Questões comentadas de Concursos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP)

Limpar Busca

Tem-se o navegador Google Chrome 115, em sua configuração padrão, com a página principal do site do Tribunal de Justiça de São Paulo aberto em uma aba. O botão Voltar está inativo, indicando que este é o primeiro site aberto nesta aba. No site, existe um link para a página Institucional, onde um usuário clicou com o botão principal do mouse para abrir esta página em uma nova aba, mantendo, assim, o botão Voltar inativo na aba com a página principal do site do Tribunal de Justiça de São Paulo. O botão Voltar continua inativo porque

  • A o site do Tribunal de Justiça de São Paulo é um site seguro.
  • B o site está gravado nos favoritos.
  • C o usuário está em modo de navegação anônima.
  • D o site não está gravado nos favoritos.
  • E o usuário clicou no link junto com o botão CTRL pressionado.

As passagens “mas amor no duro” (4o parágrafo), “com que o fantasma até então se divertira” (4o parágrafo) e “a vida do fantasma era um suspiro só” (6o parágrafo) permitem, correta e respectivamente, as interpretações:

  • A Podia ser um amor passageiro. / O fantasma buscaria ainda outras diversões. / O fantasma estava ansioso para conhecer Lurdinha.
  • B Talvez fosse um amor. / Um dia o fantasma perderia o interesse naquelas diversões. / O fantasma estava apaixonado e sofria intensamente.
  • C Era, com certeza, um amor. / O fantasma deixaria de se divertir desde então. / O fantasma sentiu-se magoado com a indiferença de Lurdinha.
  • D Era um amor, efetivamente. / O fantasma estava prestes a se divertir novamente. / O fantasma estava envolvido em um novo amor.
  • E Era indubitavelmente um amor. / A partir daquele momento, acabaram as diversões do fantasma. / O fantasma demonstrava desalento e melancolia.

Assinale a alternativa em que a colocação pronominal está em conformidade com a norma-padrão.

  • A Como não podia casar-se com Lurdinha, o fantasma pôs-se a fumar sem parar, como forma de suspirar.
  • B Certamente tratava-se de um fantasma antiquado, que interessava-se em ver as moças ao deitar ou despertar.
  • C Tendo verificado-se um doloroso acidente no seu mundo, os fantasmas abstiveram-se do cigarro.
  • D O fantasma se dedicava a assistir às rotinas das moças, sem imaginar que apaixonaria-se por Lurdinha.
  • E Se invisibilizava o fantasma e ficava rotineiramente a espiar as moças, quando se despiam ou se vestiam.

Na história, o narrador deixa claro que

  • A o fantasma sucumbiu ao amor por Lurdinha, que era uma mulher irresistível, o que lhe causou a inusitada situação de fumar a si mesmo.
  • B as indelicadezas do fantasma, olhando as moças indevidamente, eram repreensíveis, uma vez que elas ficavam constrangidas nessas situações.
  • C o amor é incontrolável, como o iminente romance entre Lurdinha e o fantasma, que deixou de lograr êxito pelo infortúnio que acometeu a este.
  • D a beleza de Lurdinha, que ganhou o amor de um fantasma, era-lhe insignificante, uma vez que ele já pressentia que seu coração era de outra jovem.
  • E os fantasmas deixaram de fumar a fim de evitar amores perturbadores, porque eles facilmente se apaixonavam por belas mulheres.

De acordo com o autor, a compreensão equivocada em relação ao sentido da expressão “convivência com o semiárido” consiste em

  • A acreditar na inexistência de relação entre as condições climáticas e a forma de o homem viver na terra que, no semiárido, independe de captação de chuva.
  • B promover qualificação de pessoal com o objetivo de se usufruir demais uma região em que a escassez de recursos é alta, sem condições de regeneração.
  • C combater iniciativas de exploração de recursos naturais que podem levar mais riquezas à região do que, por exemplo, a captação e manejo de água de chuva.
  • D contrapor-se às injustiças sociais na região, na qual os recursos naturais atualmente servem à sobrevivência das famílias, sem perspectivas de comercialização.
  • E desconsiderar as potencialidades humanas dos que vivem ali e as possibilidades de manejo agrícola que podem evitar a transformação da região em um deserto.