Resumo de Astronomia - Características do Sol

Conheça mais a estrela-mãe do sistema solar

Dentre as caraterísticas do Sol, o brilho e o calor fazem dessa estrela especial. Muito mais que isso, o astro é considerado fonte de energia fundamental para manutenção da vida na Terra.
É a partir da sua luminosidade que os vegetais realizam a fotossíntese. A intensidade do Sol também é responsável pelas variações ocorridas nas estações do ano, assim como a sua energia está relacionada aos fenômenos metereológicos.
Que tal conhecer um pouco mais sobre a estrela-mãe do sistema solar? Confira o artigo e aproveite para relembrar alguns assuntos que com certeza você já viu no Ensino Fundamental.

Estrutura física e composição do Sol

Composto basicamente por gases em seu núcleo, o Sol é resultado de um processo de fusão nuclear - ocasionado devido à altas temperaturas e grande pressão. Sua enorme massa é formada por 73,4% de hidrogênio e 25,0% de gás hélio. Os outros elementos, como o ferro, níquel, oxigênio e silício, correspondem somente a 1,6% da massa.
Além do núcleo, internamente, essa estrela ainda possui como camadas as zonas convectiva e radiativa. Na atmosfera, destacam-se a fotosfera, que a é a camada mais externa do Sol e é de onde recebemos a sua luz; a cromosfera; a região de transição e a coroa, que é considerada a camada mais externa e representanda por uma grande luminosidade visível durante uma eclipse solar. 

Principais características do Sol


O Sol é considerado na astronomia uma estrela anã e possui diversas características curiosas. Sua cor, inclusive, não é amarela. Você sabia disso? Se observada do espaço, essa estrela apresenta a cor branca e por causa da dispersão dos raios na atmosfera a enxergamos com o tom amarelado. 
Quanto a sua luminosidade, a ciência aponta que a cada milhão de anos, o Sol se tornará 10% mais brilhante. Vale destacar que a emissão da luz solar ocorre de formas diferentes, em vários sentidos, e para atingir ao planeta Terra demora cerca de 8 minutos.
Dentre tantas características do Sol, vale a pena destacar que ele é nossa fonte primária de energia. Além de ser essencial para manter a temperatura da Terra e permitir que a água esteja em estado líquido, a energia solar é importante para a o equilíbrio do ecossistema e favorece especialmente o processo de fotossíntese. Além disso, a energia solar também é responsável pelos fenômenos meteorológicos e o clima na Terra.


Movimento do Sol e as estações do ano 

As estações do ano são resultados do movimento de translação da Terra ao redor do Sol e da inclinação do plano orbital da Terra em relação ao equador. Por isso, há diferenças climáticas durante todo o ano. 
Na prática, você já deve ter percebido que no verão, por exemplo, os dias amanhecem mais cedo e tornando-se mais longos, e as noites chegam mais tarde, sendo mais curtas. Isso ocorre porque durante esta estação o planeta Terra fica mais próximo do Sol. 
Já no outono, os dias e as noites têm a mesma duração: 12 horas. A explicação para isso é porque nesse período do ano o Sol está exatamente na linha do Equador. Logo, a Terra fica iluminada nos seus dois hemisférios.
O inverno tem sua origem diretamente ligada ao fenômeno solstício, que representa a posição do Sol com maior declinação em relação à Linha do Equador. Como consequência, a luz solar reflete com maior intensidade em um dos hemisférios.
Na primavera a incidência dos raios solares sobre a linha do Equador ocorre perpendicularmente, fazendo com que os dois hemisférios recebam igualmente a radiação solar, dando início a esta estação em um dos hemisférios.

Energia solar 


Diante de tantas características do Sol, vale a pena lembrar que essa estrela é também fonte de energia limpa. A energia solar nada mais é do que um aproveitamento da iluminação natural do Sol e do seu calor para conversão em enérgia elétrica, através do uso de semicondutores. Entre esses, destacam-se os efeitos fotovoltaico e termoelétrico.
No primeiro caso costuma-se utilizar metais expostos à radiação solar com o objetivo de absorver fótons de luz, transformando energia do sol em energia elétrica diretamente. No segundo, o calor do sol é utilizado para aquecer a água, que será transformada em vapor e que consequentemente vai acionar as turbinas do gerador responsável pela produção de eletricidade. 
O uso de fontes renováveis de energia tem sido cada vez mais comum nos dias de hoje. Especialmente por conta de suas vantagens, tais como: sustentabilidade, baixa manutenção e redução de custos. No Brasil, segundo informações da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, existem diversos projetos em andamento ou já em execução visando atender, especialmente, comunidades isoladas que ainda não têm acesso à rede de energia elétrica.
Voltar

Questões