Universidade Federal do Tocantins (UFT) - Técnico em Assuntos Educacionais (UFMT - 2019) Questão 1

                                         Feudalismo digital


[...]

As redes sociais exploram nossas fraquezas mais íntimas, nossa vaidade, vontade de ser aceito, de ter amigos, de ser relevante, o desafio de envelhecer com dignidade ou até da insuportável pressão de existir. Postagens com mais curtidas aguçam nossos instintos como uma droga. Funciona assim: o indivíduo que recebe uma recompensa tende a repetir seus atos para ganhar mais recompensas. Esse mecanismo da psicologia comportamental opera no nível mais básico, como acontece até com ratos e cachorros.

As redes sociais coletam inúmeras informações sobre você – do que você gosta, desgosta, o que comenta, com o que se enerva, suas expressões faciais – e transformam tudo numa base de dados de números imensos, capazes de revelar tendências que podem ser usadas para influenciar. Por meio de iscas, castigos, recompensas e vícios, pouco a pouco as pessoas vão sendo moldadas e influenciadas. Essas informações acabam vendidas a terceiros para não só manipular o comportamento, como também medir os resultados da manipulação (seja para anunciar produtos, seja para moldar opiniões ou fraudar a democracia).

[...]

A beleza da democracia é sua capacidade de utilizar a inteligência coletiva de um país para entender a melhor maneira para seguir adiante. É preciso um conjunto de indivíduos pensantes, independentes, com experiências de vida distintas.

Quando esse processo é infectado por manipulação em massa, perdemos a inteligência coletiva, o potencial criativo e nos reduzimos a um feudalismo digital, inviabilizando o processo político.

                                        (ANDRADE, Fernando Grostein. Revista Veja, ed. 2627.)



A respeito das ideias do texto, analise as afirmativas.


I. O uso do termo Feudalismo, já no título do texto, remete à Idade Média em que os senhores detinham o poder jurídico, social, econômico e político.

II. O último período do segundo parágrafo revela que a origem do feudalismo digital está nas instituições e ou partidos políticos que colhem e vendem informações sobre as pessoas.

III. A expressão pouco a pouco, no segundo parágrafo, denota o processo lento de manipulação das pessoas e pode ser substituída por paulatinamente.

IV. Nos parágrafos primeiro e terceiro, o articulista utiliza a primeira pessoa do plural (como nossas, perdemos), inserindo-se no texto de modo a colocar-se na mesma situação das pessoas a quem se destina o texto.


Estão corretas as afirmativas

  • A II, III e IV, apenas.
  • B I, III e IV, apenas.
  • C I e II, apenas.
  • D I, II, III e IV.

Encontre mais questões

Voltar