Resolver o Simulado Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) - CESGRANRIO - Nível Superior

0 / 30

Português

1


No Texto I, em “Isso não significa que o consumidor está refém de trocas constantes de equipamento: é possível adiar a substituição de um produto” (ℓ. 34-36), a oração depois dos dois pontos acrescenta, ao trecho anterior, uma ideia de

  • A modo
  • B concessão
  • C explicação
  • D comparação
  • E consequência
2


O acento grave indicativo de crase é necessário e está empregado de acordo com a norma-padrão em:

  • A É bom manter-nos à distância de dez passos.
  • B O sol estava à pino e precisamos nos proteger do calor.
  • C A volta à Portugal, seu país natal, fez meu pai muito feliz.
  • D Com muito esforço, os idosos acompanham às novas tecnologias.
  • E Sempre reconhecemos àqueles que são nossos verdadeiros amigos.
3


Nas seguintes passagens do Texto I, a oração que apresenta estrutura de sujeito indeterminado é:

  • A “No entanto, traz benefícios, como o acesso às novidades.” (ℓ. 11-12)
  • B “se trata de uma necessidade de sobrevivência no mercado.” (ℓ. 21-22)
  • C “se não quiser.” (ℓ. 44)
  • D “a obsolescência programada se dá de forma diferente” (ℓ. 49-50)
  • E “que pode desejar fotos de maior resolução ou tela mais brilhante.” (ℓ. 56-57)
4


No Texto II, o sentido denotativo e o sentido conotativo convivem.


O trecho do texto em que há somente denotação é:

  • A “Noite dessas, ciscando num desses canais a cabo, vi uns caras oferecendo maravilhas eletrônicas” (. 1-3)
  • B “Minhas necessidades são mais modestas” (. 6)
  • C “contemporâneo das cavernas da informática”. (. 7-8)
  • D “retirei das entranhas de isopor o novo notebook e coloquei-o em cima da mesa.” (. 16-17)
  • E “houve um corte na memória e vi diante de mim o meu primeiro estojo escolar.” (. 19-20)
5


No Texto I, no período “Essa estratégia da indústria pode ser vista como inimiga do consumidor, uma vez que o incentiva a adquirir mais produtos sem realmente necessitar deles.” (. 8-11), o conector uma vez que poderia ser substituído, sem alteração do sentido, por

  • A conforme
  • B quando
  • C como
  • D pois
  • E se
6


Com base na leitura de todo o Texto II, entende-se que ele tem como foco a contraposição entre

  • A cheiro de notebook e cheiro de estojo
  • B requinte e simplicidade
  • C sociedade e indivíduo
  • D presente e passado
  • E trabalho e lazer
7


A frase em que a vírgula está empregada adequadamente é:

  • A A tela do computador, é a janela que descortina o mundo.
  • B O investimento deve ser feito na área que, pode salvar vidas.
  • C A vaga é para programador, que tem salário acima da média.
  • D Concluíram, que não há mais como parar o avanço tecnológico.
  • E É muito importante, que os investimentos na área tecnológica continuem.
8


A partir da frase que finaliza o Texto II – “Acho que piorei de estojo e de vida” (. 41-42) –, constata-se que o autor

  • A comportava-se de modo nostálgico.
  • B era fortemente apegado ao objeto.
  • C carregava consigo objetos inusitados.
  • D tinha muito cuidado com seus pertences.
  • E apresentava um perfil marcado pelo egoísmo.
9


O Texto I, que aborda a obsolescência programada, busca

  • A condenar a produção excessiva de lixo eletrônico.
  • B denunciar o preço exorbitante das mercadorias modernas.
  • C alertar sobre o consumo desenfreado de novas tecnologias.
  • D destacar a queda vertiginosa na qualidade dos itens à venda.
  • E analisar a suplantação dos produtos disponibilizados ao consumidor.
10


O termo mastodôntico, em “tenho um PC mastodôntico, contemporâneo das cavernas da informática” (. 6-8), pode ser substituído, sem prejuízo do sentido do trecho, por

  • A enorme
  • B potente
  • C grotesco
  • D funcional
  • E imponente

Matemática

11

Suponha que a notação (x)y represente o número x na base y, e seja S a soma das seguintes parcelas:
S = (10001101)2 + (A4)16
O valor de S na base 10 é

  • A 321
  • B 305
  • C 295
  • D 281
  • E 225
12

Em uma construção, os dados mostraram que 3 equipes conseguiram construir 5 km de dutos em 7 dias, trabalhando em um único turno de 8 horas por dia. Considere que uma equipe, com capacidade similar de produção, será acrescentada ao grupo, de modo que todos agora trabalharão durante 10 dias, em um único turno de 6h por dia.


Assim, o valor mais próximo do número de km de dutos do mesmo tipo que serão construídos a mais, em relação à primeira produção mencionada, é igual a

  • A 2,1
  • B 2,5
  • C 3,2
  • D 4,1
  • E 5,4
13

Em um armazém, há somente dois tipos de botijões, em um total de 10.000 botijões dos quais 99% são do tipo A, e os restantes, do tipo B.


Após uma manobra, os operadores retiraram uma determinada quantidade de botijões do tipo A, e nenhum do tipo B, de modo que 98% do total de botijões que ficaram no armazém são do tipo A.


A quantidade de botijões do tipo A que fica no armazém após essa operação é igual a

  • A 100
  • B 200
  • C 490
  • D 4.900
  • E 5.000
14

Um tanque contém 4.000 litros de combustível, dos quais 24% são de álcool e 76% de gasolina. Um determinado volume de gasolina foi adicionado ao tanque, de modo que o combustível resultante ficou com 20% de álcool.

Quantos litros de gasolina foram despejados no tanque, para produzir essa alteração percentual?

  • A 800
  • B 820
  • C 900
  • D 960
  • E 980
15

No que se refere à estrutura da taxa de juros, os componentes básicos que, somados, formam uma taxa bruta de juros são:

  • A taxa de risco, taxa livre de risco e inflação
  • B taxa de risco e spread
  • C taxa de risco, taxa livre de risco e taxa de juro real
  • D taxa referencial, taxa de risco e inflação
  • E taxa de juro real, taxa de risco e spread

Atualidades

16

Para desenvolver tecnologias que melhorem a qualidade de água disponível no mundo, é necessário olhar para as práticas das comunidades indígenas e tradicionais. É o que aponta um relatório divulgado hoje pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco). As Soluções baseadas na Natureza (SbN) são as mais eficazes e mais baratas, defende o texto. São técnicas que usam ou imitam processos que acontecem na natureza.

BORGES, H. Soluções naturais para preservar a água. O Globo, Sociedade, 19 mar. 2018, p. 20.


Na gestão hídrica, é um exemplo de SbN barata a adoção de

  • A lagos artificiais
  • B usinas térmicas
  • C pesticidas agrícolas
  • D reservas de água em mangues
  • E dessalinização da água marinha
17

Ao quebrar o consenso internacional em torno do estatuto de Jerusalém, cidade sagrada para judeus, cristãos e muçulmanos, o presidente Donald Trump conduziu seu país ao isolamento. Uma ampla maioria da Assembleia Geral da ONU criticou a decisão que coloca um obstáculo à paz. A decisão de Trump contraria uma resolução da ONU, de 1980, que declarou nulas e sem efeito todas as medidas adotadas por Israel que “modificam o caráter geográfico e histórico da Cidade Santa”.

ENDERLIN, C. Jerusalém, o erro fundamental. Le Monde Diplomatique Brasil, Ano 11, n. 126, jan. 2018, p. 10. Adaptado.


O texto acima refere-se à decisão do presidente Donald Trump, em dezembro de 2017, de

  • A determinar Jerusalém Oriental como palestina.
  • B transferir a embaixada dos EUA para Tel Aviv.
  • C consultar oficialmente a Autoridade Palestina.
  • D reconhecer Jerusalém como capital de Israel.
  • E reativar a presença israelense na Faixa de Gaza.
18

Em muitas metrópoles, como Rio de Janeiro e São Paulo, enchentes são um problema constante, principalmente no verão, quando a pluviosidade, geralmente, se intensifica. Para evitar o problema, os gestores devem conhecer e controlar o sistema sedimentológico dos rios e canais e criar políticas públicas que possam recuperá-los.


Nesse sentido, a recuperação de um canal fluvial consiste em

  • A aumentar a velocidade de escoamento para controlar a erosão e o assoreamento.
  • B criar barragens no rio, colaborando com a retenção da água.
  • C retornar, dentro do possível, às condições anteriores ao distúrbio, através de obras, levando em conta a rugosidade do canal.
  • D revestir o fundo do canal para facilitar as relações com o lençol d’água.
  • E suprimir curvas e meandros, impedindo que o canal retorne à sinuosidade original.
19

O domínio das caatingas brasileiras, um dos três espaços semiáridos da América do Sul, apresenta precipitações que se concentram de seis a sete meses no domínio geral dos sertões. O prolongado período seco anual se deve, entre outras causas, às células de alta pressão atmosférica que penetram nos espaços dos sertões durante o inverno austral.


Para combater a seca e levar água a mais de 12 milhões de pessoas, em estados como Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, foi criado um empreendimento de transposição de águas de um rio perene que atravessa o sertão nordestino.


O rio em questão é o

  • A Paraná
  • B Parnaíba
  • C Araguaia
  • D Tocantins
  • E São Francisco
20

(...) a estrutura federativa brasileira estabeleceu-se, desde a República, com uma disfunção entre um formato político-administrativo pensado e desenvolvido para acomodar a representação das diferenças territoriais e a perspectiva de manutenção de uma unidade que deveria ser preservada a qualquer custo. Essas tensões encontram-se até hoje presentes na estrutura federativa brasileira.

CASTRO, I. E. Geografia e Política: território, escalas de ação e instituições.


O Brasil apresenta uma história de forte tradição centralizadora e de alianças dos grupos estaduais e municipais com o poder central.


Considerando-se esse fato, o que é necessário ocorrer para que o federalismo brasileiro possa ser, entre os entes federativos, menos competitivo e mais cooperativo?

  • A Centralização, na esfera federal, das capacidades de implementação das políticas públicas, dadas as enormes desigualdades financeiras, técnicas e de gestão existentes.
  • B Criação de mecanismos que promovam maior capacidade de intermediação entre as relações intergovernamentais, facilitando o diálogo entre as três esferas de poder.
  • C Limitação na capacidade dos entes subnacionais de legislar sobre políticas próprias.
  • D Redução da autonomia administrativa dos estados e municípios, aumentando a capacidade de atuação da esfera federal na criação e aprovação de políticas públicas.
  • E Supressão da independência do Poder Legislativo nos três níveis de governo, mantendo a autonomia do Poder Judiciário.

Psicologia

21

Um sujeito queixa-se de estar tendo o que chama de alucinações que o atrapalham sobremaneira na vida cotidiana. Descreve que os objetos que se movem deixam suas imagens para trás, flutuando no trajeto por onde passaram. Também vê movimentos, que não existem, pelo canto dos seus olhos. Diz ter experimentado, pela primeira vez, tais sensações ao consumir uma droga (LSD) que, daí em diante, nunca mais voltou a usar. Submeteu-se a uma série completa de exames médicos, que não indicaram nenhum problema em seu corpo. Seu teste de realidade encontra-se perfeito, o discurso é organizado, o comportamento motor é adequado e não apresenta nenhuma alteração da vida afetiva e sexual.
Os dados acima descritos são suficientes para um diagnóstico de

  • A intoxicação por Fenciclidina
  • B delirium por intoxicação por substância
  • C transtorno neurocognitivo leve
  • D transtorno esquizofreniforme
  • E transtorno persistente da percepção, induzido por alucinógenos
22

As tentativas de se promoverem processos de desenvolvimento de pessoas em diversas organizações revelam a existência de obstáculos, como:

  • A ambiente organizacional estático que dificulta o acompanhamento das mudanças do mercado de trabalho.
  • B ausência de investimentos em profissionais de maior faixa etária, que possuem menor inteligência fluida e inteligência cristalizada.
  • C obediência à lei do congelamento pelas condições de aprendizagem, que neutralizam experiências e hábitos antigos, substituindo-os por novas experiências e novos hábitos.
  • D existência de mecanismos formais para recompensar esforços e desenvolvimento espontâneos, efetivamente praticados pelos indivíduos.
  • E crença generalizada e arraigada de que o desenvolvimento das pessoas é um problema da organização, e não do indivíduo, que gera comportamentos de acomodação em relação à busca de novos conhecimentos e a mudanças comportamentais.
23

Uma das atribuições do(a) psicólogo(a) é a elaboração de documentos, tais como relatórios, laudos e pareceres.
Relacione essas modalidades de documentos às respectivas finalidades apresentadas a seguir:
I – Relatórios II – Laudos III – Pareceres
S – Apresentar análise técnica em resposta a uma questão problema. T – Subsidiar decisões relacionadas ao contexto em que surgiu a demanda. U – Apresentar descrições literais do atendimento em quaisquer circunstâncias. V – Comunicar a atuação profissional, podendo gerar orientações e recomendações.
São corretas as seguintes associações:

  • A I – S ; II – U ; III – V
  • B I – S ; II – V ; III – U
  • C I – T ; II – S ; III – V
  • D I – U ; II – S ; III – T
  • E I – V ; II – T ; III – S
24

A doença e a hospitalização impõem ao doente vivências de quebra de uma linha de continuidade da vida, das funções desempenhadas no dia a dia, de certa previsibilidade sobre o futuro. O impacto da doença imobiliza e congela a existência e, em consequência, a relação do indivíduo doente com o mundo. É um tempo de supressão: difícil ligá-lo à vida passada ou conectá-lo ao futuro. BOTEGA, N. J. (org.). Prática psiquiátrica no hospital geral: interconsulta e emergência. Porto Alegre: Artmed, 2017. Adaptado.
Nesse sentido, essa quebra na linha de continuidade da vida, causada pelos processos de adoecimento e hospitalização,

  • A demanda atendimento especializado do psicólogo, em caráter de intervenção psicoterápica breve, como preparo para a intervenção posterior da equipe multidisciplinar de saúde.
  • B faz com que os pacientes reajam, mobilizando estratégias de enfrentamento da doença, independentemente das características de personalidade e sociais, da natureza da doença e do tipo de tratamento.
  • C gera quadros de ansiedade e depressão no paciente, tratados com intervenção psiquiátrica, seguida de intervenção psicológica na modalidade entrevista motivacional de natureza comportamental.
  • D atenua-se com a presença do acompanhante familiar que fornece suporte emocional ao paciente, mantendo os vínculos sociais fora do hospital e possibilitando a redução de sintomas psicológicos.
  • E dificulta a adesão dos pacientes aos tratamentos necessários, desencadeando episódios de agudização das doenças crônicas, que são superados com orientação e aconselhamentos psiquiátricos.
25

Uma pessoa apresenta um quadro depressivo por um período prolongado (mais de dois anos), sem períodos assintomáticos que ultrapassassem dois meses. Não há qualquer transtorno do espectro da esquizofrenia ou psicótico, especificado ou não, que explique melhor a perturbação. Seus sintomas não são devidos aos efeitos fisiológicos de uma substância ou a qualquer outra condição médica.
Essa pessoa deve ser diagnosticada com transtorno depressivo persistente (distimia) se

  • A houver um fator etiológico evidente na origem do episódio depressivo, como: morte de alguém próximo, perda de emprego, perda de alguma função ou capacidade vital e perda de status social.
  • B houver comorbidade com outros transtornos, como: transtorno de pânico, transtorno obsessivo-compulsivo e anorexia nervosa, dentre outros.
  • C houver a ocorrência de, ao menos, três sintomas, dentre os seguintes: diminuição acentuada de interesse e prazer em quase todas as atividades, insônia/hipersonia, sentimentos de inutilidade ou culpa excessiva, ideação suicida, fadiga, agitação/retardo psicomotor diários e dificuldade de concentração.
  • D não houver ocorrido um episódio maníaco ou um episódio hipomaníaco e jamais tiverem sido satisfeitos os critérios para transtorno ciclotímico.
  • E não houver prejuízo clinicamente significativo no funcionamento social, profissional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo.
26

Algumas abordagens em psicoterapia têm como característica a proposição de serem uma teoria e uma técnica psicoterápicas não diretivas.
Nessa proposição de técnica não diretiva, a atitude básica do psicoterapeuta consiste em

  • A agir, mesclando neutralidade com autoridade.
  • B impor normas e decisões ao cliente/paciente.
  • C escutar, compreender e acolher o cliente/paciente.
  • D voltar-se para o sintoma do cliente/paciente.
  • E realizar um estudo profundo, visando a montar um plano de ação.
27

[...] a Psicologia em contextos de saúde se ancorava em uma perspectiva de diagnóstico e cura, realizando a aplicação de testes e métodos de avaliação psicológicos nos serviços públicos de orientação [...]. Com a instituição do SUS, em 1988, surge uma nova proposta de atenção em saúde mental, o trabalho em equipes multiprofissionais passa a ser uma prioridade. O psicólogo, então, ao lado de outros profissionais, passa a integrar o novo modelo de atenção. POUBEL, P. F. Psicologia da Saúde Pública, ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade, Volume 4, Número 2, 2014). Disponível em: <file:///C:/Users/paran/Downloads/1369-6628-1-PB.pdf>. Acesso em: 22 jul. 2019.
Nesse novo modelo de atenção à saúde, qual é o papel do psicólogo como profissional integrante de equipes interdisciplinares e multiprofissionais de cuidados básicos em saúde?

  • A Identificar os fatores psicológicos, comportamentais e sociais da doença, auxiliando a equipe a compreender o processo de adoecimento e desenvolvendo ações e estratégias para promover e manter a saúde, prevenindo e tratando a doença.
  • B Utilizar como fundamento da prática psicoterapêutica individual o modelo biomédico, permitindo o diagnóstico diferencial preciso dos problemas de ordem psicológica, associado ao tratamento medicamentoso prescrito pelo serviço especializado, quando for o caso.
  • C Contribuir com os conhecimentos científicos específicos da Psicologia Clínica para o entendimento da psicologização do processo saúde-doença, auxiliando na elaboração de diagnósticos diferenciais em saúde mental e orientando as práticas psicoterápicas individuais.
  • D Facilitar o trabalho do médico que integra a equipe de saúde no serviço de atendimento hospitalar de emergências, atuando no acolhimento dos pacientes e identificando dificuldades psicológicas para o diagnóstico e tratamento da doença, bem como para a reabilitação do paciente.
  • E Desenvolver as políticas públicas dos recursos humanos da saúde, com base nos preceitos da Psicologia Organizacional e do Trabalho, enfatizando os treinamentos dos profissionais de saúde para o trabalho em equipe multiprofissional, interdisciplinar e de alto desempenho.
28

Um homem apresenta a certeza de que teve seu cérebro substituído pelo cérebro de uma mulher. Ele acha que isso pode ter acontecido durante um corte de cabelos ou enquanto dormia em uma viagem de ônibus. Após esses eventos, ele passou a sentir atração sexual pelos homens que encontra e atribui tais sensações à dona original do cérebro.
A classificação dada a esse delírio, segundo os critérios atuais, é a do tipo

  • A erotomaníaco com conteúdo bizarro
  • B ciumento com conteúdo bizarro
  • C somático com conteúdo bizarro
  • D persecutório sem conteúdo bizarro
  • E grandioso sem conteúdo bizarro
29

Uma adolescente de 16 anos tem uma imagem corporal distorcida, está abaixo do peso, é boa aluna, mas é retraída. Ela tem um medo extremo de ficar acima do peso. Por estar em sofrimento, foi encaminhada a um Serviço de Psicologia.
Considerando-se os dados acima, qual seu provável diagnóstico?

  • A Transtorno obsessivo compulsivo
  • B Transtorno bipolar
  • C Anorexia nervosa
  • D Depressão
  • E Esquizofrenia
30

Uma paciente foi internada na Clínica Médica de um hospital, em quadro grave, chocada e agônica, sendo assistida por equipe interdisciplinar, que, diante da situação, tomou a decisão, em comum acordo com a família, de manter os cuidados paliativos, deixando evoluir o curso natural da doença. A paciente entrou em Parada Cardíaca Respiratória (PCR), não sendo instituídas as manobras de reanimação.
Tal atitude da equipe interdisciplinar é chamada de

  • A homicídio culposo
  • B morte assistida
  • C distanásia
  • D eutanásia
  • E ortotanásia
Voltar para lista