriam cobrar pela terra que os colonos haviam recebido em doação.
  • B A Rebelião em Porecatu, também denominada Revolta do Quebra Quilo, foi um conflito que ocorreu no vale do rio Paranapanema.
  • C O conhecido Cerco da Lapa ocorreu na década de 1970, quando militantes comunistas tentaram tomar posse de terras de propriedade privada.
  • D A Guerra do Contestado foi motivada por uma disputa entre os estados do Paraná e Santa Catarina pela posse da região de Palmas.
  • E O Combate do Irani, ocorrido no início do século XX, é considerado o principal episódio da Guerra do Contestado.
2

O Norte da África e o Oriente Médio têm sido palco de di- versos confitos que sinalizam mudanças expressivas na maior parte dos países ali existentes. O que se pode notar de imediato é a substituição parcial ou total de grupos políticos que permaneceram por várias décadas no poder. Ainda está muito cedo para dizer que essas regiões experimentam de fato uma “Primavera dos povos árabes”. São países que foram palco das mudanças citadas, EXCETO:

  • A Líbia.
  • B Egito.
  • C Tunísia.
  • D Moçambique.
3

A Revolta da Vacina (1904) e a Revolta da Chibata (1910) podem ser consideradas

  • A resíduos absolutistas que resistiram aos governos militares do início da República.
  • B exemplos de revoltas populares dirigidas por líderes operários e socialistas.
  • C formas de resistência camponesa num momento em que a atenção do poder público, no Brasil, se voltava prioritariamente às cidades.
  • D demonstrações do baixo grau de politização das Forças Armadas brasileiras na Primeira República.
  • E resultados da precariedade dos espaços institucionais de manifestação e expressão popular durante a Primeira República.
4

Filas de rostos pálidos murmurando, máscaras de medo. Eles deixam as trincheiras, subindo pela borda. Enquanto o tempo bate vazio e apressado nos pulsos, e a esperança, de olhos furtivos e punhos cerrados, naufraga na lama. Ó Jesus, fazei com que isso acabe!


                                       (Siegfried Sassoon citado por HOBSBAWN, Eric. A Era dos Extremos. São Paulo:

                                                                                                                      Companhia das Letras, 1994.)


A desesperada descrição refere-se às duras condições vividas nos campos de batalha da I Guerra Mundial (1914-1918), embate bélico que transformou radicalmente as sociedades europeias. Sobre esse primeiro conflito de âmbito global e seus desdobramentos, assinale a afirmativa correta.

  • A Os Estados Unidos abandonaram sua secular política de neutralidade e enviaram tropas para lutar na frente oriental contra o exército russo.
  • B A Revolução Russa em 1917 demarcou o ponto de virada da guerra com o exército vermelho esmagando a resistência alemã.
  • C Marcou o fim da chamada Belle Époque com o estancamento do avanço do capitalismo e do imperialismo neocolonial.
  • D As indenizações de guerra, bastante pesadas e penosas para os derrotados, fortaleceram a democracia nesses países.
5

A Idade Média repousa sobre a terra. Idade Média é rural. É sobre essa ruralidade que se articula o conjunto de outras redes."

Jacques Le Goff. Em busca da Idade Média . Rio de Janeiro: Em busca da Idade Média Civilização Brasileira, 2008, p. 156

A frase pode ser considerada correta, entre outros motivos, porque

  • A a organização social, na Idade Média, baseava-se na relação dos diversos grupos sociais com a posse ou uso da terra.
  • B a economia medieval é baseada na produção agrícola em larga escala, destinada à exportação.
  • C as cidades desapareceram na Idade Média e todas as pessoas se transferiram para o campo.
  • D as atividades rurais, na Idade Média, ofereciam os capitais necessários para o desenvolvimento da grande indústria.
  • E a sociedade medieval retomava valores greco- romanos e idealizava a vida nos campos.
6
As Brigadas Internacionais foram unidades de combatentes formadas por voluntários de 53 nacionalidades dispostos a lutar em defesa da República espanhola. Estima-se que cerca de 60 mil cidadãos de várias partes do mundo — incluindo 40 brasileiros — tenham se incorporado a essas unidades. Apesar de coordenadas pelos comunistas, as Brigadas contaram com membros socialistas, liberais e de outras correntes político-ideológicas.

SOUZA, 1.1 A Guerra Civil Européia História Viva, n. 70, 2009 (fragmento).

A Guerra Civil Espanhola expressou as disputas em curso na Europa na década de 1930. A perspectiva política comum que promoveu a mobilização descrita foi o(a)

  • A critica ao stalinismo.
  • B combate ao fascismo.
  • C rejeição ao federalismo.
  • D apoio ao corporativismo
  • E adesão ao anarquismo
7

Na segunda metade do século XIX, os Estados Unidos reali­zaram o Destino Manifesto, isto é, a expansão para o oeste até o Oceano Pacífico. Sobre este movimento, também conheci­do como “Marcha para o Oeste”, pode­-se afirmar que

  • A com o avanço da colonização, desenvolveram-­se larga­mente as relações econômicas entre leste e oeste, porém as comunicações eram deficientes.
  • B a eleição de Jackson representou uma vitória para o leste na política nacional, realizando­se uma série de reformas que prejudicaram a “Marcha”.
  • C a expansão para oeste chegou ao seu auge com a ane­xação do Oregon e também com o fim da guerra contra o México, que permitiu anexar o Texas e a Louisiana
  • D as regiões anexadas aos Estados Unidos realizaram um rápido desenvolvimento econômico graças à mineração e à criação de gado.
  • E a Doutrina Monroe permitiu a conciliação entre os ha­bitantes do leste e do oeste em torno de um discurso republicano que culminou na independência.
8

Houve um momento da história do Brasil Império em que a unidade territorial do Brasil sofreu sérias ameaças. Nesse momento, os debates políticos giravam em torno de temas como: a centralização ou descentralização do poder; o grau adequado de autonomia de que deveriam gozar as províncias; o modelo mais adequado de organização das Forças Armadas. A alternativa que traz a denominação correta do período em referência é:

  • A Primeiro Reinado
  • B Período Regencial
  • C Segundo Reinado
  • D Governo Provisório Institucional
  • E Guerra do Paraguai
9

15 de Novembro

A Monarquia – Não é por falar mal, mas com franqueza... eu esperava outra coisa.
A República – Eu também!
(Revista FON-FON)

Mudanças políticas alimentaram grandes esperanças, mas as expectativas nem sempre são correspondidas. O diálogo publicado às vésperas do 20º aniversário da República, em 13 novembro de 1909, mostra que nem todos os brasileiros estavam satisfeitos como novo regime.
As insatisfações com a República ocorreram por meio de movimentos populares, durante a primeira década do século XX, na Capital Federal. Esses movimentos foram:

  • A Revolta da Batina e
    Cabanagem.
  • B Revolta da Vacina e Revolta da Chibata.
  • C Revolta Farroupilha e Revolta de Canudos.
  • D Revolta do Quebra-Quilos e Revolta do Vintém.
  • E Revolta do Contestado e Revolução Federalista.
10

É verdade que ele (Lampião) fizera uma romaria ao famoso Messias de Juazeiro, o Padre Cícero, pedindo sua benção antes de abraçar o cangaço, e é também verdade que o santo, embora debalde o exortasse a renunciar à vida marginal, dera-lhe um documento em que o nomeava capitão, e tenentes a seus dois irmãos. Contudo, a balada de onde extraí a maior parte desse relato não menciona qualquer desagravo de ofensas (exceto no seio do próprio bando), nenhum ato de tirar dos ricos para dar aos pobres, nenhuma dispensação de justiça. Registra batalhas, ferimentos, ataques a cidades (ou contra o que passava por cidades no sertão nordestino), sequestros, assaltos a ricos, combates com os soldados, aventuras com mulheres, episódios de fome e de sede, mas nada que lembre os Robin Hoods. Pelo contrário, registra “horrores”: como Lampião assassinou um prisioneiro, embora sua mulher o tivesse resgatado, como ele massacrava trabalhadores, como torturou uma velha que o amaldiçoara (sem saber de quem se tratava) fazendo-a dançar com um pé de mandacaru até morrer, como matou sadicamente um de seus homens, que o ofendera, obrigando-o a comer um litro de sal, e incidentes semelhantes. Causar terror e ser impiedoso é um atributo mais que importante para esse bandido do que ser amigo dos pobres.
Hobsbawm, Eric. Bandidos. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 1969.

A tese do banditismo social foi bastante utilizada no Brasil para explicar o surgimento do cangaço. Para o historiador Eric Hobsbawm, Lampião não pode ser considerado um bandido social, pois:

  • A Não tinha nenhuma característica que o ligasse à população mais pobre.
  • B Agia com violência atacando apenas os mais pobres.
  • C Não tinha como objetivo principal acabar com as injustiças sociais.
  • D Tinha boas relações com autoridades religiosas do Sertão.
11

“A Balaiada teve suas causas nos desmandos dos prefeitos e nas arbitrariedades dos homens do governo, que, para satisfazer os caprichos partidários, sacrificavam os interesses do povo. Ela irrompeu no Maranhão e dentro em pouco se propagou pelo Piauí”.

                                                          (NUNES, Odilon. O Piauí na História. Teresina: COMEPI, 1975, p. 71). 


Com referência às Revoltas Regenciais e à Balaiada no Piauí, analise as assertivas a seguir: 


 I – Movimento que eclodiu em sucessivos e ininterruptos motins, provocados por bandos armados, a Balaiada assemelhou-se a revoltas regenciais tais como a Cabanagem (PA), Farroupilha (RS), Praieira (PE) e Sabinada (BA).


II – Investindo contra fazendas e propriedades particulares em geral, o movimento Balaio também ganhou caráter de vingança contra integrantes das elites locais.


III – Entre as causas que colaboraram para a eclosão e adesão ao movimento figura o recrutamento militar compulsório, utilizado muitas vezes pelos governos como instrumento político e mecanismo de perseguição.


IV – No Piauí, o fazendeiro e político campo-maiorense Lívio Lopes Castelo Branco e Silva aderiu ao movimento com vistas a dar fim ao governo do Barão da Parnaíba, Manoel de Sousa Martins. 



  • A Todas as assertivas são corretas.
  • B Apenas três assertivas são corretas.
  • C Apenas duas assertivas são corretas.
  • D Apenas uma assertiva é correta.
  • E Todas as assertivas apresentam erro.
12

Sobre as organizações de esquerda que fizeram resistência armada à ditadura militar, é correto afirmar que

  • A estudantes secundaristas e universitários não participavam de ações armadas por motivo de segurança da organização.
  • B os militantes aprenderam a manejar armas na prática, pois não havia qualquer tipo de treinamento preparatório para o confronto direto com a polícia ou o exército.
  • C a maioria dos estudantes envolvidos nas manifestações estudantis de 1966 a 1968 ingressou nas organizações que defendiam a luta armada, com o objetivo de continuar a resistência à ditadura militar.
  • D à medida em que os estudantes conheciam a luta armada, maior era o número daqueles que abandonavam a resistência à ditadura militar.
  • E a luta armada teve início no campo e, paulatinamente, migrou para os centros urbanos.
13
A Revolução Francesa não deve ser considerada apenas como uma revolução burguesa.

(Modesto Florenzano. As revoluções burguesas, 1982.)


Essa afirmação pode ser considerada

  • A correta, pois a burguesia obteve, por meio de alianças com outros países, capacidade militar suficiente para impe dir o surgimento de mobilizações em outros segmentos sociais.
  • B correta, pois a Revolução Francesa nasceu da vontade burguesa de implantar a república e de impor a política econômica mercantilista.
  • C errada, pois a burguesia contou com o apoio do alto clero na luta contra o iluminismo e a população rebelada.
  • D correta, pois, além das ações burguesas, a Revolução Francesa contou com grandes mobilizações de camponeses e trabalhadores urbanos.
  • E errada, pois, à exceção da burguesia, os outros segmentos sociais eram incapazes de transformar e reorganizar a economia e a política francesas.
14

Um dos pontos altos da Constituição é o artigo 5.º, que garante amplas liberdades [...] Foram asseguradas as liberdades de manifestação, opinião e organização. O crime de racismo foi considerado inafiançável e imprescritível…


(Marco Antônio Villa. A história das Constituições brasileiras.São Paulo: Leya, 2011, p. 119)


O texto refere-se a atual Constituição brasileira, promulgada em 1988. Os princípios assegurados pela Constituição.
  • A comprovam a ausência de preconceitos raciais na sociedade brasileira.
  • B garantem à sociedade direitos democráticos, assim como a salvaguarda das diferenças cultural e étnica.
  • C caracterizam o Brasil, desde a independência, como país democrático.
  • D legitimam a liberdade de crença no Brasil, com a união entre Estado e religião.
  • E reconhecem a impossibilidade de implantação da democracia plena no Brasil.

Geografia

15
Rios, lagos e mares podem apresentar riscos à população em geral e/ou aos pescadores e banhistas. Sobre o tema, assinale a alternativa INCORRETA.
  • A Nos rios, a correnteza é, em princípio, menor junto às margens, devido ao atrito com a própria margem e maior no meio do rio; esse é um fator que leva à ocorrência de afogamentos, pois as águas são mansas nas bordas do canal, mas a pessoa acaba sendo arrastada pela velocidade da corrente, no meio do canal.
  • B Nas áreas de forte declividade, mesmo sob fortes temporais, o rio não altera a sua vazão, porque o escoamento é eficiente; já, nas áreas planas, a enchente pode atingir os pescadores e banhistas. É por esse motivo que não há risco aos banhistas nas cachoeiras, quando sobrevém uma forte chuva.
  • C Os redemoinhos, que se formam devido a irregularidades no canal do rio ou por motivos hidrodinâmicos diversos, tendem a “sugar” a pessoa para baixo, para o fundo do rio
  • D Nos lagos, as depressões do fundo, a acumulação de sedimentos ali depositados, às vezes em grande espessura, e a presença de vegetação viva ou morta, onde as pessoas possam ficar enroscadas, são fatores de risco de afogamento.
  • E No litoral do Paraná, banhistas podem ficar “ilhados” em locais aos quais chegaram nas primeiras horas da manhã, durante a maré baixa, pois não conseguem fazer o caminho de volta, durante a maré alta. Devem, portanto, aguardar a próxima maré baixa que ocorrerá, basicamente, no final da tarde, cerca de seis horas depois de a maré alta ter atingido o seu máximo valor.
16

“Hoje as duas maiores regiões metropolitanas brasileiras crescem em ritmo menor do que aquele observado até a década de 1980. São Paulo, por exemplo, cresceu quase 50% entre 1970 e 1980, mas registrou índice de crescimento demográfico de apenas 1,08% entre 2000 e 2010. O Rio de Janeiro cresceu ainda menos nessa década: 1,06% “.

(TAMDJIAN, J.O e MENDES, I.L. Geografia: Estudos para compreensão do espaço -
Ensino Médio. Volume único. São Paulo: FTD, 2011. P. 143.)

Entre os fatores que podem ser apontados como principais responsáveis pela desaceleração do crescimento demográfico de São Paulo e Rio de Janeiro, destaca-se a migração de indústrias para outros centros urbanos nos quais:

  • A os custos de produção são, em geral, maiores
  • B o custo de vida é considerado maior
  • C os sistemas de transporte estão saturados
  • D o sindicalismo é, de maneira geral, menos atuante
  • E as leis ambientais são mais rígidas
17

O clima urbano decorre do contraste entre o espaço urbano e o campo circundante, evidenciando o caráter fundamental da cidade como espaço localizado de contínua, cumulativa e acentuada derivação antrópica do ambiente.

(Adaptado de Carlos Augusto de Figueiredo Monteiro, “Por um suporte teórico e prático para estimular estudos geográficos do clima urbano no Brasil”. Geosul, Florianópolis, ano V, n. 9, 1º sem, 1990.)

Sobre o clima urbano é correto afirmar que:

  • A ele resulta da interação da paisagem natural com o espaço construído pela ação humana; a paisagem natural não é substituída pelo meio ambiente construído; nas grandes cidades as temperaturas são mais elevadas nas zonas de contato entre os espaços urbano e rural.
  • B ele resulta da interdependência entre as condições naturais e as ações humanas; a paisagem natural interage com o meio ambiente construído sem grandes alterações; nas grandes cidades as temperaturas declinam da periferia em direção ao centro.
  • C ele resulta da permanência da paisagem natural pela interferência da ação humana; a paisagem natural é substituída pelas atividades agrícolas; nas grandes cidades as temperaturas são mais elevadas nas áreas circundantes que nas áreas centrais.
  • D ele resulta da alteração da paisagem natural pela interferência da ação humana; a paisagem natural é substituída pelo meio ambiente construído; nas grandes cidades as temperaturas das áreas centrais são mais elevadas que nos campos circundantes.
18

O geógrafo brasileiro Jose William Vesentini, referindo-se à dissolução da União Soviética, escreveu “Novos países, problemas antigos” (2010). Esse título serve para explicar o início dos confrontos entre a Rússia e a Ucrânia, tendo como foco a disputa pela península

  • A de Kola.
  • B de Yamal.
  • C da Crimeia.
  • D da Geórgia.
  • E de Kamtchatka.
19

O processo de mundialização da economia capitalista inaugurou uma nova divisão internacional do trabalho porque

  • A a diversidade das plantas industriais, até então vigentes nas mais diferentes economias do planeta, sofreram homogeneização, excluindo a complementaridade.
  • B a divisão do mundo em países produtores de bens industrializados e países unicamente produtores de matérias-primas, quer agrícolas, quer minerais, já não bastava.
  • C a expansão industrial sobrepôs uma divisão horizontal à antiga divisão vertical do trabalho, mediante eliminação de níveis de qualificação dentro de cada ramo industrial
  • D a indústria multinacional restringiu sua atuação aos mercados de países centrais e criou bases produtivas adaptadas às necessidades de seus mercados nacionais.
20

Milton Santos afirma que a história do meio geográfico pode ser dividida em três etapas: o meio natural, o meio técnico e o meio técnico-científico-informacional. Sobre o assunto, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) Na etapa técnica, o espaço geográfico é formado pelo natural e pelo artificial e as regiões e países passam a se distinguir em função da extensão e da densidade da substituição dos objetos naturais e culturais por objetos técnicos.

( ) Na etapa natural, a ciência, a tecnologia e a informação estão na base da produção e da utilização do espaço geográfico, contribuindo para uma nova interpretação da questão ecológica.

( ) O meio técnico-científico-informacional pode ser considerado a cara geográfica da globalização, pois os espaços territoriais atendem aos interesses dos atores hegemônicos da economia, da cultura e da política, ou seja, atendem à lógica global.

( ) O meio técnico possibilita ao homem a utilização de novos materiais e o encurtamento das distâncias, dessa forma, a tendência é que os tempos sociais se sobreponham aos tempos naturais.

Assinale a sequência correta.  

  • A F, V, F, V
  • B V, V, F, F
  • C V, F, V, V
  • D F, V, V, F
21

As crianças possuem uma percepção inata das relações de proporção e localização. O trabalho dos docentes deve desenvolver a percepção natural das crianças desde os anos inicias di Ensino Fundamental. Daí a importância de estimular a confecção de desenhos por parte dos alunos. Para isso, o professor propõe a uma turma do 3º ano do Ensino Fundamental a seguinte atividade: desenhar a sala de aula vista de cima, ou seja, a partir do ponto de vista vertical.
O docente pretende, com essa atividade, introduzir o conteúdo de

  • A legenda.
  • B curva de nível.
  • C projeção cartográfica.
  • D coordenadas cartográficas.
  • E representação cartográfica.
22

Os derrames de lavas basálticas da Formação Serra Geral representam um dos mais volumosos vulcanismos continentais do planeta, com uma área superior
a 1 200 000 km2 . Em certos locais, os derrames sucessivos de lavas possuem centenas de metros de espessura.


  • A nas ilhas de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.
  • B no litoral de Ilhéus, na Bahia.
  • C nas áreas serranas da Mantiqueira, na zona da Mata Mineira.
  • D nas cataratas do rio Iguaçu, no Paraná.
  • E nas encostas litorâneas da Serra do Mar.
23

Quando do estudo de uma bacia hidrográfica, se faz necessário a análise dos cursos d’água que estão drenando a região e uma classificação muito utilizada é o método de considerar a constância do escoamento, o qual apresenta a classificação:

  • A sinuoso, subterrâneo e retilíneo.
  • B tributário, flutuante e infiltrado.
  • C perene, intermitente e efêmero.
  • D decaído, retentor e instantâneo.
  • E hipsométrico, coordenado e perturbado.
24

Com o término da Guerra Fria e o fim do controle das superpotências, observa-se inúmeras e substanciais mudanças na geopolítica internacional que levaram a ocorrência de novos e variados conflitos ao redor do mundo. Os conflitos da época da Guerra Fria eram motivados por fatores políticos e ideológicos. As atuais guerras civis ou outros tipos de conflitos são movidos por pressão demográfica, disputa de territórios e recursos naturais, questões étnicas e culturais, religião, ideologia e injustiças sociais.

Com relação aos conflitos ocorridos na África subsaariana, verifica-se que são motivados por questões ocorridos na África subsaariana,

  • A econômicas, assentadas na disputa dos parques industriais
  • B sociais e religiosas, desvinculadas de fatores econômicos e culturais.
  • C étnicas e culturais e disputa por áreas ricas em diamantes.
  • D raciais e econômicas, acentuadas por conflitos ideológicos.
  • E políticas e sociais, assentadas com base em uma proposta econômica.
25

Sobre a produção agrícola brasileira é INCORRETO afirmar que

  • A os derivados de cana-de-açúcar estão entre os produtos agrícolas incluídos na pauta de exportação nacional.
  • B o arroz produzido no Brasil, principalmente em pequenas propriedades, é exportado para os países asiáticos.
  • C o café está entre os produtos agrícolas nacionais que têm garantia de colocação no mercado externo.
  • D os cítricos estão entre os produtos que têm boa colocação no mercado mundial.
  • E o trigo não tem produção nacional suficiente para o abastecimento do mercado interno.
26
A matriz energética brasileira tornou-se motivo de preocupação devido aos processos combinados de industrialização e urbanização que o país obteve, em especial no período de 1940-1980, em que a quantidade de energia consumida aumentou a uma taxa média de 7% ao ano, dobrando a cada dez anos. Com relação aos recursos energéticos é CORRETO afirmar:
  • A As energias mais consumidas no país são o carvão mineral, seguido da eletricidade e da lenha/ carvão vegetal.
  • B As indústrias energointensivas são aquelas que consomem baixas quantidades de energia em seu processo produtivo devido à eficácia, eficiência e efetividade aplicadas à metalurgia.
  • C A indústria e os transportes produzem demandas energéticas diferentes. As indústrias são movidas principalmente pela eletricidade, enquanto o transporte de cargas e de passageiros no Brasil é essencialmente movido pelos derivados de petróleo.
  • D O setor agropecuário, seguido dos transportes e do comercial, representa a sequência correta no consumo final de energia no país.
  • E A produção e a distribuição de energia elétrica no Brasil são realizadas a partir de dois grandes sistemas integrados: o sistema Sul-Sudeste-Centro-Oeste, que conta com cerca de 25% da capacidade instalada do país, e o sistema Norte-Nordeste, responsável por cerca de 70%. As usinas isoladas contribuem com o restante.
27

Entre as atividades que se expandem e impactam a Região Amazônica, destacam-se claramente:

  • A o cultivo da cana-de-açúcar e do milho.
  • B a pecuária de corte e de leite e a plantação de soja.
  • C a pecuária de leite e o cultivo de seringueira.
  • D a caprinocultura e a pecuária de leite, especialmente em Rondônia.
  • E o plantio de soja e o cultivo da cana-de-açúcar, sobretudo em Roraima.
28

Observe a figura.



As capitais brasileiras se distinguem nitidamente pela configuração de sua rede urbana, refletindo em sua densidade demográfica. Considerando-se o processo de crescimento das capitais brasileiras (1872/2000), pode-se afirmar corretamente que

  • A Salvador exerce influência sobre a maior parte do Nordeste e centraliza os processos migratórios intrarregionais e inter-regionais.
  • B São Paulo e Rio de Janeiro podem ser consideradas cidades milionárias e concentram a maior parte de sedes empresariais.
  • C Cuiabá e Campo Grande funcionam como metrópoles nacionais e polarizam pequenas cidades da Amazônia Setentrional.
  • D Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis apresentam-se em períodos semelhantes de crescimento e sofrem reflexo dos fluxos migratórios de agricultores do Centro-Oeste.
  • E Belém apresenta-se em um processo histórico de involução metropolitana e destaca-se pela saída de mão de obra especializada para outras capitais regionais do Norte.
29
Considerando as principais perspectivas que foram predominantes no transcurso do século XX no que diz respeito ao comando e orientação que nortearam pesquisas na área de Geografia e os fundamentos teóricos do pensamento geográfico, julgue os itens a seguir:

I. A Geografia Idealista tem como base os trabalhos realizados por Yi-Fu Tuan, Buttimer, Relph e Mercer e Powell. Possui a fenomenologia existencial como a filosofia subjacente. Embora possuindo raízes mais antigas, em Kant e Hegel, os significados contemporâneos da fenomenologia são atribuídos à filosofia de Hussel. Já a Geografia Humanística procura valorizar a experiência do indivíduo ou do grupo, visando compreender o comportamento humano em relação aos seus lugares. As noções de espaço e lugar surgem como importantes para esta tendência geográfica.

II. A abordagem humanística em Geografia representa tendência para valorizar a compreensão das ações envolvidas nos fenômenos, procurando focalizar o seu aspecto interior, que é o pensamento subjacente às atividades humanas. Collingwood, em sua obra The Idea of History (1956), considera que uma ação compreende dois aspectos: o exterior, que compreende todos os aspectos de uma ação passíveis de descrição em função de corpos e de seus movimentos, enquanto a parte interior das ações é o pensamento subjacente aos seus aspectos observáveis. Essa perspectiva collingwoodiana foi acatada por Guelke, que vem aplicando-a na Geografia. Em 1974 apresentou as características básicas da geografia idealista, e posteriormente mostrou a sua potencialidade de aplicação na geografia histórica (1975) e na geografia regional (1977).

III. A Geografia Radical visa ultrapassar e substituir a Nova Geografia. Os seus propugnadores consideram a Nova Geografia como sendo pragmática, alienada, objetivada no estudo dos padrões espaciais e não nos processos e problemas socioeconômicos e com grande função ideológica. Desta maneira, ela procura analisarem primeiro os processos sociais, e não os espaciais, ao inverso do que se costumava praticar na geografia teorético-quantitativa. Nessa focalização, encontra-se implícito o esforço na tentativa de integrar os processos sociais e os espaciais no estudo da realidade. A Geografia Radical interessa-se pela análise dos modos de produção e das formações socioeconômicas. Cada modo de produção, capitalista ou socialista, por exemplo, reflete-se em formações socioeconômicas espaciais distintas, cujas características da paisagem geográfica devem ser analisadas e compreendidas. Para a análise dos modos de produção e das formações socioeconômicas, os geógrafos radicais têm por base a filosofia marxista. A Geografia Radical tem por objetivo colaborar ativamente para a transformação da sociedade capitalista.

É correto o que se afirma em:
  • A I, II e III.
  • B I, II, apenas.
  • C III, apenas.
  • D I e III, apenas.

Biologia

30

A transferência de energia na cadeia alimentar é sempre feita de forma unidirecional. Em relação aos níveis tróficos, é correto afirmar:

  • A A porcentagem de energia transferida de um nível trófico para o seguinte é sempre constante para todos os seres
  • B Quanto mais níveis tróficos uma cadeia alimentar apresentar, menor é a dispersão energética ao longo dela
  • C A massa de matéria orgânica não reflete a quantidade de energia química disponível em cada nível trófico.
  • D A produtividade, eficiência com que os organismos aproveitam a energia para produzir biomassa, é menor nos produtores.
  • E A quantidade de energia potencialmente transferível para o nível seguinte é sempre inferior a do nível anterior.
31
Pedro, após uma viagem à Libéria, começou a apresentar os seguintes sintomas: febre, calafrios e cefaléia, seguidos de náusea e vômito. Posteriormente a esse estágio, ele apresentou um quadro de icterícia. Após exames laboratoriais constatou-se que se tratava de uma doença viral. Com base nessas informações, qual o possível diagnóstico dado?
  • A Ebola
  • B Febre amarela.
  • C Leptospirose.
  • D Amarelão.
  • E Malária.
32

Preocupada com a influência das vacas nos processos poluidores, a Embrapa começou a estudar o assunto com o projeto Pecus. O objetivo é calcular quanto as vacas e os bois “soltam” de metano no ar e como diminuir a quantidade deste gás.


Para alcançar este objetivo a Embrapa busca melhorar as condições de criação destes animais, plantando árvores no meio do pasto, etc. As árvores ajudam a melhorar o ar, porque aumentam a quantidade de oxigênio. Pode haver várias outras formas de resolver este problema, razão pela qual que os pesquisadores da Embrapa pensam e estudam bastante. Fonte: http://ccw.sct.embrapa.br/?pg=bloguinho – postado 11/10/2011


Com a redução da liberação do gás metano expelido pelo rebanho bovino, determine qual tipo de processo poluidor deve diminuir? 

  • A Inversão térmica.
  • B Efeito estufa.
  • C Chuva ácida.
  • D Eutrofização.
  • E Queimadas.
33

Uma das adaptações fisiológicas dos vegetais que habitam áreas secas, como por exemplo, o mandacaru, é armazenar água em épocas favoráveis do ano. Em células de qual tecido a água é armazenada?

  • A Colênquima.
  • B Parênquima.
  • C Epiderme.
  • D Xilema.
  • E Floema.
34

De acordo com algumas características, os fungos estão mais próximos filogeneticamente dos animais do que das plantas. Essa informação é considerada correta porque os seres vivos que compõem os reinos Fungi e Animalia.

  • A possuem órgãos e realizam temporariamente a fermentação em condições anaeróbicas.
  • B possuem a capacidade de reservar glicogênio e são heterótrofos.
  • C realizam a meiose gamética e absorvem moléculas orgânicas do meio ambiente.
  • D realizam o ciclo de vida haplonte e apresentam citocromos na cadeia respiratória.
  • E possuem tecidos verdadeiros e liberam enzimas que fazem a digestão extracorpórea.
35
ÁGUA LIMPA AINDA É UM PRODUTO RARO

No Dia Mundial da Água lembrado ontem, houve pouco o que comemorar. A cada 15 segundos, uma criança morre de doenças relacionadas à falta de água potável e de saneamento. E quase 10% das doenças ao redor do mundo poderiam ser evitadas se os governos investissem mais em acesso à água e medidas de higiene, aponta relatório da ONU.

(Fragmento de reportagem publicada no Jornal O Dia – 23/03/2013)

Na hipótese de que, com a finalidade de combater larvas de mosquitos, agricultores tenham poluído as águas de um lago com DDT, na ordem de 0,015 partes por milhão (ppm), é de se esperar que a maior concentração de DDT por quilo de organismo seja encontrada:
  • A nos mosquitos
  • B no fitoplâncton
  • C no zooplâncton
  • D nos peixes carnívoros
  • E nos peixes planctófagos
36

A respeito da circulação humana, é correto afirmar que

  • A as contrações e relaxamentos do coração são originados por suas valvas internas.
  • B o sangue que sai do ventrículo direito segue diretamente para a artéria aorta.
  • C o sangue contido nas veias cavas desemboca diretamente no ventrículo esquerdo.
  • D nas câmaras cardíacas localizadas no lado esquerdo circula apenas sangue arterial.
  • E no interior das veias circula apenas sangue venoso, e nas artérias, apenas sangue arterial.
37

As minhocas são anelídeos muito importantes para o processo de fertilização dos solos e existem até criações de minhocas com esse fim. Elas ajudam o solo por que:

  • A se alimentam de detritos inorgânicos como o ferro, o nitrogênio e o magnésio; quando morrem, seus corpos fertilizam o solo e formam o húmus
  • B apresentam hemoglobina no seu sangue; são ricas em ferro e nitrogênio que adubam e fertilizam o solo
  • C se alimentam de restos vegetais em decomposição e produzem fezes ricas em substâncias nitrogenadas; seu esterco é o húmus de minhoca
  • D no processo de crescimento, ao realizarem a muda ou ecdise, suas carapaças ricas em nitrogênio, ureia e ferro fertilizam o solo
  • E apresentam um sistema digestório formado por cecos intestinais e moela que trituram as carapaças dos insetos ricos em calcário que aduba o solo
38

O albinismo é uma característica em que o indivíduo portador não produz melanina devido à ausência de enzimas na síntese dessa proteína.

Sobre essa característica, assinale a alternativa INCORRETA.

  • A O albinismo é uma característica que pode ser analisada por meio de genética mendeliana.
  • B O alelo para essa característica só se manifesta quando em dose dupla.
  • C Nos gametas do indivíduo albino, o alelo dominante estará presente.
  • D No indivíduo albino, o gene recessivo estará presente em seus neurônios.
39

O principal órgão que compõe o sistema excretor dos vertebrados é o(a)

  • A fígado.
  • B rim.
  • C pele.
  • D vesícula biliar.
  • E intestino delgado.
40

A matéria-prima para a evolução é a sequência de ADN existente. Nesse sentido, nenhum gene é totalmente novo. Entretanto, a inovação pode ocorrer de diversas maneiras, sendo correto afirmar que:

  • A no embaralhamento de segmentos, dois ou mais genes existentes podem ser quebrados e religados para formar um gene híbrido constituído por segmentos de ADN originalmente pertencentes a genes separados.
  • B na mutação intragênica, um gene existente pode ser modificado por mudanças em sua sequência de ADN por vários tipos de erros que ocorrem, principalmente, durante o processo de tradução do ADN.
  • C na duplicação gênica, um gene existente pode ser quebrado, criando assim, um par de genes inicialmente idêntico dentro de células.
  • D na transferência vertical, uma porção de ADN pode ser transferida do genoma de uma célula para o genoma de outra – inclusive para uma de outra espécie.
  • E na transferência horizontal, dois ou mais genes existentes podem ser quebrados e religados para formar um gene híbrido constituído por segmentos de ADN, originalmente pertencentes a genes separados.
41

Existem registros científicos da existência dos escorpiões há mais de 400 milhões de anos. Segundo pesquisas, entre as adaptações que lhes permitiram conquistar o ambiente terrestre, lhes foi muito útil à carapaça de quitina que compõe o seu exoesqueleto e que evita a evaporação excessiva. Atualmente, já estão catalogadas cerca de 1.600 espécies e subespécies distribuídas em 116 gêneros diferentes em todo o mundo. No Brasil, existem cerca de 140 espécies.


No jornal Estado de Minas, de 17 de agosto de 1990, foi publicado o seguinte texto: “Agosto e setembro são os meses em que mais aparecem escorpiões, pois é justamente nesses meses que eles têm seu período de reprodução. O inseto se refugia nos mais diferentes lugares, como amontoados de madeira, pedras, entulhos, fendas na parede ou atrás de móveis. Diariamente, pelo menos uma pessoa picada por escorpião é atendida no Centro de Toxologia do Hospital João XXIII.”


Essa matéria sobre o escorpião incorre em erro ao

  • A descrever seu comportamento.
  • B indicar seu hábitat.
  • C indicar seu período de reprodução.
  • D referir-se à sua classificação taxonômica.
  • E referir-se à sua nocividade.
42

Na fagocitose, o fagossomo é uma estrutura que contém partículas sólidas capturadas no meio externo. Ao se fundir a uma bolsa membranosa, promove a digestão das partículas por meio da ação de enzimas. Essa estrutura tem origem no complexo Golgiense, estando presente em praticamente todas as células eucarióticas. Com base nessas informações, assinale a alternativa que apresenta a estrutura mencionada.

  • A centríolo
  • B núcleo
  • C lisossomo
  • D ribossomo
  • E cloroplasto
43

A doença de Chagas afeta mais de oito milhões de brasileiros, sendo comum em áreas rurais. É uma doença causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e transmitida por insetos conhecidos como barbeiros ou chupanças.

Uma ação do homem sobre o meio ambiente que tem contribuído para o aumento dessa doença é

  • A o consumo de carnes de animais silvestres que são hospedeiros do vetor da doença.
  • B a utilização de adubos químicos na agricultura que aceleram o ciclo reprodutivo do barbeiro.
  • C a ausência de saneamento básico que favorece a proliferação do protozoário em regiões habitadas por humanos.
  • D a poluição dos rios e lagos com pesticidas que exterminam o predador das larvas do inseto transmissor da doença.
  • E o desmatamento que provoca a migração ou o desaparecimento dos animais silvestres dos quais o barbeiro se alimenta.
44

O organismo humano está sempre realizando divisões celulares. Há dois tipos de divisão celular, a mitose e a meiose, realizados em situações diferentes.

Sobre elas, está correto afirmar:

  • A A meiose é um tipo de divisão celular que ocorre desde o surgimento da primeira célula do bebê até a nossa morte e em diferentes órgãos e tecidos do corpo.
  • B A mitose, no ser humano e em outros animais, está associada com a formação de células sexuais ou gametas (espermatozoide e óvulo).
  • C A mitose é de suma importância para continuarmos a nos desenvolver, a crescer e para repor as células perdidas.
  • D A meiose é um processo equacional no qual são geradas células com o mesmo teor genético das células que iniciam o processo de divisão celular.

Direitos Humanos

45

A edição da Emenda Constitucional n. 45, de 2004, inaugurou um novo panorama nos acordos internacionais relativos a direitos humanos na República Federativa do Brasil. Quanto às formalidades exigidas para a incorporação de normas internacionais em geral e tratados de direitos humanos, essa Emenda determina que

  • A os tratados internacionais deverão ser propostos por um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal para serem admitidos e enviados à votação do Plenário do Congresso Nacional.
  • B os tratados e as convenções internacionais sobre direitos humanos que forem aprovados pelo Senado Federal e pela Câmara dos Deputados, em um só turno de discussão e votação, serão equivalentes às emendas constitucionais, após a sanção do Presidente da República.
  • C os tratados internacionais deverão ser propostos por um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal, devendo serem discutidos e votados em cada Casa, em dois turnos, e serão aprovados se obtiverem, em ambas, três quintos dos votos dos seus respectivos membros.
  • D os tratados e as convenções internacionais sobre direitos humanos que forem aprovados em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos votos dos respectivos membros, serão equivalentes às emendas constitucionais.
46

Na evolução dos direitos humanos, costumam-se classificar, geralmente, as gerações dos direitos em três fases (Eras dos Direitos), conforme seu processo evolutivo histórico.

Assinale a alternativa que representa, correta e cronologicamente, essa classificação.

  • A Direitos civis; direitos políticos; direitos fundamentais.
  • B Igualdade; liberdade; fraternidade.
  • C Direitos individuais; direitos coletivos; direitos políticos e civis.
  • D Direitos civis e políticos; direitos econômicos e sociais; direitos difusos.
  • E Liberdades positivas; liberdades negativas; direitos dos povos.
47

No que se refere à Convenção Americana de Direitos Humanos, assinale a opção correta.

  • A No caso de suspensão de garantias, esta não poderá atingir normas de direitos humanos qualificadas como jus cogens.
  • B Nos Estados-partes organizados sob a forma federal, as reservas ao pacto poderão ser levadas a efeito pelas unidades federativas do respectivo Estado-parte.
  • C A referida convenção impõe ao governo central do Estado- parte organizado sob a forma federal o dever de cumprir todas as disposições de proteção aos direitos humanos nela elencadas, mesmo aquelas que estejam na órbita de competência das unidades federadas desse Estado.
  • D Essa convenção admite a sua própria suspensão in totum em caso de guerra, perigo público ou outra emergência que ameace a independência ou segurança do Estado-parte.
  • E Segundo essa convenção, a suspensão de garantias nela previstas prescinde de qualquer comunicação aos Estados- partes do acordo.
48

Com base na Convenção contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanas ou Degradantes, assinale a opção correta.

  • A As penas legítimas que inflijam dores ou sofrimentos agudos, físicos ou mentais, devem ser consideradas tortura.
  • B A ratificação da referida convenção por determinado Estado implica o reconhecimento da competência do Comitê Contra a Tortura para processar comunicações de violação apresentadas por seus cidadãos.
  • C Somente as comunicações de violação anônimas podem ser recusadas pelo Comitê Contra a Tortura.
  • D A qualidade especial do agente é essencial para a configuração do crime de tortura.
  • E A orientação de tipificar a tortura como crime próprio, expressa na referida convenção, é adotada na legislação brasileira.
49

Sobre o sistema internacional de proteção dos direitos humanos, é CORRETO afrmar:

  • A A Corte Interamericana de Direitos Humanos já decidiu que a lei da anistia de 1979, editada pelo Brasil, é manifestamente incompatível com a Convenção Americana de Direitos Humanos.
  • B O Brasil não ratifcou a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Defciência e seu Protocolo Facultativo.
  • C O Brasil não se submete à jurisdição da Corte Interamericana de Direitos Humanos.
  • D O Tribunal Penal Internacional é um órgão jurisdicional criado no âmbito do sistema interamericano de proteção dos direitos humanos, cuja atuação depende de provocação da Comissão Interamericana de Direitos Humanos.

Legislação Federal

50
Assinale a alternativa correta sobre o que foi criado pela Lei Federal n° 12.888, de 20 de julho de 2010 (Estatuto da Igualdade Racial) como forma de organização e de articulação voltadas à implementação do conjunto de políticas e serviços destinados a superar as desigualdades étnicas existentes no País.
  • A Sinapir - Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial.
  • B Senaprer- Serviço Nacional de Prevenção Racial.
  • C Sinagir - Sistema Nacional de Garantia da Inclusão Racial.
  • D Sinatir - Serviço Integrado de Atenção e Igualdade Racial.
  • E Sincodir- Serviço integrado de Combate à Discriminação Racial.

Direitos Humanos

51
A RESPONSIBILITY TO PROTECT (R2P), COMO CONJUNTO DE PRINCÍPIOS ORIENTADORES DE AÇÃO DA COMUNIDADE INTERNACIONAL:

  • A diz respeito, apenas, à proteção da população civil em conflitos internacionais;
  • B diz respeito, apenas, à proteção da população civil em conflitos não internacionais;
  • C exclui a possibilidade de intervenção militar para proteção da população civil;
  • D inclui a possibilidade de intervenção militar para proteção da população civil como ultima ratio.
52

“A impunidade ainda paira sobre as mortes de 493 pessoas, ocorridas em maio de 2006, a maioria pobres, negros e moradores da periferia. Todos os indícios apontam para uma ação efetiva de grupos de extermínio da polícia como forma de retaliação aos ataques do PCC naquele ano. As mães e familiares dessas vítimas de violência policial se uniram em um movimento chamado 'Mães de Maio'. São mulheres que transformaram a dor da perda na luta por justiça e hoje buscam um reconhecimento da sua causa para que o Estado não tire mais vidas em vão. A dor de centenas de famílias, que até hoje esperam respostas, se transformou em luta por meio do Movimento Mães de Maio"

(http://www.maesdemaio.com/#!justica/c786).

Em atendimento a uma “mãe de maio", o Defensor Público, após constatar que o inquérito policial para elucidação do crime foi arquivado, poderia

  • A peticionar à Comissão Interamericana de Direitos Humanos.
  • B peticionar ao Comitê contra os Desaparecimentos Forçados.
  • C representar ao Defensor Público Interamericano para que peticionasse à Corte Interamericana de Direitos Humanos.
  • D peticionar ao Superior Tribunal de Justiça pleiteando o deslocamento da competência para a Justiça Federal.
  • E peticionar ao Supremo Tribunal Federal pleiteando o deslocamento da competência para a Justiça Federal.
53

Segundo dados do CONARE (Comitê Nacional para os Refugiados), o Brasil possuía, no fim de 2014, 6.492 refugiados de 80 nacionalidades. Como é sabido, o Brasil ratificou a Convenção das Nações Unidas sobre o Estatuto dos Refugiados, assim como promulgou a Lei nº 9.474/97, que define os mecanismos para a implementação dessa Convenção.


Assinale a opção que, conforme a lei mencionada, define a condição jurídica do refugiado no Brasil.

  • A Possui os direitos e deveres dos estrangeiros no Brasil, bem como direito a cédula de identidade comprobatória de sua condição jurídica, carteira de trabalho e documento de viagem.
  • B Está sujeito aos deveres dos estrangeiros no Brasil e tem direito a documento de viagem para deixar o país quando for de sua vontade.
  • C Sendo acolhido como refugiado, tem todos os direitos previstos no seu país de origem, mas deve acatar os deveres impostos a todos os brasileiros. Também tem direito à cédula de identidade.
  • D Possui os direitos e deveres dos estrangeiros no Brasil, bem como direito a cédula de identidade comprobatória de sua condição jurídica, carteira de trabalho, documento de viagem e título de eleitor.
54
A CONVENÇÃO DA ONU SOBRE OS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PROMULGADO PELO DECRETO N.º 6.949, DE 25 DE AGOSTO DE 2009,

  • A pode ser denunciada pelo Brasil conforme previsto em seu art. 48, tornando-se efetiva, a denúncia, em qualquer caso, um ano após a data de recebimento da notificação respectiva pelo Secretário-Geral da ONU, caso em que deixam de viger no direito brasileiro, os direitos ali reconhecidos;
  • B não pode ser denunciada pelo Brasil por meio dos mecanismos ordinários, pois sua promulgação, decorrente de aprovação pelo Congresso Nacional no rito do art. 5.º, § 3.º, da Lei Maior, lhe confere condição de cláusula constitucional pétrea (art. 60, § 4.º, IV, da Constituição Federal);
  • C pode ser denunciada pelo Brasil conforme previsto em seu art. 48, permanecendo, todavia, vigentes, no direito brasileiro, os direitos ali reconhecidos, em virtude de sua promulgação precedida de aprovação pelo Congresso Nacional no rito do art. 5.º, § 3.º, da Constituição Federal, o que lhe confere condição de cláusula constitucional pétrea (art. 60, § 4.º, IV, da Constituição Federal);
  • D não pode ser denunciada em virtude do princípio de não retrocesso da proteção de direitos, amplamente reconhecido no direito internacional.
Voltar para lista