Questão 36 do Concurso Tribunal de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul (TJ-MS) - Médico psiquiatra (2017)

Homem de 52 anos, ao passar em consulta de rotina com seu cardiologista para tratamento de hipertensão arterial e dislipidemia, comentou que está apresentando desânimo e muito cansaço. Deixou de fazer algumas atividades das quais gostava bastante, mas pelas quais perdeu o interesse, sente-se triste e com libido reduzida. Esse quadro já está presente nos últimos três meses. O cardiologista prescreveu um fármaco e recomendou que tomasse uma cápsula pela manhã. Não ocorreu aderência ao tratamento proposto devido aos efeitos colaterais apresentados. Durante o período de uso, apresentou grande inquietude, sensação de morte associada a palpitações, insônia e diminuição do apetite. No caso exposto acima, é CORRETO afirmar que

  • A os efeitos colaterais apresentados por esse paciente são decorrentes do início de antidepressivo em doses elevadas.
  • B o medicamento prescrito provavelmente ocasiona a inibição da enzima PDE5 e quando usado diariamente pode provocar os sintomas referidos devido à hipotensão causada e também irritação gástrica.
  • C de acordo com os efeitos colaterais apresentados, o antidepressivo prescrito ao paciente deve ocasionar uma inibição da recaptação de noradrenalina e dopamina (IRND).
  • D o paciente referido provavelmente recebeu um inibidor da enzima monoaminoxidase sem as devidas orientações das restrições dietéticas necessárias, e os sintomas são decorrentes da interação do fármaco com a tiramina presente em seus alimentos.
  • E os efeitos colaterais apresentados são decorrentes da interação de antidepressivos inibidores da recaptação de noradrenalina e dopamina com as estatinas (fármacos usados para controle da dislipidemia), a qual, por inibição enzimática, provoca aumento significativo da concentração do antidepressivo.