Questão 41 do Concurso Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) - Primeiro Tenente (2015)

Bloqueio Atrioventricular (BAV) é definido como o retardo ou falha na transmissão do impulso elétrico, do átrio aos ventrículos, devendo ser distinguido do fenômeno de refratariedade fisiológico (propriedade intrínseca das células do sistema de condução). Do ponto de vista eletrocardiográfico, o BAV é classificado como de 1º, 2º (tipo I, II ou avançado) ou 3º grau que correspondem, respectivamente, à condução AV prolongada, intermitente ou ausente. Assinale a alternativa que não contém condições para as quais há evidências conclusivas, ou na sua falta, consenso geral de que a implantação do marcapasso definitivo é seguro, útil/eficaz nos casos BAV de 2º grau.

  • A BAV de 2º grau tipo II, com QRS largo ou infra-His, assintomático, permanente ou intermitente e irreversível.
  • B BAV de 2º grau tipo I, assintomático, com normalização da condução AV com exercício ou atropina intravenosa.
  • C BAV de 2º grau com flutter atrial ou fibrilação atrial, com períodos de resposta ventricular baixa, em pacientes com sintomas definidos de baixo fluxo cerebral ou insuficiência cardíaca consequentes à bradicardia.
  • D BAV de 2º grau permanente ou intermitente, irreversível ou causado por drogas necessárias e insubstituíveis, independentemente do tipo e localização, com sintomas definidos de baixo fluxo cerebral ou insuficiência cardíaca consequentes à bradicardia.