Polícia Civil do Estado de Piauí (PC-PI) - Perito Criminal - Biologia (2018) Questão 46

Desastre com barragem acordou “monstro” de poluentes no Rio Doce, diz perito. O desastre ambiental com a Barragem de Fundão, explorada pela Samarco em Mariana (MG), que completou dois anos em novembro, fez com que poluentes que estavam estabilizados no fundo do Rio Doce subissem, piorando ainda mais as condições da água. Metais como arsênio, chumbo, manganês, níquel, cromo e alumínio (substâncias danosas à saúde humana) passaram a ser encontrados nas coletas de pesquisadores. “Com a passagem da lama, que veio de uma vez com muita energia e grande volume, o movimento revolveu o fundo do leito do rio. É como se tivesse acordado um monstro”, explica o perito criminal que chefiou a equipe que fez a coleta de provas e coordenou os laudos da investigação. (http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2017-12/desastre-com-barragem-acordou-monstro-de-poluentes-no-rio-doce-diz-perito).
A presença desses metais pesados pode atuar em nível genômico e provocar alterações cromossômicas, que podem ser identificadas por diferentes bioindicadores, como modelo vegetal (Allium cepa), peixes, camundongos e/ou cultura de células. Considerando as informações apresentadas, o perito pode coletar a água que foi contaminada e avaliar a mutagenicidade em peixes ou em outros bioensaios citados e verificar a quantidade de alterações cromossômicas, como os micronúcleos (MN). Poluentes ambientais como os metais pesados podem originar MN devido à interferência dos mesmos nas (o):
  • A Fibras do fuso mitótico e consequentemente gerar perdas cromossômicas que formam MN (origem clastogênica).
  • B DNA gerando quebras cromossômicas que formam MN (origem aneugênica).
  • C Fibras do fuso mitótico que podem gerar perdas cromossômicas que formam os MN (origem aneugênica).
  • D DNA gerando perdas cromossômicas que formam MN (origem clastogênica).
  • E Fibras do fuso que podem gerar aderências cromossômicas que durante a segregação resultam em quebras cromossômicas e consequentemente na formação de MN (origem clastogênica).

Encontre mais questões

Voltar