Resumo de Biologia - Cistite

cistite é o termo da biologia utilizado para descrever uma inflamação na bexiga. Em muitos casos pode ser confundida com uma infecção urinária, mas apesar das semelhanças são doenças que se manifestam de maneiras diferentes.

Nas situações em que têm causas infecciosas, há a presença de uma bactéria ou fungos alojados na bexiga.

Entretanto, existem vários fatores que podem ocasionar essa inflamação, sendo alguns deles estimulados pela realização da radioterapia, chamada de cistite actínica e a cistite intersticial, que ocorre quando existe a perda da camada protetora da parede da bexiga.

As mulheres, por causa da estrutura do sistema urinário e, principalmente, após o período da menopausa, associada a uma vida social ativa, são mais suscetíveis a contrair infecções na bexiga. Nesses casos, são chamadas de cistite de repetição.  

Em regra geral, os próprios agentes que colonizam, ou seja, que moram na região entre ânus e vagina são os mesmos que causam as cistites.

As bactérias do intestino são as mesmas que habitam a região do sistema urinário. Esses microrganismos podem deslocar-se para o interior da uretra, canal por onde a urina é expelida, chegando até o interior da bexiga.

Além de todos esses fatores e a presença de germes, a cistite inflamatória pode acontecer logo depois de uma relação sexual.

Isto ocorre porque a uretra pode sofrer uma lesão, situações dentro da normalidade durante o coito, e tornar-se, neste momento, mais vulnerável a uma possível entrada de bactérias. Esses casos são denominados de uretrite traumática.

Os homens são menos suscetíveis a contrair esse tipo de infecção pois a uretra é mais longa e o canal por onde sai a urina fica mais protegido dos germes que habitam em volta do orifício anal.

Em casos mais específicos, a enfermidade pode afetar os homens, principalmente em meninos com doenças da uretra ou fimose e nos idosos que possuem alterações na próstata, a chamada hiperplasia

Principais causas da cistite

O sistema urinário completo é composto pelos rins, ureteres, bexiga e uretra. Todos esses órgãos e sistemas do corpo humano têm função fundamental na retirada de resíduos do seu corpo.

Os rins, por exemplo, têm o papel de  filtrar o sangue, retirando substâncias tóxicas, além de regular as concentrações de muitas substâncias prejudiciais ao ser humano.

Já os ureteres deslocam a urina dos rins para a bexiga, onde permanece armazenada até sair do corpo através da uretra.

As principais causas da cistite variam de acordo com os fatores externos e também podem ser ocasionados por maus hábitos de saúde. veja as principais causas:

Cistite bacteriana

Nesse caso, pode-se dizer que a cistite é uma das doenças causadas por bactérias. Elas geralmente ocorrem quando as bactérias que moram na região perineal (entre vagina e ânus) conseguem penetrar a uretra e se reproduzem na bexiga.

A maioria dos casos de cistite bacteriana é causada por bactérias do tipo Escherichia coli (E. coli). 

Cistite não-infecciosa

Apesar das causas infecciosas serem as mais comuns, existem também outros fatores que podem acometer a bexiga. Dentre eles estão:

  • Cistite fúngica, esse é um tipo muito comum em diabéticos.
  • Cistite intersticial: esse é um tipo que desafia a ciência, pois é uma inflamação crônica de causa desconhecida.
  • Alguns medicamentos de cunho quimioterápico podem também causar a cistite.
  • Tratamentos radioterápicos na área pélvica também facilitam o desenvolvimento da enfermidade.
  • Uso de um cateter durante longos períodos.

Fatores de risco

Como dito anteriormente, algumas pessoas e fatores específicos tornam algumas pessoas mais propensas ao desenvolvimento da cistite.

As mulheres, em decorrência da estrutura do trato urinário, costumam desenvolver o problema com certa frequência por causa do contato sexual, provocando uma mudança de germes que habitam a região próxima à uretra.

Alguns hábitos e fatores de risco incluem:

  • Pessoas que bebem pouca água.
  • Aqueles que urinam raramente ou prendem a urina na bexiga por longos períodos.
  • Homens e mulheres sexualmente ativos que não utilizam preservativos
  • As mulheres que utilizam diafragma. 
  • Pessoas com sistema imunológico deficiente ou acometidas por diabetes.

Principais sintomas 

Os sintomas da cistite geralmente incluem:

  • Vontade incontrolável e persistente de urinar, frequentemente;
  • Assim como ocorre na infecção urinária, há episódios de ardência e queimação durante a urina;
  • Pequenas quantidades de urina e a presença de sangue;
  • Aspecto turvo na urina e odor forte; 
  • Desconforto em toda região íntima, além da sensação de pressão em todo abdômen inferior, relacionado ao sistema urinário;

Em casos mais graves, os sintomas podem ser acentuados e há necessidade de buscar ajuda médica imediata. Dentre os sintomas que exigem mais atenção:

  • Febre alta, acima de 38°, e calafrios;
  • Dor nas costas ou de lado;
  • Náuseas e vômitos;
  • Micção urgente, frequente ou dolorosa.
Voltar

Questões