Resumo de Espanhol - Meses do ano em espanhol

Conheça a grafia e a história dos nomes atribuídos a essa marcação do tempo

Os meses do ano em espanhol é um dos assuntos básicos que contemplam a relação de estudos dos aprendizes da língua. O ou espanhol é um idioma que tem origem do latim e por isso quase todo seu vocabulário sofre essa influência.
É o que ocorre com os dias da semana em espanhol e também os meses do ano. Além de muitos signficados, cada período do calendário tem uma história interessante. Confira!

Origem dos nomes dos meses

Sabia que assim como os nomes dos meses do ano em inglês, a nomenclatura em espanhol surgiu a partir do Império Romano? A definição dos nomes que representam a passagem do tempo com a média de 30 dias surgiu a partir de nomes dos deuses romanos, imperadores e números. Observe:
Enero (janeiro): primeiro mês do ano, faz referência a Ianus (Janus), deus das mudanças e transições.
Febrero (fevereiro): o menor mês do ano é inspirado no deus da purificação, Februus. Além disso, há estudiosos que relacionam o nome desse período às comemorações do Festival Romano – Februália.
Marzo (março): o terceiro mês do calendário tem sua nomenclatura influenciada no deus da guerra, Marte.
Abril (abril): supõe-se que a definição do nome desse mês do ano é em homenagem a deusa Afrodite. Outra hipótese é que sua origem tem a ver com a palavra latina (abrir), fazendo relação ao desabrochar das flores que acontece neste período no hemisfério norte.
Mayo (maio): o nome do quinto mês do ano faz uma analogia a deusa da fecundidade, Maia.
Junio (junho): esse é um dos meses no ano em espanhol que surgiu a partir da deusa romana Juno, símbolo da maternidade e da feminilidade, além de ser conhecida como a protetora dos casamentos. 
Julio (julho): a definição para o sétimo mês do ano nasceu como uma homenagem ao imperador Júlio César.
Agosto (agosto): segundo alguns historiadores, o nome desse mê foi alterado para agraciar o primeiro imperador romano, César Augusto (63 a.C.-14 d.C.). Inicialmente, agosto era o sexto mês do ano e conhecido como .
Os últimos quatro meses do ano seguem a mesma explicação para a origem dos seus nomes. Vale destacar que a primeira alteração no calendário romano ocorreu por volta de 713 a.C, quando acrescentou-se os meses de(29 dias) e (28 dias) no final do calendário. O primeiro calendário romando tinha apenas 304 dias distribuídos em 10 meses (março a dezembro). Essa reforma foi realizada por Numa Popílio, segundo rei de Roma, conhecido e renomado por suas atribuições religiosas.
Septiembre (setembro): advém de – sétimo mês entre os romanos.
Octubre (outubro): surgiu a partir do latim octo – oitavo mês antes da reforma de Pompílio.
Noviembre (novembro): oriundo do latim , representa o nono mês.
Diciembre (dezembro): o era o décimo e último mês do primeiro calendário romano. 

Meses do ano e as datas comemorativas

Ao longo do ano, em todo o mundo, há celebrações importantes que acabam ganhando destaque no calendário. Veja como acontecem alguns festejos dos países de língua espanhola:
Reyes Magos (6 de enero): essa é uma tradição cristã que no Brasil é tradicionalmente conhecida como Dia de Reis. A data simboliza o dia em que Jesus Cristo recebeu a vista dos três reis magos. Para os países de língua espanhola, é nesse dia que as crianças ganham os presentes deixados pelos reis e não Papai Noel. A comemoração se encerra com a desmontagem das decorações natalinas e com cavalgadas realizadas por pessoas vestidas com roupas de reis.
San Valentín (14 de febrero): diferente do Brasil, as comemorações pelo Dia dos Namorados ocorre em fevereiro e não em junho. Mas, assim como em todo mundo, a data nunca é esquecida entre os casais e é marcada pelos jantares românticos, flores, bombons e muitas declarações. Nos diversos países hispanos, oou tem um cunho cultural e histórico com o bispo romano San Valentin. Ele tornou-se conhecido como o “santo dos apaixonados” por desafiar o imperador Cláudio II, organizando casamentos escondidos, pois a união não era permitida entre os jovens. 
Noche Buena (24 de diciembre): A véspera do Natal é uma tradição mundial, mas em cada parte do globo existe uma forma de celebrar. Além das mesas fartas e reuniões entre amigos e familiares, nos países de língua espanhola a figura do Papai Noel não é tão forte como no Brasil. Como já citado no tópico sobre a festa Reyes Magos, a entrega dos presentes costuma ser feita no dia 6 de janeiro (6 de enero). Na simbologia cristã, essa foi a data em que os três reis magos chegaram com presentes para o menino Jesus.

Curiosidades e dicas gramaticais dos meses do ano em espanhol

Para quem pretende alcançar a fluência neste idioma é necessário dedicar-se ao estudo da gramática e conhecer bastante o vocabulário da língua. Apesar de ser um assunto simples, os meses do ano em espanhol possuem algumas regras importantes para o aprendizado, como:
  • Todos os meses do ano em espanhol são de gênero masculino.
  • A preposição en deve ser utilizada para expressar o mês em que estamos ou o qual nos referimos na oração.
  • Os meses do ano em espanhol não são pluralizados e não levam artigos. As alterações se dão nas palavras que acompanham os meses.
  • Apesar de nem sempre utilizar o artigo antes dos meses do ano em espanhol, há indicações de uso em caráter excepcional quando informar datas específicas. Nesses casos, o vem antes do número em vez do mês.
  • Nos dias da semana e meses do ano em espanhol utiliza-se lestras minúsculas.
Voltar

Questões