Resolver o Simulado FGV - Nível Médio

0 / 30

Biologia

1

Os grupos que se recusam a tomar vacinas são pouco numerosos, mas podem colocar em risco o sucesso já obtido pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI). Recentemente, duas situações evidenciaram as consequências danosas das redes sociais, que divulgaram informações fantasiosas sobre eventos adversos da vacina HPV (papilomavírus humano) em adolescentes brasileiras e a suposta associação da vacina contra rubéola e os casos de microcefalia em bebês de mulheres brasileiras possivelmente infectadas pelo Zika vírus. O pronto desmentido desses boatos e o esclarecimento da população, entretanto, não impediram os danos à credibilidade das vacinas.

Adaptado de Revista Paulista de Pediatria. São Paulo Jan./Mar. 2019.


Com relação às vacinas, assinale (V) para a afirmativa verdadeira e (F) para a falsa.

( ) Contêm substâncias que impedem a multiplicação das células dos microrganismos causadores de doenças.

( ) Induzem nosso organismo a produzir anticorpos específicos contra doenças.

( ) Fornecem anticorpos prontos contra os microrganismos invasores do nosso corpo.


As afirmativas são, na ordem apresentada, respectivamente,

  • A F – F – V.
  • B F – V – F.
  • C V – F – F.
  • D V – V – F.
  • E F – V – V.
2

Embora as lendas de muitas nações indígenas brasileiras mostrem os sapos como animais que trazem sorte, muitas pessoas consideram sapos, rãs e pererecas animais pegajosos, nojentos e perigosos. Essa percepção acaba por gerar pouco interesse em sua preservação e de seus habitats. Atualmente eles são reconhecidos como um dos grupos de animais mais ameaçados de extinção em todo o mundo.


Com relação aos animais citados no texto, analise as afirmativas a seguir.

I. São anfíbios e seus ovos se desenvolvem em ambiente úmido ou na água.

II. Sua pele úmida e geralmente fina, permite as trocas gasosas com o ambiente, no processo de respiração cutânea.

III. Inoculam veneno na pele humana, causando alergia ou “cobreiro”.


Está correto o que se afirma em

  • A I, somente.
  • B II, somente.
  • C III, somente.
  • D I e II, somente.
  • E I, II e III.
3

Difícil imaginar que o mico-de-cheiro e o sagui-estrela representem perigo a animais e plantas que vivem ao seu redor. Mas eles e outras 11 mil espécies, quando fora de seu habitat, representam a segunda maior ameaça à biodiversidade mundial, segundo um relatório da ONU.

Adaptado de O Globo, 25/05/2010.


As espécies de seres vivos introduzidas em um ecossistema ao qual não pertencem originalmente, são conhecidas na Ecologia como

  • A exóticas. Elas interferem diretamente nas cadeias alimentares, podendo levar espécies nativas à extinção.
  • B predadoras. Elas reduzem a competição entre todas as espécies que fazem parte das cadeias alimentares em que estão inseridas.
  • C extravagantes. Elas reduzem a competição entre todas as espécies que fazem parte das cadeias alimentares em que estão inseridas.
  • D saqueadoras. Elas interferem diretamente nas cadeias alimentares, podendo levar espécies nativas à extinção.
  • E invasoras. Elas reduzem a competição entre todas as espécies que fazem parte das cadeias alimentares em que estão inseridas.
4

As cadeias alimentares mostram a dinâmica das transferências de materiais e energia entre os diversos organismos de um ecossistema. Como frequentemente um organismo pode se alimentar de mais de um tipo de animal ou planta, as relações alimentares tornam-se complexas, sendo representadas pelas teias alimentares.


Na cadeia alimentar, os organismos que ocupam o primeiro nível trófico

  • A realizam a reciclagem de matéria e energia nos ecossistemas.
  • B são os de menor tamanho, pois servem de alimento para organismos maiores.
  • C têm à sua disposição a menor quantidade de energia, já que essa vai se acumulando ao longo da cadeia.
  • D estão presentes em maior quantidade, pois os organismos do segundo nível precisam de mais alimento para se manterem.
  • E produzem matéria orgânica a partir de materiais inorgânicos retirados do ambiente.
5

Observe a imagem:



Assinale a opção que indica o número de um músculo com importante papel na respiração.

  • A 1, que atua em conjunto com a traqueia.
  • B 2, que atua em conjunto com os intercostais.
  • C 3, que atua em conjunto com o diafragma.
  • D 4, que atua em conjunto com o diafragma
  • E 5, que atua em conjunto com os intercostais.
6

Assinale a opção que apresenta os órgãos do aparelho respiratório, do mais interno para o mais externo.

  • A Pulmões, traqueia, laringe, faringe e fossas nasais.
  • B Pulmões, laringe, faringe, traqueia e fossas nasais.
  • C Pulmões, faringe, laringe, traqueia e fossas nasais.
  • D Faringe, laringe, pulmões, traqueia e fossas nasais.
  • E Fossas nasais, faringe, laringe, traqueia e pulmões.
7

Durante uma aula de Ciências, o professor pediu aos alunos que pesquisassem os hábitos alimentares das espécies que habitam a Baía de Todos os Santos para, em seguida, montarem possíveis cadeias alimentares.
Uma dessas cadeias está representada na figura seguir.
Com relação a essa cadeia, analise as afirmativas seguir.
I. O cavalo-marinho ocupa o terceiro nível trófico, sendo, ao mesmo tempo, um consumidor secundário. II. Os organismos perdem, em forma de calor, parte da energia que recebem, deixando menor quantidade de energia disponível para os consumidores do nível trófico seguinte. III. A mortalidade de organismos nos níveis mais elevados da cadeia é maior, resultando em menor massa.
Está correto o que afirma em

  • A I, somente.
  • B II, somente.
  • C III, somente.
  • D I e II, somente.
  • E I, II e III.
8

Em uma atividade para investigar os fatores necessários para a realização da fotossíntese, os alunos fizeram o seguinte experimento, usando plantas de Coleus sp. (essa espécie apresenta folhas variadas, com áreas verdes e brancas). O diagrama 1 mostra a folha de uma planta, em que uma parte está coberta com uma tira de cartão preto (opaco). As plantas foram colocadas no pátio da escola, em local iluminado, de temperatura amena, e foram regadas diariamente, durante cinco dias. Após esse período, os alunos destacaram as folhas cobertas com papel e algumas que não tinham sido cobertas. O professor, então, realizou a descoloração das folhas por fervura em álcool e, em seguida, os alunos pingaram sobre elas uma solução de iodo para verificar a presença de amido. O diagrama 2 mostra o resultado dos testes: a área escura indica o local da presença de amido. A e B mostram áreas sem amido. Com relação ao experimento, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a verdadeira e F para a falsa.
( ) A atividade permitiu comprovar que a planta necessita de luz para realizar a fotossíntese. ( ) O experimento demonstrou que as folhas precisam respirar para fazer fotossíntese. A região coberta pelo cartão impediu a entrada de gás oxigênio e, consequentemente, a planta não produziu alimento (amido). ( ) Ficou comprovado que o amido é usado pela planta para produzir a clorofila.
As afirmativas são, na ordem apresentadas, respectivamente,

  • A F – V – F.
  • B F – V – V.
  • C V – F – F.
  • D V – V – F.
  • E F – F – V.
9

O alelo dominante K é autossômico e condiciona pelagem amarela nos ratos, sendo letal ainda na fase embrionária quando em homozigose. Já o alelo recessivo k condiciona pelagem selvagem (marrom).
Considerando um cruzamento entre parentais amarelos, a probabilidade de nascimento de uma fêmea marrom é de

  • A 1/8.
  • B 1/3.
  • C 1/4.
  • D 1/9.
  • E 1/6.
10

A figura ilustra a estrutura de um anticorpo.



Considerando as regiões representadas pelas letras X, Y e Z, é correto afirmar que a região

  • A Y é formada por uma sequência de nucleotídeos que se liga à mesma sequência existente nos antígenos.
  • B X indica o local de ligação com o antígeno, sendo, portanto, variável de acordo com os receptores específicos.
  • C Z representa a porção enzimática da molécula, responsável pela produção de imunoglobulinas.
  • D X, Y e Z são formados por moléculas de proteínas e ácidos nucleicos conjugados, o que confere memória imunológica.
  • E X, Y e Z representam o complexo antígeno anticorpo formado durante o processo de neutralização do antígeno.

Química

11
Leia o texto para responder a questão.

A deficiência de fósforo nos solos brasileiros se manifesta na baixa produtividade. Para reverter esse problema, uma equipe de agrônomos acompanhou a lavoura de um grupo de pequenos produtores, de modo a obter uma relação entre a produção S(n) de soja, em quilogramas por hectare (kg/ha), e a quantidade n de P2 O5 aplicada no solo, em kg/ha, e obteve a seguinte lei:

S(n) = 900 + 24·n – 0,05n2 , com 0 ≤ n ≤ 300

Segundo essa lei, a produção máxima de soja que pode ser obtida, associada à aplicação de P2 O5 no solo, é

  • A 2970 kg/ha.
  • B 2400 kg/ha.
  • C 2790 kg/ha.
  • D 1980 kg/ha.
  • E 3780 kg/ha.
12

O metal alcalino terroso (M) pertencente ao terceiro período da tabela periódica forma um cátion estável presente na natureza em diversos minerais. O ânion monovalente do elemento não metálico (X) é isoeletrônico (tem a mesma quantidade de elétrons) desse cátion e forma com ele o composto iônico com fórmula unitária MX2 .
Assinale a alternativa que apresenta o número atômico do elemento representado por X.

  • A 9
  • B 10
  • C 12
  • D 8
  • E 14
13

O metal alcalino terroso (M) pertencente ao terceiro período da tabela periódica forma um cátion estável presente na natureza em diversos minerais. O ânion monovalente do elemento não metálico (X) é isoeletrônico (tem a mesma quantidade de elétrons) desse cátion e forma com ele o composto iônico com fórmula unitária MX2 .

Assinale a alternativa que apresenta o número atômico do elemento representado por X.

  • A 9
  • B 10
  • C 12
  • D 8
  • E 14
14

Uma das etapas do tratamento de água para a rede de distribuição urbana consiste na sua desinfecção, que é feita pelo ácido hipocloroso (HClO) que se forma quando se adiciona hipoclorito de sódio na água a ser tratada. Porém, se a água tiver contaminantes orgânicos, reações adversas podem ocorrer, como aquela entre o contaminante acetona (C3 H6 O) e o ácido hipocloroso, que resulta na solução de ácido acético (CH3 COOH), água e o agente carcinogênico clorofórmio (CHCl3 ), como representado na equação:


Considerando-se o tratamento de 1 m3 de água contaminada com acetona na concentração 5,8 mg/L, a quantidade máxima, em mol, de ácido hipocloroso que poderá ser consumida na reação com a acetona é igual a

  • A 1,0 × 10–2
  • B 3,0 × 10–4
  • C 3,0 × 10–1
  • D 1,0 × 10–1
  • E 3,0 × 10–2
15

Uma das etapas do tratamento de água para a rede de distribuição urbana consiste na sua desinfecção, que é feita pelo ácido hipocloroso (HClO) que se forma quando se adiciona hipoclorito de sódio na água a ser tratada. Porém, se a água tiver contaminantes orgânicos, reações adversas podem ocorrer, como aquela entre o contaminante acetona (CHO) e o ácido hipocloroso, que resulta na solução de ácido acético (CHCOOH), água e o agente carcinogênico clorofórmio (CHCl ), como representado na equação:


CHO (aq) + 3HClO (aq)

CHCOOH (aq) + CHCl (aq) + 2 HO (l)


(T.W. Swaddle, Applyed Inorganic Chemistry, University of Calgary Press, 1990. Adaptado)


Considerando-se o tratamento de 1 m³ de água contaminada com acetona na concentração 5,8 mg/L, a quantidade máxima, em mol, de ácido hipocloroso que poderá ser consumida na reação com a acetona é igual a

  • A 1,0 × 102
  • B 3,0 × 10–4
  • C 3,0 × 10–1
  • D 1,0 × 10–1
  • E 3,0 × 10–2
16

A indústria de alimentos emprega diversos aditivos em seus produtos, como vitaminas, corantes e agentes para prevenção da degradação do produto. Na figura, são representadas as fórmulas estruturais de quatro dessas substâncias empregadas pela indústria de alimentos.

Dentre essas substâncias, as que são solubilizadas em água durante a preparação dos alimentos industrializados são aquelas correspondentes às formulas estruturais identificadas por

  • A II e III.
  • B I e II.
  • C II e IV.
  • D I e IV
  • E III e IV.
17

A indústria de alimentos emprega diversos aditivos em seus produtos, como vitaminas, corantes e agentes para prevenção da degradação do produto. Na figura, são representadas as fórmulas estruturais de quatro dessas substâncias empregadas pela indústria de alimentos.



(Ribeiro, E.; Seravalli, E. Química dos Alimentos, Editora Blucher, 2007. Adaptado)


Dentre essas substâncias, as que são solubilizadas em água durante a preparação dos alimentos industrializados são aquelas correspondentes às formulas estruturais identificadas por

  • A II e III.
  • B I e II.
  • C II e IV.
  • D I e IV.
  • E III e IV
18

Em uma aula de laboratório de química, foi realizado um experimento que consistiu em adicionar em um béquer 300 g de água, em temperatura ambiente, e certa quantidade do sal sulfato de magnésio hexaidratado (MgSO4 .6H2O) até formar uma solução saturada com corpo de fundo. Essa mistura foi aquecida até completa solubilização do sal, que ocorreu quando a temperatura atingiu 50 ºC. Na sequência, deixou- -se a solução resfriar até 20 ºC e verificou-se novamente a presença do sal cristalizado no fundo do béquer.




Foram fornecidos aos alunos os dados de solubilidade desse sal nas duas temperaturas medidas.


Com as informações fornecidas, foram calculadas as massas do sal presente na solução a 50ºC e do sal cristalizado a 20ºC. Esses resultados são corretamente apresentados, nessa ordem, em:

  • A 53,5 g e 9,0 g.
  • B 160,5 g e 9,0 g.
  • C 294,0 g e 27,0 g.
  • D 97,0 g e 9,0 g.
  • E 160,5 g e 27,0 g.
19

Em uma aula de laboratório de química, foi realizado um experimento que consistiu em adicionar em um béquer 300 g de água, em temperatura ambiente, e certa quantidade do sal sulfato de magnésio hexaidratado (MgSO4 . 6H2O) até formar uma solução saturada com corpo de fundo. Essa mistura foi aquecida até completa solubilização do sal, que ocorreu quando a temperatura atingiu 50ºC. Na sequência, deixou-se a solução resfriar até 20ºC e verificou-se novamente a presença do sal cristalizado no fundo do béquer.




Foram fornecidos aos alunos os dados de solubilidade desse sal nas duas temperaturas medidas.

Com as informações fornecidas, foram calculadas as massas do sal presente na solução a 50ºC e do sal cristalizado a 20ºC. Esses resultados são corretamente apresentados, nessa ordem, em:


  • A 53,5 g e 9,0 g.
  • B 160,5 g e 9,0 g.
  • C 294,0 g e 27,0 g.
  • D 97,0 g e 9,0 g
  • E 160,5 g e 27,0 g.
20

Algumas categorias de câncer de tireoide podem ser tratadas por meio de um tipo de radioterapia em que o radioisótopo é disponibilizado no interior do organismo do paciente. Dessa forma, a radiação é emitida diretamente no órgão a ser tratado e os efeitos colaterais são diminuídos. O radioisótopo usado nesse tipo de radioterapia decai de acordo com a equação.


O radioisótopo é inserido em cápsulas. Para realizar a radioterapia, o paciente é isolado em instalação hospitalar adequada onde ingere uma dessas cápsulas e permanece internado até que a atividade do radioisótopo atinja valores considerados seguros, o que ocorre após o tempo mínimo correspondente a 3 meias-vidas do radioisótopo.
A figura apresenta a curva de decaimento radioativo para


O radioisótopo e o tempo mínimo que o paciente deve permanecer internado e isolado quando é submetido a esse tipo de radioterapia são, respectivamente,

  • A e 12 horas.
  • B e 72 horas.
  • C e 24 horas.
  • D e 24 horas.
  • E e 12 horas.

Geografia

21

Analise os gráficos a seguir.


percentual da população


Sobre o processo demográfico brasileiro, analise as afirmativas a seguir.

I. A pirâmide etária de 2010 é chamada de adulta, pois a maior concentração da população está entre as faixas de 20 a 59 anos.

II. O aumento do contingente de idosos é devido ao aumento da qualidade de vida e, consequentemente, da expectativa de vida.

III. O estreitamento da base é justificado pela redução da taxa de natalidade graças à entrada da mulher no mercado de trabalho e à difusão de métodos anticonceptivos.


Está correto o que se afirma em

  • A II, apenas.
  • B I e II, apenas.
  • C I e III, apenas.
  • D II e III, apenas.
  • E I, II e III.
22

Os fluxos imigratórios que chegaram ao Brasil na Primeira República foram os mais expressivos do período que se estende do século XIX ao XX: entre 1889 e 1930 ingressaram no país mais de 3,5 milhões de estrangeiros, o que corresponde a 65% do total de imigrados entre 1822 e 1960.

BIONDI, Luigi, Imigração, https://cpdoc.fgv.br


A respeito do impacto dos fluxos imigratórios para a história social e econômica brasileira na Primeira República, analise as afirmativas a seguir.

I. A política imigratória seguiu a economia brasileira do período, agroexportadora e com uma industrialização incipiente, razão pela qual predominou a inserção rural dos imigrantes.

II. A inserção urbana dos imigrantes foi marcante nas Regiões Norte e Nordeste, onde os estrangeiros contribuíram para a introdução de novas técnicas agrícolas e para a mecanização da agricultura.

III. A política imigratória procurava atender aos interesses da cafeicultura paulista que pretendia resolver a escassez de mão de obra com a chegada de trabalhadores europeus.


Está correto o que se afirma em

  • A I, apenas.
  • B I e II, apenas.
  • C I e III, apenas.
  • D II e III, apenas.
  • E I, II e III.
23



A Mata Atlântica, uma das regiões mais ricas do mundo em biodiversidade, é considerada um dos biomas mais ameaçados do planeta, cobrindo apenas 8,5% de sua área original. Parte significativa da Mata Atlântica está hoje localizada em encostas de grande declividade.


Sobre os motivos para sua preservação, assinale (V) para a afirmativa verdadeira e (F) para a falsa.

( ) O alto índice pluviométrico, que dá vida à Mata Atlântica, exerce um papel vital na manutenção dos processos hidrológicos que regulam o fluxo dos rios e os mananciais hídricos.

( ) A Mata Atlântica garante a estabilidade das encostas, evitando os deslizamentos que ocorrem onde ela é suprimida, com consequências econômicas e sociais extremamente graves.

( ) As áreas de Mata Atlântica oferecem paisagens que podem estimular o ecoturismo, atividade econômica que pode gerar renda e qualidade de vida para as comunidades caiçaras.


As afirmativas são, na ordem apresentada, respectivamente

  • A F – F – V.
  • B V – F – F.
  • C V – V – V.
  • D V – F – V.
  • E F – V – V.
24
Em 2018, a Superintendência Regional do INCRA, na Bahia, publicou portaria de reconhecimento do Território Quilombola Kaônge, localizado no município de Cachoeira, região do Recôncavo. No território, composto por cinco comunidades, vivem 83 famílias remanescentes de quilombos que possuem religiosidade de matriz africana. Adaptado de http://www.incra.gov.br/noticias/territorio-quilombola-no-reconcavo-baiano-e-reconhecido-pelo-incra
A respeito da história dessas famílias e de seus antepassados, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a verdadeira e F para a falsa. ( ) Descendem de um antigo quilombo, uma comunidade de fugitivos que acolhia os que resistiam à escravidão na época colonial e organizava o retorno dos seus membros para a África. ( ) Nas décadas seguintes à abolição, os libertos e os descendentes dos quilombolas constituíram uma parte do campesinato negro. ( ) Os remanescentes das comunidades dos quilombos tiveram reconhecidos direitos possessórios sobre as terras herdadas de seus antepassados, na Constituição de 1988.
As afirmativas são, na ordem apresentada, respectivamente,
  • A V - V - F.
  • B F - V - F.
  • C F - V - V.
  • D V - F - V.
  • E V - F - F.
25

Sobre os ventos na costa brasileira, analise as afirmativas a seguir.


I. O vento Noroeste ocorre praticamente em toda costa brasileira e é indicativo de mudança radical e repentina do tempo.

II. Os ventos predominantes na costa brasileira, com o domínio do Anticiclone do Atlântico Sul, são provenientes do Sul.

III. A maior parte da costa brasileira está sob influência do Anticiclone do Atlântico Sul e do Anticiclone Móvel Polar.


Está correto o que se afirma em

  • A I, somente.
  • B II, somente.
  • C III, somente.
  • D I e III, somente.
  • E II e III, somente.
26

Sobre os tipos de praia, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a verdadeira e F para a falsa.


( ) Praias intermediárias podem ser caracterizadas pela presença de correntes de retorno.

( ) Praias refletivas apresentam extensa região de quebramento de ondas.

( ) Praias dissipativas se estabelecem em regiões protegidas com grande declividade e com incidência de ondas sobre a face da praia.


As afirmativas são, na ordem apresentada, respectivamente,

  • A V – V – V.
  • B V – F – V.
  • C V – F – F.
  • D F – V – V.
  • E F – F – V.
27

As opções a seguir apresentam características das correntes de retorno, à exceção de uma. Assinale-a.

  • A Podem possuir água marrom e descolorada, devido à agitação da areia do fundo.
  • B São o local de junção entre duas ondas provindas de sentidos opostos.
  • C Formam ondas do tipo “buraco”, nas marés baixas, alimentadas pela água em seu retorno.
  • D Espumam e mancham de sedimentos na superfície, além da arrebentação, onde a vala perde sua força.
  • E Apresentam água mais quente após a linha de arrebentação, significando o retorno de águas mais profundas.
28

Marés são alterações do nível da água do mar causadas pela interferência gravitacional da Lua e do Sol e se classificam em maré alta e maré baixa.


O período médio de oscilação entre as marés é de, aproximadamente,

  • A 6 horas.
  • B 8 horas.
  • C 12 horas.
  • D 16 horas.
  • E 23 horas.
29

Relacione os tipos de ondas às suas respectivas características.


1. Ondas ascendentes

2. Ondas derramantes ou deslizantes

3. Ondas mergulhantes.


( ) Criadas por vagas que se movem sobre um terreno que fica raso gradualmente sob elas.

( ) Formadas onde a água é profunda adjacentemente a linhas costeiras e mantêm suas formas até que quebrem contra a barreira na linha costeira.

( ) Formadas quando uma vaga subitamente se choca contra um fundo raso.


Assinale opção que mostra a relação correta, na ordem apresentada.

  • A 1 – 2 – 3.
  • B 1 – 3 – 2.
  • C 2 – 1 – 3.
  • D 2 – 3 – 1.
  • E 3 – 2 – 1.
30

Observe a foto da multidão que acompanha o cortejo de 02 de julho pelas ruas de Salvador, em 2016.
A respeito das comemorações de 02 de julho, analise as afirmativas a seguir.
I. Nessa data cívica, celebra-se a expulsão das tropas portuguesas de Salvador, ocorrida em 1823, quase um ano após a Independência do Brasil. II. A identificação da sociedade baiana com esta festividade testemunha o orgulho de ter conquistado a independência pelas armas, mediante o embate entre tropas aliadas a Portugal e tropas formadas por "brasileiros". III. As imagens do caboclo e da cabocla presentes no cortejo foram introduzidas no século XX, pelo movimento modernista brasileiro, para representar o nascimento de uma nação miscigenada em 1823.
Está correto o que se afirma em

  • A I, apenas.
  • B I e II, apenas.
  • C I e III, apenas.
  • D II e III, apenas.
  • E I, II e III.
Voltar para lista