Resolver o Simulado Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) - Nível Médio

0 / 30

Matemática

1

Uma loja tinha 150 televisões de um modelo que estava para sair de linha. Dessas, foram vendidas e para acabar com essa mercadoria foi feita uma promoção de 10% de desconto do valor inicial para as televisões restantes. Foram vendidas todas as televisões e o valor total arrecadado foi de R$ 172.800,00.

O preço de cada televisão com o desconto era de

  • A R$ 1.205,00.
  • B R$ 1.080,00.
  • C R$ 1.250,00.
  • D R$ 1.190,00.
  • E R$ 1.100,00.
2

Oitenta decalitros equivalente a quanto em termos de metro cúbico?

  • A 8,0.
  • B 800,0.
  • C 0,8
  • D 80.
  • E 8000.0
3

Um grupo de homens e mulheres foi a uma pizzaria em dois dias seguidos. Naquela pizzaria, as pizzas são divididas em 12 pedaços iguais. No primeiro dia, eles pediram quatro pizzas, cada homem comeu seis pedaços e cada mulher cinco pedaços, tendo sobrado nove pedaços. No segundo dia, eles pediram três pizzas, cada homem comeu cinco pedaços e cada mulher quatro, e, neste dia, sobraram quatro pedaços. Nessas condições, quantas mulheres foram à pizzaria?

  • A 3
  • B 4
  • C 5
  • D 6
  • E 7

Raciocínio Lógico

4

Para negar, de maneira lógica, a afirmação “Se Marcelo é formado em administração de empresas ou Débora é formada em ciências contábeis, então Sérgio é formado em educação física e Raquel é formada em ciências econômicas”, pode-se corretamente afirmar que

  • A Marcelo não é formado em administração de empresas e Débora não é formada em ciências contábeis, ou, Sérgio não é formado em educação física e Raquel não é formada em ciências econômicas.
  • B Se Marcelo não é formado em administração de empresas ou Débora não é formada em ciências contábeis, então Sérgio não é formado em educação física e Raquel não é formada em ciências econômicas.
  • C Sérgio é formado em educação física e Raquel é formada em ciências econômicas, e, Marcelo não é formado em administração de empresas e Débora não é formada em ciências contábeis.
  • D Se Sérgio não é formado em educação física e Raquel não é formada em ciências econômicas, então Marcelo não é formado em administração de empresas e Débora não é formada em ciências contábeis.
  • E Marcelo é formado em administração de empresas ou Débora é formada em ciências contábeis, e, Sérgio não é formado em educação física ou Raquel não é formada em ciências econômicas.

Matemática

5

Em um laboratório farmacêutico trabalham 10 técnicos que produzem, em 6 horas de trabalho diário, 200 frascos de certa substância. Quantos frascos da mesma substância serão produzidos por 12 técnicos, trabalhando 8 horas por dia?

  • A 300
  • B 320
  • C 325
  • D 330
  • E 340

Raciocínio Lógico

6

Para que três conjuntos, M, N e P, sejam tais que M U N U P ≠ Ø, é necessário que se tenha

  • A M ≠ Ø e N U P ≠ Ø
  • B M ∩ N ∩ P ≠ Ø
  • C M ≠ Ø e N ≠ Ø e P ≠ Ø
  • D M U N ≠ Ø e M U P ≠ Ø
  • E M U N ≠ Ø ou M U P ≠ Ø

Matemática

7
Uma promoção da forma “ Compre um e leve outro pagando a metade “ oferece o mesmo desconto percentual que a promoção:
  • A “ Leve dois e pague um ”
  • B “ Leve três e pague dois ”
  • C “ Leve 5 e pague 4 ”
  • D “Leve quatro e pague 3 ”
8

Seja A = . com tg x ≠ 0 Nessas condições, o valor de A é

  • A √2/2
  • B √2
  • C 2
  • D 1
9

Um pai tem 34 anos e seus filhos 5, 6 e 8 anos. Daqui a 8 anos a soma das idades dos 3 filhos menos a idade do pai será

  • A 1
  • B 3
  • C 9
  • D 11
10

Dada a equação do segundo grau x2 - 3x - 4 = 0, assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, os valores de Δ e da soma das raízes dessa equação.


  • A 25 e 3
  • B 25 e 5
  • C 36 e 2
  • D 36 e 4

Português

11

Indique o item em que um dos substantivos se pluralizou em desacordo com a variedade padrão da língua.

  • A acórdãos, adeuses, bênçãos, cônsules.
  • B funis, guardiães, ônix, projéteis.
  • C espiões, demãos, razões, cidadões.
  • D caracteres, éteres, fósseis, botõezinhos.
12

Súplica Cearense
Oh! Deus, perdoe este pobre coitado
Que de joelhos rezou um bocado
Pedindo pra chuva cair sem parar
Oh! Deus, será que o Senhor se zangou
E só por isso o sol arretirou
Fazendo cair toda a chuva que há
Senhor, eu pedi para o sol se esconder um tiquinho
Pedi pra chover, mas chover de mansinho
Pra ver se nascia uma planta no chão
Oh! Deus, se eu não rezei direito, o senhor me perdoe
Eu acho que a culpa foi
Desse pobre que nem sabe fazer oração
Meu Deus, perdoe eu encher os meus olhos de água
E ter-lhe pedido cheinho de mágoa
Pro sol inclemente se arretirar
Desculpe eu pedir a toda hora pra chegar o inverno
Desculpe eu pedir para acabar com o inferno
Que sempre queimou o meu Ceará

A frase em que a palavra em negrito está grafada corretamente é:

  • A A mulher deu uma chícara de chá ao pobre coitado.
  • B No solo seco, não cressia nenhuma planta.
  • C Oh, Deus! Que solo orrível!
  • D O sertanejo valoriza suas raízes nordestinas.
  • E Os homens pediram uma esplicassão a Deus.
13
TEXTO 3

Os caminhos para envelhecer bem.

O estereótipo do idoso cheio de dores no corpo, com limitação de movimentos e vitimado por quedas, remete claramente aos problemas causados pela falta de cuidados com o sistema musculoesquelético durante as fases anteriores da vida. Ossos, músculos, articulações, cartilagens, tendões e ligamentos começam a se desgastar a partir dos 30 anos de idade. Uma alimentação balanceada é essencial para a boa saúde dessas estruturas. Mas mantê-las em movimento por meio de atividade física é fundamental para retardar a degeneração e reduzir os riscos de osteoartrose e osteoporose, doenças cuja incidência se eleva consideravelmente com o envelhecimento. A osteoartrose é provocada pelo desgaste das cartilagens, que funcionam como um colchão que impede o atrito entre as extremidades ósseas. Quadris, joelhos e coluna vertebral são as articulações mais afetadas pela osteoartrose. (...) Não é possível preveni-la, mas movimentar as articulações estimula a circulação do líquido sinovial que lubrifica as cartilagens, contribuindo para retardar a instalação da doença.
O avanço da idade também diminui a produção de massa óssea. Os ossos tornam-se mais frágeis e porosos, levando à osteoporose, doença que atinge principalmente mulheres entre 60 e 70 anos.
A osteoporose pode levar a fraturas espontâneas e, consequentemente, a quedas, que hoje respondem por 70% das mortes acidentais dos idosos. Atividades físicas que promovam ganho de massa óssea ajudam a prevenir a doença e a promover a reversão parcial em quadros já instalados.
Para chegar aos 60 anos sem as consequências de um sistema musculoesquelético negligenciado, a atividade física deve ser incorporada à rotina ainda na infância e mantida ao longo da vida. Caminhadas diárias durante o dia, alongamento e trabalho assistido de fortalecimento muscular são suficientes para garantir bem-estar e disposição. Contudo, até uma simples caminhada requer cuidados. Buscar orientação é recomendável, seja para determinar o melhor tipo de trajeto ou a postura correta, seja para determinar o movimento mais adequado e com maior potencial de eficácia para cada pessoa.


(Revista Veja, edição 2344, 23/10/2013. Adaptado).


No trecho seguinte: “Para chegar aos 60 anos sem as consequências de um sistema musculoesquelético negligenciado, a atividade física deve ser incorporada à rotina ainda na infância e mantida ao longo da vida”, o segmento sublinhado teria o mesmo sentido se fosse iniciado como em:

  • A Com a condição de chegar aos 60 anos...
  • B Conforme chegue aos 60 anos...
  • C Não obstante chegue aos 60 anos...
  • D Com a pretensão de chegar aos 60 anos...
  • E Entretanto, chegar aos 60 anos...
14

Os habitantes das cidades não são necessariamente
mais inteligentes que outros seres humanos, mas a densidade
da ocupação espacial resulta na concentração de necessi-
dades. Assim, nas cidades surgem problemas que em outras
condições as pessoas nunca tiveram oportunidade de resolver.
Encarar tais problemas amplia a inventividade humana a um
nível sem precedentes. Isso, por sua vez, oferece uma oportu-
nidade tentadora para quem vive em lugares mais tranquilos,
porém menos promissores.
Ao migrarem para as cidades, as pessoas de fora ge-
ralmente trazem “novas maneiras de ver as coisas e talvez de
resolver antigos problemas”. Coisas familiares aos moradores
antigos e já estabelecidos exigem explicação quando vistas
pelos olhos de um estranho. Os recém-chegados são inimigos
da tranquilidade.
Essa talvez não seja uma situação agradável para os
nativos da cidade, mas é também sua grande vantagem. A ci-
dade está em sua melhor forma quando seus recursos são de-
safiados. Michael Storper, economista, geógrafo e projetista,
atribui a vivacidade intrínseca da densa vida urbana à incerteza
que advém dos relacionamentos pouco coordenados “entre as
peças das organizações complexas, entre os indivíduos e entre
estes e as organizações”.
Compartilhar o espaço com estranhos é uma condição
da qual os habitantes das cidades consideram difícil, talvez
impossível, fugir. A presença ubíqua de estranhos é fonte de
ansiedade, assim como de uma agressividade que volta e meia
pode emergir. Faz-se necessário experimentar, tentar, testar e
(espera-se) encontrar um modo de tornar a coabitação pala-
tável. Essa necessidade é “dada”, não-negociável. Mas o modo
como os habitantes de cada cidade se conduzem para
satisfazê-la é questão de escolha. E esta é feita diariamente.

(Adaptado de Zygmunt Bauman. Amor Líquido. Tradução:
Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2004,
pp. 127-130)

...... pessoas de fora, estranhas ...... cidade, a vida urbana exerce uma constante atração, apesar dos congestiona- mentos e dos altos índices de violência, inevitáveis sob ...... condições urbanas de alta densidade demográfica.

Preenchem corretamente as lacunas da frase acima, na ordem dada:

  • A Às - à - as
  • B As - à - às
  • C As - a - às
  • D Às - a - às
  • E As - à - as
15

TEXTO 1 – BEM TRATADA, FAZ BEM

Sérgio Magalhães, O Globo

O arquiteto Jaime Lerner cunhou esta frase premonitória: “O carro é o cigarro do futuro.” Quem poderia imaginar a reversão cultural que se deu no consumo do tabaco?

Talvez o automóvel não seja descartável tão facilmente. Este jornal, em uma série de reportagens, nestes dias, mostrou o privilégio que os governos dão ao uso do carro e o desprezo ao transporte coletivo. Surpreendentemente, houve entrevistado que opinou favoravelmente, valorizando Los Angeles – um caso típico de cidade rodoviária e dispersa.

Ainda nestes dias, a ONU reafirmou o compromisso desta geração com o futuro da humanidade e contra o aquecimento global – para o qual a emissão de CO2 do rodoviarismo é agente básico. (A USP acaba de divulgar estudo advertindo que a poluição em São Paulo mata o dobro do que o trânsito.)

O transporte também esteve no centro dos protestos de junho de 2013. Lembremos: ele está interrelacionado com a moradia, o emprego, o lazer. Como se vê, não faltam razões para o debate do tema.


“A USP acaba de divulgar estudo advertindo que a poluição em São Paulo mata o dobro do que o trânsito”.

A oração em forma desenvolvida que substitui correta e adequadamente o gerúndio “advertindo” é:

  • A com a advertência de;
  • B quando adverte;
  • C em que adverte;
  • D no qual advertia;
  • E para advertir.
16

Para preservar a coerência e a correção gramatical do texto, assinale a opção que corresponde ao termo a que se refere o elemento coesivo constituído pelo pronome “-la” (L. 6).

  • A “convivência”(L.5)
  • B “liturgia” (L.2)
  • C “reciprocidade”(L.1)
  • D “tensão”(L.5)
  • E “hipocrisia”(L.7)
17

A divisão silábica das palavras retiradas do texto estão corretas em todas as alternativas, exceto em:

  • A so-ci-a-li-za-ção / as-so-ci-á-va-mos.
  • B cons-ci-ên-cia / sub-mer-ge.
  • C pa-ra-di-gma / rea-li-da-de.
  • D psi-co-lo-gi-a / ex-pec-ta-ti-va.
18
Segundo o escritor Victor Hugo (1802-85), a história da Europa acompanha o Reno. O rio marca a fronteira entre a Floresta Negra, na Alemanha, e a Alsácia, a menor região da França. De 1871 a 1945, a Alsácia mudou de nacionalidade cinco vezes, o que contribuiu fortemente para a formação do dialeto alsaciano, uma mistura de alemão com francês. As raízes da área, porém, remontam ao período dos romanos.
Estrasburgo, a bela capital da Alsácia, fica às margens do rio Reno. Resultado de duas culturas, Estrasburgo é ao mesmo tempo romana e pagã, francesa e católica, alemã e protestante. Sua primeira prova de existência data de 74 d.C.; posteriormente, a cidade recebeu o nome de Strateburgum, a “cidade dos caminhos”. O lugar funcionava como uma espécie de posto avançado do exército romano, encarregado de evitar que os Teutões da Germânia invadissem a Gália (França). A influência germânica na cidade era tão forte que, já no começo do século V, a língua alemã predominava ali. Preocupado com a crescente adoção da religião protestante trazida pelos alemães, o rei da França - Luis XIV, o Rei Sol - resolveu intervir em 1861, determinando que a cidade passasse a ser totalmente francesa. Os vizinhos alemães sentiram-se incomodados, motivo para a guerra de 1871.
Em que pese a forte resistência dos franceses, a influência germânica impregnou a região. Entre si, os alsacianos adotam um dialeto de origem alemã. Além disso, é comum ouvir um alsaciano dizer que está indo para a França quando vai a Paris. Outra curiosidade diz respeito aos nomes dos alsacianos. A maioria adotou o nome próprio de origem francesa, mas possui sobrenome alemão.
Por tudo isso, a Alsácia possui hoje uma forte identidade cultural, às vezes francesa, às vezes alemã, o que torna a visita a essa belíssima região, arduamente reconstruída depois da destruição da II Guerra, uma experiência extremamente rica e curiosa.

(Adaptado de http://gazetaweb.globo.com/gazetadealagoas, com acréscimo de trecho de Dorling Kindersley. Estradas da França. Publifolha, 2011, p.30)


Em que pese a forte resistência dos franceses, a influência germânica impregnou a região.

O segmento grifado na frase acima pode ser corretamente substituído por:
  • A Embora.
  • B Não obstante.
  • C Todavia.
  • D Enquanto.
  • E Ainda que.
19

Texto 1 – A locomotiva desacelera
Desde a virada do século, a China cumpre o papel de locomotiva da economia mundial. Agora, porém, a locomotiva desacelera, talvez bruscamente, encerrando um longo ciclo que se caracterizou pelo boom das commodities e, ainda, por uma expansão acelerada das chamadas “economias emergentes”. Descortina-se uma nova paisagem econômica e geopolítica.
Sob o impacto da desaceleração chinesa, os “emergentes” enfrentam baixas taxas de crescimento ou, como nos casos extremos da Rússia e do Brasil, profundas recessões. Ao mesmo tempo, os fluxos de investimentos estrangeiros mudam de direção, trocando os “emergentes” pelos Estados Unidos. No longo “ciclo das commodities”, desenvolveu-se a tese de que os Brics constituiriam um polo econômico e político capaz de contrabalançar o poder dos Estados Unidos. Tal tese é uma vítima ilustre da transição global que está em curso. (Mundo, outubro de 2015)
Um pequeno comentário do mesmo jornal de onde foi retirado o texto 1 diz o seguinte: “Contradições dos Brics desmentem expectativas de que eles constituiriam um bloco geopolítico capaz de atuar como contrapeso à hegemonia americana”.


O comentário do jornal é feito como:
  • A certeza;
  • B previsão;
  • C possibilidade;
  • D dúvida;
  • E ironia.
20

Atenção: A questão refere-se ao texto seguinte.


Da política ao espetáculo

A rebeldia voltou. E nos lugares mais inesperados. O rastilho foi aceso em Túnis, seguiu para o Cairo e depois para Sanaa, Manama, Damasco − cidades onde ação política não é um direito. Onde as praças tiveram de ser ocupadas com o risco de prisão, tortura e morte. Mesmo assim, as manifestações só ficaram violentas porque as autoridades as atacaram.
A centelha da revolta atravessou o Mediterrâneo e acendeu outras centenas de milhares de pessoas na Grécia e na Espanha, países subitamente forçados ao empobrecimento. Na África, no Levante, no Oriente Médio e na Europa, o que se quer é liberdade, trabalho e justiça.
Nenhuma mobilização foi tão inesperada quanto a que explodiu, no mês passado, do outro lado do Atlântico Norte, numa das cidades mais ricas do mundo: Vancouver, no Canadá. Sua motivação foi frívola. Por 4 a 0, o time local de hóquei no gelo perdeu a final do campeonato. Não houve reivindicação social ou política: chateada, a gente saiu à rua e botou fogo em carros, quebrou vitrines, invadiu lojas.
Fizeram tudo isso com a leveza da futilidade, posando para câmeras de celulares, autorregistrando-se em instantâneos ambivalentes de prazer e agressão. O impulso de se preservarem em fotos e filmes era tão premente quanto o de destruir.
Alguns intelectuais poderiam explicar assim o fenômeno: se o espetáculo do jogo não satisfez, o do simulacro da revolta o compensará; o narcisismo frustrado vira exibicionismo compartilhado.
Em meio ao quebra-quebra, um casal de namorados tentava fugir quando a moça foi atingida pelo escudo de um policial e caiu. O namorado deitou-se ao lado e, para acalmá-la, deu-lhe um beijo.
Um fotógrafo viu apenas dois corpos que pareciam feridos no chão e, sem perceber direito o que fotografava, captou o beijo. Pronto: os jovens viraram celebridades. Namorando há apenas seis meses, o casal cancelou uma viagem à Califórnia para cumprir uma agenda extensa de entrevistas em Nova York. A sociedade do espetáculo não pode parar.


(Adaptado da Revista Piauí, n. 58, julho 2001, p. 55)

Está correto o emprego de ambos os elementos sublinhados em:

  • A Há países aonde as praças, supostamente públicas, estão longe de constituírem um lugar em cujo se garanta a expressão do povo.
  • B Os jovens aos quais se deparou o fotógrafo estavam dando um beijo, em cujo registro haveria por torná-los celebridades.
  • C Países grandes, cuja economia foi sempre saudável, são hoje palcos de manifestações a que acorrem os cidadãos empobrecidos.
  • D Cabe aos intelectuais a explicação de um fenômeno social onde a marca peculiar é a busca de imagens em cujas todos se espelham.
  • E Com um beijo, o namorado visava à tranquilizar a moça, não imaginando que aquela demonstração de afeto adviesse tanta fama.

Noções de Informática

21

Nos navegadores (browser) de internet típicos, quan­ do são acessados alguns sites específicos, é apre­ sentado um ícone com um cadeado junto à Barra de endereços do navegador. A apresentação desse c adeado indica que

  • A o conteúdo do site acessado é livre de vírus.
  • B há a necessidade de possuir uma senha para acessar o conteúdo do site
  • C o conteúdo do site tem acesso privado.
  • D a conexão do navegador com o site é segura
  • E o site apresenta restrição de acesso
22

São componentes do Windows Explorer:

  • A Menu de Opções
  • B Barra de Endereços
  • C Barra de Navegação
  • D Todos estão corretos
23

O comando Controlar Alterações, que permite controlar todas as alterações feitas no documento, incluindo inserções, exclusões e alterações de formatação no Word 2010 (instalação padrão português – Brasil) encontra-se na Guia.

  • A Inserir
  • B Revisão.
  • C Referências.
  • D Correspondências.
  • E Exibição.
24

Dentre as fórmulas abaixo do Microsoft Excel, qual faz referência a um intervalo de células?

  • A =A2&B4
  • B =A6^G10
  • C =SOMA(A1:A10)
  • D =F5/F10
  • E =$S$10*A3
25
O Internet Explorer 8, no Windows 7, inclui maneiras mais rápidas de acessar informações e algumas ferramentas bem interessantes. “O(s) _______________ permite(m) acessar facilmente as informações de partes específicas de uma página da web. Para se verificar frequentemente emails, ações ou leilões online, deve-se usar o(s) _______________ para monitorar alterações nessas páginas.” Assinale a alternativa que apresenta a única palavra que completa corretamente as lacunas anteriores.
  • A ActiveX
  • B Cookies
  • C Web Slices
  • D JavaScripts
  • E SmartScreen
26
Considerando o Sistema Operacional Windows XP (instalação padrão português – Brasil), assinale a alternativa que NÃO pode ser utilizada ao salvar um documento.
  • A prova.doc
  • B teste-prova.doc
  • C treinamento.
  • D avaliacao/prova.doc
  • E treinamento.xls
27

Com relação às funcionalidades de congelar painéis ou dividir linhas e colunas do MS Excel são realizadas as seguintes afirmativas:

1. Quando você congela painéis, o Microsoft Excel mantém linhas ou colunas específicas visíveis durante a rolagem na planilha. Por exemplo, se a primeira linha da planilha contiver rótulos, será possível congelá-la para garantir que os rótulos das colunas permaneçam visíveis enquanto você rola a planilha para baixo.
2. Quando você divide painéis, o Excel cria duas ou quatro áreas separadas da planilha que podem ser roladas individualmente, enquanto as linhas e colunas da área não rolada permanecem visíveis.
3. O comando Congelar Painéis fica disponível quando você está no modo de edição de célula ou quando uma planilha está protegida.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

  • A É correta apenas a afirmativa 1
  • B É correta apenas a afirmativa 2
  • C São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.
  • D São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.
  • E São corretas as afirmativas 1, 2 e 3
28

Assinale abaixo a alternativa que apresenta uma extensão de nome de arquivo utilizada para um documento do Microsoft Word:

  • A .rdot
  • B .xdc
  • C .docx
  • D .xlsx
29

No Windows, a ferramenta que oferece recursos para instalação e desinstalação de programas é:

  • A Painel de Controle.
  • B Gerenciador de Tarefas.
  • C Programas Padrão.
  • D Agendador de Tarefas.
  • E Windows Explorer.
30

De acordo com o BrOffice 3.2, no Calc, é possível visualizar o resultado da função média, soma, máximo e mínimo, sem sequer digitar ou inserir as funções. Marque em que parte da área de trabalho do Calc pode-se encontrar esse resultado.

  • A Caixa de nomes
  • B Barra de status.
  • C Barra de ferramentas.
  • D Cabeçalho de coluna.
  • E Barra de fórmulas
Voltar para lista