Resolver o Simulado Professor

0 / 80

Português

1
TEXTO I
Os outros que ajudam (ou não)

Muitos anos atrás, conheci um alcoólatra, que, aos quarenta anos, quis parar de beber. O que o levou a decidir foi um acidente no qual ele, bêbado, quase provocara a morte da companheira que ele amava, por quem se sentia amado e que esperava um filho dele.
O homem frequentou os Alcoólicos Anônimos. Deu certo, mas, depois de um tempo, houve uma recaída brutal. Desanimado, mas não menos decidido, com o consenso de seu grupo do AA o homem se internou numa clínica especializada, onde ficou quase um ano – renunciando a conviver com o filho bebê. Voltou para casa (e para as reuniões do AA), convencido de que nunca deixaria de ser um alcoólatra – apenas poderia se tornar, um dia, um "alcoólatra abstêmio".
Mesmo assim, um dia, depois de dois anos, ele se declarou relativamente fora de perigo. Naquele dia, o homem colocou o filhinho na cama e sentou-se na mesa para festejar e jantar. E eis que a mulher dele chegou da cozinha erguendo, triunfalmente, uma garrafa de premier cru de Château Lafite: agora que estava bem, certamente ele poderia apreciar um grande vinho, para brindar, não é? O homem saiu na noite batendo a porta. A mulher que ele amava era uma idiota? Ou era (e sempre foi) não sua companheira de vida, mas de sua autodestruição? Seja como for, a mulher dessa história não é um caso isolado. Quem foi fumante e conseguiu parar quase certamente já encontrou um amigo que um dia lhe propôs um cigarro "sem drama": agora que parou, você vai poder fumar de vez em quando – só um não pode fazer mal.
Também há os que patrocinam qualquer exceção ao regime que você tenta manter estoicamente: se for só hoje, massa não vai fazer diferença, nem uma carne vermelha. Seja qual for a razão de seu regime e a autoridade de quem o prescreveu, para parentes e próximos, parece que há um prazer em você transgredir.
Há hábitos que encurtam a vida, comprometem as chances de se relacionar amorosa e sexualmente e, mais geralmente, levam o indivíduo a lidar com um desprezo que ele já não sabe se vem dos outros ou dele mesmo. Se você precisar se desfazer de um desses hábitos, procure encorajamento em qualquer programa que o leve a encontrar outros que vivem o mesmo drama e querem os mesmos resultados. É desses outros que você pode esperar respeito pelo seu esforço – e até elogios (quando merecidos).
Hoje, encontrar esses outros é fácil. Há comunidades on-line de pessoas que querem se livrar do sedentarismo, da obesidade, do fumo, do alcoolismo, da toxicomania etc. Os membros registram e transmitem, todos os dias, os seus fracassos e os seus sucessos. No caso do peso, por exemplo, há uma comunidade cujos integrantes instalam em casa uma balança conectada à internet: o indivíduo se pesa, e os demais sabem imediatamente se ele progrediu ou não.
Parêntese. A balança on-line não funciona pela vergonha que provoca em quem engorda, mas pelos elogios conquistados por quem emagrece. Podemos modificar nossos hábitos por sentirmos que nossos esforços estão sendo reconhecidos e encorajados, mas as punições não têm a mesma eficácia. Ou seja, Skinner e o comportamentalismo têm razão: uma chave da mudança de comportamento, quando ela se revela possível, está no reforço que vem dos outros ("Valeu! Força!"). Já as ideias de Pavlov são menos úteis: os reflexos condicionados existem, mas, em geral, se você estapeia alguém a cada vez que ele come, fuma ou bebe demais, ele não vai parar de comer, fumar ou beber – apenas vai passar a comer, fumar e beber com medo.
Volto ao que me importa: por que, na hora de tentar mudar um hábito, é aconselhável procurar um grupo de companheiros de infortúnio desconhecidos? Por que os nossos próximos, na hora em que um reforço positivo seria bem-vindo, preferem nos encorajar a trair nossas próprias intenções?
Há duas hipóteses. Uma é que eles tenham (ou tivessem) propósitos parecidos com os nossos, mas fracassados; produzindo o nosso malogro, eles encontrariam uma reconfortante explicação pelo seu. Outra, aparentemente mais nobre, diz que é porque eles nos amam e, portanto, querem ser a nossa exceção, ou seja, querem ser aqueles que nós amamos mais do que a nossa própria decisão de mudar. Como disse Voltaire, "que Deus me proteja dos meus amigos. Dos inimigos, cuido eu".

CONTARDO, Calligaris. Todos os reis estão nus. Org. Rafael Cariello. São Paulo: Três Estrelas, 2014.

O uso dos dois-pontos no trecho “No caso do peso, por exemplo, há uma comunidade cujos integrantes instalam em casa uma balança conectada à internet: o indivíduo se pesa, e os demais sabem imediatamente se ele progrediu ou não”, explica-se, pois

  • A anuncia uma citação.
  • B trata-se de uma enumeração explicativa.
  • C indica a consequência do que foi enunciado.
  • D exprime uma interrupção da fala do narrador.
2
TEXTO I
Os outros que ajudam (ou não)

Muitos anos atrás, conheci um alcoólatra, que, aos quarenta anos, quis parar de beber. O que o levou a decidir foi um acidente no qual ele, bêbado, quase provocara a morte da companheira que ele amava, por quem se sentia amado e que esperava um filho dele.
O homem frequentou os Alcoólicos Anônimos. Deu certo, mas, depois de um tempo, houve uma recaída brutal. Desanimado, mas não menos decidido, com o consenso de seu grupo do AA o homem se internou numa clínica especializada, onde ficou quase um ano – renunciando a conviver com o filho bebê. Voltou para casa (e para as reuniões do AA), convencido de que nunca deixaria de ser um alcoólatra – apenas poderia se tornar, um dia, um "alcoólatra abstêmio".
Mesmo assim, um dia, depois de dois anos, ele se declarou relativamente fora de perigo. Naquele dia, o homem colocou o filhinho na cama e sentou-se na mesa para festejar e jantar. E eis que a mulher dele chegou da cozinha erguendo, triunfalmente, uma garrafa de premier cru de Château Lafite: agora que estava bem, certamente ele poderia apreciar um grande vinho, para brindar, não é? O homem saiu na noite batendo a porta. A mulher que ele amava era uma idiota? Ou era (e sempre foi) não sua companheira de vida, mas de sua autodestruição? Seja como for, a mulher dessa história não é um caso isolado. Quem foi fumante e conseguiu parar quase certamente já encontrou um amigo que um dia lhe propôs um cigarro "sem drama": agora que parou, você vai poder fumar de vez em quando – só um não pode fazer mal.
Também há os que patrocinam qualquer exceção ao regime que você tenta manter estoicamente: se for só hoje, massa não vai fazer diferença, nem uma carne vermelha. Seja qual for a razão de seu regime e a autoridade de quem o prescreveu, para parentes e próximos, parece que há um prazer em você transgredir.
Há hábitos que encurtam a vida, comprometem as chances de se relacionar amorosa e sexualmente e, mais geralmente, levam o indivíduo a lidar com um desprezo que ele já não sabe se vem dos outros ou dele mesmo. Se você precisar se desfazer de um desses hábitos, procure encorajamento em qualquer programa que o leve a encontrar outros que vivem o mesmo drama e querem os mesmos resultados. É desses outros que você pode esperar respeito pelo seu esforço – e até elogios (quando merecidos).
Hoje, encontrar esses outros é fácil. Há comunidades on-line de pessoas que querem se livrar do sedentarismo, da obesidade, do fumo, do alcoolismo, da toxicomania etc. Os membros registram e transmitem, todos os dias, os seus fracassos e os seus sucessos. No caso do peso, por exemplo, há uma comunidade cujos integrantes instalam em casa uma balança conectada à internet: o indivíduo se pesa, e os demais sabem imediatamente se ele progrediu ou não.
Parêntese. A balança on-line não funciona pela vergonha que provoca em quem engorda, mas pelos elogios conquistados por quem emagrece. Podemos modificar nossos hábitos por sentirmos que nossos esforços estão sendo reconhecidos e encorajados, mas as punições não têm a mesma eficácia. Ou seja, Skinner e o comportamentalismo têm razão: uma chave da mudança de comportamento, quando ela se revela possível, está no reforço que vem dos outros ("Valeu! Força!"). Já as ideias de Pavlov são menos úteis: os reflexos condicionados existem, mas, em geral, se você estapeia alguém a cada vez que ele come, fuma ou bebe demais, ele não vai parar de comer, fumar ou beber – apenas vai passar a comer, fumar e beber com medo.
Volto ao que me importa: por que, na hora de tentar mudar um hábito, é aconselhável procurar um grupo de companheiros de infortúnio desconhecidos? Por que os nossos próximos, na hora em que um reforço positivo seria bem-vindo, preferem nos encorajar a trair nossas próprias intenções?
Há duas hipóteses. Uma é que eles tenham (ou tivessem) propósitos parecidos com os nossos, mas fracassados; produzindo o nosso malogro, eles encontrariam uma reconfortante explicação pelo seu. Outra, aparentemente mais nobre, diz que é porque eles nos amam e, portanto, querem ser a nossa exceção, ou seja, querem ser aqueles que nós amamos mais do que a nossa própria decisão de mudar. Como disse Voltaire, "que Deus me proteja dos meus amigos. Dos inimigos, cuido eu".

CONTARDO, Calligaris. Todos os reis estão nus. Org. Rafael Cariello. São Paulo: Três Estrelas, 2014.

No trecho “...levam o indivíduo a lidar com um desprezo que ele não sabe se vem dos outros ou dele mesmo.”, o termo em destaque exprime uma ideia de

  • A tempo.
  • B lugar.
  • C modo.
  • D intensidade.
3
TEXTO I
Os outros que ajudam (ou não)

Muitos anos atrás, conheci um alcoólatra, que, aos quarenta anos, quis parar de beber. O que o levou a decidir foi um acidente no qual ele, bêbado, quase provocara a morte da companheira que ele amava, por quem se sentia amado e que esperava um filho dele.
O homem frequentou os Alcoólicos Anônimos. Deu certo, mas, depois de um tempo, houve uma recaída brutal. Desanimado, mas não menos decidido, com o consenso de seu grupo do AA o homem se internou numa clínica especializada, onde ficou quase um ano – renunciando a conviver com o filho bebê. Voltou para casa (e para as reuniões do AA), convencido de que nunca deixaria de ser um alcoólatra – apenas poderia se tornar, um dia, um "alcoólatra abstêmio".
Mesmo assim, um dia, depois de dois anos, ele se declarou relativamente fora de perigo. Naquele dia, o homem colocou o filhinho na cama e sentou-se na mesa para festejar e jantar. E eis que a mulher dele chegou da cozinha erguendo, triunfalmente, uma garrafa de premier cru de Château Lafite: agora que estava bem, certamente ele poderia apreciar um grande vinho, para brindar, não é? O homem saiu na noite batendo a porta. A mulher que ele amava era uma idiota? Ou era (e sempre foi) não sua companheira de vida, mas de sua autodestruição? Seja como for, a mulher dessa história não é um caso isolado. Quem foi fumante e conseguiu parar quase certamente já encontrou um amigo que um dia lhe propôs um cigarro "sem drama": agora que parou, você vai poder fumar de vez em quando – só um não pode fazer mal.
Também há os que patrocinam qualquer exceção ao regime que você tenta manter estoicamente: se for só hoje, massa não vai fazer diferença, nem uma carne vermelha. Seja qual for a razão de seu regime e a autoridade de quem o prescreveu, para parentes e próximos, parece que há um prazer em você transgredir.
Há hábitos que encurtam a vida, comprometem as chances de se relacionar amorosa e sexualmente e, mais geralmente, levam o indivíduo a lidar com um desprezo que ele já não sabe se vem dos outros ou dele mesmo. Se você precisar se desfazer de um desses hábitos, procure encorajamento em qualquer programa que o leve a encontrar outros que vivem o mesmo drama e querem os mesmos resultados. É desses outros que você pode esperar respeito pelo seu esforço – e até elogios (quando merecidos).
Hoje, encontrar esses outros é fácil. Há comunidades on-line de pessoas que querem se livrar do sedentarismo, da obesidade, do fumo, do alcoolismo, da toxicomania etc. Os membros registram e transmitem, todos os dias, os seus fracassos e os seus sucessos. No caso do peso, por exemplo, há uma comunidade cujos integrantes instalam em casa uma balança conectada à internet: o indivíduo se pesa, e os demais sabem imediatamente se ele progrediu ou não.
Parêntese. A balança on-line não funciona pela vergonha que provoca em quem engorda, mas pelos elogios conquistados por quem emagrece. Podemos modificar nossos hábitos por sentirmos que nossos esforços estão sendo reconhecidos e encorajados, mas as punições não têm a mesma eficácia. Ou seja, Skinner e o comportamentalismo têm razão: uma chave da mudança de comportamento, quando ela se revela possível, está no reforço que vem dos outros ("Valeu! Força!"). Já as ideias de Pavlov são menos úteis: os reflexos condicionados existem, mas, em geral, se você estapeia alguém a cada vez que ele come, fuma ou bebe demais, ele não vai parar de comer, fumar ou beber – apenas vai passar a comer, fumar e beber com medo.
Volto ao que me importa: por que, na hora de tentar mudar um hábito, é aconselhável procurar um grupo de companheiros de infortúnio desconhecidos? Por que os nossos próximos, na hora em que um reforço positivo seria bem-vindo, preferem nos encorajar a trair nossas próprias intenções?
Há duas hipóteses. Uma é que eles tenham (ou tivessem) propósitos parecidos com os nossos, mas fracassados; produzindo o nosso malogro, eles encontrariam uma reconfortante explicação pelo seu. Outra, aparentemente mais nobre, diz que é porque eles nos amam e, portanto, querem ser a nossa exceção, ou seja, querem ser aqueles que nós amamos mais do que a nossa própria decisão de mudar. Como disse Voltaire, "que Deus me proteja dos meus amigos. Dos inimigos, cuido eu".

CONTARDO, Calligaris. Todos os reis estão nus. Org. Rafael Cariello. São Paulo: Três Estrelas, 2014.

Em “Também os que patrocinam qualquer exceção ao regime que você tenta manter estoicamente...”, o verbo em destaque foi empregado corretamente, obedecendo às regras de concordância verbal. Assinale a alternativa em que a obediência a essas regras não foi observada

  • A Havia muitas pessoas que gostariam de provar novos sabores.
  • B Revisei o artigo que me foi entregue havia duas semanas.
  • C Devem haver muitos amigos que colaboram com o nosso fracasso.
  • D Hipóteses haverão de existir sobre as causas desses insucessos.
4
TEXTO I
Os outros que ajudam (ou não)

Muitos anos atrás, conheci um alcoólatra, que, aos quarenta anos, quis parar de beber. O que o levou a decidir foi um acidente no qual ele, bêbado, quase provocara a morte da companheira que ele amava, por quem se sentia amado e que esperava um filho dele.
O homem frequentou os Alcoólicos Anônimos. Deu certo, mas, depois de um tempo, houve uma recaída brutal. Desanimado, mas não menos decidido, com o consenso de seu grupo do AA o homem se internou numa clínica especializada, onde ficou quase um ano – renunciando a conviver com o filho bebê. Voltou para casa (e para as reuniões do AA), convencido de que nunca deixaria de ser um alcoólatra – apenas poderia se tornar, um dia, um "alcoólatra abstêmio".
Mesmo assim, um dia, depois de dois anos, ele se declarou relativamente fora de perigo. Naquele dia, o homem colocou o filhinho na cama e sentou-se na mesa para festejar e jantar. E eis que a mulher dele chegou da cozinha erguendo, triunfalmente, uma garrafa de premier cru de Château Lafite: agora que estava bem, certamente ele poderia apreciar um grande vinho, para brindar, não é? O homem saiu na noite batendo a porta. A mulher que ele amava era uma idiota? Ou era (e sempre foi) não sua companheira de vida, mas de sua autodestruição? Seja como for, a mulher dessa história não é um caso isolado. Quem foi fumante e conseguiu parar quase certamente já encontrou um amigo que um dia lhe propôs um cigarro "sem drama": agora que parou, você vai poder fumar de vez em quando – só um não pode fazer mal.
Também há os que patrocinam qualquer exceção ao regime que você tenta manter estoicamente: se for só hoje, massa não vai fazer diferença, nem uma carne vermelha. Seja qual for a razão de seu regime e a autoridade de quem o prescreveu, para parentes e próximos, parece que há um prazer em você transgredir.
Há hábitos que encurtam a vida, comprometem as chances de se relacionar amorosa e sexualmente e, mais geralmente, levam o indivíduo a lidar com um desprezo que ele já não sabe se vem dos outros ou dele mesmo. Se você precisar se desfazer de um desses hábitos, procure encorajamento em qualquer programa que o leve a encontrar outros que vivem o mesmo drama e querem os mesmos resultados. É desses outros que você pode esperar respeito pelo seu esforço – e até elogios (quando merecidos).
Hoje, encontrar esses outros é fácil. Há comunidades on-line de pessoas que querem se livrar do sedentarismo, da obesidade, do fumo, do alcoolismo, da toxicomania etc. Os membros registram e transmitem, todos os dias, os seus fracassos e os seus sucessos. No caso do peso, por exemplo, há uma comunidade cujos integrantes instalam em casa uma balança conectada à internet: o indivíduo se pesa, e os demais sabem imediatamente se ele progrediu ou não.
Parêntese. A balança on-line não funciona pela vergonha que provoca em quem engorda, mas pelos elogios conquistados por quem emagrece. Podemos modificar nossos hábitos por sentirmos que nossos esforços estão sendo reconhecidos e encorajados, mas as punições não têm a mesma eficácia. Ou seja, Skinner e o comportamentalismo têm razão: uma chave da mudança de comportamento, quando ela se revela possível, está no reforço que vem dos outros ("Valeu! Força!"). Já as ideias de Pavlov são menos úteis: os reflexos condicionados existem, mas, em geral, se você estapeia alguém a cada vez que ele come, fuma ou bebe demais, ele não vai parar de comer, fumar ou beber – apenas vai passar a comer, fumar e beber com medo.
Volto ao que me importa: por que, na hora de tentar mudar um hábito, é aconselhável procurar um grupo de companheiros de infortúnio desconhecidos? Por que os nossos próximos, na hora em que um reforço positivo seria bem-vindo, preferem nos encorajar a trair nossas próprias intenções?
Há duas hipóteses. Uma é que eles tenham (ou tivessem) propósitos parecidos com os nossos, mas fracassados; produzindo o nosso malogro, eles encontrariam uma reconfortante explicação pelo seu. Outra, aparentemente mais nobre, diz que é porque eles nos amam e, portanto, querem ser a nossa exceção, ou seja, querem ser aqueles que nós amamos mais do que a nossa própria decisão de mudar. Como disse Voltaire, "que Deus me proteja dos meus amigos. Dos inimigos, cuido eu".

CONTARDO, Calligaris. Todos os reis estão nus. Org. Rafael Cariello. São Paulo: Três Estrelas, 2014.

É possível observar a obediência às regras de regência verbal no trecho “...levam o indivíduo a lidar com um desprezo que ele já não sabe se vem dos outros ou dele mesmo”, em que o verbo levar foi empregado como transitivo direto e indireto. Assinale a alternativa em que o verbo destacado não atende às regras de Regência Verbal, de acordo com a Norma Padrão da Língua Portuguesa.

  • A Os amigos não lhe perdoam por não conseguir perder peso.
  • B As reportagens sobre regimes e dietas não o interessavam mais.
  • C O gerente chamou os funcionários para uma reunião de urgência.
  • D jovem respondeu a pergunta que lhe foi feita objetivamente.
5
TEXTO II

Fazer ferro passou a ser isso: contrariar a afinidade dos dois elementos, divorciá-los, romper um equilíbrio de milhões de anos. O oxigênio, porém, nunca se conforma com isso e vinga-se. Reage sem cessar e com paciência de beneditino desfaz lentamente a obra do homem. Oxida-a. Enferruja-lhe o ferro. Faz o ferro voltar ao estado primitivo de óxido, ou ferrugem.
Para dissociar os dois elementos é necessário aquecer o minério a altíssima temperatura, na presença de outro gás tão atrativo que, apesar do seu amor pelo ferro, o oxigênio abandona o seu velho amigo para ligar-se ao novo. Como sob a ação do álcool o homem mais sisudo faz coisas que jamais faria em estado sóbrio, assim sob a ação inebriante do calor o pobre oxigênio perde a cabeça e troca sua ligação de milhões de anos com o ferro por um “rabicho” de momento. Cessada, entretanto, a ação do calor, o oxigênio volta ao seu juízo e furiosamente passa a oxidar o ferro outra vez.
Esse gás-sereia com que o homem rompe o velhíssimo matrimônio é o óxido de carbono, o qual, recebendo em seu seio o oxigênio do minério, se transforma em gás carbônico.”

LOBATO, Monteiro. Ferro e o voto secreto. São Paulo: Globo, 2010. (fragmento)

Os termos sublinhados no trecho “Reage sem cessar e com paciência de beneditino...” podem ser classificados como

  • A adjetivos.
  • B locuções adjetivas.
  • C locuções adverbiais.
  • D substantivos.
6

Assinale a alternativa em que o uso do acento grave, indicador de crase, é facultativo.

  • A "E pareciam a sua imaginação em três figuras vivas: uma mulher muito formosa; uma figura negra de olho de brasa e pé de cabra; e o mundo, coisa vaga e maravilhosa (...)." (Eça de Queirós)
  • B "Por mais que eu mesmo conhecesse o dano/ a que dava ocasião minha brandura,/ nunca pude fugir ao ledo engano." (Cláudio M. da Costa)
  • C "Talvez, prezado amigo, que imagine/ que neste momento se conserve/ eterna a sua glória." (Tomá A. Gonzaga)
  • D "Deixei os dois na varanda e fiquei no pátio, a respeitosa distância." (Mia Couto)
7

Marque a alternativa em que o adjetivo está no grau comparativo de superioridade.

  • A No banquete, as frutas pareciam tão saborosas quanto as hortaliças.
  • B A lembrança de Aureliano foi mais imposta do que desejada.
  • C Ambas eram amicíssimas do proprietário do casarão.
  • D A viúva ficou excessivamente triste com o episódio.
8

Considere o seguinte trecho:


A popularização do modelo de educação _____ distância (EAD) tornou-a praticamente um sinônimo de acesso _____ tecnologia, refletindo os tempos atuais de amplo acesso _____ internet. No entanto, esse modelo já é secular. Data de meados de 1904 o primeiro curso profissionalizante por correspondência no Brasil. Após essa fase, tornaram-se comuns os cursos por rádio e televisão. O advento da internet – considerada a principal ferramenta do EAD – e a popularização dos microcomputadores pessoais impulsionaram _____ modalidade.

(Disponível em: http://www.amanha.com.br/posts/view/7188/un inter-democratizando-o-conhecimento)


Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas acima, na ordem em que aparecem no texto.

  • A à – à – à – à
  • B à – à – à – a
  • C à – a – à – à
  • D a – à – à – a
9

Em relação às regras de concordância verbal, assinale a alternativa CORRETA:

  • A Precisam-se de encanadores.
  • B Plastifica-se documentos.
  • C Necessita-se de porteiros.
  • D Aluga-se apartamentos na praia.
10

Marque a alternativa em que a acentuação está correta:

  • A Armázem
  • B Cáfe
  • C Carcêre
  • D Fórceps

Pedagogia

11
A escolarização promove o avanço para além das características inatas, por meio da apropriação da cultura material e intelectual presente na atividade humana. O homem não nasce ou se faz naturalmente homem, como explica Saviani (2005), para saber pensar e sentir, para saber querer, agir ou avaliar é preciso aprender, o que implica o trabalho educativo. Nesse sentido não é correto afirmar que:
  • A O trabalho educativo é árduo, mas o homem como apresenta características natas, aprende com mais facilidade e sem mediação do outro.
  • B A educação humaniza o homem.
  • C O saber que importa à educação é aquele que resulta do processo de aprendizagem.
  • D O homem não aprende nada naturalmente.
12

Paulo Freire nos fala sobre a responsabilidade ética de professores e professoras no exercício da docência e acrescenta que, além da formação científica, são necessários outros pressupostos para a prática educativa, tais como: a correção ética, o respeito aos outros, a coerência, a capacidade de viver e de aprender com o diferente, dentre outros.

Diz que, tão importante quanto o ensino dos conteúdos, é a postura ética do professor que deve ser coerente com o que pensa, faz, diz e escreve.

O autor nos ensina, ainda, que o educador ético deve assumir suas posições com clareza, sem negar ou esconder sua postura diante dos alunos, sabendo e assumindo que ela pode ser até rejeitada.

O educador deve, também, reconhecer que sua prática:

  • A deverá ser apolítica, de modo a não inspirar tendências ideológicas.
  • B nunca pode ser neutra, simplesmente porque a neutralidade não existe.
  • C será sempre de transformador de padrões estabelecidos.
  • D é balizada por instrumentos institucionais de organização pública.
  • E não depende de influências externas porque tem autonomia irrestrita.
13

Relacione as colunas e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.


1. Avaliação Diagnóstica.

2. Avaliação Somativa.

3. Avaliação Formativa.


( ) Os avaliadores tem recursos para produzir tarefas de alunos aleatoriamente, planejamento de trabalhos de grupos, permitindo inferências mais defensáveis.


( ) Basicamente identifica as principais insuficiências nos anos iniciais à realização de outras aprendizagens. Orienta a organização de ensino e aprendizagem em etapas posteriores a aprendizagem corretiva ou terapêutica.


( ) Usada antes do ensino, deve atender aos propósitos de verificar os alunos que não possuem habilidades, pré-requisitos ao assunto, a fim de que o ensino de recuperação coloque-os em situação de trabalhar visando o desejado.

  • A 2 – 3 – 1.
  • B 1 – 2 – 3.
  • C 3 – 2 – 1.
  • D 2 – 1 – 3.
14

O Estatuto da Criança e do Adolescente reconhece o grupo familiar formado por pais, filhos e demais parentes próximos como família

  • A extensa ou ampliada.
  • B natural.
  • C adotiva.
  • D nuclear.
  • E substituta.
15

Acerca de interdisciplinaridade e globalização, assinale a opção correta.

  • A Com a globalização, o debate acerca do direito à diferença foi enfraquecido e, consequentemente, o debate a respeito da diversidade cultural foi anulado.
  • B A maior vantagem gerada pela globalização é a concentração da produção e do poder econômico, o que coloca à margem um grande contingente da população mundial.
  • C No plano cultural, a globalização cria grupos de identidades voltados para a produção intelectual e também para a afirmação cultural de diferentes segmentos sociais.
  • D No plano educacional, o processo de globalização cria uma homogeneização cultural, de modo que a luta do campo educacional inclui a abertura para que a cultura dos grupos excluídos do currículo escolar seja representada.
  • E No plano econômico, a globalização tem acentuado o processo de dependência cultural, mas tem evidenciado a igualdade financeira crescente entre países desenvolvidos e países em desenvolvimento.
16

De acordo com a Lei Federal n° 9.394/1996, que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional, artigo 4° , o dever do Estado com educação escolar pública será efetivado, entre outras ações, mediante garantia de

  • A informação a pai ou mãe, exclusivamente aos conviventes com seus filhos ou, se for o caso, aos responsáveis legais, sobre a frequência, o comportamento, as sanções recebidas e o rendimento dos alunos, bem como sobre as regras determinadas pela instituição de ensino.
  • B educação básica obrigatória e gratuita de 0 (zero) a 18 (dezoito) anos de idade; ensino fundamental, obrigatório e gratuito, inclusive para os que a ele não tiveram acesso na idade própria.
  • C atendimento educacional especializado gratuito aos educandos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, transversal a todos os níveis, etapas e modalidades, preferencialmente na rede regular de ensino.
  • D notificação ao Conselho Tutelar do Município, ao juiz competente da Comarca e ao respectivo representante do Ministério Público da relação dos alunos da educação básica que apresentem quantidade de faltas acima de vinte e cinco por cento do percentual permitido em lei.
  • E organização da educação básica em séries anuais ou ciclos, e calendário escolar adequado às peculiaridades locais, inclusive climáticas e econômicas, a critério do respectivo sistema de ensino, podendo, com isso, reduzir o número de horas e dias letivos previstos na lei.
17

Para Ladislau Dowbor, permitir que os jovens acessem informações básicas que afetam suas vidas, tais como a destinação do dinheiro público, poluidores da sua região, etc., representa o

  • A conceito de cidadania, privilegiando-se questões práticas relativamente a questões teóricas.
  • B objetivo da educação, que se realiza ao fornecer um embasamento concreto à própria teoria.
  • C conceito de conectividade, fornecendo-se um embasamento concreto à própria teoria.
  • D conceito de conectividade, privilegiando-se questões práticas relativamente a questões teóricas.
  • E objetivo da educação, que se realiza ao privilegiar questões práticas relativamente a questões teóricas.
18

Assinale a alternativa correta a partir dos conceitos de aprendizagem e desenvolvimento para Piaget.

  • A A aprendizagem é o processo essencial e cada elemento do desenvolvimento ocorre como uma função da aprendizagem total.
  • B A aprendizagem é, em geral, provocada, como oposta ao que é espontâneo.
  • C A aprendizagem explica o desenvolvimento, pois o contrário deformaria o estado real das coisas.
  • D A aprendizagem é ligada ao desenvolvimento das funções mentais, relacionando-se com a totalidade de estruturas do conhecimento.
  • E O desenvolvimento é a soma de unidades de experiências de aprendizagens.
19

Segundo Teresa Mauri (in Coll,1999, capítulo 4), atualmente, são três as concepções da aprendizagem e do ensino escolar mais habituais entre os docentes. Para a primeira concepção, aprender consiste em conhecer as respostas corretas para as perguntas formuladas pelos professores, cabendo ao ensino reforçar positivamente tais respostas. Para a segunda concepção, aprender consiste em adquirir conhecimentos relevantes de uma cultura, competindo ao ensino proporcionar aos alunos as informações de que necessitam. Finalmente, para a terceira concepção, a aprendizagem escolar consiste em construir conhecimentos culturais a partir de atividade pessoal; o aluno é um ser ativo que aprende a aprender.
Conforme expõe Mauri no referido texto, nessa terceira vertente, o papel do ensino consiste em

  • A promover, nos alunos, o desejo de aprender.
  • B potencializar o processo de aprendizagem dos alunos.
  • C transmitir, de forma sistemática, os conhecimentos relevantes.
  • D auxiliar os alunos na construção dos aludidos conhecimentos culturais.
  • E adaptar os conteúdos ao desenvolvimento individual dos alunos.
20

Considerando a lei que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional (Lei n° 9.394, de 20.12.1996), assinale a alternativa que apresenta as categorias administrativas nas quais as instituições de ensino são classificadas.

  • A Públicas, privadas e coletivas.
  • B Abertas, fechadas e mistas.
  • C Abertas e fechadas.
  • D Públicas, privadas e comunitárias.
  • E Públicas e privadas.

Noções de Informática

21

O cartão de memória representa hoje um dos dispositivos de armazenamento mais compacto e barato do mercado. Por conta de seu tamanho reduzido, é muito usado, por exemplo, em celulares, câmeras digitais, etc. Dentre os diversos padrões disponíveis, um deles possui categorias conhecidas como Type-M e Type-H. Assinale a alternativa que indica corretamente o nome do padrão que comporta essas duas categorias.

  • A xD Card
  • B MS Card
  • C SD Card
  • D PC Card
22

Os periféricos de um computador podem ser categorizados como de entrada e de saída. O teclado é um bom exemplo de periférico de entrada, pois por meio dele o usuário pode inserir informações. Já o monitor é um exemplo de periférico de saída, pois é utilizado para apresentar informações ao usuário. A respeito do teclado e do monitor, assinale a alternativa que indica, respectivamente, os nomes de padrões de conectores que podem ser utilizados para conectar estes periféricos a um computador.

  • A USB e AGP
  • B DVI e VGA
  • C PS/2 e HDMI
  • D USB e P5
23

O Windows 10 é a versão mais nova do sistema operacional da Microsoft. Ao acessarmos seu painel de controle, visualizamos uma série de configurações, dentre elas, a opção de “Data e Hora”. A respeito dos controles que podemos configurar dentro desta opção, analise as afirmativas a seguir:
I. É possível ativar a visualização de horas de até dois novos fusos horários através da aba “Relógios Adicionais”. II. A aba “Horário na Internet” apresenta ao usuário a data e hora das principais cidades do mundo. Escolhendo o nome de uma cidade nesta aba, podemos ajustar a data e hora do sistema operacional. III. Dentre as opções presentes na aba “Data e Hora” podemos, por exemplo, escolher o fuso horário desejado para configuração do sistema operacional.
É correto o que se afirma

  • A apenas em I e II.
  • B apenas em II e III.
  • C apenas em I e III.
  • D em I, II e III.
24

O Microsoft Office é um pacote de aplicativos de escritório composto por aplicativos como Word, Excel e PowerPoint. A respeito do Microsoft Excel 2013, assinale a alternativa que indica corretamente o valor que será exibido na célula B1 considerando que esta célula apresenta como fórmula a expressão =TETO(MÉDIASES(A1:A6;A1:A6;">4");3) e que as células de A1 até A6 estão preenchidas, respectivamente, com os valores 8, 1, 4, 5, 6 e 7.

  • A 3
  • B 9
  • C 7
  • D 6
25

Sobre Microsoft Power Point, analise as afirmativas a seguir:


I. O ícone pode ser encontrado na aba “Inserir” e tem a função de exibir o valor matemático correspondente à variável pi (3,141592...).

II. O texto selecionado será apagado ao se utilizar o ícone .

III. Os ícones inserem ‘formas’ e ‘gráficos’ no slide selecionado, respectivamente.


É correto o que se afirma

  • A apenas em III.
  • B apenas em II e III.
  • C apenas em I e II.
  • D apenas em I e III.
26

Considere que a seguinte planilha foi elaborada no Microsoft Excel 2016, instalado em um computador com Windows 10.











As colunas da planilha estão identificadas pelas letras A e B, no topo da imagem, e as linhas pelos números de 1 a 6, no canto esquerdo da imagem.


Após inserir a função =MAIOR(A1:A5;4) na célula A6, será exibido, nessa célula, o número

  • A 1
  • B 2
  • C 3
  • D 4
  • E 5
27

No Windows 8, além das diversas funções e recursos existentes para facilitar o seu dia a dia, é possível utilizar teclas de atalhos no teclado para ajudar você a fazer o que quiser mais rápido. Qual a combinação de teclas de atalho para minimizar todas as janelas abertas e ir direto para sua área de trabalho?

  • A Tecla do logotipo do Windows + L
  • B Tecla do logotipo do Windows + F
  • C Tecla do logotipo do Windows + M
  • D Tecla do logotipo do Windows + E
  • E Tecla do logotipo do Windows + F1
28

Assinale a opção CORRETA:

  • A DNS - é um protocolo utilizado em redes de computadores que permite às máquinas obterem um endereço IP automaticamente.
  • B DHCP - o Servidor DHCP é responsável por localizar e traduzir para endereços IPs os endereços dos sites que digitamos nos navegadores.
  • C WLAN - Tipo de rede que utiliza ondas de rádio de alta frequência, em vez de cabos, para a comunicação entre os computadores.
  • D são exemplos de Navegador de internet: Google Chrome, Mozilla Firefox, Opera, Microsoft Edge e Outlook.
  • E a URL é o endereço físico de uma máquina na Internet, pois, por esse endereço, determina-se a cidade onde está localizada tal máquina.
29

Correio eletrônico é uma das formas de trocas de mensagens mais utilizadas na atualidade. Além do conteúdo da mensagem existem outros campos a serem preenchidos, como, por exemplo, ‘De’ e ‘Para’, que identificam os endereços de e-mail do remetente e do destinatário, respectivamente. Assinale a alternativa que apresenta a funcionalidade correta dos campos ‘Cc’ e ‘Cco’.

  • A Os endereços de e-mail no campo ‘Cc’ serão copiados, enquanto os endereços no campo ‘Cco’ serão armazenados na lista de contatos.
  • B Os endereços de e-mail no campo ‘Cc’ serão copiados, enquanto os endereços no campo ‘Cco’ serão copiados de forma oculta.
  • C Os endereços de e-mail no campo ‘Cco’ serão excluídos, enquanto os endereços no campo ‘Cc’ serão copiados de forma oculta.
  • D Os endereços de e-mail no campo ‘Cco’ serão anexados ao corpo da mensagem, enquanto os endereços no campo ‘Cc’ serão copiados.
30

Suponha que uma entidade R (remetente) deseja enviar uma mensagem m para outra entidade D (destinatário) utilizando a internet. Para se comunicarem, R e D utilizam criptografia de chave pública. R+ e R são as chaves pública e privada de R, respectivamente, e D+ e D- são as chaves pública e privada de D, respectivamente.


A partir dessa situação, avalie o que se afirma.

I - Se R utilizar D+ para criptografar m, então D poderá utilizar D- para decriptar m.

II - Se R utilizar R+ para criptografar m, então D poderá utilizar D- para decriptar m.

III - Se R utilizar R- para criptografar m, então D poderá utilizar R+ para decriptar m.

IV - Se R utilizar D- para criptografar m, então D poderá utilizar R+ para decriptar m.


Está correto apenas o que se afirma em

  • A I e III.
  • B I e IV.
  • C II e III.
  • D II e IV.
  • E III e IV.

Administração Pública

31

Julgue os itens a seguir, no que se refere ao planejamento e à formulação de políticas públicas.

I A formulação e o desenvolvimento de políticas públicas seguem etapas sequenciais no chamado ciclo de políticas públicas; nesse ciclo, uma tarefa típica da etapa de construção de agendas é designar atores responsáveis pela execução de tarefas intermediárias para a implementação de um programa público.

II A criação de políticas públicas envolve unicamente as seguintes atividades, que compõem o ciclo das políticas públicas e ocorrem como uma progressão linear: formulação, implementação e avaliação.

III Na fase de implementação, regras, rotinas e processos sociais são convertidos de intenções a ações.

Assinale a opção correta.

  • A Apenas o item I está certo.
  • B Apenas o item II está certo.
  • C Apenas os itens I e III estão certos.
  • D Apenas os itens II e III estão certos.
  • E Todos os itens estão certos.
32

Em relação ao Patrimônio, marque V para verdadeiro e F para falso. Em seguida, assinale a alternativa com a sequência correta.


( ) Os bens podem ser classificados em bens materiais e imateriais.

( ) Constituem obrigações para a empresa todos os valores que ela tem a receber de terceiros.

( ) Constituem direitos para a empresa todos os valores que ela tem a pagar com terceiros.

( ) Bens são as coisas capazes de satisfazer as necessidades humanas e são suscetíveis de avaliação econômica.

  • A V – F – F – V
  • B V – F – V – F
  • C F – V – V – F
  • D F- V – F – V
33

A ________________ refere-se às condições políticas, à capacidade e legitimidade que um governo tem, isto é, está vinculada à ação do governo em si, de “governar”. Escolha a opção correta para completar a lacuna.

  • A Governança
  • B Accountability
  • C Gestão pública
  • D Governabilidade
  • E Administração pública
34

São princípios da gestão da qualidade:
I - Liderança. II - Integridade. III - Comunicação. IV - Abordagem de processo. V - Planejamento. VI - Estratégia.
Estão corretas:

  • A somente I e II.
  • B somente I e III.
  • C somente I e IV.
  • D somente V e VI.
  • E somente III e IV.
35

Políticas públicas são uma necessidade ampla e constante de discussão e execução em qualquer município. De forma simples, como podem ser descritas?

  • A São decisões de qualquer administrador público
  • B São leis promovidas por qualquer governo
  • C São atos praticados por servidor público
  • D São políticas votadas em referendo ou plebiscito
  • E São medidas e programas criados pelos governos dedicados a garantir o bem-estar da população
36

A Administração Pública evoluiu a partir de três modelos básicos, que estão listados a seguir:

  • A teórico, prático e constitucional.
  • B utópico, direto e indireto.
  • C patrimonialista, burocrática e gerencial.
  • D econômica, social e educacional.
  • E populista, paternalista e coronelista.
37

Dentre as três funções básicas do Estado, uma tem por suas três missões básicas: intervenção, fomento e serviço público. Trata-se da função em qual das alternativas a seguir?

  • A Legislativa
  • B Executiva
  • C Administrativa
  • D Burocrática
  • E Organizacional
38

O conceito de qualidade já é bastante antigo. Houve uma evolução ao longo do tempo na visão e no conceito de qualidade. Quanto à gestão da qualidade total, quais são suas dimensões?

  • A Status, realização pessoal, segurança, fisiológicas e sociais
  • B Legalidade, moralidade, impessoalidade, eficiência e publicidade
  • C Parcimônia, competência, desenvolvimento e agregação de valor
  • D Qualidade intrínseca, custo, atendimento, moral, segurança e ética
  • E Entidade, continuidade, oportunidade e registro pelo valor original
39

Os cargos públicos são acessíveis a todos os brasileiros, e aos estrangeiros na forma da lei, para provimento em caráter efetivo ou em comissão. Qual alternativa que melhor define o que é cargo público?

  • A O conjunto de cargos de carreiras ou isolados de um órgão ou entidade da administração municipal
  • B É aquele ocupado por empregado público que pode atuar em entidade privada ou pública da administração indireta
  • C Conjunto de atribuições, deveres e responsabilidades cometido ao servidor, criado por lei, com denominação própria, número certo e vencimento específico pago pelos cofres públicos
  • D Conjunto de atribuições destinadas aos agentes públicos, abrangendo a função temporária e a função de confiança
  • E Cargo ocupado temporariamente por uma pessoa que não faz parte do quadro de funcionários da administração pública
40

Dentre as peculiaridades acerca da administração pública, há a estrutura descentralizada e a desconcentrada. Qual das alternativas contém a descrição de descentralização?

  • A A distribuição de funções entre vários órgãos despersonalizados de um mesmo ente
  • B Troca de orientação entre direita e esquerda
  • C Divisão de competência entre duas ou mais pessoas, físicas ou jurídicas
  • D Rompimento com o centro
  • E A repartição de atribuições entre órgãos públicos pertencentes a uma única pessoa jurídica, mantendo a vinculação

Matemática

41

Em um campeonato de ciclismo, o percurso consiste de 15 voltas em uma pista circular de raio 50 metros. Nestas condições, sabendo que π = 3,14 , a distância total percorrida por cada ciclista para concluir o percurso é:

  • A 314 metros
  • B 3.140 metros
  • C 4.710 metros
  • D 31.400 metros
  • E 47.100 metros
42

Para pintar 3 peças, um artesão demora 4 horas e 30 minutos. Quanto tempo o mesmo artesão leva para pintar 5 peças?

  • A 5 horas e 30 minutos
  • B 6 horas
  • C 6 horas e 30 minutos
  • D 7 horas e 30 minutos
43
Na compra de um ventilador, Rogério recebeu 15% de desconto, por ter feito o pagamento à vista. Se Rogério pagou R$ 204,00, pode-se afirmar que o preço original desse ventilador é de:
  • A R$ 153,00
  • B R$ 195,00
  • C R$ 204,00
  • D R$ 240,00
44

Há 4 caminhos para ir de uma cidade A para a cidade B e 6 caminhos para ir de B para outra cidade C. Qual o número de possibilidades para se ir de A para C passando por B?

  • A 10
  • B 16
  • C 20
  • D 24
  • E 32
45
O ministério da saúde recomenda que o peso de uma mochila, junto com o material dentro dela, não ultrapasse 10% do peso da criança, a fim de se evitar dor, desvio de postura e até mesmo lesões mais sérias na coluna. Com essas informações, qual deverá ser o peso máximo de uma mochila junto com o material carregada por uma criança que pesa 46,5 kg?
  • A 4,65 kg.
  • B 0,465 kg.
  • C 0,0465 kg.
  • D 5 kg.
  • E 0,5 kg.
46
Uma fábrica de chocolates iniciou sua produção com 40 mil barras de chocolates por dia e, a cada dia, deve produzir 20% a mais do que produziu no dia anterior. Considerando as informações relacionadas à produção da fábrica, assinale a alternativa CORRETA:
  • A No quarto dia foram produzidas mais de 70 mil barras de chocolates.
  • B Até o terceiro dia foram produzidas mais de 150 mil barras de chocolates.
  • C No quinto dia foram produzidas mais de 83 mil barras de chocolates.
  • D A produção do primeiro e do segundo dia juntas é inferior à produção do quinto dia.
  • E Em cinco dias a fábrica não terá produzido 300 mil barras de chocolates.
47

A chácara Flor de Lírio do Sr. João tem área de 500 m² . Quando comprou essa chácara, ele pagou R$ 145,00 pelo m² . Ele pretende vender essa chácara por R$ 97.000,00. Em termos percentuais, Sr. João conseguirá uma valorização do preço que pagou para o preço que ele vendeu de

  • A 23,79%.
  • B 24,50%.
  • C 33,79%.
  • D 66,21%.
  • E 76,21%.
48

Um carro de corrida leva 3 minutos para percorrer o trajeto da pista. Sendo assim, um carro que passou na velocidade média de 90% da velocidade do primeiro, percorra a mesma pista em:

  • A 3 minutos e 20 segundos
  • B 3 minutos e 25 segundos
  • C 3 minutos e 30 segundos
  • D 3 minutos e 35 segundos
49

Um silo foi construído em forma de tronco de pirâmide, conforme a figura abaixo. Sua altura é de 9 metros e suas bases são quadrados de lados iguais a 4 metros e 3 metros, respectivamente. Com base nessas informações, pode-se concluir que a capacidade total desse silo é:

  • A 48 m³.
  • B 64 m³.
  • C 108 m³.
  • D 111 m³.
  • E 144 m³.
50

Dois rolos de arames, um com 300 metros e outro com 360 metros de comprimento, precisam ser cortados em pedaços iguais e com o maior comprimento possível. Quantos pedaços serão obtidos?

  • A 35.
  • B 40.
  • C 45.
  • D 50.
  • E 60.

Atualidades

51

Pela “plenitude do exercício da liberdade de expressão como decorrência imanente da dignidade da pessoa humana” e como “meio de reafirmação/potencialização de outras liberdades constitucionais”, o ministro Dias Toffoli do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou censura contra Porta dos Fundos e Netflix no início de 2020. Sobre esta ação que foi debatida no cenário nacional, é INCORRETO afirmar que:

  • A Censura é um ato legal que o poder judiciário deve praticar em prol dos interesses do governo e de entidades religiosas.
  • B O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro havia determinado a retirada do ar do especial de Natal do grupo Porta dos Fundos após uma ação movida por uma entidade religiosa.
  • C A Constituição brasileira garante, entre os direitos e garantias fundamentais, que ‘é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença’.
  • D A principal alegação para retirada do ar do programa humorístico é que o filme viola a liberdade religiosa e a dignidade da pessoa humana.
  • E A plataforma recorreu ao STF alegando que seu foco é oferecer aos usuários diversos temas, assuntos e gêneros para que eles tenham total liberdade de escolha sobre os conteúdos.
52

“O secretário-executivo da pasta, João Gabbardo, lamentou a morte da criança e acrescentou que a fatalidade serve de alerta para os pais e responsáveis vacinarem as crianças. A morte dessa criança, tragicamente, é o maior alerta que a gente pode fazer para que os pais levem as crianças aos postos de saúde do Brasil inteiro para fazer a vacina”. A notícia da Zero Hora aborda um posicionamento do Ministério da Saúde brasileiro para eliminar:

  • A Uma epidemia do Coronavírus, que já chegou ao Brasil e precisa ser erradicado.
  • B Uma contaminação em massa do Influenza, vírus da gripe.
  • C A doença da vaca louca, que está aumentando o preço da carne.
  • D Um surto de sarampo que iniciou em 2019, uma doença infecciosa que afeta principalmente crianças.
  • E O HPV, cuja vacina já está disponível para meninas a partir dos 9 anos.
53

É uma feição específica da Geopolítica contemporânea que emergiu como proposta de cooperação internacional com base em nova relação sociedade-natureza. […] Trata-se de uma tentativa de ajustar o sistema capitalista por meio de conciliação das tendências da lógica da acumulação com as da lógica cultural, particularmente os movimentos ambientalistas.

(Castro, Iná Elias et al. Geografia: Conceitos e Temas. Adaptado)


O texto refere-se ao surgimento

  • A da gestão do território.
  • B da consciência ecológica.
  • C da pressão ecológica.
  • D do desenvolvimento sustentável.
  • E do globalismo ecológico.
54

As declarações do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, sobre a crise na Amazônia continuam tendo desdobramentos importantes na Europa nesta sexta-feira (23/08/2019). O escritório do presidente (...) Emmanuel Macron, acusou Bolsonaro de ter mentido durante o encontro do G20 em Osaka, no Japão, em junho ao minimizar as preocupações com o a mudança climática.

(G1, 23/08/2019. Disponível em: < https://glo.bo/36XVqJa>. Adaptado)


A matéria trata do empasse diplomático entre Jair Bolsonaro e Emmanuel Macron, presidente da:

  • A Itália.
  • B Alemanha.
  • C França.
  • D Inglaterra.
  • E Dinamarca.
55

O plano foi visto como uma ameaça às liberdades individuais no território autônomo e acabou revogado. O movimento passou a englobar outas demandas do povo, que vê interferência crescente do regime chinês e também pede a responsabilização de agentes que atacaram manifestantes durante os atos, os maiores ocorridos ali desde 1997.


(Folha, 02/11/2019. Disponível em: http://bit.ly/39iWbxM>. Adaptado)


A notícia trata das manifestações ocorridas em Hong Kong no segundo semestre de 2019, sobre estes episódios é correto afirmar que:

  • A as manifestações começaram com o aumento da tarifa do transporte público.
  • B a revolta começou após sucessivos escândalos de corrupção e cortes no fornecimento de combustível.
  • C os atos de protesto começaram a partir da imposição de restrições à propriedade privada.
  • D a revolta começou após o anúncio de um projeto de lei que facilitaria a extradição de suspeitos para serem julgados na China continental.
  • E os protestos começam após a China apresentar um projeto de lei que sobretaxaria os produtos de Hong Kong.
56

A pauta cresceu, e os chilenos passaram a brigar contra a desigualdade social. Após os atos de vandalismo, o presidente Sebastián Piñera declarou estado de emergência e toque de recolher. Apesar da violência policial, o movimento reuniu mais de 1 milhão de pessoas em Santiago, no dia 25 (25/10/2019). A revolta é a principal crise no país desde o fim da ditadura, em 1990.

(Folha, 02/11/2019. Disponível em: < http://bit.ly/39iWbxM>. Adaptado)


É correto afirmar que as manifestações no Chile tiveram sua origem:

  • A com o aumento nas tarifas de transporte público.
  • B com pedido de renúncia do presidente Sebastián Piñera.
  • C com a descoberta de fraude nas eleições.
  • D com a decisão do presidente de extinguir os subsídios sobre o petróleo.
  • E com o aumento do preço do trigo.
57

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou nesta segunda-feira (13/01/2020), em Los Angeles, os indicados ao Oscar 2020. O anúncio foi feito pelos atores John Cho e Issa Rae.


(Uol, 13/01/2020. Disponível em: < https://glo.bo/3bmOys9>.Adaptado)


No 9 de fevereiro o Brasil será representado pela(o):

  • A animação “O Menino e o Mundo”.
  • B longa “Dois Papas”
  • C longa “A Vida Invisível”.
  • D documentário “Democracia em vertigem”
  • E documentário “O Sal da Terra”.
58

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira, 20 de setembro de 2019, a medida provisória (...) que pretende diminuir a burocracia e facilitar a abertura de empresas, focando em micro e pequenos negócios. Entre as principais mudanças, a MP flexibiliza algumas regras trabalhistas, como o registro de ponto, e elimina alvarás para atividades de baixo risco.

(Veja, 20/09/2019. Disponível em: < http:// http://bit.ly/2OBUSm1>. Adaptado)


A notícia refere-se à:

  • A Medida Provisória de Livre Mercado.
  • B Medida Provisória de Flexibilização das Leis Trabalhistas.
  • C Medida Provisória de Incentivo ao Emprego.
  • D Medida Provisória da Reforma Trabalhista.
  • E Medida Provisória da Liberdade Econômica.
59

O Brasil confirmou 3.339 novos casos de sarampo no país desde junho, quando um novo surto da doença teve início. De acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, publicado nesta sexta-feira (13 de setembro), dezesseis estados registram surto ativo da doença. (G1, 13/09/2019. Disponível em: <https://glo.bo/3bmFLq4>. Adaptado)
Sobre o Sarampo no Brasil é correto afirmar que:

  • A a maioria dos casos confirmados foi em São Paulo (97,5%).
  • B o governo conseguiu interromper a transmissão do vírus do sarampo na região sudeste.
  • C em todo o país a vacinação contra sarampo na rede pública só ocorre até os 19 anos.
  • D apesar deste recente surto, o Brasil manteve o certificado de eliminação da doença concedido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).
  • E nas últimas duas décadas o país registrou dezenas de mortes por causa do sarampo.
60

Autoridades sanitárias da China confirmaram neste sábado (18 de janeiro), quatro novos casos da misteriosa pneumonia viral detectada (...), na região central do país. O surto da doença, iniciado em dezembro, é causado por um tipo de coronavírus semelhante ao da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars).

(G1, 18/01/2020. Disponível em: < https:// https://glo.bo/3bhs4c2>. Adaptado)


O surto da misteriosa doença teve início na cidade de:

  • A Pequim.
  • B Wuhan.
  • C Xangai
  • D Dongguan
  • E Nanjing

Direito Administrativo

61

Assinale a alternativa que representa corretamente a encampação no âmbito dos serviços públicos.

  • A A encampação significa o pagamento efetuado pelo poder concedente à empresa concessionária do serviço público.
  • B A encampação consiste na ratificação da celebração do contrato de prestação do serviço público pelo chefe do Poder Executivo.
  • C A encampação se instrumentaliza através da emissão de nota de empenho.
  • D A encampação implica na retomada do serviço público pelo poder concedente.
62

Sobre os atributos dos atos administrativos, assinale a alternativa correta.

  • A Os atributos dos atos administrativos são os mesmos atributos do poder de polícia.
  • B Os princípios da impessoalidade e da moralidade, dentre outros, são atributos dos atos administrativos.
  • C Há atributo do ato administrativo que afasta a ideia da presunção absoluta de legalidade dos atos administrativos.
  • D A finalidade, a forma e o motivo são atributos dos atos administrativos discricionários.
63

A vacância do cargo decorrerá, EXCETO de:

  • A exoneração
  • B demissão
  • C aposentadoria
  • D remoção
64

Para os fins da Lei nº 8.666/1993, que institui normas gerais sobre licitações públicas, considera-se:

I. _______ – toda transferência de domínio de bens a terceiros.

II. _______ – toda construção, reforma, fabricação, recuperação ou ampliação, realizada por execução direta ou indireta.

III. _______ – toda atividade destinada a obter determinada utilidade de interesse para a Administração.

IV. _______ – toda aquisição remunerada de bens para fornecimento de uma só vez ou parceladamente.

Assinale a sequência que preenche correta e respectivamente as lacunas.

  • A Alienação, Compra, Obra, Serviço.
  • B Serviço, Compra, Alienação, Obra.
  • C Alienação, Obra, Serviço, Compra.
  • D Compra, Serviço, Obra, Alienação.
65

Custódio Bocaiúva é Chefe de Gabinete de uma Secretaria de determinado Estado. Certo dia, em vista da ausência do Secretário Estadual, que saíra para uma reunião com o Governador, Custódio assinou o ato de nomeação de um candidato aprovado em primeiro lugar para cargo efetivo, em concurso promovido pela Secretaria Estadual. No dia seguinte, tal ato saiu publicado no Diário Oficial do Estado. Sabendo-se que a legislação estadual havia atribuído ao Secretário a competência de promover tal nomeação, permitindo que este a delegasse a outras autoridades hierarquicamente subordinadas, é correto concluir que o ato praticado é:
Marcar apenas uma oval.

  • A válido, pois havia direito subjetivo do candidato a ser nomeado para o cargo efetivo.
  • B inexistente, haja vista que não reúne os mínimos elementos que permitam seu reconhecimento como ato jurídico.
  • C válido, em vista da teoria do funcionário de fato, amplamente reconhecida na doutrina administrativa.
  • D inválido, porém sujeito à convalidação pelo Secretário de Estado, desde que não estejam presentes vícios relativos ao objeto, motivo ou finalidade do ato.
66

Considerando um ato administrativo o qual, contaminado por vício, tornou-se ilegal, ressalvada a apreciação judicial e respeitados os direitos adquiridos, a Administração:
Marcar apenas uma oval.

  • A não pode anulá-lo, já que seus efeitos são regulares.
  • B pode revogá-lo, por motivo de conveniência ou oportunidade.
  • C pode anulá-lo, porque dele não se originam direitos.
  • D pode revogá-lo, porque dele se originam direitos.
67

O Estado, consoante o Direito Administrativo, possui três elementos originários e indissociáveis:
Marcar apenas uma oval.

  • A povo, território e governo soberano.
  • B povo, nação e governabilidade.
  • C povo, território e governabilidade.
  • D Governo soberano, independência e nação.
68

O servidor adquire estabilidade:
Marcar apenas uma oval.

  • A passado o prazo previsto na Constituição, se aprovado no estágio probatório.
  • B pela nomeação.
  • C pela posse ou pela promoção.
  • D quando aprovado, se assim desejar o presidente da Câmara Municipal.
69

O servidor possui direito à remuneração?
Marcar apenas uma oval.

  • A Não, porque não está previsto no Regime Jurídico dos Servidores do Estado.
  • B Sim, composta apenas de parcelas fixas.
  • C Sim, composta de parcelas fixas e variáveis, conforme previsto em lei.
  • D Sim, conforme o valor negociado com o seu superior hierárquico.
70

A demissão pode ser definida como:
Marcar apenas uma oval.

  • A algo que não ocorre com o servidor público.
  • B perda do cargo por decisão política.
  • C sinônimo de exoneração.
  • D uma penalidade aplicada ao servidor público.

Raciocínio Lógico

71

Considerando a proposição: ´Fernando estuda e não passa no concurso`. Nesta proposição, o conectivo lógico é uma:

  • A conjunção.
  • B condicional.
  • C disjunção inclusiva.
  • D disjunção exclusiva.
  • E bicondiconal.
72

Em um quarto escuro há uma caixa com 2 pares de meias pretas e 3 pares de meias brancas. Por causa da escuridão, é impossível distinguir a cor das meias. Quantas meias devem ser retiradas para que se tenha certeza que haja pelo menos um par de meias brancas?

  • A 2
  • B 3
  • C 4
  • D 5
  • E 6
73

A negação da proposição: ´Todas as lâmpadas estão acesas` é:

  • A todas as lâmpadas estão apagadas.
  • B apenas uma das lâmpadas está apagada.
  • C apenas uma das lâmpadas está acesa.
  • D pelo menos uma lâmpada está apagada.
  • E pelo menos uma lâmpada está acesa.
74

Em 20% das vezes, Fernando chega atrasado ao encontro. Manuela chega ao encontro atrasada 25% das vezes. Sabendo que os atrasos de Fernando e Manuela são independentes, qual a probabilidade que no dia de um encontro entre eles, os dois cheguem atrasados?

  • A 0,5
  • B 0,45
  • C 0,045
  • D 0,05
  • E 0,25
75

A proposição composta: ´Manuela vai à praia ou vai ao shopping, é falsa quando:

  • A Manuela vai a praia e ao shopping.
  • B Manuela vai somente a praia.
  • C Manuela vai somente ao shopping.
  • D Manuela vai a praia e não vai ao shopping.
  • E Manuela não vai a praia e não vai ao shopping.
76

Afirmar que: ´Antônio não é engenheiro ou João é pernambucano’, logicamente, é o mesmo que dizer que:

  • A se Antônio é engenheiro, então João é pernambucano.
  • B se Antônio não é engenheiro, então João não é pernambucano.
  • C se João é pernambucano, então Antônio é engenheiro.
  • D se Antônio é engenheiro, então João não é pernambucano.
  • E se Antônio não é engenheiro, então João é pernambucano.
77

Em uma empresa educacional, a diretora quer comemorar os aniversariantes do mês. Diante disso, deparou-se com um problema de logística em seu planejamento: qual seria o número mínimo de pessoas que deve haver em um grupo para que possamos afirmar que nele há, pelo menos, 4 pessoas nascidas no mesmo mês, para assim organizar melhor o evento? O número que responde corretamente a dúvida da diretora é

  • A 37.
  • B 49.
  • C 13.
  • D 25.
78

Em uma biblioteca há uma estante com livros escolares de diferentes áreas. São 10 livros da área de Exatas, 8 livros da área de Biológicas e 12 livros da área de Humanas. O número de modos diferentes que se pode escolher desta estante um conjunto de 3 livros de áreas diferentes é:

  • A 540.
  • B 320.
  • C 445.
  • D 872.
  • E 960.
79

Um município possui 2.000 empresas cadastradas, sendo que 1.800 delas pagam todos os seus tributos em dia. A fiscalização tributária irá colocar o nome de todas elas em uma urna e sortear uma primeira empresa para ser fiscalizada, sendo que todas têm a mesma probabilidade de serem escolhidas. A seguir, sem retornar o nome da primeira empresa sorteada para a urna, será sorteada uma segunda empresa para ser fiscalizada, sendo que todas as empresas com nome na urna têm a mesma probabilidade de serem escolhidas.


Nessas condições, a probabilidade de sortear duas empresas para fiscalização, sendo que ambas estão com seus tributos pagos em dia, pode ser calculada corretamente pela expressão

  • A 1799 /1999
  • B 1800 /2000
  • C 2 . 1800 /2000
  • D (1800 /2000)2
  • E 1800 /2000 . 1799 /1999
80

Considere a seguinte sentença, em que p e q são proposições que podem ser verdadeiras ou falsas.
( ¬q ∧ ( p → q )) → (¬p)
É correto afirmar que:

  • A É uma tautologia.
  • B Trata-se de uma contradição.
  • C Se p e q forem verdadeiras, a sentença será falsa.
  • D Se p e q forem falsas, a sentença será falsa.
  • E A sentença é verdadeira somente se p for verdadeiro e q for falsa.
Voltar para lista