Resumo de Português - Poetas brasileiros

Ao longo dos anos, os poetas brasileiros ocuparam cada vez mais espaço e prestígio na literatura mundial.

A história da poesia brasileira teve início no século XVI, logo após a colonização. O grande precursor desse famoso gênero literário foi o jovem jesuíta José de Anchieta, integrante da Companhia de Jesus que, segundo historiadores, foi responsável por escrever 4072 versos na areia de uma praia em São Paulo, apenas com um bastão.

A poesia brasileira passou por diversas fases ao longo dos séculos até se tornar uma referência literária.

Principais poetas brasileiros

Carlos Drummond de Andrade

Classificado como um dos maiores escritores do país, Carlos Drummond de Andrade fez parte da classe de poetas  brasileiros da segunda geração modernista. Ele se destacou quando realizou produções poéticas acerca da existência humana, dos sentimentos de estar no mundo, da inquietação social, entre outras coisas. Confira abaixo trecho de uma das suas poesias:

Trecho de A Máquina do Mundo
(Carlos Drummond de Andrade)

E como eu palmilhasse vagamente
uma estrada de Minas, pedregosa,
e no fecho da tarde um sino rouco

se misturasse ao som de meus sapatos
que era pausado e seco; e aves pairassem
no céu de chumbo, e suas formas pretas

lentamente se fossem diluindo
na escuridão maior, vinda dos montes
e de meu próprio ser desenganado,

Outras obras do autor:

  • “No Meio do Caminho”
  • “Poema de Sete Faces”
  • “Quadrilha”
  • “José”
  • “Os ombros suportam o mundo”
  • “Congresso internacional do medo”
  • “Sentimento do mundo”

Manuel Bandeira

Manuel Bandeira foi também um dos grandes poetas brasileiros. Apresentava em suas obras características do lirismo poético, principalmente através de poemas sobre o cotidiano e a melancolia. Ao longo de sua carreira, atuou também como professor, crítico de arte e crítico lírico.

Foi professor de literatura e sofreu com graves doenças nos últimos anos de vida. Angustiado, o sofrimento vivido na época resultou nas suas últimas obras literárias. Abaixo trecho de uma de suas obras:

Trecho de Vou-me Embora pra Pasárgada
(Manuel Bandeira)

Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei

Vou-me embora pra Pasárgada
Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura
De tal modo inconsequente
Que Joana a Louca de Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que nunca tive

Outras poesias do autor:

  • “A Cinza das Horas”
  • “Carnaval”
  • “Libertinagem”
  • “Estrela da Manhã”
  • “Lira dos Cinquent’anos”

Cecília Meireles

Nascida em 07 de novembro de 1901, no Rio de Janeiro, Cecília Benevides de Carvalho Meireles foi uma importante poetisa, escritora, jornalista, pintora e professora.

Além do reconhecimento como autora de belas poesias, Cecília Meireles teve uma importante atuação na área educacional, além de trabalhar contribuir no “Diário de Notícias” abordando questões relacionadas a problemas na educação.

Suas obras foram conhecidas mundialmente, o que a levou a conquistar importantes prêmios, como o Prêmio de Poesia Olavo Bilac, Prêmio Jabuti e Prêmio Machado de Assis.

Confira abaixo o trecho de uma de suas obras:

Motivo
Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Outras obras da poetisa:

  • Espectros 
  • Criança, meu amor 
  • Nunca mais… e Poemas dos Poemas 
  • Criança meu amor…
  • Baladas para El-Rei 
  • O Espírito Vitorioso (1929)

Vinícius de Moraes

Compositor brasileiro, Vinícius de Moraes foi um dos criadores do movimento musical “Bossa Nova”, sendo também um dos grandes poetas brasileiros da segunda fase do modernismo no Brasil.

Ele compôs, em parceria com Tom Jobim, de uma das músicas mais conhecidas da MPB (Música Popular Brasileira), a “Garota de Ipanema”. Entre suas obras poéticas ele se destacava através dos contos eróticos e de amor.

Trecho de Soneto da Fidelidade
(Vinícius de Moraes)

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

Outras poesias do autor:

  • “O Caminho Para a Distância”
  • “Forma e Exegese”
  • “Ariana, a Mulher”
  • “Novos Poemas”
  • “Cinco Elegias”
  • “Poemas, Sonetos e Baladas”
  • “Pátria Minha”
  • “Antologia Poética”
  • “Livro de Sonetos”
  • “O Mergulhador”
  • “A Arca de Noé”

Clarice Lispector

Clarice Lispector ficou conhecida como uma das grandes escritoras do século XX, fazendo parte da terceira fase do modernismo.

Em suas obras, retratava cenas cotidianas e dramas psicológicos. Ao longo de sua carreira recebeu diversos prêmios, incluindo o Prêmio da Fundação Cultural do Distrito Federal e o Prêmio Graça Aranha.

Trecho de Eu
(Clarice Lispector)

Sou composta por urgências:
minhas alegrias são intensas;
minhas tristezas, absolutas.
Entupo-me de ausências,
Esvazio-me de excessos.
Eu não caibo no estreito,
eu só vivo nos extremos.

Pouco não me serve,
médio não me satisfaz,
metades nunca foram meu forte!

Outros poemas da escritora:

  • “A Perfeição”
  •  “Dá-me tua mão”
  • “Sonhe”
  • “Minha alma tem o peso da luz”
  • “Sou…”

Castro Alves

Conhecido como “poeta dos escravos”, Castro Alves também figura entre os mais importantes poetas brasileiros. Muitas de suas obras relatavam os problemas sociais do seu tempo, a exemplo da escravidão, mas também escreveu poesias marcadas pelo amor e romantismo, descrevendo o amor de maneira sensual e capaz de levar tanto à felicidade como à dor.

Confira abaixo trecho de um dos seus poemas mais conhecidos:

O Navio Negreiro

Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é loucura… se é verdade
Tanto horror perante os céus?!
Ó mar, por que não apagas
Co’a esponja de tuas vagas
De teu manto este borrão?…
Astros! noites! tempestades!
Rolai das imensidades!
Varrei os mares, tufão!

Outras obras do escritor:

  • Espumas Flutuantes
  • A Cachoeira de Paulo Afonso
  • Hinos do Equador (publicações póstumas incluídas em Obras Completas)

Além dessas grandes poetisas e poetas brasileiros, outros grandes nomes ficaram conhecidos mundialmente por causa de suas obras:

  • Adélia Prado
  • Augusto dos Anjos
  • Castro Alves
  • Cruz e Sousa
  • Cora Carolina
  • Cecília Meireles
  • Manoel de Barros
  • Ferreira Gullar
  • Mario Quintana
  • Paulo Leminski
  • João Cabral de Melo Neto
  • Jorge de Lima
  • Raul Bopp
  • Hilda Hilst
  • Ariano Suassuna
Voltar

Questões