Resolver o Simulado Nível Médio

0 / 49

Atendimento ao Público

1

São características necessárias a um bom profissional todas as seguintes, EXCETO:

  • A Capacidade de trabalhar sobre pressão.
  • B Beleza.
  • C Capacidade de lidar com imprevistos.
  • D Comprometimento.
2
A insatisfação em relação ao atendimento pode afastar um cliente. Nesse sentido, são boas práticas de atendimento, EXCETO:
  • A comunicar ao seu chefe a chegada do cliente, informando sempre o nome e a empresa.
  • B tomar a iniciativa de puxar assunto com o cliente enquanto ele espera para ser atendido pela sua chefia.
  • C ouvir o que o cliente tem a dizer sobre suas necessidades e quais são suas opiniões.
  • D não discutir ou entrar em confronto com o cliente.
  • E evitar o uso de diminutivos como “ele deu uma saidinha” ou “quer deixar um recadinho?”.
3

A qualidade do atendimento está intimamente ligada ao uso que fazemos da linguagem. A respeito da forma linguística, um bom atendimento ao público requer que usemos, preferencialmente,

  • A a norma padrão.
  • B gíria.
  • C a linguagem não verbal.
  • D um dialeto.
  • E uma linguagem coloquial.
4

Considere as seguintes afirmações:

I. A qualidade no atendimento ao cliente é uma obrigação de todo e qualquer profissional que trabalhe nessa área.

II. A fidelização do cliente prescinde do monitoramento da qualidade do atendimento.

III. O ofício é a modalidade de comunicação entre unidades administrativas de um mesmo órgão, que podem estar hierarquicamente em mesmo nível ou em nível diferente.

IV. Para se ter qualidade no atendimento é preciso saber com que tipo de produto ou serviço se está trabalhando.

Está correto o que se afirma APENAS em:

  • A II e IV
  • B I e III
  • C I, II e IV
  • D I e IV
5

O telefone está entre os instrumentos mais utilizados para o atendimento ao cliente. Além da rapidez dos contatos internos, permite explorar contatos externos, quase sempre direcionados ao público-alvo. A comunicação telefônica envolve algumas técnicas indispensáveis para facilitar o relacionamento, melhorar a imagem da instituição e dar um feedback. Assinale, a seguir, uma atitude que não seja adequada para garantir um feedback positivo por parte do público.

  • A Prestar as informações com transparência e exatidão. Em caso de dúvida, consultar um colega de trabalho. O importante é não passar uma informação errônea.
  • B Concentrar-se no que o cliente diz, anotando tudo com muito cuidado e de forma clara e precisa. Quando o cliente terminar a explanação, perguntar-lhe se ainda há algum detalhe a dizer.
  • C Agir com discernimento e respeito. A fim de inspirar confiança em quem é atendido, devem-se oferecer compensações.
  • D Ser eloquente, ou seja, falar com desenvoltura e ser capaz de argumentar.
  • E Demonstrar diligência à demanda do cliente.
6

Além da fala, a comunicação entre pessoas se dá também por sinais de comunicação que reforçam, substituem ou contrariam a mesma. Isso pode ocorrer através de um gesto, uma expressão facial, uma expressão postural, entre tantos outros. Estes sinais são denominados de:

  • A Metafísicos.
  • B Holísticos.
  • C Denotativos.
  • D Paralinguísticos.
7

Constitui documento elaborado por uma organização pública que tem por objetivo informar o cidadão dos serviços prestados pelo órgão ou entidade, das formas de acesso a esses serviços e dos respectivos compromissos e padrões de qualidade de atendimento ao público

  • A o Cartão Cidadão.
  • B a Cartilha do Cidadão.
  • C a Carta de Serviços Públicos.
  • D a Carta de Serviços ao Cidadão.
  • E o Cartão de Orientações Públicas.
8

Uma pessoa se dirige à recepção e você deve atendê-la. Das falas listadas a seguir, assinale a opção que indica a que você não deve usar.

  • A "Bom dia, em que posso ajudar?"
  • B "Bom dia, querido, o que posso fazer por você?"
  • C "Bom dia, em que posso ser útil?"
  • D "Bom dia, senhor, pois não?"
  • E "Bom dia, senhor, o que deseja?"

Português

9
Considerando as exigências referentes à redação oficial, assinale a alternativa que apresenta a grafia correta de todas as palavras.
  • A Ajiota – dijerir – geito – progeção – esseção – quosciente – mixto.
  • B Ajiota – digerir – jeito – projeção – excessão – cosciente – misto.
  • C Agiota – dijerir – geito – progeção – esceção – quociente – mixto.
  • D Agiota – digerir – jeito – projeção – exceção – cociente – misto.
  • E Agiota – dijerir – jeito – progeção – exceção – cociente – mixto.

Atendimento ao Público

10

Hoje a realidade da convivência nas organizações está centrada na predisposição para reagir positiva ou negativamente com relação a pessoas, objetos, conceitos ou situações, ou seja, está centrada na:

  • A Ética.
  • B Resignação.
  • C Atitude.
  • D Empatia.

Atualidades

11

Há poucos meses, os Estados Unidos da América lançaram a bomba GBU-43 sobre uma região afegã. A justificativa oficial para o uso de tal armamento foi

  • A realizar testes de novos modelos de bombas produzidos por ordem do presidente Donald Trump.
  • B destruir a rede de túneis e as cavernas utilizadas por extremistas do grupo Estado Islâmico.
  • C impedir que os terroristas sérvios pudessem levar armamentos e alimentos para os rebeldes da região.
  • D retaliar aquele país, devido às medidas impostas pelo presidente afegão Ashraf Ghani às importações norte-americanas.
12

Em março de 2017, foi divulgado na mídia uma operação da polícia federal em relação a falhas de produção e corrupção nas fiscalizações de um determinado setor. Esse setor, com grande importância na economia brasileira, inclusive com grandes volumes de exportação, é:

  • A metalúrgico.
  • B alimentos.
  • C computação
  • D calçadista.
  • E aviação.
13

Os EUA abandonarão o acordo sobre o programa nuclear do país caso não consigam mudanças que tornem permanentes suas restrições e impeçam o país islâmico de desenvolver mísseis balísticos intercontinentais, disse nesta sexta-feira, 13 de outubro, o presidente Donald Trump, em discurso. Ele retirou a certificação do pacto, mas uma ruptura depende do Congresso.

(Estadão - goo.gl/vu9xd6. Acesso em 15.10.2017. Adaptado)


As ameaças de Trump em romper o acordo nuclear dirigem-se

  • A à Arábia Saudita.
  • B ao Iraque.
  • C ao Irã.
  • D ao Paquistão.
  • E à Jordânia.
14

Os chanceleres do Mercosul decidiram hoje (5 de agosto de 2017), em consenso, suspender a Venezuela do bloco – formado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai – por ruptura da ordem democrática. A sanção foi aplicada com base nas cláusulas do Protocolo de Ushuaia, assinado em 1998. A partir da medida, os países membros do bloco esperam isolar o governo de Nicolás Maduro, considerado não democrático pelo Mercosul.

(EBC, 5 ago. 17. Disponível em:<https://goo.gl/iPtFmW> . Adaptado)


Entre as exigências para que a medida seja revista, está

  • A a imediata saída de Maduro do poder.
  • B a desmilitarização do território venezuelano.
  • C o fechamento dos meios de comunicação estatais.
  • D a anulação da convocação da Assembleia Constituinte.
  • E o abandono da ideia de socialismo como princípio do governo.
15

A morte da representante comercial Cristine Fonseca Fagundes, em 25 de agosto 2016, gerou uma revolução na área da Segurança no RS. Ela foi morta durante um assalto, em frente a uma escola, na Zona Norte de Porto Alegre. Sobre esse fato, analise as seguintes assertivas:

I. No mesmo dia, o Governo anunciou a criação do Comitê de Gestão da Segurança Pública, que teve o vice-governador José Paulo Cairoli como coordenador.

II. Horas após o latrocínio, o então secretário de Segurança do RS, Wantuir Jacini, pediu demissão, tendo o vice-governador assumido como secretário até a posse de um sucessor.

III. O governador do Estado, José Ivo Sartori, foi a Brasília pedir a intervenção do Exército Brasileiro para garantir a ordem e a segurança em todo o território gaúcho.

Quais estão corretas?

  • A Apenas I.
  • B Apenas III.
  • C Apenas I e II.
  • D Apenas II e III.
  • E I, II e III.

Matemática

16

Marcel e Vera estão brincando com um jogo que tem N cartas, que inicialmente foram divididas igualmente entre eles. No seu melhor momento do jogo, Marcel tinha 3/5 do número total de cartas, enquanto que Vera tinha o restante. Vera venceu o jogo, terminando com 2/3 do número total de cartas, e Marcel com o restante. Sabendo-se que Marcel terminou o jogo com 24 cartas a menos do que tinha no seu melhor momento, é correto afirmar que N é

  • A 150.
  • B 120.
  • C 90.
  • D 60.
  • E 30.
17

Resolva a equação de primeiro grau abaixo, e assinale a alternativa CORRETA.

x + (x + 1) + (x + 2) = 996

  • A x = 331
  • B x = 333
  • C x = 396
  • D Nenhuma das alternativas.
18
Assinale a alternativa correta. A terça parte de 36% do salário de Carlos é igual a R$ 180,00. Desse modo, o valor da metade do salário de Carlos é igual a:
  • A R$ 600,00
  • B R$ 750,00
  • C R$ 800,00
  • D R$ 900,00
  • E R$ 650,00
19

A metade de 440 é igual a

  • A 220.
  • B 239.
  • C 240.
  • D 279.
  • E 280.
20

Carlos fez um empréstimo de R$ 2.800,00, à taxa de juros simples de 1,3% ao mês, que deve ser pago após 3 meses, juntamente com os juros. O valor que Carlos deverá pagar é igual a

  • A R$ 2.839,40.
  • B R$ 2.889,30.
  • C R$ 2.909,20.
  • D R$ 2.953,20.
  • E R$ 3.112,40.
21
Gabriela usou 3/4 de duas dúzias de ovos para fazer quindim. Quantos ovos Gabriela usou para fazer os quindins?
  • A 3
  • B 9
  • C 12
  • D 16
  • E 18
22

Uma prova de matemática é dividida em dois blocos de questões, A e B, num total de 30 questões. Sabe-se que cada questão do bloco A vale 1 ponto, que cada questão do bloco B vale 3 pontos, e que o número máximo de pontos que podem ser obtidos nessa prova é 50. Carolina acertou 3/4 das questões do bloco A e metade das questões do bloco B. Nessas condições, é correto afirmar que, do número máximo de pontos que podem ser obtidos nessa prova, Carolina obteve:

  • A 50%
  • B 56%
  • C 60%
  • D 70%
  • E 76%
23

Assinale a alternativa que NÃO contém como resultado um número racional:

  • A 7/11
  • B 6/8
  • C Raiz cúbica de 729
  • D Raiz quadrada de 2
24

Os preços de venda de um mesmo produto nas lojas X, Y e Z são números inteiros representados, respectivamente, por x, y e z. Sabendo-se que x + y = 200, x + z = 150 e y + z = 190, então a razão x/y é:

  • A 3/8
  • B 1/3
  • C 3/5
  • D 2/3
  • E 4/9

Português

25


Infere-se do texto 1A1AAA que a escrita é uma

  • A tecnologia ambígua, pois é capaz de, ao mesmo tempo, preservar informações úteis e contribuir para a disseminação de textos inúteis.
  • B atividade que transforma escritos em arquivos, garantindo, assim, a integridade das informações frente às inconstâncias da história.
  • C invenção da primeira fase da modernidade, voltada a manter vivas as memórias sociais e culturais.
  • D forma de evitar o desaparecimento de informações importantes que não deveriam ser esquecidas ou perdidas.
  • E manifestação efêmera, que podia ser registrada, depois apagada e, mais tarde, recuperada pela reescrita.
26


Seria mantida a correção gramatical do texto 1A1AAA, embora com alteração do sentido original, caso se inserisse uma vírgula logo após a palavra

  • A “grande” (ℓ.19).
  • B “como” (ℓ.21).
  • C “arquivos” (ℓ.22).
  • D “missão” (ℓ.10).
  • E “inúteis” (ℓ.17).
27


No texto 1A1AAA, as relações sintático-semânticas do período “Embora fosse temido, o apagamento era necessário, assim como o esquecimento também o é para a memória” (ℓ. 20 e 21) seriam preservadas caso a conjunção “Embora” fosse substituída por

  • A Por conseguinte.
  • B Ainda que.
  • C Consoante.
  • D Desde que.
  • E Uma vez que.
28


Predomina no texto 1A1AAA a tipologia

  • A narrativa.
  • B prescritiva.
  • C argumentativa.
  • D descritiva.
  • E expositiva.
29


Conforme as ideias do texto 1A1BBB,

  • A o desenvolvimento da fala e o surgimento da escrita são eventos que, sob o enfoque histórico, se deram exatamente nessa ordem.
  • B há uma ideologia compartilhada pelas sociedades contemporâneas de associar a escrita a uma manifestação superior à fala.
  • C do ponto de vista linguístico, fala e escrita são manifestações idênticas, não havendo diferenças entre elas nem superioridade de uma sobre a outra.
  • D ao longo da história e nas diversas civilizações, identificam-se momentos de maior e de menor valorização da língua escrita.
  • E em sociedades letradas, a comunicação por meio da escrita supera a comunicação por meio da fala.
30


Em cada uma das opções a seguir, é mostrada uma proposta de reescrita para o seguinte período do texto 1A1BBB: “Não há por que negar que a fala é mais antiga que a escrita e que esta lhe é posterior e, em certo sentido, dependente” (ℓ. 19 a 21). Assinale a opção em que a proposta apresentada mantém o sentido original e a correção gramatical do referido trecho.

  • A Não há por que negar que a fala será mais antiga que a escrita e que esta lhe seria posterior e, nesse sentido, dependente.
  • B Não há por que negar que a fala é mais antiga do que a escrita e que a fala é posterior à ela e, em certo sentido, dependente.
  • C Não há razão para negar que a fala é mais antiga que a escrita e que essa última é posterior e, em certo sentido, dependente da primeira.
  • D Não tem por que negar que a fala é mais que a escrita e que esta lhe é posterior e, em sentido certo, dependente.
  • E Não se pode negar de que a fala é mais antiga que a escrita e de que esta lhe é posterior e, em certo sentido, dependente.
31


No texto 1A1BBB,

  • A o vocábulo “constante” (ℓ.8) foi empregado para qualificar o termo “aspecto” (ℓ.6).
  • B a expressão “sobre a”, nas linhas 13 e 15, tem o sentido de a respeito da.
  • C o trecho “Quando nos referimos” (ℓ.1) tem o mesmo sentido de Caso nos refiramos.
  • D o vocábulo “logo” (ℓ.2) tem o sentido adverbial de imediatamente.
  • E o termo “lugar” (ℓ.5) foi empregado para delimitar parte de um espaço ou região.
32


A correção gramatical e o sentido original do texto 1A1BBB seriam preservados caso se substituísse

  • A “orais” (ℓ.23) por comunicativos.
  • B “equivocada” (ℓ.4) por desordenada.
  • C “precedência” (ℓ.13) por preferência.
  • D “intrínseco” (ℓ.16) por inerente.
  • E “inegável” (ℓ.21) por incerta.
33
A CULTURA DA EVOLUÇÃO LIVRE
Publicado em Revista Língua Portuguesa, ano 9, n.º 102, abril de 2014. Disponível em: http://www.aldobizzocchi.com.br/divulgacao.asp Acesso em: 28 mar 2017.
Por muitos séculos, um desvio da norma gramatical foi considerado um erro e ponto final. A sociedade dividiase, portanto, entre os que sabiam falar a própria língua e os que não sabiam.
Com o advento da linguística evolutiva, da sociolinguística e sobretudo dos estudos de William Labov sobre variação, o chamado erro gramatical passou a ser visto como um fato natural da linguagem. Remonta, por sinal, aos linguistas histórico-comparativos do século 19 o lema de que o erro de hoje poderá ser a norma gramatical de amanhã.
No entanto, essa visão mais benevolente do desvio levou em alguns casos a uma confusão entre erro e evolução: o desvio pode vir a tornar-se norma, mas não necessariamente se tornará. Como numa reação contra séculos de doutrinação gramatical e estigmatização da fala dos menos instruídos, alguns teóricos passaram equivocadamente a supervalorizar o erro e a relativizar a importância da língua padrão.
Acontece que a dinâmica da evolução linguística é mais complexa do que parece à primeira vista. A língua se apoia numa tensão dialética entre a conservação e a mudança: a todo momento, por força do próprio uso, algo muda na língua, mas a maior parte de seus elementos se conserva. Se nada mudasse, a língua seria estática, a fala ficaria “engessada”, e o sistema rapidamente rumaria para a obsolescência; se tudo mudasse o tempo todo, ninguém mais se entenderia.
As forças da conservação e da mudança travam uma queda de braço permanente: toda inovação, seja ela lexical, sintática ou semântica, gera uma nova forma que tem de competir com as já existentes. Essa luta pode se arrastar por décadas ou séculos. Ao final, a forma inovadora pode derrotar as até então estabelecidas, assim como pode acabar derrotada por elas, isto é, abandonada, como é o caso de muitas gírias efêmeras.
[...] a fala popular, assim como as línguas ágrafas e os dialetos, evolui de modo livre; já as chamadas línguas de cultura (dotadas de escrita formal) estão sujeitas à engenharia genética operada por escritores, jornalistas, intelectuais, gramáticos e professores.
[...] Em resumo, o desvio da norma, incluindo o chamado erro gramatical, não é bom nem mau – nem uma evidência da inferioridade intelectual do povo nem um instrumento de luta contra as classes dominantes –, é apenas um fato natural a ser estudado cientificamente.
Aldo Bizzocchi é doutor em Linguística pela USP, pós-doutor pela UERJ, pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Etimologia e História da Língua Portuguesa da USP e autor de Léxico e Ideologia na Europa Ocidental (Annablume) e Anatomia da Cultura (Palas Athena).

Assinale a alternativa em que todas as palavras do período estão acentuadas (ou não) corretamente pelas normas vigentes.

  • A A cefaléia é um dos indícios do quadro sintomático.
  • B As claraboias ou tuneis de luz são de material acrílico.
  • C Um asteróide está se dirigindo à Terra, afirmam astrônomos suécos.
  • D O para-raios é uma haste metálica construída para suportar o calor gerado pela descarga elétrica.
34

Texto

AQUI SOZINHO

Aqui sozinho, nesta calma, toda a história da humanidade e da vida rolam diante de mim. Respiro o ar inaugural do mundo, o perfume das rosas do Éden ainda recendentes de originalidade. A primeira mulher colhe o primeiro botão. Vejo as pirâmides subindo; o rosto da esfinge pela primeira vez iluminado pela lua cheia que sobe no oriente; ouço os gritos dos conquistadores avançando. Observo o matemático inca no orgasmo de criar a mais simples e fantástica invenção humana – o zero. Entro na banheira em Siracusa e percebo, emocionado, meu corpo sofrendo um impulso de baixo para cima igual ao peso do líquido por ele deslocado. Reabro feridas de traições, horrores do poder, rios de sangue correm pela história, justos são condenados, injustos devidamente glorificados. Sinto as frustrações neuróticas de tantos seres ansiosos, e a tentativa de superá-las com o exercício de supostas santidades. Com a emoção a que nenhum sexo se compara, começo, pouco a pouco, a decifrar, numa pedra com uma tríplice inscrição, o que pensaram seres como eu em dias assustadoramente remotos. Acompanho um homem – num desses raros instantes de competência que embelezam e justificam a humanidade – pintando e repintando o teto de uma capela; ouço o som divino que outro tira de um instrumento que ele próprio é incapaz de ouvir. Componho em minha imaginação o retrato de maravilhosas sedutoras, espiãs, cortesãs e barregãs, que possivelmente nem foram tão belas, nem seduziram tanto. Sento e sinto e vejo, numa criação única, pessoal e intensa, porque ninguém materializou nada num teatro, numa televisão, num filme. Estou só com a minha imaginação. E um livro.

(Fernandes, M. JB – 01.02.92)

No trecho “Sinto as frustrações neuróticas de tantos seres ansiosos, e a tentativa de superá-las com o exercício de supostas santidades”, o pronome “las” se refere a:

  • A exercício.
  • B tentativa.
  • C supostas santidades.
  • D tantos seres ansiosos.
  • E frustrações neuróticas.

Noções de Informática

35

Na computação em nuvem (cloud computing), que mudou a visão de pessoas físicas e jurídicas acerca de recursos de tecnologia da informação, o modelo que oferece um ambiente sob demanda para desenvolvimento, teste e gerenciamento de aplicações de software é denominado

  • A infraestrutura como serviço (IaaS).
  • B big data como serviço (BDaaS).
  • C software como serviço (SaaS).
  • D plataforma como serviço (PaaS).
  • E dados como serviço (DaaS).
36

Assinale a opção que apresenta, respectivamente, as extensões dos arquivos dos softwares Microsoft Excel 2010, Microsoft Word 97-2003, Bloco de Notas e BrOffice Impress em suas configurações padrão.

  • A .xlsx, .doc, .txtx e .odp
  • B .xls, .docx, .txt e .odt
  • C .xlsx, .docx, .txtx e .odp
  • D .xlsx, .doc, .txt e .odp
  • E .xls, .doc, .txt e .odt
37

Entre os vários tipos de programas utilizados para realizar ataques a computadores, aquele capaz de se propagar automaticamente pelas redes, enviando cópias de si mesmo entre computadores, é conhecido como

  • A botnet.
  • B spyware.
  • C backdoor.
  • D trojan.
  • E worm.
38

Acerca do uso do Windows Explorer (WE) para o gerenciamento de arquivos, pastas e programas sob os sistemas Windows Vista e Windows 7 Professional, assinale a opção correta.

  • A No WE, para ver a data de modificação de um arquivo, uma possibilidade é selecionar a opção Lista entre as opções de visualização de pastas.
  • B No WE, para se verificar que processador e que quantidade de memória RAM estão instalados no computador, uma opção é clicar o ícone Computador com o botão direito do mouse e, em seguida, escolher a opção Propriedades.
  • C Em sua configuração padrão, a área da janela do WE apresenta dois painéis: o do lado esquerdo mostra a árvore de pastas e os arquivos; no do lado direito, visualiza-se o conteúdo dos arquivos.
  • D O WE permite que o usuário criptografe o conteúdo de uma pasta mediante a seguinte sequência de procedimentos: clicar o botão direito do mouse, selecionar a opção Criptografar e digitar a senha desejada.
  • E O WE não permite que arquivos localizados na pasta c:\Windows\system32 sejam removidos, pois eles são arquivos de configuração do sistema operacional.
39

Os comandos para deletar um arquivo em um utilitário de linha de comando no Windows e no Linux são, respectivamente,

  • A del e delete.
  • B del e rm.
  • C delete e remove.
  • D del e remove.
  • E delete e rm.

Redação Oficial

40

A Redação Oficial deve caracterizar-se por alguns atributos próprios da Administração Pública, os quais estão previstos na Constituição Federal. Não é característica básica das comunicações oficiais:

  • A pluralidade.
  • B concisão.
  • C clareza.
  • D uso do padrão culto da linguagem.
  • E impessoalidade.
41

Assinale a alternativa que apresenta o uso correto do pronome de tratamento ao redigir uma correspondência endereçada ao prefeito de uma cidade:

  • A Vossa Senhoria.
  • B Vossa Excelência
  • C Vossa Eminência
  • D Vossa Magnificência
42
O fecho das comunicações oficiais possui, além da finalidade óbvia de arrematar o texto, a de saudar o destinatário. Neste sentido, na Redação Oficial do país temos estabelecido o emprego de somente dois fechos diferentes para todas as modalidades de comunicação oficial. Assinale a alternativa que corresponde aos dois fechos,
  • A Cordiais Saudações e Respeitosamente.
  • B Respeitosamente e Votos Sinceros de Agradecimento.
  • C Atenciosamente e Respeitosamente.
  • D Atenciosamente e Cordiais Saudações.
  • E Mui grato e Atenciosamente.
43

A finalidade da língua é comunicar, quer pela fala, quer pela escrita. No caso da redação oficial, quem comunica é sempre o Serviço Público. O destinatário dessa comunicação ou é o público, o conjunto dos cidadãos, ou outro órgão público, do Executivo ou dos outros Poderes da União. A redação oficial deve ser isenta da interferência da individualidade que a elabora.


Sobre o princípio da impessoalidade, assinale a alternativa CORRETA.

  • A Ele pode ser observado na ausência de impressões individuais de quem comunica.
  • B Ele pode ser identificado por meio do universo temático das comunicações oficiais, restringindo-se a questões que dizem respeito ao interesse público, necessitando haver a identificação da autoria.
  • C A redação oficial não deve ser isenta da interferência da individualidade que a elabora.
  • D Ser claro e objetivo para elaborar os expedientes com a devida identificação.
  • E As comunicações que partem dos órgãos públicos federais devem ser compreendidas por todo e qualquer cidadão brasileiro com o registro da autoria.
44

Respeitando-se as normas de redação do Manual da Presidência da República, a frase correta é:

  • A Solicito a Vossa Senhoria que verifique a possibilidade de implementação de projeto de treinamento de pessoal para operar os novos equipamentos gráficos a serem instalados em seu setor.
  • B Venho perguntar-lhe, por meio desta, sobre a data em que Vossa Excelência pretende nomear vosso representante na Comissão Organizadora.
  • C Digníssimo Senhor: eu venho por esse comunicado, informar, que será organizado seminário, sobre o uso eficiente de recursos hídricos, em data ainda a ser definida.
  • D Haja visto que o projeto anexo contribue para o desenvolvimento do setor em questão, informamos, por meio deste Ofício, que será amplamente analisado por especialistas.
  • E Neste momento, conforme solicitação enviada à Vossa Senhoria anexo, não se deve adotar medidas que possam comprometer vossa realização do projeto mencionado.
45

Com base em Kaspary (2007), assinale a alternativa correta quanto à forma de indicação do código de endereçamento postal, para o endereçamento de uma correspondência comum ao senhor João Carlos da Silva.

  • A Ao Senhor João Carlos da Silva Rua Carazinho, 546 Petrópolis 90460/190 – PORTO ALEGRE – RS
  • B Ao Senhor João Carlos da Silva Rua Carazinho, 546 Petrópolis CEP 90460-190 – PORTO ALEGRE – RS
  • C Ao Senhor João Carlos da Silva Rua Carazinho, 546 Petrópolis 90460-190 – PORTO ALEGRE – RS
  • D Ao Senhor João Carlos da Silva Rua Carazinho, 546 Petrópolis 90.460-190 – PORTO ALEGRE – RS
  • E Ao Senhor João Carlos da Silva Rua Carazinho, 546 Petrópolis 90 460-190 – PORTO ALEGRE – RS
46
Qual é um dos principais atrativos da comunicação por correio eletrônico, de modo que não há interesse em definir forma rígida para sua estrutura, ainda que se deva evitar o uso de linguagem incompatível com uma comunicação oficial?
  • A Flexibilidade.
  • B Transitividade.
  • C Coesão literária.
  • D Irreversibilidade.
47

Sobre redação de documentos oficiais, é correto afirmar-se que

  • A o memorando é utilizado para comunicações extensas e sigilosas entre unidades administrativas de um mesmo órgão.
  • B o fecho recomendado para autoridades da mesma hierarquia ou de hierarquia inferior é Respeitosamente.
  • C o requerimento é uma modalidade de comunicação que serve para solicitar um direito resguardado por lei.
  • D no fecho do requerimento, devem constar as palavras Nestes termos, pede deferimento, as quais não podem ser abreviadas.
  • E a correspondência oficial encaminhada a reitores de universidades deve trazer, como forma de tratamento, a expressão Vossa Senhoria.
48

É um ato pelo qual se acrescentam informações a um documento público ou ato administrativo anterior a fim de esclarecê-lo, interpretá-lo ou completá-lo. É um documento complementar de um ato. Esses conceitos referem-se à:

  • A Agenda.
  • B Apostila.
  • C Ata.
  • D Resenha.
49
Conforme o Manual de Redação Oficial da Presidência da República (2002, revisado e ampliado) o Padrão Ofício no Brasil é composto por três tipos de expedientes que se diferenciam antes pela finalidade do que pela forma. Neste sentido, marque a alternativa que apresenta os três tipos de expediente do Padrão Ofício,
  • A Aviso; Ofício; Memorando.
  • B Edital; Ata; Ofício.
  • C Ofício; Memorando; Portaria.
  • D Memorando; Portaria; Edital.
  • E Aviso; Portaria; Memorando.
Voltar para lista