(2015) Questão 55

“O Exército não tem ambições e não quer poder ou postos. Age abnegadamente por altruísmo brasileiro e fundamentalmente patriótico e, nesse sentido, os chefes do movimento revolucionário querem dar o exemplo, que empresta autoridade à sua crítica aos republicanos que, até agora, ocuparam os altos postos da administração do país.”

O trecho acima faz parte do discurso dos Tenentes rebelados em 1924, em São Paulo, que estavam sob a liderança de Miguel Costa, evidenciando
  • A o enorme descontentamento do movimento tenentista com a participação na vida política nacional de seus oficiais superiores.
  • B a defesa que os Tenentes faziam da necessidade de realizar grandes reformas políticas e eleitorais que restringissem o poder dos grandes proprietários rurais.
  • C o desejo de um grupo de militares de restabelecer novamente a Monarquia, visto que a República não atendia aos anseios da maioria da população brasileira.
  • D o caráter apolítico do Exército do nosso país que, nesse momento, ansiava apenas por combater a corrupção administrativa e não efetivamente participar do poder.
  • E o anseio por parte desses jovens militares de participarem da vida política nacional, uma vez que pela Constituição de 1891, isso não era permitido.

Encontre mais questões

Voltar