Escola de Formação Complementar do Exército (EsFCEx) - Oficial do Quadro Complementar (2013) Questão 70

“Mostraram-lhes um papagaio pardo que o Capitão traz consigo; tomaram-no logo na mão e acenaram para a terra, como se os houvesse ali. Mostraram-lhes um carneiro; não fizeram caso dele. Mostraram-lhes uma galinha; quase tiveram medo dela, e não lhe queriam pôr a mão. Depois lhe pegaram, mas como espantados. Deram-lhes ali de comer: pão e peixe cozido, confeitos, fartéis, mel, figos passados. Não quiseram comer daquilo quase nada; e se provavam alguma coisa, logo a lançavam fora. Trouxeram-lhes vinho em uma taça; mal lhe puseram a boca; não gostaram dele nada, nem quiseram mais. Trouxeram-lhes água em uma albarrada, provaram cada um o seu bochecho, mas não beberam; apenas lavaram as bocas e lançaram-na fora.Viu um deles umas contas de rosário, brancas; fez sinal que lhas dessem, e folgou muito com elas, e lançou-as ao pescoço; e depois tirou-as e meteu-as em volta do braço, e acenava para a terra e novamente para as contas e para o colar do Capitão, como se dariam ouro por aquilo."

(Fonte: CAMINHA, Pero Vaz de.A Carta ao El-Rei Dom Manuel por ocasião do Achamento do Brasil .Edição comemorativa dos 500 anos do Brasil,patrocínio Banco Bradesco


A Carta de Pero Vaz de Caminha, dentro do contexto cultural brasileiro,

  • A constitui-se em exemplo de texto literário pertencente ao Quinhentismo, período em que as terras brasileiras surgem oficialmente para o mundo europeu.
  • B foi escrita durante o período do Romantismo, momento em que o Brasil se tornava independente dos domínios da metrópole portuguesa.
  • C apresenta os conflitos marcantes dos textos produzidos durante o Barroco brasileiro, priorizando assim o uso de antíteses e paradoxos.
  • D procura valorizar a cultura nativa, exaltando o elemento indígena como verdadeiro herói, segundo os valores europeus.
  • E é um texto não literário, pois narra as primeiras impressões do escrivão mor sobre a nova terra e seus habitantes, constituindo-se em pura crônica histórica.