Prefeitura Municipal de Santa Luzia - Professor - História (2019) Questão 31

Lília Moritz Schwarcz e Heloísa Murgel Starling, na obra Brasil: uma biografia, constroem um arcabouço teórico que perpassa a história social, com influências da Antropologia, mesclando bibliografias recentes (produzidas a partir da década de 1990) com grandes clássicos da historiografia. O livro contempla análises fundamentais no tocante à história do Brasil. Acerca da referida obra, analise as afirmativas a seguir.
I. As autoras centram suas análises em dois elementos considerados cruciais para a compreensão da história brasileira: o republicanismo e o intervencionismo estatal. II. A obra tece críticas à noção de “civilização do açúcar” ao defender que a produção do açúcar não chegou a se configurar como um produto de códigos culturais, de construção de valores e hábitos. III. As autoras atrelam o desenvolvimento da escravidão no Período Colonial brasileiro a uma violência de cunho não só físico, mas também simbólico. IV. É possível concluir, com base na obra, que a sociedade mineradora tinha em sua característica urbana seu maior aspecto de ineditismo, o que não reduziu a estrutura desigual daquele contexto.
Estão corretas as afirmativas

  • A II e III, apenas.
  • B I e III, apenas
  • C I e IV, apenas.
  • D III e IV, apenas.

Encontre mais questões

Voltar