Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) - Psicólogo Hospitalar (2020) Questão 47

No âmbito das políticas públicas de Saúde Coletiva, estudos sobre o subespaço da Avaliação têm indicado seu contínuo distanciamento e relativa autonomia em relação a outros subespaços, como o Planejamento, adquirindo especificidades teóricas e metodológicas. Tendo em vista as propostas do Planejamento em Saúde Coletiva das últimas décadas, no Brasil, considera-se que essa relativa autonomia da Avaliação possa

  • A assegurar os padrões de eficiência desejáveis, de modo a preservar os serviços e programas que de fato beneficiem a população atendida.
  • B induzir gestores a reformular as organizações e processos de trabalho visando à obtenção de resultados positivos nos indicadores estabelecidos, favorecendo a manutenção do status quo.
  • C permitir uma Avaliação objetiva da qualidade dos serviços prestados, graças à independência entre os diferentes subespaços, particularmente do Planejamento.
  • D garantir que os demais subespaços sejam orientados pelos resultados da Avaliação, de modo a promover a coerência e a eficácia dos serviços de saúde coletiva na prática.
  • E ser absolutamente inócua, dado que o mais importante é que os critérios de desempenho ofereçam alguma possibilidade de mensuração da qualidade dos serviços prestados.

Encontre mais questões

Voltar