Questão 10 do Concurso Conselho Regional de Odontologia de São Paulo - Auxiliar Administrativo (2015)

Leia o texto para responder à questão.

Enfim o escândalo chegou ao topo, e novos capítulos ainda serão escritos. Na terça-feira 2 de junho, quatro dias depois de ser reeleito para seu quinto mandato na presidência da Federação Internacional de Futebol (Fifa), o suíço Joseph Blatter convocou a imprensa e renunciou. Sentia, disse, não ter “apoio no mundo futebolístico". O que ele não tem, na verdade, é a distância requerida a alguém na sua posição do lamaçal de corrupção, falcatruas e desvios de dinheiro que engolfou a Fifa nas últimas semanas e já levou sete dirigentes à prisão. A investigação, conduzida pela polícia americana, bateu nos últimos dias em Jérôme Valcke, braço-direito de Blatter, e foi aí que o chefe capitulou. O celebrado padrão Fifa, sabemos agora, esteve ancorado em estruturas corruptas que deixaram um legado nefasto para o Brasil. Um ano depois da Copa, o país do futebol tem estádios vazios, todos construídos a valores inexplicáveis e amargando prejuízos – ao contrário da Fifa, aliás, que amealhou lucro de 16 bilhões de reais com a megafesta de 2014.
(Veja, 10.06.2015. Adaptado)


De acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, a frase – Um ano depois da Copa, o país do futebol tem estádios vazios.– admite a seguinte redação:
  • A Um ano depois da Copa, existe estádios vazios no país do futebol.
  • B Um ano depois da Copa, vê-se estádios vazios no país do futebol.
  • C Um ano depois da Copa, é comum estádios vazios no país do futebol.
  • D Um ano depois da Copa, convive-se com estádios vazios no país do futebol.
  • E Um ano depois da Copa, tem estádios vazios no país do futebol.