Resolver o Simulado Professor

0 / 30

Geografia

1

Leia o trecho a seguir.


“Esquematicamente, uma rede é um sistema integrado de fluxos. A rede é constituída por pontos de acesso, arcos de transmissão e nós ou polos de bifurcação. [...] Numa rede, o valor dos lugares se define pelo grau de acesso que eles oferecem ao conjunto da rede.”

TERRA, Lygia; ARAÚJO, Regina; GUIMARÃES, R. B. Conexões: estudos de geografia geral e do Brasil. 2ª ed. São Paulo: Moderna, 2010. p. 18 (Adaptação).


É incorreto afirmar que as redes vigentes no espaço mundial contemporâneo

  • A consolidam espaços do mandar, onde se adensam as novas tecnologias da informação, em detrimento de espaços do fazer, que são áreas populosas pobres e de economia tradicional.
  • B constituem suporte para o tráfego de mercadorias e de bens concretos, como cargas e passageiros, bem como para a transmissão de dados e informações.
  • C distribuem-se em caráter homogêneo pela superfície do globo, haja vista a magnitude espacial hoje alcançada pelo meio técnico-científico-informacional.
  • D superam limitações físicas ao conectar pessoas e transmitir informações, a exemplo da movimentação diária de bilhões de dólares nas bolsas de valores em todo o mundo.
2

O agronegócio centrado na fruticultura surgiu timidamente, à sombra da agroindústria, e tomou um grande impulso em meados dos anos de 1980 com a estruturação de uma base para exportação. A partir desse período, as frutas produzidas no Polo irrigado tiveram uma trajetória ascendente com pequenas variações no volume exportado em função da instabilidade das políticas cambiais e do próprio mercado externo, até meados dos anos de 1990. Entretanto, é a partir de 1997 que essa tendência se consolida e a participação das principais frutas produzidas voltadas para mercado externo (uva e manga) passa a contribuir com 90% do volume das exportações do país.

(http://www.eng2016.agb.org.br. Acesso em 06.09.2018. Adaptado)


O texto se refere à consolidação do agronegócio

  • A no sopé da Chapada Diamantina.
  • B no médio vale do rio São Francisco.
  • C nos topos do planalto da Borborema.
  • D nas vertentes da serra da Canastra.
  • E no baixo vale do rio Parnaíba.
3

É a situação em que o número de habitantes em idade ativa, entre 15 e 64 anos, supera o total de brasileiros considerados dependentes – idosos e crianças. Esse fenômeno, que no Brasil começou por volta dos anos 80, ampliou significativamente o potencial produtivo do País, pois tornou disponível um grande contingente de mão de obra, mais que suficiente para expandir a economia e, ao mesmo tempo, bancar a infância dos mais jovens e a aposentadoria dos inativos.

(Estadão. Disponível em https://bit.ly/2CFw9JI. 02.08.2018. Adaptado)


O texto destaca o conceito de

  • A expectativa de vida.
  • B pleno emprego.
  • C população relativa.
  • D bônus demográfico.
  • E estabilização demográfica.
4

A Scania inaugura na próxima terça-feira, dia 28.08, uma nova fábrica de solda de cabinas, voltada exclusivamente para produzir a nova geração de caminhões da companhia. A unidade, em São Bernardo do Campo, Grande São Paulo, aplica o conceito de indústria 4.0, considerado a quarta revolução industrial. O investimento da Scania na nova fábrica foi de R$ 340 milhões nos últimos três anos. A fábrica tem capacidade técnica para produzir até 25 mil cabinas por ano, em 19 diferentes modelos.

(https://economia.estadao.com.br. 26.08.2018. Adaptado)


Para a indústria em questão estar inserida na quarta revolução industrial, ela deve

  • A utilizar fontes de energia limpas e adaptadas às políticas conservacionistas.
  • B adequar-se às novas formas de terceirização do trabalho e da pesquisa tecnológica.
  • C adotar princípios de administração centralizada e independente da matriz.
  • D diversificar a produção de componentes para ter pouca dependência de importações.
  • E englobar tecnologias de automação e da informação, como inteligência artificial.
5

“Sempre que podem, as empresas saem em busca de países para as suas parcerias onde a produção tenha menor custo. Há alguns anos, por exemplo, a Nike observava que podia fabricar por US$ 16, na Coreia, o mesmo tênis que nos EUA lhe custava perto de US$ 100. Enquanto isso, a Alitalia saía em busca de pilotos australianos, a Sears se deslocava para Bangladesh, a Daimler-Benz passava a montar ônibus em Xangai e várias fábricas francesas ameaçavam mudar-se para a Escócia, caso a legislação continuasse rígida”.

(Everaldo Gaspar Andrade, Márcio Túlio Viana. Para entender a terceirização. Adaptado)


O movimento descrito no texto

  • A foi importante para reduzir as diferenças tecnológicas entre os países.
  • B indica a expansão espacial do capital especulativo nos países periféricos.
  • C trata da divisão internacional do trabalho, processo de reterritorialização da produção.
  • D é estratégia capitalista para industrializar e criar novos mercados consumidores.
  • E precedeu a globalização e atualmente está em declínio acentuado.
6

O Decreto Federal n. 7.390/2010, que regulamenta a Lei da Política Nacional sobre Mudança do Clima (PNMC) no Brasil, projeta que as emissões nacionais de gases de efeito estufa (GEE) em 2020 serão de 3,236 milhões. Esse mesmo decreto define o compromisso nacional voluntário do Brasil em reduzir as emissões de GEE projetadas para 2020 entre 38,6% e 38,9%.

BRASIL. Decreto n. 7.390, de 9 de dezembro de 2010. Disponível em: www.planalto.gov.br. Acesso em: 2 jun. 2014 (adaptado).


O cumprimento da meta mencionada está condicionada por

  • A abdicar das usinas nucleares.
  • B explorar reservas do pré-sal.
  • C utilizar gás de xisto betuminoso
  • D investir em energias sustentáveis.
  • E encarecer a produção de automóveis.
7

Ao longo dos últimos 500 anos, o Brasil viu suas fronteiras do litoral expandirem-se para o interior. É apenas lógico que a Amazônia tenha sido a última fronteira a ser conquistada e submetida aos ditames da agricultura, pecuária, lavoura e silvicultura. A incorporação recente das áreas amazônicas à exploração capitalista tem resultado em implicações problemáticas, dentre elas a destruição do rico patrimônio natural da região.

NITSCH, M. O futuro da Amazônia: questões críticas, cenários críticos. Estudos Avançados, n. 46, dez. 2002.


Na situação descrita, a destruição do patrimônio natural dessa área destacada é explicada pelo(a)

  • A distribuição da população ribeirinha.
  • B patenteamento das espécies nativas.
  • C expansão do transporte hidroviário.
  • D desenvolvimento do agronegócio.
  • E aumento da atividade turística.
8

A rotação de culturas é um método que consiste na alternância de uma cultura de uma leguminosa com uma outra cultura de não leguminosa, por exemplo, a alternância de uma plantação de cana ou milho com uma de amendoim ou feijão, periodicamente. Assim, em uma safra planta-se uma não leguminosa e na entressafra uma leguminosa, deixando os restos das leguminosas nas áreas onde se pretende plantar outra cultura.

REZENDE, M. O. O. et al. Importância da compreensão dos ciclos biogeoquímicos para o desenvolvimento sustentável. São Carlos: Instituto de Química de São Carlos/USP, 2003 (adaptado).


A forma de manejo exemplificada desenvolve um modo de uso da terra que proporciona a

  • A redução dos nutrientes no solo.
  • B compactação das camadas superficiais.
  • C fixação do nitrogênio pelas raízes dos vegetais.
  • D intensificação da erosão pelo intemperismo físico.
  • E concentração de sais por mecanismo de irrigação.
9

Apesar da grande distância geográfica em relação ao território japonês, os otakus (jovens aficionados em cultura pop japonesa) brasileiros vinculam-se socialmente hoje em eventos e a partir de uma circulação intensa de mangás, animes, games, fanzines, j-music (música pop japonesa). O consumo em escala mundial dos produtos da cultura pop – enfaticamente midiática – produzida no Japão constitui um momento histórico em que se aponta a ambivalência sobre o que significa a produção midiática e cultural quando percebida no próprio país e como a percepção de tal produção se transforma radicalmente nos olhares de consumidores estrangeiros.

GUSHIKEN, Y.; HIRATA, T. Processos de consumo cultural e midiático: imagens dos otakus, do Japão ao mundo. Intercom – RBCC, n. 2, jul.-dez. 2014 (adaptado).


Considerando a relação entre meios de comunicação e formação de identidades tal como é abordada no texto, a noção que explica este fenômeno na atualidade é a de

  • A tribalismo das culturas juvenis.
  • B alienação das novas gerações.
  • C hierarquização das matrizes culturais.
  • D passividade das relações de consumo.
  • E deterioração das referências nacionais.
10

De certo modo o toxicômano diz a verdade sobre nossa condição social atual, quer dizer, temos a tendência de tornarmo-nos todos adictos em relação a determinados objetos, cuja presença se tornou para nós indispensável. Todas as nossas referências éticas ou morais não têm nada de sério diante do toxicômano, porque fundamentalmente somos viciados como ele.

MELMAN, C. Novas formas clínicas no início do terceiro milênio. Porto Alegre: CMC, 2003.


No trecho, o autor propõe uma analogia entre o vício individual e as práticas de consumo sustentada no argumento da

  • A exposição da vida privada.
  • B reinvenção dos valores tradicionais.
  • C dependência das novas tecnologias.
  • D recorrência de transtornos mentais
  • E banalização de substâncias psicotrópicas.

Meio Ambiente

11

Nos tratamentos de água para consumo humano há a necessidade de uso de produtos químicos.


Considere os produtos químicos abaixo:

I. H2SO4

II. Aℓ2(SO4)3

III. FeCℓ3

IV. KMnO4


São utilizados no tratamento de água APENAS

  • A I e IV.
  • B I e II.
  • C III e IV.
  • D II e III.
  • E II IV.
12

São considerados recursos naturais os bens extraídos da natureza de forma direta ou indireta e transformados para a utilização na vida do ser humano.


A esse respeito, avalie o que se afirma.


I. O solo terrestre é considerado um recurso natural, pois nele é possível encontrar outros recursos minerais, além de cultivar alimentos.

II. Do ponto de vista de sua origem e interação com a economia, os recursos naturais podem ser classificados em bióticos e abióticos, renováveis e não renováveis.

III. Do ponto de vista ecológico, os recursos naturais abióticos não renováveis são os que estão fora da lista do esgotamento, pois dependem do avanço tecnológico para a sua produção e exploração.

IV. O mundo está se movendo para um novo e melhor padrão de produção e consumo, que demandará o uso mais inteligente dos recursos naturais, visando atender o que se almeja no desenvolvimento sustentável.


Está correto apenas o que se afirma em

  • A I e II.
  • B II e III.
  • C III e IV.
  • D I, II e IV.
13

O desenvolvimento sustentável requer o planejamento e o reconhecimento de que os recursos do planeta são finitos. O conceito de desenvolvimento sustentável procura equilibrar os objetivos entre o desenvolvimento econômico, a conservação ambiental e o desenvolvimento social.


A esse respeito, associe corretamente as colunas, relacionando o tipo do desenvolvimento sustentável à sua característica.


TIPOS

(1) Cultural

(2) Ambiental

(3) Econômica

(4) Sociopolítica


CARACTERÍSTICAS

( ) Conjunto de medidas e de políticas que visam a incorporação de preocupações e conceitos ambientais e sociais.

( ) Orientada para o desenvolvimento humano, para a estabilidade das instituições públicas e culturais, bem como para a redução de conflitos sociais.

( ) Leva em consideração como os povos encaram os seus recursos naturais e, sobretudo, como são construídas as relações com outros povos em curto e em longo prazo.

( ) Consiste na manutenção das funções e dos componentes dos ecossistemas para assegurar que continuem viáveis – capazes de se autorreproduzir e se adaptar às alterações.


A sequência correta dessa associação é

  • A (1); (2); (3); (4).
  • B (3); (4); (1); (2).
  • C (2); (1); (4); (3).
  • D (4); (3); (2); (1).
14

Segundo a Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento da Organização das Nações Unidas (1972), a definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é a que diz respeito ao desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro.


Sobre o Desenvolvimento Sustentável, informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma.


( ) Entre as metas do desenvolvimento sustentável está a redução da concentração de gases poluentes na atmosfera, provocados pela combustão de carvão e de derivados de petróleo.

( ) O desenvolvimento sustentável somente existe quando são cumpridos os requisitos ambientais para a continuidade, através do tempo, dos padrões de produção e do consumo desejados; nesse sentido, opõe-se ao crescimento econômico puro e exclusivo.

( ) O desenvolvimento sustentável sugere qualidade em vez de quantidade, com redução do uso de matérias-primas e produtos, o aumento da reciclagem e a reutilização; essa concepção foi criada através do desenvolvimento econômico da civilização industrial.

( ) Acabar com a pobreza em todas as suas formas e lugares, acabar com a fome, alcançar segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável são alguns dos objetivos do desenvolvimento sustentável para os próximos anos.


De acordo com as afirmações, a sequência correta é

  • A (V); (V); (F); (V).
  • B (F); (F); (V); (V).
  • C (V); (V); (F); (F).
  • D (F); (F); (V); (V).
15

Leia, atentamente, o texto a seguir, de Taguchi (2015, p.40).


A nova revolução verde


Onze anos atrás, o agrônomo americano Norman Bourlag, Prêmio Nobel da Paz (1970) e criador do Prêmio Global da Alimentação (1986), declarou: “Após o avanço da soja pelo cerrado, o embrião da próxima revolução do Brasil rural começa a se desenvolver. É a integração sustentável entre a agricultura e a pecuária.” Bourlag se referia a um processo pouco viável de ser praticado em seu país, mas necessário em regiões de clima tropical. O agrônomo (...) afirmou que os sistemas de integração não são, para os países tropicais, uma opção, mas uma regra básica de sustentabilidade. A integração visa à redução de custos de produção, agregação de valores, uso intensivo da área com aumento de produtividade e a melhoria da qualidade de vida do produtor rural. Mas o que Bourlag não imaginaria é que, junto com os produtores rurais, os cientistas ainda adicionariam nessa conta as florestas. Ainda não existem dados oficiais no Brasil sobre a área implantada com sistemas de integração, mas, a cada ano, mais propriedades aderem à pratica em busca de sustentabilidade.


De acordo com o texto e com os conceitos de sustentabilidade e desenvolvimento sustentável, é correto afirmar que a

  • A integração visa uma atuação ampla entre agricultura, pecuária e ainda as áreas de floresta, promovendo a prática da sustentabilidade.
  • B integração sustentável é uma medida necessária, viável somente para a recuperação de áreas com pastagens e solos degradados.
  • C integração sustentável só pode ser usada em regiões de clima tropical devido à ação intensiva do clima sobre o solo, o que não acontece em outras regiões climáticas.
  • D visão dos sistemas de integração presente no texto acima está indo na contramão dos ideais de sustentabilidade, visando rentabilidade em detrimento da preservação do meio ambiente.
16

Para Prado (2005, p.1) “a interação positiva dos aspectos físico-hídricos e químicos dos solos é decisiva para qualificar um ambiente ou produção.Considerando as características dos diversos solos do Brasil, podemos qualificá-los (ou desqualificá-los) em termos de ambientes de produção”.


Sobre os solos no Brasil, é correto afirmar que os

  • A plintossolos são muito profundos; na região Amazônica e no Estado de Tocantins ocorrem as maiores áreas desses solos.
  • B argissolos disponibilizam água por mais tempo que os latossolos e, em comum, todos os argilosos apresentam resistência à erosão.
  • C nitossolos vermelhos eutroférricos (terras roxas estruturadas), mesmo com adequada disponibilidade de água, são pouco férteis e sua maior ocorrência é no litoral do Nordeste.
  • D latossolos, que predominam no Brasil, apresentam limitação de disponibilidade hídrica; latossolos tropicais, submetidos à alternância entre estações chuvosas e secas, também experimentam a laterização.
17

Sobre a formação dos solos, é correto afirmar que

  • A eles são a película delgada de material terroso que recobre as terras emersas e são formados pelo intemperismo físico das rochas.
  • B não é fácil defini-los, porque além de serem material complexo, sua formação está ligada à ação dos seres vivos, que lhes dão composição diferenciada.
  • C para a humanidade, eles constituem um recurso tão importante quanto a água e o ar, e esses dois elementos são responsáveis pela sua formação.
  • D sua gênese está ligada ao intemperismo: a desintegração física e a decomposição química das rochas pela ação do calor e da umidade e por agentes biológicos.
18

Sobre a natureza e meio ambiente e a proteção dos ecossistemas, no Brasil, é correto afirmar que

  • A o Pampa é, nos dias atuais, o bioma com menor número de unidades de conservação e o de maior vulnerabilidade no território.
  • B o bioma de maior interesse ambiental, ecológico e econômico é o Pantanal, devido a sua grande biodiversidade, necessitando, portanto, de mais áreas protegidas.
  • C a megabiodiversidade do território brasileiro e as necessidades de uso humano do espaço justificam a criação das unidades de conservação (UC), com funções e finalidades variadas.
  • D a criação das UC tornou-se necessária devido a tratados e acordos nas reuniões de cúpula, a começar pela ECO 92, realizada no Rio de Janeiro, na qual as preocupações com os destinos ambientais do planeta ficaram em evidência.
19

As Unidades de Conservação (UC) foram criadas com o objetivo de proteger as áreas naturais e elas apresentam algumas particularidades entre si.


Associe as colunas, relacionando corretamente a Unidade de Conservação à sua particularidade.


UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

(1) Parque Nacional

(2) Floresta Nacional

(3) Reserva Biológica

(4) Áreas de Proteção Ambiental


PARTICULARIDADES

( ) Áreas onde predominam as espécies nativas, visando o uso sustentável e diversificado dos recursos florestais e a pesquisa científica.

( ) Tem o objetivo de proteger a diversidade biológica, ordenar o processo de ocupação humana e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais.

( ) Área destinada à preservação dos ecossistemas naturais e sítios de beleza cênica; é a categoria que possibilita maior interação entre os visitantes e a natureza.

( ) Área destinada à preservação da diversidade biológica; a única interferência direta permitida é a realização de medidas de recuperação de ecossistemas alterados.


A sequência correta dessa associação é

  • A (1); (3); (4); (2).
  • B (4); (1); (2); (3).
  • C (2); (4); (1); (3).
  • D (3); (2); (4); (1).
20

Produzir para atender as necessidades da sociedade implica no uso de recursos naturais. Para obtê-los, geramos impactos na natureza e na sociedade. Criamos, então, caminhos para gerir o uso dos recursos e amenizar os impactos sobre o meio ambiente e a sociedade.


Nesse sentido, o Estudo do Impacto Ambiental (EIA) é um documento técnico que objetiva realizar avaliação ampla e completa dos impactos sociais e ambientais causados pela instalação e operação de determinado empreendimento ou atividade e indicar as devidas medidas mitigadoras e/ou compensatórias em função de suas atividades. O Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) é um documento público que confere transparência ao EIA. Favorece que qualquer interessado tenha acesso à informação do assunto e exerça controle social.


A esse respeito, informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma a seguir.


( ) EIA/RIMA são documentos necessários para a obtenção da licença prévia.

( ) Normalmente estes estudos são realizados por equipes de profissionais das mais variadas áreas; são equipes multidisciplinares.

( ) São documentos indispensáveis ao empreendimento ou à atividade para os quais foram elaborados, mas um não completa o outro.

( ) São estudos e relatórios cobrados no licenciamento ambiental somente para os empreendimentos ou atividades que provoquem grandes impactos ambientais.


De acordo com as afirmações, a sequência correta é

  • A (F); (F); (V); (V).
  • B (V); (F); (V); (F).
  • C (F); (V); (F); (V).
  • D (V); (V); (F); (F).

Psicologia

21
Tendo em vista que o equilíbrio emocional é uma competência atitudinal que deve ser mantida e preservada nas relações interpessoais, assinale a alternativa correta quanto a uma conduta adequada em relação ao chefe imediato.
  • A Utilize tratamento de intimidade.
  • B Faça confidências.
  • C Dirija-se a ele como seu superior, e não de acordo com o relacionamento que gostaria de ter.
  • D Evite a verdade.
  • E Não aceite críticas.
22
Uma das interferências nas relações interpessoais denomina-se preconceito. Acerca desse tema, assinale a alternativa correta.
  • A O julgamento do outro pelos padrões próprios de referências e valores bloqueia o relacionamento interpessoal, ou seja, percebe-se o outro somente pelo que se imagina.
  • B Uma das características dessa interferência é aceitar os próprios limites e os dos outros, e as situações que não podem e não devem ser mudadas.
  • C O indivíduo preconceituoso pensa de um jeito e age de outro.
  • D O preconceito consiste no processo de comunicação interpessoal em que as partes envolvidas esforçam-se igualmente.
  • E O preconceito acontece quando duas pessoas ou grupos tentam obter os próprios objetivos de maneira diferente.
23
Considerando que uma das principais competências exigidas pelas organizações é o relacionamento interpessoal, assinale a alternativa que apresenta um comportamento adequado para manter a harmonia do trabalho.
  • A Reagir agressivamente.
  • B Ser flexível.
  • C Interromper bruscamente quem está falando.
  • D Comportar-se de modo intransigente.
  • E Agir sem modéstia.
24
A postura pessoal reflete na aceitação social do profissional. Assim, a maneira como o indivíduo se porta diante das pessoas é o formato por ele escolhido para a empresa conhecê-lo pessoal e profissionalmente. A esse respeito, em relação ao correto comportamento pessoal na empresa, é correto citar o (a)
  • A excesso de curiosidade.
  • B indiscrição.
  • C hábito de falar alto demais.
  • D falta de educação.
  • E iniciativa de se evitar tratamento de intimidade.
25
A imagem do profissional é sempre analisada por todos os clientes internos e externos. O motorista, por sua vez, transporta executivos, colaboradores da empresa, bem como visitantes, entre outros. Por isso, o cuidado com a apresentação pessoal deve ser uma preocupação diária, levando em consideração que o posicionamento e a vestimenta são elementos essenciais. No que se refere à vestimenta adequada, o motorista deve
  • A usar roupa de marca e cara.
  • B vestir roupas discretas, limpas e passadas.
  • C vestir-se adequadamente e esquecer-se da postura física.
  • D preocupar-se, somente, com a postura física.
  • E despreocupar-se com a utilização de roupa adequada para o trabalho.
26
Considerando que as pessoas não se comunicam apenas pela voz ou pela escrita, quanto à linguagem corporal, assinale a alternativa correta.
  • A Palavras.
  • B Voz.
  • C Gestos.
  • D Linguagem verbal.
  • E Audição.
27
No processo de comunicação, a mensagem nem sempre é entendida de forma clara por quem a recebe, ocasionando retrabalho, perda de tempo, conflitos entre as partes, entre outros aspectos. Acerca desse tema, assinale a alternativa que apresenta obstáculos de comunicação do receptor.
  • A Hábitos de locução.
  • B Falta de clareza nas ideias.
  • C Bloqueio emocional.
  • D Crenças e atitudes.
  • E Problemas de codificação.
28
Para ser eficiente, a comunicação não pode ter ruídos. Por isso, conhecer os elementos do processo de comunicação é fator essencial para alcançar os resultados esperados. A esse respeito, assinale a alternativa que corresponde ao elemento denominado emissor.
  • A Aquele para quem se dirige a mensagem.
  • B A pessoa que emite a mensagem.
  • C O que se deseja transmitir.
  • D O meio pelo qual se transmite a mensagem.
  • E O sistema de sinais convencionais.
29

A discrição no exercício profissional representa

  • A o fomento à discórdia
  • B uma falta contra a dignidade do trabalho.
  • C um elemento da comunicação.
  • D a transmissão de informações da empresa para outros.
  • E um princípio ético.
30
O profissional motorista deve incorporar a ética profissional nas respectivas atividades e ações, por ser considerada como a base da confiança entre as organizações e seus funcionários. Em relação aos princípios básicos da ética, é correto afirmar que o profissional deve
  • A manter sigilo profissional.
  • B utilizar informações para obter vantagens pessoais.
  • C demorar injustamente na execução do trabalho.
  • D negar-se a prestar colaboração nas dependências da empresa.
  • E delegar a outras pessoas a execução do trabalho que lhe foi confiado.
Voltar para lista