Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IF-BA) - Nível Médio (2015) Questão 5

Política e cultura andaram muito próximas nos anos 20. Cada uma a seu modo trazia ventos de mudança. (...). Na cultura, o grande evento, sem dúvida, foi a realização da Semana de Arte Moderna, em fevereiro de 1922, (...) que ajudou a projetar uma geração de importantes escritores e artistas, como Mario de Andrade, Oswald de Andrade, Manuel Bandeira, Heitor Villa-Lobos e Guiomar Novais, Anita Malfatti, Tarsila do Amaral e Vitor Brecheret.

(Fonte: TEIXEIRA, Francisco M. R Brasil: História e Sociedade. São Paulo: Ática, 2002. p. 255. Adaptado.)


No contexto de efervescência político, cultural e ideológico, que marcou o Brasil a partir dos anos de 1920, a Semana de Arte Moderna cumpre o importante papel de:

  • A identificar influências artísticas e culturais europeias que estivessem compatíveis com os interesses da burguesia cafeeira brasileira, descontente com as velhas tradições culturais.
  • B buscar uma arte moderna de raízes brasileiras e de compromisso com a nacionalidade, promovendo uma revisão de valores artísticosculturais, de linguagem e conceitos.
  • C estabelecer fóruns de discussões intelectuais, no sentido de garantir o respeito à tradição artística e cultural do país e impedir a adesão às novas tendências das artes que vigoravam na Europa.
  • D substituir os velhos valores artísticos e culturais brasileiros de base nacionalista por outros mais modernos e identificados com o capitalismo dos Estados Unidos, fonte de inspiração para a arte mundial.
  • E romper com a liberdade criadora que ameaçava a tradição artística brasileira, impondo uma unidade na produção artísticocultural com base na valorização da linguagem e dos velhos conceitos artísticos.

Encontre mais questões

Voltar