Resolver o Simulado Nível Superior

0 / 40

Direito Administrativo

1

A empresa X, contratada após processo licitatório na modalidade de concorrência, com o objetivo de reformar imóvel pertencente à administração pública, deixou de realizar 30% da obra licitada, o que equivale a R$ 250.000, em decorrência de graves problemas financeiros.


Nessa situação hipotética, conforme previsão da Lei n.º 8.666/1993, para a contratação de nova empresa para finalizar a obra remanescente

  • A pode-se dispensar a licitação, desde que contratada a empresa classificada em segundo lugar no processo licitatório original.
  • B deve-se realizar novo processo licitatório na modalidade de concorrência.
  • C deve-se realizar novo processo licitatório na modalidade convite.
  • D pode-se optar pela contratação direta, por configurar hipótese de inexigibilidade de licitação.
  • E pode-se dispensar de licitação, desde que obedecida a ordem de classificação e mantidos os termos oferecidos ao licitante vencedor.
2

Pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, instituídas por servidores públicos, em nome próprio, sob a forma de fundação, associação ou cooperativa, para a prestação, em caráter privado, de serviços sociais não exclusivos do Estado e que mantêm vínculo jurídico com entidades da administração direta ou indireta, em regra por meio de convênio, denominam-se

  • A entidades de apoio.
  • B serviços sociais autônomos.
  • C organizações sociais.
  • D autarquias em regime especial.
  • E organizações da sociedade civil de interesse público.
3

A permissão, uma das formas de delegação do serviço público, ocorre quando o Estado transfere

  • A tanto a titularidade quanto a prestação do serviço ao particular mediante a formalização de vínculo de natureza precária.
  • B apenas a prestação de serviços públicos ao particular mediante a formalização de vínculo de natureza precária.
  • C apenas a prestação de serviços públicos, desde que a pessoa jurídica ou consórcio de empresas mediante a formalização de vínculo de natureza precária.
  • D tanto a titularidade quanto a prestação do serviço, desde que a pessoa jurídica ou consórcio de empresas mediante a formalização de vínculo de natureza precária.
  • E apenas a prestação de serviços públicos, desde que a pessoa física mediante a formalização de vínculo de natureza precária.
4

A administração possui posição de superioridade em relação aos administrativos, além de possuir prerrogativas e obrigações que não são extensíveis aos particulares. Além disso, os assuntos públicos possuem preferência em relação aos particulares. Essas características da administração pública decorrem do princípio da

  • A supremacia do interesse público, previsto expressamente na legislação ordinária.
  • B presunção de legitimidade, previsto implicitamente na Constituição Federal e na legislação ordinária.
  • C supremacia do interesse público, previsto implicitamente na Constituição Federal e expressamente na legislação ordinária.
  • D legalidade, previsto expressamente na Constituição Federal e na legislação ordinária.
  • E segurança jurídica, previsto expressamente na Constituição Federal.
5

Assinale a opção que apresenta o poder da administração pública que limita o exercício dos direitos individuais em benefício do interesse público.

  • A poder hierárquico
  • B poder de disciplinar
  • C poder de polícia
  • D poder regulamentar
  • E poder discricionário
6

João, servidor público ocupante exclusivamente de cargo em comissão, foi exonerado ad nutum pela administração pública sob a justificativa de falta de verba, motivo que constou expressamente do ato administrativo que determinou sua exoneração. Logo em seguida, João descobriu que o mesmo órgão havia contratado outro servidor para substituí-lo, tendo-o investido na mesma vaga por ele ocupada.


Nessa situação, João

  • A não poderá reclamar o seu retorno, tendo em vista que os cargos em comissão são de livre nomeação e exoneração.
  • B poderá reclamar o seu retorno, independentemente do motivo apresentado pela administração pública para a exoneração.
  • C não poderá reclamar o seu retorno, pois os motivos invocados no ato exoneratório não se comunicam com a nova investidura do servidor, ainda que para o mesmo cargo.
  • D poderá reclamar o seu retorno em razão da teoria dos motivos determinantes se comprovar a não ocorrência da situação declarada.
  • E não poderá reclamar seu retorno, pois a teoria dos motivos determinantes somente poderia ser aplicada nos casos de servidores públicos estáveis.
7

De acordo com a Lei n.º 8.666/1993 (Lei de Licitações), é inexigível a licitação na hipótese de

  • A guerra ou grave perturbação da ordem.
  • B não acudirem interessados à licitação anterior e esta não puder ser repetida sem prejuízo para a administração.
  • C compras de gêneros perecíveis no tempo necessário para a realização dos processos licitatórios correspondentes.
  • D aquisição de materiais e equipamentos que só possam ser fornecidos por produtor ou empresa comercial exclusivos.
  • E contratação de serviços de publicidade, de natureza singular, com profissionais de notória especialização.
8

A responsabilidade civil do Estado por ato comissivo é afastada quando

  • A ausente o dolo.
  • B ausente a culpa.
  • C presente o caso fortuito.
  • D presente a força maior.
  • E presente a culpa concorrente da vítima.

Direito Constitucional

9

À luz das disposições constitucionais e doutrinárias a respeito de cargos e funções públicas, julgue os itens a seguir.


I Os cargos e as funções públicas são acessíveis a brasileiros e estrangeiros, na forma da lei.

II Função é o conjunto de atribuições exercidas pelo servidor, sem que lhe corresponda um cargo ou emprego público.

III Assim como ocorre com o cargo, o exercício da função exige a prévia realização de concurso público.

IV Os cargos em comissão devem ser preenchidos por servidores ocupantes de cargo efetivo.


Estão certos apenas os itens

  • A I e II.
  • B I e III.
  • C III e IV.
  • D I, II e IV.
  • E II, III e IV.

Direito Administrativo

10

A concessão de serviço público

  • A deve ser precedida de licitação, não lhe sendo aplicáveis as hipóteses de dispensa previstas na lei de licitações.
  • B transfere ao concessionário a titularidade do serviço público concedido.
  • C transfere ao concessionário a responsabilidade por prejuízos causados a terceiros, que é subjetiva nesse caso.
  • D prevê a alteração unilateral do contrato pelo poder público no que se refere ao núcleo do objeto do empreendimento.
  • E pressupõe o pagamento de remuneração ao concessionário, sendo vedada a alteração do valor originalmente pactuado.

Direito Constitucional

11

O chefe do Poder Executivo do município Ômega, mediante decisão administrativa, resolve estender aos servidores inativos do município o direito ao auxílio-alimentação, contrariando a Súmula Vinculante nº 55 do Supremo Tribunal Federal.

Para se insurgir contra a situação apresentada, assinale a opção que indica a medida judicial que deve ser adotada.

  • A Ação Direta de Inconstitucionalidade, perante o Supremo Tribunal Federal, com o objetivo de questionar o decreto.
  • B Mandado de injunção, com o objetivo de exigir que o Poder Legislativo municipal edite lei regulamentando a matéria.
  • C Reclamação constitucional, com o objetivo de assegurar a autoridade da súmula vinculante
  • D Habeas data, com o objetivo de solicitar explicações à administração pública municipal.
12

Todos os dispositivos da Lei Y, promulgada no ano de 1985, possuem total consonância material e formal com a Constituição de 1967, com a redação dada pela Emenda Constitucional nº 1/1969.

No entanto, o Supremo Tribunal Federal, em sede de recurso extraordinário, constatou que, após a atuação do Poder Constituinte originário, que deu origem à Constituição de 1988, o Art. X da mencionada Lei Y deixou de encontrar suporte material na atual ordem constitucional.


Sobre esse caso, segundo a posição reconhecida pela ordem jurídico-constitucional brasileira, assinale a afirmativa correta.

  • A Ocorreu o fenômeno conhecido como “não recepção”, que tem por consequência a revogação do ato normativo que não se compatibiliza materialmente com o novo parâmetro constitucional.
  • B Ao declarar a inconstitucionalidade do Art. X à luz do novo parâmetro constitucional, devem ser reconhecidos os naturais efeitos retroativos (ex tunc) atribuídos a tais decisões.
  • C Na ausência de enunciado expresso, dá-se a ocorrência do fenômeno denominado “desconstitucionalização”, sendo que o Art. X é tido como inválido perante a nova Constituição.
  • D Terá ocorrido o fenômeno da inconstitucionalidade formal superveniente, pois o Art. X, constitucional perante a Constituição de 1967, tornou-se inválido com o advento da Constituição de 1988.
13

No que se refere às funções essenciais à justiça, é correto afirmar que

  • A a defesa dos denominados interesses sociais e individuais indisponíveis cabe à advocacia pública.
  • B o Ministério Público dos estados é integrante do Ministério Público da União.
  • C a Advocacia-Geral da União é a instituição responsável pela representação judicial da União, não possuindo competência para representá-la extrajudicialmente.
  • D os procuradores dos estados são servidores públicos concursados incumbidos da função de representação judicial e consultoria jurídica às respectivas unidades federadas.
  • E a Defensoria Pública, por estar vinculada à procuradoria estadual, encontra-se sujeita às mesmas regras funcionais e administrativas estabelecidas pelo procurador-geral.
14

A respeito do Poder Legislativo, julgue os itens a seguir.


I O Congresso Nacional é responsável pela escolha de dois terços dos membros do Tribunal de Contas da União.

II A fiscalização externa contábil e financeira da União é feita pelo Congresso Nacional com o auxílio do Tribunal de Contas da União, que analisará as contas do presidente da República.

III Os ministros dos tribunais de contas terão as mesmas prerrogativas e os mesmos vencimentos que os dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

IV Os três poderes da União mantêm sistema de controle interno, e os responsáveis por tal controle devem dar ciência de qualquer ilegalidade ao Tribunal de Contas da União, sob pena de responsabilidade solidária.


Estão certos apenas os itens

  • A I e II.
  • B I e III.
  • C III e IV.
  • D I, II e IV.
  • E II, III e IV.
15

A direção superior da administração federal é competência

  • A comum do presidente da República, com o auxílio do Congresso Nacional.
  • B privativa do presidente da República, com o auxílio dos ministros de Estado e do Tribunal de Contas da União.
  • C comum do presidente da República, com o auxílio direto do Tribunal de Contas da União.
  • D privativa do presidente da República, com o auxílio do Congresso Nacional.
  • E privativa do presidente da República, com o auxílio dos ministros de Estado.
16

Com relação à organização político-administrativa do Estado Federal, é correto afirmar que

  • A os territórios brasileiros são excluídos da composição da organização político-administrativa da República Federativa do Brasil.
  • B os recursos minerais do subsolo são de propriedade do município em que forem encontrados.
  • C os estados podem incorporar-se entre si ou desmembrar-se para formarem novos territórios estaduais.
  • D a organização e a prestação de serviços de transporte rodoviário interestadual e local são de competência dos estados.
  • E as cavidades naturais subterrâneas são patrimônio do estado onde se localizarem.
17

O cidadão que entender que seu direito líquido e certo foi violado por ato de agente do tribunal de contas que atuava no exercício de suas funções poderá se valer do remédio constitucional denominado

  • A mandado de injunção.
  • B ação popular.
  • C mandado de segurança.
  • D ação civil pública.
  • E ação rescisória.
18

O princípio fundamental da Constituição que consiste em fundamento da República Federativa do Brasil, de eficácia plena, e que não alcança seus entes internos é

  • A o pluralismo político.
  • B a soberania.
  • C o conjunto dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
  • D a prevalência dos direitos humanos.
  • E a dignidade da pessoa humana.

Direito Administrativo

19

O controle externo da atividade financeira da administração pública compreende as funções de fiscalização financeira propriamente dita, de consulta, de informação, de julgamento, corretivas, de ouvidor e sancionatórias. No que se refere ao controle externo pelo Poder Judiciário, assinale a opção correta.

  • A O Poder Judiciário não pode realizar controle externo, já que o Brasil adotou o sistema da jurisdição una, em que, paralelamente ao Poder Judiciário, atuam os órgãos do contencioso administrativo fiscal que exercem, como aquele, função jurisdicional sobre lides de que a administração pública seja parte interessada.
  • B O Poder Judiciário pode realizar controle externo, já que o Brasil adotou o sistema da jurisdição dual, em que cabe ao Poder Judiciário atuar em casos excepcionais de decisão teratológica ou de flagrante inconstitucionalidade.
  • C O Poder Judiciário pode realizar controle externo, já que o Brasil adota o sistema da jurisdição una, em que o Poder Judiciário tem o monopólio da função jurisdicional, cabendo-lhe apreciar, com força de coisa julgada, lesões ou ameaças a direitos individuais e coletivos.
  • D O Poder Judiciário pode realizar controle externo somente em casos excepcionais, já que o Brasil adotou o sistema da jurisdição una, em que a decisão emanada de órgão financeiro da administração pública faz coisa julgada, a qual somente pode ser revista mediante ação rescisória.
  • E O Poder Judiciário não pode realizar controle externo, já que o Brasil adotou o sistema da jurisdição dual, em que, paralelamente ao Poder Judiciário, atuam os órgãos do contencioso administrativo fiscal que exercem, como aquele, função jurisdicional sobre lides de que a administração pública seja parte interessada.

Direito Constitucional

20

É possível a utilização de mandado de segurança para impugnar

  • A ato de gestão comercial praticado por empresa pública.
  • B ato normativo que possua efeitos concretos.
  • C sentença transitada em julgado que tenha sido prolatada por juiz impedido.
  • D ato sujeito a recurso administrativo com efeito suspensivo que não exija caução.
  • E qualquer decisão judicial liminar, desde que demonstrada a urgência do impetrante.

Direito Penal

21

Com relação à classificação dos crimes, julgue os itens a seguir.


I Denomina-se crime plurissubsistente o crime cometido por vários agentes.

II Se o sujeito fizer tudo o que está ao seu alcance para a consumação do crime, mas o resultado não ocorrer por circunstâncias alheias a sua vontade, configura-se crime falho.

III Havendo, em razão do tipo, dois sujeitos passivos, o crime é denominado vago.

IV Crime habitual cometido com ânimo de lucro é denominado crime a prazo.

V Crime praticado por intermédio de automóvel é denominado delito de circulação.


Estão certos apenas os itens

  • A I e II.
  • B I e IV.
  • C II e V.
  • D III e IV.
  • E III e V.

Direito Processual Penal

22

Diante do previsto na Lei n° 9.296/96 – Lei de Interceptação Telefônica, assinale a alternativa correta.

  • A A interceptação telefônica será admitida mesmo que a prova possa ser feita por outros meios disponíveis.
  • B A interceptação telefônica poderá ser determinada pelo representante do Ministério Público, de ofício, mediante idônea fundamentação durante a instrução criminal.
  • C O juiz deverá decidir, no prazo máximo de 24 (vinte e quatro) horas, sobre o pedido de interceptação.
  • D Somente será admitido o pedido de interceptação telefônica feito por escrito.
  • E Não é necessária a presença de indícios razoáveis da autoria ou participação em infração penal para que seja determinada a interceptação telefônica.

Direito Penal

23

A Lei de Execução Penal adotou o instituto da remição, que é o desconto de 1 (um) dia da pena por 3 (três) dias trabalhados pelo condenado. Diante das normas legais a respeito do assunto, constata-se que

  • A uma vez realizado o trabalho, não pode fato posterior suprimir o direito à remição.
  • B o cometimento de falta grave pode acarretar a revogação de até 1/6 (um sexto) dos dias remidos.
  • C o cometimento de falta média ou grave pode acarretar a revogação total dos dias remidos.
  • D o cometimento de falta grave pode acarretar a revogação de até 1/2 (metade) dos dias remidos.
  • E o cometimento de falta grave pode acarretar a revogação de até 1/3 (um terço) dos dias remidos.
24

No tocante ao previsto na Lei n° 8.137/90, é correto afirmar que

  • A o crime contra ordem tributária previsto no art. 1° , IV, da Lei n° 8.137/90 (“elaborar, distribuir, fornecer, emitir ou utilizar documento que saiba ou deva saber falso ou inexato”) não pode ser praticado por quem não é contribuinte.
  • B a omissão de informação às autoridades fazendárias só constitui crime contra ordem tributária se tiver a finalidade de suprimir ou reduzir tributo, ou contribuição social e qualquer acessório.
  • C constitui crime contra ordem econômica divulgar programa de processamento de dados que permita ao sujeito passivo da obrigação tributária possuir informação contábil diversa daquela que é, por lei, fornecida à Fazenda Pública.
  • D todos os crimes contra ordem tributária são de ação penal pública condicionada à representação.
  • E o crime contra ordem tributária previsto no art. 1° , IV, da Lei n° 8.137/90 (“elaborar, distribuir, fornecer, emitir ou utilizar documento que saiba ou deva saber falso ou inexato”) pode ser punido a título de culpa.

Direito Administrativo

25

No âmbito da execução penal, a atribuição de apurar a conduta faltosa do detento cometida dentro do estabelecimento prisional durante o cumprimento da pena, assim como realizar a subsunção do fato à norma legal, verificando se a conduta corresponde a uma falta leve, média ou grave, e aplicar eventual sanção é do diretor do estabelecimento prisional e decorre do poder

  • A de polícia.
  • B geral de cautela.
  • C de tutela.
  • D hierárquico.
  • E disciplinar.

Direito da Criança e do Adolescente

26

Caio, a dois dias de completar 18 anos, portando uma faca, abordou Tícia e, mediante ameaça de morte, exigiu a entrega do celular. O roubo somente não se consumou, em razão da intervenção de Semprônia, policial à paisana, que monitorava o local. Dado o flagrante, o menor foi encaminhado à Autoridade Policial, que lavrou o Auto de Apreensão. Em vista da gravidade do ato infracional praticado, mesmo comparecendo a mãe na Delegacia, Caio não foi liberado. Tendo a apreensão se realizado na quinta-feira, Caio somente foi encaminhado ao Ministério Público na segunda-feira, quando já atingira a maioridade. O Ministério Público, após ouvir Caio, decidiu pela concessão da remissão, mediante a imediata inserção em regime de semiliberdade. Homologada a proposta pelo Juiz, Caio imediatamente iniciou a medida socioeducativa determinada. Diante da situação hipotética e, tendo em conta o Estatuto da Criança e do Adolescente, assinale a alternativa correta.

  • A Dado que o ato infracional praticado por Caio envolveu violência e grave ameaça, o instituto da remissão a ele não se aplicaria, em vista da vedação legal.
  • B A despeito de ser aplicável o instituto da remissão, Caio não poderia ser inserido em regime de semiliberdade, em vista da vedação legal de aplicação imediata de pena privativa de liberdade.
  • C Ainda que praticado o fato enquanto menor, tendo atingido a maioridade, Caio não mais se sujeitaria à legislação especial.
  • D A Autoridade Policial, ao deixar de encaminhar Caio ao Ministério Público no tempo devido, em tese, praticou o crime previsto no artigo 231, do ECA (deixar de comunicar a apreensão do adolescente à autoridade judicial), processável por ação penal pública condicionada.
  • E A remissão implica o reconhecimento de responsabilidade e prevalece para efeito de antecedentes.

Direito Penal

27

Mévio, de 20 anos, participando de um jogo de desafio virtual, à meia noite da sexta-feira, do dia 13 de março de 2015, invadiu o cemitério e, após violar o túmulo no qual, pela manhã, o corpo de uma mulher de 50 anos havia sido sepultado, manteve com o cadáver conjunção carnal e coito anal. Para provar ter cumprido a tarefa, Mévio filmou todos os atos, tendo enviado o vídeo ao grupo de whatsapp, criado exclusivamente para o compartilhamento dos desafios. A mãe de Tício, rapaz de 22 anos, também participante do jogo, mexendo no celular do filho, assistiu ao vídeo. Apavorada, procurou a Autoridade Policial, tendo fornecido as imagens, bem como todas as conversas do grupo, desde o início. Encerrada a investigação, o Ministério Público denuncia Mévio e Tício pelo crime de vilipêndio a cadáver. Mévio, pelos atos praticados, e Tício, por restar constatado ter sido ele quem propôs o desafio a Mévio, tendo-o instigado. A denúncia foi recebida em 15 de junho de 2015 e, encerrada a instrução, Mévio e Tício, em 20 de junho de 2017, são condenados pelo crime de vilipêndio a cadáver. Mévio à pena de 02 (dois) anos de reclusão. Tício à pena de 01 (um) ano de reclusão. A sentença condenatória transitou em julgado para a acusação. Diante da situação hipotética e, levando em conta o Código Penal, a alternativa correta é:

  • A Em vista da condenação, em concurso de agentes, a punição de Mévio e Tício haveria de ser idêntica, em respeito à teoria unitária, adotada pelo Código Penal.
  • B Em havendo concurso de agentes, em respeito à natureza da acessoriedade da participação, a extinção da punibilidade do autor do crime impede a punição do partícipe.
  • C A punibilidade de Tício está extinta, por força da prescrição, já que transcorreu período superior a dois anos entre a data do recebimento da denúncia e a da sentença.
  • D A punibilidade de Mévio está extinta, por força da prescrição, já que transcorreu período superior a dois anos entre a data do recebimento da denúncia e a da sentença.
  • E O sujeito passivo, nos crimes contra o sentimento de respeito aos mortos, é o cadáver.
28

A respeito dos crimes sexuais, previstos no Título VI, do Código Penal, assinale a alternativa correta.

  • A Não se tipifica crime de estupro se o agente é cônjuge da vítima, já que o casamento impõe aos cônjuges o dever de prestação sexual.
  • B A prática de conjunção carnal ou outro ato libidinoso com menor de 18 (dezoito) anos é estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do Código Penal.
  • C A prática de conjunção carnal ou qualquer outro ato libidinoso com adolescente de idade entre 14 (catorze) e 18 (dezoito) anos, em situação de prostituição, é atípica.
  • D Os crimes sexuais, com exceção do estupro de vulnerável, são processáveis mediante ação penal pública condicionada à representação.
  • E Haverá aumento de pena se o agente transmite à vítima doença sexualmente transmissível de que sabe ou deveria saber ser portador.
29

Tendo em conta a teoria geral do crime, assinale a alternativa correta.

  • A Os partidários da teoria tripartida do delito consideram a culpabilidade como pressuposto da pena e não elemento do crime.
  • B Os partidários da teoria tripartida do delito consideram elementos do crime a tipicidade, a antijuricidade e a punibilidade.
  • C A tipicidade, elemento do crime, na concepção material, esgota-se na subsunção da conduta ao tipo penal.
  • D O dolo, na escola clássica, deixou de ser elemento integrante da culpabilidade, deslocando-se para a conduta, já que ação e intenção são indissociáveis.
  • E Os partidários da teoria funcionalista da culpabilidade entendem que a culpabilidade é limitada pela finalidade preventiva da pena; constatada a desnecessidade da pena, o agente não será punido.
30

A respeito da Teoria das Penas, assinale a alternativa correta.

  • A A finalidade da pena, na teoria relativa, é prevenir o crime. Na vertente preventiva-geral, o criminoso é punido a fim de impedir que ele volte a praticar novos crimes.
  • B A finalidade da pena, na teoria relativa, é prevenir o crime. Na vertente preventiva especial, de acentuado caráter intimatório, o criminoso é punido para servir de exemplo aos demais cidadãos.
  • C A finalidade da pena, na teoria absoluta, é castigar o criminoso, pelo mal praticado. O mérito dessa teoria foi introduzir, no Direito Penal, o princípio da proporcionalidade de pena ao delito praticado.
  • D A finalidade da pena, para a teoria eclética, é ressocializar o criminoso. O mérito dessa teoria foi humanizar as penas impostas, impedindo as cruéis e humilhantes.
  • E O ordenamento jurídico brasileiro adota a teoria absoluta, tendo a pena apenas o fim de ressocializar o criminoso.

Noções de Informática

31

Os dispositivos periféricos são componentes de hardware que se conectam a um computador para adicionar funcionalidade, sendo divididos em dispositivos de entrada, de saída e de entrada-saída. São exemplos de cada uma dessas categorias, respectivamente:

  • A scanner, monitor e modem.
  • B teclado, impressora e microfone.
  • C mouse, pendrive e alto-falante.
  • D webcam, drive de CD-ROM e cartões de memória.
  • E joystick, drive de disquete e vídeo.
32

No que se refere aos computadores, há duas categorias básicas de memórias: não voláteis e voláteis. As memórias não voláteis caracterizam-se por

  • A perder os dados gravados ao cessar a alimentação elétrica.
  • B permitir que os dados sejam gravados uma única vez.
  • C oferecer acesso randômico aos dados gravados.
  • D acessar os dados gravados de forma estática ou dinâmica.
  • E aceitar que os dados gravados sejam apagados ou alterados.
33
O local do MS-Office 2016 que armazena texto e elementos gráficos que você copia ou recorta de qualquer lugar e permite que cole os itens armazenados em outro arquivo do Office é denominado:
  • A Página inicial
  • B Área de transferência
  • C Barra de status
  • D Pasta
  • E Janela suspensa
34

No Ms-Excel 2016, sobre o tema Mesclar Célula, podemos afirmar:


I – Quando você mescla duas ou mais células adjacentes horizontais ou verticais, as células se tornam uma única célula maior que é exibida em várias colunas ou linhas.

II – Após mesclar as células, você pode dividir uma célula mesclada em células separadas novamente. Se você não se lembra onde estão as células mescladas, é possível usar o comando “buscar célula mesclada” para localizar as células mescladas rapidamente.

III – Não é possível dividir uma célula não mesclada.


Assinale a alternativa correta.

  • A Apenas a afirmação II está correta.
  • B Apenas a afirmação I está correta.
  • C Apenas as afirmações II e III estão corretas.
  • D Apenas as afirmações I e III estão corretas.
  • E Todas as afirmações estão corretas.
35
No MS-Word 2016, você pode colocar uma borda ao redor de apenas uma página se essa página estiver no início de um documento ou uma seção. Se a página estiver no meio de seu documento, você deve primeiro adicionar uma:
  • A Quebra de seção
  • B Quebra de página
  • C Quebra de parágrafo
  • D Nova página em branco
  • E Borda personalizada
36
No MS-Word 2016, a primeira linha de um parágrafo impressa sozinha na parte inferior de uma página é chamada de:
  • A Linhas Viúvas
  • B Linhas Órfãs
  • C Linhas Hifenizadas
  • D Linhas quebradas
  • E Linhas próximas
37

Use a ferramenta pincel para copiar rapidamente a formatação de uma parte do documento para outra parte do documento. Selecione apenas a parte do documento que você gosta da aparência, clique em Pincel e clique na parte do documento que você deseja alterar para a mesma aparência. Tendo em mente esse assunto, analise as afirmações seguintes e assinale a alternativa correta.


I – No MS-Word 2016, para copiar a formatação para mais de um item, clique duas vezes no Pincel de Formatação em vez de clicar uma vez. A formatação copiada será aplicada a todos os itens em que você clicar, até que você pressione Esc.

II – No Ms-Excel 2016, para copiar rapidamente a largura de uma coluna ou linha em uma segunda coluna ou linha, selecione o título da primeira coluna ou linha, clique em Pincel e, em seguida, clique no título da segunda coluna ou linha. Você não pode copiar a largura se a coluna ou linha contiver uma célula mesclada.

III – No MS-PowerPoint 2016, se você tiver adicionado uma animação, você pode usar o Pincel de animação na guia animações para copiar rapidamente a animação para outro objeto ou slide.

  • A Apenas a afirmação II está correta.
  • B Apenas a afirmação I está correta
  • C Apenas as afirmações II e III estão corretas.
  • D Apenas as afirmações I e III estão corretas.
  • E Todas as afirmações estão corretas.
38

Ao longo dos anos, a quantidade de sites e de aplicações disponíveis na internet apresentou um grande crescimento. Seguindo talvez a mesma velocidade de crescimento, usuários mal intencionados disponibilizam componentes maliciosos na rede com o intuito de chamar atenção do usuário ao navegar pela internet. Esses componentes maliciosos buscam, por exemplo, obter informações privilegiadas dos usuários, como dados bancários e senhas.


Em caso de suspeita de infecção por esses componentes maliciosos, qual o tipo de software indicado para verificar se o computador está de fato infectado?

  • A Browser da Internet.
  • B Desfragmentador de discos.
  • C Anti-malware.
  • D Firewall do Windows.
39

A Internet tornou-se ferramenta indispensável em ambientes de trabalho. Uma grande variedade de plataformas e de ferramentas migrou completamente para sistemas baseados na internet tais como: sistemas de gerenciamento empresarial, sistemas bancários e sistemas de comunicação.


Nesse contexto, assinale a alternativa correta.

  • A Atualmente, é comum que indivíduos possuam diversas contas de e-mail. Por exemplo, uma conta de endereço eletrônico para assuntos pessoais e outra específica para assuntos corporativos. Devido à diferença em relação ao domínio no qual cada uma dessas contas de e-mail de uma mesma pessoa (pessoal e corporativo) é armazenada, o nome de usuário, ou seja, a primeira parte do e-mail, que compõe os endereços e que fica localizada à esquerda do símbolo @, necessita ser diferente para cada e-mail dessa pessoa.
  • B Os meios de comunicação baseados na internet, se empregados corretamente, permitem uma significativa redução em termos de custos relacionados à comunicação. Correspondências tradicionais podem ser substituídas pelo uso de emails, cujo custo tende a ser menor. Há suporte inclusive para o uso de assinaturas digitais. Uma assinatura digital é uma forma de autenticação que tipicamente é tratada como substituta da assinatura física.
  • C Uma metodologia comum de interação nas plataformas da internet é por meio da troca de arquivos. Essas trocas ocorrem, geralmente, em dois sentidos de comunicação. Ao movimentar um arquivo qualquer, localizado originalmente em seu computador local, na direção de outro computador remoto na internet, esse movimento é denominado download no jargão da internet. Por sua vez, o movimento inverso é denominado pelo termo upload.
  • D Páginas na internet são endereçadas por meio de URLs (Uniform Resource Locator - Localizador Padrão de Recursos). Uma URL é hierarquicamente estruturada e, em geral, possui um prefixo que indica o protocolo a ser utilizado na comunicação (por exemplo, http e https são os protocolos mais comumente utilizados), ou seja, um termo que representa o local onde o recurso está armazenado (por exemplo, o nome de um produto ou de uma empresa) e, finalmente, sufixos compostos que indicam o tipo e, até mesmo, o país onde se encontra a página armazenada (por exemplo, .com.br para páginas comerciais brasileiras). O protocolo http é ideal para uso em sites de bancos, pois possui suporte para mecanismos de criptografia, ao passo que o https é uma versão mais simples desse protocolo, sem suporte a mecanismos de segurança.
40

O sistema operacional Microsoft Windows 7 é reconhecido como eficiente e simples de ser utilizado. Em ambientes empresariais, é comum que diversos usuários utilizem um mesmo computador, compartilhando os computadores disponíveis no ambiente de trabalho.


Em relação ao suporte a diversos usuários presente no Microsoft Windows 7, assinale a alternativa correta.

  • A No instante em que é feita a exclusão de uma conta de usuário no Microsoft Windows 7, é possível que seja feita a opção pela remoção completa dos dados desse usuário ou que sejam preservados os dados do usuário no computador.
  • B Uma vez que há suporte a diversas contas de usuário em um mesmo computador no qual o Microsoft Windows 7 está instalado, é natural que haja necessidade de controle quanto a essas contas como, por exemplo, controle para a criação e a remoção das contas de usuários. Da forma como é estruturado o controle de contas e de senhas do Microsoft Windows 7, qualquer usuário com conta ativa em um determinado computador é capaz de excluir ou de adicionar outras contas de usuário no mesmo computador.
  • C Um usuário, cuja conta possui privilégios de controle definidos como “Avançado”, é capaz de excluir toda e qualquer conta de usuário existente em um determinado computador com o Microsoft Windows 7 instalado. Esse usuário é capaz de excluir até a própria conta com a qual está “logado” no computador no momento da exclusão.
  • D Existem diferentes níveis de privilégios que podem ser atribuídos aos usuários do Microsoft Windows 7 em um determinado computador. Dentre as opções de privilégios, temos 3 tipos padronizados pela Microsoft para contas de usuários: “Iniciante”, “Intermediário” e “Avançado”, além de termos a opção de privilégios personalizados, ou seja, um tipo de conta que pode ser livremente personalizada para um determinado usuário.
Voltar para lista