Resolver o Simulado IDHTEC

0 / 40

Português

1

Assinale a alternativa na qual as palavras estão grafadas corretamente de acordo com a série: feixe, azedo, admissão.

  • A Graxeiro, catequeze- transgressão.
  • B Xavante - profetizar- progresso.
  • C Enxarcar - pesquizar – sucesso.
  • D Nenhuma das alternativas.
2
Em “Ainda ficam intrigados com os mistérios do cérebro os neurologistas modernos”, o termo grifado é:
  • A Predicativo do objeto.
  • B Objeto direto.
  • C Predicativo do sujeito.
  • D Objeto indireto.
3

TEXTO I

O último paradoxo da vida moderna: por que ficamos presos ao celular, mas odiamos falar por telefone?

Não deixe uma ligação rápida arruinar uma longa e confusa série de mensagens de WhatsApp

SILVIA LÓPEZ

     Para iniciar um texto, Hemingway dizia a si mesmo: “Escreva a frase mais verdadeira que você conhece”. Neste caso, seria: a psicóloga Cristina Pérez, do Siquia, respondeu por meio de mensagens de áudio às perguntas que lhe enviamos por email. Essa curiosidade meta jornalística não tem importância, não altera a qualidade de suas respostas, só ilustra a variedade e fluidez de opções com as quais podemos nos comunicar hoje. Recebemos um email? Respondemos com um áudio. Chegou um áudio de WhatsApp? Respondemos com um texto. Recebemos um telefonema? Não respondemos. Esperamos. Esperamos. E escrevemos: “Você me ligou? Não posso falar, é melhor me escrever”. O paradoxo do grande vício do século XXI é que estamos presos ao celular, mas temos fobia das ligações telefônicas.

     A ligação telefônica − que, até não muito tempo atrás, esperávamos com alegria ou tolerávamos com resignação, mas nunca evitávamos com uma rejeição universal − se tornou uma presença intrusiva e incômoda, perturbadora e tirânica, mas por quê? “Uma das razões é que quando recebemos uma ligação, ela interrompe algo que estávamos fazendo, ou simplesmente não temos vontade de falar nesse momento”, explica a psicóloga Cristina Pérez. “Por outro lado, também exige de nós uma resposta imediata, ao contrário do que ocorre na comunicação escrita, que nos permite pensar bem no que queremos dizer. E a terceira razão seria o fato de não poder saber de antemão qual será a duração do telefonema”, acrescenta. 

Adaptado de<https://brasil.elpais.com/brasil/2019/06/01/tecnologia/1559392400_168692.html>. Acesso em: 25 jun. 2019

Em “[...] esperávamos com alegria ou tolerávamos com resignação, mas nunca evitávamos com uma rejeição universal.”,
  • A há uma relação de oposição entre esperar com alegria e tolerar com resignação.
  • B a acentuação de “esperávamos”, “tolerávamos” e “evitávamos” se deve ao fato de serem verbos.
  • C não é possível identificar os sujeitos dos verbos presentes no excerto.
  • D todos os verbos apresentam o mesmo sujeito e estão no mesmo modo.
  • E o uso da vírgula é facultativo.
4
Assinale a frase em que a regência do verbo respeita a norma-padrão:
  • A Lembrei-me dos turbulentos momentos de minha adolescência.
  • B Os técnicos avisaram aos jogadores o horário do treino.
  • C Não se deve desobedecer as leis de trânsito.
  • D Nenhuma das alternativas.
5
Sobre concordância verbal, assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas das frases a seguir: Já____ muitos meses que não se viam, porém ____muitas possibilidades que ainda ____ e vivam felizes.
  • A devem fazer, tem, se apaixone
  • B deve fazer, há, se apaixonem
  • C fazem, há, se apaixonem
  • D Nenhuma das alternativas.
6
Nas palavras abaixo, a grafia de ambas as palavras está CORRETA em:
  • A Meretíssimo / admissão.
  • B Beneficiente / distensão.
  • C Adivinhar / encharcar.
  • D Nenhuma das alternativas.
7
Quanto ao uso, ou não, do sinal de crase, assinale a alternativa incorreta.
  • A O porteiro sempre chega às nove horas e vai embora à meia-noite.
  • B No jogo de ontem, o jovem atacante fez um gol à Pelé.
  • C Os alpinistas retornaram à base da montanha depois de dois dias de escalada.
  • D Os nadadores demoram para retornar à terra.
8
Assinale a alternativa em que a concordância verbal obedece à norma culta:
  • A O ruído dos caminhões e das máquinas perturbam a comunidade local.
  • B Haviam muitos empresários interessados naqueles terrenos.
  • C Somos nós quem paga a conta pelo desleixo das obras públicas.
  • D Nenhuma das alternativas.
9



Após a leitura desses textos, comparando-os ao conteúdo do Texto 1, é CORRETO afirmar que

  • A o texto 2 remete a uma ilustração alusiva ao perfil da economia solidária de que trata o Texto 1.
  • B o texto 3 é uma ilustração que critica o corporativismo inerente à economia solidária tratada no Texto 1.
  • C os textos 2 e 3 não têm relação com conteúdo do texto 1, exceto quanto ao tema “economia solidária” nele abordado.
  • D os textos 2 e 3 tratam da exploração de mão de obra das empresas de economia solidária abordada no texto 1.
10
Assinale a alternativa onde a voz verbal é reflexiva.
  • A Todo ano, em agosto, os ipês florescem majestosamente.
  • B Os atletas atiraram-se na piscina.
  • C O projeto foi pensado como uma boa solução para a escola.
  • D As garças pousaram perto do rio.
11

Quanto aos tipos textuais, assinale cada item como (V) verdadeiro ou (F) falso e marque a alternativa correta:


( ) Texto explicativo prescritivo: instrui o receptor com relação a determinado procedimento, sem permitir sua liberdade de ação.

( ) Texto explicativo injuntivo: também conhecido como instrucional, busca orientar o receptor com o uso de verbos no imperativo, no sentido de persuadi-lo.

( ) Texto dissertativo argumentativo: exposição de tema ou assunto com o uso de argumentos defendendo um determinado ponto de vista.

( ) Texto dissertativo expositivo: exposição de uma ideia, usando conceitos, comparações, definições, descrições e informações.

( ) Texto descritivo: apresentações, ações em determinado tempo e espaço. Sua estrutura é composta por apresentação, desenvolvimento, clímax e desfecho.

( ) Texto narrativo: relato e exposição de acontecimento, lugar ou pessoa, sendo assim rico em adjetivos que possam transmitir imagens.

  • A V - V - V - V - V - V.
  • B F - V - V - F - V - F.
  • C V - V - V - V - F - F.
  • D F - V - F - V - F - F.
12

Instrução: A questão refere-se ao texto abaixo. Os destaques ao longo do texto estão citados na questão.



De acordo com o contexto de ocorrência e sem causar incorreção à estrutura e ao sentido, o vocábulo ‘falacioso’ (l. 25) poderia ser correta e adequadamente substituído por:

  • A Falaz.
  • B Mórbido.
  • C Inexequível.
  • D Inexpugnável.
  • E Fatídico.
13


O vocábulo ‘mas’ (l. 22) funciona como conjunção _______________, expressando ideia de ___________, podendo ser substituído, sem provocar alteração de sentido, por ________________.


Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas do trecho acima.

  • A coordenativa – modo – embora
  • B integrante – oposição – ainda que
  • C subordinativa – dedução – logo
  • D integrante – causa – desde que
  • E coordenativa – ressalva – entretanto
14

TEXTO I

O último paradoxo da vida moderna: por que ficamos presos ao celular, mas odiamos falar por telefone?

Não deixe uma ligação rápida arruinar uma longa e confusa série de mensagens de WhatsApp

SILVIA LÓPEZ

     Para iniciar um texto, Hemingway dizia a si mesmo: “Escreva a frase mais verdadeira que você conhece”. Neste caso, seria: a psicóloga Cristina Pérez, do Siquia, respondeu por meio de mensagens de áudio às perguntas que lhe enviamos por email. Essa curiosidade meta jornalística não tem importância, não altera a qualidade de suas respostas, só ilustra a variedade e fluidez de opções com as quais podemos nos comunicar hoje. Recebemos um email? Respondemos com um áudio. Chegou um áudio de WhatsApp? Respondemos com um texto. Recebemos um telefonema? Não respondemos. Esperamos. Esperamos. E escrevemos: “Você me ligou? Não posso falar, é melhor me escrever”. O paradoxo do grande vício do século XXI é que estamos presos ao celular, mas temos fobia das ligações telefônicas.

     A ligação telefônica − que, até não muito tempo atrás, esperávamos com alegria ou tolerávamos com resignação, mas nunca evitávamos com uma rejeição universal − se tornou uma presença intrusiva e incômoda, perturbadora e tirânica, mas por quê? “Uma das razões é que quando recebemos uma ligação, ela interrompe algo que estávamos fazendo, ou simplesmente não temos vontade de falar nesse momento”, explica a psicóloga Cristina Pérez. “Por outro lado, também exige de nós uma resposta imediata, ao contrário do que ocorre na comunicação escrita, que nos permite pensar bem no que queremos dizer. E a terceira razão seria o fato de não poder saber de antemão qual será a duração do telefonema”, acrescenta. 

Adaptado de<https://brasil.elpais.com/brasil/2019/06/01/tecnologia/1559392400_168692.html>. Acesso em: 25 jun. 2019

Qual é a relação de sentido estabelecida no excerto “Não posso falar, é melhor me escrever”?
  • A Contraste.
  • B Causalidade.
  • C Adição.
  • D Conformidade.
  • E Finalidade.
15

Sobre figuras de linguagem, faça a associação de acordo com o seguinte código:


(A) Antítese

(B) Paradoxo

(C) Eufemismo

(D) Prosopopeia

(E) Perífrase

(F) Comparação


( ) Amou daquela vez como se fosse máquina

Beijou sua mulher como se fosse lógico

Ergueu no patamar quatro paredes flácidas

Sentou pra descansar como se fosse um pássaro

E flutuou no ar como se fosse um príncipe

E se acabou no chão feito um pacote bêbado. (Chico Buarque).

( ) E pela paz derradeira que enfim vai nos redimir

Deus lhe pague. (Chico Buarque).

( ) Onde queres prazer sou o que dói

E onde queres tortura, mansidão

Onde queres um lar, revolução

E onde queres bandido sou herói. (Caetano Veloso).

( ) Cidade maravilhosa

Cheia de encantos mil

Cidade maravilhosa

Coração do meu Brasil. (André Filho).

( ) Amor é fogo que arde sem se ver

É ferida que dói e não se sente

É um contentamento descontente

É dor que desatina sem doer. (Camões).

( ) ... A lua

Tal qual a dona do bordel

Pedia a cada estrela fria

Um brilho de aluguel. (João Bosco).

  • A F – C – A – E – B – D.
  • B A – C – F – B – E – D.
  • C C – A – F – D – B – E.
  • D F – A – C – E – D – B.
16

Instrução: A questão refere-se ao texto abaixo. Os destaques ao longo do texto estão citados na questão.



Sobre o uso de acentuação gráfica em vocábulos do texto, afirma-se que:
I. Na linha 12, visando a correção gramatical, ‘deprimi’ deveria ser grafada com acento no segundo ‘i’, assumindo a forma ‘deprimí’.

II. Na linha 22, caso a forma verbal ‘confessara’ recebesse acento gráfico na última sílaba, alterar-se-ia o tempo e o modo verbais em que está flexionada.

III. Em outro contexto, tanto a palavra ‘médico’ (l. 25) quanto ‘estágio’ (l. 29) podem aparecer sem o acento gráfico, alterando-se, pois, a classe gramatical a que pertencem.
Quais estão corretas?

  • A Apenas I.
  • B Apenas II.
  • C Apenas III.
  • D Apenas I e II.
  • E Apenas II e III.
17


Avalie as seguintes propostas de supressão de vocábulos do texto:


I. ‘quase’ na linha 01.

II. ‘certos’ na linha 27.

III. ‘pelo menos’ na linha 39.


Quais provocam alteração de sentido nos respectivos contextos de ocorrência?

  • A Apenas I.
  • B Apenas II.
  • C Apenas I e II.
  • D Apenas II e III.
  • E I, II e III.
18
As palavras “cancelamento”, “enriquecer”, “desapego” são respectivamente formadas pelos processos de:
  • A Derivação prefixal e sufixal, prefixação, sufixação.
  • B Derivação sufixal, parassíntese, sufixação.
  • C Derivação sufixal, parassíntese, prefixação.
  • D Nenhuma das alternativas.
19
Quanto à colocação pronominal, assinale a alternativa incorreta.
  • A Sei que isso a incomoda demais.
  • B Dizem que te consideras um verdadeiro gênio.
  • C O governador quer disputar a reeleição; ser-lhe-ão úteis, para isso, os velhos aliados de sempre.
  • D A atual Mata Atlântica, infelizmente, se resume a apenas 8% de sua formação original.
20

Sobre funções da linguagem, marque (V) verdadeiro ou (F) falso e assinale a alternativa correta:


( ) Função referencial ou denotativa: privilegia o contexto, evidencia o assunto, o objeto, os fatos, os juízos.

( ) Função emotiva ou expressiva: quando há ênfase no emissor (1ª pessoa) e na expressão direta de suas emoções e atitudes.

( ) Função conativa ou de apelo: busca mobilizar a atenção do receptor, produzindo um apelo ou uma ordem.

( ) Função fática: a ênfase está no canal para checar sua recepção ou manter a conexão entre os falantes.

( ) Função poética: visa à tradução do código ou à elaboração do discurso.

  • A F – V – V – V – F.
  • B V – V – V – V – F.
  • C V – F – F – V – V.
  • D V – V – V – V – V.

Pedagogia

21

Os Parâmetros Curriculares Nacionais indicam como objetivos do ensino fundamental que os alunos sejam capazes, entre outros, de:


(i) Compreender a cidadania como participação social e política, assim como exercício de direitos e deveres políticos, civis e sociais, adotando, no dia-a-dia, atitudes de solidariedade, cooperação e repúdio às injustiças, respeitando o outro e exigindo para si o mesmo respeito.

(ii) Conhecer características fundamentais do Brasil nas dimensões sociais, materiais e culturais como meio para construir progressivamente a noção de identidade nacional e pessoal e o sentimento de pertinência ao País.

(iii) Conhecer e valorizar a pluralidade do patrimônio sociocultural brasileiro, bem como aspectos socioculturais de outros povos e nações, posicionando-se contra qualquer discriminação baseada em diferenças culturais, de classe social, de crenças, de sexo, de etnia ou outras características individuais e sociais.

(iv) Utilizar as diferentes linguagens — verbal, matemática, gráfica, plástica e corporal — como meio para produzir, expressar e comunicar suas ideias, interpretar e usufruir das produções culturais, em contextos públicos e privados, atendendo a diferentes intenções e situações de comunicação.


Quais itens estão conforme os Parâmetros Curriculares Nacionais?

  • A Apenas (i), (ii) e (iii).
  • B Apenas (ii) e (iii).
  • C Apenas (i) e (iv).
  • D (i), (ii), (iii) e (iv).
22

Conforme definido na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB, Lei nº 9.394/1996), a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) deve nortear os currículos dos sistemas e redes de ensino das Unidades Federativas, como também as propostas pedagógicas de todas as escolas públicas e privadas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, em todo o Brasil.


De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), marque a alternativa incorreta.

  • A A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.
  • B Na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), competência é definida como a mobilização de conhecimentos (conceitos e procedimentos), habilidades (práticas, cognitivas e socioemocionais), atitudes e valores para resolver demandas complexas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e do mundo do trabalho.
  • C A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é referência nacional para a formulação dos currículos dos sistemas e das redes escolares dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e das propostas pedagógicas das instituições escolares.
  • D Ao longo da Educação Básica e da Educação Superior, as aprendizagens essenciais definidas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) devem concorrer para assegurar aos estudantes o desenvolvimento de dez competências gerais, que consubstanciam, no âmbito pedagógico, os direitos de aprendizagem e desenvolvimento.
23
A Educação Especial se realiza em todos os níveis, etapas e modalidades de ensino, tendo o AEE como parte integrante do processo educacional. Sobre alunos com deficiência que são considerados público-alvo do AEE assinale a alternativa CORRETA que os define:
  • A São alunos que apresentam um quadro de alterações no desenvolvimento neuropsicomotor, comprometimento nas relações sociais, na comunicação ou estereotipias motoras.
  • B São alunos que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, intelectual, mental ou sensorial.
  • C São alunos que apresentam um potencial elevado e grande envolvimento com as áreas do conhecimento humano, isoladas ou combinadas: intelectual, liderança, psicomotora, artes e criatividade.
  • D Nenhuma das alternativas.
24
Relacione as colunas abaixo referente a algumas modalidades de gestão: 1- Gestão pedagógica: 2- Gestão de pessoas: 3- Gestão democrática: ( ) se assenta na promoção de educação de qualidade para todos os alunos, de modo que cada um deles tenha a oportunidade de acesso, sucesso e progresso educacional com qualidade, numa escola dinâmica que oferta ensino contextualizado em seu tempo e segundo a realidade atual, com perspectiva de futuro. ( ) corresponde à superação do sentido limitado de administração de recursos humanos para a gestão escolar, envolve todos os aspectos do processo humano. ( ) considerada a mais importante, pois está mais diretamente envolvida com o foco da escola que é o de promover aprendizagem e formação dos alunos. Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
  • A 2-1-3.
  • B 1-3-2.
  • C 3-2-1.
  • D Nenhuma das alternativas.
25
Com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica na modalidade de educação de jovens e adultos. A Educação de Jovens e Adultos (EJA) destina-se aos que se situam na faixa etária superior à considerada própria, no nível de conclusão do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Sendo assim cabe aos sistemas educativos:
  • A permitir percursos individualizados e conteúdos significativos para os jovens e adultos, providos o suporte e a atenção individuais às diferentes necessidades dos estudantes no processo de aprendizagem, mediante atividades diversificadas.
  • B viabilizar a oferta de cursos gratuitos aos jovens e aos adultos, proporcionando-lhes oportunidades educacionais apropriadas, consideradas as características do alunado, seus interesses, condições de vida e de trabalho, mediante cursos, exames, ações integradas e complementares entre si, estruturados em um projeto pedagógico próprio.
  • C promover a motivação e a orientação permanente dos estudantes, visando maior participação nas aulas e seu melhor aproveitamento e desempenho, realizando sistematicamente, a formação continuada, destinada, especificamente, aos educadores de jovens e adultos.
  • D Nenhuma das alternativas.
26

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) diz que a proposta pedagógica é um documento de referência. Por meio dela, a comunidade escolar exerce sua autonomia:

  • A Filosófica, histórica e pedagógica.
  • B Financeira, administrativa e pedagógica.
  • C Política, social e cultural.
  • D Cultural, administrativa e filantrópica.
  • E Administrativa, política e social.
27

Paulo Freire criticava uma concepção “bancária” de educação, que apresenta como características:


I. Relação de verticalidade entre professor e aluno.

II. Processo de ensino centrado na narração.

III. Valorização da memorização mecânica dos conteúdos.

IV. O educando é sujeito ativo do processo educativo.


Quais estão corretas?

  • A Apenas I e II.
  • B Apenas III e IV.
  • C Apenas I, II e III.
  • D Apenas II, III e IV.
  • E I, II, III e IV.
28

Segundo a LDBEN, a educação tem como finalidade:


I. O pleno desenvolvimento do aluno.

II. O preparo do aluno para o exercício da cidadania.

III. Qualificação para o exercício da vida acadêmica do ensino superior.


Quais estão corretas?

  • A Apenas I.
  • B Apenas II.
  • C Apenas III.
  • D Apenas I e II.
  • E I, II e III.
29

Na pedagogia de Paulo Freire, os denominados “temas geradores” são extraídos:

  • A Da cultura universal.
  • B Dos livros didáticos oficiais.
  • C Da prática de vida dos educandos.
  • D Do Plano de Curso.
  • E Pelo professor, de forma prévia.
30

De acordo com a LDBEN, o ensino será ministrado com base nos seguintes princípios, EXCETO:

  • A Gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais e não oficiais.
  • B Gestão democrática do ensino público, na forma desta Lei e da legislação dos sistemas de ensino.
  • C Valorização da experiência extraescolar.
  • D Vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais.
  • E Consideração com a diversidade étnico-racial.
31

A Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva tem como objetivo o acesso, a participação e a aprendizagem dos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades / superdotação nas escolas regulares, orientando os sistemas de ensino para promover respostas às necessidades educacionais.


São garantias da Política Nacional de Educação Especial, exceto:

  • A A formação de professores para o atendimento educacional especializado e demais profissionais da educação para a inclusão escolar.
  • B A acessibilidade urbanística, arquitetônica, nos mobiliários e equipamentos, nos transportes, na comunicação e informação.
  • C A transversalidade da educação especial a partir do Ensino Fundamental até a Educação Superior, com atendimento educacional especializado.
  • D A participação da família e da comunidade e a articulação intersetorial na implementação das políticas públicas.
32

Saviani (2008) estudioso da corrente pedagógica “ ___________________ ” pondera que os conteúdos que conferem esta corrente são ________________ e são articulados pela humanidade frente à _____________________ na qual a sociedade se encontra. O aluno é visto como integrante das discussões e o professor, um vínculo entre o saber sistematizado e o educando. Sobre o papel da escola, esta tem que disseminar conteúdos vivos, claros, palpáveis e inerentes às __________________.


Assinale a alternativa CORRETA com as palavras que correspondem às lacunas:

  • A Pedagogia Tecnicista; profissionais; situação; cultura.
  • B Pedagogia Histórico Crítica; culturais universais; realidade social; realidades sociais.
  • C Pedagogia Tradicional; flexíveis; educação profissional; escolas.
  • D Pedagogia Progressista; reflexivos; escola; discussões.
  • E Pedagogia Histórico Crítica; determinados; escola; políticas públicas.
33
Qual o trabalho do pedagogo com relação a alunos com transtornos funcionais específicos e/ou transtornos psiquiátricos?
  • A Apresentar e intermediar estratégias específicas para os casos que se apresentem no ambiente escolar. Buscar a interação entre família, profissionais especializados e professores para que o processo de ensino aprendizagem aconteça de forma efetiva, preparando também toda a comunidade escolar para receber este aluno.
  • B Fazer a interlocução entre os profissionais especializados e os professores para que o processo ensino aprendizagem ocorra de forma satisfatória.
  • C Trabalhar individualmente com o aluno com algum tipo de transtorno, proporcionando melhor aprendizagem do aluno, interagindo com profissionais especializados e a família deste educando.
  • D Oferecer subsídios pedagógicos que se façam necessários para o processo ensino aprendizagem, buscando técnicas e métodos adequados para o professor ensinar.
  • E Trazer para a escola profissionais especializados para ministrarem cursos e oferecerem subsídios para o trabalho do professor, tornando efetivo o processo de ensino aprendizagem.
34

Leia as asserções a seguir, que tratam sobre as Diretrizes para a Gestão das atividades de ensino, pesquisa e extensão no âmbito do Instituto Federal do Paraná (2009):


I - Das atividades de pesquisa: Serão consideradas Atividades de Pesquisa as ações do docente realizadas individualmente ou, preferencialmente, em grupos de pesquisa, atendendo as demandas dos arranjos produtivo, social e cultural do território em que o Campus está inserido e de interesse institucional.

II - Das atividades de extensão: Serão consideradas Atividades de Extensão as ações de caráter comunitário, não remuneradas, atendendo as demandas dos arranjos produtivo, social e cultural do território em que o Campus está inserido e de interesse Institucional.

III - Das Atividades de Ensino: compreendem as ações dos docentes diretamente vinculadas aos cursos e programas regulares, em todos os níveis e modalidades de ensino, ofertados pelo IFPR, compreendendo: I. Aulas; II. Atividades de Manutenção do Ensino; III. Atividades de Apoio ao Ensino.


A respeito dessas assertivas, assinale a alternativa CORRETA:

  • A As assertivas I, II e III são verdadeiras.
  • B As assertivas I e II são proposições excludentes e a assertiva III é verdadeira.
  • C A assertiva I é uma proposição falsa e a II e III são verdadeiras.
  • D A assertiva I e II são proposições verdadeiras e a III é falsa.
  • E As assertivas II e III são falsas e a assertiva I é verdadeira.
35
A deficiência intelectual caracteriza-se por registrar um funcionamento intelectual geral significativamente abaixo da média, concomitantemente com limitações associadas a duas ou mais áreas da conduta adaptativa ou da capacidade do indivíduo em responder adequadamente às demandas da sociedade, nos seguintes aspectos:
  • A Alimentação, asseio pessoal, escolaridade, desempenho escolar, integração nos ambientes sociais, comunicação adaptativa.
  • B Capacidade intelectual geral, pensamento criativo e/ou produtivo, capacidade de organização espacial e temporal, cuidados pessoais, capacidade de liderança, comportamento social adequado.
  • C Comunicação, cuidados pessoais, habilidades sociais, desempenho na família e na comunidade, independência na locomoção, saúde e segurança. Desempenho escolar; lazer e trabalho.
  • D Condições sociais, educacionais e políticas, capacidades limitantes que impedem o indivíduo de aprender e de participar ativamente de todos os círculos sociais existentes.
  • E Cuidados pessoais, interação social e familiar, alimentação adequada e encaminhamento profissional.
36

As normas de avaliação dos processos de ensino-aprendizagem no âmbito do Instituto Federal do Paraná em sua concepção dispõe que, no processo pedagógico, estudantes e docentes são sujeitos ativos, seres humanos históricos, imersos numa cultura, que apresentam características particulares de vida, e devem atuar de forma consciente no processo de ensino-aprendizagem:


Assinale a alternativa CORRETA que corresponde aos princípios de avaliação do IFPR:

  • A Os conteúdos matemáticos; linguagem oral e escrita; linguagem técnica; linguagem corporal; a pesquisa e a extensão.
  • B Investigação; Auto avaliação; exclusão; dependência dos estudantes e democracia.
  • C Investigação; Reflexão; intervenção; desenvolvimento da autonomia dos estudantes; inclusão social e democracia.
  • D Pesquisa e extensão; ensino e aprendizagem; ciência e tecnologia; dedicação exclusiva; Auto avaliação e investigação.
  • E Atividades de manutenção do ensino; atividades de apoio ao ensino; investigação; pesquisa; extensão; participação em cursos EaD e dedicação exclusiva.
37
Qual o Objetivo do NAPNE/IFPR?
  • A Estabelecer regras de convivência, acesso e permanência para as pessoas com algum tipo de deficiência.
  • B Sensibilizar a comunidade acadêmica dos campus para a temática da inclusão além de auxiliar a instituição na preparação para o recebimento dessas pessoas. Além disso, cabe aos Napnes estabelecer contato com outras instituições que já tenham experiência nas questões de acessibilidade para estabelecer parcerias.
  • C Orientar as famílias e os professores de como proceder com a pessoa com algum tipo de deficiência, orientando-a em seu convívio social, profissional e educacional.
  • D Trazer estratégias de ensino para os professores, buscar conhecimentos sobre as formas de trabalho e interação com a pessoa com necessidade específica, orientando todo o processo ensino aprendizagem.
  • E Orientar professores e alunos para acolhimento da pessoa com algum tipo de deficiência, bem como trazer profissionais especializados para debater as especificidades das pessoas com necessidades específicas.
38
A educação é direito de todos, e dever do Estado e da família, sobre o tema, assinale a alternativa CORRETA:
  • A A educação independe de incentivo e colaboração da sociedade.
  • B A educação visa o pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.
  • C O ensino será ministrado somente com base no princípio da igualdade de condições de acesso.
  • D A educação dispensa a garantia de padrão de qualidade.
  • E A educação não engloba a gratuidade do ensino público em estabelecimentos oficiais.
39
Quais são as necessidades específicas que pode-se encontrar no ambiente escolar?
  • A Pessoas marginalizadas devido sua origem social, étnica ou racial.
  • B Pessoas desnutridas, com desenvolvimento psicomotor comprometido devido a pouca ou a nenhuma estrutura econômica familiar.
  • C Pessoas com deficiência sensorial(visual e auditiva)Deficiência Cognitiva, neuromotora, deficiências múltiplas, distúrbios e transtornos de aprendizagem, superdotação.
  • D Todas as pessoas que estão a margem do processo educativo.
  • E Pessoas com distúrbios e/ou transtornos neurológicos.
40
Sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/1990), assinale a alternativa INCORRETA:
  • A A Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, deve ser realizada anualmente, e tem como principal, disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas para a redução da incidência da gravidez na adolescência.
  • B Os detentores da guarda, possuem o prazo de 15 (quinze) dias, para propor a ação de adoção, contado do dia seguinte à data do término do estágio de convivência.
  • C Entende-se por família natural a comunidade formada pelos pais ou qualquer deles e seus descendentes.
  • D A guarda não poderá ser revogada.
  • E A tutela será deferida, nos termos da lei civil, a pessoa de até 18 (dezoito) anos incompletos.
Voltar para lista