Resolver o Simulado Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) - CESGRANRIO - Nível Superior

0 / 30

Português

1


No Texto I, em “Isso não significa que o consumidor está refém de trocas constantes de equipamento: é possível adiar a substituição de um produto” (ℓ. 34-36), a oração depois dos dois pontos acrescenta, ao trecho anterior, uma ideia de

  • A modo
  • B concessão
  • C explicação
  • D comparação
  • E consequência
2


O acento grave indicativo de crase é necessário e está empregado de acordo com a norma-padrão em:

  • A É bom manter-nos à distância de dez passos.
  • B O sol estava à pino e precisamos nos proteger do calor.
  • C A volta à Portugal, seu país natal, fez meu pai muito feliz.
  • D Com muito esforço, os idosos acompanham às novas tecnologias.
  • E Sempre reconhecemos àqueles que são nossos verdadeiros amigos.
3


Nas seguintes passagens do Texto I, a oração que apresenta estrutura de sujeito indeterminado é:

  • A “No entanto, traz benefícios, como o acesso às novidades.” (ℓ. 11-12)
  • B “se trata de uma necessidade de sobrevivência no mercado.” (ℓ. 21-22)
  • C “se não quiser.” (ℓ. 44)
  • D “a obsolescência programada se dá de forma diferente” (ℓ. 49-50)
  • E “que pode desejar fotos de maior resolução ou tela mais brilhante.” (ℓ. 56-57)
4


No que diz respeito à norma-padrão da língua, a frase cujo verbo em destaque apresenta regência adequada é:

  • A A lembrança da infância implica na volta de bons momentos.
  • B Estojos de madeira e lápis coloridos eram os objetos que os alunos mais gostavam.
  • C As minhas mais marcantes lembranças sempre chegam aonde vou.
  • D Quando necessário, os instrutores assistem aos usuários da nova tecnologia, e essa ajuda é fundamental para muitos.
  • E Os alunos de hoje preferem mais o laptop do que lápis e canetas.
5


O fragmento do Texto I que comprova a estratégia argumentativa usada pelo autor para aproximar-se do leitor, buscando persuadi-lo, é:

  • A “Uma câmera com uma resolução melhor pode motivar a compra de um novo celular” (ℓ. 5-7)
  • B “Já imaginou se um carro de hoje fosse igual a um carro dos anos 1970?” (.15-17)
  • C “Outro sinal é detectado quando não é possível repor acessórios como carregadores compatíveis” (ℓ. 29-31)
  • D “É preciso lembrar também que a obsolescência programada se dá de forma diferente em cada tipo de equipamento.” (ℓ. 49-51)
  • E “É por conta disso que membros de uma mesma família que moram em países diferentes podem conversar diariamente” (. 68-71)
6


A frase em que a colocação do pronome oblíquo obedece aos ditames da norma-padrão é:

  • A Abri o estojo, cheirando-o por um longo tempo.
  • B Seria-lhe útil ter um notebook de última geração.
  • C Me fascinou reviver o tempo de minha primeira infância.
  • D O que lembrou-lhe o estojo escolar foi o novo notebook.
  • E Conforme abria-o, sentia seu cheiro agradável cada vez mais forte.
7


Nos seguintes trechos do Texto I, o adjetivo destacado apresenta valor discursivo de avaliação subjetiva, em relação ao substantivo a que se liga, em:

  • A “um produto tem vida útil” (. 2)
  • B “exemplos evidentes dessa prática.” (. 5)
  • C “uso de reconhecimento facial” (. 25-26)
  • D “geração do lixo eletrônico” (. 58-59)
  • E “moram em países diferentes” (. 70)
8


O trecho que tem seu sentido inviabilizado pela inversão na ordem de suas orações é

  • A Quando as velhas lembranças insistem em voltar, precisamos aceitar a realidade.
  • B À medida que envelhecemos, valorizamos mais as lembranças do passado.
  • C Para que possamos viver bem o presente, temos de valorizar o passado.
  • D Como tudo aconteceu muito rapidamente, não notei sua ausência.
  • E Embora seja sempre uma aliada, a tecnologia afasta as pessoas.
9


A frase em que a concordância nominal do elemento em destaque se dá de acordo com as regras da norma-padrão é:

  • A As lembranças e o saudosismo são dolorosas.
  • B As pessoas não deveriam ficar sós no final da vida.
  • C Caixas de notebook não têm nada de encantadora.
  • D É desnecessário a tristeza causada por boas lembranças.
  • E Temos de ficar em alertas para não sofrermos com o saudosismo.
10


No Texto I, em “Já um celular tem maior taxa de obsolescência e pode ter de ser substituído em um ano ou dois” (ℓ. 53-55), a palavra apresenta o sentido de

  • A tempo
  • B exclusão
  • C oposição
  • D intensidade
  • E conformidade

Matemática

11

Suponha que a notação (x)y represente o número x na base y, e seja S a soma das seguintes parcelas:
S = (10001101)2 + (A4)16
O valor de S na base 10 é

  • A 321
  • B 305
  • C 295
  • D 281
  • E 225
12

Um tanque contém 4.000 litros de combustível, dos quais 24% são de álcool e 76% de gasolina. Um determinado volume de gasolina foi adicionado ao tanque, de modo que o combustível resultante ficou com 20% de álcool.

Quantos litros de gasolina foram despejados no tanque, para produzir essa alteração percentual?

  • A 800
  • B 820
  • C 900
  • D 960
  • E 980
13

Em uma construção, os dados mostraram que 3 equipes conseguiram construir 5 km de dutos em 7 dias, trabalhando em um único turno de 8 horas por dia. Considere que uma equipe, com capacidade similar de produção, será acrescentada ao grupo, de modo que todos agora trabalharão durante 10 dias, em um único turno de 6h por dia.


Assim, o valor mais próximo do número de km de dutos do mesmo tipo que serão construídos a mais, em relação à primeira produção mencionada, é igual a

  • A 2,1
  • B 2,5
  • C 3,2
  • D 4,1
  • E 5,4
14

Em um armazém, há somente dois tipos de botijões, em um total de 10.000 botijões dos quais 99% são do tipo A, e os restantes, do tipo B.


Após uma manobra, os operadores retiraram uma determinada quantidade de botijões do tipo A, e nenhum do tipo B, de modo que 98% do total de botijões que ficaram no armazém são do tipo A.


A quantidade de botijões do tipo A que fica no armazém após essa operação é igual a

  • A 100
  • B 200
  • C 490
  • D 4.900
  • E 5.000
15

No que se refere à estrutura da taxa de juros, os componentes básicos que, somados, formam uma taxa bruta de juros são:

  • A taxa de risco, taxa livre de risco e inflação
  • B taxa de risco e spread
  • C taxa de risco, taxa livre de risco e taxa de juro real
  • D taxa referencial, taxa de risco e inflação
  • E taxa de juro real, taxa de risco e spread

Atualidades

16

(...) a estrutura federativa brasileira estabeleceu-se, desde a República, com uma disfunção entre um formato político-administrativo pensado e desenvolvido para acomodar a representação das diferenças territoriais e a perspectiva de manutenção de uma unidade que deveria ser preservada a qualquer custo. Essas tensões encontram-se até hoje presentes na estrutura federativa brasileira.

CASTRO, I. E. Geografia e Política: território, escalas de ação e instituições.


O Brasil apresenta uma história de forte tradição centralizadora e de alianças dos grupos estaduais e municipais com o poder central.


Considerando-se esse fato, o que é necessário ocorrer para que o federalismo brasileiro possa ser, entre os entes federativos, menos competitivo e mais cooperativo?

  • A Centralização, na esfera federal, das capacidades de implementação das políticas públicas, dadas as enormes desigualdades financeiras, técnicas e de gestão existentes.
  • B Criação de mecanismos que promovam maior capacidade de intermediação entre as relações intergovernamentais, facilitando o diálogo entre as três esferas de poder.
  • C Limitação na capacidade dos entes subnacionais de legislar sobre políticas próprias.
  • D Redução da autonomia administrativa dos estados e municípios, aumentando a capacidade de atuação da esfera federal na criação e aprovação de políticas públicas.
  • E Supressão da independência do Poder Legislativo nos três níveis de governo, mantendo a autonomia do Poder Judiciário.
17

Para desenvolver tecnologias que melhorem a qualidade de água disponível no mundo, é necessário olhar para as práticas das comunidades indígenas e tradicionais. É o que aponta um relatório divulgado hoje pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco). As Soluções baseadas na Natureza (SbN) são as mais eficazes e mais baratas, defende o texto. São técnicas que usam ou imitam processos que acontecem na natureza.

BORGES, H. Soluções naturais para preservar a água. O Globo, Sociedade, 19 mar. 2018, p. 20.


Na gestão hídrica, é um exemplo de SbN barata a adoção de

  • A lagos artificiais
  • B usinas térmicas
  • C pesticidas agrícolas
  • D reservas de água em mangues
  • E dessalinização da água marinha
18

Ao quebrar o consenso internacional em torno do estatuto de Jerusalém, cidade sagrada para judeus, cristãos e muçulmanos, o presidente Donald Trump conduziu seu país ao isolamento. Uma ampla maioria da Assembleia Geral da ONU criticou a decisão que coloca um obstáculo à paz. A decisão de Trump contraria uma resolução da ONU, de 1980, que declarou nulas e sem efeito todas as medidas adotadas por Israel que “modificam o caráter geográfico e histórico da Cidade Santa”.

ENDERLIN, C. Jerusalém, o erro fundamental. Le Monde Diplomatique Brasil, Ano 11, n. 126, jan. 2018, p. 10. Adaptado.


O texto acima refere-se à decisão do presidente Donald Trump, em dezembro de 2017, de

  • A determinar Jerusalém Oriental como palestina.
  • B transferir a embaixada dos EUA para Tel Aviv.
  • C consultar oficialmente a Autoridade Palestina.
  • D reconhecer Jerusalém como capital de Israel.
  • E reativar a presença israelense na Faixa de Gaza.
19

Em muitas metrópoles, como Rio de Janeiro e São Paulo, enchentes são um problema constante, principalmente no verão, quando a pluviosidade, geralmente, se intensifica. Para evitar o problema, os gestores devem conhecer e controlar o sistema sedimentológico dos rios e canais e criar políticas públicas que possam recuperá-los.


Nesse sentido, a recuperação de um canal fluvial consiste em

  • A aumentar a velocidade de escoamento para controlar a erosão e o assoreamento.
  • B criar barragens no rio, colaborando com a retenção da água.
  • C retornar, dentro do possível, às condições anteriores ao distúrbio, através de obras, levando em conta a rugosidade do canal.
  • D revestir o fundo do canal para facilitar as relações com o lençol d’água.
  • E suprimir curvas e meandros, impedindo que o canal retorne à sinuosidade original.
20

O domínio das caatingas brasileiras, um dos três espaços semiáridos da América do Sul, apresenta precipitações que se concentram de seis a sete meses no domínio geral dos sertões. O prolongado período seco anual se deve, entre outras causas, às células de alta pressão atmosférica que penetram nos espaços dos sertões durante o inverno austral.


Para combater a seca e levar água a mais de 12 milhões de pessoas, em estados como Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, foi criado um empreendimento de transposição de águas de um rio perene que atravessa o sertão nordestino.


O rio em questão é o

  • A Paraná
  • B Parnaíba
  • C Araguaia
  • D Tocantins
  • E São Francisco

Psicologia

21

Uma criança vê um cavalo e diz: “Olha, um au-au (cachorro)!” O cavalo relincha e cavalga ruidosamente para longe. O pai diz à criança: “Desse tamanho todo, relinchando, parece um cachorro?” A conversa continua e, ao chegar a sua casa, a criança diz à mãe “Vimos um pocotó (cavalo)!”
Qual(is) conceito(s) da epistemologia genética de Jean Piaget é(são) exemplificado(s) no trecho acima?

  • A Imaginário
  • B Pensamento formal
  • C Anomia, heteronomia e autonomia
  • D Inteligência abstrata e fala imitativa
  • E Assimilação, acomodação e equilibração
22

Em uma determinada empresa, um psicólogo realizou uma pesquisa para reconhecer competências e habilidades dos funcionários. Um dos funcionários avaliados apresentou melhor desempenho na capacidade de resolver problemas usando a visualização, boa memória, habilidade para discriminar cores e formas, boa coordenação motora e capacidade de orientação.
Considerando-se a proposta de inteligências múltiplas de Gardner, que tipo de inteligência está caracterizada nos resultados desse funcionário?

  • A Lógico-matemática
  • B Corporal-cinestésica
  • C Linguística
  • D Espacial
  • E Intrapessoal
23

A dislexia e a discalculia são consideradas, nos padrões diagnósticos atuais, transtornos do neurodesenvolvimento específicos da aprendizagem, com origem biológica composta de fatores genéticos, epigenéticos e ambientais. As dificuldades persistentes para aprender as habilidades acadêmicas fundamentais estão entre suas características essenciais. Essa característica pode gerar confusões diagnósticas por ser comum aos transtornos do espectro autista.
Ao contrário do indivíduo com transtorno do espectro autista, o disléxico

  • A apresenta achados anormais nos exames neurológicos, indicando lesão do sistema nervoso central.
  • B apresenta níveis de funcionamento intelectual anormalmente baixos, sendo o escore do QI abaixo de 60 ±5.
  • C apresenta seus sintomas e sinais tardiamente, comumente no início da vida adulta, e com desenvolvimento abrupto.
  • D não apresenta dificuldade de compreensão de texto nem de significado das palavras, mas tem problemas na decodificação da escrita.
  • E não apresenta déficits na comunicação social nem na interação social, assim como também não apresenta padrões repetitivos e restritos de comportamento, interesses e atividades.
24

O IHI (Institute of Healthcare Improvement) é uma organização não lucrativa, baseada em Boston, USA, que tem como proposta pensar sobre as melhorias possíveis na experiência dos pacientes nos hospitais. Tais melhorias devem ser pensadas a partir de três dimensões, a saber: (i) proporcionar a melhoria da experiência do paciente internado, com qualidade, segurança e bons resultados; (ii) garantir bons frutos para o paciente e para a comunidade; e (iii) garantir que tudo isso possa acontecer de forma sustentável. Para alcançar esses objetivos, cada membro da equipe deve atuar de forma interdisciplinar e cooperativa. A Psicologia Hospitalar deve estar presente nesse cenário, contribuindo na clínica assistencial, na gestão e na pesquisa científica.
Sendo assim, o Psicólogo Hospitalar deve

  • A atuar junto à gestão hospitalar, garantindo procedimentos com respeito aos princípios bioéticos, protegendo, assim, o hospital contra possíveis processos jurídicos.
  • B promover cursos e grupos de estudos para a melhoria das condições de humanização da equipe médica, estabelecendo regras e orientações baseadas em pesquisas psicológicas.
  • C trabalhar de forma conjunta com a equipe, fazendo prevalecer os direitos legais do paciente e sua família; colher dados para estudos de casos e reflexões interdisciplinares; e promover sessões socioeducativas para a melhoria do ambiente hospitalar.
  • D apoiar as equipes assistenciais junto ao paciente e à sua família nas situações de crises e conflitos; estabelecer protocolos de procedimentos mais eficazes e sustentáveis; e contribuir para a melhoria da informação ao paciente e à sua família.
  • E acolher o paciente em sua vulnerabilidade, mediando conflitos de interesses entre a equipe e o paciente e sua família, e ser responsável único pela informação ao paciente e à sua família sobre diagnósticos e procedimentos.
25

“O que chamei de estádio do espelho tem o interesse de manifestar o dinamismo afetivo pelo qual o sujeito se identifica primordialmente com a Gestalt visual de seu próprio corpo”. Lacan, J. Agressividade em psicanálise. In: Escritos. Rio de Janeiro: Zahar, 1995.
A teoria lacaniana do estádio do espelho serve, dentre outras coisas, para pensar os episódios em que a criança se torna agressiva.
A agressividade entre crianças é explicada, de acordo com essa referência, pela

  • A emergência da diferença na imagem do outro, já que a imagem do semelhante coloca em causa sua própria identidade.
  • B falta da referência paterna que regula as relações, sustentada pela presença de um adulto.
  • C estagnação do desenvolvimento nessa fase, fixando a criança em uma analidade que precisa controlar o semelhante.
  • D dependência do olhar do adulto para a sustentação da autoimagem, sendo a agressividade uma convocação desse olhar.
  • E presença de um núcleo psicótico nessa fase do desenvolvimento, promovendo com o outro relações paranoicas.
26

As terapias cognitivo-comportamentais partem da premissa de que as mudanças de comportamento desejadas ocorrem por meio das mudanças cognitivas. Há diversos modelos nessa premissa, com algumas variações.
Um ponto em comum entre esses modelos é o fato de essas terapias

  • A ensinarem o modelo terapêutico ao cliente/paciente, caracterizando uma intervenção educativa, o que a difere de outras abordagens.
  • B terem ênfase no controle do terapeuta sobre o cliente/ paciente em detrimento do desenvolvimento do autocontrole.
  • C serem de duração mais longa, visto que é difícil interferir no pensamento para modificá-lo.
  • D fundamentarem-se sempre nos testes psicológicos como recurso de avaliação e intervenção.
  • E proporem ênfase em um tipo de filosofia racional, em busca da minimização da perturbação emocional.
27

Um paciente, acolhido em um CAPS pelo psiquiatra, atende ao seguinte critério clínico: Exibição de um padrão persistente de experiência interna e comportamento que se desvia acentuadamente das expectativas da cultura do indivíduo, manifestando-se em duas (ou mais) das áreas: cognição; afetividade; funcionamento interpessoal; controle dos impulsos.
O critério clínico acima descrito é decisivo para o diagnóstico de transtorno

  • A de sintomas somáticos
  • B de personalidade
  • C de ansiedade
  • D depressivo
  • E fóbico
28

Um psicólogo é designado para assessorar o processo de negociação sobre salários e benefícios de uma universidade. Os funcionários estão na mesa de negociação, determinados a obter tanto quanto puderem da gerência. Como cada centavo a mais negociado no trabalho aumenta os custos de gestão, cada parte negocia de forma agressiva e, muitas vezes, trata o outro como um adversário que deve ser derrotado.
Nesse caso, portanto, há um processo de negociação

  • A integrativa
  • B distributiva
  • C funcional
  • D estagnada
  • E conciliadora
29

Diante de queixas de problemas auditivos e lombalgias, uma empresa adquire e oferece protetores de ouvido e promove treinamento postural. Em outra ocasião, diante do aumento no número de acidentes do trabalho, essa mesma empresa contrata uma equipe que ministra para os funcionários uma formação específica em segurança do trabalho.
Do ponto de vista da ergonomia da atividade, a empresa

  • A oferece o que, na contemporaneidade, é mais valioso: a capacitação do trabalhador para o trabalho que deve executar, habilitando-o para a tarefa e garantindo a sua permanência na empresa.
  • B não está levando em conta a especificidade do trabalho prescrito, já que a intervenção foca exclusivamente o trabalhador, ou seja, leva em conta apenas a subjetividade do trabalhador.
  • C trata o trabalhador como problema e visa à manutenção do trabalho, sem levar em conta a concepção do local de trabalho e das questões que ocupam o trabalhador em situação real.
  • D deve oferecer o treinamento para os trabalhadores, conduzido por membros da própria equipe, além de estimular treinamento, também, para uso dos equipamentos de proteção individuais.
  • E deve, antes de tudo, avaliar as características pessoais dos trabalhadores que não tiverem se envolvido em acidentes nem tiverem desenvolvido problemas físicos para, só então, promover tais ações.
30

A violência contra a criança e o adolescente é um quadro social que atinge muitos brasileiros e apresenta-se em diversas formas. Os dados de estudos sobre o tema revelam que são crescentes os eventos violentos ocorridos no ambiente familiar, comunitário ou institucional contra crianças e adolescentes hoje no Brasil.
Quais os comportamentos parentais tóxicos na detecção da violência psicológica?

  • A Rejeitar, isolar, aterrorizar, ignorar, corromper.
  • B Aterrorizar, gritar, maltratar, omitir, beliscar.
  • C Espancar, abusar, violar, ignorar, rejeitar.
  • D Corromper, bater, abandonar, rejeitar, maltratar.
  • E Explorar, espancar, isolar, violar, omitir.
Voltar para lista