Prefeitura Municipal de Brejo de Areia - Enfermeiro - PSF (2019) Questão 37

O número de casos novos de Hanseníase detectados em todo o mundo em 2015 foi de 210.758. Neste ano, o Brasil ocupou a segunda posição em número de casos novos de hanseníase, com 28.761, correspondendo a 13,6% do número de casos novos no mundo. (Ministério da Saúde, 2017)
Sobre esta doença, é correto afirmar que:

  • A As alterações hormonais da gravidez causam diminuição da imunidade celular, fundamental na defesa contra o M. leprae. Os esquemas padrão de poliquimioterapia (PQT) para tratamento da hanseníase não têm sua utilização recomendada para gestantes.
  • B Trata-se de uma doença crônica, infectocontagiosa, causada por um bacilo capaz de infectar um pequeno número de indivíduos (baixa infectividade), embora muitos adoeçam (alta patogenicidade).
  • C A ocorrência de reações hansênicas contraindica o início da poliquimioterapia (PQT), implica sua interrupção e não é indicação de reinício de PQT se o paciente já houver concluído seu tratamento.
  • D O tratamento da hanseníase é eminentemente ambulatorial, utiliza os esquemas terapêuticos padronizados (PQT) e está disponível nas unidades públicas de saúde definidas pelos municípios para o tratamento do doente com hanseníase.

Encontre mais questões

Voltar