Resumo de Geografia - Clima Mediterrâneo

Encontrado nas regiões próximas ao Mar Mediterrâneo

O Clima Mediterrâneo, também conhecido por Clima Temperado Mediterrâneo faz parte de uma das três classificações de climas temperados que existem no mundo. Esse tipo de clima possui algumas características que o distinguem, como, apresentar duas estações bem definidas. Esse aspecto está diretamente ligado à sua localização geográfica.
O Clima Mediterrâneo ocorre nas zonas de médias latitudes no Hemisfério Norte, que ficam entre o Trópico de Câncer e o Círculo Polar Ártico. Por estar próximo à zona temperada do Norte, mais especificamente perto do Mar Mediterrâneo, recebe o nome de Clima Mediterrâneo.
Justamente por ser próximo ao mediterrâneo, o clima pode ser encontrado em mais de um continente. Continue a leitura para conhecer mais sobre esse tipo climático.

Interferências sobre o clima

Embora seja muito parecido com o clima tropical, uma das coisas que mais diferem esse tipo de clima dos demais é que o clima mediterrâneo sofre muita influência da maritimidade.
A maritimidade é a capacidade que as águas oceânicas têm de conservar o calor por mais tempo que as áreas continentais, e esse aspecto interfere diretamente no clima. Mas como isso ocorre?
Nas águas oceânicas, o calor permanece retido por mais tempo, mesmo em grandes profundidades e isso faz com que as temperaturas permaneçam altas, porque o resfriamento do calor retido durante todo o restante do dia acontece de forma gradativa.
Justamente por sofrer as influências do mar, o clima mediterrâneo é marcado por um verão quente e seco, e um inverno com temperaturas mais agradáveis e a ocorrência de chuvas, que duram entre três e quatro meses. 
Mesmo com as chuvas durante todo o inverno, o índice de pluviosidade do clima mediterrâneo é bem baixo, ficando por volta de 500 mm anuais. Os níveis baixos de chuva também originam outros fenômenos ou subtipos desse clima. Porque quanto mais distante do mar a área for, mais alterado o clima fica, por conta da ação das massas de ar
Em locais mais afastados, a temperatura costuma ser ainda mais elevada se comparada à máxima das regiões próximas à costa, mas também não ultrapassa a mínima, levando em consideração o mesmo critério.
 

Localização do clima

Como o próprio nome indica, o clima mediterrâneo é próprio das regiões próximas ao Mar Mediterrâneo (entre a Europa, África e Ásia), porém ele também pode ser encontrado em outras áreas. Os locais em que o clima mediterrâneo ocorre são:
  • Sul da Europa
  • Algumas regiões do Oriente Médio
  • Extremo Norte da África
  • Na Oceania, mais precisamente no sudeste da Austrália
  • Na África do Sul, próximo ao Cabo da Boa Esperança
  • Também pode ser encontrado na América do Norte, na Califórnia, Estados Unidos
  • Na América do Sul pode ser encontrado no Chile

Características do Clima Mediterrâneo

Entre as principais características desse tipo climático, estão:
  • Aos menos dois climas bem definidos: no verão fica muito quente e seco e o inverno é moderado.
  • A amplitude térmica anual (diferença entre as temperaturas mínimas e máximas durante um período de tempo) é de 10ºC.
  • Umidade relativa do ar tem média anual de 75%
  • No verão, os dias mais quentes registram temperaturas de até 30ºC, já no inverno as mínimas chegam a registrar 0ºC. A temperatura média no verão é de 20ºC, no inverno, a média é de 10ºC.
  •  O índice de precipitação ou índice pluviométrico, que calcula o volume de chuvas, é considerado moderado, ficando entre 500 e 1.000 milímetros. Nas regiões de clima mediterrâneo, as chuvas são mais intensas durante o outono e o inverno.
 

Vegetação Mediterrânea

A vegetação nas regiões de clima mediterrâneo também são bem peculiares. Também chamada de floresta mediterrânea, essa vegetação é formada por plantas xerófilas, que se adaptam para condições de aridez, e ficam separadas uma das outras.
As florestas mediterrâneas têm como principais elementos os maquis e o garrigue. Os maquis são arbustos fechados, densos, árvores bem espaçadas, como medronheiros, urze, espinhosa, cactos. 
Já o garrigue é uma formação vegetal constituída por arbustos de pequeno porte. As principais espécies de garrigue são o alecrim, buxo, carrasco, alfazema, timo, rosmaninho.
Por conta da cobertura vegetal, a região abriga uma várias espécies de animais, como lebres, veados, coelhos, raposas, javalis, lobos, roedores, também algumas aves como águias, corujas, falcões, corvos, tentilhões e répteis, como cobras, lagartas e muitas víboras.
É comum encontrar esse tipo de vegetação no sul da Europa, porém em áreas reduzidas, no Chile, nos Estados Unidos (na Califórnia), Austrália e África do Sul. 
Mas assim como as demais florestas, a mediterrânea também tem sofrido muito com a ação humana, principalmente com as atividades da pecuária, agricultura e extração de madeira, por isso, a vegetação original está quase desaparecendo.
Voltar

Questões