Resumo de Português - Pronomes

Palavra que substitui ou retoma um termo.

Peguei as chaves e as guardei no armário.

“As” retoma o termo “as chaves”

 


Pronomes Pessoais

®     Quem fala (1ª pessoa)

®     Com quem se fala (2ª pessoa)

®     De que ou quem se fala (3ª pessoa)

 

Pessoa

Retos

Oblíquos

 

Gramatical

 

Átonos

Tônicos

 

Singular

Eu

Me

Mim, comigo

Singular

Tu

Te

Ti, consigo

Singular

Ele, Ela

Se

Si, consigo

Plural

Nós

Nos

Conosco

Plural

Vós

Vos

Convosco

Plural

Eles, Elas

Se, os, as, lhes

Si, consigo

 

Eu e tu x mim e ti

®     Depois de preposição essencial, usa-se pronome oblíquo.

Não vá sem mim.

Entre mim e ti há problemas.

Comprei o livro para ti.

®     Se o pronome for sujeito do verbo, usa-se o caso reto.

Não vá sem eu deixar.

Comprei o livro para tu leres

MIM NÃO PRATICA AÇÃO.

Variações da regra

Para mim, estudar é legal. (termo deslocado)

Não é tarefa para mim fazer isto. (termo deslocado)

 

Outros Casos

®     Verbos causativos e sensitivos: Com verbos causativos (mandar, fazer etc.) e sensitivos (ver, sentir, ouvir etc.), o pronome oblíquo pode ser sujeito e complemento simultaneamente.

Mandou-me sair.

(“me” é complemento de “mandar” e sujeito de “sair”)

Eu a vi chorar.

(“a” é complemento de “ver” e sujeito de “chorar”)

 

®  “o” e “a” são complementos diretos: são postos juntamente aos verbos transitivos diretos, ou nos bitransitivos.

Comprei um carro para minha mãe = Comprei-o para minha mãe.

(Ocorreu a substituição do Objeto Direto)

 

®  “lhe” é um complemento indireto, equivalente a “a ele ou a ela:  é posto juntamente a um verbo transitivo indireto ou a um verbo bitransitivo.

Comprei um carro para minha mãe = Comprei-lhe um carro.

(Ocorreu a substituição do Objeto Indireto).

§  Caso reto ® Desempenham a função de sujeito ou predicativo do sujeito.

§  Caso oblíquo ® Desempenham funções de  complemento verbal ou complemento nominal.

 

Pronomes de Tratamento


Concordância em 3ª PESSOA: Vossa Excelência está doente.

 

Vossa x Sua


Pronomes Demonstrativos

Apontam para algo no espaço, no tempo ou no texto.

 

São demonstrativos O, A, OS, AS, quando antecedem o QUE e podem ser substituídos por AQUELE(S), AQUELA(S), AQUILO:

Não ouvi o que disseste.

(Não ouvi aquilo que disseste.)

Esta rua não é a que te indiquei.

(Esta rua não é aquela que te indiquei.)


Isto e Isso

®     Isto (ou este, ou esta) indica uma ideia que ainda não foi expressa.

®     Isso (ou esse, ou essa) indica uma ideia que já foi expressa.

"A mim só interessa isto: realizar os meu ideais."

"Realizar os meus ideais: isso é o que me interessa."

 

Ao nos referirmos a duas ideias anteriormente expostas:

®     Este(s), esta(s), isto indicam a ideia mais próxima, isto é, a última

®     Aquele(s), aquela(s), aquilo indicam a ideia mais afastada, isto é, a primeira

“As palavras afetuosas e os ditos irônicos são como as flores e os espinhos: aquelas perfumam; estes ferem.”

(ou estes ferem; aquelas perfumam)

®     Este(s), esta(s), isto indicam o local (cidade, rua, repartição, estado etc.) de onde escrevemos.

®     Esse(s), essa(s), isso indicam o local em que se encontra o nosso correspondente.

"Esta seção precisa de papel."

"Esperamos que essa seção atenda ao nosso pedido."

®     Em relação a tempo, este(s), esta(s) indicam o presente;

®     O passado indica-se por esse ou aquele.

"Neste século XX, vimos coisas de espantar."

"Naquele (ou Nesse) tempo, dizia Jesus..."

 

Outros Casos

®     Os pronomes demonstrativos podem combinar-se com preposições: neste, desse, naquele etc.), o que em nada modifica os empregos referidos.

 

®     O / A também podem ser demonstrativos: desde que possam ser substituídos por “aquilo, aquela ou aquele”.

o   Na maior parte das vezes, a palavra “que” aparece associada ao pronome.

 

®     Tal / Semelhante: demonstrativos quando puderem ser permutados por qualquer pronome demonstrativo.

o   Não falo sobre tal assunto.

 

®     Mesmo / próprio: demonstrativos quando modificarem pronome pessoal do caso reto.

o   Eu mesmo farei a prova.

 

 

Pronomes Relativos

Estabelecem conexão na sentença.



A prova a que me refiro é fácil.

O assunto sobre o qual falamos é Morfologia.

Aline é a mulher a quem amo.

Não gastes tudo quanto tens.

O lugar para onde vou é Asgard.

Marcelino é o pedreiro em cujo trabalho posso confiar.

 

Pronomes Interrogativos


®     Os pronomes que, quem, qual e quanto, para formular uma pergunta direta ou indireta

Que você quer?

(gostaria de saber que você quer.)

 

Pronomes Indefinidos

Determinam o substantivo de modo vago, de maneira imprecisa.



Pode haver mudança de sentido, se houver alteração da posição da palavra.

Algum amigo (ao menos 1)

Amigo algum  (nenhum)

 

Pronomes Possessivos

Indicamos a coisa possuída e a pessoa possuidora.

Pessoais

Possessivos

Eu

Meu, minha, meus, minhas

Tu

Teu, tua, teus, tuas

Ele, você, V. Exª etc

Seu, sua, seus, suas

Nós

Nosso, nossa, nossos, nossas

Vós

Vosso, vossa, vossos, vossas

Eles

Seu, sua, seus, suas

Não se usam os possessivos em relação às partes do corpo ou às faculdades do espírito. Devemos, por isso, dizer:

Machuquei a mão.

(E não "a minha mão")

 

Ambiguidade

Meu pai levou meu tio para casa em seu carro.

O carro é do tio ou do pai? Não é possível saber desse modo!

Meu pai, em seu carro, levou meu tio para casa.

Pronomes Substantivos x Pronomes Adjetivos

®     Pronomes adjetivos são aqueles que simplesmente acompanham os substantivos:

Meu amigo chegou.

 

®     Pronomes substantivos são aqueles que substituem ou representam tão bem o substantivo, que é como se ele estivesse presente:

Nós chegamos.

 

Colocação Pronominal

®     Posição do pronome átono em relação aos verbos.

 

 

®     Próclise: anteposto ao verbo

Não me contou a notícia.

 

®     Mesóclise: medial em relação ao verbo

Contar-me-á a notícia.

 

®     Ênclise: posposto ao verbo

Conta-me a notícia.

Não se inicia sentença com pronome átono!

 

 

Contrações Pronominais

®     Mo = me + o

Deu o presente para mim / Deu-me o presente / Deu-me-o / Deu-mo.

®     To = te + o

Deu o presente para ti / Deu-te o presente / Deu-te-o / Deu-to.

®     Lho = lhe + o

Deu o presente para Maria / Deu-lhe o presente / Deu-lhe-o / Deu-lho.

®     No-lo = nos + o

Ele deu o presente para nós / Ele no-lo deu.

®     Vo-lo = vos + o

Ele deu o presente para vós / Ele vo-lo deu.

 

Voltar

Questões