Resumo de Geografia - Verão

O Verão é uma das quatro estações do ano e tem como característica principal as temperaturas mais elevadas. Nessa época do ano, os dias são mais longos e as noites são mais curtas, em comparação com as outras estações. A palavra tem origem no latim vulgar “veranum tempus” que significa “tempo primaveril” ou “primaveral”.

A palavra tem o termo “estio” como sinônimo. Estio (da expressão latina “tempus aestivum” – “tempo de forte calor”) é muito utilizado para representar um período de seca. A estação do hemisfério norte é conhecida como “verão boreal” e a estação do hemisfério sul é conhecida como “verão austral”.

O verão boreal começa com o solstício de verão do hemisfério norte, que ocorre por volta de 21 de junho. Ele termina com o equinócio de outono no mesmo hemisfério, por volta de 23 de setembro.

O verão austral começa com o solstício de verão do hemisfério sul, que ocorre por volta de 21 de dezembro. Ele termina com o equinócio de outono no mesmo hemisfério, por volta de 20 de março.

Antigamente se dividia o ano em cinco estações, esse período era separado em duas partes. O verão verdadeiro que possuía tempo quente e chuvoso, que normalmente começava no final da primavera e o estio – originado do termo “estiagem” e possuía tempo quente e seco.

A estação começa depois da primavera e antes do outono. No Brasil, o verão tem início em 21 de dezembro e segue até o dia 20 de março. Nessa estação, as temperaturas são mais elevadas e os índices pluviométricos aumentam.

Solstício

Solstício é originado do latim “sol” + “sistere” que significa “que não se mexe”. De acordo com a astronomia, é o momento em que o sol alcança a maior declinação em latitude, medida desde a Linha do Equador, quando faz seu movimento aparente na esfera celeste.

Os solstícios acontecem duas vezes no ano, nos meses de junho e dezembro. Dia e hora exatos acabam variando entre um ano e outro. Durante essa estação, a duração do dia é a mais longa do ano, ao contrário do que acontece durante o inverno, que a duração da noite é a mais longa do ano.

Equinócio

O equinócio é definido de acordo com a astronomia, como o momento exato em que o sol cruza o Equador, em sua aparente órbita. Tomando a terra como referência, o sol se movimenta sobre a eclíptica no decorrer do ano e se estende sobre as treze constelações que constituem o zodíaco.

O equinócio acontece duas vezes ao ano, nos meses de março e setembro. É durante o equinócio que o hemisfério norte e o hemisfério sul da terra se encontram iluminados pelo sol igualmente.

Características

As características principais do verão são: o aumento das temperaturas e dos índices pluviométricos. Por conta da maior incidência solar em um dos hemisférios, geralmente os dias são mais longos que as noites. Isso ocorre porque uma parte do planeta Terra fica mais perto do sol.

Nesse período ocorrem muitas mudanças repentinas do tempo, com as chamadas chuvas de verão ou convectivas, que são as chuvas de duração rápida. Normalmente, essas chuvas são rápidas, porém intensas e ocorrem no fim da tarde, quando os índices de evaporação das águas dos rios, mares e lagos estão mais altos.

Horário de Verão

O horário de verão consiste em adiantar as horas de acordo com o fuso horário local. Como nessa estação os dias são mais longos, o objetivo principal do procedimento é aproveitar a luz do sol por mais tempo, já que o astro rei nasce antes.

Atualmente, uma média de 30 países no mundo aplica o horário de verão. O diplomata da Revolução Americana Benjamin Franklin (1706 – 1790), foi quem propôs a prática em 1784. Naquela época não havia luz elétrica e o pesquisador teve a ideia para desfrutar mais da luz do sol.

Benjamin Franklin realizou vários estudos sobre o assunto, mas a estratégia só passou a ser praticada no século XX, no decorrer da Primeira Guerra Mundial. O primeiro país a estabelecer o horário de verão, com intuito de economizar carvão, foi a Alemanha.

A prática de implantar o horário de verão está diretamente relacionada com a economia de energia elétrica, pois evita a sobrecarga do consumo energético. Isso acontece, principalmente, entre às 18h e 21h, no chamado horário de pico.

No Brasil, a história desse horário surgiu através do decreto de Lei nº 20.466, no dia 01 de outubro de 1931, mas só passou a utilizar a prática de fato, a partir de 1985. Naquela época todos os estados brasileiros adiantavam seus relógios em uma 1h.

Curiosidades

  • O primeiro dia da estação é conhecido como solstício de verão, originado do latim e significa “sol parado”.
  • Especialistas garantem que a exposição à radiação solar estimula a produção de dopamina, melatonina e serotonina, que provocam sensação de maior alegria nas pessoas.
  • A Torre Eiffel, em Paris – França aumenta sua altura em 15 cm no decorrer dos meses de verão. Isso ocorre por causa do processo de dilatação sofrido pelo ferro no calor.
  • A estação é considerada um período de férias. As pessoas têm o hábito de viajar nessa época e as praias são os lugares mais procurados para aproveitar a estação mais quente do ano.
Voltar

Questões