Resolver o Simulado Contador - Ciências Contábeis - Nível Superior

0 / 30

Contabilidade de Custos

1

Para tomar a decisão de produzir determinado item, a empresa precisa estabelecer quais serão os custos de produção, uma vez que este interfere diretamente no lucro da firma. De forma simplificada, a firma pode inicialmente estabelecer quais são os custos fixos e as variáveis para a produção deste determinado produto. Diante disso, qual dos custos relacionados corresponde a um custo variável da firma?

  • A Salário do funcionário.
  • B Energia elétrica.
  • C Aluguel.
  • D Imposto predial e territorial urbano (IPTU).
2

A partir da criação da Lei n. 1.598/1977, as operações de custo de uma empresa devem ser registradas e estar de acordo com as demais operações, ou seja, o que de fato ocorreu em termos de movimentação, controle e utilização de estoques deve estar em consonância com os dados registrados. Diante dos fatos, é de grande importância compreender a diferença entre gasto, investimento, desembolso, despesa e custo. Logo, os gastos de uma empresa referem-se

  • A à compra de um produto ou serviço qualquer que gere desembolso imediato ou futuro para a empresa, representado por entrega de ativos.
  • B à compra de um produto ou serviço que gere a necessidade de desembolso imediato, contudo não é capaz de gerar qualquer retorno para a empresa.
  • C à compra de um produto ou serviço que, além de gerar a necessidade de desembolso imediato, precisa também gerar retorno financeiro para a empresa.
  • D à saída de dinheiro (em espécie ou virtual) ou cheque que ocorre devido ao pagamento de uma aquisição efetuada à vista ou de uma obrigação assumida anteriormente.
3
Uma empresa está fabricando e vendendo 5 mil unidades mensais de seu produto X. Seus custos e despesas mensais são:
Fixos: R$ 80.000,00. Variáveis: R$ 300.000,00.
Determine o preço de venda unitário que a empresa deveria praticar, mantendo a mesma quantidade fabricada e vendida, bem como os custos atuais, para obter o lucro operacional de 20% do preço de venda.
  • A R$ 91,50.
  • B R$ 92,50.
  • C R$ 95,00.
  • D R$ 93,00.
4

Considere os seguintes dados da empresa Liberati S/A:


Quantidade vendida = 258 u.

Custos e despesas variáveis = R$ 350,00/u.

Custos e despesas fixos = R$ 56.000,00/mês.

Preço de venda = R$ 600,00/u.


A margem de segurança operacional, em unidades, é de:

  • A 34 unidades.
  • B 38 unidades.
  • C 224 unidades.
  • D 258 unidades.
5
No mês de fevereiro de 2018, foi iniciada a produção de 5.000 unidades de um determinado produto, na empresa “Bem Aventurança S/A”. Ao final do mês, 4.000 unidades estavam totalmente concluídas e restaram 1.000 unidades em processo. O percentual de conclusão das unidades em processo é de 50%. O custo total de produção do período foi de R$ 900.000,00. O Custo de Produção dos Produtos Acabados e o Custo de Produção dos Produtos em Processo são, respectivamente:
  • A R$ 800.000,00 e R$ 100.000,00.
  • B R$ 720.000,00 e R$ 180.000,00.
  • C R$ 900.000,00 e R$ 0,00
  • D R$ 900.000,00 e R$ 100.000,00.
6

Observe e analise as seguintes informações de uma determinada Companhia:


Custos variáveis unitários - R$ 40,00

Despesas variáveis unitárias - R$ 35,00

Custos fixos totais - R$ 15.000,00

Despesas fixas totais - R$ 10.000,00

Preço de venda unitário - R$ 100,00


Com base nas informações acima, o ponto de equilíbrio contábil, em receitas, será de:

  • A R$ 50.000,00
  • B R$ 100.000,00
  • C R$ 250.000,00
  • D R$ 500.000,00
7

Numa determinada Companhia, o preço de venda por unidade é R$ 140,00, o custo variável é da ordem de R$ 60,00 e os custos fixos totalizam R$ 240.000,00. Considerando-se os dados acima, o ponto de equilíbrio em unidades vendidas, se o lucro desejado total for de R$ 50.000,00, será de:

  • A 625
  • B 2.100
  • C 3.000
  • D 3.625
8

A composição relativa dos custos variáveis e fixos de uma Companhia é medida pela alavancagem operacional. Considerando-se uma Companhia com vendas de R$ 410.000,00, custos variáveis de R$ 250.000,00 e custos fixos de R$ 80.000,00, a sua alavancagem operacional será:

  • A 1,24
  • B 1,32
  • C 2,00
  • D 4,13
9

Se o preço de venda unitário de um determinado produto for R$ 16,00, o custo variável unitário for R$ 12,00 e os custos fixos totalizarem R$ 160.000,00, o ponto de equilibro, em unidades, será de:

  • A 5.714
  • B 10.000
  • C 13.333
  • D 40.000
10

Se as vendas de uma sociedade empresária forem de R$ 500.000,00, os custos variáveis totalizarem R$ 200.00,000 e os custos fixos R$ 240.000,00, o seu índice de margem de contribuição será de:

  • A 40%
  • B 48%
  • C 52%
  • D 60%

Contabilidade Geral

11

Considere os fatos contábeis a seguir, ocorridos no primeiro mês de funcionamento de uma empresa.


1. Integralização de capital no valor de R$ 500.000,00, 30% em espécie e o restante com a entrega de um imóvel.

2. Depósito de R$ 110.000,00 no banco.

3. Compra de móveis e utensílios no valor de R$ 15.300,00, para pagamento em 90 dias.

4. Compra de um veículo no valor de R$ 27.600,00: R$ 10.000,00 pago com cheque e o restante financiado em 24 parcelas.

5. Compra de uma máquina industrial no valor de R$ 38.700,00, paga à vista com cheque.

6. Compra de equipamentos no valor de R$ 36.100,00: R$ 16.100,00 pago à vista com cheque e o restante para pagamento em 60 dias.  

Considerando as informações apresentadas, acerca da classificação do fato contábil e da fórmula de lançamento utilizada, é correto afirmar que o fato contábil n°

  • A 1 representa um fato permutativo.
  • B 2 registra-se por um lançamento de 2ª fórmula.
  • C 3 equivale a um fato modificativo aumentativo.
  • D 5 corresponde a um fato permutativo, pois aumentou um ativo e diminuiu um passivo.
  • E 6 consiste em um fato permutativo, efetuado por um lançamento de 2ª fórmula.
12

Considere os fatos contábeis a seguir, ocorridos no primeiro mês de funcionamento de uma empresa.


1. Integralização de capital no valor de R$ 500.000,00, 30% em espécie e o restante com a entrega de um imóvel.

2. Depósito de R$ 110.000,00 no banco.

3. Compra de móveis e utensílios no valor de R$ 15.300,00, para pagamento em 90 dias.

4. Compra de um veículo no valor de R$ 27.600,00: R$ 10.000,00 pago com cheque e o restante financiado em 24 parcelas.

5. Compra de uma máquina industrial no valor de R$ 38.700,00, paga à vista com cheque.

6. Compra de equipamentos no valor de R$ 36.100,00: R$ 16.100,00 pago à vista com cheque e o restante para pagamento em 60 dias.  

Com base nessas informações, ao levantar o balanço patrimonial no final do mês, o ativo totalizou

  • A R$ 502.900,00.
  • B R$ 542.900,00.
  • C R$ 537.600,00.
  • D R$ 552.900,00.
  • E R$ 568.200,00.
13

Um funcionário contabilizou equivocadamente um lote de mercadorias adquiridas à vista por 100.000 reais, mas só dispunha de 70.000 reais em caixa. O contador responsável percebeu o erro e, num segundo momento, fez um lançamento correto, mantendo 70.000 reais à vista e o restante a prazo. O lançamento correto foi:

  • A D - Caixa C - Mercadorias 100.000,00
  • B D - Mercadorias C - Duplicatas a Pagar 30.000,00
  • C D - Caixa C - Duplicatas a Pagar 30.000,00
  • D D - Mercadorias C - Caixa 100.000,00
  • E D -Caixa C - Duplicatas a Pagar 70.000,00
14

Com relação à Lei 6.404 de 1976, que dispõe sobre as sociedades por ações, julgue os itens:


I. No ativo, as contas serão dispostas em ordem crescente de grau de liquidez dos elementos nelas registrados.

II. Os direitos que tenham por objeto bens incorpóreos destinados à manutenção da companhia ou exercidos com essa finalidade, inclusive o fundo de comércio adquirido, serão classificados no intangível.

III. As ações em tesouraria deverão ser destacadas no balanço como dedução da conta do patrimônio líquido que registrar a origem dos recursos aplicados na sua aquisição.

IV. Do lucro líquido do exercício, 5% (cinco por cento) serão aplicados, antes de qualquer outra destinação, na constituição da reserva de capital, que não excederá de 20% (vinte por cento) do capital social.


Assinale a alternativa correta quanto aos itens acima e em ordem, sendo V (assertiva verdadeira) e F (assertiva falsa):

  • A V- V - V - F
  • B F- V - V - V
  • C V- V - V - V
  • D F- V - V - F
  • E V- V - F - F
15

Em 2 de março, a empresa Espectro S.A apresentava 70 unidades de mercadorias em seu estoque, sendo seu custo unitário de R$ 1,20. No dia 9 do mesmo mês foram adquiridas 110 unidades da mercadoria com o valor unitário de R$ 1,50 e, três dias depois, mais 90 unidades ao custo unitário de R$ 1,40. No dia 20 de março a empresa vendeu 190 unidades dessas mercadorias a um valor unitário de R$ 2,00. Sabendo que a empresa adota o controla seus estoques pelo método PEPS, marque a opção correta:

  • A O Estoque Final vale R$ 99,00.
  • B O Lucro Bruto é R$ 104,00.
  • C O Custo da Mercadoria Vendida é R$ 276,00.
  • D O Estoque Final vale R$ 375,00.
  • E O Lucro Bruto é de R$ 117,00.
16

Sabendo-se que o Capital de Terceiros de uma entidade supera em 100.000,00 o Capital Próprio e que o capital aplicado supera em 50% o Capital de Terceiros, podemos afirmar:

  • A O passivo total é de R$ 400.000,00.
  • B O patrimônio Líquido é de R$ 100.000,00.
  • C O passivo total é de R$ 350.000,00.
  • D 0 passivo não exigível é de R$ 250.000,00.
17

Sabendo-se que um Equipamento maquinário foi adquirido pela entidade por R$ 1.000.000,00 e encontra-se com uma depreciação acumulada de R$ 450.000,00, caso a entidade decida vendê-lo, o seu valor de mercado é de R$ 500.000,00. Mas para que a venda seja concretizada, a entidade terá despesas com a contratação de mão de obra especializada para desmontagem no valor de R$ 50.000,00, além de despesas com fretes de R$ 20.000,00. O valore líquido de venda do Equipamento maquinário e o valor da perda estimada de recuperabilidade serão de:

  • A R$ 550.000,00 e 100.000,00.
  • B R$ 500.000,00 e 110.000,00.
  • C R$ 430.000,00 e 120.000,00.
  • D R$ 450.000,00 e 120.000,00.
18

A empresa “Beta” ao vender produtos ao custo de R$ 60.000,00, com a incidência de IPI 10% e ICMS à alíquota de 18%, obteve um faturamento de R$ 110.000,00. Sabendo-se que ocorreu uma devolução de 25% do faturamento e que o estoque inicial de produto era de R$ 70.000,00, o valor do lucro bruto da operação é de:

  • A R$ 20.000,00.
  • B R$ 22.650,00.
  • C R$ 22.000,00.
  • D R$ 22.500,00.
19

A empresa “Alfa” realizou vendas à prazo de R$ 100.000,00 ao custo de R$ 60.000,00, com a incidência de ICMS à alíquota de 18%, recebendo, posteriormente, 30% em devoluções das vendas realizadas. O resultado bruto da operação foi de:

  • A R$ 15.400,00.
  • B R$ 14.400,00.
  • C R$ 15.000,00.
  • D R$ 14.000,00.

Contabilidade Pública

20

Quanto à Afetação Patrimonial - Despesa efetiva reduzem a situação líquida patrimonial (SLP), cite quais são despesas efetivas:

  • A Pessoal e encargos, juros e encargos da Dívida Interna e Externa e Outras Despesas Correntes.
  • B Investimentos, Inversões Financeiras.
  • C Amortização da Dívida Interna e Externa.
  • D Despesa Corrente para formação de estoque de material de consumo.
21

Se o limite de despesa de pessoal previsto na legislação vigente for ultrapassado, a indicação das medidas corretivas adotadas ou a serem adotadas devem ser demonstradas no

  • A relatório resumido da execução financeira.
  • B anexo de metas fiscais.
  • C demonstrativo de renúncia de receita.
  • D relatório de gestão fiscal.
  • E anexo de riscos fiscais.
22

Considere um contrato no valor de R$ 250.000,00, cuja execução está prevista para mais de um exercício financeiro e que, no primeiro ano, teve empenhado o valor de R$ 120.000,00. Nesse mesmo exercício, foram liquidados R$ 90.000,00 e pagos R$ 80.000,00. Com base no exposto, é correto afirmar que o valor inscrito em Restos a Pagar foi

  • A R$ 130.000,00.
  • B R$ 120.000,00.
  • C R$ 40.000,00.
  • D R$ 30.000,00.
  • E R$ 10.000,00.
23

1. Ativo

2. Passivo

3. Variações Patrimoniais Diminutivas

4. Variações Patrimoniais Aumentativas

5. Controles da Aprovação do Planejamento e Orçamento

6. Controles da Execução do Planejamento e Orçamento

7. Controles Devedores

8. Controles Credores


O Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (PCASP) é a estrutura básica da escrituração contábil, que possibilita padronizar os registros contábeis das entidades do setor público. É dividido em oito classes, classificadas segundo a natureza das informações que evidenciam. Com base no PCASP apresentado no quadro, as classes que evidenciam as informações de natureza patrimonial são

  • A 1 e 2.
  • B 1, 2, 3 e 4.
  • C 1, 2, 7 e 8.
  • D 3, 4, 5 e 6.
  • E 1, 2, 3, 4, 5 e 6.
24

O balanço orçamentário de um ente público do exercício de 20X1 apresentou, simultaneamente, excesso de arrecadação, economia orçamentária e superavit orçamentário. Assinale a alternativa que evidencia alguma dessas situações.

  • A Receita Prevista = 150; Receita Executada = 140.
  • B Receita Executada = 140; Despesa Fixada = 140.
  • C Despesa Fixada = 150; Despesa Executada = 160.
  • D Despesa Executada = 140; Despesa Fixada = 150.
  • E Despesa Executada = 140; Receita Executada = 120.
25

Um governador de um Estado, preocupado com o Relatório de Gestão Fiscal, indagou ao contador qual a periodicidade da emissão do mesmo. Ao consultar a Lei Complementar 101 de 2001, o contador, então, respondeu acertadamente:

  • A Ao final de cada bimestre.
  • B Ao final de cada semestre.
  • C Ao final de cada ano.
  • D Ao final de cada trimestre.
  • E Ao final de cada quadrimestre.
26

Uma instituição pública de educação adquiriu uma nova e potente máquina de impressão e cópia para atender a demanda dos alunos. O contador registrou essa despesa como:

  • A Despesas Correntes - Transferências Correntes.
  • B Despesas Correntes - Despesas de Custeio.
  • C Despesas de Capital - Investimentos
  • D Despesas de Capital - Transferências de Capital.
  • E Despesas de Capital - Inversões Financeiras.
27

Em setembro de 2017, determinado ente público municipal incorreu em obrigações financeiras no valor de R$ 950.000,00 com vencimento em março de 2019 em decorrência de contrato assinado em agosto de 2017. De acordo com as determinações da Lei de Responsabilidade Fiscal, o montante total das obrigações financeiras incorridas pelo ente classifica-se como dívida pública

  • A de refinanciamento da dívida mobiliária.
  • B mobiliária.
  • C flutuante.
  • D fundada.
  • E de antecipação de receita orçamentária.
28

Em abril de 2018, um ente municipal arrecadou R$ 300.000,00 referente ao principal da contribuição para o custeio do serviço de iluminação pública. De acordo com o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, a receita arrecadada classifica-se, quanto à origem e espécie da receita orçamentária, respectivamente, como

  • A Contribuições; Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública.
  • B Receita Corrente; Contribuições.
  • C Receita Corrente; Contribuições Sociais.
  • D Impostos, Taxas e Contribuições; Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública.
  • E Receita Corrente; Impostos, Taxas e Contribuições.

Administração Financeira e Orçamentária

29

Não constitui Despesas de Capital:

  • A Investimentos.
  • B Inversões Financeiras.
  • C Amortização da Dívida.
  • D Despesas com Pessoal e Encargos Sociais, juros e encargos da dívida.
30

Por pactuação contratual, o Conselho de Farmácia recebeu um depósito como garantia na contratação das obras de construção de sua fachada. Uma das cláusulas firmada era de conclusão das obras em um semestre. No entanto, a empresa responsável descumpriu e abandonou o serviço, dando motivos para execução da garantia. Em face do exposto, o valor dado em garantia pela empresa, após seu abandono e quebra contratual, ficou classificado como:

  • A Receita extraorçamentária.
  • B Receita extraordinária.
  • C Receita orçamentária.
  • D Ganho equivalente.
Voltar para lista