Resolver o Simulado Psicólogo - Nível Superior

0 / 30

Psicologia

1

Davi busca ajuda médica por vivenciar dificuldades em administrar o seu tempo, em concluir suas atividades, e em cumprir prazos estipulados pelos professores, o que tem interferido em seu desempenho acadêmico. Tal quadro tem provocado sofrimento a Davi, que tinha expectativas de apresentar alto rendimento na universidade. O jovem foi diagnosticado com transtorno de déficit de atenção. Um dos critérios diagnósticos desse transtorno, segundo o DSM V, é:

  • A a presença de sintomas de desatenção e/ou hiperatividade-impulsividade há pelo menos 12 meses.
  • B a presença de sintomas de desatenção e/ou hiperatividade-impulsividade em relação a pelo menos, um aspecto da vida.
  • C o relato de sintomas de desatenção e/ou hiperatividade-impulsividade presentes antes dos 12 anos de idade.
  • D o relato de, pelo menos, 7 sintomas de desatenção e 6 sintomas de hiperatividade-impulsividade.
2

Os serviços de apoio psicológico existentes nas instituições de ensino superior se propõem a construir um espaço de escuta formal e protegido, de modo a contribuir com o desenvolvimento pleno do estudante. Considerando as características necessárias a esses serviços, analise as afirmativas abaixo.


I Os serviços de apoio psicológico aos estudantes universitários deveriam apresentar diversas modalidades de atendimento, como: psicoterapia individual, plantão psicológico e psicoterapia de grupo.

II Não se pode estabelecer um tempo específico para o atendimento aos estudantes nos serviços da universidade. A maioria desses estudantes precisa do atendimento durante toda a sua formação.

III Os serviços de apoio psicológico aos estudantes universitários precisam de uma abordagem interdisciplinar, de modo que psicólogos, pedagogos e psiquiatras possam fazer o planejamento terapêutico.

IV Os serviços de apoio psicológico aos estudantes universitários deveriam organizar suas atividades com foco unicamente no momento de crise do estudante.


Estão corretas as afirmativas,

  • A II e IV.
  • B I e III.
  • C I e IV.
  • D II e III.
3

A psicoterapia breve tem sido uma alternativa bem-vinda para atender a demanda por assistência clínica, em diferentes contextos de atuação do psicólogo. Essa modalidade de intervenção clínica é contraindicada para os casos de

  • A reações ansiosas ou fóbicas.
  • B emergência ou de crise.
  • C quadros paranoides.
  • D perturbações psicossomáticas.
4

A avaliação psicológica é uma atividade restrita ao Psicólogo, respaldada na Lei nº 4.119, de 27 de agosto de 1962. Entende-se por avaliação psicológica o processo técnico e científico realizado com pessoas ou grupo de pessoas, que

  • A produz resultados conclusivos, independente do contexto.
  • B requer metodologias específicas, de acordo com cada área do conhecimento.
  • C requer o mesmo instrumento específico para toda avaliação.
  • D avalia o estado emocional de uma pessoa, não sendo necessário considerar contexto histórico e social.
5

É regulamenta a prestação de serviços psicológicos por meio de tecnologias da informação e da comunicação. Contudo, a partir da Resolução nº. 11, de 11 de maio de 2018, há serviços psicológicos que não podem ser realizados online, como

  • A supervisão técnica de serviços prestados por psicólogos em diferentes contextos.
  • B processo de seleção de pessoal.
  • C atendimento a pessoas e grupos em situação de desastre.
  • D uso de testes psicológicos, desde que regulamentados pelo satepsi.
6

A Gestalt-terapia trabalha com o ‘todo’, concebendo o sujeito como participante do universo circundante, em toda a sua integralidade. As técnicas dessa abordagem psicológica são:

  • A monodrama, amplificação e hot seat.
  • B respiração holotrópica, técnicas de exposição e hot seat.
  • C técnicas de habilidades sociais, questionamento socrático e hot seat.
  • D técnicas regressivas, hot seat e técnica de renascimento.
7

A clínica ampliada no âmbito da saúde pública, que privilegia ações de promoção à saúde desenvolvidas pela equipe de profissionais junto com a comunidade, considera relevante que

  • A a medicação seja o recurso eficaz para a eliminação do sofrimento psíquico.
  • B a internação seja recurso de prevenção em saúde, como estratégia de acesso ao sistema.
  • C o sintoma seja valorizado em detrimento dos aspectos psicológicos e sociais.
  • D o sofrimento psíquico seja entendido a partir de uma concepção interdisciplinar.
8

A partir de 1992, o Ministério do Trabalho incluiu, no Catálogo Brasileiro de Ocupações, as atribuições do psicólogo no Brasil, conforme definidas pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP). De acordo com esse catálogo, é atribuição do psicólogo clínico:

  • A acompanhar, formular e implantar projetos de mudança nas organizações, objetivando facilitar a adaptação do pessoal à nova estrutura.
  • B atuar junto a organizações comunitárias, em equipe multiprofissional, no diagnóstico, planejamento, execução e avaliação de programas comunitários, no âmbito da saúde, lazer, educação, trabalho e segurança.
  • C participar da elaboração e execução de programas socioeducativos destinados a crianças de rua, abandonadas ou infratoras.
  • D fazer o acompanhamento psicológico de gestantes durante a gravidez, parto e puerpério, procurando integrar suas vivências emocionais e corporais, bem como a inclusão do parceiro, como apoio necessário em todo o processo.
9

Helena procura atendimento relatando episódios de instabilidade emocional. Segundo ela, há momentos em que se sente perdidamente apaixonada pelo seu companheiro, enquanto, em outras ocasiões, deseja finalizar sua relação. Helena diz ter a sensação de que ninguém a compreende, que tem tido dificuldade de se manter em um emprego (já mudou 3 vezes de emprego em 1 ano) e também de manter o relacionamento com seus amigos, que terminam se afastando. Além disso, ela revelou que anda se cortando há 5 meses. O quadro apresentado por Helena indica o diagnóstico de transtorno

  • A de autolesão não suicida.
  • B depressivo.
  • C bipolar.
  • D de personalidade Borderline.
10

Olavo está cursando Odontologia e procura o Serviço de Apoio Psicológico da Universidade, relatando não se sentir capaz de terminar o curso e não gostar de fazer trabalhos em grupo porque acredita que nada tem a acrescentar. Além disso, ficou extremamente triste e incomodado quando ouviu de um colega que estudantes que entram na universidade através das cotas são incapazes de se tornarem bons profissionais. Esse episódio o perturbou muito, levando-o ao isolamento social e ao desejo de trancar o curso. O quadro apresentado por Olavo caracteriza um transtorno de personalidade

  • A esquiva.
  • B paranoide.
  • C histriônica.
  • D dependente.
11

A psicoterapia de grupo tem sido um recurso amplamente utilizado nos mais diferentes contextos de atuação do psicólogo clínico. Yalom (1992) indicou 11 elementos terapêuticos a serem trabalhados ao longo do processo grupal. Um desses elementos é

  • A o controle grupal.
  • B a recapitulação corretiva do grupo familiar primário.
  • C o fator comportamental.
  • D a presença de comportamentos regressivos.
12

Estudante do curso de engenharia civil, ao término da aula, procura o professor e comenta que não está conseguindo se concentrar nos estudos, está com dificuldades para dormir, sente que os colegas não gostam dele, acredita que é excluído pela turma e diz que gostaria de dormir para sempre. Esses sintomas são condizentes com o diagnóstico de

  • A transtorno de ansiedade generalizada.
  • B transtorno bipolar em fase depressiva.
  • C depressão maior.
  • D síndrome do pânico.
13

A psicoterapia lança mão de técnicas psicoterápicas, que variam a depender da abordagem psicológica utilizada, configurando-se como um recurso favorável ao enfrentamento de sofrimento psíquico. Em relação às terapias utilizadas para manejo clínico, analise as afirmativas abaixo.


I A terapia focal valoriza a queixa trazida pela pessoa e estabelece o foco para o trabalho terapêutico.

II A terapia familiar focaliza o tratamento psicológico em casais ou família, compreendendo as suas relações.

III A terapia diretiva focaliza na pessoa, deixando-a conduzir o processo terapêutico.

IV A terapia não diretiva focaliza aspectos psicopatológicos a serem enfrentados durante o tratamento.


Estão corretas as afirmativas

  • A I e II.
  • B II e IV.
  • C I e III.
  • D III e IV.
14

O psicólogo que atua na área clínica pode lançar mão de diferentes tipos de entrevistas para a coleta de informações, a depender de seus objetivos. Nesse contexto, estão disponíveis os seguintes tipos de entrevistas:

  • A seleção, anamnese e triagem.
  • B integração, história de vida e entrevista inicial.
  • C anamnese, triagem e avaliação.
  • D desligamento, história de vida e avaliação.
15

O Código de Ética Profissional do Psicólogo é um instrumento capaz de nortear a sociedade acerca das responsabilidades e deveres desse profissional. O Código de Ética Profissional do Psicólogo estabelece que é

  • A dever do psicólogo respeitar o sigilo profissional a fim de proteger, por meio da confidencialidade, a intimidade de pessoas, grupos ou organizações a que tenha acesso no exercício profissional.
  • B compromisso do psicólogo respeitar o código profissional, analisando, caso a caso, a necessidade de manter a confidencialidade de pessoas, grupos ou organizações.
  • C facultativo ao psicólogo cumprir o código profissional, a fim de proteger, por meio da ética, a intimidade de pessoas, grupos ou organizações, a que tenha acesso no exercício profissional.
  • D esperado do psicólogo respeitar o sigilo profissional em determinadas circunstâncias, a fim de proteger por meio da ética, a intimidade de pessoas, grupos ou organizações.
16

Há seis meses, Gael, 21 anos, estudante de eonomia, testemunhou um assalto no prédio onde mora. Apesar de não ter sido ameaçado pessoalmente, ele apresentou, logo em seguida, sono intermitente, pesadelos, ansiedade geral, dificuldades de concentração e medo de um novo assalto. O diagnóstico para esse quadro clínico é

  • A estresse na fase de exaustão.
  • B esquizofrenia.
  • C transtorno do estresse pós-traumático.
  • D agorafobia.
17

O plantão psicológico, segundo Cury (1999), pode ser pensado como uma modalidade de atendimento clínico, emergencial, aberto à comunidade visando favorecer uma escuta e acolhimento à pessoa no momento de sua crise. A fundamentação teórica e o local, dessa modalidade de atendimento, quando da sua criação é a

  • A Abordagem Centrada na Pessoa – USP.
  • B Psicanálise – UFRJ.
  • C Gestalt – UFRJ.
  • D Transpessoal – USP.
18

A psicoterapia breve é uma modalidade de tratamento psicológico. Nessa perspectiva psicoterápica, defende-se que o

  • A foco é definido, mas não é possível determinar o tempo da terapia.
  • B foco e o tempo da terapia são definidos.
  • C foco é definido em cada sessão, e o tempo não é considerado.
  • D foco não é definido, porém, o tempo da terapia é determinado.
19

O atendimento psicológico em grupo não costuma ser muito reconhecido. No entanto, mostra-se mais eficaz para vários perfis de pessoas, sendo uma modalidade de prática psicológica útil no contexto universitário. A abordagem fenomenológica como fundamentação teórica do atendimento em grupo se propõe a

  • A conduzir o grupo para as discussões referentes ao contexto universitário, não permitindo a livre expressão dos indivíduos.
  • B compreender o ser humano de forma isolada, como indivíduo, que posteriormente entra em contato e estabelece relações com outros.
  • C reconhecer a importância do contexto histórico no modo de ser de cada um.
  • D estabelecer, a priori, os objetivos e metas a serem desenvolvidos em cada sessão grupal.
20

A Automutilação é traduzida como autolesão não suicida na versão em português do Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders , 5ª ed. (DSM V). O número de pessoas afetadas por esse sofrimento é crescente nos serviços de psicologia, nos mais diversos espaços de atendimento. De acordo com o DSM V, um critério diagnóstico para aqueles que se engajam em um comportamento de autolesão é

  • A um estado de ansiedade quando não pratica atos de autolesão gerando sofrimento e agitação.
  • B um padrão de comportamento persistente em dano intencional autoinfligido ao seu corpo.
  • C a realização de um ato que gera sofrimento sem prejuízos interpessoais ou familiar es.
  • D a indução a um estado de sentimento positivo, até mesmo antes da automutilação.

Português

21
Sobre concordância verbal, assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas das frases a seguir: Já____ muitos meses que não se viam, porém ____muitas possibilidades que ainda ____ e vivam felizes.
  • A devem fazer, tem, se apaixone
  • B deve fazer, há, se apaixonem
  • C fazem, há, se apaixonem
  • D Nenhuma das alternativas.
22
Assinale a alternativa em que o sinal indicativo da crase está INCORRETO.
  • A À noite, todos caminhavam à frente do andor, fervorosos de uma fé inabalável.
  • B A cem milhas horárias, o grupo encontrará uma encruzilhada à esquerda, a meia hora daqui.
  • C Responda à Vossa Alteza com o respeito à que está acostumado.
  • D Nenhuma das alternativas.
23
Considerando o trecho- “Um policial à paisana trocou tiros com dois homens que tentavam assaltar um ônibus.”, assinale a frase em que a frase se enquadra na mesma regra do uso do sinal indicativo de crase:
  • A O povo mostrou-se resistente às mudanças feitas pelo governo.
  • B Einstein, com sua excelsa genialidade, estava à frente de seu tempo.
  • C Fez uma poesia à Drummond, vestiu-se à Versace e caminhou pela rua deserta.
  • D Nenhuma das alternativas.
24
Assinale a frase em que a regência do verbo respeita a norma-padrão:
  • A Lembrei-me dos turbulentos momentos de minha adolescência.
  • B Os técnicos avisaram aos jogadores o horário do treino.
  • C Não se deve desobedecer as leis de trânsito.
  • D Nenhuma das alternativas.
25
Nas palavras abaixo, a grafia de ambas as palavras está CORRETA em:
  • A Meretíssimo / admissão.
  • B Beneficiente / distensão.
  • C Adivinhar / encharcar.
  • D Nenhuma das alternativas.

Atualidades

26

O programa Mais Médicos alocava médicos em locais onde havia carência de profissionais.


Esse programa tinha como objetivo expandir o atendimento de saúde aos municípios com alto percentual de população em situação de extrema pobreza, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), além de

  • A ampliar a inserção do médico estrangeiro em formação nas unidades de atendimento do SUS, desenvolvendo seu conhecimento sobre a realidade da saúde da população brasileira.
  • B fortalecer a política de educação permanente por meio da atuação das instituições de educação superior na supervisão acadêmica das atividades desempenhadas pelos médicos.
  • C promover a troca de conhecimentos e experiências entre profissionais da saúde e médicos formados em instituições brasileiras.
  • D aperfeiçoar médicos estrangeiros para atuação nas políticas públicas de saúde brasileiras e na organização e funcionamento do SUS.
27

A falta de higiene e saneamento básico contribui para o aumento de diversas doenças, entre as quais está o(a)

  • A catapora.
  • B cólera.
  • C caxumba.
  • D sarampo.

Raciocínio Lógico

28

Lista de símbolos:

Condicional

 Bicondicional 

∧ Conector “e”

∨ Conector “ou”

 Conector “ou” exclusivo

¬ Negação da proposição 

Se P e Q são proposições simples verdadeiras, então o valor lógico de ¬PQ será:

  • A Falso.
  • B Verdadeiro.
  • C Incerto.
  • D Contraditório.
  • E Impossível de saber.
29

Lista de símbolos:

Condicional

 Bicondicional 

∧ Conector “e”

∨ Conector “ou”

 Conector “ou” exclusivo

¬ Negação da proposição 

Assinale a alternativa que apresenta um exemplo de tautologia.

  • A A prova está fácil.
  • B A prova está difícil.
  • C João estudou para a prova e Maria ficou feliz.
  • D João é alto ou João não é alto.
  • E Se Pedro estudou, então passou no concurso.

Matemática

30

Lista de símbolos:

Condicional

 Bicondicional 

∧ Conector “e”

∨ Conector “ou”

 Conector “ou” exclusivo

¬ Negação da proposição 

O valor de “x” na proporção é:

  • A -5.
  • B -4.
  • C -3.
  • D 4.
  • E 5.
Voltar para lista