Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV) - Médico hematologista (2019) Questão 38

No exame físico de uma paciente de 72 anos de idade, com quadro de astenia, fadiga, emagrecimento e aumento do volume abdominal, observou‐se esplenomegalia palpável 16 cm abaixo do rebordo costal esquerdo. O hemograma realizado mostrou: leucócitos 53 × 109/L (VR: 4.000 a 12.000), com 2% de blastos; hemoglobina (Hb) 9,7 g/dL (VR: 12 a 15); contagem de plaquetas 46 × 109/L (VR: 130.000 a 450.000); LDH igual a 678 (VR: 180 a 260); perfil de ferro normal; dosagem sérica de eritropoetina igual a 30 (VR: 10 a 150); pesquisa de JAK‐2 positiva; e BCR‐ABL negativo.
Com base nesse caso hipotético, assinale a alternativa que apresenta a melhor abordagem terapêutica.

  • A início de ruxolitinibe diante do DIPSS de risco intermediário elevado
  • B início apenas de eritropoetina exógena, visto que o controle da anemia diminuiria os sintomas da paciente
  • C início de inibidores de acetilação e posteriormente TMO de intensidade reduzida
  • D início de hidroxiureia, associada a danazol, visto que os níveis de eritropoetina estão elevados
  • E início de citarabina em baixa dose e suporte transfusional

Encontre mais questões

Voltar