Resolver o Simulado Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) - Técnico em Enfermagem - IBFC - Nível Médio

0 / 40

Enfermagem

1
A imunidade adquirida específica corresponde à proteção contra cada agente infeccioso ou antígeno, podendo ser adquirida de forma ativa ou passiva. É correto afirmar que, a imunidade adquirida de forma passiva é:
  • A Imediata, mas transitória, sendo conferida ao indivíduo mediante a administração parenteral de soro heterólogo/homólogo ou de imunoglobulina de origem humana (imunidade passiva artifcial) ou de anticorpos monoclonais
  • B Obtida pela administração de vacinas, que estimulam a resposta imunológica, para que esta produza anticorpos específicos
  • C Duradoura, pois há estimulação das células de memória, após uma infecção adquirida de forma natural
  • D Ocorre por meio da administração parenteral de vacinas ou soros e imunoglobulinas
2

O Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN) é uma forma de rastreamento populacional, tendo como objetivo identificar distúrbios e doenças no recém-nascido, em tempo oportuno, para intervenção adequada, por meio da triagem neonatal a partir da matriz biológica, denominada “teste do pezinho”. Considerando o “teste do pezinho”, leia as frases e a seguir assinale a alternativa correta.


I. São doenças que podem ser detectadas no teste: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, hemoglobinopatias e fibrose cística.

II. Recomenda-se que o período ideal de coleta da primeira amostra esteja compreendido entre o 3º e o 5º dia de vida da criança.

III. A coleta para o exame deve ser realizada a partir do 30º dia de vida da criança para evitar resultados falsos negativos.

IV. A punção deve ser executada numa das laterais da região plantar do calcanhar, locais com pouca possibilidade de se atingir o osso.

  • A Apenas as afrmativas I, III e IV estão corretas
  • B Apenas as afrmativas I, II e IV estão corretas
  • C Apenas as afrmativas I e IV estão corretas
  • D Apenas a afrmativa III está correta
3

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível, que afeta principalmente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e sistemas. No Brasil, a doença é um sério problema da saúde pública, pois anualmente, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos e ocorrem 4,5 mil mortes em decorrência da tuberculose. Considerando a Tuberculose Pulmonar, analise as afirmativas abaixo, e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) O principal sintoma é a tosse na forma seca ou produtiva.

( ) O principal teste para diagnosticar a doença é o teste de Mitsuda.

( ) A principal maneira de prevenir a doença em crianças é com a vacina BCG (Bacilo Calmette-Guérin).

( ) A Prova Tuberculínica (PT) é importante na avaliação de contatos assintomáticos de pessoas com tuberculose, sendo utilizada em adultos e crianças.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A V,F,V,V
  • B V,V,V,V
  • C F,V,V,F
  • D V,V,V,F
4
A maioria dos sinais de alarme resulta do aumento da permeabilidade vascular, a qual marca o início do deterioramento clínico do paciente e a possível evolução para o choque por extravasamento de plasma. Assinale a alternativa que apresenta um sinal de alarme da Dengue
  • A Cefaléia
  • B Febre
  • C Hipotensão postural e/ou lipotimia
  • D Dor retrorbitária
5
Assinale a alternativa correta. É um dever do profissional de Enfermagem, segundo o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem vigente:
  • A Participar da Comissão de Ética de Enfermagem e de comissões interdisciplinares da instituição em que trabalha
  • B Abster-se de revelar informações confdenciais de que tenha conhecimento em razão de seu exercício profssional
  • C Suspender as atividades, individuais ou coletivas, quando o local de trabalho não oferecer condições seguras para o exercício profissional e/ou desrespeitar a legislação vigente, inclusive em situações de urgência e emergência
  • D Colaborar com o processo de fiscalização do exercício profissional e prestar informações fidedignas, permitindo o acesso a documentos e a área física institucional
6
Segundo a Lei n° 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre a regulamentação da Enfermagem, é atribuição do Técnico de Enfermagem participar no planejamento da assistência de enfermagem, sob orientação e supervisão de:
  • A Médico e Enfermeiro
  • B Enfermeiro e, na sua ausência, do responsável com nível superior da instituição
  • C Enfermeiro
  • D Médico
7
Tempo cirúrgico é o termo caracterizado pela sequência de procedimentos utilizada na manipulação dos tecidos e vísceras durante a cirurgia. É correto afirmar que a exérese, um dos tempos cirúrgicos, consiste:
  • A No ato de cortar com tesoura ou lâmina de bisturi para abertura do campo operatório
  • B Na cirurgia propriamente dita, ocorrendo a retirada de uma parte ou a totalidade de um órgão ou tecido, com a finalidade terapêutica
  • C Na prevenção do extravasamento sanguíneo no período intra-operatório
  • D Na aproximação das bordas dos tecidos selecionados
8

Considerando que o rastreamento dos cânceres de mama e do colo do útero são essenciais para a Saúde da Mulher, analise as sentenças abaixo e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) O rastreamento do câncer do colo do útero por meio de exame citoplatológico antes dos 25 anos deve ser evitado.

( ) Os dois primeiros exames citopatológicos para ratreamento do câncer de colo do útero devem ser realizados com intervalo anual e, se ambos os resultados forem negativos, os próximos devem ser realizados a cada 3 anos.

( ) O rastreamento do câncer de mama por autoexame da mama em todas as mulheres adultas deve ser estimulado.

( ) O rastreamento do câncer de mama deve ser indicado a todas as mulheres após os 45 anos.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A V,V,F,F
  • B F,V,V,V
  • C F,F,V,V
  • D V,F,F,F
9

Considerando as condições de transporte e o manuseio de produtos esterilizados, analise as afirmativas abaixo, dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) Os produtos embalados em papel grau cirúrgico que se apresentam amassados ou com manchas externas podem ser considerados esterilizados e consequentemente utilizados.

( ) Os pacotes esterilizados que foram comprimidos, perfurados ou molhados devem ser substituídos por outras embalagens, sem necessidade de nova esterilização.

( ) Os pacotes esterilizados que caírem no chão devem ser considerados contaminados.

( ) A distribuição do material esterilizado deve ser feita em carros fechados ou cobertos, em recipientes rígidos ou em saco plástico resistente.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A F,F,F,V
  • B V,V,F,V
  • C V,F,F,V
  • D F,F,V,V
10

Considerando a aferição de pressão arterial, leia as afirmativas abaixo e a seguir assinale a alternativa correta.


I. Deve ser utilizado o manguito adequado para a circunferência do braço do paciente. A largura do manguito deverá corresponder a 70% da circunferência do braço e o seu comprimento envolver no mínimo 30% do braço.

II. Quando necessário aferir novamente a pressão arterial do paciente em um mesmo membro, aguardar de 1 a 2 minutos entre as mensurações.

III. A pressão arterial diastólica deve ser determinada na Fase V de Korotkof, continuando a defação até o desaparecimento do som.

IV. O braço do paciente deve ser posicionado com a palma da mão voltada para cima, mantendo-se acima da altura do coração ou nível do segundo espaço intercostal.

  • A As afirmativas I, II,III e IV estão corretas
  • B Apenas a afirmativa III está correta
  • C Apenas as afirmativas II e III estão corretas
  • D Apenas as afirmativas I e IV estão corretas

Raciocínio Lógico

11
Dentre as alternativas, a única incorreta é:
  • A o elemento neutro da multiplicação de números inteiros é o número 1
  • B o elemento simétrico da adição de números inteiros é o número 0
  • C o conjunto {-4, -2, -1, +1, +2, +4} representa o conjunto de todos os divisores inteiros do número 4
  • D o conjunto de todos os múltiplos inteiros do número 4 é infinito
12
Considere os conjuntos finitos A = {0,1,3,5,6}, B = {-1,0,2,4,5,6,7} e C = {1,2,3,4,7,8} e as afirmações:
I. O total de elementos do conjunto que representa a união entre os conjuntos A e B é igual a 8. II. O total de elementos do conjunto que representa a intersecção entre os conjuntos A e C é igual a 3. III. O total de elementos do conjunto que representa a diferença entre os conjuntos A e B, nessa ordem, é igual a 2. IV. O total de elementos do conjunto que representa a diferença entre os conjuntos B e C, nessa ordem, é igual a 4.
Assinale a alternativa que apresenta o total exato de afirmações corretas:
  • A 1
  • B 2
  • C 3
  • D 4
13
Sejam os conjuntos A = {-2,-1,0,1,2,3} , B = {0,2,3,5,6} e C = {-1,0,2,3,7} é correto afirmar que:
  • A (A U B) U C = {-2,-1,0,1,2,3,5,7}
  • B B ∩ C = {0,3}
  • C C - B = {-1,5,6,7}
  • D A - C = {-2,1}
14
Um diretor deve escolher exatamente um professor e dois alunos para representar a escola num evento. Se na escola há 6 professores e 10 alunos, então o total de escolhas possíveis para esse diretor é:
  • A 270
  • B 180
  • C 360
  • D 540
15
Considerando o conjunto verdade dos conectivos lógicos proposicionais e sabendo que o valor lógico de uma proposição “p” é falso e o valor lógico de uma proposição “q” é verdade, é correto afirmar que o valor lógico:
  • A da conjunção entre “p” e “q” é verdade
  • B da disjunção entre “p” e “q” é falso
  • C do bicondicional entre “p” e “q” é falso
  • D do condicional entre “p” e “q”, nessa ordem, é falso
16
Os números estão dispostos em sequência lógica 0,5,50,5,10,45,10,15,40,15,...Nessas condições a soma entre os dois próximos números dessa sequência é:
  • A 60
  • B 50
  • C 45
  • D 55
17
A negação da frase “Marcos é jogador de futebol e Ana é ciclista” é:
  • A Marcos não é jogador de futebol ou Ana não é ciclista
  • B Marcos não é jogador de futebol e Ana não é ciclista
  • C Marcos não é jogador de futebol ou Ana é ciclista
  • D Marcos não é jogador de futebol se, e somente se, Ana não é ciclista
18
Cinco carros de corrida estão enfileirados aguardando a largada. Sabe-se que atrás do vermelho só há um carro e que na frente do azul só há um carro. O total de carros na frente e atrás do carro marrom são iguais. Se o carro amarelo está na frente do carro azul, então o carro laranja é o:
  • A último da fila
  • B terceiro da fila
  • C o quarto da fila
  • D o segundo da fila
19
Sabe-se que dois quadrados têm o mesmo peso que três triângulos. Sabe-se também que dois triângulos têm o mesmo peso de três círculos. Se os objetos de formatos iguais têm o mesmo peso, então é correto afirmar que:
  • A um triângulo pesa mais que um quadrado
  • B três quadrados têm o mesmo peso que 7 círculos
  • C um quadrado têm o mesmo peso de 2 círculos
  • D quatro quadrados têm o mesmo peso que 9 círculos
20
Se é verdade que algumas crianças são paulistas e que nenhum atleta é paulista, então é necessariamente verdade que:
  • A alguma criança é atleta
  • B alguma criança não é atleta
  • C nenhuma criança é atleta
  • D algum atleta é criança

Português

21

Leia a tirinha de “Hagar”, criada pelos cartunistas Dik Browne e Chris Browne, e responda à questão.



Considerando a tirinha acima e a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, analise as afirmativas abaixo e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) A possibilidade de existir um espião na tripulação é confirmada pelo texto não-verbal da tira.

( ) A palavra “Psst”, no primeiro quadrinho, é um advérbio de negação.

( ) No trecho “sobre nosso ataque a Inglaterra” a palavra destacada deveria, obrigatoriamente, receber o acento grave, indicativo de crase.

( ) A expressão “Por que”, no primeiro quadrinho”, deveria receber acento circunflexo, sendo reescrita como “Por quê”.

( ) A oração “que o rei tenha implantando um espião entre nós!!” é uma Oração Subordinada Substantiva Subjetiva.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A F, F, V, F, V.
  • B V, V, F, V, F.
  • C V, F, V, F, V.
  • D V, V, F, F, F.
22

Leia com atenção um trecho da matéria “A leitura em cada fase da primeira infância” e responda à questão.


A leitura deve ser uma atividade da escola e da família, começando quando o bebê ainda está no útero. Para você, que atua na Primeira Infância (período da gestação aos seis anos), cabe a tarefa de mostrar aos pais como ler faz bem às crianças, ajudando seus filhos a se tornarem bons leitores.

Quanto mais palavras a criança conhecer, aos dois anos de idade, mais ela estará preparada para vivenciar suas relações sociais e aproveitar a pré-escola, obtendo melhores resultados em leitura e matemática, com mais autocontrole e menos ansiedade. Estas foram as principais conclusões de pesquisadores das universidades do Estado da Pensilvânia, Califórnia Irvine e Columbia (EUA).

Por isso, o papel dos pais é essencial, já que esse contato com a leitura deve começar durante a gestação e se intensificar no dia a dia da família. 

Mas como contar histórias para o feto? Qual o texto mais adequado para um recém-nascido? Poesia também é bom? Dúvidas pertinentes que você pode ajudar a sanar, dando algumas orientações. No caso de pais “grávidos”, vale a leitura, em voz alta, de livros que eles curtam, assim como cantar, recitar poemas e conversar com o bebê, acariciando a barriga da mãe.

Para crianças maiores, dos três aos cinco anos, as histórias podem ser mais complexas, como os contos de fadas. A diversidade também é legal. Ler notícias de jornais, revistas, tirinhas de histórias em quadrinhos, tudo é novidade. Estimular a criança a ler para os pais é outra atividade importante e desafiadora.

O importante é que, em qualquer idade, o hábito de ler faça parte do cotidiano da escola e da família, assim como comer, brincar e dormir.

                                                                   (Fonte: Blog Desenvolvimento Infantil)

Com base na interpretação do texto anterior, assinale a alternativa incorreta:
  • A No trecho “Para você, que atua na Primeira Infância (período da gestação aos seis anos), cabe a tarefa de mostrar aos pais como ler faz bem às crianças, ajudando seus filhos a se tornarem bons leitores.”, a palavra destacada é um pronome de tratamento utilizado, nesse contexto, para se referir a certa categoria profissional.
  • B A primeira infância é definida no texto como o período compreendido dos 0 aos 6 anos, tendo, como marco do encerramento desta etapa, a entrada da criança na pré-escola.
  • C No trecho “No caso de pais ‘grávidos’, vale a leitura, em voz alta, de livros que eles curtam”, a utilização de aspas, no termo destacado, ressalta a intencionalidade do autor em usar uma expressão coloquial.
  • D É possível afirmar que brincar, comer e dormir estão no mesmo patamar de importância que a leitura para o desenvolvimento infantil, podendo ser compreendido, então, como um hábito cotidiano necessário.
23

Leia com atenção um trecho da matéria “A leitura em cada fase da primeira infância” e responda à questão.


A leitura deve ser uma atividade da escola e da família, começando quando o bebê ainda está no útero. Para você, que atua na Primeira Infância (período da gestação aos seis anos), cabe a tarefa de mostrar aos pais como ler faz bem às crianças, ajudando seus filhos a se tornarem bons leitores.

Quanto mais palavras a criança conhecer, aos dois anos de idade, mais ela estará preparada para vivenciar suas relações sociais e aproveitar a pré-escola, obtendo melhores resultados em leitura e matemática, com mais autocontrole e menos ansiedade. Estas foram as principais conclusões de pesquisadores das universidades do Estado da Pensilvânia, Califórnia Irvine e Columbia (EUA).

Por isso, o papel dos pais é essencial, já que esse contato com a leitura deve começar durante a gestação e se intensificar no dia a dia da família. 

Mas como contar histórias para o feto? Qual o texto mais adequado para um recém-nascido? Poesia também é bom? Dúvidas pertinentes que você pode ajudar a sanar, dando algumas orientações. No caso de pais “grávidos”, vale a leitura, em voz alta, de livros que eles curtam, assim como cantar, recitar poemas e conversar com o bebê, acariciando a barriga da mãe.

Para crianças maiores, dos três aos cinco anos, as histórias podem ser mais complexas, como os contos de fadas. A diversidade também é legal. Ler notícias de jornais, revistas, tirinhas de histórias em quadrinhos, tudo é novidade. Estimular a criança a ler para os pais é outra atividade importante e desafiadora.

O importante é que, em qualquer idade, o hábito de ler faça parte do cotidiano da escola e da família, assim como comer, brincar e dormir.

                                                                   (Fonte: Blog Desenvolvimento Infantil)

Com base no texto anterior e na Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa correta:
  • A As palavras destacadas no trecho a seguir recebem acento gráfco pela mesma regra de acentuação: “família, começando quando o bebê ainda está no útero.”
  • B No trecho “mostrar aos pais como ler faz bem às crianças”, a regência dos verbos destacados é igual, pois ambos pedem a preposição “a”.
  • CQuanto mais palavras a criança conhecer, (...), mais ela estará preparada”, as orações iniciadas pelas conjunções destacadas são Orações Subordinadas Adverbiais Comparativas.
  • D Nos trechos “Por isso, o papel dos pais é essencial”, “Poesia também é bom” e “tudo é novidade” os três termos destacados desempenham a mesma função sintática em suas respectivas orações.
24

Leia com atenção um trecho da matéria “A leitura em cada fase da primeira infância” e responda à questão.


A leitura deve ser uma atividade da escola e da família, começando quando o bebê ainda está no útero. Para você, que atua na Primeira Infância (período da gestação aos seis anos), cabe a tarefa de mostrar aos pais como ler faz bem às crianças, ajudando seus filhos a se tornarem bons leitores.

Quanto mais palavras a criança conhecer, aos dois anos de idade, mais ela estará preparada para vivenciar suas relações sociais e aproveitar a pré-escola, obtendo melhores resultados em leitura e matemática, com mais autocontrole e menos ansiedade. Estas foram as principais conclusões de pesquisadores das universidades do Estado da Pensilvânia, Califórnia Irvine e Columbia (EUA).

Por isso, o papel dos pais é essencial, já que esse contato com a leitura deve começar durante a gestação e se intensificar no dia a dia da família. 

Mas como contar histórias para o feto? Qual o texto mais adequado para um recém-nascido? Poesia também é bom? Dúvidas pertinentes que você pode ajudar a sanar, dando algumas orientações. No caso de pais “grávidos”, vale a leitura, em voz alta, de livros que eles curtam, assim como cantar, recitar poemas e conversar com o bebê, acariciando a barriga da mãe.

Para crianças maiores, dos três aos cinco anos, as histórias podem ser mais complexas, como os contos de fadas. A diversidade também é legal. Ler notícias de jornais, revistas, tirinhas de histórias em quadrinhos, tudo é novidade. Estimular a criança a ler para os pais é outra atividade importante e desafiadora.

O importante é que, em qualquer idade, o hábito de ler faça parte do cotidiano da escola e da família, assim como comer, brincar e dormir.

                                                                   (Fonte: Blog Desenvolvimento Infantil)

Analise as orações do período a seguir “Por isso, o papel dos pais é essencial, já que esse contato com a leitura deve começar durante a gestação e se intensificar no dia a dia da família.” e assinale a alternativa correta:
  • A No trecho “Por isso, o papel dos pais é essencial”, a expressão destacada é uma conjunção subordinativa concessiva.
  • B O trecho “já que esse contato com a leitura deve começar durante a gestação” é uma Oração Subordinada Adverbial Causal.
  • C O trecho “e se intensificar no dia a dia da família” é uma Oração Coordenada Assindética.
  • D O período destacado no enunciado é um período Simples.
25

De acordo com a leitura atenta do texto acima, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta:


I. A utilização dos aparelhos eletrônicos, quando feita a uma distância segura do roteador, a menos de um metro, reduz de forma significativa a intensidade das ondas wi-fi, o que torna ainda mais inofensiva a ação dessas ondas à saúde.

II. O infográfico é um tipo de texto que, normalmente, mistura a linguagem verbal e não-verbal e tem a função de condensar informações importantes presentes no corpo do texto, sintetizando-as para o leitor. De acordo com isso, é possível dizer que o infográfico presente no texto pode responder, por si só, à pergunta feita no título.

III. Alguns tipos de ondas eletromagnéticas podem ser muito nocivos à saúde, dependendo do comprimento das ondas emitidas.

IV. O texto diferencia os tipos de ondas eletromagnéticas: as que podem ou não causar danos à saúde; caracterizando-o como um texto expositivo, em que predominam as sequências narrativas.

  • A Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas.
  • B Apenas as afirmativas I e IV estão corretas.
  • C Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
  • D Apenas as afirmativas II, III e IV estão corretas.
26

Wi-fi faz mal para a saúde?

(adaptado)


As ondas wi-fi, utilizadas para transmitir internet para vários aparelhos móveis como o celular ou o notebook, não apresentam qualquer risco para a saúde, mesmo durante a infância ou gravidez.

Isto acontece porque o tipo de ondas utilizadas é de muito baixa intensidade, sendo até 100 mil vezes mais fracas que as ondas de um micro-ondas, que também não prejudicam a saúde. Além disso, a maior parte dos roteadores ficam a mais de um metro do utilizador, o que reduz para mais de metade a intensidade original.

Desta forma, e segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso normal de ondas wi-fi não é capaz de provocar qualquer tipo de alteração no material genético das células e, por isso, também não leva ao desenvolvimento de mutações que possam provocar câncer em adultos ou problemas de desenvolvimento nas crianças.


                        


Tipos de radiação que prejudicam a saúde

As ondas eletromagnéticas capazes de alterar as células e prejudicar a saúde são aquelas que possuem um comprimento de onda inferior ao da luz visível, o que inclui a radiação do sol, conhecida como ondas UV e os raio X, por exemplo. Normalmente a exposição prolongada e sem proteção a este tipo de radiação pode levar ao surgimento de câncer.

No entanto, todos os outros tipos de radiação que possuem comprimento de onda maior, como os infra-vermelhos, as micro-ondas ou as ondas de rádio não conseguem alterar as células e, por isso, são seguros para a saúde.

Dentro desta escala, a ondas de wi-fi possuem um comprimento de onda superior às ondas de raio, o que as torna ainda mais seguras que todas as outras.

                                                                                              (Fonte: Tua Saude) 

De acordo com o texto anterior e com a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa incorreta:
  • A No trecho “as ondas de um micro-ondas, que também não prejudicam a saúde.”, a oração é classificada como Oração Subordinada Adjetiva Explicativa.
  • B No trecho “a maior parte dos roteadores ficam a mais de um metro do utilizador”, o verbo destacado também concordaria corretamente com o sujeito a que se refere caso tivesse sido escrito no singular, “fica”.
  • C No trecho “As ondas eletromagnéticas capazes de alterar as células e prejudicar a saúde são aquelas que possuem um comprimento de onda inferior ao da luz visível”, a expressão destacada é uma Oração Subordinada Adjetiva Restritiva.
  • D No trecho “um comprimento de onda superior às ondas de raio”, a expressão destacada é um objeto indireto.
27

Wi-fi faz mal para a saúde?

(adaptado)


As ondas wi-fi, utilizadas para transmitir internet para vários aparelhos móveis como o celular ou o notebook, não apresentam qualquer risco para a saúde, mesmo durante a infância ou gravidez.

Isto acontece porque o tipo de ondas utilizadas é de muito baixa intensidade, sendo até 100 mil vezes mais fracas que as ondas de um micro-ondas, que também não prejudicam a saúde. Além disso, a maior parte dos roteadores ficam a mais de um metro do utilizador, o que reduz para mais de metade a intensidade original.

Desta forma, e segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso normal de ondas wi-fi não é capaz de provocar qualquer tipo de alteração no material genético das células e, por isso, também não leva ao desenvolvimento de mutações que possam provocar câncer em adultos ou problemas de desenvolvimento nas crianças.


                        


Tipos de radiação que prejudicam a saúde

As ondas eletromagnéticas capazes de alterar as células e prejudicar a saúde são aquelas que possuem um comprimento de onda inferior ao da luz visível, o que inclui a radiação do sol, conhecida como ondas UV e os raio X, por exemplo. Normalmente a exposição prolongada e sem proteção a este tipo de radiação pode levar ao surgimento de câncer.

No entanto, todos os outros tipos de radiação que possuem comprimento de onda maior, como os infra-vermelhos, as micro-ondas ou as ondas de rádio não conseguem alterar as células e, por isso, são seguros para a saúde.

Dentro desta escala, a ondas de wi-fi possuem um comprimento de onda superior às ondas de raio, o que as torna ainda mais seguras que todas as outras.

                                                                                              (Fonte: Tua Saude) 

O termo destacado no trecho a seguir “o que reduz para mais de metade a intensidade original” deve ser classificado morfologicamente como:
  • A Pronome pessoal do caso oblíquo
  • B Artigo definido
  • C Pronome demonstrativo
  • D Preposição
28
Sobre a interpretação do trecho acima, assinale a alternativa correta.
  • A A narradora relaciona o ato de narrar histórias a uma necessidade ficcional falaciosa, visto que as pessoas sentem necessidade de narrativas mentirosas e de embusteiros de fala hábil.
  • B Ao comparar-se com os judeus que eram transportados em vagões de gado, a narradora busca evidenciar como ela se sente amarrada a uma profissão opressora, quase como uma sentença de morte.
  • C O trecho destacado marca um momento de descoberta da narradora sobre a necessidade que as pessoas têm de ouvirem histórias, e de como sua atuação como narradora de filmes proporcionava a quem a ouvia momentos de prazer e liberdade imaginativa.
  • D Segundo a narradora, os narradores judeus preferiam negar completamente a realidade e criar, sem acesso à paisagem de fora do vagão, mundos ficcionais maravilhosos.
29

Leia com atenção o trecho do livro A contadora de filmes do escritor chileno Hernán Rivera Letelier, traduzido para o português por Eric Nepomuceno e responda à questão.


Naquele tempo descobri que todo mundo gosta que alguém conte histórias. Todos querem sair da realidade um momento e viver esses mundos de ficção dos filmes, das radionovelas, dos romances. Gostam até que alguém lhes conte mentiras, se essas mentiras forem bem contadas. Essa é a razão do êxito dos embusteiros de fala hábil.

Sem nem ter pensado nisso, para eles eu tinha me transformado numa fazedora de ilusões. Numa espécie de fada, como dizia a vizinha. Minhas narrações de filme os tiravam daquele amargo nada que era o deserto, e mesmo que fosse por um instante os transportava a mundos maravilhosos, cheios de amores, sonhos e aventuras. Em vez de vê-los projetados numa tela, em minhas narrações cada um podia imaginar esses mundos ao seu bel prazer.

Certa vez li por aí, ou vi num filme, que quando os judeus eram levados pelos alemães naqueles vagões fechados, de transportar gado – com apenas uma ranhura na parte alta para que entrasse um pouco de ar –, enquanto iam atravessando campos com cheiro de capim úmido, escolhiam o melhor narrador entre eles e, subindo-o em seus ombros, o elevavam até a ranhura para que fosse descrevendo a paisagem e contando o que via conforme o trem avançava.

Eu agora estou convencida de que entre eles deve ter havido muitos que preferiam imaginar as maravilhas contadas pelos companheiro a ter o privilégio de olhar pela ranhura.

Partindo da compreensão do trecho acima e da Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa incorreta:
  • A No trecho “o elevavam até a ranhura para que fosse descrevendo a paisagem e contando o que via” é uma Oração Subordinada Substantiva Objetiva Indireta.
  • B No trecho “Gostam até que alguém lhes conte mentiras”, a palavra destacada é um objeto indireto.
  • C No trecho “Em vez de vê-los projetados numa tela”, o termo destacado é um objeto direto.
  • D No período “Naquele tempo descobri que todo mundo gosta que alguém conte histórias.”, o trecho destacado é uma Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta.
30

Carta ao Leitor

Nunca te vi, sempre te amei


(...)

De todas as tarefas que fazem parte da rotina de redação de Galileu, a mais prazerosa certamente é ler as cartas dos leitores. Os fãs da revista são de fato especiais e suas cartas traduzem isso. São criativos, curiosos, observadores e não deixam passar nada. Fazem perguntas tão difíceis quanto imprevisíveis. Querem saber de tudo: do monstro do Lago Ness ao Projeto Genoma Humano. E não se contentam com respostas pela metade. Ler as dúvidas que aparecem nas cartas, os comentários sobre as reportagens passadas e as sugestões de futuras é gratificante para qualquer jornalista. Ainda mais para nós, jornalistas de Galileu, que adoramos um bom desafio.

Felizmente, a revista conta com uma arma secreta para satisfazer tantas pessoas exigentes. Vou apresentá-la agora: Luiz Francisco Senne, nosso secretário de produção, professor de português, roqueiro, colecionador de discos de vinil e livros usados, e responsável pelo atendimento aos leitores. Kiko, como é muito mais conhecido, sabe também driblar as angústias dos nossos jovens amigos em apuros.

Muitos pedem ajuda a Galileu quando recebem dos professores uma tarefa complicada e não sabem a quem recorrer. Kiko responde delicada mas firmemente: não dá para fazer o trabalho escolar no lugar do aluno (é festa agora?). Mas simpatiza com o drama de leitores como este cuja mensagem é reproduzida acima: “Vocês não poderiam dar uma dica de como ir bem numa prova de física porque o meu cérebro está cansado?” Atendendo ao apelo levado aos repórteres por Kiko, Galileu oferece a seus leitores a matéria “Os cientistas alertam: não deveríamos existir”, do editor Marcelo Ferroni. Ela mostra que a física pode ser criativa em vez de uma aula chata. Quer ver?

                                                  Martha San Juan França, Diretora de Redação 

Leia atentamente ao texto “Nunca te vi, mas sempre te amei” publicado na seção “Carta ao leitor” da revista Galileu e assinale a alternativa correta.
  • A Simpático aos dramas dos leitores, Kiko se recusa a fazer as tarefas dos alunos, principalmente quando se trata de tarefas com questões delicadas e complexas.
  • B No título “nunca te vi, mas sempre te amei”, a palavra “te” faz referência a Martha San Juan França, Diretora de Redação da revista Galileu.
  • C Luiz Francisco Senne é apontado como “professor de português, roqueiro, colecionador de discos de vinil e livros usados”, o que o ajuda a efetivamente ser um excelente responsável pelo atendimento dos leitores.
  • D O trecho “Querem saber de tudo: do monstro do Lago Ness ao Projeto Genoma Humano.” exemplifica a imprevisibilidade temática das perguntas feitas pelos leitores, que abordam assuntos de natureza mítica-fantástica a temas de concreta relevância científica.
31

Carta ao Leitor

Nunca te vi, sempre te amei


(...)

De todas as tarefas que fazem parte da rotina de redação de Galileu, a mais prazerosa certamente é ler as cartas dos leitores. Os fãs da revista são de fato especiais e suas cartas traduzem isso. São criativos, curiosos, observadores e não deixam passar nada. Fazem perguntas tão difíceis quanto imprevisíveis. Querem saber de tudo: do monstro do Lago Ness ao Projeto Genoma Humano. E não se contentam com respostas pela metade. Ler as dúvidas que aparecem nas cartas, os comentários sobre as reportagens passadas e as sugestões de futuras é gratificante para qualquer jornalista. Ainda mais para nós, jornalistas de Galileu, que adoramos um bom desafio.

Felizmente, a revista conta com uma arma secreta para satisfazer tantas pessoas exigentes. Vou apresentá-la agora: Luiz Francisco Senne, nosso secretário de produção, professor de português, roqueiro, colecionador de discos de vinil e livros usados, e responsável pelo atendimento aos leitores. Kiko, como é muito mais conhecido, sabe também driblar as angústias dos nossos jovens amigos em apuros.

Muitos pedem ajuda a Galileu quando recebem dos professores uma tarefa complicada e não sabem a quem recorrer. Kiko responde delicada mas firmemente: não dá para fazer o trabalho escolar no lugar do aluno (é festa agora?). Mas simpatiza com o drama de leitores como este cuja mensagem é reproduzida acima: “Vocês não poderiam dar uma dica de como ir bem numa prova de física porque o meu cérebro está cansado?” Atendendo ao apelo levado aos repórteres por Kiko, Galileu oferece a seus leitores a matéria “Os cientistas alertam: não deveríamos existir”, do editor Marcelo Ferroni. Ela mostra que a física pode ser criativa em vez de uma aula chata. Quer ver?

                                                  Martha San Juan França, Diretora de Redação 

De acordo com o texto acima e com a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa incorreta:
  • A No trecho “Kiko, como é muito mais conhecido, sabe também driblar as angústias dos nossos jovens amigos em apuros.”, o termo destacado é classificado como Verbo Transitivo Direto e Indireto.
  • B No trecho “Muitos pedem ajuda a Galileu quando recebem dos professores uma tarefa complicada”, a oração destacada é classificada como Oração Subordinada Adverbial Temporal.
  • C No trecho “Ainda mais para nós, jornalistas de Galileu, que adoramos um bom desafio.” a expressão destacada é classificada como Aposto.
  • D No trecho “Ela mostra que a física pode ser criativa em vez de uma aula chata.”, o termo destacado é classificado como conjunção integrante.
32

Leia com atenção o poema “Guardar” do poeta brasileiro Antonio Cícero e responda à questão.


Guardar

Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la.

Em cofre não se guarda coisa alguma.

Em cofre perde-se a coisa à vista.

Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por admirá-la, isto

é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.

Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por ela, isto

é, velar por ela, isto é, estar acordado por ela, isto é,

estar por ela ou ser por ela.

Por isso, melhor se guarda o voo de um pássaro

Do que de um pássaro sem voos.

Por isso se escreve, por isso se diz, por isso se publica, por

isso se declara e declama um poema:

Para guardá-lo:

Para que ele, por sua vez, guarde o que guarda:

Guarde o que quer que guarda um poema:

Por isso o lance do poema:

Por guardar-se o que se quer guardar.

                                                                                                   (Fonte: Pensador)

Com base na leitura e interpretação do poema acima, assinale a alternativa incorreta.
  • A A centralidade temática do poema consiste na tentativa do eu-lírico compreender e ressignificar de forma profunda e particular o sentido da palavra “guardar”.
  • B Nos versos “Por isso, melhor se guarda o voo de um pássaro/ Do que um pássaro sem voos”, o eu-lírico busca, de forma poética, parafrasear a imagem do ditado popular “mais vale um pássaro na mão do que dois voando”, preservando o seu sentido original.
  • C Nos versos “Em cofre não se guarda coisa alguma/ Em cofre perde-se a coisa à vista”, o poema cria um paradoxo ao desconstruir a utilidade, por definição, atribuída ao objeto cofre afirmando que uma coisa em um cofre se perde de algum modo.
  • D O eu-lírico compreende que escrever, publicar, declarar e declamar um poema é uma forma de guardar o assunto que este poema contém.
33

Leia com atenção o poema “Guardar” do poeta brasileiro Antonio Cícero e responda à questão.


Guardar

Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la.

Em cofre não se guarda coisa alguma.

Em cofre perde-se a coisa à vista.

Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por admirá-la, isto

é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.

Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por ela, isto

é, velar por ela, isto é, estar acordado por ela, isto é,

estar por ela ou ser por ela.

Por isso, melhor se guarda o voo de um pássaro

Do que de um pássaro sem voos.

Por isso se escreve, por isso se diz, por isso se publica, por

isso se declara e declama um poema:

Para guardá-lo:

Para que ele, por sua vez, guarde o que guarda:

Guarde o que quer que guarda um poema:

Por isso o lance do poema:

Por guardar-se o que se quer guardar.

                                                                                                   (Fonte: Pensador)

Considerando o poema acima e a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, analise as afirmativas abaixo e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).


( ) No trecho “Guardar uma coisa não é escondê-la”, o termo destacado corresponde ao Pronome Pessoal do caso oblíquo “a” corretamente grafado quando colocado após um verbo no infinitivo.

( ) No trecho “Em cofre não se guarda coisa alguma.”, o termo destacado é uma Locução Adverbial.

( ) No trecho “mirá-la por admirá-la, isto é, iluminá-la” a expressão destacada pode ser substituída, sem alteração de sentido, pelo termo “ou seja”.

( ) No trecho “Por isso, melhor se guarda o voo de um pássaro”, o termo destacado é uma Conjunção Coordenativa Adversativa.

( ) No trecho “Guarde o que quer que guarda um poema”, o termo destacado é um artigo definido.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A V, V, V, F, V.
  • B V, V, V, F, F.
  • C F, F, V, V, F.
  • D F, V, F, F, F.
34

Leia a tira de “Níquel Náusea”, criada pelo cartunista brasileiro Fernando Gonsales, para responder à questão.


                    

A partir da interpretação da tira anterior, assinale a alternativa correta.
  • A No primeiro quadrinho, a palavra “chinelo” representa um símbolo de controle, que garante ao seu dono um poder absoluto.
  • B No terceiro quadrinho a oração “Não suporto filosofia barata”, a palavra “barata” é um vocativo, pois faz um chamamento direto à personagem.
  • C A tirinha é construída por um monólogo da barata que está incomodando o rato, o que pode ser explicado pela sua expressão facial.
  • D Os termos “chinelo” e “naftalina”, usados no primeiro e segundo quadrinhos, são adjetivos relacionados ao sujeito “barata”.
35

Leia a tira de “Níquel Náusea”, criada pelo cartunista brasileiro Fernando Gonsales, para responder à questão.


                    

De acordo com a tira e a Gramática Normativa da Língua Portuguesa, assinale a alternativa correta:
  • A A palavra “quem” no primeiro quadrinho é um pronome interrogativo.
  • B A palavra “um” no primeiro quadrinho é um artigo indefinido.
  • C A palavra “rolando” no segundo quadrinho é um verbo no infinitivo.
  • D A palavra “suporto” no último quadrinho é um verbo conjugado na primeira pessoa do singular no presente do modo indicativo.
36

Leia o trecho a seguir para responder a questão.


Trem Bala - Ana Vilela

[...] A gente não pode ter tudo

Qual seria a graça do mundo se fosse assim?

Por isso eu prefiro sorrisos

E os presentes que a vida trouxe pra perto de mim [...]

Segura teu filho no colo

Sorria e abraça os teus pais enquanto estão aqui

Que a vida é trem-bala parceiro

E a gente é só passageiro prestes a partir [...]

Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta:


I. A música apresenta uma encadeação de pareceres de como se ter um viver mais jucundo

II. Há a presença de uma indagação sobre os haveres humanos e uma posição convergente ao processo de busca por estes ideais.

III. Amparar os filhos e dar atenção e apreço aos pais é algo vultoso.


Estão corretas as afirmativas:

  • A I e II apenas.
  • B II e III apenas.
  • C I apenas.
  • D I e III apenas.
37


Na charge, aparecem por quatro vezes a letra o de forma isolada, no 1º e 3º balão de fala. Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta sobre a função sintática desta letra isolada no texto.


I. O 1º e 3º uso têm a função de acompanhar o pronome interrogativo que e substitui uma intenção.

II. No 2º e 4º uso são classificados como pronomes pessoais do caso reto e substituem o nome do interlocutor.

III. O 2º e 4º uso são classificados como pronomes pessoais oblíquos e aparecem corretamente no texto na forma proclítica.

IV. O 1º e 3º têm a função de pronomes e o 2º e 4º têm a função de artigos que acompanham verbos.

Estão corretas

  • A I e IV apenas
  • B II e III apenas
  • C I e III apenas
  • D II e IV apenas
38

Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente as lacunas.

I. Cheguei ____ Curitiba depois de longas horas ao volante.

II. Chegamos ___ duas horas em ponto e o almoço ainda estava ___ nos esperar.

III. Já chegaram ___terra. Os radares da NASA foram avisados.

IV. Já chegamos ___ terra dos antepassados. Foi como tivéssemos feito uma bela viagem no túnel do tempo.

  • A a, às, a, a, à.
  • B à, às, à, a, a.
  • C há, as ,a, à, à.
  • D a, às, à, a, a.
39

De acordo com as regras de ortografa, atribua valores Verdadeiro (V) ou Falso (F) para as afirmações a seguir.

( ) A palavra pega-pega é escrita com hífen, pois é composta por dois vocábulos semelhantes.

( ) Girassol deve ser escrito sem o hífen, pois o primeiro elemento é verbo e o segundo substantivo.

( ) Usa-se hífen em palavras que apresentam elementos de ligação como cara-de-pau.

( ) Não se usa hífen se o prefxo terminar com a mesma letra com que se inicia a outra palavra. Ex: anti inflacionário.


Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.

  • A V, V, F, F
  • B V, F, F, F
  • C F, F, V, V
  • D V, F, V, V
40
Considere os enunciados abaixo e assinale a alternativa incorreta, ou seja, a que não segue as normas de regência nominal e verbal.
  • A Aquela senhora sempre foi caridosa para com os pobres.
  • B O senhor reside à rua Euclides da Cunha, 28.
  • C Esta recusa a fazer o que precisa, irrita-me profundamente.
  • D A jovem assiste todos os dias às novelas da TV.
Voltar para lista