Universidade Federal do Ceará (UFC) - Psicólogo Clínico (2019) Questão 45

A dramatização é um dos recursos psicodramáticos utilizados na terapia. A teoria dos papeis é fundamental para que a dramatização possa ter não apenas um corpo teórico que a sustente, mas também parâmetros práticos para que o terapeuta possa conduzir seu paciente. Sobre o desenvolvimento de um novo papel em referência a espontaneidade no Psicodrama, é correto afirmar que:

  • A Estabelece que existem três fases distintas: role-taking onde a dramatização se baseia apenas pela fala; role-playing onde a dramatização acontece pela fala e pela ação, e; role-creating onde o paciente cria o papel.
  • B Estabelece que existem três fases distintas: role-taking imitação dos papeis existentes a partir de modelos; role-playing exploração simbólica das possibilidades de representação do papel, e; rolecreating o desempenho do papel de forma espontânea.
  • C Estabelece que existem três fases distintas: role-taking imitação dos papeis existentes a partir de modelos; role-playing que consiste em um exercício guiado pelo terapeuta onde o paciente se imagina na situação descrita pelo terapeuta sem precisar agir; role-creating o desempenho do papel de forma espontânea.
  • D Estabelece que existem três fases distintas: role-taking onde a dramatização se baseia apenas pela fala; role-playing onde o paciente dramatiza um enredo dado pelo terapeuta, e; role-playing exploração simbólica das possibilidades de representação do papel, e; role-creating o desempenho do papel de forma espontânea.
  • E Estabelece que existem três fases distintas: o role-taking que consiste em um exercício guiado pelo terapeuta onde o paciente se imagina na situação descrita pelo terapeuta sem precisar agir (dramatização imaginária); role-playing onde o paciente dramatiza um enredo dado pelo terapeuta (dramatização em forma de ação), e; role-creating onde o paciente cria todo o enredo e a forma de interpretação (dramatização livre).

Encontre mais questões

Voltar