Prefeitura Municipal de Carnaíba - Agente Comunitário de Saúde (2013) Questão 32

Planeta Água


Água que nasce na fonte serena do mundo

E que abre um profundo grotão

Água que faz inocente riacho e deságua

Na corrente do ribeirão

Águas escuras dos rios

Que levam a fertilidade ao sertão

Águas que banham aldeias

E matam a sede da população

Águas que caem das pedras

No véu das cascatas ronco de trovão

E depois dormem tranquilas

No leito dos lagos, no leito dos lagos

Água dos igarapés onde Iara, mãe d\'água

É misteriosa canção

Água que o sol evapora

Pro céu vai embora

Virar nuvens de algodão

Gotas de água da chuva

Alegre arco-íris sobre a plantação

Gotas de água da chuva

Tão tristes são lágrimas na inundação

Águas que movem moinhos

São as mesmas águas

Que encharcam o chão

E sempre voltam humildes

Pro fundo da terra, pro fundo da terra

Terra planeta água... Terra planeta água

Terra planeta água.


ARANTES, Guilherme. Planeta Água.

Disponível em: http://letras.terra.com.br/guilhermearantes/46315/.

Acesso em: 24 fev. 2009.



Das afirmações seguintes:


I- Em algumas passagens do texto, o compositor atribui a seres não humanos características próprias de seres humanos.

II- Os verbos que aparecem no texto estão no pretérito perfeito do indicativo, pois indicam fatos em curso, em pleno desenvolvimento.

III- Para expressar que as inundações trazem destruição, tristeza e choro, o autor usou o verso 21.

  • A Estão corretos apenas os itens II e III.
  • B Estão corretos apenas os itens I e II.
  • C Todos estão corretos.
  • D Apenas o item I está correto.
  • E Estão corretos apenas os itens I e III.

Encontre mais questões

Voltar