Resumo de Biologia - Ribossomos

Os ribossomos são organelas celulares não membranosas estruturais em formato de grânulos que fazem parte do citoplasma da célula.

Todos os seres vivos possuem ribossomos, ou seja, tanto indivíduos procariontes (que não possuem a carioteca) como indivíduos eucariontes (que apresentam a carioteca, uma membrana que faz a separação do material genético do citoplasma) dispõem dessa estrutura. Essa organela é muito importante para o crescimento celular, uma vez que atua no controle e na regeneração celular.

Origem dos ribossomos

Os ribossomos são formados a partir de trechos específicos do DNA, responsáveis por coordenar a síntese de RNA ribossômico. Em células eucarióticas, o RNA ribossômico se forma a partir da região de alguns cromossomos que são chamados de regiões satélites ou SATE, também podendo ser chamada de regiões organizadoras do nucléolo.

Após serem produzidos a partir do DNA, as moléculas de RNA ribossômicos se agrupam em estruturas nucleares chamadas de nucléolo, na qual as duas subunidades serão formadas separadamente  e se associarão a proteínas. Essas proteínas seguirão para o citosol de forma que se unam e formem um ribossomo funcional capaz de produzir proteínas.

Função dos ribossomos

Os ribossomos são organelas citoplasmáticas responsáveis pela síntese proteica, isto é, são eles que vão construir proteínas dentro do citoplasma da célula. A proteína é fundamental para diversas funções celulares, principalmente na reparação de danos ou direcionamento de processos químicos.

Os ribossomos são encontrados dentro das mitocôndrias, cloroplastos (células eucarióticas vegetais), espalhados pelo citoplasma ou aderidos na parede do retículo endoplasmático rugoso.

O local onde os ribossomos estão localizados determina o tipo de proteína que ele vai produzir.

Se os ribossomos estiverem flutuando por toda a célula, eles vão produzir proteínas que serão usadas dentro da própria célula. Quando estão unidos ao retículo endoplasmático, eles passam a ser referidos como retículo endoplasmático rugoso ou RE rugoso. As proteínas que são produzidas no retículo endoplasmático rugoso são usadas tanto dentro, quanto fora da célula.

As proteínas são partes essenciais de todas as células. Conforme dito acima, tanto os seres com células eucariotas como seres com células procariotas necessitam de proteínas para o funcionamento e realização das atividades diárias. Por essa razão, os ribossomos são tão importantes para a sobrevivência dos seres vivos.

A união de aminoácidos que os ribossomos executam na síntese de proteínas é feita através de uma ligação química denominada ligação peptídica. Essa ligação é uma cadeia que resulta da união de vários aminoácidos. As proteínas também podem ser chamadas de moléculas polipeptídicas.

Composição dos ribossomos

Os ribossomos, como já dito, são formados a partir de células procarióticas e eucarióticas do núcleo celular. Dessa forma, eles são os componentes celulares responsáveis por produzirem proteínas de todos os aminoácidos. Eles são constituídos de complexos de RNA's associadas às proteínas.

O número dessa organela estrutural em uma célula varia de acordo com a atividade que ela desempenha. Em uma célula de mamífero, em média, pode existir aproximadamente 10 milhões de ribossomos. 

Estrutura dos ribossomos

Estruturalmente, um ribossomo é formado por duas partes chamadas de subunidades. Essas subunidades possuem tamanhos diferentes, isto é, uma é maior que a outra. Essas partes se unem para formar um ribossomo funcional capaz de sintetizar proteínas.

Os ribossomos de células procariontes e células eucariontes são muito parecidos. Porém, os ribossomos dos eucariotos são maiores. Vale ressaltar que essas estruturas só conseguem ser vistas com o auxílio de um microscópio eletrônico.

Os ribossomos possuem tamanho de 20 a 30 nm de diâmetro, e são maiores e mais complexos em células eucarióticas do que em células procarióticas. Os organismos que apresentam os maiores ribossomos são os mamíferos.

Biologia Celular no Enem

Além dos ribossomos, outras organelas também são importantes para o funcionamento das células. Dentre os assuntos que mais caem na parte de biologia no Enem são: Biologia Celular e Citologia. Confira abaixo:

  • Membrana Plasmática

A membrana plasmática tem como principal função separar o conteúdo de dentro da célula do ambiente externo. Ela é responsável por regular o que entra e sai da célula.

  • Citoplasma

O citoplasma é o espaço entre a membrana e o núcleo. Ele é formado por um líquido gelatinoso chamado citosol, composto por moléculas orgânicas e inorgânicas dissolvidas em água. Ele desempenha funções específicas para a célula.

  • Centríolos

Em formato de cilindros, os centríolos são encontrados em células animais e é importante na divisão celular e na formação de cílios e flagelos.

  • Retículo endoplasmático

O retículo endoplasmático é importante no transporte de substâncias pelo citoplasma e pode armazenar as substâncias que são produzidas no interior da célula. Se estiver ligado aos ribossomos, ele é classificado como rugoso, isto é, produz e armazena proteínas. Caso não esteja associado aos ribossomos, vai ser classificado como Liso, ou seja, vai ser responsável pela produção de lipídios.

  • Complexo de Golgi

O complexo de Golgi é uma organela formada por uma pilha de sacos em formato achatado e vesículas que tem como função a eliminação de substâncias. É muito comum encontrar essas organelas em células das glândulas.

  • Lisossomos

Os lisossomos tem como função a digestão celular. Essa organela é composta por uma duas camadas de lipídio que envolve as enzimas que são produzidas pelo retículo rugoso.

  • Mitocôndria

As mitocôndrias são uma organelas responsáveis pela produção de energia das células eucarióticas. Ela possui formato de grãos ou bastonetes.

  •  Núcleo

O núcleo celular é onde se localiza o material genético de células eucariontes. Ele é responsável por controlar todas as características do organismo. Em células procariontes o material genético fica solto no citoplasma.

Resumo sobre as organelas ribossomos

Os ribossomos são organelas que não possuem membranas estruturais e têm um formato de grânulos. Isso ajuda que eles façam parte do citoplasma da célula.

Todos os seres vivos possuem ribossomos. Sendo assim, tanto indivíduos procariontes quanto indivíduos eucariontes possuem essa estrutura.

O ribossomo é organela extremamente importante para o crescimento da célula, uma vez que atua no controle e na regeneração celular.

Voltar

Questões