Questões preparatórias para Vestibulares

A palavra sublinhada em “Se o tempo é sempre escasso, se despertamos diariamente” (3o parágrafo) pertence à mesma classe gramatical da palavra sublinhada em

  • A “sonha-se sofregamente apesar das luzes e dos ruídos da cidade” (4° parágrafo).
  • Bse tão poucos se lembram que sonham” (3° parágrafo)
  • C “quando a insônia grassa e o bocejo se impõe” (3° parágrafo)
  • D “chega-se a duvidar da sobrevivência do sonho” (3° parágrafo).
  • E “compromissos que se renovam ao infinito” (3° parágrafo).

Pode ser reescrito na voz passiva o seguinte trecho do texto:

  • A “Pedro Calderón de la Barca dramatizou a liberdade de construir o próprio destino” (4o parágrafo).
  • B “É gritante o contraste entre a relevância motivacional do sonho e sua banalização no mundo industrial globalizado” (3o parágrafo).
  • C “O sonho é a imaginação sem freio nem controle, solta para temer, criar, perder e achar” (4o parágrafo).
  • D “Mesmo assim a insônia impera” (3o parágrafo).
  • E “Desejo é o sinônimo mais preciso da palavra ‘sonho’” (2o parágrafo).

No poema, o eu lírico sente-se

  • A desorientado e melancólico.
  • B desamparado e entediado.
  • C nostálgico e orgulhoso.
  • D perplexo e eufórico.
  • E aliviado e resignado

Sempre que haja necessidade expressiva de reforço, de ênfase, pode o objeto direto vir repetido. Essa reiteração recebe o nome de objeto direto pleonástico.
(Adriano da Gama Kury. Novas lições de análise sintática, 1997. Adaptado.) O eu lírico lança mão desse recurso expressivo no verso

  • A “Todos os dias o via. Estou” (2a estrofe)
  • B “E isto diz que é morte aquilo onde estou.” (4a estrofe)
  • C “Ele era fixo, eu, o que vou,” (5a estrofe)
  • D “Mas ao menos a ele alguém o via,” (5a estrofe)
  • E “Ao diabo o bem-’star que trazia.” (1a estrofe)

O eu lírico recorre a um sinal de pontuação para indicar a supressão de um verbo em

  • A “Ao diabo o bem-’star que trazia.” (1a estrofe)
  • B “Todos os dias o via. Estou” (2a estrofe)
  • C Quem era? Ora, era quem eu via.” (2a estrofe)
  • D “Se morrer, não falto, e ninguém diria:” (5a estrofe)
  • E “Ele era fixo, eu, o que vou,” (5a estrofe)