Resolver o Simulado Fisioterapeuta

0 / 30

Segurança e Saúde no Trabalho

1

Leia o texto a seguir:


Bactrocera carambolae (mosca-da-carambola) é uma espécie de grande relevância à fruticultura devido ao ataque a diversas plantas de importância agrícola (carambola, manga, tomate, laranja, limão, acerola, caju, goiaba, jambo, pimenta, entre outras). Sua origem é asiática e em 1975 foi introduzida no continente americano através do Suriname.

No Brasil, sua primeira detecção ocorreu em 1996 no município de Oiapoque (Amapá). Atualmente há confirmação de sua presença em três estados – Amapá (AP), Pará (PA) e Roraima (RR). Por ser considerada uma das maiores ameaças fitossanitárias à fruticultura brasileira (mesmo sob controle constitui risco à economia agrícola), ter distribuição restrita e estar sob controle oficial, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) categoriza essa espécie como praga quarentenária presente (PQP) para o país. [...]

O maior risco de introdução da praga é através de partes vegetais contaminados, principalmente frutos. A presença da praga afeta diretamente na economia, pois os produtores da região que tenha registrado foco da praga são impedidos de comercializar para que a praga não seja levada de uma região para a outra.

Anteriormente, foram definidos pelo MAPA os procedimentos oficiais de vigilância que devem ser adotados em todo o país para as ações de prevenção, contenção, supressão e erradicação da B. carambolae. Nesta legislação consta o detalhamento das medidas a serem aplicadas no caso de constatação da praga, assim como a orientação sobre o trânsito de frutos de espécies hospedeiras da praga provenientes de áreas sob quarentena, protegidas ou onde a praga já se encontra erradicada, além do trânsito interestadual. ”


Revista Brasileira de Fruticultura. Atualização sobre a situação de Bactrocera carambolae em Roraima, 2019. Disponível em:<http://rbf.org.br/atualizacao-sobre-a-situacao-de-bactrocera-carambolae-em-roraima/> . Acesso em 03 jan. 2020.

Considerando o Decreto Federal 4.074 que regulamenta a Lei 7.802, em relação ao uso de EPI e ao intervalo de segurança, é correto afirmar que:

  • A o uso e os tipos dos EPIs variam de acordo com a classe toxicológica.
  • B o intervalo de aplicação é o período de 24 horas entre a aplicação e a colheita, após esse período os produtos são degradados e não apresentam mais resíduos.
  • C o EPI é obrigatório apenas para produtos das classes toxicológicas I e II.
  • D o intervalo de segurança é o período entre a aplicação e a colheita, indicado na bula do produto.
  • E intervalo de segurança é o intervalo de tempo entre a aplicação e a reentrada de pessoas na área sem o uso de EPI.
2

Assinale a única alternativa que indica um item necessário à segurança no ambiente de materiais.

  • A Large Hadron Collider (LHC)
  • B código de barras
  • C tomógrafo
  • D máscara de ressonância
3

Sobre a Organização Pan-americana da Saúde no Brasil, esta apresenta os princípios básicos da tecnologia identificação e controle dos fatores de risco na perspectiva da higiene do trabalho e da ergonomia de controle, propostos pela Higiene do Trabalho.
Assinale a alternativa INCORRETA.

  • A Evitar que um agente potencialmente perigoso ou tóxico para a saúde seja utilizado, formado ou liberado
  • B Se não for possível evitar um agente potencialmente perigoso ou tóxico, contê-lo de tal forma que não se propague para o ambiente
  • C Se não for possível ou suficiente um agente potencialmente perigoso ou tóxico, isolá-lo ou diluí-lo no ambiente de trabalho
  • D Bloquear as vias de entrada no organismo: respiratória, pele, boca e ouvidos, para impedir que um agente nocivo atinja um órgão crítico, causando lesão
  • E Atribuir causalidade externa para justificar a descrição dos eventos eliciadores da epidemia, sobretudo na época em que não é possível a distribuição orçamentária do período

Fisioterapia

4

Quando nos referimos a interrupção do suporte ventilatório, alguns cuidados especiais devem ser rigorosamente tomados. Em relação ao desmame da ventilação mecânica invasiva (VMI), qual desses itens é essencial para considerar a aptidão para o desmame da VMI?

  • A Necessidade de hemodiálise
  • B Instabilidade hemodinâmica
  • C Balanço hídrico positivo
  • D Troca gasosa (PaO2 maior que 60mmHg com Fio2 menor que 0,6)
  • E Controle do evento que causou a necessidade da VMI
5

De acordo com a classificação de insuficiência cardíaca pela New York Heart Association (NYHA). Como se classifica a IC na classe funcional III.

  • A Assintomático em repouso, sintoma nos esforços habituais
  • B Assintomático no repouso, sintomas nos esforços menores que os habituais
  • C Sintomático (fadiga, dispneia) em repouso e pequenos esforços
  • D Sintomático em repouso e dispneia a grades esforços.
  • E Assintomático nas atividades
6

A bronquiolite é uma doença que atinge de 70% a 80% dos casos a criança menor de dois anos, com um pico de frequência de dois a dez meses. O diagnóstico de bronquiolite baseia-se essencialmente em critérios clínicos, como:

  • A sibilância, tosse, dispneia e hiperinsuflação.
  • B atrito pleural, roncos, tosse e dispneia.
  • C estertores crepitantes e hiperinsuflação.
  • D sibilância, dessaturação, febre alta e hiperinsuflação.
  • E atrito pleural, quadro hipersecretivo e febre.
7



Qual o módulo ventilatório correspondente ao gráfico acima?

  • A PCV
  • B VCV
  • C PRVC
  • D SIMV
  • E PSV
8

O sangue é ejetado do ventrículo esquerdo através de apenas uma pequena abertura fibrosa da valva. Dessa forma, surge um efeito de esguicho durante a sístole, com sangue jorrado em um volume enorme pela pequena abertura da valva. O sangue turbulento colidindo contra a parede da valva, provoca uma intensa vibração, e o sopro de grande amplitude ocorre durante a sístole. Esse som é áspero. Esse som se refere a qual patologia:

  • A sopro diastólico da estenose mitral.
  • B regurgitação da valva tricúspide.
  • C sopro sistólico da estenose aórtica.
  • D valvulopatia mitral.
  • E fibrilação atrial.
9

O teste timed up and go test (TUGT), avalia a mobilidade funcional, cujo o desempenho está relacionado com equilíbrio, marcha e capacidade. De acordo com o TUGT quanto tempo o paciente, SEM utilizar auxilio de bengala ou andador, deverá realizar o teste para ser identificado como normal com baixo risco de queda?

  • A <10 segundos
  • B <21 segundos
  • C >20 segundos
  • D Até 35 segundos
  • E >18 segundos
10

Os sinais patológicos são os emaranhados neurofibilares e as placas senis. Os primeiros são agregados intracelulares de filamentos retorcidos do citoesqueleto e proteínas tau anormalmente fosforilada. As últimas são neuritos anormais que envolvem um agregado central B-amilóide no neurópilo entre células nervosas. O córtex límbico é o mais afetado. O texto acima descreve a fisiopatologia de qual doença?

  • A Doença de Alzheimer.
  • B Epilepsia.
  • C Demência vascular.
  • D Esclerose múltipla.
  • E Doença de Parkinson.
11

Qual o principal fator pulmonar que pode ocasionar a exacerbação do DPOC?

  • A Uso de sedativos e outros fármacos
  • B Infecção pulmonar
  • C Cirurgias abdominais e torácicas
  • D Isquemia miocárdica
  • E Arritmias cardíacas
12

De acordo com a quadro clínico da doença de Parkinson. Quais os sinais e sintomas motores que caracterizam a doença?

  • A Hipocinesia / Rigidez muscular / Tremor ao repouso.
  • B Hipotrofia muscular / Fragilidade capilar / Déficit de equilíbrio.
  • C Hipertrofia muscular / Fragilidade capilar / Espasmo muscular.
  • D Hipercinesia / Instabilidade postural / Ataxia.
  • E Hipotonia muscular / Tremor no movimento / Déficit de memória.
13

A difusão dos tecidos é descrita pela lei de Fick. É CORRETO afirmar sobre a Lei de Fick:

  • A a lei de Fick afirma que a taxa de transferência de gás através de uma lâmina de tecido é inversamente proporcional a área tecidual.
  • B a lei de Fick afirma que a taxa de transferência de gás através de uma lâmina de tecido é proporcional a área tecidual.
  • C a lei de Fick afirma que a taxa de transferência de gás através de uma lâmina de tecido é inversamente proporcional a diferença entre as pressões parciais de gás.
  • D a lei de Fick afirma que a taxa de transferência de gás através de uma lâmina de tecido é inversamente proporcional a área e proporcional a espessura.
  • E a lei de Fick afirma que a massa de gás ocupa um volume inversamente proporcional a lâmina do tecido.
14

De acordo com o Código de Ética e Deontologia da fisioterapia, ao que se compreende como as responsabilidades fundamentais. Qual das alternativas abaixo se refere aos deveres e obrigações do fisioterapeuta?

  • A Induzir as convicções políticas, fisiológicas, morais, ideológicas e religiosas quando no exercício de suas funções profissionais
  • B Autorizar o uso ou não, mesmo que gratuitamente, de seu nome ou de sociedade que seja sócio, para atos de mercantilização da saúde e da fisioterapia
  • C Manter segredo sobre fato sigiloso de que tenha conhecimento em decorrência da sua atividade profissional e exigir o mesmo comportamento do pessoal sob sua direção, salvo situações previstas em lei
  • D Negar assistência ao ser humano ou a coletividade em caso de indubitável urgência
  • E Divulgar, visando autopromoção, declaração, atestado, imagem de carta de agradecimento emitida por cliente/ paciente/ usuário de família, em razão de serviço de profissional prestado
15

De acordo com o quadro clínico, quais são as possíveis sequelas decorrentes de um acidente vascular encefálico (AVE) na artéria cerebral média?

  • A Déficit de campo visual contralateral (hemianopsia), decorrente do envolvimento do cortéx calcasiano; agnosia visual e de cores.
  • B Hemiplegia ou hemiparesia contralaterais (afetando principalmente o membro superior e a face); déficit sensitivo contralateral; déficit de campo visual contralateral.
  • C Cegueira monocular transitória; déficits sensitivos e motores contralaterais; afasia quando o hemisfério dominante é envolvido.
  • D Hemiplegia ou hemiparesia contralaterais (afetando principalmente o membro inferior); déficit sensitivo contralateral; afasia motora.
  • E Perda do reflexo de preensão; distúrbio de controle esfincteriano; síncope.
16

Ao descrever os eventos no ciclo pulmonar algumas vezes é desejável considerar dois ou mais volumes combinados. Essas combinações são classificadas como capacidades pulmonares. Sobre a capacidade residual funcional (CRF) é CORRETO afirmar:

  • A a CRF é igual ao volume de reserva inspiratório mais o volume corrente e mais o volume de reserva inspiratório.
  • B a CRF é o volume máximo que os pulmões podem ser expandidos com o mais esforço (cerca de 5.800ml).
  • C a CRF é igual ao volume de reserva expiratório mais o volume residual (cerca de 2.300ml).
  • D a CRF é a quantidade de ar que permanece nos pulmões , ao final da expiração normal (cerca de 1.200ml).
  • E a CRF é a soma de todas as capacidades pulmonares.
17

Com relação ao teste de APLEY, a alternativa CORRETA que demostra como se realiza o teste é:

  • A paciente deitado em decúbito lateral, o examinador traz passivamente o membro a ser testado a 90˚, ambos os acetábulos orientados verticalmente. Então se faz uma pressão ascendente e lateral a perna, rodando medialmente o quadril a 45˚. Considera positivo quando a paciente relata dor entre o nervo isquiático e o músculo piriforme.
  • B no teste pede ao paciente que se apoie ou equilibre primeiramente sobre um membro inferior e depois sobre o outro, e o fisioterapeuta observa o movimento da pelve, quando a pelve contralateral desce, o teste é considerado positivo.
  • C o paciente fica em decúbito dorsal com joelho estendido e o examinador realiza uma dorsiflexão passivado tornozelo, alongando a musculatura da panturrilha. Dor em região do músculo gastrocnêmio, significa resultado positivo.
  • D o paciente é posicionado em decúbito dorsal, o examinador golpeia o calcâneo com o punho. Dor localizada na coxa é indicativo de fratura femoral ou condição articular patológica.
  • E paciente em decúbito ventral com joelho em flexão a 90˚, o examinador realiza uma pressão axial sobre o calcâneo rodando o pé internamente para pinçar o menisco lateral e externamente para pinçar o menisco medial. A presença de dor é indicativa de lesão no menisco.

Saúde Pública

18

Sobre o Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro, de acordo com a Lei Federal nº 8080/1990, julgue (V), como verdadeiro, ou (F), como falso, e assinale a alternativa que indica a sequência correta de cima para baixo.


( ) O conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais, da Administração direta e indireta e das fundações mantidas pelo Poder Público, constitui o Sistema Único de Saúde (SUS).

( ) Estão incluídas, na constituição do SUS, as instituições públicas federais, estaduais e municipais de controle de qualidade, pesquisa e produção de insumos, medicamentos, inclusive de sangue e hemoderivados, e de equipamentos para saúde.

( ) A iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter complementar.


  • A V, V, V.
  • B V, F, V
  • C F, V, V.
  • D V, F, F.
19

De acordo com o art. 3º, da Portaria nº 1.600/2011, do Ministério da Saúde, a qual institui a Rede de Atenção às Urgências do Sistema Único de Saúde, assinale a alternativa correta sobre a organização, no âmbito do SUS, dessa Rede.

  • A A organização da Rede de Atenção às Urgências tem a finalidade de garantir os equipamentos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), objetivando ampliar o acesso aos usuários em situação de urgência e emergência nos serviços de saúde.
  • B A responsabilidade pela implementação da Rede de Atenção às Urgências é exclusiva dos municípios, devendo respeitar os critérios epidemiológicos e de densidade populacional.
  • C O acolhimento com classificação do risco, a qualidade e a resolutividade na atenção constituem a base do processo e dos fluxos assistenciais de toda Rede de Atenção às Urgências e devem ser requisitos de todos os pontos de atenção.
  • D A Rede de Atenção às Urgências priorizará as linhas de cuidados de saúde mental, violência e cerebrovascular.
20

(1) A doença de Chagas não é transmitida ao ser humano diretamente pela picada do inseto, que se infecta com o parasita quando suga o sangue de um animal contaminado (gambás ou pequenos roedores).

(2) A transmissão ocorre quando a pessoa coça o local da picada e as fezes eliminadas pelo barbeiro penetram pelo orifício que ali deixou.


Em relação ao trecho acima:

  • A Apenas a primeira frase está correta.
  • B Apenas a segunda frase está correta.
  • C Ambas as frases estão corretas.
  • D Ambas as frases estão incorretas.
21

Analise as ações a seguir.


I. Realizar controle ambiental e controle de zoonoses.

II. Reduzir riscos e danos à saúde, incluindo ações de promoção à saúde.

III. Participar das ações educativas atuando na promoção da saúde e na prevenção das doenças bucais.


São ações a serem realizadas pelos agentes de combate às endemias:

  • A I e II, apenas
  • B II e III, apenas
  • C I e III, apenas
  • D I, II e III
22

A Leishmaniose Visceral (LV) é uma protozoonose crônica, sistêmica, caracterizada em humanos por febre de onga duração, perda de peso, astenia, adinamia e anemia, entre outras manifestações. Quando não tratada, pode evoluir para óbito em mais de 90% dos casos.

Fonte: BRASIL, Manual de Vigilância, Prevenção e Controle de Zoonoses: Normas, Técnicas e Operacionais (2016).


O principal reservatório e fonte de infecção da doença no meio urbano são:

  • A Marsupiais
  • B Cães
  • C Gatos
  • D Barbeiro
23

Em relação ao levantamento rápido de índices de infestação do Aedes aegypti (LIRAa), assinale a alternativa INCORRETA.

  • A O levantamento é amostral, ou seja, não há necessidade de todas as casas serem visitadas.
  • B As amostras para análise e referenciamento do LIRAa são coletadas pela Vigilância Sanitária.
  • C A partir do LIRAa, é possível saber onde os mosquitos estão se desenvolvendo mais: se em locais de abastecimento de água, se em depósitos domiciliares e lixo.
  • D O resultado deste são índices de infestação predial e são divididos da seguinte forma: inferiores a 1%: estão em condições satisfatórias; de 1% a 3,9%: estão em situação de alerta; superior a 4%: há risco de surto de dengue.
24

Dengue é doença febril aguda caracterizada, em sua forma clássica, por dores musculares e articulares intensas. Tem como agente um arbovírus do gênero Flavivírus da família Flaviviridae, do qual existem quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. A infecção por um deles confere proteção permanente para o mesmo sorotipo e imunidade parcial e temporária contra os outros três. Trata-se, caracteristicamente, de enfermidade de áreas tropicais e subtropicais, onde as condições do ambiente favorecem o desenvolvimento dos vetores. Várias espécies de mosquitos do gênero Aedes podem servir como transmissores do vírus do dengue. No Brasil, duas delas estão hoje instaladas: Aedes aegypti e Aedes albopictus. (Fonte: BRASIL, FUNASA, 2001.)


Analise as afirmações abaixo sobre as formas da Dengue.

I- As infecções pelo vírus da dengue causam desde a forma clássica (sintomática ou assintomática) à febre hemorrágica do dengue (FHD).

II- Na forma clássica, é doença de baixa letalidade, mesmo sem tratamento específico e por esse motivo não incapacita as pessoas para o trabalho.

III- Na febre hemorrágica do dengue a letalidade é significativamente menor do que na forma clássica, dependendo da capacidade de atendimento médico-hospitalar da localidade.

IV- Na febre hemorrágica do dengue a febre é alta, com manifestações hemorrágicas, hepatomegalia e insuficiência circulatória.


A alternativa que responde CORRETAMENTE é:

  • A I e IV
  • B II e III
  • C I, II e III
  • D II e IV
25

Assinale a alternativa que não apresenta um motivo relacionado ao maior número de casos de dengue no verão.

  • A No verão, faz mais calor e chove muito, aumentando os locais com água parada, os quais podem se tornar criadouros do mosquito da dengue.
  • B Por causa da alta temperatura corporal, ocorre a multiplicação do vírus dentro do organismo humano. Com isso, no verão, o indivíduo tem maior chance de ficar doente, assim como transmitir essa doença.
  • C O calor acelera a multiplicação do vírus dentro do mosquito. Com isso, no verão (época geralmente mais quente do ano), uma fêmea do mosquito infectada tem mais chances de transmitir a doença antes de morrer.
  • D Se nos locais que se enchem de água já existirem ovos do Aedes aegypti, eles ficam novamente ativos, evoluindo para o estágio de larvas, que se transformarão em mosquitos. O calor acelera o ciclo do mosquito, de ovo a adulto, que ocorre em menos dias.
26

A Dengue é uma doença febril aguda caracterizada, em sua forma clássica, por dores musculares e articulares intensas. Sobre a Doença, é incorreto afirmar que:

  • A Várias espécies de mosquitos do gênero Aedes podem servir como transmissores do vírus da dengue.
  • B Não existe vacina disponível no Calendário Nacional de Vacinação para a prevenção da doença.
  • C A transmissão da doença ocorre através da picada do macho da espécie vetora contaminado.
  • D Trata-se de doença de notificação compulsória nacional.
27

Suponha que esteja havendo a ocorrência de uma doença específica em Santa Bárbara e seja necessário comunicar às autoridades da vigilância em saúde se aquela ocorrência corresponde a endemia, epidemia ou pandemia. Para ser uma endemia, a principal característica é:

  • A acometimento populacional sistemático por uma doença, em um curto período de tempo.
  • B casos de uma mesma doença em uma comunidade ou região específica, ultrapassando a incidência esperada.
  • C incidência relativamente constante, com variações cíclicas e sazonais.
  • D doença que ultrapassa as fronteiras de um país.
28

A visita domiciliar é um dos recursos a serem utilizados para coleta de informações de saúde da população, constituindo uma das atuações mais importantes dos agentes de combate a endemias. A respeito do assunto, considere as seguintes ações:


1. Cadastramento e atualização da base de imóveis para planejamento e definição de estratégias de prevenção e controle de doença.

2. Identificação e cadastramento de situações que interfiram no curso das doenças ou que tenham importância epidemiológica relacionada principalmente aos fatores ambientais.

3. Identificação e acompanhamento vacinal da população de risco, em consonância com o previsto no calendário nacional de vacinação.

4. Mobilização das pessoas para desenvolver medidas simples de manejo ambiental e outras formas de intervenção no ambiente para o controle de vetores.


Correspondem a ações desenvolvidas nas visitas domiciliares por agentes de combate às endemias:

  • A 2 e 3 apenas
  • B 1, 2 e 4 apenas
  • C 1, 3 e 4 apenas
  • D 1, 3 e 4 apenas.
29

A transmissão do vírus da zika acontece através de qual mosquito?

  • A Aedes aegypti
  • B Aedes fluviatilis
  • C Anophelis SP
  • D Culex
30

Os sintomas da dengue são:

  • A Febre baixa, diarréia, vômito e convulsão.
  • B Mialgia, febre, insuficiência hepática, tontura e boca seca.
  • C Febre alta, dor de cabeça e articulações, fraqueza, dor nos olhos, erupção e coceira na pele.
  • D Coriza, febre baixa, dor no corpo e tosse.
Voltar para lista