Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV) - Médico Auditor (2019) Questão 30

Um médico cirurgião realizou os procedimentos de uvulopalatofaringoplastia e amigdalectomia pela mesma via, em um mesmo ato cirúrgico, com o intuito de minimizar os riscos que a realização de procedimentos em dois tempos acarreta. Apesar de terem sido realizados pela mesma via de acesso, a fatura enviada ao convênio informou que deveriam pagar, tanto ao anestesiologista quanto ao cirurgião, 50% do valor pela retirada das tonsilas palatinas, mais 100% pelo ato cirúrgico principal. Entretanto, o convênio glosou a fatura com a argumentação de que, por serem pela mesma via, no mesmo ato cirúrgico, não caberia a cobrança de ambos os procedimentos e apresentou como prova gravação de filme realizado por médico auditor.


Com base nessa situação hipotética, assinale a alternativa correta de acordo com os princípios da ética médica.

  • A O convênio está correto, pois, no mesmo ato cirúrgico, deve haver a cobrança de honorários somente do procedimento de maior valor.
  • B A gravação de filmes em cirurgias, observados os aspectos éticos do sigilo médico, está sendo cada vez mais realizada e serve como prova eletrônica para dirimir dúvidas de auditoria médica.
  • C Nem o convênio nem o cirurgião estão corretos, pois, apesar de se tratar de um mesmo ato cirúrgico, deve haver a cobrança de 100% dos honorários de ambos os procedimentos.
  • D A fatura enviada pelo cirurgião ao plano de saúde está adequada.
  • E Nem o convênio nem o cirurgião estão corretos, pois o correto seria a cobrança de 50% do primeiro procedimento e 100% do segundo para o cirurgião e 50% de ambos os procedimentos para o anestesista.

Encontre mais questões

Voltar