Resumo de Biologia - Baleia Azul

A baleia azul é o maior mamífero e maior animal que existe atualmente no mundo. Chegando a atingir 30 metros de comprimento e pesar de 120 a 200 toneladas, é um animal auxiliado pela água para sustentar seu próprio peso.

O grande tamanho é explicado pela relação entre a densidade da água, o que permite a esse animal o desenvolvimento e também à abundância de recursos alimentares, já que só se alimenta de outros animais marinhos.

Com o corpo longo, hidrodinâmico e em formato pontiagudo, além de cabeça achatada, a baleia azul possui lâminas córneas na boca e uma espécie de barba que ajuda a fazer a digestão, pois não possuem dentes grandes tradicionais.

É um animal que se encontra em perigo de extinção, devido à caça predatória de já dura mais de um século.

Características da Baleia Azul

Balaenoptera Musculus é o nome científico da Baleia Azul, que está no filo Chordata, classe Mammalia e ordem Cetácea.  Tem tom de pele azul-acinzentado na parte do dorso, manchas claras e ventre de cor ainda mais clara. Sua cabeça corresponde a ¼ do corpo e se apresenta em formato de U.

Possui  garganta com pregas ventrais que ficam localizadas até a metade de sua estrutura corpórea. Além das nadadeiras dorsais e peitorais pequenas, tem uma nadadeira caudal grande, larga e grossa.

Diferente do que algumas pessoas possam achar, a baleia azul não é considerada um peixe, mas sim um mamífero marinho.

É um animal que se alimenta prioritariamente de outros animais aquáticos, como o krill, tipo de crustáceo específico similar ao camarão. Por dia, uma baleia azul se alimenta de cerca de duas toneladas de krill. Lulas e peixes pequenos também fazem parte da dieta. Para se alimentar, a baleia utiliza uma espécie de barba ou franja que filtra os alimentos capturados (peixes e crustáceos) e elimina o excesso de água.

A respiração das baleias é feita pelos pulmões, portanto precisam ir para a superfície para respirar de forma eficaz. Para expirar, produzem um jato d’água que pode chegar a até 12 metros de comprimento.

É um animal que tem como habitat todos os oceanos do planeta Terra, exceto o Ártico e as regiões próximas ao mar Mediterrâneo. No entanto, a maior parte das baleias-azuis estão concentradas na parte norte dos oceanos Atlântico e Pacífico e algumas espécies são vistas nos oceanos Índico e na Antártida.

A baleia azul é um animal que possui o hábito de migrar e tem o marco de sua maturidade sexual aos 10 anos. No período de alimentação, que vai do verão até o outono, a migração para as águas polares é mais comum. No período de reprodução, do inverno até a primavera, costumam migrar para as águas tropicais.

A gestação pode durar cerca de um ano e geralmente as fêmeas esperam de dois a três anos para uma nova gestação. As baleias filhotes precisam de cuidados alimentares até os oito meses e as fêmeas costumam pesar mais que os machos.

Devido à caça predatória promovida pelo ser humano durante todo o século passado, hoje o maior mamífero do mundo faz parte do grupo de animais em extinção.

Curiosidades

  • As baleias geralmente vivem sozinhas ou em grupos de dois ou três animais. Porém, grupos formados por dezenas de baleias já foram avistados;
  • Mesmo sendo o maior animal do mundo, a baleia azul não é considerada um grande predador;
  • A maior baleia azul registrada tinha 33 metros de comprimento;
  • O tamanho do mamífero é tão grande que mais de 50 pessoas poderiam dividir apenas o espaço de sua boca e língua, hipoteticamente;
  • O pulmão do animal é composto por até cinco mil litros de ar. Em comparação, o volume total do sistema respiratório do ser humano é de, aproximadamente, apenas 6 litros;
  • A baleia azul faz muitos ruídos. São animais que emitem sons em frequência baixa que podem atingir até 188 decibéis. O som pode ser mais forte que o de um avião e escutado em até 800 quilômetros de distância;
  • Um fóssil encontrado na Itália mostrou a pesquisadores e estudiosos que as baleias azuis atingiram seu enorme tamanho há mais de um milhão de anos. Ou seja, as baleias já estão em processo de desenvolvimento há muito tempo;
  • Os krills, animais que servem de alimento para as baleias, vivem em bandos somente na superfície das águas;
  • A estimativa é de que apenas existam centenas desses animais no meio ambiente.
  • O estudo de fósseis permite detalhar como aconteceu o desenvolvimento dos animais (se foi gradual ou não) e também possibilita entender sobre tamanho, hábitos, peso e estrutura do corpo.  No caso da baleia azul, os fósseis são raros, pois a Terra passou por momentos de descongelamento glacial ao longo de milhões de anos, o que significa que os primeiros exemplares do animal estão abaixo do nível do mar.

Voltar

Questões