Questão 38 do Concurso Hospital Risoleta Tolentino Neves - MG (HRTN - MG) - Enfermeiro Obstetra (2015)

Considere a situação a seguir.

No plano de cuidado de enfermagem para um recém-nascido filho de mãe diabética, a enfermeira elaborou o seguinte Diagnóstico de Enfermagem (DE): trocas gasosas prejudicadas relacionadas com angústia respiratória secundária a atraso na maturidade pulmonar, que resulta da inibição de surfactante pulmonar, devido à hiperinsulinemia fetal, e que é evidenciado por grunhidos, batimento de asa de nariz, tiragens, taquipneia e taquicardia.

Assinale a alternativa que apresenta intervenções MAIS apropriadas para esse DE.

  • A Monitorar sinais vitais do recém-nascido para estabelecer uma linha de base e identificar as alterações; avaliar se as vias respiratórias estão pérvias; avaliar mudanças nos sons pulmonares; monitorar continuamente os níveis de saturação de oxigênio.
  • B Observar as manifestações de hipoglicemia; iniciar o mais precoce possível a alimentação; monitorar níveis séricos de glicose; reduzir a demanda de energia e a utilização adicional de glicose.
  • C Fornecer nutrição não nutritiva; utilizar o posicionamento em flexão para simular o posicionamento intrauterino; promover o método canguru; identificar os recursos familiares e comunitários; coordenar o cuidado de modo a respeitar o estado de sono e vigília.
  • D Fornecer objetos para a preensão; explorar as estratégias de enfrentamento dos pais diante do quadro apresentado pelo recém-nascido; garantir hidratação adequada e instituir alimentação o mais precocemente possível.